Você está na página 1de 61

O poder oculto dos espelhos

Título: O poder oculto dos espelhos


Subtítulo: mistério, encantamento e magia
Autor: Mago Sidrak Yan

Dúvidas, sugestões, incorreções e críticas:

https://magosidrakyan.com

topbook-livros@outlook.com
Índice
Introdução
Superstições
Escolhendo o espelho adequado
Encantando o espelho
O espelho como instrumento de magia
Magias com o espelho
Glamour
Adivinhação
Portal
Atração - magnetismo pessoal
Blindagem
Anular energias negativas
Absorver energias positivas
Captar fartura e prosperidade
Afugentar visitas indesejáveis
Oração ao Universo
Outras Magias
Para o amor
Para ser feliz
Para ser saudável
Para conservar a juventude
Para um novo emprego
Para ser promovido no emprego
Para ter dinheiro
Para ter sucesso nos negócios e na carreira
Evocação do Daemon Valam, para o espelho ter o poder de
adivinhar o futuro
Introdução
Sob o ponto de vista científico, o espelho é qualquer
superfície capaz de refletir os raios de luz.
O comportamento da luz é estudado em Física pelo ramo
denominado por Óptica, subdividida em duas partes: Óptica
geométrica e Óptica física.
Na Óptica geométrica, estudam-se os fenômenos de propagação da
luz, abrangendo a propagação retilínea, a reflexão, a refração, os
espelhos e as lentes. Já na parte de Óptica física, estudam-se os
fenômenos do comportamento ondulatório da luz: emissão,
composição, absorção, interferência e difração da luz.
Teoricamente aceita-se a luz como a maior velocidade máxima
possível de ser atingida por um corpo em movimento, admitindo-lhe
o valor de 3,08.108 m/s - obtido por Bradley, em 1728. Esta também
é considerada a velocidade de propagação das ondas de
radiofrequências, utilizadas para transporte de informação de TV,
celulares, satélites, WIFI, etc. Hodiernamente aceita-se a luz como
tendo natureza corpuscular (corpo, matéria) e ondulatória (onda
eletromagnética).
Para o foco do ocultismo, interessa somente o espelho do
tipo plano, descartando-se os outros tipos, tais como o esférico,
côncavo, convexo.

Como são fabricados os espelhos planos


Os mais comuns são constituídos de uma placa de vidro
transparente, polida e limpa, na qual, na parte traseira, aplica-se
uma fina camada de prata ou alumínio.

Como se forma a imagem refletida, em espelhos planos.


Embora possa parecer estranho a alguns dos leitores, a
formação da imagem ocorre atrás do espelho (estranho, não?), por
meio do cruzamento dos prolongamentos dos raios incidente no
espelho, tendo as mesmas dimensões do tamanho do objeto
refletido.
A distância entre o objeto e o espelho é igual à distância
entre a imagem e o espelho. Como o objeto e a imagem são
opostos, um será real e outro virtual, havendo a inversão esquerda-
direita.

Veja, a título de cultura geral, a ilustração da formação da


imagem real e virtual num espelho comum.
Sendo esta uma obra de ocultismo, não nos interessa
ingressar nos estudos das sutilezas de ordem da Física, cabendo ao
leitor interessado pesquisar a esse respeito, em caso de especial
interesse.

Desde quando o espelho é utilizado para magias


Embora a maioria dos leitores(as), nos quais eu me incluo,
tenha na infância lido a história de “Branca de neve” - e outras
adaptações modernas para o cinema -, não se sabe com precisão
quando o espelho passou a ser considerado como um objeto de
magia, aceitando-se como a mais correta o Século XIX. Há também
o conto mitológico de Narciso que, considerando-se a criatura mais
linda do Universo, ao ver sua imagem refletida num “espelho de
água”, enfeitiçado, ao ver tanta beleza, não resistiu à atração de se
autoabraçar, vindo a morrer afogado, dando origem ao termo
“narcisista”. Fato é que os espelhos fabricados atualmente pouco
divergem daquele inventado por Justus Liebig em 1835, na
Alemanha. Todavia, outros tipos de objetos refletores de imagens já
haviam sido fabricados na Idade do Bronze - cerca de 3.000 anos
a.C. - pelos sumerianos, através do polimento de superfícies de
bronze com areia. Os primeiros espelhos de vidro, apareceram nas
proximidades do ano de 1300 D.C., em Veneza, de autoria de um
artesão desconhecido.
Superstições
A imaginação fértil do ser humano está também presente,
quando se trata de superstições envolvendo espelhos;
enunciaremos algumas:
● Se a imagem de uma pessoa não se refletir num espelho,
ela é um vampiro;
● Se qualquer pessoa quebrar um espelho, terá sete anos
de azar;
● Se um espelho cair e quebrar-se, sem ação exterior,
alguém da casa morrerá em menos de sete dias;
● Numa casa, após falecimento de um dos moradores, os
espelhos devem ser cobertos, para nada refletir, sob risco
do espírito do falecido(a) ficar preso num deles;
● Alguns povos cobrem os espelhos à noite, para que a
alma de um sonhador não fique presa a um deles;
● Para impedir que os espíritos vaguem, mortos são
enterrados com um espelho;
● Quando se acordar à noite, não se deve mirar no espelho,
sob pena de morrer até o amanhecer;
● Se um casal de namorados se mirar simultaneamente
num espelho, no primeiro contato, terão uma vida longa e
feliz;
● Para uma jovem ver refletida num espelho a imagem de
seu futuro cônjuge, deve escovar os cabelos defronte um
espelho, comendo uma maçã. A imagem do futuro marido
surgirá próximo ao seu ombro direito;
● Para afastar a depressão, motivada por solidão, ponha-se
defronte a um espelho e mire-se nos olhos por sete
minutos;
● O espelho fixo a paredes deve ser suficientemente alto
para a pessoa mais alta da casa poder ver o seu rosto
nele refletido, caso contrário, sofrerá de enxaqueca.
De nossa parte aconselhamos que tais medidas restritivas em
relação às superstições sejam respeitadas, se o espelho for
encantado, caso contrário, não passam do fruto fértil da imaginação
humana.
Mas como proceder se seu espelho mágico, acidentalmente,
vier a partir-se?
Simples, com todo o cuidado, para não se ferir, com ajuda de
um martelo, quebre-o num montão de pedacinhos. Guarde esses
pedacinhos por sete meses. Após esse tempo, enterre-o bem fundo
(numa cova de uns setenta centímetros), num lugar bem longe de
sua casa.
Escolhendo o espelho adequado
Se sua intenção for de fato utilizar um espelho, como objeto
pessoal de magia, não é qualquer um que se presta a esse trabalho,
mas sim um que atenda às requisições mínimas.
● Formato redondo ou oval. Se, redondo, deve ter diâmetro
maior que 01 veze a distância da ponta do seu dedo
médio até o cotovelo externo e menor que 1,5 vezes essa
medida; se for oval, deve ter largura de aproximadamente
01 vezes a distância do seu dedo médio até o cotovelo
externo e cm e altura inferior a 1,5 vezes essa medida.
Esse tipo de medida era conhecido nos tempos bíblicos
com côvado;
● Se quiser colocar-lhe uma moldura, esta deve ser na cor
preta opaca, sem presilhas metálicas;
● Com auxílio de fita crepe, ou pedaço de papel, escreva
seu nome completo, com caneta azul, fixando-o na
traseira do espelho. Se for mulher casada, escreva o seu
nome de solteira;
● Antes da consagração, numa noite de Lua cheia, esse
espelho deve ser bem lavado com água e detergente,
enxugado com uma toalha branca de linho, depois lavado
com chá de Artemísia, na temperatura entre 20 a 25
graus Célsius e num recinto fechado;
● Deixe-o secar naturalmente, num espaço reservado,
longe do olhar de curiosos;
● Ninguém, a não ser você, pode tocá-lo, após a limpeza
com o referido chá;
● Enquanto ele seca, faça um capuz, ou capa, com um
tecido preto limpo, com tamanho apropriado para cobrir
todo o espelho;
● Guarde-o em local seguro e longe do toque e olhar de
curiosos;
● Deixe-o assim até o início da próxima fase de Lua cheia,
quando se dará a entronização, ou consagração.
Encantando o espelho
Para que seu espelho adquira qualidades mágicas, é
necessário que ele seja consagrado, caso contrário não passará de
um reles espelho comum, como qualquer um outro.
Vamos à fase de encantamento do seu espelho mágico.
● Quando o seu espelho estiver livre de impurezas, como
descrito no tópico anterior, numa noite de Lua cheia,
antes das 21:00 hs., tire-lhe o capuz e coloque-o, apoiado
numa cadeira ou banqueta, de modo seguro, expondo-o
fartamente à luz da Lua, por duas horas ou pouco mais;
● Pegue-o com cuidado, apontando-o na direção dos raios
lunares, de forma que possa também refletir a sua
imagem também;
● Entoe a recitação a seguir, com voz determinada:
“Oh maravilhosas Deusas Lunares que a tudo veem, eu consagro
este espelho a vossa vista para que ele sirva aos meus propósitos
mágicos, perante o vosso imenso brilho. Requeiro neste momento
que ele me abra o portal para o inimaginável e oculto às pessoas
normais, para esclarecer e aumentar minha visão, tornando meus
caminhos corretos e resplandecentes.”
● Com todo o cuidado possível, torne a envolvê-lo na capa
(capuz) preta, deixando-o repousar em lugar oculto e
longe dos curiosos, por sete dias consecutivos.
● Se preferir pendurá-lo, ele deve permanecer coberto,
sempre que não estiver a seu uso, sendo sua utilização
específica para magias, e somente por você.
No oitavo dia, antes de utilizá-lo para qualquer tipo de magia,
feitiço ou ritual, proceda como informado a seguir:
● Acenda um incenso de sua preferência;
● Com ele numa das mãos, mire-se no espelho, de maneira que
possa ver a sua face refletida, e o desenho do pentagrama que
será feito no ar;
● Faça agora o desenho de um pentagrama no ar - utilizando a
vareta de incenso como se fosse um pincel a pintar o ar -, o
melhor que puder, entoando a recitação por três vezes
consecutivas:
“Espelho, espelho meu, meu querido espelho mágico, por mim
consagrado; em nome das forças do universo, eu me autoproclamo
teu dono(a) e guardiã(o); ordeno-te que, a partir deste momento,
sejas um instrumento servil aos meus propósitos - somente aos
meus - de magias, feitiços, encantamento e quaisquer outras
necessidades sempre que invocadas por mim.”
Apague o incenso num pequeno copo com água pura,
resguardando o espelho, cobrindo-o, de olhares e toques de
curiosos.
Refaça essa consagração a cada sete meses, ou sempre que
alguém, inadvertidamente, ou não, mirar-se nele ou tocá-lo sem a
capa, ou se a fira com seu nome na traseira se despregar.
O espelho como instrumento de magia

