Você está na página 1de 22

HIPOTÁLAMO E

ADENOHIPÓFISE
Faculdade de Veterinária – UECE
Fisiologia Veterinária II
Prof Rafael Campos
Tópicos a serem abordados nesta aula

■ Compreender os mecanismos que regulam a secreção de


hormônios da adenohipófise e suas ações nos órgãos alvos.

■ Entender os mecanismos de retroalimentação de alça curta


e longa dos hormônios da hipófise anterior.
Introdução

■ O hipotálamo regula as funções da adenohipófise através


da secreção de hormônios reguladores.

■ A adenohipófise regula diversas funções biológicas através


da liberação de hormônios tróficos.
Hormômio estimulante da Tireóide
(TSH)
Gonadotrofinas

Hormônio Folículo estimulante (FSH)


Hormônio Luteinizante (LH)
Hormônio adrenocorticotrófico
(ACTH)
ACTH

■ É estimulado por estímulos psicossociais e de estresse


físico tais como: infecção, hipoglicemia, trauma e cirurgia.
■ O Hormônio é liberado em forma de pulsos sendo o seu
pico por volta de 4: AM e seu vale ao anoitecer.

■ O principal efeito fisiológico é estimular a produção de


glicocorticoides e em menor extensão (mineralocorticoides)
Hormônio do crescimento
(GH)
Efeitos fisiológicos do GH
■ Ossos: Estimula o crescimento longitudinal de ossos e cartilagens.
Não tem seus efeitos marcantes durante a prenhez, mas possui efeitos em
filhotes, picos na puberdade e adultos jovens.

Músculo esquelético: Efeito anabólico – Incorporação de aminoácidos a proteínas, proliferação celular, inibe a
degradação de proteínas

Fígado: Estimula a produção de glicose hepática

Ação contrária a da insulina


Aspectos importantes do GH

■ GH é produzido e estocado na hipófise anterior.


■ Produzido de forma pulsátil, principalmente à noite e regulado pelo GHRH.
■ Pico de produção em filhotes e puberdade e redução com o avançar da idade.

■ Estimula a lipólise e síntese protéica.

■ Estimula a produção de IGH (Fator de crescimento semelhante a insulina) que é


responsável por muitos das ações atribuídas ao GH.
Prolactina
Prolactina

■ Hormônio produzido por células lactotróficas na adenohipófise.

■ A quantidade de células aumenta em resposta ao estrógeno, durante a prenhez.

Os níveis de prolactina são maiores em mulheres que em homens. Os efeitos em


homens são desconhecidos.
Mensagem para levar para casa

■ As funções da adeno-hipóise são reguladas pelo hipotálamo (com exceção da


prolactina).

■ Os hormônios hipofisários sofrem regulação de hormônios periféricos.


Obrigado!!!!!

rafaelcampos.vet@gmail.com

Você também pode gostar