Você está na página 1de 2

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

Memorando-Circular Conjunto n° 17 /DIRSAT/DIRBEN/INSS

Em 17 de outubro de 2016.

Aos Superintendentes Regionais, Gerentes-Executivos, Gerentes de Agência da Previdência


Social - APS, Especialista em Normas e Gestão de Benefícios, Chefes de Divisão/Serviço de
Benefícios, Chefes de Serviço/Seção de Saúde do Trabalhador - SST, Chefes de Serviço/Seção
de Reconhecimento de Direitos.

Assunto: Estabelece procedimentos a serem adotados quando houver interposição de


recursos referente aos benefícios por incapacidade.

1. Com a publicação da Portaria MDSA nº 152, de 25 de agosto de 2016, houve


mudanças no fluxo médico-pericial no âmbito do INSS, com o fim da Perícia de Reconsideração
e com a opção de interposição de recursos junto ao Conselho de Recursos do Seguro Social-
JR/CRSS.

2. Com a publicação da Portaria MDSA nº 454, de 16 de setembro de 2016,


republicada em 22 de setembro de 2016 que restabeleceu as cessões de Peritos Médicos do
Quadro de Pessoal do Instituto Nacional do Seguro Social-INSS, o Conselho de Recursos do
Seguro Social-CRSS volta a ser assistido pela Assessoria Técnico-Médica Especializada (ATM).

3. Assim, surge a necessidade de alterar as rotinas e procedimentos operacionais,


antes previstos nos Memorando-Circular Conjunto nº 06 DIRSAT/DIRBEN, de 01 de dezembro
de 2010, e no Memorando-Circular Conjunto nº 30 DIRBEN/DIRSAT/INSS, de 20 de setembro
de 2013, a serem adotados quando houver interposição de recurso ao CRSS referentes à matéria
médica de modo a agilizar os trâmites do recurso nas Juntas julgadoras.

4. Nos casos de indeferimento dos requerimentos por perícia médica contrária ou


cessação do benefício caberá ao setor administrativo protocolizar o recurso no e-recursos que
imediatamente deverá ser encaminhado à Junta de Recursos, sem necessidade de
encaminhamento prévio a perícia médica.

5. Nas diligências das Juntas de Recursos, o processo será encaminhado diretamente


ao órgão julgador após o seu cumprimento pela APS (via e-recursos). No caso de diligências das
JR/CaJ em matéria médica, não há necessidade de verificação de cumprimento pelo SST,
devendo o processo também ser encaminhado diretamente ao órgão julgador após o seu
cumprimento pela APS.

6. Se for reconhecido o direito do segurado em fase de diligência, no todo ou em


parte, caberá a elaboração de despacho fundamentado quanto às razões que justifiquem o
reconhecimento do direito e sua nova decisão, encaminhando o processo ao respectivo órgão
julgador para fins de extinção do processo com apreciação do mérito, por reconhecimento do
pedido. A APS não promoverá a concessão do benefício, pois esta decisão é do CRSS que
prolatará Acórdão enfrentando o mérito, conforme art. 34 da Portaria MPS/GM nº 548, de 13 de
setembro de 2011.
INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL
7. Nos casos em que o benefício for mantido pelo Sistema SABI, deverá a APS
protocolizar o recurso nesse sistema, cabendo ao ATM a correspondente alimentação, sob a
forma de revisão analítica.

8. Tendo em vista a proposição em curso de revogação do inciso V do parágrafo


único do art. 16 do Regimento Interno do CRSS, recomenda-se que o INSS deve abster-se de
interpor recurso contra a decisão da Junta de Recursos fundamentada exclusivamente em laudos
ou pareceres médicos emitidos pela ATM.

9. Na hipótese de o laudo ou parecer médico da ATM ser parcialmente favorável ao


reconhecimento do direito do segurado, caberá seguimento do recurso no que se referir à matéria
ainda controversa.

10. As regras acima referidas aplicam-se imediatamente a todos os processos


pendentes de conclusão, os quais deverão ser imediatamente encaminhadas ao órgão julgador,
sendo dispensada a análise médico-pericial prévia.

11. Revogam-se as disposições em contrário, em especial o Memorando-Circular


Conjunto nº 06 DIRSAT/DIRBEN, de 01 de dezembro de 2010 e o Memorando-Circular
Conjunto nº30 DIRBEN/DIRSAT/INSS, de 20 de setembro de 2013.

Atenciosamente,

CÉZAR AUGUSTO DE OLIVEIRA ROBINSON FLÁVIO DIAS NEMETH


Diretor de Saúde do Trabalhador Diretor de Benefícios

Você também pode gostar