Você está na página 1de 46

Aula 07

Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de


Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital

Autor:
Equipe Exatas Estratégia
Concursos
Aula 07
04 de Março de 2021

23020427002 - Marinalva Silva Moraes


Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

Sumário

1. Arcos e Ângulos .......................................................................................................................................... 2

2. Ângulo - Classificação ................................................................................................................................ 3

3. Ciclo Trigonométrico.................................................................................................................................. 4

3.1. Ângulos Côngruos ou Congruentes ................................................................................................. 5

3.2. Forma generalizada de congruência de um ângulo ...................................................................... 6

4. Funções Trigonométricas .......................................................................................................................... 8

4.1. Função Seno ......................................................................................................................................... 8

4.1.1. Sinais da função seno ...................................................................................................................... 9

4.2. Função Cosseno................................................................................................................................... 9

4.2.1. Sinais da função cosseno .............................................................................................................. 10

4.3. Relação fundamental entre senos e cossenos .............................................................................. 10

4.4. Função Tangente ............................................................................................................................... 10

4.5. Funções Cotangente, Secante e Cossecante ............................................................................... 11

4.6. Valores notáveis ................................................................................................................................. 12

4.7. Desdobramentos da Relação Fundamental .................................................................................. 12

5. Relações entre ângulos ............................................................................................................................ 13

6. Outras relações trigonométricas ............................................................................................................ 14

7. Relações Trigonométricas no Triângulo Retângulo ............................................................................ 17

8. Teorema de Pitágoras .............................................................................................................................. 21

Questões Comentadas ................................................................................................................................. 25

Lista de Questões.......................................................................................................................................... 39

Gabarito .......................................................................................................................................................... 44

Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

1. ARCOS E ÂNGULOS
Seja uma circunferência de centro O sobre a qual tomamos dois pontos distintos, A e B. A abertura do ângulo
α descreve na circunferência o arco AB.

Os ângulos podem ser medidos em graus (°) ou radianos (rad). A relação entre essas unidades de medida é
a seguinte:

180°  rad

É muito importante que você saiba realizar essa conversão! Vejamos como se converte de graus para radia-
nos, e vice-versa.

Conversão de graus para radianos


1) 60°
Para converter de graus para radianos podemos usar uma regra de três simples:

Multiplicando em “cruz credo”, temos:

180 . 𝑥 = 60 . 
60 
𝑥= =
180 3

Portanto, 60° = /3 rad.

2) 120°

2
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

Um macete bem legal consiste em simplesmente multiplicar o valor em graus por /180. Vejamos:
𝜋 𝟐𝝅
120. =
180 𝟑
Portanto, 120° = 2/3 rad.

Conversão de radianos para graus


1) /6 rad
Para converter de radianos para graus podemos usar uma regra de três simples:

Multiplicando em “cruz credo”, temos:


𝜋
𝜋 . 𝑥 = 180.
6
180
𝑥= = 𝟑𝟎
6
Portanto, /6 rad = 30°.

Professor, tem algum macete no caso da conversão de radianos para graus?

É claro que sim. Basta multiplicar o valor em radianos por 180/. Veja na prática.

2) /4 rad
𝜋 180 180
. = = 45
4 𝜋 4
Portanto, /4 rad = 45°.

2. ÂNGULO - CLASSIFICAÇÃO
O ângulo é chamado de agudo quando ele é menor que 90° (ou /2).

O ângulo é chamado de obtuso quando ele é maior que 90° (ou /2).

O ângulo é chamado de reto quando ele é igual a 90° (ou /2).

3
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

O ângulo é chamado de raso quando ele é igual a 180° (ou ).

3. CICLO TRIGONOMÉTRICO
O ciclo trigonométrico é um grande auxiliar na resolução dos mais diversos tipos de problemas cobrados em
trigonometria. Trata-se de um círculo de raio = 1, com dois eixos ortogonais que passam pelo seu centro.
Esses eixos dividem o ciclo trigonométrico em 4 quadrantes, conforme mostrado abaixo:

É no ciclo trigonométrico que são marcados os ângulos cujas funções Trigonométricas, Seno e Cosseno nós
queremos encontrar.

O ângulo positivo é marcado no ciclo trigonométrico a partir do ponto origem (0°) e no sentido anti-horário.
Um determinado ponto P marca a extremidade do arco descrito pelo ângulo.

Os ângulos crescem a partir do eixo horizontal no sentido anti-horário.

4
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

Veja o caso da marcação do ângulo de 60°:

Por sua vez, o ângulo negativo é marcado no ciclo trigonométrico a partir do ponto origem (0°) e no sentido
horário. Veja o caso da marcação do ângulo de -120°.

3.1. Ângulos Côngruos ou Congruentes

Um ângulo maior em valor absoluto que 360° (ou 2) percorre mais de uma volta no ciclo trigonométrico, e
possui um ângulo congruente a ele que é menor que 360°.

Dois ângulos são congruentes quando possuem o mesmo ponto inicial (0°) e o mesmo ponto final
(P).

Para exemplificar, vamos calcular o ângulo congruente a 480°.

Nosso objetivo consiste em obter o ângulo que seja congruente a 480°. Para isso, basta fazer uma operação
de divisão por 360°. Daí:

5
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

O quociente 1 significa o número de voltas completas que o 480° dá no ciclo trigonométrico.

Já o resto 120 é exatamente o ângulo congruente a 480°. Portanto, temos que 480° é congruente a 120° (ou:
480° = 120°).

Um caso interessante para analisarmos é o de um ângulo positivo congruente a um ângulo negativo. O se-
guinte exemplo nos esclarecerá qual o procedimento a ser adotado.

Agora vamos determinar o ângulo positivo congruente a –130°.

Para que o ângulo de –150° complete uma volta, falta ainda percorrer um valor absoluto em graus de 210°,
visto que 210° = 360° – 150°.

Daí, 210° é o ângulo positivo congruente a –150°.

3.2. Forma generalizada de congruência de um ângulo

A forma generalizada de todos os ângulos congruentes a um certo ângulo α é dada pela expressão:

Em radianos: α + 2k

Em graus: α + k.360°

Em que K pertence ao conjunto dos números inteiros: {..., -3, -2, -1, 0, 1, 2, 3, ...}.

Veja como esse assunto já foi cobrado!

6
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

Antes de começarmos as questões deste capítulo, cabe salientar que você pode estranhar o fato de que a
ampla maioria das questões é da saudosa banca ESAF, mas isso é porque quase não encontramos questões
de Trigonometria das outras bancas maiores, a ESAF que gostava de cobrar esse assunto. Mesmo assim, as
poucas questões que encontramos de outras bancas que achamos úteis para o aprendizado, foram inseridas,
ok? Então vamos à primeira questão, para variar, da ESAF.

(STN/2013) Se um arco mede  graus, a expressão geral dos arcos côngruos a ele é dada por  + k 3600,
onde k é um número inteiro. Por outro lado, se um arco mede α radianos, a expressão geral dos arcos
côngruos a ele é dada por  + 2 k, onde k é um número inteiro. Um móvel A, partindo do ponto de origem
dos arcos de uma circunferência trigonométrica, percorreu um arco de 1690 graus. O móvel B, partindo
deste mesmo ponto de origem, percorreu um arco de 35/8 radianos. Desse modo, pode-se afirmar que
o móvel:
a) A deu 4 voltas no sentido anti-horário e parou no I quadrante.
b) A deu 4 voltas no sentido horário e parou no III quadrante.
c) B deu 2 voltas completas no sentido anti-horário e parou no I quadrante.
d) B deu 2 voltas completas no sentido horário e parou no I quadrante.
e) independentemente do número de voltas, os móveis A e B pararam no primeiro quadrante.
RESOLUÇÃO:
Vamos analisar separadamente a trajetória de cada móvel.
Móvel A:
Para saber quantas voltas o móvel A deu (kA), basta dividir a quantidade de graus que ele se deslocou (1690°)
por 360°.
1690
𝑘𝐴 = = 4,69
360
Isso significa que o móvel A deu 4 voltas completas no sentido anti-horário, o que corresponde a 4 x 360 =
1.440°, e andou mais 1.690 – 1.440 = 250°. Ora, se ele andou mais 250° após as 4 voltas, então ele encerrou
sua trajetória no 3° quadrante.
Móvel B:
Para saber quantas voltas o móvel B deu (kB), basta dividir a quantidade de radianos que ele se deslocou
(35/8 rad) por 2.
35𝜋
35
𝑘𝐵 = 8 = ≅ 2,2
2𝜋 16
Isso significa que o móvel B deu 2 voltas completas no sentido anti-horário, o que corresponde a 2 x 2 = 4,
e andou mais 35/8 - 4 = 3/8. Ora, se ele andou mais 3/8 após as 2 voltas, então ele encerrou sua traje-
tória no 1° quadrante, já que 3/8 < /2.
Gabarito: C.
(SEFAZ-RS/2019) O relógio analógico de Audir danificou-se exatamente à zero hora (meia-noite) de certo
dia, e o ponteiro dos minutos passou a girar no sentido anti-horário, mas com a mesma velocidade que
tinha antes do defeito. O ponteiro das horas permaneceu funcionando normalmente, girando no sentido
horário.

