Você está na página 1de 12

• A GS (sem contato) foi desenvolvida com a suposição de

MGS01BR que seria instalada corretamente de acordo com os


procedimentos de instalação descritos neste manual do
usuário e operada corretamente de acordo com as
instruções deste mesmo manual. É preciso efetuar uma
PERIGO
instalação adequada da GS (sem contato) depois de realizar
Chave de Segurança uma avaliação de riscos suficiente para a máquina-alvo.
• Certifique-se de confirmar totalmente que não há ninguém

GS na zona perigosa antes de remover a GS (sem contato) da


máquina para substituição ou eliminação.

(Sem contato) Importante • Ao descartar a GS (sem contato), sempre siga os requisitos


aplicáveis contidos nas leis, regras, regulamentos,

Manual do usuário regulamentações e normas do país ou região onde a GS


(sem contato) é usada.
• Descarte esse produto como lixo industrial.

Informações detalhadas e o uso da GS (sem contato) também estão


descritas no “Manual do usuário da GS (sem contato)”. Para adquirir o  Ambiente de uso
“Manual do usuário da GS (sem contato)”, baixe-o do website da KEYENCE
ou entre em contato com o escritório mais próximo da KEYENCE. • Não utilize a GS (sem contato) em um ambiente
<Website da KEYENCE> www.keyence.com/global.jsp (temperatura, umidade, luz de interferência etc.) que não
esteja de acordo com as especificações contidas neste
manual.
Este manual explica itens como o manuseio, operação, e precauções da
• Não utilize um dispositivo que emita ondas
chave de segurança GS (sem contato). Leia cuidadosamente este manual e
eletromagnéticas intensas nas proximidades da GS (sem
compreenda totalmente o seu conteúdo para utilizar a GS (sem contato) de
contato).
forma integral e todos os seus recursos.
• Esse produto não se destina para o uso como um produto à
Além disso, conserve este manual em um local seguro para referência futura.
prova de explosões. Não use este produto em um local
Assegure-se de que o usuário final deste produto receba este manual.
PERIGO perigoso e/ou em uma atmosfera potencialmente explosiva.
• Não utilize a GS (sem contato) na presença de substâncias
Este manual de instruções foi traduzido a partir do documento original.
como fumaça pesadas, material particulado ou agentes
químicos corrosivos que possam induzir deterioração da
Símbolos qualidade do produto.
• Confirme que não há ninguém na zona de risco antes que o
travamento seja liberado (ou seja, quando o sistema da
Indica uma situação de perigo que, se não evitada, resultará máquina for reiniciado) pelo mecanismo de reinicialização
PERIGO
em morte ou lesões graves. do travamento.
Indica uma situação que, se não evitada, pode resultar em • Somente para uso interno.
AVISO
danos aos produtos, bem como em danos à propriedade.
 Máquinas-alvo para a instalação
Importante Indica cuidados e limitações que devem ser seguidos durante
a operação. • Deve ser possível efetuar uma parada de emergência em
todos e quaisquer pontos de operação durante o ciclo de
operação da máquina na qual a GS (sem contato) estiver
Indicação Indica informações adicionais sobre a operação adequada. instalada. Além disso, não use a GS (sem contato) em
máquinas que apresentem tempos de parada irregulares.
Referência Indica sugestões para a melhor compreensão ou informações PERIGO
• Não utilize a GS (sem contato) para controlar (interromper o
úteis. movimento de avanço etc.) de trens, carros e outros
veículos de transporte, aviões, equipamentos para uso
espacial, dispositivos médicos ou sistemas de geração de
Precauções de segurança energia nuclear.

 Precauções gerais  Projeto e cabeamento do circuito


• A KEYENCE não garante o funcionamento ou desempenho • Certifique-se de desligar a alimentação de energia antes de
da GS (sem contato) se essa for usada diferentemente das efetuar o cabeamento elétrico.
especificações contidas neste manual ou se a GS (sem • Efetue o cabeamento elétrico conforme as convenções,
contato) for modificada pelo cliente. restrições, padrões, regulamentos e leis relativos a
• A GS (sem contato) somente pode ser usada em eletricidade no país ou área no qual a GS (sem contato) for
combinação com atuadores dedicados listados neste ser usada.
PERIGO
manual. Essa não pode ser utilizada em combinação com
• Use cabos com comprimento menor ou igual ao
outros atuadores ou dispositivos semelhantes.
• Não desvie a GS (sem contato), remova-a ou modifique sua especificado neste manual. A utilização de cabos mais
orientação de instalação após a instalação. longos que o valor especificado pode causar operação
• Não utilize um atuador substituto para desviar a GS (sem incorreta de funções de segurança e provocar uma situação
contato). Armazene atuadores sobressalentes com rigor perigosa.
para impedir o fácil acesso a esses.
• Ao usar a GS (sem contato) para proteger operadores de
máquinas contra um perigo ou zona de perigo, ou ao
utilizar a GS (sem contato) como componente de segurança
por qualquer motivo, sempre siga os requisitos aplicáveis
de leis, regras, regulamentações e normas do país ou
região onde a GS (sem contato) está sendo usada. Para tais
regulamentações, você deve contatar diretamente a
PERIGO agência regulatória responsável por segurança e saúde
ocupacional de seu país ou região.
• Dependendo do tipo de máquina na qual a GS (sem
contato) for instalada, pode haver normas de segurança
especiais relativas ao uso, instalação, manutenção e
operação do componente de segurança. Nesse caso, você
precisa cumprir essas normas de segurança. O pessoal
responsável deve instalar a GS (sem contato) com estrita
observação de tais normas de segurança.
• O pessoal responsável deve fazer o treinamento do pessoal
designado em relação ao uso, instalação, manutenção e
manipulação corretos da GS (sem contato).
• O usuário da máquina deve receber treinamento
especializado relacionado à GS (sem contato) e deve então
compreender e seguir as restrições de segurança, leis e
regulamentações no país ou área no qual a GS (sem
contato) está sendo utilizada.
• Se a GS (sem contato) não operar corretamente, o usuário
da máquina deve relatar essa informação ao responsável
pelo uso da GS (sem contato) e parar a máquina
imediatamente.

