Você está na página 1de 6

Nº 14, 02 de Março de 2021

Documento Científico
Departamentos Científicos de
Aleitamento Materno, Imunizações
e Infectologia (2019-2021)

Vacinação contra COVID-19


em Lactantes

Departamento Científico de Aleitamento


Presidente: Luciano Borges Santiago
Secretária: Rossiclei de Souza Pinheiro
Conselho Científico: Ana Luiza Velloso de Paz Matos, Elsa Regina Justo Giugliani,
Graciete Oliveira Vieira, José Vicente de Vasconcellos,
Maria Beatriz Reinert do Nascimento, Roberto Mario Silva Issler,
Vilneide Maria Santos Braga D. Serra, Yechiel Moises Chencinski

Departamento Científico de Imunizações


Presidente: Renato de Ávila Kfouri
Secretária: Tânia Cristina de M. Barros Petraglia
Conselho Científico: Eduardo Jorge da Fonseca Lima, Helena Keico Sato, Heloisa Ihle Giamberardino,
Solange Dourado de Andrade, Sonia Maria de Faria, Ricardo Queiroz Gurgel,
Maria do Socorro Ferreira Martins

Departamento Científico de Infectologia


Presidente: Marco Aurélio Palazzi Sáfadi (Relator)
Secretária: Cristina Rodrigues
Conselho Científico: Aroldo Prohmann de Carvalho, Analíria Moraes Pimentel, Eitan N. Berezin,
Euzanete Coser, Maria Ângela Wanderley Rocha, Silvia Regina Marques

Introdução identificou nenhum tratamento antiviral especí-


fico contra esse agente.

A COVID-19, doença causada pelo novo Por outro lado, menos de um ano após seu
Coronavírus (SARS-CoV-2), surpreendeu o mun- sequenciamento genômico, em função de um
do por ter rápida disseminação e ser potencial- grande esforço científico mundial nunca visto
mente grave; até o presente momento não se antes, as primeiras vacinas estão em licencia-

1
Vacinação contra COVID-19 em Lactantes

mento no mundo, de diferentes tecnologias, com


Vacinas COVID-19 em Lactantes
grande potencial de redução de mortes e de for-
mas graves da doença e, também, de controle da
pandemia1. A Organização Mundial da Saúde (OMS) se
Entretanto, diante da rapidez fundamental posiciona claramente: “Se uma mulher que ama-
para se chegar aos resultados, nem todos os gru- menta faz parte de um grupo (por exemplo, pro-
pos prioritários, etários e especiais, puderam ser fissionais de saúde) em que se recomenda a va-
incluídos nos estudos iniciais. O licenciamento cinação, a mesma pode ser oferecida. A OMS não
emergencial de vacinas pressupõe informações preconiza a interrupção da amamentação após a
mínimas necessárias, como a determinação da vacinação”4.
segurança dos produtos e a demonstração de No Brasil, duas vacinas têm sido utilizadas
sua eficácia em populações estudadas. até o momento: a vacina Coronavac (Sinovac/Bu-
Neste momento de enfrentamento da pande- tantan), de vírus inteiro inativado e a vacina As-
mia e com a disponibilidade das primeiras vaci- traZeneca/Oxford/Bio-Manguinhos, que utiliza a
nas em nosso país, nos deparamos com grupos tecnologia de vetor viral, ambas consideradas,
como gestantes, puérperas e lactantes, em que conceitualmente, vacinas inativadas.
precisamos decidir pela vacinação ou não, en- Na Bula da Vacina Coronavac (Sinovac/Butan-
quanto não dispomos de estudos específicos. tan)5 não consta a contraindicação da vacinação
A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), em gestantes, mas sim a precaução, além da falta
por meio de seus Departamentos Científicos de de informações em relação a lactantes: “Gravidez
Imunização, Infectologia e Aleitamento Mater- – Categoria B - Este medicamento não deve ser uti-
no, fez uma revisão sobre os dados disponíveis lizado por mulheres grávidas sem orientação mé-
e orienta a vacinação contra a COVID-19 para dica ou do cirurgião-dentista. Não existe informa-
lactantes. ção sobre o uso da vacina durante a lactação”.