7
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

Considerando as informações anteriores, assinale a opção que apresenta a relação entre os arcos x e y per-
corridos, respectivamente, pelos ponteiros dos minutos e das horas do relógio de Audir entre duas sobrepo-
sições consecutivas.
A) x - y = 90°
B) x - y = 180°
C) x + y = 180°
D) x + y = 360°
E) x = y
RESOLUÇÃO:
O enunciado informa que o relógio de Audir danificou-se exatamente à zero hora, de modo que os dois
ponteiros começam em cima do número 12 (relógio analógico).
É dito que o ponteiro dos minutos passou a girar no sentido anti-horário, ao passo que o ponteiro das horas
continua no sentido horário. Ao se encontrarem, terão completado uma volta completa, isto é, a soma dos
arcos percorridos pelos dois ponteiros é igual a 360 graus. Logo:
x + y = 360°
Gabarito: D.

4. FUNÇÕES TRIGONOMÉTRICAS

4.1. Função Seno

No ciclo trigonométrico, para encontrarmos o seno de um ângulo, basta projetar ortogonalmente sua extre-
midade sobre o eixo vertical e medir a distância entre essa projeção e o centro O do ciclo, sempre levando
em conta a orientação do eixo (para cima). O eixo vertical corresponde ao eixo dos senos.

Eixo dos senos

Sen 

Pelo ciclo trigonométrico (raio = 1), constatamos que o seno de x é um valor no intervalo [-1, 1], ou seja:

−𝟏 ≤ 𝒔𝒆𝒏 𝒙 ≤ 𝟏

8
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

4.1.1. Sinais da função seno

Considerando a orientação do eixo dos senos, percebemos que os ângulos do 1° e 2° quadrantes associam-
se a valores positivos de senos e os ângulos do 3° e 4° quadrantes associam-se a valores negativos de senos.

==1f0339==

4.2. Função Cosseno

No ciclo trigonométrico, para encontrarmos o cosseno de um ângulo, basta projetar ortogonalmente sua
extremidade sobre o eixo horizontal e medir a distância entre essa projeção e o centro O do ciclo, sempre
levando em conta a orientação do eixo (para cima).

O eixo horizontal corresponde ao eixo dos cossenos.

Pelo ciclo trigonométrico (raio = 1), constatamos que o cosseno de x é um valor no intervalo [-1, 1], ou seja:

−𝟏 ≤ 𝒄𝒐𝒔 𝒙 ≤ 𝟏

9
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

4.2.1. Sinais da função cosseno

Considerando a orientação do eixo dos cossenos, percebemos que os ângulos do 1° e 4° quadrantes asso-
ciam-se a valores positivos de cossenos, e os ângulos do 2° e 3° quadrantes associam-se a valores negativos
de cossenos.

4.3. Relação fundamental entre senos e cossenos

A seguir, apresentamos a relação fundamental da trigonometria:

𝒔𝒆𝒏𝟐 𝒙 + 𝒄𝒐𝒔𝟐 𝒙 = 𝟏

Meu caro aluno, ela é importantíssima e bastante cobrada nas provas de concursos. Assim, dado o seno de
um ângulo qualquer, é possível, por meio dessa relação, obter o cosseno desse mesmo ângulo, e vice-versa.

4.4. Função Tangente

Para obter os valores das tangentes dos ângulos, podemos utilizar esta relação (importantíssima!!!):

𝒔𝒆𝒏 𝒙
𝒕𝒈 𝒙 =
𝐜𝐨𝐬 𝒙

No ciclo trigonométrico, a tangente é uma reta paralela ao eixo dos senos, variando de −∞ 𝒂 + ∞.

O sinal da função tangente pode ser obtido a partir do sinal das funções seno e cosseno. Como a tangente é
dada pela razão entre o seno e o cosseno, ela será positiva quando o seno e o cosseno tiverem o mesmo

10
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

sinal (1° quadrante e 3° quadrante) e será negativa quando o seno e o cosseno tiverem sinais diferentes (2°
quadrante e 4° quadrante).

Quando o cosseno de x for zero, a tangente não estará definida.

4.5. Funções Cotangente, Secante e Cossecante

Para obter os valores das cotangentes dos ângulos, podemos utilizar a relação:

𝐜𝐨𝐬 𝒙
𝐜𝐨𝐭𝐠 𝒙 =
𝒔𝒆𝒏 𝒙

Ou:

𝟏
𝐜𝐨𝐭𝐠 𝒙 =
𝒕𝒈 𝒙

O sinal da função cotangente é o mesmo da função tangente.

Para obter os valores das secantes dos ângulos, podemos utilizar a relação:

𝟏
𝐬𝐞𝐜 𝒙 =
𝐜𝐨𝐬 𝒙

O sinal da função secante é o mesmo da função cosseno.

Para obter os valores das cossecantes dos ângulos, podemos utilizar a relação:

𝟏
𝒄𝒐𝒔𝒔𝒆𝒄 𝒙 =
𝒔𝒆𝒏 𝒙

O sinal da função cossecante é o mesmo da função seno.

11
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

Na hora de decorar essas relações, lembre que é o contrário do que seria mais fácil, que seria
lembrar a primeira sílaba de cada um, ou seja, seno e secante não se relacionam diretamente,
nem cosseno com cossecante. E sim seno com cossecante e cosseno com secante. Em 1986, eu,
Alexandre, decorei a palavra “seco” e nunca mais me esqueci dela, ou seja, SEno se relaciona a
COssecante e SEcante se relaciona a COssecante.

4.6. Valores notáveis

Temos os seguintes valores notáveis para as funções sen, cos, tg, cotg, sec e cossec, os quais são de extrema
importância que você MEMORIZE pelo menos as três primeiras funções (seno, cosseno e tangente), pois para
as outras funções basta você inverter as funções que se relacionam a elas, como já aprendemos. Se quiser
memorizar ainda menos, basta memorizar as duas primeiras, pois para encontrar a tangente sabemos que é
só dividir o seno pelo cosseno:

4.7. Desdobramentos da Relação Fundamental

A partir das relações fundamentais, podemos deduzir as seguintes relações, que são úteis na simplificação
de expressões trigonométricas:

𝒕𝒈𝟐 𝒙 + 𝟏 = 𝒔𝒆𝒄𝟐 𝒙

𝒄𝒐𝒕𝒈𝟐 𝒙 + 𝟏 = 𝒄𝒐𝒔𝒔𝒆𝒄𝟐 𝒙

12
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

5. RELAÇÕES ENTRE ÂNGULOS


Dois ângulos são complementares quando a soma deles é igual a 90° (ou /2). Para achar o valor do seno e
do cosseno do ângulo complementar a um ângulo x dado, recorremos ao ciclo trigonométrico. Note que,
nesse caso:

Dois ângulos são suplementares quando a soma deles é igual a 180° (ou ). Para achar o valor do seno e do
cosseno do ângulo suplementar a um ângulo x dado, recorremos ao ciclo trigonométrico. Note que, nesse
caso:

Dois ângulos são replementares quando a soma deles é igual a 360° (ou 2). Para achar o valor do seno e
do cosseno do ângulo replementar a um ângulo x dado, recorremos ao ciclo trigonométrico. Note que, nesse
caso:

Dois ângulos são explementares quando a subtração deles é igual a 180° (ou ). Para achar o valor do seno
e do cosseno do ângulo explementar a um ângulo x dado, recorremos ao ciclo trigonométrico. Note que,
nesse caso:

Veja como esse assunto já foi cobrado!