1 BR GS (Non-contact) IM
Precauções sobre regulamentos e normas
Capítulo 1 Antes da operação
 Marcação CE
A KEYENCE Corporation confirmou que seu produto cumpre os requisitos
essenciais da(s) Diretiva(s) UE aplicável(is), com base nas seguintes 1-1 Visão geral e configuração
especificações. Certifique-se de levar em conta as seguintes especificações
ao utilizar esse produto nos Estados Membros da União Europeia. A GS (sem contato) é um dispositivo de travamento tipo 3 sem trava de
proteção com base na ISO14119.
• Diretiva de maquinário
• Diretiva de RE Ao combinar a GS (sem contato) com uma porta ou proteção de segurança
móvel semelhante e a um sistema de controle relacionado à segurança, é
A GS (sem contato) é um componente de segurança definido na Diretiva de possível interromper operações perigosas da máquina caso a porta ou peça
Maquinário UE, Anexo V, e foi certificada pela TÜV SÜD Product Service semelhante seja aberta durante operações perigosas da máquina.
GmbH. A GS (sem contato) está em conformidade com os seguintes
padrões EN. Indicador altamente
• EN 61508 visível
• EN 62061
• EN ISO13849-1
• EN ISO14119
• EN 60947-5-3 Unidade
• EN300 330 principal
• EN 301 489-1, 3

O texto integral da declaração de conformidade da UE encontra-se


disponível no endereço de internet a seguir: http://www.keyence.com/cedoc
• Banda de frequência de operação 123 kHz
• Intensidade máxima do campo H 60 dBμV/m Indicador detalhado

Essas especificações não oferecem quaisquer garantias de que o produto


final com esse produto incorporado esteja em conformidade com as Atuador
exigências essenciais da Diretiva de RE e de maquinário. O fabricante do
produto final é o único responsável pela conformidade do produto final
propriamente dito com essas Diretivas.

 Certificado UL Referência A GS (sem contato) também pode ser usada para outros fins,
como proteção de processos de fabricação.
A GS (sem contato) é um produto com certificação UL/c-UL.
• Arquivo UL Nº: E301717
• Categoria: NRKH/NRKH7
• Enclosure Type 1 (com base na UL50) 1-2 Lista de produtos
Assegure-se de considerar as seguintes especificações ao usar este produto  Unidade principal
como um produto certificado pela UL/c-UL.
• Utilize a alimentação de energia com saída de Classe 2 definida no padrão Para obter detalhes sobre os modelos de unidade principal, consulte “5-
NFPA70 (NEC: National Electrical Code, Código Elétrico Nacional). 1 Descrição do número do Modelo” (página 8).
• Conecte a alimentação de energia, a entrada externa e a saída de controle
a uma única fonte de alimentação com saída de Classe 2.  Cabos tipo de conector M12
 Certificado CSA  Cabos padrão
A GS (sem contato) está em conformidade com as seguintes normas e Use esse cabo combinado a uma unidade principal (tipo de conector),
regulamentos UL e CSA, tendo recebido certificação CSA. conector em formato de Y ou cabo de extensão.
Padrões aplicáveis: Tipo Modelo Número de pinos Comprimento
• CAN/CSA C22.2 N.º 61010-1
Função GS-P5C5 5m
• UL61010-1 5
simples GS-P5C10 10 m
Assegure-se de considerar as seguintes especificações ao usar este produto GS-P8C5 5m
como um produto certificado pela CSA. Padrão 8
GS-P8C10 10 m
• Categoria de sobretensão II
GS-P12C5 5m
• Grau de poluição 3. Função
• Instalar este produto em altitude de 2000 m ou menos. avançada
GS-P12C10 12 10 m
• Somente para uso interno. GS-P12C20 20 m
• Ao usar este produto, utilize a seguinte fonte de alimentação. Fonte de
alimentação certificada pela CSA ou UL que forneça saída de Classe 2  Cabos de extensão
como definido no CEC (Código Elétrico Canadense) e NEC (Código
Elétrico Nacional) Tipo Modelo Número de pinos Comprimento
Função GS-P5CC5 5m
 Regulamentações Norte-Americanas simples GS-P5CC10
5
10 m
A GS (sem contato) está em conformidade com as seguintes GS-P8CC1 1m
regulamentações norte-americanas.
Padrão GS-P8CC5 8 5m
Regulamentações aplicáveis:
• FCC Part15 Subpart B, Dispositivo digital de Classe A GS-P8CC10 10 m
• FCC Part15 Subpart C
• ICES-003, Aparelho digital de Classe A  Suportes de montagem
• RSS-210
• GS-B01
Este dispositivo está em conformidade com a parte 15 das Regras da FCC e • GS-B11
com RSSs isentos de licença da Innovation, Science and Economic
Development Canada’s. A operação está sujeita às duas condições a seguir:  Peças opcionais
(1) este dispositivo não pode provocar interferência nociva, e (2) este
dispositivo deve aceitar qualquer interferência recebida, inclusive  Conector em formato de Y
interferência que possa provocar operação indesejável. GS-Y01
 Terminal final para conector em formato de Y
ALERTA DA FCC GS-Y02
Alterações ou modificações não aprovadas expressamente pela parte
responsável pela conformidade podem cancelar a autoridade do usuário  Atuador sobressalente
operar o equipamento. GS-A01
Observação: este equipamento foi testado e teve sua conformidade
comprovada com os limites de um dispositivo digital de Classe A em
conformidade com a Parte 15 das Regras da FCC. Esses limites destinam-se 1-3 Conteúdo da embalagem
a fornecer proteção razoável contra interferências nocivas quando o
equipamento é operado em um ambiente comercial. Este equipamento gera,  Unidade principal
utiliza e pode irradiar energia de radiofrequência e, caso não seja instalado
em conformidade com o manual de instruções, pode provocar interferência • Sensor (unidade principal)
nociva a radiocomunicações. A operação desse equipamento em uma área • Atuador
residencial possivelmente provocará interferência nociva, em cujo caso o • Manual de instruções
usuário terá que corrigir a interferência às suas próprias custas.

