Você está na página 1de 8

Escola Secundária de São Lourenço

CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS - ENSINO SECUNDÁRIO

Cidadania e Profissionalidade

UFCD IV – “Identidade e Alteridade”

Tema (3) três – Políticas Públicas

DR3 - Dimensão de Competências II: Competências Éticas

Domínio de Referência (3) – Institucional

Políticas Públicas

UFCD IV – DR 3

Formanda(o): Turma: N.º

Data de Início: ____________________________________________________________

Data de Termo: ___________________________________________________________

Proposta de Trabalho: Este trabalho pretende, sobretudo, promover a reflexão e


investigação acerca da temática – Políticas Públicas.

- Redija o documento, em Fonte Times New Roman, tamanho 12, espaço 1,5, limite de
páginas 8.

- Apresente, em anexo, os elementos que considere pertinentes.

- Apresente sempre as fontes utilizadas.

Faz a análise do texto


Se se analisa com algum rigor a História de Portugal, somos confrontados desde o primeiro
Formadora: Patricia Pinheiro 1
Escola Secundária de São Lourenço

CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS - ENSINO SECUNDÁRIO

instante com a realidade da emigração. Depois da reconquista aos mouros e do


estabelecimento físico das fronteiras, os portugueses lançaram-se na expansão marítima.
Diretamente relacionado com a época dos descobrimentos não deixará de estar presente a
necessidade de encontrar novas terras, de solos e subsolos mais férteis, capazes de fornecer
alimento a um povo que, confinado ao seu próprio país, teria sérias dificuldades de
subsistência. Foi assim que nos estendemos primeiramente pelo continente africano
(Marrocos, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné Bissau e São Tomé e Príncipe),
depois pelo asiático (Goa, Macau e Timor Leste) e finalmente pelo americano (Brasil).
Séculos mais tarde, com a perda das ex-colónias, a emigração portuguesa redireciona-se e
estende-se a novos horizontes. E, a partir de então, a Europa Central (França, Bélgica,
Luxemburgo, Suíça e Alemanha) e a América do Norte (Canadá e EUA) estabeleceram-se
como novos pontos de referência para a emigração portuguesa.

Todavia, a partir da última década do século XX, dá-se uma verdadeira inversão nas rotas
migratórias. Portugal, país de emigrantes por excelência, estabelece-se paradoxalmente,
como porto privilegiado para a imigração: primeiro das ex-colónias e, depois dos países do
Leste Europeu, assim como também oriundos da Ásia, Chineses, Paquistaneses.
Perante o fenómeno da emigração e o decréscimo dos postos de trabalho, correlativo ao
abrandamento do crescimento económico, europeu e mundial, começou a surgir uma certa
instabilidade social, aliada ao preconceito para com o imigrante. Tão injustificável e
deplorável, se se atende ao passado histórico do nosso país e ao contributo que os mesmos
têm dado ao desenvolvimento económico português.

Proposta de trabalho:

Após a leitura do texto, realize a seguinte atividade:


 Pesquise e reflita sobre fluxos migratórios no Portugal contemporâneo, atendendo aos
seguintes aspetos:

Formadora: Patricia Pinheiro 2


Escola Secundária de São Lourenço

CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS - ENSINO SECUNDÁRIO

a) Distinção entre emigração e imigração;

b) Definição de fluxos migratórios;

c) Identificar os países com mais fluxo migratório em Portugal na atualidade;

d) Impactos económicos, culturais e sociais dos fluxos migratórios em Portugal;

e) Redija um texto expondo os principais problemas com que se debatem os imigrantes


em Portugal e dê sugestões tendo em vista a sua resolução;

f) Caracterize as atividades desenvolvidas pela comunidade de imigrantes em Portugal;

g) De forma a conhecer melhor o programa de inclusão social em Portugal, pretende-se


que consulte a página de internet seguinte:
http://poise.portugal2020.pt/inicio

1. Da pesquisa e consulta da página anteriormente referida, deverá estruturar o trabalho


com as seguintes informações:
- O que é a POISE?
- Objetivos do programa
- Quatro eixos prioritários a desenvolver

h) Na sua opinião como visiona a integração da população migrante no nosso país?


Que tipo de associações/organizações conhece?

i) Comente a seguinte afirmação:

“O Multiculturalismo enriquece a cultura portuguesa, contribui para a educação para a


cidadania e alerta para a necessidade de preservação da unidade na diversidade!”