(EPPGG/2000) Sabe-se que o seno de 60° é igual a (3½)/2, e que cosseno de 60° é igual a 1/2. Sabe-se,
também, que o seno do dobro de um ângulo X é igual ao dobro do produto do seno de X pelo cosseno de
X. Assim, a tangente do ângulo suplementar a 60° é:

13
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

a) - 1/2
b) - (3½)
c) 3½
d) (3½)/2
e) - (3½)/2
RESOLUÇÃO:
O nosso objetivo consiste em obter a tangente do ângulo suplementar a 60°.
Ora, acabamos de ver que, no caso de ângulos suplementares, temos:
𝑡𝑔(180° − 𝜃) = −𝑡𝑔𝜃
Substituindo  por 60°, temos:
𝑡𝑔(180° − 60°) = −𝑡𝑔60°
Mas, pela tabela dos valores notáveis, temos que:
𝑡𝑔60° = √3
Daí:
𝟏
𝒕𝒈(𝟏𝟖𝟎° − 𝟔𝟎°) = −√𝟑 = −𝟑𝟐
Perceba que o enunciado quis confundir o candidato com uma informação irrelevante e aparentemente
complicada, que foi “o seno do dobro de um ângulo X é igual ao dobro do produto do seno de X pelo cosseno
de X”, que não serviu para nada. Essa relação nós veremos logo a seguir.
Gabarito: B.

6. OUTRAS RELAÇÕES TRIGONOMÉTRICAS


Soma e diferença de arcos:

14
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

Arco duplo:

Veja como esse assunto já foi cobrado!

√𝟐 𝟏
(CGU/2008) Sabendo que 𝒙 = 𝒂𝒓𝒄𝒄𝒐𝒔 e que 𝒚 = 𝒂𝒓𝒄𝒔𝒆𝒏 𝟐, então o valor da expressão cos(x – y) é igual
𝟐
a:
√𝟔+√𝟐
a) 𝟒
√𝟔−√𝟐
b) 𝟒
√𝟐
c) 𝟐
√𝟐
d) √𝟑 + 𝟐

e) √𝟐
RESOLUÇÃO:
Talvez você tenha estranhado a presença das funções arccos e arcsen. Elas são as funções inversas do cos e
sen, respectivamente.
√2 √2 1 1
Logo, se 𝑥 = 𝑎𝑟𝑐𝑐𝑜𝑠 , então cos x = . Por sua vez, se 𝑦 = 𝑎𝑟𝑐𝑠𝑒𝑛 2, então sen y = 2.
2 2
√𝟐
Para entender o que quer dizer a expressão 𝒙 = 𝒂𝒓𝒄𝒄𝒐𝒔 , pense que você quer encontrar o ângulo x cujo
𝟐
√𝟐 √𝟐
cosseno é . Só que em Trigonometria, em vez de escrevermos “encontre o ângulo x cujo cosseno é ”,
𝟐 𝟐
√𝟐
escrevemos “encontre 𝒙 = 𝒂𝒓𝒄𝒄𝒐𝒔 ”.
𝟐

Outra informação importante que preciso te passar é que a função arccos só é definida no intervalo de 0 a
180° e a função arcsen só é definida no intervalo de -90 a 90°. Assim:
√2 √2
se 𝑥 = 𝑎𝑟𝑐𝑐𝑜𝑠 , então cos x = , então x=45°.
2 2
1 1
se 𝑦 = 𝑎𝑟𝑐𝑠𝑒𝑛 2, então sen y = 2, então y = 30°.
O nosso objetivo consiste em descobrir o valor da expressão cos(x – y). Para isso, basta lembrar a fórmula
da subtração de arcos para o caso do cosseno:
cos(𝑥 − 𝑦) = cos 𝑥. cos 𝑦 + 𝑠𝑒𝑛 𝑥. 𝑠𝑒𝑛𝑦
Substituindo x por 45° e y por 30°, temos:

15
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

cos(45 − 30) = cos 45. cos 30 + 𝑠𝑒𝑛 45. 𝑠𝑒𝑛30


√2 √3 √2 1 √6 √2
cos(45 − 30) = . + . = +
2 2 2 2 4 4
Gabarito: A.

(AFRFB/2012) Considerando-se a expressão trigonométrica x = 1 + cos 30°, um dos possíveis produtos que
a representam é igual a
a) 2 cos2 15°
b) 4 cos2 15°
c) 2 sen2 30°
d) 2 cos2 30°
e) 4 sen2 15°.
RESOLUÇÃO:
Visto que na expressão trigonométrica fornecida pela questão consta a presença do cos 30°. Daí, vamos
supor que x = 15°. Usando a fórmula do arco duplo, no caso do cosseno, temos:
cos 2𝑥 = 𝑐𝑜𝑠 2 𝑥 − 𝑠𝑒𝑛2 𝑥
cos 2.15 = 𝑐𝑜𝑠 2 15 − 𝑠𝑒𝑛2 15
cos 30 = 𝑐𝑜𝑠 2 15 − 𝑠𝑒𝑛2 15
Substituindo cos 30 por (x – 1), temos:
x − 1 = 𝑐𝑜𝑠 2 15 − 𝑠𝑒𝑛2 15
x = 𝑐𝑜𝑠 2 15 − 𝑠𝑒𝑛2 15 + 1
Substituindo 1 por 𝒄𝒐𝒔𝟐 𝟏𝟓 + 𝒔𝒆𝒏𝟐 𝟏𝟓 (relação fundamental), ficamos com:
x = 𝑐𝑜𝑠 2 15 − 𝑠𝑒𝑛2 15 + 𝑐𝑜𝑠 2 15 + 𝑠𝑒𝑛2 15
x = 𝑐𝑜𝑠 2 15 + 𝑐𝑜𝑠 2 15
𝐱 = 𝟐𝒄𝒐𝒔𝟐 𝟏𝟓
Gabarito: A.

(ALERO/2018) Sabe-se que sen x - cos x = 0,6. O valor de y = sen x cos x é


a) 0,18
b) 0,32
c) 0,36
d) 0,64.
RESOLUÇÃO:
O enunciado informa que sen x − cos x = 0,6. Elevando ao quadrado os dois lados, teremos o seguinte produto
notável do lado esquerdo:

16
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

Portanto, concluímos que y vale 0,32.


Gabarito: B.

7. RELAÇÕES TRIGONOMÉTRICAS NO TRIÂNGULO RETÂNGULO


O triângulo retângulo é aquele que apresenta um ângulo de 90°.

Lembramos que:

- a hipotenusa é oposta ao ângulo de 90° (também chamado de ângulo reto); trata-se do maior lado do
triângulo retângulo (c).

- os outros dois lados são chamados de catetos. Eles podem ter a mesma medida, ou não.

Em um triângulo retângulo, podemos definir o seno, o cosseno e a tangente de um ângulo.

O seno é igual à divisão entre o cateto oposto ao ângulo e a hipotenusa.

O cosseno é igual à divisão entre o cateto adjacente e hipotenusa.

A tangente é igual à divisão entre seno e cosseno. Por conta disso, a tangente acaba coincidindo com a
divisão entre o cateto oposto e o cateto adjacente.

17
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

Para o ângulo x, temos o seguinte:

- o cateto oposto (CO) é aquele que está oposto ao ângulo; trata-se do lado “a”;

- o cateto adjacente (CA) é aquele que está adjacente (ao lado, junto) ao ângulo; trata-se do cateto “b”.

Ficamos com:

Nessas fórmulas, “co” significa cateto oposto, não confunda com cosseno, ok?

Veja como esse assunto já foi cobrado!

(AFRFB/2009) Um projétil é lançado com um ângulo de 30° em relação a um plano horizontal. Conside-
rando que a sua trajetória inicial pode ser aproximada por uma linha reta e que sua velocidade média, nos
cinco primeiros segundos, é de 900 km/h, a que altura em relação ao ponto de lançamento este projétil
estará exatamente cinco segundos após o lançamento?
a) 0,333 km
b) 0,625 km
c) 0,5 km
d) 1,3 km
e) 1 km
RESOLUÇÃO:
Inicialmente, precisamos converter a velocidade de km/h para m/s. Uma dica:
Para converter de km/h para m/s, basta dividir por 3,6.

18
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

Para converter de m/s para km/h, bastaria multiplicar por 3,6.


Assim:
900
900 𝑘𝑚/ℎ = = 250 𝑚/𝑠
3,6
O enunciado afirma que, em 5s, o projétil anda 5x250 = 1.250m. Temos o seguinte triângulo:

Em que h corresponde à altura que o projétil alcança em relação ao ponto de lançamento.


1
Note que nesse triângulo retângulo, possuímos os valores do ângulo (30°) e da hipotenusa (1.250). Daí, de-
vemos analisar se deveremos utilizar o seno, cosseno ou tangente. O que você acha?
Eu usaria o seno, professor.
Isso mesmo, caro(a) aluno(a), queria ter um(a) filho(a) assim. Afinal, se queremos encontrar o cateto oposto
ao ângulo dado e temos a hipotenusa, é o seno que se relaciona a essas duas medidas.