BR GS (Non-contact) IM 2
 Interferência mútua
Capítulo 2 Instalação Quando múltiplas unidades GS (sem contato) forem ser instaladas próximas
uma da outra, essas podem funcionar indevidamente devido à interferência
mútua. Instale as unidades GS (sem contato) da forma indicada abaixo para
impedir interferência mútua.
2-1 Condições de instalação
Distância entre sensores
Observe os seguintes itens antes da instalação.

 O efeito dos metais ao redor

A distância de operação do sensor pode ser afetada pela


presença de metal na área dos arredores. Após a instalação,
PERIGO
verifique se é utilizada uma distância de segurança
apropriada com base na distância de detecção.

 Orientação do sensor e do atuador


Orientações de instalação corretas
60 mm ou mais

A partir da A partir da 50 mm ou mais


frente lateral

Orientações de instalação incorretas


Distância entre atuadores

60 mm ou mais

Orientação reversa

 Área de operação

Área LIGADA Instalação dianteira

Z
28
24
Z 20
Y 16 16
12 12
8 8
4 4

-30 -20 -10 0 10 20 30 X 0


-4 Y
-8
-12
-16
X Y -20
-24
-28
4 8 12 16

Z
Instalação lateral 15
12
9
Z 6
Y 3
16
0
12
-3
Y
8 -6
4 -9
-12
-25 -20 -15 -10 -5 0 5 10 15 20 25 X
-15
-18
-21
-24

X Y
-27
-30
4 8 12

• Os valores acima indicam a distância recomendada.


Verifique se há problemas no ambiente de instalação real.
PERIGO • Quando instalar a unidade em uma porta deslizante, faça-o a
uma distância de 6 mm ou mais para evitar uma falsa
detecção lateral.

3 BR GS (Non-contact) IM
2-2 Método de instalação Capítulo 3 Cabeamento
 Instalação da unidade em uma porta com dobradiça
1
3-1 Fonte de alimentação
Caso a fonte de alimentação da GS (sem contato) seja do tipo conversor, a
fonte de alimentação da GS (sem contato) deve atender às condições
listadas abaixo para atender os requisitos especificados nas ISO 14119, IEC
60947-5-3, UL 61010-1 e CAN/CSA-C22.2 N.º 61010-1.
(a) A tensão de saída nominal fica dentro de 24 VCC ±20% (oscilação P-P
10% ou menos, Classe 2, SELV, Categoria de sobretensão II).
(b) O isolamento entre os circuitos primário e secundário é reforçado ou um
isolamento duplo.
(c) A fonte de alimentação está em conformidade com a legislação,
regulamentos e padrões relacionados a itens como segurança elétrica e
compatibilidade eletromagnética (EMC) no país ou área no qual a GS
(sem contato) for ser usada.

Importante Quando a fonte de alimentação usada com a GS (sem contato)


for compartilhada com outras máquinas ou produtos elétricos,
a tensão fornecida à GS (sem contato) pode sofrer uma queda
devido ao aumento temporário de consumo de corrente dessas
outras máquinas, e a GS (sem contato) também pode ser
afetada pelo ruído gerado por essas outras máquinas. Nessa
Parafuso M4 situação, podem ocorrer erros ou outros problemas com a GS
Torque de aperto: 1,0 Nm (sem contato), de forma que é veementemente recomendado
evitar compartilhar a fonte de alimentação da GS (sem contato)
2 com outras máquinas ou produtos elétricos.

3-2 Cores e funções dos fios de cabos

Tipo de função simples (conector M12, 5 pinos)


Número do
Cor do fio Função
pino
1 Marrom +24 V
2 Branco OSSD2
3 Azul 0V
4 Preto OSSD1
5 Cinza Saída AUX 1

Tipo padrão (fios soltos ou conector M12, 8 pinos)


Número do
Cor do fio Função
pino
1 Cinza Saída AUX 1
2 Marrom +24 V
Parafuso M4 3 Azul claro Não utilizado
Torque de aperto: 1,0 Nm
4 Vermelho/branco Entrada de segurança 2
5 Preto OSSD1
6 Branco OSSD2
• Para minimizar possibilidades de anulação, a GS (sem
contato) deve ser instalada em uma posição onde a 7 Azul 0V
acessibilidade à GS (sem contato) seja limitada (p.ex., 8 Vermelho/preto Entrada de segurança 1
montagem fora de alcance, obstrução física ou proteção ou
montagem em posição oculta), caso contrário, utilizar Tipo de função avançada (fios soltos ou conector M12, 12 pinos)
fixação não removível para impedir a desmontagem ou
mudança de posição da GS (sem contato) (p.ex., utilizando Número do
Cor do fio Função
um parafuso de cabeça chata e conectando a fenda na pino
cabeça do parafuso com um trava-rosca de alta resistência 1 Marrom +24 V
PERIGO após apertar o parafuso ou outro sistema de fixação 2 Vermelho/preto Entrada de segurança 1
equivalente). 3 Azul 0V
Consulte a ISO 14119 para obter mais informações para
minimizar possibilidades de anulação. 4 Preto OSSD1
• Prenda firmemente os parafusos do sensor, atuador e 5 Cinza Saída AUX 1
suportes de montagem conforme o torque de aperto 6 Vermelho/branco Entrada de segurança 2
especificado.
7 Branco OSSD2
• Para impedir que desapertem por si mesmos, utilize um
trava-rosca de intensidade média nos parafusos que Entrada de seleção de
8 Rosa travamento/EDM
prendem a GS (sem contato).
9 Cinza/preto*1 Não utilizado
Referência • Ao substituir o sensor ou o atuador, faça isso seguindo o 10 Azul claro*1 Não utilizado
mesmo procedimento. 11 Amarelo Entrada de reinicialização/EDM
• Os parafusos corretos para montar a unidade principal e o 12 Azul claro/preto*1 Não utilizado
suporte na máquina devem ser adquiridos separadamente.
*1 Não está presente nos tipos de fio solto.

