Você está na página 1de 8

TRT/PE: Matemática e

Raciocínio Lógico
Técnico Judiciário - Área Administrativa

Prova - TRT/PE
Resolução

Professor
Thiago Cardoso

PDF PDF VÍDEO

www.ricardoalexandre.com.br
TRT/PE: Matemática e Raciocínio Lógico
Técnico Judiciário - Área Administrativa
Prova - TRT/PE | Resolução
Prof. Thiago Cardoso

(FCC – TRT 6ª Região – Técnico Judiciário – Área Administrativa)


Na prateleira de uma estante estão dispostos 10 livros de direito, 12 livros de
economia e 15 livros de administração. O menor número de livros que se
devem retirar ao acaso dessa prateleira para que se tenha certeza de que
dentre os livros retirados haja um de direito, um de economia e um de
administração é igual a
a) 26
b) 23
c) 27
d) 28
e) 39
Comentários: No pior caso, a pessoa tiraria os 15 livros de administração e
12 livros de economia como os primeiros 27 livros.
Dessa maneira, o 28º livro necessariamente seria de direito. Portanto,
precisamos retirar 28 livros ao todo para ter certeza de que realmente foi
retirado um livro de cada matéria.
Questão 13: D
(FCC – TRT 6ª Região – Técnico Judiciário – Área Administrativa)
O maior valor monetário, em reais, de três notas de valores diferentes e três
moedas de valores diferentes é igual a:
a) R$81,75
b) R$171,75
c) R$110,50
d) R$171,25
e) R$171,60
Comentários: O maior valor possível seria se as moedas fossem de R$0,25,
R$0,50 e R$1,00 e as notas forem de R$20, R$50 e 100.
𝑁 = 20 + 50 + 100 + 0,25 + 0,50 + 1,00 = 171,75

Questão 14: B
(FCC – TRT 6ª Região – Técnico Judiciário – Área Administrativa)
Em relação aos 31 dias de um mês, Fernando, Geraldo e Hélio folgaram,
respectivamente, nos dias que são “múltiplos de 6”, “divisores de 12” e
“múltiplos de 3 e divisores de 30”. Nesse mês, os três trabalharam juntos em
um total de:
a) 19 dias
b) 21 dias
c) 23 dias
d) 22 dias
e) 20 dias

Página 2 de 8 | www.ricardoalexandre.com.br
TRT/PE: Matemática e Raciocínio Lógico
Técnico Judiciário - Área Administrativa
Prova - TRT/PE | Resolução
Prof. Thiago Cardoso

Comentários: Tomemos como conjunto universo os 31 dias do mês, ou seja,


{1, 2, …, 31}, F o conjunto dos múltiplos de 6, G os divisores de 12 e H os
múltiplos de 3 e divisores de 30.
Temos que:
𝐹 = {6, 12, 18, 24, 30} ∴ #𝐹 = 5
𝐺 = {1, 2, 3, 4, 6, 12} ∴ #𝐺 = 5
𝐻 = {3, 6, 15, 30} ∴ #𝐻 = 4
Podemos calcular as intersecções dois a dois:
𝐹 ∩ 𝐺 = {6} ∴ #(𝐹 ∩ 𝐺) = 1
𝐹 ∩ 𝐻 = {6,30} ∴ #(𝐹 ∩ 𝐻) = 2
𝐺 ∩ 𝐻 = {3, 6} ∴ #(𝐹 ∩ 𝐻) = 2
Por fim, a intersecção tripla é:
𝐹 ∩ 𝐺 ∩ 𝐻 = {6} ∴ #(𝐹 ∩ 𝐻) = 1
Podemos obter o número de dias em que, pelo menos, um faltou
#(𝐹 ∪ 𝐺 ∪ 𝐻) = #𝐹 + #𝐺 + #𝐻 − #(𝐹 ∩ 𝐺) − #(𝐹 ∩ 𝐻) − #(𝐺 ∩ 𝐻) + #(𝐹 ∩ 𝐺 ∩ 𝐻)
#(𝐹 ∪ 𝐺 ∪ 𝐻) = 5 + 5 + 4 − 1 − 2 − 2 + 1 = 10
Portanto, nos demais 21 dias, nenhum dos três faltou, portanto, todos
comparecem e trabalharam juntos. Podemos esquematizar o seguinte
diagrama.