𝑠𝑒𝑛30° =
1.250
1 ℎ
=
2 1.250
𝒉 = 𝟔𝟐𝟓𝒎 = 𝟎, 𝟔𝟐𝟓𝒌𝒎
Gabarito: B.
(PM-SP/2015) A figura representa uma rampa AB com ângulo de inclinação de 45 graus e altura de 50
centímetros.

Aproximando-se √2 para 1,4, o comprimento aproximado dessa rampa, em centímetros, é


a) 70.
b) 75.
c) 80.
d) 85.

19
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

RESOLUÇÃO:
Vamos chamar de x o comprimento da rampa.
√2
No triângulo retângulo, o seno de 45° corresponde a e é igual ao cateto oposto dividido pela hipotenusa:
2
50
𝑆𝑒𝑛 45° =
𝑥
√2 50
=
2 𝑥
O enunciado sugere aproximarmos √2 para 1,4, logo:
1,4 50
=
2 𝑥
50 × 2 100
𝒙= = ≈ 𝟕𝟏
1,4 f 1,4
Portanto, o comprimento aproximado da rampa é 70 centímetros, opção que chega mais perto do tamanho
real.
Gabarito: A.
(PM-MA/2018) Na preparação de uma ação policial, um agente fez algumas medições em uma casa no-
turna, mostradas na figura a seguir. O agente, em pé no ponto A, de frente para a casa noturna, estava a
10 m de distância do ponto C, correspondente à porta de entrada da casa noturna. Do ponto B, posição
dos olhos do agente, ele visualizava uma câmera de segurança no ponto D, no prédio da casa noturna,
segundo um ângulo de visão de 30° com a horizontal. Perpendicularmente a AC, e a 24 m de A, ficava
localizada uma base móvel para apoio à operação, no ponto E.

Com referência às informações contidas na situação hipotética e na figura anteriormente apresentadas,


julgue o item.
Considerando que AB seja igual a 1,70 m, que essa seja a altura dos olhos do agente e que 0,58 seja o valor
aproximado para tg30°, então a câmera estava a uma altura inferior a 7 m.
RESOLUÇÃO:
Note que o enunciado informa várias medidas. Vamos inseri-las no desenho:

20
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

F
10
1,7

Por que colocamos um ponto F na figura? Para formar o lado BF, de modo a ser paralelo a AC. Com isso, caso
o agente ande até a porta e nela encoste, o ponto F identificará a posição de seus olhos.
Como é dito que o agente estava a 10 m de distância da porta, concluímos que a distância BF vale 10 metros.
Por sua vez, a distância CF vale 1,70 metros, que é a0mesma altura dos olhos do agente até o chão.
Veja que, no triângulo BFD, a tangente do ângulo de 30°, que corresponde a 0,58, é dada pela divisão entre
o cateto oposto e o cateto adjacente:
𝑥
𝑡𝑔 30 =
10
𝑥 = 10 . 0,58 = 5,8
Finalizando, a altura na qual está posicionada a câmera corresponde à distância DC, que mede 5,8 + 1,7 = 7,5
metros.
Gabarito: Errado.

8. TEOREMA DE PITÁGORAS
Considere o triângulo retângulo abaixo, com lados medindo “a”, “b” e “c”.

Já sabemos que “a” é o maior lado, que é oposto ao ângulo reto e é chamado de hipotenusa. Os demais
lados são os catetos.

Teorema de Pitágoras

A soma dos quadrados dos catetos é igual ao quadrado da hipotenusa.


𝒃𝟐 + 𝒄𝟐 = 𝒂𝟐

21
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

Veja como esse assunto já foi cobrado!

(ISS São José dos Campos/2018) Em um terreno retangular ABCD foram instalados postes de iluminação
nos pontos P, M, Q e N, sendo as distâncias entre os postes indicadas pela linha tracejada, conforme mos-
tra a figura.

Se a distância entre os postes N e P é 100 m, e a distância entre os postes P e Q é 120 m, então o perímetro
desse terreno retangular mede
A) 380 m.
B) 400 m.
C) 420 m.
D) 490 m.
E) 560 m.
RESOLUÇÃO:
O enunciado informa que as distâncias entre os postes P e Q é 120m, o que corresponde a 2y. Logo:
2𝑦 = 120
𝑦 = 60 𝑚
É dito que a distância entre os postes N e P é 100 m. Então, podemos aplicar o Teorema de Pitágoras no
triângulo retângulo destacado na figura:
̅̅̅̅)2 = 𝑥 2 + 𝑦 2
(𝑁𝑃
1002 = 𝑥 2 + 602
𝑥 2 = 10.000 − 3.600
𝒙 = √6.400 = 𝟖𝟎 𝒎
O nosso objetivo consiste em determinar o perímetro ou a soma dos lados do retângulo descrito na figura.
Veja que a base é dada por 2x ao passo que a altura corresponde a 2y. Assim:
𝑷𝒆𝒓í𝒎𝒆𝒕𝒓𝒐 = 2. (2𝑥) + 2. (2𝑦) = 4𝑥 + 4𝑦 = 4. (𝑥 + 𝑦) = 4. (60 + 80) = 4.140 = 𝟓𝟔𝟎 𝒎
Gabarito: E.

22
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

(ATRFB 2009) Duas estradas retas se cruzam formando um ângulo de 90° uma com a outra. Qual é o valor
mais próximo da distância cartesiana entre um carro que se encontra na primeira estrada, a 3 km do cru-
zamento, com outro que se encontra na segunda estrada, a 4 km do cruzamento?
a) 5 km
b) 4 km
c) 4√𝟐 km
d) 3 km
e) 5√𝟐 km
RESOLUÇÃO:
A situação descrita no enunciado pode ser representada conforme a figura a seguir:

Vamos chamar a distância entre os dois carros de x.

O triângulo de lados 3, 4, e x é retângulo. A hipotenusa, que é o maior lado, vale x.


Aplicando o teorema de Pitágoras, temos:

Gabarito: A.
(CM Olinda/2015) No triângulo retângulo a seguir, o cosseno do ângulo α é igual a 0,6.

23
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

A área desse triângulo é igual a


a) 384 cm².
b) 408 cm².
c) 432 cm².
d) 456 cm².
RESOLUÇÃO: 9
Inicialmente, é preciso observar que o seno e o cosseno de um ângulo guardam a seguinte relação:
𝑠𝑒𝑛(𝛼)2 + 𝑐𝑜𝑠(𝛼)2 = 1
O enunciado informa que o cos() = 0,6. Logo:
𝑠𝑒𝑛(𝛼)2 + 0,62 = 1
𝑠𝑒𝑛(𝛼)2 = 1 − 0,36 = 0,64
𝑠𝑒𝑛(𝛼) = √0,64 = 0,8
Agora, usamos a relação que nos fornece o valor da tangente de :
𝑠𝑒𝑛(𝛼) 0,8 8
𝑡𝑎𝑛(𝛼) = = =
cos (𝛼) 0,6 6
Num triângulo retângulo, a tangente é a medida do cateto oposto dividido pelo cateto adjacente. Logo, usa-
̅̅̅̅ :
mos esta relação para obter a medida da base do triângulo 𝐵𝐶
8 𝐵𝐶 ̅̅̅̅
=
6 24
24 × 8
̅̅̅̅ =
𝐵𝐶 = 4 × 8 = 32
6
Por fim, utilizando o fato de a área (A) do triângulo ser igual à metade da base multiplicada pela altura:
32 × 24
𝐴= = 384 𝑐𝑚2
2
Gabarito: A.

24
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

QUESTÕES COMENTADAS
1. (CESPE/SEFAZ-RS/2019) Para construir uma rampa de acesso a uma garagem, foi feito um projeto
conforme a figura a seguir.