2-3 Conexão em cascata entre unidades  Layout dos pinos (unidade principal do sensor, tipo de
conector M12)
Múltiplas unidades GS (sem contato) e GS (fechadura) podem ser
conectadas em série (em uma conexão em cascata). Tipo de função simples Tipo padrão Tipo de função
Isso possibilita monitorar a abertura e fechamento de portas múltiplas ou (M12, 5 pinos, macho) (M12, 8 pinos, macho) avançada
itens semelhantes na mesma máquina. (M12, 12 pinos, macho)
Para o método de cabeamento, consulte “Exemplo de fiação de
conexão em cascata” (página 5).
2 1
2 2
3 3 9
10
4 1
3 5 1 8
4 11 12 8

5 7
4 6 5 7
6

BR GS (Non-contact) IM 4
3-3 Exemplo de fiação 3-4 Diagramas de circuito de E/S
 Exemplo de fiação de conexão em cascata Circuito de saída (tipo PNP) Circuito de saída (tipo NPN)
Cabear as entradas de segurança de uma GS (sem contato) às OSSDs da
próxima GS (sem contato) ou GS (sem contato) para implementar uma Marrom Marrom
conexão em cascata. +24 V +24 V

“4-1 OSSD” (página 6)

Dispositivo externo

• “4-2 Entrada de segurança” (página 6) Preto ou branco

Dispositivo externo
Circuito Circuito
principal principal
1ª unidade 2ª unidade
GS-13P5 GS-13P5 Preto ou branco
Saída PNP Saída PNP
Tipo de função avançada Tipo de função avançada 0V 0V
Azul Azul

Travamento: manual Travamento: automático


EDM: usar EDM: não usado
Conexão em cascata: sim Conexão em cascata: não Circuito de entrada (tipo PNP) Circuito de entrada (tipo NPN)

Marrom Marrom
+24 V +24 V

Circuito Circuito (Fio de entrada)


principal (Fio de entrada) principal
8: Rosa (entrada de seleção de travamento/EDM)

8: Rosa (entrada de seleção de travamento/EDM)


11: Amarelo (entrada de reinicialização/EDM)

11: Amarelo (entrada de reinicialização/EDM)


2: Vermelho/preto (entrada de segurança 1)

2: Vermelho/preto (entrada de segurança 1)


6: Vermelho/branco (entrada de segurança 2)

6: Vermelho/branco (entrada de segurança 2)


Azul Azul
0V 0V
5: Cinza (saída AUX 1)

5: Cinza (saída AUX 1)

Circuito de saída AUX (PNP/NPN comum)


7: Branco (OSSD2)

7: Branco (OSSD2)
1: Marrom (+24 V)

1: Marrom (+24 V)
4: Preto (OSSD1)

4: Preto (OSSD1)
3: Azul (0 V)

3: Azul (0 V)

Marrom
+24 V

(Fio de saída)
Dispositivo
K2 Circuito de entrada
principal
K1

S1-1 Azul
0V

K1 K2

PLC de finalidade geral


K1, K2: dispositivo externo (relé, Contator, etc.)
S1-1: chave de reinicialização (NA)

 Comprimento do cabo e número de unidades conectadas


(padrão)
A: comprimento máximo do cabo 30,3 m
B: número máximo de unidades conectadas 30

Entre em contato com a KEYENCE quanto ao número máximo de unidades


conectadas quando usar uma conexão em cascata que também inclua
unidades GS (fechadura).

5 BR GS (Non-contact) IM
Capítulo 4 Funções 4-2 Entrada de segurança Tipo padrão Tipo de função avançada

Esta função controla as OSSDs da GS (sem contato) com sinais de entrada


As funções que podem ser usadas com a GS (sem contato) variam conforme dos sensores ou interruptores/botões de parada de emergência conectados
o modelo da unidade principal (tipo de função simples/tipo padrão/tipo de às entradas de segurança.
função avançada). A entrada de segurança 1 e a entrada de segurança 2 formam um par de
entradas de segurança. Se a entrada de segurança 1 ou a entrada de
Tipo de função Tipo de função
simples
Tipo padrão
avançada segurança 2 for DESLIGADA, as OSSDs DESLIGAM.
É possível conectar e usar unidades múltiplas de GS em um sistema
Número de pinos 5 8 12 (*1)
expandido (com uma conexão em cascata) por meio de conectar as OSSDs
OSSD    de diferentes GS (sem contato) ou GS (fechadura) às entradas de
Entrada de segurança    segurança. O sistema pode ser expandido para incluir até trinta unidades no
Função de travamento    caso da GS (sem contato).
Função EDM   
Número de saídas AUX 1 1 1 Indicação O tipo de função simples não tem entradas de segurança.