Página 3 de 8 | www.ricardoalexandre.com.br
TRT/PE: Matemática e Raciocínio Lógico
Técnico Judiciário - Área Administrativa
Prova - TRT/PE | Resolução
Prof. Thiago Cardoso

Questão 15: B
(FCC – TRT 6ª Região – Técnico Judiciário – Área Administrativa)
Exatamente ¼ das vagas de uma faculdade são destinadas aos cursos de
humanas, e exatamente 1/8 das vagas destinadas aos cursos de humanas são
do período noturno. Sabendo-se que o total de vagas dessa faculdade é um
número inteiro positivo entre 420 e 470, então o número de vagas dessa
faculdade destinadas aos cursos de humanas é igual a:
a) 108
b) 124
c) 112
d) 120
e) 104

Comentários: A palavra chave na questão foi o exatamente. Sendo N o


número de vagas da faculdade, o número de vagas destinadas aos cursos de
humanas é:
𝑁
𝐻=
4
Já o número de vagas destinadas ao período noturno de humanas é:
𝐻 𝑁 𝑁
𝐻𝑁 = = =
8 4.8 32

Página 4 de 8 | www.ricardoalexandre.com.br
TRT/PE: Matemática e Raciocínio Lógico
Técnico Judiciário - Área Administrativa
Prova - TRT/PE | Resolução
Prof. Thiago Cardoso

Como a questão diz exatamente, temos que N/32 deve ser um número inteiro.
Por isso, devemos ter que o número de vagas N deve ser múltiplo de 32.
Precisamos encontrar um múltiplo de 32 entre 420 e 470. A maneira mais fáci
de fazer isso é dividir 470 e 420 por 32.
420 𝑁 𝑁
= 13,125 ∴ ≥ 13,125 ∴ ≥ 14
32 32 32
470 𝑁 𝑁
= 14,6875 ∴ ≤ 14,6875 ∴ ≤ 14
32 32 32
Dessa maneira, temos que N/32 deve ser exatamente 14.
𝑁
= 14 ∴ 𝑁 = 14.32 = 448
32
O número de vagas destinadas aos cursos de humanas.
𝑁 448
𝐻= = = 112
4 4
Questão 16: C
(FCC – TRT 6ª Região – Técnico Judiciário – Área Administrativa)
Em um determinado departamento, todos os funcionários são ou advogados,
ou economistas, ou advogados e economistas. Sabe-se que 5 funcionários são
apenas economistas, e que 15 funcionários são advogados, sendo que parte
destes também são economistas. Se 45% dos funcionários desse
departamento são advogados e economistas, então o número de funcionários
do departamento que são apenas advogados é igual a:
a) 7
b) 8
c) 4
d) 5
e) 6

Comentários: Seja N o total de funcionários da empresa, montaremos o


diagrama de Venn para os advogados e economistas.

Página 5 de 8 | www.ricardoalexandre.com.br
TRT/PE: Matemática e Raciocínio Lógico
Técnico Judiciário - Área Administrativa
Prova - TRT/PE | Resolução
Prof. Thiago Cardoso

O conjunto verde representa os funcionários que são apenas advogados.


Perceba que o enunciado falou em “15 advogados”, portanto, alguns desses
(0,45N) são também economistas e os demais são apenas advogados.
Porém, o enunciado falou em “5 apenas economistas”, por isso que colocamos
esses 5 na região de exclusivamente economistas.
O total de funcionários da empresa será:
𝑁 = 15 − 0,45𝑁 + 0,45𝑁 + 5 = 20
Portanto, a região verde será:
𝑛 = 15 − 0,45𝑁 = 15 − 0,45.20 = 15 − 9 = 6

Questão 17: E
(FCC – TRT 6ª Região – Técnico Judiciário – Área Administrativa)
Uma mercadoria comprada por R$ 1.400,00 será vendida com lucro de 20%
sobre o preço de compra acrescido com 15% de imposto. Nessas condições, o
preço de venda dessa mercadoria, deve ser igual a
a) R$1.540,00
b) R$1.442,00
c) R$1.932,00
d) R$1.890,00
e) R$1.952,00

Comentários: Primeiramente, calcularemos o preço de venda sem impostos.