No projeto, a rampa é a hipotenusa AB do triângulo retângulo ABC. A altura da rampa, representada pelo
cateto BC, deverá medir 2 m. A distância AC, representada pelo outro cateto do triângulo, deverá ser tal
que a inclinação da rampa, dada pelo ângulo θ no vértice A, não seja superior a 30°. Nessa situação, sa-
√𝟑
bendo-se que 𝒕𝒈 𝟑𝟎° = , o comprimento do cateto AC, em metros, deverá ser tal que,
𝟑
√3
a) 𝐴𝐶 < 4
√3 √3
b) ≤ 𝐴𝐶 <
4 2
√3
c) ≤ 𝐴𝐶 < √3
2
d) √3 ≤ 𝐴𝐶 < 2√3
e) 𝐴𝐶 ≥ 2√3

RESOLUÇÃO:
O enunciado informa que o ângulo θ é no máximo 30°. Logo, a sua tangente deve ser menor ou igual à
tangente de 30 graus, pois a tangente é crescente no primeiro quadrante:

𝑡𝑔 𝜃 ≤ 𝑡𝑔 30°
𝐶𝑎𝑡𝑒𝑡𝑜 𝑜𝑝𝑜𝑠𝑡𝑜 √3

𝐶𝑎𝑡𝑒𝑡𝑜 𝑎𝑑𝑗𝑎𝑐𝑒𝑛𝑡𝑒 3
𝐵𝐶 √3

𝐴𝐶 3
2 √3

𝐴𝐶 3
𝐴𝐶 3

2 √3
6
𝐴𝐶 ≥
√3
6 √3
𝐴𝐶 ≥ ×
√3 √3

25
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

6√3
𝐴𝐶 ≥
3
𝑨𝑪 ≥ 𝟐√𝟑
Gabarito: E.

2. (ESAF/CGU/2001) Se X = 3 sen e Y = 4 cos , então, para qualquer ângulo , tem-se que:


a) 16X - 9Y2 = -144
2

b) 16X2 + 9Y2 = 144


c) 16X2 - 9Y2 = 144
d) -16X2 + 9Y2 = 144
e) 16X2 + 9Y2 = -144

RESOLUÇÃO:
Sabemos que:
𝒙
𝑥 = 3𝑠𝑒𝑛 → 𝒔𝒆𝒏 =
𝟑
𝒚
𝑦 = 4 cos  → 𝐜𝐨𝐬  =
𝟒

Aplicando a relação fundamental, temos:

𝒔𝒆𝒏𝟐 𝒙 + 𝒄𝒐𝒔𝟐 𝒙 = 𝟏
𝑥 2 𝑦 2
( ) +( ) =1
3 4
𝑥2 𝑦2
+ =1
9 16
𝟏𝟔𝒙𝟐 + 𝟗𝒚𝟐 = 𝟏𝟒𝟒

Gabarito: B.

3. (ESAF/STN/2005) O sistema dado pelas equações

possui duas raízes, x e y. Sabendo-se que "a" é uma constante, então a soma dos quadrados das raízes é
igual a
a) 1
b) 2
c) 4
d) sen
e) cos

RESOLUÇÃO:
Inicialmente, vamos elevar ambas as equações ao quadrado:

26
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

(𝑥𝑠𝑒𝑛𝛼 − 𝑦𝑐𝑜𝑠𝛼)2 = (−𝑐𝑜𝑠2𝛼)2


(𝑥𝑐𝑜𝑠𝛼 − 𝑦𝑠𝑒𝑛𝛼)2 = (𝑠𝑒𝑛2𝛼)2
Aplicando a regra dos produtos notáveis, temos:

𝑥 2 𝑠𝑒𝑛2 𝛼 − 2𝑥𝑦𝑠𝑒𝑛𝛼𝑐𝑜𝑠𝛼 + 𝑦 2 𝑐𝑜𝑠 2 𝛼 = 𝑐𝑜𝑠 2 2𝛼 (I)


𝑥 2 𝑐𝑜𝑠 2 𝛼 + 2𝑥𝑦𝑠𝑒𝑛𝛼𝑐𝑜𝑠𝛼 + 𝑦 2 𝑠𝑒𝑛2 𝛼 = 𝑠𝑒𝑛2 2𝛼 (II)
Somando (I) e (II), temos:

𝑥 2 𝑠𝑒𝑛2 𝛼 − 2𝑥𝑦𝑠𝑒𝑛𝛼𝑐𝑜𝑠𝛼 + 𝑦 2 𝑐𝑜𝑠 2 + 𝑥 2 𝑐𝑜𝑠 2 𝛼 + 2𝑥𝑦𝑠𝑒𝑛𝛼𝑐𝑜𝑠𝛼 + 𝑦 2 𝑠𝑒𝑛2 𝛼 = 𝑐𝑜𝑠 2 2𝛼 + 𝑠𝑒𝑛2 2𝛼


𝑥 2 (𝑠𝑒𝑛2 𝛼 + 𝑐𝑜𝑠 2 𝛼) + 𝑦 2 (𝑠𝑒𝑛2 𝛼 + 𝑐𝑜𝑠 2 ) = 𝑠𝑒𝑛2 2𝛼 + 𝑐𝑜𝑠 2 2𝛼 (III)
Agora vamos usar a relação fundamental:
𝒔𝒆𝒏𝟐 𝒙 + 𝒄𝒐𝒔𝟐 𝒙 = 𝟏

Mas como ela é válida para qualquer ângulo x, temos:

𝑠𝑒𝑛2 2𝑎 + 𝑐𝑜𝑠 2 2𝑎 = 1

Substituindo em (III), temos:

𝑥2. 1 + 𝑦2. 1 = 1
𝒙 𝟐 + 𝒚𝟐 = 𝟏

Como nosso objetivo consiste em obter a soma dos quadrados das raízes, 1 é o valor desejado.
Gabarito: A.

4. (ESAF/STN/2000) A expressão dada por y = 3.sen x + 4 é definida para todo número x real. Assim,
o intervalo de variação de y é
a) -1 ≤ y ≤ 7
b) -7 < y < 1
c) -7 < y ≤ -1
d) 1 ≤ y < 7
e) 1 ≤ y ≤ 7

RESOLUÇÃO:
Já sabemos que a função seno varia de -1 a 1. Assim:
O menor valor de y ocorrerá quando sen x = -1. Daí:

𝑦 = 3. 𝑠𝑒𝑛𝑥 + 4
𝑦 = 3. (−1) + 4 = −3 + 4
𝒚=𝟏

O maior valor de y ocorrerá quando sen x = +1. Daí:

27
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

𝑦 = 3. 𝑠𝑒𝑛𝑥 + 4
𝑦 = 3.1 + 4 = 3 + 4
𝒚=𝟕
Logo:
1≤ 𝑦 ≤ 7

Gabarito: E.

5. (ESAF/CGU/2002) A expressão dada por y = 4 (cosseno x) + 4 é definida para todo número x real.
Assim, o intervalo de variação de y é:
a)
b)
c)
d)
e)

RESOLUÇÃO:
Perceba que a saudosa ESAF fez duas questões praticamente iguais com diferença de somente dois anos
entre as provas, só mudando seno pelo cosseno. E para o mesmo cargo de AFC. Depois ainda temos que
escutar gente falando que resolver questões das últimas provas é bobagem porque as bancas não repetem
questões. Já sabemos que a função cosseno varia de -1 a 1. Assim:

O menor valor de y ocorrerá quando cos x = -1. Daí:

𝑦 = 4. 𝑐𝑜𝑠𝑥 + 4
𝑦 = 4. (−1) + 4 = −4 + 4
𝒚=𝟎

O maior valor de y ocorrerá quando cos x = +1. Daí:

𝑦 = 4. 𝑐𝑜𝑠𝑥 + 4
𝑦 = 4.1 + 4 = 4 + 4
𝒚=𝟖

Logo:
0≤ 𝑦 ≤ 8
Gabarito: E.