*1 O tipo de fio solto tem nove núcleos. Referência • Realizar a ligação das entradas de segurança conforme
mostrado abaixo quando não estiverem em uso.
Tipo PNP: curto-circuito a 24 V.
4-1 OSSD Tipo NPN: curto-circuito a 0 V.
• Se a entrada de segurança 1 e a entrada de segurança 2
Uma saída OSSD é uma saída de segurança para a parte relacionada à ficarem sem correspondência por 3 segundos ou mais,
segurança de um sistema de controle de máquina. ocorrerá um erro de entrada de segurança.
A OSSD 1/2 é um par de saídas de segurança redundantes.
A GS (Sem contato) gera sinais de autodiagnóstico em seu circuito de controle
 Cabeamento do interruptor/botão de parada de emergência
interno para efetuar diagnósticos na OSSD. Esses sinais forçam O cabeamento de um interruptor/botão de parada de emergência até as
periodicamente a OSSD para um estado DESLIGADO temporário quando a entradas de segurança possibilita efetuar uma parada de emergência na
OSSD está no estado LIGADO. máquina por meio de pressionar o interruptor/botão de parada de emergência.
Caso o circuito de controle interno receba um sinal de retorno (sinal
DESLIGADO) com base no autodiagnóstico, a GS (sem contato) determina • Use um interruptor/botão de parada de emergência que tenha dois
ou mais contatos NF (normalmente fechados) independentes.
que a OSSD opera normalmente. Caso o sinal DESLIGADO não seja retornado
Para os requisitos relacionados a interruptores de parada de
ao circuito de controle interno, a GS (sem contato) determina que há um
emergência, consulte o IEC 60204-1, ISO 13850 e todos os outros
problema na OSSD ou na fiação e entra em estado de erro. requisitos, regulamentos, padrões e leis relacionados à segurança
e saúde ocupacional no país ou área onde a GS (sem contato) será
 Operação da OSSD usada. Para tais regulamentações, você deve contatar diretamente
As OSSDs vão para o estado DESLIGADO: a agência regulatória responsável por segurança e saúde
• Durante a inicialização, no estado de erro ocupacional de seu país ou região.
• Certifique-se de que o dispositivo não ligue ou reinicie
Quando todas as condições mostradas a seguir são atendidas durante a PERIGO automaticamente quando o interruptor/botão de parada de
operação normal, as OSSDs vão para o estado LIGADO. (*1) emergência for rearmado.
• O sensor detectou um atuador. • Somente os dispositivos mostrados abaixo podem ser
• As entradas de segurança estão LIGADAS. conectados às entradas de segurança. Não conecte quaisquer
*1: as OSSDs mantêm o estado DESLIGADO no estado de reinicialização outros dispositivos.
de travamento pronta. • GS (sem contato) OSSDs, GS (sem contato) OSSDs e
interruptor/botão de parada de emergência
• Para o cabeamento para um sistema de controle de • Ao utilizar um sensor PNP, conectar as OSSDs da GS (fechadura)
segurança relacionado a máquina, a saída da OSSD 1 e da ou GS (sem contato) tipo PNP às entradas de segurança.
OSSD 2 devem ser usadas pelo sistema de controle de • Ao utilizar um sensor NPN, conectar as OSSDs da GS (fechadura)
segurança relacionado a máquina para criar um sistema de ou GS (sem contato) tipo NPN às entradas de segurança.
segurança.
• Se apenas uma saída OSSD for usada para criar o sistema de
controle da máquina, um mau funcionamento da OSSD
tornará impossível parar a máquina, o que pode levar a
situações extremamente perigosas, incluindo lesões graves
ou a morte do usuário da máquina.
• Quando utilizar um sensor PNP, não provoque um curto-
circuito entre a OSSD e +24 V. Caso contrário, as OSSDs
permanecerão no estado LIGADO e isso gera uma situação
perigosa.
• Ao utilizar um sensor PNP, certifique-se de conectar a carga
PERIGO
entre a OSSD e 0 V. Efetuar essa conexão entre a OSSD e +24
V por engano irá inverter a operação da OSSD em relação ao
seu comportamento normal, o que é extremamente perigoso.
• Quando utilizar um sensor NPN, não provoque um curto-
circuito entre as OSSDs e 0 V. Caso contrário, as OSSDs
permanecem no estado LIGADO e isso gera uma situação
perigosa.
• Ao utilizar um sensor NPN, certifique-se de conectar a carga
entre a OSSD e +24 V. Efetuar essa conexão entre a OSSD e 0
V por engano irá inverter a operação da OSSD em relação ao
seu comportamento normal, o que é extremamente perigoso.
• Para impedir maus funcionamentos provocados por falhas
de aterramento no fio da saída OSSD, efetue o cabeamento
de forma que sejam atendidos os requisitos especificados
no parágrafo 9.4.3 da IEC 60204-1.

BR GS (Non-contact) IM 6
4-3 Função de travamento Tipo de função avançada 4-5 Saída AUX
O travamento é uma função que impede que as OSSDs entrem Trata-se de uma saída de informações utilizada para verificar o estado de
automaticamente no estado LIGADO a partir do estado DESLIGADO. Isso operação da GS (sem contato).
impede a partida e/ou reinicialização inesperada da máquina se o As saídas AUX que LIGAM/DESLIGAM são ligadas à abertura/fechamento
travamento for aplicado à GS (sem contato). É necessário realizar a da porta.
operação de reinicialização para que a GS (sem contato) retorne à operação
normal após a condição de travamento. As saídas AUX não podem ser utilizadas como saídas de
PERIGO segurança para um sistema de controle relacionado à
segurança.
Indicação A função de travamento não pode ser definida no tipo de
função simples e no tipo padrão. A função de travamento está • Se ocorrer um erro no sensor, as saídas AUX são LIGADAS.
fixa em Automática.

No tipo de função avançada, a configuração da função de travamento pode


ser selecionada entre dois tipos: Automática e Manual.

Automática e Manual indicam as seguintes operações.


Automática:
As OSSDs passam imediatamente para o estado LIGADO quando são
atendidas as condições para tal — como a porta estar fechada.
Manual:
Mesmo que as condições para comutar as OSSDs para o estado LIGADO
sejam atendidas, as OSSDs mantêm o estado DESLIGADO (estado de
travamento).
<Término do estado de travamento>
Para definir as OSSDs para o estado LIGADO e ligar a máquina, feche a
porta na qual a GS (sem contato) foi instalada e efetue a operação de
reinicialização após a conclusão dos preparativos para ligar a máquina. Isso
define as OSSDs para o estado LIGADO e encerra o estado de travamento.