Na Bula da Vacina AstraZeneca/Oxford/Bio-


-Manguinhos também há ressalvas quanto ao
uso da vacina em lactantes: “Gravidez e amamen-
Vacinação de Lactantes tação Categoria C. Este medicamento não deve ser
utilizado por mulheres grávidas sem orientação
médica. Informe o seu profissional de saúde se
As vacinas inativadas têm sido utilizadas há você estiver grávida, amamentando, pensando
décadas em lactantes, sem nenhum risco ou pre- engravidar ou planejando ter um bebê. Há dados
juízo ao recém-nascido ou lactente. O puerpério, limitados sobre o uso da vacina COVID-19 (re-
inclusive, é considerado um excelente momento combinante) em mulheres grávidas ou que este-
de atualização do calendário vacinal da mulher2. jam amamentando. Seu profissional de saúde dis-
cutirá com você se você pode receber a vacina”.
Vacinas de vírus vivos atenuados também
são consideradas seguras para as nutrizes, com Já no principal documento nacional, que de-
exceção da vacina febre amarela, já que foram fine as ações vacinais no Sistema Único de Saúde
relatados alguns casos de infecção do lactente brasileiro (SUS), a Nota Técnica do Ministério da
pelo vírus vacinal após a imunização materna. Saúde (MS)6 - Programa Nacional de Imunização
No caso da necessidade de vacinar mulheres que (PNI) de 29 de janeiro de 2021 há a orientação
estão amamentando bebês menores de seis me- da vacinação de gestantes e lactantes também
ses de idade contra a febre amarela, a recomen- com PRECAUÇÃO, já que a segurança e a eficá-
dação é suspender o aleitamento materno por cia das vacinas não foram avaliadas nesse gru-
um período de dez dias3. po. Portanto, a vacinação só deveria ocorrer se a

2
Departamentos Científicos de Aleitamento Materno, Imunizações e Infectologia (2019-2021) • Sociedade Brasileira de Pediatria