6. (ESAF/MTE/2006) Sabendo-se que 3 cos x + sen x = -1, então um dos possíveis valores para a tan-
gente de x é igual a:
a) -4/3
b) 4/3
c) 5/3
d) -5/3
e) 1/7

28
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

RESOLUÇÃO:
Geralmente, para resolvermos questões que envolvem seno e cosseno, utilizamos a relação fundamental
𝑠𝑒𝑛2 𝑥 + 𝑐𝑜𝑠 2 𝑥 = 1. Acreditamos que você concorde que é tudo de bom quando conseguimos sumir com
senos e cossenos de uma expressão trocando pelo “1”, né? De olho nessa dica, inicialmente, vamos elevar
os dois lados da equação ao quadrado, para vermos se simplificamos a expressão usando a relação funda-
mental, logo:

(3𝑐𝑜𝑠𝑥 + 𝑠𝑒𝑛𝑥)2 = (−1)2


9𝑐𝑜𝑠 2 𝑥 + 2.3. 𝑐𝑜𝑠𝑥. 𝑠𝑒𝑛𝑥 + 𝑠𝑒𝑛2 𝑥 = 1
9𝑐𝑜𝑠 2 𝑥 + 6. 𝑐𝑜𝑠𝑥. 𝑠𝑒𝑛𝑥 + 𝑠𝑒𝑛2 𝑥 = 1

Lembrando que 𝒔𝒆𝒏𝟐 𝒙 + 𝒄𝒐𝒔𝟐 𝒙 = 𝟏, temos:

9𝑐𝑜𝑠 2 𝑥 + 6. 𝑐𝑜𝑠𝑥. 𝑠𝑒𝑛𝑥 + 𝑠𝑒𝑛2 𝑥 = 𝑠𝑒𝑛2 𝑥 + 𝑐𝑜𝑠 2 𝑥


8𝑐𝑜𝑠 2 𝑥 + 6. 𝑐𝑜𝑠𝑥. 𝑠𝑒𝑛𝑥 = 0

Considerando que o cos x é diferente de 0, podemos dividir os dois lados da equação acima por cos2x, ficando
com:

𝑠𝑒𝑛𝑥
8 + 6. =0
𝑐𝑜𝑠𝑥

Mas como tg x = sen x/cos x, temos:

8 + 6. 𝑡𝑔𝑥 = 0
−8 −𝟒
𝑡𝑔𝑥 = =
6 𝟑

Gabarito: A.

7. (ESAF/Serpro/1996) Se sen x = 0,5, então (1/cotg x) vale:


a) √𝟑
√𝟑
b) 𝟑
𝟐
c)
√𝟑
√𝟑
d) 𝟐
√𝟑
e) 𝟒

RESOLUÇÃO:
Sabemos que a cotangente é o inverso da tangente:

𝟏
𝒄𝒐𝒕𝒈 𝒙 =
𝒕𝒈 𝒙

Já que o nosso objetivo consiste em obter o inverso da cotangente, deveremos calcular:

29
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

1 𝑠𝑒𝑛𝑥
= 𝑡𝑔𝑥 =
𝑐𝑜𝑡𝑔𝑥 𝑐𝑜𝑠𝑥

Ou seja, o inverso da cotangente é a tangente, nossa amiga de combates de longa data já. Agora o enunciado
vem nos informar que:
1
𝑠𝑒𝑛𝑥 = 0,5 =
2

Vamos obter o cosseno pela relação fundamental:

𝒔𝒆𝒏𝟐 𝒙 + 𝒄𝒐𝒔𝟐 𝒙 = 𝟏
1 2
( ) + 𝑐𝑜𝑠 2 𝑥 = 1
2
1 3
𝑐𝑜𝑠 2 𝑥 = 1 − =
4 4
3 √3
𝑐𝑜𝑠𝑥 = ±√ = ±
4 2

Com isso, os possíveis valores para a tangente de x serão:


1
𝑠𝑒𝑛𝑥 √𝟑
𝒕𝒈𝒙 = = 2 =±
𝑐𝑜𝑠𝑥 √3 𝟑
± 2
Gabarito: B.

8. (ESAF/CGU/1995) Simplificando a expressão

Obtém-se:
a) 0
b) 1
c) Sen2a
d) Sec2a
e) Tg2a

RESOLUÇÃO:
Vamos fazer algumas simplificações, considerando as relações de cossecante e cotangente:
𝑠𝑒𝑛 𝑎 1
𝑠𝑒𝑛 𝑎. 𝑡𝑔 𝑎. 𝑐𝑜𝑠𝑠𝑒𝑐 𝑎 𝑠𝑒𝑛 𝑎. cos 𝑎 . 𝑠𝑒𝑛 𝑎
=
cos 𝑎. 𝑐𝑜𝑡𝑔𝑎. 𝑠𝑒𝑐𝑎 cos 𝑎 1
cos 𝑎 . 𝑠𝑒𝑛 𝑎 . cos 𝑎
𝑠𝑒𝑛 𝑎 𝑠𝑒𝑛 𝑎
. = 𝑡𝑔 𝑎. 𝑡𝑔 𝑎 = 𝒕𝒈𝟐 𝒂
cos 𝑎 cos 𝑎

Gabarito: E.

30
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

9. (ESAF/DNIT/2013) Suponha que um avião levanta voo sob um ângulo de 30°. Depois de percorrer
2.800 metros em linha reta sob o mesmo ângulo da decolagem, a altura em que o avião está do solo em
relação ao ponto em que decolou é igual a:
a) 1.400 metros
b) 1.500 metros
c) 1.650 metros
d) 1.480 metros
e) 1.340 metros

RESOLUÇÃO:
A situação descrita no enunciado pode ser representada conforme a figura a seguir:

Note que nesse triângulo retângulo, possuímos os valores do ângulo (30°) e da hipotenusa (2.800). Daí é
apropriado que façamos uso do seno.


𝑠𝑒𝑛30° =
2.800
1 ℎ
=
2 2.800
𝒉 = 𝟏. 𝟒𝟎𝟎𝒎

Gabarito: A.

10. (ESAF/STN/2000) Os catetos de um triângulo retângulo medem, respectivamente, x e (y-2). Sa-


bendo que a tangente trigonométrica do ângulo oposto ao cateto que mede x é igual a 1, então o períme-
tro do triângulo é igual a
a)
b)
c)
d)
e)

RESOLUÇÃO:
São fornecidas as seguintes informações:
a) Os catetos de um triângulo retângulo medem, respectivamente, x e (y - 2);
b) a tangente trigonométrica do ângulo oposto ao cateto que mede x é igual a 1.
Daí, a questão pergunta qual o valor do perímetro do triângulo.
Das informações a e b, tiramos que:

31
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

𝐶𝑂 𝑦 − 2
𝑡𝑔 𝛼 = 1 = =
𝐶𝐴 𝑥

Logo, y – 2 = x.

A fim de encontrarmos o valor da hipotenusa, vamos aplicar o teorema de Pitágoras:

ℎ2 = 𝑥 2 + (𝑦 − 2)2 = 𝑥 2 + 𝑥 2 = 2𝑥 2
𝒉 = √𝟐𝒙𝟐 = 𝒙√𝟐

Sabemos que o perímetro do triângulo corresponde à soma dos lados:

𝑥 + 𝑥 + 𝑥√2 = 2𝑥 + 𝑥√2 = 𝒙(𝟐 + √𝟐)


Gabarito: C.

11. (ESAF/ATRFB/2012) Uma esfera foi liberada no ponto A de uma rampa. Sabendo-se que o ponto A
está a 2 metros do solo e que o caminho percorrido pela esfera é exatamente a hipotenusa do triângulo
retângulo da figura abaixo, determinar a distância que a esfera percorreu até atingir o solo no ponto B.

a) 5m
b) 3m
c) 4m
d) 6m
e) 7m

RESOLUÇÃO:
O nosso objetivo consiste em obter a distância que a esfera percorreu até atingir o solo no ponto B. Logo,
estamos interessados em descobrir o valor da hipotenusa, que chamaremos de x. Note que no triângulo
retângulo da questão possuímos os valores do ângulo (30°) e do cateto oposto (2m). Assim, é apropriado
que façamos uso do seno.
2
𝑠𝑒𝑛30° =
𝑥
1 2
=
2 𝑥
𝒙 = 𝟒𝒎
Gabarito: C.

32
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

12. (ESAF/STN/2005) Em um triângulo ABC qualquer, um dos lados mede cm e um outro mede 2
cm. Se o ângulo formado por esses dois lados mede 45°, então a área do triângulo é igual a
a) 3-1/3
b) 21/2
c) 2-1/2
d) 3
e) 1

RESOLUÇÃO:
A situação descrita no enunciado pode ser representada conforme a figura a seguir:

Um dos dados necessários para descobrirmos a área do triângulo é justamente quanto vale a altura h. Daí,
calculemos o seno de 45° no triângulo ABH:


𝑠𝑒𝑛45° =
2
√2 ℎ
=
2 2
𝒉 = √𝟐𝒎

A área de um triângulo corresponde ao produto da base pela altura, dividido por 2:

𝑏. ℎ √2. √2
Á𝑟𝑒𝑎 = = =𝟏
2 2

Gabarito: E.

13. (ESAF/AFRFB/2012) Os catetos de um triângulo retângulo medem, respectivamente, z metros e (w


– 2) metros. Sabendo-se que o ângulo oposto ao cateto que mede (w – 2) metros é igual a um ângulo de
450, então o perímetro desse triângulo, em metros, é igual a
a) z (w – 2).
b) z w (2 – ).
c) z w (2 + ).
d) (z + w) (z + w ).
e) z (2 + ).

