Você está na página 1de 4

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA 3ª VARA DO TRABALHO

DE ARACAJU/SE.

PROC. N°: 2020XXXXXX.

RECORRENTE, já qualificado nos autos da RECLAMAÇÃO TRABALHISTA, que


lhe promove o RECORRIDO vem respeitosamente perante a V. Exa através do seu
advogado que esta subscreve, inconformada com a r. sentença de folhas interpor o
presente RECURSO ORDINÁRIO, nos termos do artigo 895 CLT, requerendo desde já
que seja o mesmo recebido, conhecido, processado e as razões recursais, que seguem em
anexo, remetidas ao TRT da 20ª Região para a realização de novo julgamento. Requer
ainda a juntada das custas processuais e depósito recursal.

Nestes termos, pede e espera deferimento

Local, data

ADVOGADO

OAB/...
RECURSO ORDINÁRIO

RAZÕES RECURSAIS

Recorrente: Empresa Shine

Recorrido: Roberta Pacheco

Proc: 2020XXXXXX

EGREGIO TRIBUNAL

INCLITOS JULGADORES

O presente recurso tem por objetivo reformar a sentença, uma vez que o juiz de 1 grau
decidiu equivocadamente acerca de “procedente o pedido de uma hora extra com
adicional de 80% pelo intervalo intrajornada, em razão de que a reclamada concedia
apenas 30 minutos.

Procedente o pedido de reintegração, porque a empregada comprovou que, por ocasião


da ruptura do contrato, estava grávida.

A sentença ainda julgou procedente o pedido de horas de sobreaviso, porque a


trabalhadora permanecia com celular da empresa permanentemente ligado, inclusive
fora do horário de serviço, e deferiu adicional de insalubridade em grau médio (30%
sobre o salário mínimo), porque ficou comprovado por perícia que a autora manuseava
produtos químicos na editora para realizar as impressões.

O juizo julgou procedente o pedido de recolhimento do INSS do período trabalhado,


que não foi feito pelo empregador, conforme comprovado pelo Cadastro Nacional de
Informações Sociais (CNIS).

Na sentença, publicada em 14.06.2021, o juiz ainda julgou procedente em parte o


pedido de adicional noturno porque comprovado, pelo depoimento do preposto
que a autora trabalhava das 16.00h às 23.00h, motivo pelo qual condenou a ré a pagar o
adicional de 25% entre 22.00h e 23.00h.

O magistrado também deferiu a integração ao salário do valor do plano dental


concedido gratuitamente à reclamante, com as repercussões daí advindas, ao argumento
de que isso não poderia ser confundido com plano de saúde (este sim, que não sofreria
integração).”

Colendo Tribunal,

I - DA TEMPESTIVIDADE - DOS RECOLHIMENTOS RECURSAIS

Inicialmente, cumpre demonstrar a tempestividade do presente Recurso


Ordinário.

A sentença restou publicada através do DEJT no dia 14.06.2021 começam a


contagem de 8 dias para interposição do Recurso ordinário.

A Reclamada apresenta o recolhimento do depósito recursal e das custas


processuais.

No mais, em que pese o brilhantismo e a acuidade que sempre norteia as


decisões proferidas pelo MM. Juízo da 3ª Vara do Trabalho de Aracaju/SE , vem
apresentar a data máxima vênia Reclamante sua irresignação contra alguns pontos da r.
sentença que entende equivocados com o melhor direito.

III- PRELIMINARES

Exemplo:

3.1) DA ILEGITIMIDADE PASSIVA


IV- MÉRITO

Do exposto, a Reclamada requer reforma da sentença em relação.

VI- CONCLUSÃO

Aguarda assim a Recorrente o conhecimento e provimento do recurso para,


reformando a r Sentença recorrida, decretar a improcedência das postulações autorais,
tudo como medida de inteira JUSTIÇA.

Nestes termos, pede deferimento.

ADVOGADO...

OAB/SE...

Você também pode gostar