 Configurações da função de travamento


Use o cabeamento para definir as configurações. O método de cabeamento
varia conforme se “4-4 Função EDM” (página 7) é utilizado.
Entrada de seleção da
Travamento Função Entrada de reinicialização/
função de travamento/
função EDM EDM (amarelo)
EDM (rosa)
Automática Não usar 0V 0V
Conectado a 24 V através de
Automática Usar Aberta
um contato de relé NF
Conectado a 24 V através de
Manual Não usar um interruptor de Conectado a 24 V
reinicialização NA
Conectado a 24 V através de
um interruptor de
Manual Usar Conectado a 24 V
reinicialização NA e um
contato de relé NF

• Confirme que não há ninguém na zona de risco antes que a


condição de travamento seja encerrada (ou seja, quando o
sistema da máquina for reiniciado) pelo mecanismo de
reinicialização de travamento.
• Instale o interruptor, etc. para liberar o estado de
travamento em uma posição onde seja possível verificar a
totalidade da zona de risco e onde o interruptor, etc. não
PERIGO possa ser operado a partir do interior da zona de risco.
• Quando a função de travamento estiver definida para
Automática, é necessário garantir a segurança de todo o
sistema de controle a fim de evitar que ocorram partidas
inesperadas.
• Cuide para impedir que a entrada de reinicialização/EDM
estabeleça um curto-circuito com outras entradas ou
saídas.

4-4 Função EDM Tipo de função avançada

A GS (sem contato) pode monitorar o estado de dispositivos externos, como


relés guiados por força ou contatores conectados à OSSD para detectar a
falha do dispositivo externo (como uma adesão de contato), assim
permitindo o controle de início ou parada do risco da máquina. Essa função
de monitoramento é denominada função EDM.
 Configurações da função EDM
Use o cabeamento para definir as configurações. O cabeamento varia
conforme se é utilizada a função de travamento. Para detalhes, consulte
“4-3 Função de travamento” (página 7).

7 BR GS (Non-contact) IM
Capítulo 5 Especificações 5-2 Especificações
 Especificações

5-1 Descrição do número do Modelo Modelo


GS-
10PC
GS-
11P5
GS-
11N5
GS-
11P10
GS-
11N10
GS-
11PC
GS-
13P5
GS-
13PC
Tipo de
Unidade principal Tipo função Tipo padrão
Tipo de função
avançada
simples

GS - 1 1 P * 5 Tipo de saída
Sao
PNP PNP NPN PNP NPN PNP PNP PNP

(DESLIGADA 10 mm
 LIGADA)
Frente
Comprimento do cabo Sar
* somente necessário ao usar (LIGADA  18 mm
a conexão com fio solto Distância DESLIGADA)
operacional Sao
C: conector M12; em branco: (DESLIGADA 6 mm
fios soltos  LIGADA)
Lateral
Sar
P: PNP, (LIGADA  14 mm
N: NPN DESLIGADA)

0: função simples, Detectar 


Não 20 ms + 2 ms × (número de unidades em cascata - 1)
1: padrão, Tempo de detectar
3: função avançada resposta Detecção
(ms)*1 Não
1: sem contato detectar  30 ms + 25 ms × (número de unidades em cascata - 1)
Detectar
Operação Frequência de
Cabo da porta operação aceitável
3 Hz

Padrão - 30 unidades no máximo

GS - P 5 C 5 Em cascata Utilizando o conector


Máximo
de 4
- -
em formato de Y unidades
*2

Comprimento do cabo Saída Saídas de transistor × 2


Corrente de carga
PNP: máx. de 150 mA, NPN: máx. de 100 mA
C: cabo padrão máxima
CC: cabo de extensão Tensão residual
Máx. de 2,5 V (com um comprimento de cabo de 5 m)
(enquanto LIGADA)
Saída de
5: 5 pinos (função simples) controle Tensão do estado
8: 8 pinos (padrão) Máx. de 2,0 V (com um comprimento de cabo de 5 m)
(saída DESLIGADO
12: 12 pinos (função avançada) OSSD)
Corrente de fuga Máx. de 500 μA
Carga capacitiva
2,2 μF
máxima
Resistência da fiação
Máx. de 2,5 
de carga
Saída Saída de transistor
AUX Número de saídas 1
(saída não
relacionada Corrente de carga
50 mA
à máxima
segurança) Tensão residual
Máx. de 2,5 V (com um comprimento de cabo de 5 m)
(enquanto LIGADA)
Entrada Entrada de segurança - Aprox. 1,5 mA × 2
externa
(Corrente Entrada de Aprox.
de curto- -
reinicialização/EDM 5,0 mA × 1
circuito)

Fonte de Tensão de alimentação 24 VCC ±20% (oscilação P-P de 10% ou menos, Classe 2)
alimentação Consumo de energia 0,8 W*3
Proteção contra corrente reversa, proteção contra curto-circuito e
Circuito de proteção
contra surto para cada saída
IP65/67(IEC60529), IP69K(ISO20653) (certificada pela TÜV SÜD)
Grau de proteção
Tipo de alojamento 3/4X/12/13 (NEMA250)
Temperatura do
-20°C a +55°C (sem congelar)
ambiente operacional
Temperatura de
-25°C a +70°C (sem congelar) *4
armazenamento
Resistência
Umidade operacional
ambiental 5% a 95% UR
relativa
Umidade relativa de
5% a 95% UR
armazenamento
10 a 55 Hz, amplitude dupla 3,0 mm,
Resistência à vibração
5 minutos em cada uma das direções X, Y e Z (IEC 60947-5-3)
Resistência a choque 30 G nas direções X, Y e Z, 6 vezes em cada eixo (IEC 60947-5-3)
Unidade Caixa Zinco fundido (niquelado), PBT, PAR
principal
Material do sensor Cabo PVC

Atuador Caixa SUS430, SUS304, PBT

Peso Aprox. Aprox. Aprox. Aprox.


Aprox. 270 g Aprox. 480 g
80 g 80 g 280 g 80 g
*1 O tempo de risco conforme IEC60947-5-3 é de 150 ms + 2 ms × (número de unidades em cascata - 1).
*2 Quando as saídas AUX de cada unidade não são utilizadas, é possível efetuar conexão em cascata de
até 10 unidades.
*3 A corrente de carga foi excluída.
*4 Quando armazenada por um período de tempo prolongado, armazenar a uma temperatura de 55°C ou
inferior.