Magias com o espelho


Como instrumento de magia, o espelho pode servir a atender
a várias finalidades, das quais detalharemos as mais importantes:

Glamour
É a qualidade de possuir beleza, sedução, furtividade…); no
entanto, em se tratando de magia com o espelho, dá-se o nome ao
ritual ou procedimento que visa alterar a forma física de uma pessoa
- comumente do sexo feminino, natural ou transgênero -,
propiciando-lhe ilusoriamente ( ao menos no início) mais atrativos,
ou, embora não muito usual, menos atrativos, quando se quer
afugentar alguém. Em casos especiais, pode a pessoa dotar-se da
qualidade de passar despercebida pelos outros ao seu redor,
dotando-se da característica de mimetismo. Para se chegar a essa
virtude, é necessário muito treino e a utilização de um espelho muito
bem encantado e entronizado (consagrado).
Treinamento sugerido
Para alcançar esse estado de graça, siga as recomendações a
seguir, dedicando-se à prática até atingir resultados satisfatórios.
● Procure um lugar silencioso e pratique a meditação, ao menos
meia hora por dia, ou noite;
● Eduque sua mente para visualizar cenário, olhando no espelho,
mentalizando-se inserida(o) nele de maneira camuflada,
aguçando sua criatividade;
● Aprenda a desligar dos acontecimentos ao seu redor, evoluindo
em seu poder de concentração. Sugere-se praticar aos menos
três vezes por semana qualquer técnica de concentração;
● Aprenda a controlar suas emoções, sem se reprimir
armazenando rancores;
● Aprenda a conviver harmoniosamente com a natureza, pois
você, ser humano, é parte e dependente dela, sem se
preocupar em ter explicações para tudo.

Exemplo de feitiço para o glamour


Numa noite qualquer de Lua cheia, em o céu esteja limpo,
para ser visível a lua, providencie, antes das dez horas da noite, o
material elencado, sem a presença de qualquer outra pessoa:
● 21 pétalas de rosa vermelha
● 01 colher de chá de raspas de casca de laranja
*Para conseguir com facilidade essas raspas, a congele duas
laranjas. Após isso, com uso de um ralador, rale as cascas das
laranjas. Não desperdice os miolos da laranjas.
● O seu espelho mágico, já encantado e entronizado
● 01 incenso de maça
● 01 suporte adequado para o incenso
● 01 caldeirão - de qualquer material que possa ir ao fogo,
com volume mínimo de meio litro
● 01 colher de sopa de Artemísia
● 500 ml de água mineral natural, sem gás ou filtrada
● 01 mesinha ou escrivaninha, para colocar os materiais

Procedimento
Acenda o incenso próximo ao local, no qual preparará a
“poção”;
Em fogo brando, despeje no caldeirão a Artemísia, as cascas
de laranja e as pétalas de rosa;
Saia para fora desse recinto, levando o espelho, mostrando-o
para a lua por ao menos setenta e sete segundos. (Basta contar
pausadamente até setenta e sete, não necessitando de cronômetro
ou relógio);
Coloque o espelho encapuzado, próximo do caldeirão;
Quando o vapor de cozimento começar a surgir, passe suas
mãos pelo vapor duas ou três vezes, transferindo esse vapor para o
seu rosto, com massagens suaves;
Com os olhos fechados e a mente limpa de maus
pensamentos, pegue o espelho, retire-lhe o capuz e mire-se nele,
sentada(o) ou em pé, por mais de sete minutos;
Diga si, como se o espelho pudesse ler os seus
pensamentos, o que quer ser ou como gostaria de vista(o) pelas
outras pessoas;
Repita mentalmente esse objetivo até estar convencida(o) de
que os resultados estão surgindo;
Agora, coloque a água no caldeirão, até mais ou menos ¾ de
seu volume;
Ferva por alguns minutos;
Desligue o fogo e guarde o caldeirão, coberto, para impedir o
acesso de insetos e outros animais, até a próxima lua minguante,
para então despejar esse conteúdo num gramado ou jardim.
Refaça essa magia sempre que julgar necessário, ou quando
estiver abatida(o) ou na iminência de estado depressivo.

Adivinhação
O seu espelho pode ser “treinado” para ser um inigualável
instrumento de adivinhação, “adestrando-o” para esse fim, como se
fora uma bola de cristal.

“Adestramento”
Todos os dias pela manhã, por quinze dias ininterruptos,
isole-se, para certificar-se de que não será importunado por
ninguém.
Sente-se confortavelmente numa cadeira, com seu espelho
mágico coberto pelo capuz.
Empunhe-o a sua frente, posicionando-o de maneira a poder
visualizar a sua face, retirando vagarosamente o capuz.
Mire-se de forma a poder fixar seu olhar no reflexo de seus
olhos, sem forçá-los (olhos).
Concentre-se e entoe a recitação, por sete vezes
consecutivas, com o máximo de fé e concentração.
“Espelho, espelho meu; espelho que encantei. Assim como
refletes a lua, tal como refletes a minha imagem neste momento,
permita-me ver refletido tudo aquilo que eu lhe pedir.
Que assim seja sempre.”
Ordene então ao seu espelho mágico que lhe mostre aquilo
que você deseja ver, saber.

Observações
1 - Para se certificar de que essa qualidade do espelho
mágico está funcionando a contento, durante o período de
“adestramento”, peça para visualizar algo que já aconteceu, ou algo
que se conhece.
2- Para esse tipo de atividade, aconselhamos que os pedidos
de adivinhação sejam solicitados, quando você estiver calma(o),
descansada(o) e despreocupado(a).

Portal
O seu espelho mágico pode ser utilizado como chave de
abertura de portais para expulsar maus fluidos de sua casa. Com
esta ação, os maus presságios, pensamentos e fluidos serão
atraídos para o seu espelho mágico e trasladados para uma outra
dimensão longínqua.

Material
● Espelho mágico
● Um copo comum com água filtrada, ou mineral, até a
metade
● Cadeira
● Mesinha
● Toalha branca, para cobrir a mesa

Procedimento
Numa noite de Lua nova, providencie os materiais acima,
num local fechado e isento de interrupções e bisbilhoteiras(os).
Lave bem as mãos, para retirar possíveis resíduos
gordurosos.
Fixe o espelho a sua frente, ainda encapuzado, de maneira a
poder visualizar a sua face completa nele. O ideal é que, sentada(o),
possa visualizar o seu rosto refletido, durante o tempo desse
procedimento.
Sente-se defronte o espelho, acenda duas velas brancas uma
em cada lado (direito e esquerdo), com cuidado para não se
queimar, coloque o copo com água a sua direita e relaxe
profundamente.
Desligue todas as luzes desse cômodo, de forma que a
iluminação provenha somente das velas.
Tire o capuz, ou pano que recobre o seu espelho.
Fixe os seus olhos no reflexo deles, no espelho, até
mentalizar uma porta se abrindo aos poucos, que deverá conta da
maior parte da superfície plana do seu espelho mágico.
Sinta que uma névoa escura migrará, das suas costas, em
direção a essa porta, sendo gradativamente tragada por ela.
Quando essa névoa desaparecer por completo, feche os
olhos por alguns segundos.
Abra-os e, com o seu polegar direito, após molhá-los na
água, trace uma cruz no centro do espelho, para trancar a porta.
Mais abaixo, trace outra cruz, repetindo o gesto para a lateral
direita, em seguida a lateral esquerda (na superfície plana do
espelho.
Recubra o espelho com o manto negro.
A porta estará fechada e lacrada.
Guarde esse espelho, jogue a água numa planta.
Espere as velas arderem por completo, jogando seus
resquícios num jardim, ou enterrando-os.

Atração - magnetismo pessoal


Esta magia é específica para mulheres naturais (sem
ofensas) ou transgêneros que já fizeram a transposição para
fêmeas. Em outros casos, não funcionará adequadamente.
Suponha que, num determinado dia, sem qualquer razão
aparente, você se levanta da cama mal-disposta, seja física ou
emocionalmente. Certamente, essa falta de autoestima, poderá
fazer você se sentir a pessoa mais inútil, insegura e opaca do
mundo, perdendo, aos seus olhos, todo aquele seu “sex appeal”
inato. Nesses momentos aflitivos, seu espelho mágico será
extremamente proficiente, restabelecendo-lhe a simpatia, o bom-
humor, beleza e sensualidade, atributos que não escapam aos olhos
de nenhum ser vivo, seja ele o mesmo ou do outro sexo oposto ao
seu.
Procedimento inicial
Para essa magia você deve estar em sua casa, ou num local
em que possa tomar um bom banho, massageando com calma todo
o seu corpo, com um sabonete cremoso, com os olhos fechados,
sentindo cada sinuosidade de seu corpo. (Tome as precauções
adequadas para não desperdiçar água).
Feito isso, seque-se, sem friccionar duramente a pele, e vista
uma camisola, ou outro tipo de roupa leve e fina. Para evitar
incidentes, calce chinelos confortáveis.