Formadora: Patricia Pinheiro 3


Escola Secundária de São Lourenço

CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS - ENSINO SECUNDÁRIO

Analisa atentamente os seguintes documentos para a realização da proposta de


trabalho

AS CAUSAS DAS MIGRAÇÕES

Causas económicas

- Melhoria das condições económicas

Causas socioculturais
fig.1. Refugiado de guerra
- Razões de ordem cultural como a saída de estudantes e cientistas

Causas políticas

- Perseguições políticas

Causas militares

- Conflitos armados

Causas naturais

- Catástrofes naturais

CONSEQUENCIAS DAS MIGRAÇÕES

Consequências demográficas

- Rejuvenescimento da população

- Aumento da população total

Consequências económicas

- Aumento da população ativa

- Aumento do desemprego

- Aumento da mão-de-obra barata

- Criação de riqueza

- Sustentabilidade da segurança social

Consequências sociais

Formadora: Patricia Pinheiro 4


Escola Secundária de São Lourenço

CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS - ENSINO SECUNDÁRIO

- Dificuldade de integração

- Conflitos sociais

OS PROBLEMAS DA IMIGRAÇÃO

A imigração levanta alguns problemas sociais que se prendem, essencialmente, com a


pobreza e as dificuldades de integração dos estrangeiros. Portugal, assim como outros países de
destino, terá que encontrar formas de promover a integração, adotando políticas públicas para o
efeito.

- Falta apoio aos imigrantes no que diz respeito à documentação (excesso de burocracia);

- Falta de formação profissional que leva por vezes à exclusão social;

- Problema com a Língua Portuguesa;

- Problemas de inserção;

- Discriminação social;

- Problemas no acesso aos serviços de saúde e educação, entre outros;

- Problemas no realojamento;

Entre outros…

Nos últimos anos, o nosso país tem criado soluções para muitos dos problemas dos
imigrantes. O Alto Comissariado para a Integração e o Diálogo Intercultural (ACIDI) foi criado para
ajudar os imigrantes em Portugal, apoiando-os a vários níveis.

O ACIDI tem como missão colaborar na conceção, execução e avaliação das políticas públicas
relevantes para a integração dos imigrantes e das minorias étnicas, bem como promover o diálogo
entre as diversas culturas, etnias e religiões.

Os princípios-chave da ACIDI são:

1 - IGUALDADE - reconhecer e garantir os mesmos direitos e oportunidades;

2 - DIÁLOGO - promover uma comunicação efetiva;

3 -  CIDADANIA - promover a participação ativa no exercício dos direitos e dos deveres;

4 - HOSPITALIDADE - saber acolher a diversidade;

5 - INTERCULTURALIDADE - enriquecer no encontro das diferenças;


Formadora: Patricia Pinheiro 5
Escola Secundária de São Lourenço

CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS - ENSINO SECUNDÁRIO

6 - PROXIMIDADE - encurtar as distâncias para conhecer e responder melhor;

7 - INICIATIVA - atenção e capacidade de antecipação.

A nível mundial existem organizações que têm o mesmo objetivo da ACIDI, como é o caso da
Organização Mundial para as Migrações (OIM), sob tutela das Nações Unidas...

EXEMPLO DE ALGUMAS MEDIDAS INSERIDAS NO PLANO DE INTEGRAÇÃO DOS IMIGRANTES EM


PORTUGAL

- Consolidação da Rede Nacional de Informação ao Imigrante;

- Incentivo à responsabilidade social dos empregadores e trabalhadores portugueses na


integração de trabalhadores imigrantes no seu contexto laboral;

- Desenvolvimento e abertura do mercado de habitação social através das Autarquias;

- Criação de Gabinetes de Apoio à Habitação;

- Promover o acesso dos imigrantes aos serviços de saúde;

- Divulgar nos Consulados em Portugal dos países de origem e nos Consulados portugueses
as condições de acesso à saúde em Portugal;

- Adequação das estratégias de acolhimento na Escola às especificidades dos alunos


descendentes de imigrantes

- Apoio humanitário a situações de pobreza extrema de imigrantes

- Valorização do ensino português como língua não materna

- Desburocratização e agilização do processo de reagrupamento familiar e reforço da rede


consular face às origens dos fluxos migratórios para Portugal;

- outras… https://cidmais.wordpress.com/cp4-institucional/

www.imigrante.pt

Autorreflexão crítica do(a) Formando(a):


O processo (Como desenvolveu a Atividade...):
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
Os fatores facilitadores: Os constrangimentos (Como os resolveu):

Formadora: Patricia Pinheiro 6


Escola Secundária de São Lourenço

CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS - ENSINO SECUNDÁRIO

___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
A minha opinião sobre esta atividade:
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________

Data: _______________________________________
O Formando: ________________________________

Reflexão Avaliativa (pelos Formadores):


O Processo:
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________

Formadora: Patricia Pinheiro 7


Escola Secundária de São Lourenço

CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS - ENSINO SECUNDÁRIO

___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
Os fatores facilitadores:
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
Os constrangimentos:
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
Data: ______________________________________________________
Os Formadores: ____________________________________________
____________________________________________

Formadora: Patricia Pinheiro 8

Você também pode gostar