 Parâmetros relacionados à segurança


Tempo de missão 20 anos
Tolerância de falhas do hardware 1
Tipo de elemento B
Nível de desempenho e
Categoria 4
SIL 3

 PFH (IEC 61508)


Função de travamento 4,78×10-10

BR GS (Non-contact) IM 8
Capítulo 6 Apêndice 6-2 Dimensões
 Montagem direta
6-1 Descrições do indicador Unidade principal do sensor

3 (centro de detecção)

(centro de detecção)
(1) Indicador altamente visível

24

48
38
2 - 4,2 × 9,2 orifícios passantes

GS-11P5
7,4 × 12,4 profundidade do
escareamento: 4,2

5
(ambas as superfícies)

15
5
30

ø5
(2) Indicador da OSSD OSSD
,2 GS-13P5
9 núcleos × azul/marrom: 0,22 mm2
Preto, cinza, vermelho/branco,
(3) Indicador de ENTRADA INPUT vermelho/preto, branco, rosa,
amarelo: 0,14 mm2
5,9
(centro de
PRONTA READY GS-11P5/GS-11N5/GS-11P10/GS-11N10 detecção)
8 núcleos × azul/marrom: 0,22 mm2
Preto, cinza, vermelho/branco, 11,8
vermelho/preto, branco, azul claro: 0,14 mm2
Unidade: mm

(1) Indicador altamente visível Atuador


Status Status da
Cor da
Status Detalhes da detecção do
luz de
OSSD atuador 12,5
fíc
io o
ori ed
Verde ACESA Durante a operação normal. ACESA Detectado 7 4 ,2 te idad : 4,2
2-øedian fund ento
Laranja Estado de erro. A GS (sem contato) APAGADA Incerta m pro am
Piscando ø8 care
detectou um erro. es

5
ACESA Porta, etc. está aberta. APAGADA Não detectado
Vermelha Piscando Estado de erro. A GS (sem contato) APAGADA Incerta
(rapidamente) detectou um erro.
Alimentação de energia

48

38
APAGADA - APAGADA Incerta
DESLIGADA.

(2) Indicador da OSSD


5,9
Status Status da (centro de detecção)
Cor da
Status Detalhes da detecção do
luz 11,8 Unidade: mm
OSSD atuador
ACESA A OSSD está LIGADA. ACESA Detectado
Verde A OSSD está LIGADA, mas o
Piscando estado está instável, como a porta ACESA Detectado
começando a abrir.
Vermelha ACESA A OSSD está DESLIGADA. APAGADA Incerta

(3) Indicador de ENTRADA PRONTA


Status Status da
Cor da
Status Detalhes da detecção do
luz
OSSD atuador
Estado de espera da liberação do
ACESA travamento (aguardando pela APAGADA Detectado
Amarelo entrada de reinicialização).
As entradas de segurança estão
Piscando APAGADA Incerta
DESLIGADAS.
APAGADA - Outro estado. Incerta Incerta

9 BR GS (Non-contact) IM
6-3 Resolução de problemas 6-4 Inspeção e manutenção
Inspecione a função de segurança da GS (sem contato) com base nos
Se a operação da GS (sem contato) estiver anormal, identifique a causa do resultados de uma avaliação de risco da máquina-alvo. É altamente
erro e execute as contramedidas conforme as tabelas a seguir. recomendado que, no mínimo, os seguintes itens e períodos sejam
atendidos.
 [A] A OSSD não LIGA (ou DESLIGA inesperadamente).
• Para impedir danos devido à partida da máquina, garanta
Método de cuidadosamente que ninguém esteja presente na zona de
Possível causa Contramedida
confirmação PERIGO risco durante a inspeção.
O indicador • Caso algum erro seja encontrado na GS (sem contato)
A GS (sem contato) está em Identifique a causa do erro e
altamente visível como resultado da inspeção, não opere a máquina.
estado de erro. implemente contramedidas.
pisca em vermelho.
O indicador Traga o atuador para dentro do
O atuador não é detectado.
altamente visível intervalo de detecção.
está ACESO em  Inspeção inicial
O atuador está quebrado. vermelho. Substitua o atuador.
Itens
O indicador de
As entradas de segurança não
ENTRADA PRONTA LIGUE as entradas de segurança.  O sensor e atuador estão instalados com base nas condições de
estão LIGADAS. instalação, métodos de instalação e especificações de cabeamento
pisca em amarelo.
O indicador de especificadas neste manual.
A unidade está no estado de Libere o estado de travamento por  As funções de segurança sendo utilizadas (“4-1 OSSD” (página 6), “4-2
ENTRADA PRONTA
reinicialização de travamento ATIVAR a entrada de Entrada de segurança” (página 6), “4-3 Função de travamento” (página
está ACESO em
pronto. REINICIALIZAÇÃO/EDM.
amarelo. 7) ou “4-4 Função EDM” (página 7)) operam conforme o pretendido.
O sensor e o atuador estão a
uma distância maior que a
distância operacional — Verifique a instalação.  Inspeção periódica
especificada Sao (DESLIGADO
→LIGADO). Períodos
A unidade é afetada por metal Se apenas houver ação pouco frequente de mudança de estado do
— Verifique a instalação.
nos arredores. travamento ou se um interruptor de parada de emergência estiver conectado
A unidade é afetada por às entradas de segurança, a inspeção deve ser realizada dentro dos
— Verifique a instalação. intervalos de teste a seguir, em conformidade com a ISO 14119:
interferência de outros sensores.
• SIL3/PLe: uma vez ao mês ou mais
 [B] A OSSD não DESLIGA (ou LIGA inesperadamente). • SIL2/PLd: uma vez ao ano ou mais