Materiais
Espelho mágico
Pincel de maquiagem
Pedaço de isopor, limpo, com as dimensões aproximadas do
seu rosto
Borra de café úmida, suficiente para cobrir o seu rosto
Pincel comum de pintura, com ½ polegada de largura nas
cerdas
Copo comum, com água limpa filtrada ou mineral
Toalha de rosto felpuda, ou papel toalha, suficiente para a
limpeza do rosto
Mesa
Cadeira

Procedimento do ritual
Leve os materiais para junto da mesa.
Fixe o espelho de maneira a poder visualizar seu rosto por
inteiro, enquanto sentada.
Retire o capuz do espelho mágico.
Mirando-se no espelho, usando o pincel de pintura, com
cuidado para não afetar os olhos, passe a borra de café no entorno
de sua face, cobrindo-a toda, observando cada detalhe dessa
transformação.
Espere algum tempo, até a borra aderir à face e secar-se.
Admire por cerca de quinze segundo, toda a feiura obtida
nesse processo.
Molhe agora o pincel de maquiagem na água, e,
compassadamente, passe-o no rosto e limpe-o no isopor;
sistematicamente, até transferir o máximo da sujeira da sua face
para o isopor.
Quando seu rosto estiver bem limpo - poderão restar alguns
vestígios da sujeira, sem prejuízo ao ritual -, melhore-lhe a limpeza
com o papel toalha.
Agora, enquanto despedaça, com as mãos, o pedaço de
isopor (quanto maior a quantidade de pedacinhos, melhor o
resultado), vá recitando o texto a seguir, com firmeza de voz e
determinação:
“Oh Deusa Afrodite, reconheço que não houve, não há nem
haverá mulher mais bela, atraente e sexi quanto você. Você Deusa,
cuja beleza estonteante seduz todo mundo e algumas mulheres,
produza a transformação necessária em mim, para que eu resgate
imediatamente toda minha autoestima, autoconfiança e magnetismo
pessoal.
Que esta magia renove minha beleza, minha força para
receber galanteios e elogios de todos que me virem. Não permita
que eu novamente me sinta desprezada, desprovida de atração e
beleza.
Sei que assim que se fará, oh Deusa.”
Mire-se novamente no espelho, por mais alguns segundos.
Levante-se e lave o seu rosto com sabonete cremoso, ou
tome um novo banho.

Todos os materiais podem ser reaproveitados, após lavagem.


Os que não puderem ser, devem ser enterrados num jardim.
Lembre-se que, quando não estiver em uso, seu espelho
mágico deve ser guardado encapuzado.
Blindagem

Neste tópico, ensinaremos o leitor(a) a confeccionar uma


muralha protetora que irá proteger o executante das piores
adversidades e empecilhos da vida moderna. Nesta caixa serão
depositados seus pedidos, solicitações, desejos, de maneira que
eles sejam realizados, impedindo reveses decorrentes do dia a dia.
Por exemplo:
● Não sofrer acidentes;
● Não ficar desempregado(a);
● Não-falência de empresa própria;
● Não ser acometido(a) de doença grave;
● Não sofrer acidentes graves;
● Não ocorrência de incidentes mortais com filhos;
● Afastar de seu convívio pessoas de má-índole;
● Não ser traído(a) pelo namorado, noivo, marido,
companheiro…
● Não sofrer por um amor impossível;
● Afugentar inveja, mau olhado, etc.

Evidentemente, como tudo na magia, esse ritual deve ser


executado com fé, determinação e foco.
Para a noite de início de uma noite de fase de Lua minguante,
antes das 22:00hs., providencie o material abaixo.

Caixa de papelão de sapatos ou sandálias, com tampa,


tamanho menor que 32.
Fita adesiva
Faquinha afiada
Cola de papel
Pedaço de barbante
Tesoura
06 folhas de papel sulfite, tamanho A4, branca
Espelho mágico
Caneta vermelha virgem esferográfica
Tiras de papel sulfite branco, na quantidade suficiente, para
escrever os seus desejos

Procedimento
Forre as partes internas dessa caixa com folhas de sulfite,
aparando as sobras com a tesoura, fazendo o mesmo na parte
interna da tampa.
Faça um corte na tampa da caixa, no sentido longitudinal -
com mais ou menos 7 cm de comprimento por 2 cm de largura -,
para que, após a caixa fechada, fique similar a um cofrinho.
Tire seu espelho do capuz, colocando-o dentro da caixa, com
a superfície reflexiva virada para fora.
Coloque a tampa na caixa, com o espelho dentro dela.
Isso feito, entoe a recitação abaixo:
“Meu espelho mágico!! em nome do poder que deténs, ao ser
consagrado, eu ordeno solenemente que convertas essa caixa de
papelão revestida de papel branco num recipiente refletor, que cada
face se comporte como um espelho, de maneira que todos os
pedidos que aí foram depositados jamais saiam, para contradizer o
que neles está escrito. Todos os males possíveis de me acontecer aí
ficarão aprisionados para todo o sempre.”
Vire então o espelho para baixo, com a face reflexiva em
contato com o fundo da caixa.
Repita a entoação anterior.
Coloque agora o espelho com a face reflexiva voltada para
uma das faces laterais dessa caixa, repetindo a entoação, usando
um pedaço de fita adesiva, para fixar o espelho.
Repita tudo isso até que a superfície refletora do espelho
mágico tenha “olhado” todas as faces internas (seis faces) do
“cofrinho”.
Executado esse processo em todas as faces, recoloque o
espelho com a parte reflexiva virada para fora e tampe a caixa.
Trave a caixa com o pedaço de barbante, levando-a em
seguida, para lugar seguro e longe dos olhos e toques de outras
pessoas.
Na última noite dessa mesma Lua minguante, abra a caixa,
retire o espelho, cubra-o com o capuz.
Lacre a caixa imediatamente com fita adesiva, fechando-a
por completo, transformando-a num cofre.
Com o máximo de concentração nos pedidos, falando em voz
alta, após escrevê-los nas tiras de papel, vá dobrando para colocá-
las no cofrinho, como se fossem moedas.
Completa essa tarefa, no máximo, até a noite seguinte,
enterrando o cofrinho no seu quintal, ou num jardim, ou numa praça
arborizada.

Anular energias negativas


Para esta magia, providencie a figura de um hexagrama;
cole-o com fita adesiva na face refletora do espelho.
Para aniquilar energias negativas, depois de um dia exaustivo
de trabalho ou de uma noite na balada, tome seu banho
normalmente, enxugue-se bem e passe, como se fosse uma
massagem, seu espelho mágico (com a parte refletora), sem o
capuz, por todo do corpo, até onde seus braços alcançarem.
Simultaneamente a essa suave esfregação, entoe, ao menos
por sete vezes, espaçadas no tempo total, o texto que se segue:
“Meu espelho mágico! afugenta para bem longe daqui, com
esta massagem em meu corpo, toda e qualquer energia negativa
que porventura esteja querendo se aderir ou se apossar de mim. Eis
que andei por lugares estranhos e convivi com pessoas que podem
desejar meu mal, mesmo inconscientemente.”
Descarte o hexagrama e o pedaço de fita adesiva,
enterrando-os num jardim.
Torne-o ao capuz e guarde-o, como recomendado.
Se possível, não vá a lugares promíscuos, enquanto não
transcorrer mais de uma hora dessa massagem.

Absorver para si energias positivas


Para esta magia, providencie a figura de um hexagrama;
cole-o com fita adesiva na traseira do espelho.
Para absorver energias positivas, tome seu banho
normalmente, enxugue-se bem e passe, como se fosse uma
massagem, seu espelho mágico (com a parte não-refletora), sem o
capuz, por todo do corpo, até onde seus braços alcançarem.
Simultaneamente a essa suave esfregação, entoe, ao menos
por sete vezes, espaçadas no tempo total, o texto que se segue:
“Meu espelho mágico! atrai-a para mim, com esta massagem
em meu corpo, toda a energia positiva de que necessito para ser
feliz, saudável e bem-querida(o) por todos a minha volta. Eis que
andei por lugares estranhos e convivi com pessoas que podem
desejar maledicências para mim, mesmo inconscientemente.”
Retire o hexagrama, enterrando-o, com o pedaço de fita, num
jardim.
Torne o espelho ao capuz e guarde-o, como recomendado.
Se possível, não vá a lugares promíscuos, enquanto não
transcorrer mais de uma hora dessa massagem.

Captar fartura e prosperidade


Seu espelho mágico pode ser utilizado como um magnífico
absorvente de fartura e prosperidade para o seu lar e a sua família.
Numa noite de Lua crescente, preferencialmente antes do
terceiro dia de uma dessas fases, até as 22:00hs, disponibilize os
seguintes materiais:
Espelho mágico
Um desenho de hexagrama
Um filme plástico protetor, ou algo semelhante, para cobrir a
cumbuca com alimentos
Copo comum com água pura, ou mineral
Cumbuca com capacidade volumétrica de aproximadamente
200 ml
Colher de sopa
02 velas brancas comuns
02 pires de xícara de chá
Mesinha
Toalha branca, para cobrir a mesinha
Procedimento
Prepare um farto almoço ou jantar para a sua família, ou sua
empregada;
Num canto isolado e discreto de seu lar, coloque a toalha
branca sobre a mesinha;
Coloque o espelho, sem capuz, ao centro;
Coloque uma vela acesa do lado direito e outra do lado
esquerdo, fixas ao respectivo pires;
No canto da mesa, mais próximo da parede, coloque a
imagem, desenho do hexagrama;
Com ajuda da colher de sopa, coloque na cumbuca uma
porção de cada tipo de alimento que será servido nessa refeição;
Cubra a cumbuca com o filme plástico, para evitar os insetos;
Coloque essa cumbuca no lado oposto ao do hexagrama;
Lave bem, com detergente e água corrente essa colher;
Posta a mesa, para se servirem, faça uma oração,
agradecendo a tudo o que foi concedido nessa refeição como
alimento;
*Não sendo uma pessoa religiosa, faça a “Oração ao
Universo”, transcrita mais abaixo.
Sirvam-se dessa maravilhosa refeição, sendo que você, a(o)
executante desse ritual, deverá se alimentar utilizando aquela colher
de sopa;
Finda a refeição, vá até o espelho mágico, e entoe a seguinte
prece:
“Meu Espelho mágico!! que nunca falta a mim e minha família
a fartura, abundância e prosperidade de que desfrutamos hoje. eu
sei que mereço e meus familiares também, por isso estou certo(a)
de que isso me será atendido, para todo o sempre.”
Espere que as velas ardam por completo;
Retire seu espelho e recoloque-o no capuz, guardando-o com
o zelo de sempre;
Descarte as raspas de vela, o filme plástico e o desenho do
hexagrama, reaproveitando o restante, depois de bem lavados.