33
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

RESOLUÇÃO:
A questão é clara ao afirmar que estamos diante de um triângulo retângulo. Uma consequência disso é que
um dos ângulos mede 90°. O outro ângulo, por sua vez, vale 45° (dado na questão). Seja x o ângulo restante.
A soma dos ângulos internos de um triângulo é 180°. Logo:

90 + 45 + 𝑥 = 180
𝑥 = 180 − 90 − 45
𝒙 = 𝟒𝟓°

Perceba que o triângulo tem dois ângulos de 45° (iguais entre si), então ele é isósceles. Isso significa que seus
dois catetos têm a mesma medida. Logo:

𝑧 = 𝑤– 2

Aplicando o teorema de Pitágoras, temos:

O nosso objetivo consiste em descobrir o perímetro desse triângulo. Para isso, basta somar as medidas dos
lados:
𝑧 + 𝑧 + 𝑥 = 𝑧 + 𝑧 + 𝑧√2 = 2𝑧 + 𝑧√2 = 𝒛. (𝟐 + √𝟐)

Gabarito: E.

14. (IDECAN/CBM-DF/2017) Dois amigos, Júnior e Paulo, estão brincando de tentar adivinhar os ângu-
los formados pelos objetos. Porém, Júnior só pode informar a medida em radianos e Paulo só pode infor-
mar em graus. Nesse sentido, considere o diálogo a seguir.
Júnior avistou uma janela aberta e disse:
— Aquela janela está aberta formando um ângulo de 13/30 radianos.
Paulo respondeu ao comentário:
— Sim, eu também acho que aquela janela está formando um ângulo de X graus.
O número que melhor substitui o “X” é:
a) 68.
b) 75.
c) 78.
d) 83.

RESOLUÇÃO:
O enunciado informa que o ângulo vale 13/30 radianos. Ao substituirmos , que corresponde a 180°, obte-
mos:
13 × 180°
= 13 × 6° = 𝟕𝟖°
30

Gabarito: C.

34
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

15. (CESPE/SEFAZ-RS/2018) A figura seguinte ilustra um terreno pentagonal no qual será semeado um
cultivar que, para desenvolver-se livre de parasitas, receberá a aplicação, para cada hectare, de 0,5 L de
um herbicida especial cujo litro custa R$ 60.

Os cinco lados do terreno são retos e formam o pentágono ABCDE antecedente, em que os ângulos nos
vértices A, B e C são retos, AB = 7 km, BC = 4 km e CD = 3 km. Sabe-se também que o ângulo no vértice E é
θ, em que tg θ = –2 e tg (π – θ) = 2. Na situação apresentada, o custo do herbicida a ser aplicado no terreno
será de
A) R$ 600.
B) R$ 720.
C) R$ 60.000.
D) R$ 72.000.
E) R$ 6.000.000.

RESOLUÇÃO:
Podemos dividir o segmento AB no ponto P, de modo que BP tenha 3km. Dessa forma, temos o retângulo
BCDP, cuja área é: Área BCDP = 4 x 3 = 12 km2

Temos ainda o trapézio AEDP. Para esse trapézio, sabemos que a base maior é DP = 4km, a altura é AP = 4km.
Para calcular o tamanho da base menor (AE), imagine o triângulo que está “faltando” no canto superior
direito da figura. O ângulo junto ao vértice E seria de 180° - 𝜃, ou seja, 𝜋 − 𝜃. A sua tangente seria dada pela
divisão do cateto na horizontal (partindo do ponto D, cujo comprimento é de 4km, igual a AP) e o cateto na
vertical (partindo do ponto E, cujo comprimento não sabemos e vamos chamar de X). Portanto,

𝑡𝑎𝑛(𝜋 − 𝜃) = 4/𝑋
2 = 4/𝑋
𝑋 = 2

Assim, como X = 2, e a soma de X com o segmento AE deve ter a mesma medida de BC (4km), fica claro que
AE deve medir 4 – 2 = 2 km. Essa é a base menor do trapézio. A área do trapézio é:

Portanto, a área total é de 12 + 12 = 24 km2, ou seja, 24.000.000 m2. Como um hectare corresponde a
10.000m2 e o custo por hectare é de 30 reais (meio litro do herbicida), podemos dizer que:

35
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

10.000 m2 ---------------- 30 reais


24.000.000 m2 ------------ P
10.000 x P = 24.000.000 x 30
1 x P = 2400 x 30
P = 72.000 reais
Gabarito: D.

16. (ESAF/MPOG/2002) Sabe-se que a função inversa da função seno é a função cossecante e que o
seno do dobro de um arco é dado por sen 2x = 2sen x cos x. Sabendo-se que x é um arco do segundo
quadrante e que o cosseno da metade deste arco é igual a 1/3, então a cossecante de x vale:
−𝟐√𝟑
a) 𝟑
−𝟐√𝟐
b)
𝟑
√𝟑
c) 𝟑
𝟐√𝟑
d) 𝟑
9√2
e) 8

RESOLUÇÃO:
O enunciado nos fornece as seguintes informações:
a. a função inversa da função seno é a função cossecante;
b. o seno do dobro de um arco é dado por sen 2x = 2sen x cos x;
c. x é um arco do segundo quadrante;
d. o cosseno da metade de x é igual a 1/3.

Daí, pergunta quanto vale a cossecante de x. Pela informação c, temos:

𝑆𝑒𝑛 𝑥 > 0
𝐶𝑜𝑠 𝑥 < 0

Teremos de fazer uma adaptação na fórmula da informação b, para que o ângulo seja x (e não 2x). Assim:

𝑠𝑒𝑛2𝑥 = 2𝑠𝑒𝑛𝑥. 𝑐𝑜𝑠𝑥

Dividindo os ângulos por 2, temos:


𝑥 𝑥
𝑠𝑒𝑛𝑥 = 2𝑠𝑒𝑛 2 . 𝑐𝑜𝑠 2 (I)

Repare que a questão já nos deu o valor de cos (x/2). Falta descobrir o valor de sen(x/2). Para isso, usaremos
a relação fundamental. Daí:
𝑥 𝑥
𝑠𝑒𝑛2 + 𝑐𝑜𝑠 2 = 1
2 2
2
𝑥 1
𝑠𝑒𝑛2 + ( ) = 1
2 3
𝑥 1 8
𝑠𝑒𝑛2 = 1 − =
2 9 9

36
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

𝒙 𝟐√𝟐
𝒔𝒆𝒏 =±
𝟐 𝟑

Ainda com relação à informação c, como x é um arco do 2° quadrante, (x/2) só pode ser um arco do 1°
quadrante. Logo, seu seno é positivo. Assim, concluímos que:

𝒙 𝟐√𝟐
𝒔𝒆𝒏 =+
𝟐 𝟑

Substituindo os valores de sen(x/2) e de cos(x/2) em (I):

2√2 1 4√2
𝑠𝑒𝑛𝑥 = 2. . =
3 3 9

Agora vem a última etapa. Queremos saber o valor da cossecante de x. Logo:

1 1 9
𝑐𝑜𝑠𝑠𝑒𝑐 𝑥 = = =
𝑠𝑒𝑛 𝑥 4√2 4√2
9

Multiplicando √2 no numerador e no denominador, temos:

𝟗√𝟐
𝒄𝒐𝒔𝒔𝒆𝒄 𝒙 =
𝟖

Obs.: Esse valor não constava inicialmente nas alternativas, por isso a questão foi anulada e nós inserimos a
expressão “adaptada” no enunciado para incluí-lo.
Gabarito: E.

17. (NCE-UFRJ/CVM/2008) Se x é um ângulo do quarto quadrante e sen x = -3/5, então o valor da co-
tangente de x é:
a) 3/4
b) -3/4
c) 4/3
d) 4/5
e) -4/3

RESOLUÇÃO:
O enunciado nos fornece as seguintes informações:
I. x é um ângulo do quarto quadrante;
II. sen x = -3/5.

