Você está na página 1de 2

Aulas 5 e 6 (11/3/2020)– Fernanda

Sevcik op.1

• Independência das duas mãos: com o arco durando 4 tempos, tocar 4 notas ligadas,
seguindo os exercícios do livro. A mão direita se move lentamente, já os dedos da
esquerda, rapidamente;

• Combinação dentro da forma Coréia do Norte (CN): as notas a serem tocadas nesse
exercício pertencem todas à forma de CN na corda la (notas la, si, do, re e mi),
combinadas das mais variadas maneiras possíveis;

• Aceleração da mão esquerda: um dos objetivos do exercício é desenvolver a agilidade.


Cada exercício se desdobra em duas acelerações: as 4 notas por arco viram 8 e depois
16 (lembrar-se do funk pedagógico “Créu”, que ensina a subdividir pulsos);

• Resistir à tentação de mudar de arco: conforme vai se subdividindo, dentro da mesma


velocidade de arco terá que caber, num primeiro momento, o dobro da quantidade
original de notas (colcheias) e, depois, 4 vezes (semicolcheia). O braço direito sentirá
vontade de trocar de arco. RESISTA! Continue na mesma direção até dar 4 tempos;

Escalas

• Tom: unidade de distância/intervalo entre duas notas;

• Semitom: menor distância/intervalo entre duas notas na música ocidental (o intervalo


que é menor que um semitom é chamado de “coma” e nesse momento do nosso
curso consideraremos: comas = nota desafinada)

o Olha a brisa - na música indiana os sons obtidos por comas são considerados
notas musicais. Dessa forma, os indianos possuem mais “notas” do que nós,
ocidentais.

• As notas musicais “naturais” são nomeadas de 7 em 7, e seus sons sãos cíclicos:



• O nome das notas veio do Hino Ut Queant Laxis (https://www.youtube.com/watch?v=rDJH1WTs2-8),
o Repare que nessa música, a nota do é chamada de ut. Ut era o nome original
da nota Do, e que foi substituída por conta da pronúncia muito complicada.
Apesar disso, ainda hoje em alguns países com a França, se usa o nome Ut
(falar com biquinho) ao invés de Do.

• Existem mais 5 notas musicais “escondidas” entre as naturais, e seu nome é definido a
partir da direção em que ela é atingida:

1. # (Sustenido): ½ tom acima

2. b (bemol): ½ tom abaixo

• Dessa forma, as notas musicais se tornam:

• Essas 5 notas acidentais possuem, portanto, dois nomes: um para quando se sobe, outro
para quando se desce.

• Escala Maior é uma sequência de notas dispostas no molde:

T T St T T T St
• A nota mais importante de uma escala é a primeira nota (a qual chamamos de “Nota
Fundamental” ou “nota Tônica”). A partir dela é que encontramos as outras notas da
sequência.

Você também pode gostar