ORAÇÃO AO UNIVERSO
Oh Magnânimo Universo!
Aqui estou eu perante ti, para agradecer-te por tudo o que
recebi, recebo e continuarei sempre recebendo.
Reconheço-me como insignificante ser frente a tua
grandiosidade.
Agradeço ao Sol que ilumina e aquece o Planeta onde vivo;
permite vida às plantas e aos animais.
Agradeço ao Ar que respiro, que possibilita a geração da
energia para que eu viva.
Agradeço à Água, elemento crucial na composição de todos
os seres viventes.
Agradeço à Terra, que dá vida às plantas as quais matam a
fome dos animais.
Agradeço aos rios, aos mares, aos ventos, à chuva, às
nuvens, a tudo o mais que sinto, ou ouço, ou posso ver.
Agradeço às plantas, aos animais, a todos os seres vivos e
elementos químicos que se sacrificam para que eu possa continuar
vivo e sendo o que sou: um ser belo, atraente, saudável, inteligente,
feliz, abundante em tudo o que necessito para o meu bem-estar.
Eu dependo de todos vós e vos quero ao meu lado, para que
tudo o que eu preciso me venha de maneira fácil, tranquila e em
abundância.
Obrigado. Obrigado. Obrigado. Obrigado. Obrigado.
Obrigado.

Afugentar visitas indesejáveis


Você costuma receber em sua residência pessoas
inconvenientes que, por uma questão de educação, as atura a falar
de assuntos desagradáveis: de mortes, doenças, mal do marido,
mal dos filhos, defeitos alheios, fofocas…
Livre-se delas com o poder do espelho mágico, procedendo
como se segue.
Tire seu espelho mágico do capuz e, com auxílio de fixadores
seguros, pendure-os na porta por onde costumam entrar essas
“visitas”, com a superfície refletora voltada para fora.
*Se morar em apartamento, pendure-o numa posição da
parede de maneira a poder ser visto pela visita; porém nunca
denunciando a ela o objetivo do espelho.
Entoe o texto seguinte, olhando na direção da porta aberta:
“Espelho meu!, consagrado que foste para atender aos meus
desejos e pedidos, afasta de meu convívio e de meus familiares
(dizer o nome da pessoa). Que ela procure outro lugar para se
aninhar e destilar o veneno de suas frustrações e amarguras. Assim
seja.”
Espere ao menos sete minutos para retirá-lo desse lugar,
recolocá-lo no capuz e guardá-lo.
Refaça isso ao menos mais três, se a pessoa vier visitá-la(o).
Repita esse ritual para cada pessoa inconveniente que
desejar repelir de seu lar.

Outras magias

Para o amor

Tudo corria às mil maravilhas: vocês eram felizes,


confidentes, apaixonados, o casal perfeito, admirado por todos.
Mas… Repentinamente, por um motivo fútil, ou má interpretação de
uma palavra, inicia-se uma discussão tão acalorada que
sentimentos represados são violentamente liberados, provocando
uma convulsão de palavras desmedidas recíprocas culminando com
o rompimento da relação que você julgava ser eterna.
Após uma noite de choro, na manhã seguinte, refletindo
sobre essa ocorrência, você acredita que essa nuvem
cumulonimbus se dissipará e ele(ela) logo lhe telefonará, para se
explicarem mutuamente e consertarem os males-entendidos.
Porém, as horas passam, você fica à espreita do telefone e nada…
Passam-se dois, três, quatro dias e nada daquela ligação
acontecer.
Não entre em desespero, arregace as mãos e providencie a
execução da seguinte magia. Ela abrandará o espírito da outra
pessoa e levantará sua autoestima a tal ponto que não mais
importará quem tomou a iniciativa de dialogar.
A qualquer hora do dia, ou da noite, providencie os materiais.
Espelho mágico
Copo comum com água filtrada ou mineral sem gás
Desenho de hexagrama
02 velas brancas
Mesinha
Toalha branca
Pires para fixar a vela acesa

Procedimento
1 - Magia para si mesma(o)
Tome seu banho normal de asseio, arrumando-se o melhor
que puder, como se fosse a uma festa muito importante;
Veja sua imagem refletida no espelho, sem capuz, lógico! e
entoe a recitação por três vezes consecutivas, com intervalo
máximo entre elas de trinta segundos, mentalizando a figura da
pessoa, feliz ao seu lado.
“Meu espelho mágico! Minha vida está precisando de
fulano(a) - dizer o nome completo da pessoa -, para voltar à plena
felicidade. Sinto também que ele(a) me ama e sofre com a minha
ausência. Amenize-lhe a raiva e o orgulho, para que juntos
possamos esclarecer os fatos, aparar discrepâncias e nos perdoar.
Leva até ele(a) a minha mensagem telepática de amor infinito.”
Faça movimentos no ar, para desenhar um coração;
Na mesa, com o espelho ao centro dela, coloque a figura do
hexagrama à frente, no lado direito uma vela e no esquerdo
também;
Próximo a você, na mesa, coloque o copo com água;
Repita uma vez a entoação, olhando para o hexagrama;
Espere a vela arder; descarte o hexagrama, as raspas e a
água num jardim;
Guarde seu espelho encapuzado.

2 - Magia para terceiros


Esta magia também pode ser utilizada para favorecer
terceiros, bastando para tal as seguintes adaptações:
Peça à pessoa que tome um banho refrescante e se arrume
como se fosse a sua festa mais importante da vida dela;
Diga para a pessoa firmar pensamento, com a imagem
refletida no espelho, de momentos de felicidade junto à pessoa que
quer de volta, enquanto você, posicionado(a) atrás dela, com uma
mão em cada ombro dela, entoe, por três vezes consecutivas, o
mantra abaixo, com muita concentração:
“Meu espelho mágico! A vida de fulana(o) está precisando da
presença de fulano(a) - dizer os nomes completos das pessoas
envolvidas na magia -, para voltar à plena felicidade. Ambos sofrem
com a ausência um do outro. Amenize-lhes a raiva e o orgulho, para
que juntos possam esclarecer os fatos, aparar discrepâncias e se
perdoar mutuamente. Leva até a outra pessoa esta mensagem
telepática de amor infinito.”
Faça movimentos no ar, para desenhar um coração;
Na mesa, com o espelho ao centro dela, coloque a figura do
hexagrama à frente, no lado direito uma vela e no esquerdo
também;
Próximo a você, na mesa, coloque o copo com água;
Repita uma vez a entoação, olhando para o hexagrama;
Espere a vela arder; descarte o hexagrama e as raspas e a
água num jardim;
Guarde seu espelho encapuzado.

Para ser feliz


Com toda essa tribulação a nos imposta pela vida moderna, na
qual a competição contumaz e a cobrança por objetivos utópicos
nos força a ser multitarefa e suga nossas energias emocionais,
dividindo nossa atenção entre trabalho, família e vida social, nem
sempre se consegue o desprendimento necessário para se sentir
bem consigo mesmo(a). Quando isso estiver na iminência de
acontecer com você, reabasteça-se com uma dose suplementar de
energias positivas e de felicidade executando esta magia.
Em qualquer fase da Lua, exceto a minguante, após um banho
de asseio e disponibilizar o material a seguir, fique nu(a).
Espelho mágico
07 colheres de sopa de pétalas de rosas vermelhas
01 colher de sopa
01 copo com água mineral ou filtrada
01 pitada de sal grosso
01 socador, para macerar as pétalas
01 copo estreito para macerar as pétalas
Mesinha
01 pingente hexagrama
01 vela branca
01 pires, para fixar a vela acesa

Procedimento
Macere em as pétalas, para liberar a essência,
acrescentando, aos poucos, algumas gotas de água;
Passe essa essência diluída em água para o outro copo;
Acrescente a pitada de sal e mexa bem, com a colher;
Ainda nu(a) coloque as velas acesas no centro da mesinha;
Coloque o pingente no seu pescoço.
Diga em voz firme e decidida, três vezes:
“Que o poder supremo do hexagrama combinado com o do
espelho mágico, me impeçam de ser abatida(o) pelas adversidades
da vida, para eu permanecer feliz, em toda e qualquer circunstância
da minha vida, sempre forte enfrentando todo e qualquer revés.”
Olhe-se no espelho de maneira a ver refletida a imagem do
pingente.
Repita uma vez a entoação anterior;
Coloque o espelho na mesinha e vá para o banheiro, levando o
copo de água com essência;
Jogue-o do pescoço para baixo, de olhos cerrados,
vislumbrando cenas de felicidade;
Descarte as pétalas num jardim.
Porte o pingente sempre que se sentir esgotado(a) ou
aborrecido(a), ou, preferencialmente, porte-o sempre.
O restante dos materiais deve ser reaproveitado; o espelho,
encapuzado e guardado.

Para ser saudável


Embora seja um chavão desgastado pelo tempo, não se pode
fugir à realidade de que a saúde é o nosso maior patrimônio, pois é
ela que nos possibilita viver dignamente e progredir profissional,
social e financeiramente. Não espere, portanto, que ela se deteriore,
para tomar um mínimo de precaução, principalmente se você é uma
pessoa que se dá ao luxo de certos prazeres recriminados pelo
decálogo da boa saúde.
Seu espelho mágico pode ajudar você ou as pessoas que
estima, basta executar a seguinte magia.
Numa das fases de Lua crescente, antes das 22:00hs. e do
quarto dia dessa fase, providencie o seguinte material, após ter-se
banhado como de costume.
Mesinha
Toalha branca
02 velas amarelas comum
02 velas azuis comum
04 pires, para fixar as velas acesas
Espelho mágico
Um copo com água mineral, da melhor qualidade possível

Procedimento
Arrume a mesinha fazendo uma cruz com as velas acesas,
posicionadas da maneira mais centralizada possível;
Ao centro da cruz, coloque o copo com água;
Retire o espelho do capuz e saia para fora de casa;
Empunhe seu espelho mirando-o para a Lua, refletindo a
imagem da Lua, por no mínimo setenta e sete segundos;
Recubra, o mais rápido que puder, o espelho com o capuz,
retornando para junto da mesinha;
Retire o capuz do espelho e, com a parte refletora para baixo,
use-o como tampa do copo com água;
Entoe a recitação que se segue, com muita fé e determinação
na voz, por sete vezes consecutivas:
“Espelho, meu poderoso espelho mágico! Vós captaste toda
a beleza e energia da Lua, para ser utilizada em favor de minha
saúde (ou da saúde fulano(a)), se for para terceiros), transfere pois
todo esse vigor para esta água, fazendo-a um poderoso tônico da
boa saúde, para que eu (ou fulano(a)) goze a plenitude desta vida,
até o final de meus dias. Assim deve ser, assim o será.”
Agora, pausadamente, beba, em goles, entre sete e nove, a
água desse copo, imaginado as transformações benéficas que
serão causadas em suas células;
Recubra seu espelho com o capuz e guarde-o, como já
recomendado anteriormente por várias vezes;
Espere que as velas ardam por completo, enterrando suas
raspas num jardim; o restante do material deve ser reaproveitado.
Evite sair nessa noite.
Repita esse ritual por mais seis vezes, nas fases seguintes
de Lua crescente.
Sendo essa magia executada em favor de terceiros, deve ser
na residência da pessoa.