Para isso, temos que o lucro será 20% do preço de compra, portanto:
𝐿 = 0,20.1400 = 280 ∴ 𝑃𝑉 = 1400 + 280 = 1680
Agora, acrescentaremos o imposto. No Brasil, os impostos incidem sobre o
preço de venda, não sobre o preço de aquisição do produto. Portanto, temos:

Página 6 de 8 | www.ricardoalexandre.com.br
TRT/PE: Matemática e Raciocínio Lógico
Técnico Judiciário - Área Administrativa
Prova - TRT/PE | Resolução
Prof. Thiago Cardoso

𝐼𝑅 = 0,15. 𝑃𝑉 = 0,15.1680 = 252


∴ 𝑃 = 1680 + 252 = 1932
Questão 18: C
(FCC – TRT 6ª Região – Técnico Judiciário – Área Administrativa)
Amanda, Manuela, Patrícia, Olívia e Daniela fizeram uma mesma prova, cuja
nota mais alta, dentre elas, foi 18. Amanda obteve a metade da nota
conquistada por Manuela. Patrícia tirou nota equivalente à média aritmética
das notas de Daniela e Manuela. Olívia obteve a mesma nota que Daniela, e o
triplo da nota de Amanda. A segunda maior nota dentre as cinco pessoas foi
igual a:
a) 15 e obtida por Patrícia
b) 16,5 e obtida por Patrícia
c) 12 e obtida por Manuela
d) 16,5 e obtida por Manuela
e) 15 e obtida por Olívia e Daniela.

Comentários: Primeiramente, devemos descobrir quem obteve a maior nota.


Não pode ter sido Amanda, pois ela obteve nota menor que Manuela. Também
não pode ter sido Patrícia, pois ela necessariamente tirou uma nota inferior a
Daniela ou a Manuela, já que foi a média aritmética.
A maior nota também não pode ter sido a nota de Manuela, porque, se a nota
de Amanda foi x, a nota de Manuela foi 2x, mas a nota de Olívia e Daniela foi
3x. Portanto, Olívia e Daniela tiraram notas maiores que Manuela.
Sendo assim, as maiores notas foram de Olívia e Daniela, que foi 18.
𝑂 = 𝐷 = 18
18
𝐴= =6
3
Agora, podemos calcular a nota de Manuela.
𝑀
𝐴= ∴ 𝑀 = 6.2 = 12
2
Também podemos calcular a nota de Patrícia
𝐷 + 𝑀 18 + 12
𝑃= = = 15
2 2
Portanto, a segunda maior nota foi 15 e obtida por Patrícia.
Questão 19: A

Página 7 de 8 | www.ricardoalexandre.com.br
TRT/PE: Matemática e Raciocínio Lógico
Técnico Judiciário - Área Administrativa
Prova - TRT/PE | Resolução
Prof. Thiago Cardoso

(FCC – TRT 6ª Região – Técnico Judiciário – Área Administrativa)


Uma fila será organizada com base em três critérios, que são:
1. mulheres grávidas ou com criança de colo ficam à frente das demais
pessoas;
2. as pessoas mais velhas ficam à frente de outras pessoas de idade menor
que a sua;
3. mulheres ficam à frente dos homens.

Sabe-se que o critério 1 prevalece em relação ao 2 e ao 3, e que o critério 2


prevalece em relação ao critério 3. Antes do uso desse critério de organização,
cinco pessoas já estavam em uma fila de acordo com a ordem apresentada na
tabela a seguir:

Reorganizando a fila de acordo com os critérios descritos anteriormente,


mudarão de posição em relação à fila descrita na tabela apenas:
a) A e B
b) A e C
c) B e D
d) B e E
e) C e D

Comentários: Usando o critério 1, os primeiros da fila devem ser A/E, depois


B/C/D.
Temos o desempate com o critério 2. Como A é mais velha, ficará na frente de
E. Como C é mais velho que D, ficará na frente e, por último, virá B que é mais
novo.
AECDB
Portanto, perceba que apenas B e E trocaram de lugar.
Questão 20: D

Página 8 de 8 | www.ricardoalexandre.com.br

Você também pode gostar