Você está na página 1de 4

CAMPOS HARMÔNICOS

Campo Harmônico Maior:

Exemplo em DÓ MAIOR

Graus: I7M IIm7 IIIm7 IV7M V7 VIm7 VIIm7(b5)


Maior
Natural C7M Dm7 Em7 F7M G7 Am7 Bm7(b5)
(jônio)

Dica: O sétimo grau também é conhecido como "meio-diminuto".

Campo Harmônico Menor:

Exemplo em LÁ MENOR

Graus: Im7 IIm7(b5) bIII7M IVm7 Vm7 bVI7M bVII7


Menor
Natural Am7 Bm7(b5) C7M Dm7 Em7 F7M G7
(eólio)

Graus: Im7M IIdim bIII7M(#5) IVm7 V7 VI7M VIIdim


Menor
Am7M Bdim C7M(#5) Dm7 E7 F7M G#dim
Harmônico

Graus: Im7M IIm7 bIII7M(#5) IV7 V7 #VIdim VIIdim


Menor
Am7M Bm7 C7M(#5) D7 E7 F#dim G#dim
Melódico

Dicas:

• Aplique também em outras tonalidades. Experimente inverter os acordes, usar acordes


abertos (dão uma sonoridade diferente).
• Um simples acorde E7/A pode ser um A7M(9) e vice-versa. Um Bm7(b5) pode substituir
um simples G7(9) com a primeira inversão.
• Os acordes diminutos podem ser invertidos apenas subindo o acorde um tom e meio
acima, mantendo a mesma posição dos dedos. Ou seja, um F(dim) transforma-se em
Ab(dim) e B(dim).
• Os acordes aumentados (5#) também são simétricos, mantendo a mesma formação em
regiões diferentes.
• Observe os acordes, eles oferecem várias possibilidades de serem executados. Você já
pensou em fazer um arpejo de Em7 sobre um C7M?
Campo Harmônico menor

Cm (Maj7)
Dm7b5 (6)
E(5#)
Fm7 (4#)
G(9b/6b)
Amaj7(9#/11#)
Bdim (alt6)