Para conservar a juventude


“Forever young I want to be, forever…”
Essa música, que fez muito sucesso nos anos 80, expressa
muito bem o desejo recorrente de todo ser normal. Como não se
pode, porém, ser eterno, ao menos pode-se almejar uma vida longa,
com saúde e felicidade.
Mas, afinal, por que envelhecemos?
Todos envelhecemos por várias razões, mas principalmente
porque:
● as células nascem programadas para morrer;
● acúmulo de radicais livres;
● desaceleração da multiplicação celular;
● anomalias na multiplicação celular, quando crônicas
podem provocar o câncer;
● herança genética;
● suprimento insuficiente dos elementos celulares
● exposição à radiação;
● tabaco;
● abuso dos etílicos;
● abuso de açúcar;
● abuso de alimentos gordurosos;
● abuso de alimentos "embutidos";
● depressão;
● estresse;
● síndrome de pânico; estresse;
● mutações do DNA;
● doenças infecto-contagiosas;
● diabetes;
● hipertensão;
● alto LDL (colesterol ruim);
● baixo HDL (colesterol bom);
● obesidade e outras causas variadas e outras
desconhecidas.

Este ritual coadjuvante a esse elixir ajudará na consecução


dessa dádiva (ser longevo), podendo ser executado tanto para você
quanto para terceiros.

Posologia: ingerir 200 ml pela manhã, antes do desjejum.


Ingredientes
02 castanhas-do-pará picadas
02 claras de ovo batidas
12 sementes de amendoim, não-torrado
01 ramo de cheiro-verde picado
02 maçãs picadinhas
01 dente de alho picado
1/4 de pimenta malagueta picadinha
1 litro de água potável
1 jarra com 2 litros
1 liquidificador
Preparado
Coloque 1/2 litro de água no liquidificador,
Em baixa rotação, vá adicionando os ingredientes, um a um,
sem pressa;
Vá acrescentando o restante da água, até o preparado ficar
menos pastoso;
Com o liquidificador fechado, deixe descansar por 20 minutos;
Bata novamente, em baixa rotação o preparado;
Passe-o para o recipiente, que deve ser conservado na
geladeira.

Nota: como é uma solução composta por sólidos, agite bem,


antes de beber.

Materiais
Mesinha
Toalha amarela
2 velas brancas, com pires para fixação
Espelho mágico

Procedimento
Após ingerido essa solução, prepare a mesinha com a toalha;
Acenda as duas velas, fixas respectivamente aos pires;
Recite a “Oração ao Universo”, transcrita em tópico anterior;
Tome em mãos o seu espelho mágico;
Retire-lhe o capuz e, fixando seu olhar, no reflexo do mesmo,
entoe a recitação com voz firme, decidida e com fé.
“Meu espelho mágico, empoderado para atender as minhas
necessidades e aos meus desejos. Transforme esse preparado que
acabei de ingerir num poderoso elixir da juventude, para que eu
permaneça por longos anos saudável, bonita(o) e jovial. Assim
será.”
Guarde o espelho no capuz;
Espere as velas arderem por completo e enterre-as num
jardim.
Não ingira bebidas alcoólicas durante o período desse ritual.

Para um novo emprego


Todo ser humano normal está convicto de que a evolução
pessoal, inclusa a profissional, faz parte de uma vida de realizações
de sucesso. Um novo emprego, numa determinada fase de nossa
vida, se torna necessário, seja por ter sido demitido(a), seja para ter
um salário mensal maior, seja por não se sintonizar com a chefia,
seja para concretizar um sonho de carreira, seja para trabalhar
naquilo em que se formou, esse acontecimento pode trazer novas
ricas experiências, novas interconexões profissionais, alegrias e
projeção social. Se você sentir que está no momento de arrumar um
novo emprego, não importando os motivos para tal, antes de partir
para o processo seletivo, não abra mão de executar este poderoso
ritual, ou então, contratá-lo junto a um mago, feiticeira, etc.
Nas dez noites antecedente a uma entrevista, ou a um
processo seletivo, ou a um concurso público, prepare os seguintes
materiais, antes das 22:00hs, de acordo com o caso em questão:
Materiais
Espelho mágico
Mesinha
Toalha branca
01 vela branca de sete dias
01 prato para fixar a vela
01 folha de sulfite branca A4
01 caneta azul virgem

Procedimento
Com a caneta azul escreva o nome completo da pessoa
candidata à vaga de emprego;
Mais abaixo, com essa caneta, escreva o tipo de vaga
(cargo);
Mais abaixo ainda, escreva o nome da empresa;
Leve essa folha preenchida, aberta, para a mesinha,
colocando sobre ela o espelho mágico, com a parte refletora em
contato com a folha;
Ao lado direito do papel, acenda e fixe a vela no prato;
Com o olhar fixo à flama da vela, recite como abaixo, com
voz firme e decidida, por três vezes consecutivas:
“Espelho mágico!! Eu te ordeno que abras os caminhos, para
fulano(a) (dizer o nome completo da pessoa agraciada com a
magia), conseguir o emprego (ou cargo) de que almeja. Encha
fulano(a) de autoconfiança, clareza de ideias e credibilidade, para
essa empreitada ser um retumbante sucesso. Assim sei que o
farás.”
Deixe que tudo isso permaneça como está, até o queimar
completo da vela.
Dobre a folha em quatro partes e enterre-a com as raspas de
vela num jardim.
Reutilize o restante dos materiais.
Guarde o espelho como já recomendado.
Encha-se de autoconfiança e fé vá à entrevista, ou exame…

Para ser promovido no emprego


Você sonha com aquela promoção há muito tempo; todavia,
quando você pensa que chegou a sua vez, você é preterido e outro
profissional - muitas vezes menos gabaritado que você - ocupa o
cargo, a promoção, que você tem absoluta certeza de merecer e
estar plenamente capacitado. Não importam os motivos pelos quais
você foi refutado, mas isso deixa uma sensação de fracasso e
incompetência que você não tem. Para conseguir com mais
facilidade promoções em seu emprego, utilize-se, ou a favor de
terceiros, desta excelente magia.
Materiais
Espelho mágico
Mesinha
Toalha branca
01 vela branca comum
01 pires para fixar a vela
01 folha de sulfite branca A4
01 caneta azul virgem
01 ramo de arruda
01 pedaço de fita verde

Procedimento
Com a caneta azul, escreva o nome da pessoa que quer ser
agraciada com esta magia:
Logo abaixo, escreva o cargo pretendido, exatamente como
constará na Carteira Profissional, ou no Estatuto da empresa, ou na
Ata da Assembleia;
Mais abaixo, escreva o nome do superior imediato da pessoa
que vai ser agraciada com a magia, ou dos acionistas majoritários,
sendo uma entidade do tipo Sociedade Anônima (SA);
Mais abaixo, escreva o nome da empresa;
Com a arruda no meio desse papel, enrole-os, fazendo um
canudo;
Leve esse canudo para o centro da mesinha;
Acenda a vela fixando-a ao pires;
Coloque o espelho, com a parte refletor, em cima do canudo;
Com o olhar fixo à vela que queima, recite o mantra, por sete
vezes, sendo um cargo de presidência ou vice-presidência; caso
contrário, somente três vezes:
“Espelho mágico, que encantado estás e tudo é possível!! Eu
te ordeno que abras os caminhos, para fulano(a) (dizer o nome
completo da pessoa agraciada com a magia), conseguir a promoção
que tanto anseia. Encha fulano(a) de autoconfiança, clareza de
ideias, magnetismo pessoal e credibilidade, para ter sucesso
absoluto nesse intento. Assim sei que o farás.”
Deixe que tudo isso permaneça como está, até o queimar
completo da vela.
Enterre o canudo e as raspas de vela num jardim.
Reutilize o restante dos materiais.
Guarde o espelho como já recomendado.
Encha-se de autoconfiança e fé vá a esse compromisso.
Para ter dinheiro (sobrar sempre)
Quem já passou por apuros financeiros sabe o quanto é
humilhante e desagradável essa situação. As pessoas lhe
voltam as costas, você fica receoso de não ter dinheiro
suficiente, para pagar as contas, chega a passar necessidade
do básico… E, quando se têm filhos então?!! Em certos
momentos dá vontade de cometer uma loucura!
Para evitar que sua vida seja assombrada por essa situação
desesperadora, desenvolvemos uma magia capaz de garantir
que você sempre tenha dinheiro de sobra, para honrar seus
compromissos e poupar um percentual confortável dele,
garantindo o seu futuro.
Siga corretamente as recomendações a seguir:
Numa noite de Lua crescente, antes do quarto dia dessa
fase, providencie os materiais elencados:
Espelho mágico
07 moedas de mesmo valor, o maior valor em circulação
01 prato raso branco ou transparente
01 vela branca
03 colheres de sopa de sal refinado
01 copo de arroz
01 litro de água filtrada ou mineral
01 panela, para cozer o arroz
01 coador
Mesinha
Toalha branca
Túnica branca
01 caneca com mais de um litro de capacidade volumétrica

Procedimento
1 - Armando o altar do ritual

Sobre mesinha, coloque a toalha;


Ao centro, com a vela acesa, coloque o prato;
Com cuidado para não se queimar, circunde a vela com as
moedas;
Pulverize o sal sobre as moedas;
Posicione o espelho, sem capuz, de forma que a chama da
vela se reflita nele, guardando distância entre ele e a vela de no
máximo sete centímetros;
Compenetradamente e com fé, faça a recitação mágica, por
três vezes consecutivas:
“Espelho mágico por mim consagrado!! Ordeno-te que
intercedas em favor de fulano(a), com todo o poder em ti
acumulado, para que fulano(a) jamais venha a ter problemas com
falta de recursos financeiros para prover seu sustento e de seus
familiares sobejamente. Assim o será para todo o sempre!”