Daí, pergunta qual o valor da cotangente de x. Bem, a primeira informação sobre o quadrante em que o
ângulo se encontra é importante para sabermos o sinal da cotangente de x. Iremos fazer uso dela apenas no
final. Já sabemos que a cotangente é o inverso da tangente:

37
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

𝟏 𝒄𝒐𝒔 𝒙
𝒄𝒐𝒕𝒈 𝒙 = =
𝒕𝒈 𝒙 𝒔𝒆𝒏 𝒙

A informação b nos diz que:

3
𝑠𝑒𝑛𝑥 = −
5

Vamos obter o cosseno pela relação fundamental:

𝒔𝒆𝒏𝟐 𝒙 + 𝒄𝒐𝒔𝟐 𝒙 = 𝟏
−3 2
( ) + 𝑐𝑜𝑠 2 𝑥 = 1
5
9 16
𝑐𝑜𝑠 2 𝑥 = 1 − =
25 25
16 4
𝑐𝑜𝑠𝑥 = ±√ =±
25 5

Chegou a hora de fazermos uso da informação a. Como x é um ângulo do quarto quadrante, o cosseno será
positivo. Logo:
𝟒
𝒄𝒐𝒔𝒙 = +
𝟓

Por fim, vamos substituir os valores do cosseno e do seno na fórmula da cotangente:

𝑐𝑜𝑠 𝑥
𝑐𝑜𝑡𝑔 𝑥 =
𝑠𝑒𝑛 𝑥
4
4 5 𝟒
𝑐𝑜𝑡𝑔 𝑥 = 5 = . (− ) = −
3 5 3 𝟑

5
Gabarito: E.

38
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

LISTA DE QUESTÕES
1. (CESPE/SEFAZ-RS/2019) Para construir uma rampa de acesso a uma garagem, foi feito um projeto
conforme a figura a seguir.

No projeto, a rampa é a hipotenusa AB do triângulo retângulo ABC. A altura da rampa, representada pelo
cateto BC, deverá medir 2 m. A distância AC, representada pelo outro cateto do triângulo, deverá ser tal
que a inclinação da rampa, dada pelo ângulo θ no vértice A, não seja superior a 30°. Nessa situação, sa-
√𝟑
bendo-se que 𝒕𝒈 𝟑𝟎° = 𝟑
, o comprimento do cateto AC, em metros, deverá ser tal que,
√3
a) 𝐴𝐶 < 4
√3 √3
b) ≤ 𝐴𝐶 <
4 2
√3
c) ≤ 𝐴𝐶 < √3
2
d) √3 ≤ 𝐴𝐶 < 2√3
e) 𝐴𝐶 ≥ 2√3

2. (ESAF/CGU/2001) Se X = 3 sen e Y = 4 cos , então, para qualquer ângulo , tem-se que:


a) 16X2 - 9Y2 = -144
b) 16X2 + 9Y2 = 144
c) 16X2 - 9Y2 = 144
d) -16X2 + 9Y2 = 144
e) 16X2 + 9Y2 = -144

3. (ESAF/STN/2005) O sistema dado pelas equações

possui duas raízes, x e y. Sabendo-se que "a" é uma constante, então a soma dos quadrados das raízes é
igual a
a) 1
b) 2
c) 4
d) sen
e) cos

4. (ESAF/STN/2000) A expressão dada por y = 3.sen x + 4 é definida para todo número x real. Assim,
o intervalo de variação de y é

39
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

a) -1 ≤ y ≤ 7
b) -7 < y < 1
c) -7 < y ≤ -1
d) 1 ≤ y < 7
e) 1 ≤ y ≤ 7

5. (ESAF/CGU/2002) A expressão dada por y = 4 (cosseno x) + 4 é definida para todo número x real.
Assim, o intervalo de variação de y é:
a)
b)
c)
d)
e)

6. (ESAF/MTE/2006) Sabendo-se que 3 cos x + sen x = -1, então um dos possíveis valores para a tan-
gente de x é igual a:
a) -4/3
b) 4/3
c) 5/3
d) -5/3
e) 1/7

7. (ESAF/Serpro/1996) Se sen x = 0,5, então (1/cotg x) vale:


a) √𝟑
√𝟑
b) 𝟑
𝟐
c)
√𝟑
√𝟑
d) 𝟐
√𝟑
e) 𝟒

8. (ESAF/CGU/1995) Simplificando a expressão

Obtém-se:
a) 0
b) 1
c) Sen2a
d) Sec2a
e) Tg2a

9. (ESAF/DNIT/2013) Suponha que um avião levanta voo sob um ângulo de 30°. Depois de percorrer
2.800 metros em linha reta sob o mesmo ângulo da decolagem, a altura em que o avião está do solo em
relação ao ponto em que decolou é igual a:

40
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

a) 1.400 metros
b) 1.500 metros
c) 1.650 metros
d) 1.480 metros
e) 1.340 metros

10. (ESAF/STN/2000) Os catetos de um triângulo retângulo medem, respectivamente, x e (y-2). Sa-


bendo que a tangente trigonométrica do ângulo oposto ao cateto que mede x é igual a 1, então o períme-
tro do triângulo é igual a
a)
b)
c)
d)
e)

11. (ESAF/ATRFB/2012) Uma esfera foi liberada no ponto A de uma rampa. Sabendo-se que o ponto A
está a 2 metros do solo e que o caminho percorrido pela esfera é exatamente a hipotenusa do triângulo
retângulo da figura abaixo, determinar a distância que a esfera percorreu até atingir o solo no ponto B.

a) 5m
b) 3m
c) 4m
d) 6m
e) 7m

12. (ESAF/STN/2005) Em um triângulo ABC qualquer, um dos lados mede cm e um outro mede 2
cm. Se o ângulo formado por esses dois lados mede 45°, então a área do triângulo é igual a
a) 3-1/3
b) 21/2
c) 2-1/2
d) 3
e) 1

41
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

13. (ESAF/AFRFB/2012) Os catetos de um triângulo retângulo medem, respectivamente, z metros e (w


– 2) metros. Sabendo-se que o ângulo oposto ao cateto que mede (w – 2) metros é igual a um ângulo de
450, então o perímetro desse triângulo, em metros, é igual a
a) z (w – 2).
b) z w (2 – ).
c) z w (2 + ).
d) (z + w) (z + w ).
e) z (2 + ).

14. (IDECAN/CBM-DF/2017) Dois amigos, Júnior e Paulo, estão brincando de tentar adivinhar os ângu-
los formados pelos objetos. Porém, Júnior só pode informar a medida em radianos e Paulo só pode infor-
mar em graus. Nesse sentido, considere o diálogo a seguir.
Júnior avistou uma janela aberta e disse:
— Aquela janela está aberta formando um ângulo de 13/30 radianos.
Paulo respondeu ao comentário:
— Sim, eu também acho que aquela janela está formando um ângulo de X graus.
O número que melhor substitui o “X” é:
a) 68.
b) 75.
c) 78.
d) 83.

15. (CESPE/SEFAZ-RS/2018) A figura seguinte ilustra um terreno pentagonal no qual será semeado um
cultivar que, para desenvolver-se livre de parasitas, receberá a aplicação, para cada hectare, de 0,5 L de
um herbicida especial cujo litro custa R$ 60.

Os cinco lados do terreno são retos e formam o pentágono ABCDE antecedente, em que os ângulos nos
vértices A, B e C são retos, AB = 7 km, BC = 4 km e CD = 3 km. Sabe-se também que o ângulo no vértice E é
θ, em que tg θ = –2 e tg (π – θ) = 2. Na situação apresentada, o custo do herbicida a ser aplicado no terreno
será de
A) R$ 600.
B) R$ 720.
C) R$ 60.000.
D) R$ 72.000.
E) R$ 6.000.000.

42
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

16. (ESAF/MPOG/2002) Sabe-se que a função inversa da função seno é a função cossecante e que o
seno do dobro de um arco é dado por sen 2x = 2sen x cos x. Sabendo-se que x é um arco do segundo
quadrante e que o cosseno da metade deste arco é igual a 1/3, então a cossecante de x vale:
−𝟐√𝟑
a) 𝟑
−𝟐√𝟐
b) 𝟑
√𝟑
c) 𝟑
𝟐√𝟑
d) 𝟑
9√2
e) 8

17. (NCE-UFRJ/CVM/2008) Se x é um ângulo do quarto quadrante e sen x = -3/5, então o valor da co-
tangente de x é:
a) 3/4
b) -3/4
c) 4/3
d) 4/5
e) -4/3

43
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes
Equipe Exatas Estratégia Concursos
Aula 07

GABARITO
1. LETRA E 10. LETRA C
2. LETRA B 11. LETRA C
3. LETRA A 12. LETRA E
4. LETRA E 13. LETRA E
5. LETRA E 14. LETRA C
6. LETRA A 15. LETRA D
7. LETRA B 16. LETRA E
8. LETRA E 17. LETRA E
9. LETRA A

44
Raciocínio Lógico p/ CGU (Auditor de Finanças e Controle) - 2021 - Pré-Edital
www.estrategiaconcursos.com.br

23020427002 -2032441
Marinalva Silva Moraes

Você também pode gostar