Método de Itens
Possível causa Contramedida
confirmação  Se um interruptor de parada de emergência estiver conectado à entrada
O sensor e o atuador estão a de segurança, a função de segurança age corretamente quando o
uma distância menor que a interruptor de parada de emergência é pressionado.
distância operacional — Verifique a instalação.  Não há alterações nas condições de montagem do sensor e atuador ou
especificada Sar (LIGADO→ nas portas, etc. nas quais esses dispositivos estão instalados.
DESLIGADO).
 A porta, etc. não está deformada.
A unidade é afetada por metal  Não há alterações no status de instalação que venham a afetar os
— Verifique a instalação.
nos arredores.
resultados da avaliação de riscos executada no início da instalação.
A unidade é afetada por  As vedações foram aplicadas corretamente caso vedações tenham sido
interferência de outros — Verifique a instalação. aplicadas aos parafusos de montagem.
sensores.
 Não estão presentes danos ou sujeira excessivos.
O indicador de
A fiação da conexão em Verifique a fiação da entrada de
ENTRADA PRONTA
cascata está incorreta. segurança. Especialmente nos casos a seguir, verificar os mesmos detalhes que na
está apagado.
inspeção inicial.
• Quando é efetuada uma alteração na instalação, no cabeamento ou nas
 [C] A OSSD LIGA e DESLIGA algumas vezes. funções
Método de • Quando o sensor ou atuador for substituído.
Possível causa Contramedida
confirmação • Quando o equipamento não for usado por um longo período de tempo
Verifique o ambiente de ruídos em • Quando ocorrer um defeito
O sensor está sujeito a ruídos. —
torno da fiação.
A unidade é afetada por metal Guarde os resultados da inspeção juntamente com os registros da máquina.
— Verifique a instalação.
nos arredores.
A unidade é afetada por Erros encontrados no sensor ou no atuador não podem ser reparados pelo
interferência de outros — Verifique a instalação. cliente. Substitua o produto por um novo ou entre em contato com o escritório
sensores. mais próximo da KEYENCE.
O sensor e o atuador estão a
uma distância entre a distância
operacional especificada Sao — Verifique a instalação.
(DESLIGADO→LIGADO) e Sar
(LIGADO→DESLIGADO).

 [D] O dispositivo conectado LIGA/DESLIGA repetidamente a


OSSD em alta velocidade (trepidação).
Método de
Possível causa Contramedida
confirmação
A OSSD DESLIGA
periodicamente pela função de Selecione um dispositivo que não
autodiagnóstico, mas o detecte o sinal periódico de

dispositivo conectado pode DESLIGADA da OSSD para o
estar reconhecendo esse sinal dispositivo conectado.
de DESLIGADA breve.

 [E] Sem luzes indicadoras.


Método de
Possível causa Contramedida
confirmação
Certifique-se de que a tensão de
A alimentação está desligada Fiação da tensão de alimentação está dentro da faixa nas
ou a tensão de alimentação é alimentação ou da especificações.
insuficiente. fonte de alimentação Conecte corretamente a fonte de
alimentação.
Um cabo de extensão ou outro Status de conexão
Se necessário, conecte as partes
cabo conector semelhante não dos cabos
novamente.
está conectado corretamente. conectores

BR GS (Non-contact) IM 10
11 BR GS (Non-contact) IM
Garantia
Os produtos KEYENCE são rigorosamente inspecionadas na fábrica. No entanto,
em caso de constatação de um defeito, entre em contato com o escritório mais
próximo da KEYENCE com detalhes do problema.

1. Validade da garantia
O período de garantia será de um ano a contar da data da entrega do produto
no local especificado pelo comprador.

2. Âmbito da garantia
(1) Se uma falha atribuível a KEYENCE ocorrer dentro do período de garantia
acima referido, repararemos o produto gratuitamente. No entanto, os seguintes
casos devem ser excluídos do âmbito da garantia.
• Qualquer falha resultante de condições inadequadas, ambientes impróprios,
manuseio inadequado, ou utilização indevida, diferentes dos descritos no
manual de instruções, no manual do usuário ou nas especificações
especialmente acordadas entre o comprador e a KEYENCE.
• Qualquer falha resultante de outros fatores que um defeito de nosso produto,
tais como o equipamento do comprador ou o projeto de software do
comprador.
• Qualquer defeito resultante de alterações ou reparos efetuados por qualquer
pessoa que não faça parte do pessoal da KEYENCE.
• Qualquer defeito que possa ser com certeza evitado quando a peça ou
peças descartáveis em questão forem mantidas ou substituídas
corretamente, conforme descrito no manual de instruções, manual do
usuário, etc.
• Qualquer falha causada por um fator imprevisível em nível científico/técnico
no tempo em que o produto foi despachado da KEYENCE.
• Qualquer desastre como incêndios, terremotos e inundações ou qualquer
outro fator externo, tais como tensão anormal, pelos quais não somos
responsáveis.
(2) O âmbito da garantia é limitada ao estabelecida no item (1), e a KEYENCE não
se responsabiliza por qualquer dano secundário do comprador (dano ao
equipamento, custo de oportunidade, lucros cessantes, etc.) ou qualquer outro
dano resultante de um defeito em nosso produto.

3. Aplicabilidade do produto
Os produtos da KEYENCE são projetados e fabricados como produtos de
propósito geral para indústrias em geral.
Desse modo, nossos produtos não se destinam as aplicações abaixo e não
são aplicáveis a elas. Se no entanto o comprador nos consultar com
antecedência no tocante ao emprego de nosso produto, compreender as
especificações, classificações e desempenho do produto sob a sua própria
responsabilidade e tomar as medidas de segurança necessárias, o produto
poderá ser utilizado. Neste caso, o âmbito da garantia sera o mesmo do acima
especificado.
• Instalações onde o produto pode afetar significativamente a vida humana ou
a propriedade, tais como usinas de energia nuclear, viagens aéreas,
ferrovias, navios, a motor ou equipamentos médicos
• Serviços de utilidade pública, tais como de fornecimento de eletricidade,
gás e água
• Uso ao ar livre, em condições ou em ambientes semelhantes
KB 1121-2

N.º de controle do documento 1477BAE218-04

Copyright (c) 2021 KEYENCE CORPORATION. All rights reserved.


16712BR 2011-1 16712BR Printed in Japan

BR GS (Non-contact) IM 12

Você também pode gostar