2 - A purificação
Utilizando-se da panela, coza esse arroz, até a água ficar bem
leitosa;
Coe o preparado, passando-o, com ajuda do coador, para a
caneca;
Espere esfriar até uma temperatura agradável ao toque da sua
mão;
Você, ou o favorecido(a) pela magia, consulente, deve se
despir no banheiro, tomar banho de asseio e, sem se enxugar, jogar
essa água de arroz do pescoço para baixo, mentalizando muito
dinheiro entrando na sua conta bancária, seu bolso, multiplicando
seu investimento, etc;
Vista a túnica branca e agradeça pela dádiva que será
alcançada com esse ritual.
Espere que a vela arda por completo;
Nesse dia, ou noite, o agraciado com a magia deve se abster
de frequentar locais pecaminosos.

3 - Descarte
Descarte o consumível, enterrando-o num jardim; o restante
reaproveite.
Guarde seu espelho com zelo, como já recomendado.

Para ter sucesso nos negócios e na carreira


Toda pessoa esclarecida, de bom-senso e determinada a
atingir os seus objetivos na vida pessoal, comercial ou profissional
tem absoluta noção de que o sucesso nos negócios e na carreira
profissional está cada dia mais difícil de ser atingido. A
concorrência é atroz, as pessoas envolvidas nem sempre são
éticas, os quesitos exigidos chegam a ser desumanos. O pior,
algumas pessoas por mais que se dediquem, se mantenham bem-
informados, se reciclem e se reinventem não conseguem evoluir na
situação comercial ou profissional. Há vários casos por aí de
pessoas com formação em faculdades de primeira linha, cursos de
pós-graduação, poliglotas e não alcançam o cargo justo, enquanto
outras com menos qualificações estão no ápice da carreira. Há
também comerciantes que estagnam como donos de reles botecos,
até falir; enquanto outros, sem explicação racional, começam com
um boteco, ou vendinha, e pressa chegam a um supermercado, ou
rede de supermercados.
Para quaisquer desses casos, não importando qual seja o
seu, ou do seu consulente, vamos apresentar uma magia, para
facilitar em muitíssimo a conquista dessa proeza.
É importante que: se for para progredir nos negócios, faça
esta magia, na quarta-feira de qualquer mês, em fase de Lua
crescente, exceto dias Santos e quarta-feira de cinzas; para
progredir na carreira profissional, faça esta magia numa quinta-feira
de qualquer mês, em fase de Lua crescente, desde que não seja dia
santo. Sempre antes das 22:00hs.
Materiais
Espelho mágico
Mesinha
Toalha branca
01 vela branca, simbolizando o fogo
01 pires para fixar a vela acesa
01 copo de água comum, água filtrada ou mineral,
simbolizando a água
01 copo comum “vazio”, com um guardanapo branco a tapar-
lhe a boca, simbolizando o ar
01 copo comum com terra de boa qualidade
01 copo comum com sete moedas de igual valor, o maior
valor corrente, simbolizando o sucesso financeiro
01 bússola, se necessário
01 saco de lixo preto, 20 litros
Pedaços de fita adesiva

*Os copos não devem ser de metal, nem de cor escura.

Procedimento
No dia da semana retromencionado, conforme anteriormente
explicado, coloque a toalha na mesinha;
Ao centro coloque o copo com moedas;
Com a parte refletora para cima, coloque o seu espelho
mágico, tampando o copo com moedas;
Forme um quadrado imaginário, tomando ao menos metade
da área da mesinha, assim:
Na direção Norte, coloque o copo com terra;
Na direção Leste, coloque o copo com ar;
Na direção Sul, coloque a vela acesa;
Na direção Oeste, coloque o copo com água;
Com seu olhar fixo no espelho, recite a “Oração ao
Universo”;
Após isso, olhando para a vela, peça ao fogo que dê a você,
ou ao seu consulente, pronunciando o nome completo, toda energia
e disposição necessária para insistir no objetivo;
Agora, olhando para o copo com ar, peça-lhe, da mesma
maneira (a você, ou ao seu consulente), toda a clareza na voz e
palavras contundentes, para prover-lhe o dom da veracidade,
comunicação inteligível, nítida e precisa, no momento de uma
negociação, entrevista, reunião com clientes, fornecedores, etc;
Então, olhando para o copo com água, peça-lhe, da mesma
maneira (a você, ou ao seu consulente), toda criatividade para
superar obstáculos e contratempos que possam surgir;
Desta feita, olhando para o copo com terra, peça-lhe, de
maneira similar (a você, ou ao seu consulente), toda ajuda para
obter sucesso financeiro e estabilidade nos negócios ou emprego;
Espere a vela arder por completo;
Retire seu espelho, coloque-lhe o capuz e guarde-o com zelo;
Retire o copo com moedas da mesa, enrole-o de maneira
apropriada no saco de lixo, sele-o com fita adesiva e guarde-o em
local secreto, longe do olhar e toque de terceiros;
Raspas de vela, água, terra devem ser enterrados num
jardim; reutilize o restante dos materiais, após lavá-los bem com
detergente neutro e água corrente.
Evocação do Daemon Valam
Balam, segundo o livro Lemegeton, é um dos 72 (setenta e
dois) espíritos de Goetia, 51o., com qualidade para comandar 40
legiões de espíritos. Mesmo não sendo o foco desta obra
aprofundar-se nesse assunto (Goetia), esse daemon pode ser
utilizado para prover ao seu espelho o poder de adivinhação do
futuro, bastando, para tanto, evocar-lhe a presença e ordenar-lhe
essa qualidade. Para o sucesso dessa evocação, é necessário
seguir algumas recomendações, para não correr nenhum risco.
Aspecto físico mais comum de Valam
Em princípio uma entidade espiritual pode assumir várias
formas; todavia, segundo relatos de quem já o evocou, ela costuma
se apresentar como um ser híbrido: três cabeças (sendo uma de
búfalo, uma humana e outra de bode); cauda de serpente e olhos
fulgurantes. Nos primórdios, costumava se locomover no dorso de
um bravio urso, tendo num dos punhos um falcão. Sua voz é
rouquenha e grave.

Ilustração do aspecto
Ilustração do selo

Evocação
Para o ritual de evocação, deve-se antecipadamente
providenciar os seguintes materiais. Se não se sentir à vontade para
confeccioná-los, compre-os em qualquer loja especializada em
Goetia.
● baqueta ou cajado
● círculo mágico
● triângulo
● hexagrama de Salomão
● pentagrama de Salomão
● disco de Salomão
● selo do daemon
● fogareiro pequeno para queimar madeira doce
● capa branca - sua vestimenta para a evocação
Ilustração de um templo típico para evocações
Detalhe do Círculo protetor ou mágico

Procedimento

Atenção: uma forte motivação e um grande


envolvimento emocional são de grande ajuda neste momento,
por isso concentre-se e municie-se de fortíssima determinação
e poder de convencimento.
Iniciam-se então os preparativos para a evocação, com
certeza absoluta de que não haverá interrupção do ritual de
qualquer espécie. Se isso ocorrer, tudo deve ser reiniciado.
● Vista uma roupa preferencialmente toda branca, exceto se
o espírito lhe solicitar, mediante algum pedido seu já
concretizado, uma cor diversa desta;
● Com você e demais apetrechos protegidos pelo Círculo,
selo do espírito no triângulo, realize o Ritual menor do
Pentagrama;
● Faça as conjurações, iniciando pela Conjuração
Preliminar do não-nascido, envolvendo-se mental e
emocionalmente com o teto;
● As conjurações devem ser contínuas, até que você sinta a
presença do espírito, tendo sensação de formigamento,
uma nuvem de neblina a sua frente, alguma premonição,
queda de temperatura, suor frio, neblina, queda súbita de
temperatura, sensação de formigamento no corpo,
simples premonição, etc.;
● Ordene - se não sentir tremores -, que ele apareça para
você. Quanto mais nítida for a imagem dele, mais força
espiritual você demonstra possuir;
● Solicite, exigindo em tom moderado e claríssimo, que ele
atenda aos seus pedidos, mesmo que, para isso se
concretizar, você tenha de ameaçar destruir-lhe o selo;
● Por mais que ele tente protelar, exija que ele apresente
sinais rápidos de que de seu pedido (ordem), está sendo
aceito e atendido por ele;
● Imponha a ele restrições como a de não ferir nunca você,
nem seus familiares, nem amigos;
● Se ele exigir recompensa pelo trabalho, prometa, por
exemplo, honrá-lo com um selo de metal reluzente e
bonito;
● Às vezes, não se sabe exatamente o porquê, o espírito
pode lhe oferecer mais do que você realmente pediu,
tentando persuadir você a desejar outras coisas. Não caia
nessa tentação, para não fugir do foco; permaneça firme
no seu pedido, que é seu espelho dotado de poderes de
relatar a você o passado e o futuro. Negocie, mas sem
perder o controle da situação;
● Ultimada essa etapa, você deve “licenciar” o espírito
(Daemon) para que ele se vá. Repita essa “licença”, até
não mais sentir a presença do espírito;
● Para finalizar essa evocação, execute novamente o ritual
de banimento;
● Recolha todos os acessórios, descartando resíduos de
possíveis consumíveis, num jardim.
O selo de Valam, agora entronizado, deve ser guardado em
local seguro e intocável às mãos de outras pessoas.
Comportamento pós-evocação
Caso você tenha seguido à risca o recomendado, os efeitos
positivos de seu desejo, sua ordem, ou pedido, seu espelho deve
começar a mostrar seus poderes mágico dentro do prazo
combinado entre você e o Daemon. Para testar o espelho, vá lhe
perguntando acontecimentos que você conhece com reais,
concretos, já realizados. Note que, inicialmente, as imagens
poderão não ser inteligíveis, todavia a clareza deve melhorar em
questão de cinco a sete dias.
Durante o tempo entre a evocação do Daemon e a
concretização do pedido a ele, evite lugares promíscuos e nefastos,
como boates, bares, danceterias e jogatinas. Afaste-se de pessoas
de má índole.
Procure sempre usar seu espelho para causa nobres, nunca
caindo na tentação de explorá-lo para dinheiro fácil e aproveitar-se
de seu semelhante.
Caso não se sinta seguro(a) para realizar esta evocação, por
falta de conhecimento ou surgimento de muitas dúvidas, adquira o
livro “Lemegeton”, contatando-nos.
Se ao começar essa evocação sentir um pouco de dor de
cabeça, não se preocupe, pois essa sensação é passageira. Como
prevenção, tome algumas gotas de analgésico prescrito por um
médico, antes de iniciar.
Ritual de banimento (Ritual menor do pentagrama)

Você deve mentalizar o surgimento de uma luz branca,


quando estiver traçando os pentagramas, sendo que os nomes
mágicos devem ser pronunciados com intensidade.
Fazendo a cruz cabalística.
● Toque sua testa com o polegar, dizendo "ATEH" (A TI.).
● Toque então o peito, dizendo "Malkuth" (O REINO.)
● Toque o ombro direito, dizendo “ve-Geburah” (O PODER.)
● Tocando o ombro esquerdo, dizendo “ve-Gedulah” (E A
GLÓRIA.)
● Entrelaçando os dedos de ambas as mãos, diga "Le-
Olahm, Amen" (PARA TODO O SEMPRE AMÉM.)
Traçando o Pentagrama
● O pentagrama deve ser traçado pela sua arma (Bastão
para evocar, Punhal para banir);
● Visualize a luz branca ao fazer isso;
● Voltado para o Oriente (leste), trace o pentagrama,
vibrando: IEHO-VAU;
● Vire-se para o Sul, trace o pentagrama e vibre: ADONAI;
● Volte-se para Oeste, trace o pentagrama e vibre: EHEIEH;
● Gire para o Norte, trace o pentagrama e vibre: AGLA.
● Estenda os braços em forma de cruz, dizendo:
- Diante de mim, está Rafael
- Atrás de mim, está Gabriel
- A minha direita, está Michael
- A minha esquerda, está Uriel
- A toda a minha volta, ardem os pentagramas
- Na coluna brilhando a estrela de seis pontas.
● Refaça a Cruz Cabalística.

Entoação da Conjuração ao Não-Nascido

Eu invoco a ti, oh não-nascido.


Tu que criaste os Céus e a Terra.
Tu que criaste a Noite e o Dia.
Tu que criaste as Trevas e a Luz.
Tua arte Osorronophris: Cujo nenhum homem jamais viu.
Tua arte Jäbas
Tua arte Jäpos:
Tu que distingues o Justo do Injusto.
Tu que criaste a diferença entre Homem e Mulher.
Tu que produziste a semente e o fruto.
Tu que criaste os homens para amarem-se uns aos outros e
odiarem-se uns aos outros.
Eu sou Mosheh, teu profeta, a quem podes revelar os teus
mistérios, a Cerimônia de Israel
Tu que produziste o seco e o úmido no qual deu origem a
toda a vida existente.
Ouça-me, pois eis que sou o anjo de Paphro
Osorronophris: que é teu verdadeiro nome, tal qual
transmitido aos profetas de
Israel.
Ouça-me Ar: Thiao: Rheibet: Atheleberseth: A: Blatha: Abeu:
Ebeu: Phi:
Thitasoe: Ib: Thiao.
Ouça-me e faça os espíritos sujeitarem-se a mim até cada
Espírito no firmamento e no Éter, sob a terra e sobre a terra, nas
águas ou em terra seca, no reino do ar e no reino do fogo, para que
estejam obedientes e prontos ao meu comando.
Eu invoco a tí, Terrível e Invisível Deus: que está presente em
todo o lugar ocupado e todo espaço vazio.
Arogogorobrao: Sothou: Modorio: Phalarthao: Doo: Ape,
Não-Nascido, ouça-me!
Ouça-me: Roubriao: Mariodam: Balbnabaoth: Assalonai:
Aphniao: I: Thoteth:
Abrasar: Aeoou: Ischure, Poderoso Não-Nascido! Ouça-me!
Eu te invoco: -- Ma: Barraio: Joel: Kotha: Athoribalo: Abraoth:
Ouça-me! Aoth: Abaoth: Basum: Isak: Sabaoth: Iao:
Tu és o Senhor dos Deuses.
Tu és o Senhor do Universo
Tu és aquele que os ventos temem.
Tú és aquele que criou o Verbo, por sua vontade, o Senhor
de todas as coisas.
Tu és aquele que rege, que governa e que ajuda.
Ouça-me!
Ieou: Pur: Iou: Pur: Iaot: Iaeo: Ioou: Abrasar: Sabriam: Do:
Uu:
Adonaie: Ede: Edu: Angelos ton Theon: Aniaia Lai: Gaia: Ape:
Diathanna Thorun.
Eu sou Ele! O Espírito Não-nascido! Forte fogo immortal!
Eu sou a Verdade!!
Eu sou Ele de onde se origina todo o bem e todo o mal!
Eu sou Ele, relâmpago e trovão.
Eu sou Ele de quem brota a vida na terra:
Eu sou Ele de cuja a boca saem labaredas
Eu sou Ele! Sou a maior manifestação da Luz e das Trevas!
Eu sou Ele! A Graça do mundo!
Estou onde está o coração enlaçado com uma serpente
enroscada.
Que todos os espíritos sujeitem-se a mim até que cada
Espírito no firmamento e no Éter, sob a terra e sobre a terra, nas
águas ou em terra seca, no reino do ar e no reino do fogo estejam
obedientes prontos ao meu comando.
Iao: Sabao:
Estas são as Palavras!

*Será natural nas primeiras vezes em que se entoar essa


invocação uma certa dificuldade, na sonorização dos nomes.
Embora a dicção escorreita não seja primordial na eficiência
dos resultados, para facilitar, pode-se acessar vídeos
concernentes a isso no YOUTUBE.

Conjuração ou chamada do Espírito


Esta é a etapa na qual se incitará o Daemon a se
materializar, para ter-se uma audiência com ele. É importante
salientar que ele não está obrigado a atender ao seu chamado, por
isso, para garantir a aparição dele é necessário seguir
rigorosamente as recomendações. O mais importante é que, com
você dentro do círculo, mesmo que você faça algo errado, nada de
mal lhe acontecerá.
Procure entoar o que vem a seguir com seriedade e
compenetração. Substitua a letra “N” pelo nome do Daemon, que
neste caso é VALAM, pronunciando-o com força e firmeza na voz.

“Eu executei tudo conforme me foi o que foi decretado para


conjurá-lo, oh espírito de (N) e estou armado com MAJESTADE
SUPREMA, e eu vos comando em força, por BERALANENSIS, por
BALDACHIENSIS, por PAUMACHIA, e por APOLOGIAE SEDES;
pelos príncipes, pelos gênios, pelos linches e pelos poderosos
ministros da câmara do Tártaro; e pelo príncipe maior que se
assenta no trono da Apologia da nona legião, eu vos invoco, e
conjuro. E sendo armado com a potência da MAJESTADE
SUPREMA, eu vos comando em força, por Aquele que decreta e
está feito, e que está acima de todas as criaturas e de mim mesmo,
sendo eu feito à imagem e semelhança de DEUS, assumindo a
potência de Deus e sendo feito conforme a Sua Vontade, eu voz
exorcizo pelo nome mais poderoso de Deus, EL forte e
esplendoroso; Oh espírito (N). eu comando-o até mim no nome Dele
cuja palavra é FIAT e por todos os nomes de Deus: ADONAI* EL*
ELOHIM* ELOHI* EHYEH* INCINERATOR* EHYEH* ZABAOTH*
ELION* IAH* TETRAGRAMMATON* SHADDAY* SENHOR DEUS
ALTISSIMO, que (N). venha até mim, diante deste círculo e apareça
manifestando-se em forma humana, isento de deformidade ou
malícia. E pelo Nome Inefável, TETRAGRAMMATON IEHOVAH,
supremo senhor dos elementos, cuja pronúncia agita o Ar e
enfurece os Mares, extingue o Fogo e treme a terra e todos os
anfitriões celestiais, terrestres e infernais são afligidos e
confundidos. Portanto vinde, oh espírito (N), prontamente e sem
atraso, de qualquer parte da terra onde estejas ou onde se encontre
o vosso reino, e trazei respostas inteligíveis as minhas dúvidas.
Surja aos meus olhos com temperamento afável e visivelmente, já, e
sem atraso, conforme a minha vontade. Conjurado pelo nome do
DEUS VIVO e VERDADEIRO, HELIOREN, portanto cumpre todos
os meus comandos, e persiste neles, aparecendo visivelmente e
afavelmente falando com voz clara, livre e inteligível, sem nenhuma
ambiguidade.”
Recite isso várias vezes se for necessário (recomenda-se
três).
Quando o Espírito aparecer, dê-lhe as Boas-Vindas, se o
espírito não se manifestar, use a Segunda Conjuração.
Repetindo: eventualmente pode ser que ele não atenda ao
seu chamado. Como disse certa vez o nobre Francisco Cândido
Xavier: “O lado de lá só chama; e atende ao chamado, quando
quer.”

A segunda conjuração
“Eu conjuro invoco e comando, oh tu espírito de (N) a
manifestar-vos visivelmente e mostrar-vos a mim diante deste
círculo amavelmente sem nenhuma deformidade ou malícia; pelo
nome e no nome IAH e VAU, que Adam ouviu e falou; e pelo nome
do DEUS, AGLA, Lot ouviu e foi Salvo, ele e sua família; e pelo
nome IOTH, que Jacob ouvido do Anjo com o qual lutou, e foi
entregue em segurança na mão de Esaú seu irmão; e pelo nome
ANAPHAXETON que Aarão ouviu e foi feito sábio; e pelo nome
ZABAOTH, que Moisés proferiu e todo os rios foram mudados em
sangue; e pelo INCINERATOR chamado EHYEH ORISTON, que
Moisés nomeou, e todos os rios regurgitaram rãs, que entraram
pelas casas e destruíram tudo; e pelo nome ELION, que Moisés
nomeou, e se fez um saraiva tão grande como jamais havia sido
visto desde o começo do mundo; e pelo nome ADONAI, que Moisés
proferiu, e veio a nuvem de gafanhotos, que se espalharam pela
terra, e devoraram tudo de que a saraiva havia deixado; e pelo
SCHEMA conhecido AMATHIA que Ioshua proferiu, e o sol
permaneceu em seu curso; e por ALFA e por OMEGA, que Daniel
nomeou, e destruiu Bel, o pântano e o Dragão; pelo nome
EMMANUEL, que as três crianças, Shadrach, Meshach, e Abed-
nego cantaram no meio da fornalha impetuosa, e foram salvos; e
pelo nome HAGIOS; e pelo SELO de ADONI; e por ISCHYROS, por
ATHANATOS, por PARACLETOS; e por O THEOS, por ICTROS, por
ATHANATOS; e por estes nomes secretos, AGLA, SOBRE,
TETRAGRAMMATON, eu adjuro e confinovos oh espírito de (N).. E
por este nome, e por todos os outros nomes de DEUS VIVO e
VERDADEIRO, o SENHOR ONIPOTENTE, eu vos exorcizo e
comando, oh espírito (N) unicamente por ele que decreta e é feito, e
a quem todas as criaturas são obedientes; e pelos julgamentos
terríveis de DEUS; e pelo sombrio mar vidro, que está diante da
MAGESTADE DIVINA, Grandioso e poderoso; pelas quatro bestas
ante o trono, cheias de olhos; pela chama eterna do Seu Trono;
pelos santos anjos do paraíso; e pelo sabedoria do poderoso DEUS;
Eu voz exorcizo em poderio a fim de manifestá-lo ante este círculo
para cumprir minha vontade em todas as coisas que te forem
solicitadas; pelo selo de BASDATHEA BALDACHIA; e por
PRIMEUMATON, que Moisés pronunciou, e a terra se abriu, e
engoliu Kora, Dathan, e Abiram. Vinde, portanto, oh espírito (N).,
executar todos os meus desejos conforme vossa função e
capacidade.
Portanto, vinde visivelmente, pacificamente e afavelmente,
imediatamente, para manifestar meus desejos, falando com a voz
desobstruída e perfeita, inteligível e compreensível.”

Se ainda assim, o Daemon relutar em surgir (após trinta


segundos), faça a próxima conjuração.

A terceira conjuração
“Eu vos confino e conjuro oh espírito (N) por todos os nomes
mais gloriosos e mais potentes do SENHOR EXALTADO E
INEFÁVEL DEUS ANFITRIÃO, que vos dirija até aqui desde os
confins da terra onde teu império se encontra, para responder
corretamente as minhas demandas, visível e amigável, falando com
voz inteligível. Eu vos conjuro e confino, oh espírito (N), por todos os
nomes até agora pronunciados; e pelo poder destes sete nomes que
Shlomo (Salomão) utilizou para aprisioná-lo, junto com vossos
companheiros na Arca de Bronze, os quais são ADONAI* PREYAI*
ou de PRERAI* TETRAGRAMMATON* ANAPHAXETON* ou de
ANEPHENETON* INESSENFATOAL* ou de INESSENFATALI* do
PATHTUMON* ou do PATHATUMON* e de ITEMON* a comparecer
ante este círculo para cumprir a minha vontade em todas as coisas
que me parecerem adequadas. E caso ainda se mostre
desobediente e resista ao encantamento, pela vontade onipotente e
poderosa do nome SUPREMO E ONIPRESENTE do SENHOR
DEUS que criou a tudo o que existe no mundo em seis dias, e tudo
o que está nele contido, EIE SARAYE, e pelo poder do nome
PRIMEUMATON que reina sozinho nos jardins do Paraíso, eu vos
constrinjo e vos privo de suas funções, da alegria e de seu lugar,
ligando-os a profundidade do poço sem fim ou do Abismo, para que
lá permaneças até o dia do julgamento.
E eu vos ligarei ao fogo eterno, e no lago de fogo e enxofre, a
menos que venha sem demora e apareça diante deste círculo para
fazer minha vontade. Vinde, pois, pelo SAGRADO NOME de
ADONAI ZABAOTH, ADONAI AMIORAN. Vinde, pois ele é
ADONAY, que voz tem comandado.”

Caso seja isto dito e o espírito não aparecer, você pode estar
certo de que ele está em algum outro lugar cumprindo ordens do
seu rei, e não pode comparecer presentemente. Se isto for assim, a
seguir evoque o rei, para que este o contate. Mas se o espírito não
vier mesmo assim, então você pode estar certo que está limitado
nas correntes do inferno e não está sob a custódia do seu rei.
Portanto, você deve quebrar a corrente que o está prendendo, cujo
gratidão lhe será benéfica.

A evocação do rei
Nesta evocação, será solicitado ao rei que libere o Daemon
Valam, para comparecer a sua presença, de maneira a atender aos
seus anseios.

“Oh grande, potente, e poderoso AMAIMON, vós que sois


Rei, cingido pela potência do SUPREMO DEUS EL* sobre todos os
espíritos superiores e inferiores das ordens infernais nos domínios
do leste; Eu Invoco-te pelo poder e comando do nome do
VERDADEIRO DEUS; por esse deus que Vós Adorais; e pelo selo
da vossa criação; e pelo nome mais poderoso e potente de Deus,
IEHOVAH* TETRAGRAMMATON* que vos deu forma ainda antes
da criação do paraíso, junto com vossos irmãos; e por todos os
nomes mais poderosos e mais exaltados do DEUS que criou o
paraíso, e terra, e inferno, e todas as coisas neles contidos; e por
suas potências e virtudes; e pelo nome PRIMEUMATON que
comanda sozinho no paraíso; pela vossa majestade, obriga e
compele o espírito (N) para vir até mim, diante deste círculo em uma
forma adequada e amigável, sem dano a mim e toda e qualquer
outra criatura, e que corresponda fiel e verdadeiramente a todos os
meus pedidos; de modo que eu possa realizar minha vontade e
saber o que desejo de todas as coisas, pela função e conhecimento
que lhe seja apropriado executar ou realizar, pela potência de
DEUS, EL, OMS, criador e fonte de todas as coisas celestiais,
aéreas, terrestres, e infernais.”

Após evocar o Rei duas vezes e o espírito mais uma vez


pelos conjuros anteriores, repetindo os mesmos diversas vezes, o
espírito virá sem dúvida alguma.

Boas-vindas ao Daemon
Finalmente VALAM deverá se materializar, como já explicado,
ante a sua presença. Como prova de humildade, gratidão e também
de segurança, como se deve a qualquer pessoa que atenda ao seu
chamado, você deve dar-lhe as boas-vindas, sem se mostrar
subserviente, pois ele é que está ali para servi-lo, não o contrário.

“Eu vos saúdo VALAM, ó nobre, pelo Nome daquele que


criou o céu, a terra, o inferno e tudo o que neles está contido e
subordinado Àquele Nome. Pela mesma potência que eu vos
chamei a manifestação eu vos ligo e convido a vos colocar amável,
afavelmente e obediente diante deste círculo e deste triângulo,
porque eu dou ocasião para a vossa presença e manifestação; a fim
de não partir sem minha devida licença e sem que meus desejos
estejam verdadeiramente ouvidos e seguros de que serão
satisfeitos, sem qualquer ardil, sem protelações.”

Faça então o seu pedido, com voz clara e determinada: “eu


ordeno que dotes o meu espelho mágico (diga-lhe exatamente onde
o espelho se encontra, mostre-o com o dedo indicador) do poder de
revelar a mim, somente a mim, o passado e o futuro, de pessoas e
coisas, segundo a minha vontade minha conveniência.”
Negocie sem ceder demasiadamente, pois, se isto você o
fizer, demonstrará fraqueza e poderá pôr tudo a perder.
Se, porventura, ele se mostrar arredio a sua solicitação
(opondo obstáculos), reitere-lhe o seu requerimento, dando-lhe
prazo para, sem qualquer dúvida, você sentir os resultados do
cumprimento efetivo dessa ordem.
Se ele aludir dificuldades para atender o seu requerimento no
prazo que você estipulou (digamos dez dias, a partir da data da
aparição do Daemon), contra-argumente, pois ele tem o poder de
atender sim. Se, ainda assim ele não anuir, discorde e ameace-o
com a queima do selo.
Se ele se prontificar a atendê-lo, então prometa-lhe, como
recompensa, honrar-lhe o selo, mandando-o confeccionar, com um
material mais valioso e atraente, colocando-o com destaque, em seu
templo, ou consultório, ou aposento particular.

Finalizada a “negociação” você deve despedi-lo, para que ele


se incuba de seus afazeres.

Despedida do Daemon, ou licença para partir

“Oh Daemon VALAM, como respondeste diligentemente as minhas


demandas, provando pronto anseio em atender-me, concedo-lhe
licença para volver aos ermos de onde surgiste, sem trazer agravo
ou qualquer perigo a homem ou besta. Nunca te voltes contra mim,
meus familiares, meus amigos ou consulentes.
Parta, então, eu digo, devidamente exorcizado e consagrado pelos
ritos da Santa Magia e esteja pronto, para atender fielmente aos
meus desejos. Eu convido-o a se retirar pacífica e tranquilamente, e
que a paz do DEUS seja mantida entre ti, mim, meu familiares e
amigos e consulentes!
AMEN!”
Após a partida do espírito, você deve sair do círculo, louvará ao
Altíssimo pelas bênçãos e graças que alcançou.
Pegue seu espelho, guarde-o durante sete dias no capuz, em local
seguro.
Após esse espaço de tempo, comece a utilizá-lo, para comprovar a
eficácia desta evocação.

Aquisição de obras, dúvidas, sugestões, incorreções e


críticas:

https://magosidrakyan.com

topbook-livros@outlook.com

Você também pode gostar