mulher, juntamente com seu médico chegasse a • Eventos adversos que venham a ocorrer com a
uma decisão compartilhada a favor da aplicação gestante após a vacinação deverão ser notifica-
(vide texto a seguir): dos no e-SUS notifica, bem como quaisquer even-
tos adversos que ocorram com o feto ou com o
• Grupos especiais: GESTANTES, PUÉRPERAS E
recém-nascido até 6 meses após o nascimento.
LACTANTES:
• A segurança e eficácia das vacinas não foram O Informe técnico não deixa claro se essa de-
avaliadas nestes grupos, no entanto estudos em cisão deve ser apenas comunicada verbalmente
animais não demonstraram risco de malforma- ou por algum documento escrito específico.
ções.
Vários outros documentos que surgiram se-
• Para as mulheres pertencentes ao grupo de ris- guiram essa mesma linha da nota do MS (deixan-
co e nestas condições, a vacinação poderá ser do a decisão para a mulher e o médico prescritor),
realizada após avaliação cautelosa dos riscos e entre eles o da Federação Brasileira de Ginecolo-
benefícios e com decisão compartilhada, entre a gia e Obstetrícia (FEBRASGO)7, um consenso das
mulher e seu médico prescritor. filiadas Associação de Ginecologia e Obstetrícia
• As gestantes e lactantes devem ser informadas do Estado do Rio de Janeiro e Associação de Obs-
sobre os dados de eficácia e segurança das va- tetrícia e Ginecologia de Santa Catarina, e o The
cinas conhecidos, assim como os dados ainda American College of Obstetricians and Gynecolo-
não disponíveis. A decisão entre o médico e a gists (ACOG)8.
paciente deve considerar:
Por outro lado, além da OMS, outras entida-
– O nível de potencial contaminação do vírus na des internacionais se posicionaram claramente a
comunidade; favor da vacinação nestes grupos, especialmen-
– A potencial eficácia da vacina; te em lactantes.
– O risco e a potencial gravidade da doença ma- O E-lactancia9, site destinado principalmente
terna, incluindo os efeitos no feto e no recém- a estudos de compatibilidade ou não de medica-
-nascido e a segurança da vacina para o binô- mentos e substâncias utilizadas pela mulher du-
mio materno-fetal. rante a amamentação, se posiciona a favor da va-
• O teste de gravidez não deve ser um pré-requi- cinação de lactantes (situação bastante segura,
sito para a administração das vacinas nas mu- provavelmente compatível, risco leve ou pouco
lheres com potencial para engravidar e que se provável), citando nominalmente as vacinas da
encontram em um dos grupos prioritários para Pfizer, Moderna e Oxford.
vacinação;
A ABM (Academy of Breastfeeding Medicine)10
• As gestantes e lactantes, pertencentes aos gru- confirma que há pouca plausibilidade biológica
pos prioritários, que não concordarem em serem de que a vacina cause danos aos lactentes e cha-
vacinadas, devem ser apoiadas em sua decisão e ma a atenção para os anticorpos para SARS-CoV-2
instruídas a manter medidas de proteção como provindos do leite de mulheres vacinadas que po-
higiene das mãos, uso de máscaras e distancia- dem proteger a criança amamentada.
mento social;
Um benefício claro da vacinação da gestan-
• Caso opte-se pela vacinação das lactantes o alei-
te e/ou da lactante é propiciar a proteção destas
tamento materno não deverá ser interrompido;
mulheres contra a COVID-19, diminuindo, por-
• A vacinação inadvertida das gestantes (sem in- tanto, o risco teórico de transmitir a infecção aos
dicação médica) deverá ser notificada no siste- filhos destas mães vacinadas. Além disso, o leite
ma de notificação e-SUS notifica como um “erro materno contém anticorpos (IgA secretória con-
de imunização” para fins de controle e monito- tra o SARS-CoV-2) que poderiam potencialmente
ramento de ocorrência de eventos adversos; proteger o bebê amamentado da COVID-1911.

3
Vacinação contra COVID-19 em Lactantes

São citadas como referências as orientações


Conclusão
vacinais do Centers for Disease Control and Pre-
vention (CDC)12 que, por seu comitê de imuniza-
ções (Advisory Committee on Immunization Prac- A SBP é enfática em recomendar a vacinação
tices - ACIP), defende ser altamente improvável de mulheres que, na sua oportunidade de vaci-
que os componentes das vacinas contra CO- nação, estiverem amamentando, independente-
VID-19 possam ser excretados no leite materno mente da idade de seu filho, sem necessidade de
e, mesmo que o fossem, seriam digeridos no in- interrupção do aleitamento materno, ressaltan-
testino dos lactentes. O CDC ainda confirma que do todos os benefícios de ambas as ações (imu-
atualmente nenhuma das vacinas utiliza vírus nização e amamentação).
vivos e, portanto, não podem provocar a doença
Em relação à administração de vacinas
COVID-19 e nem alterar o material genético de
COVID-19 durante a gestação a posição da SBP
quem as recebe.
é que ela poderá ser realizada após avaliação
Finalizam dizendo que: “A vacina contra cautelosa dos riscos e benefícios e com deci-
COVID-19 não deve impedir o início da amamen- são compartilhada, entre a mulher e seu médi-
tação e nem obriga a sua interrupção”. co prescritor. As gestantes que eventualmente
forem vacinadas inadvertidamente devem ser
Outro aspecto a ser considerado, é que a
informadas pelos profissionais sobre a baixa
maioria dos especialistas e organismos nacio-
probabilidade de risco e encaminhadas para o
nais e internacionais preconizam que mulheres
acompanhamento pré-natal de rotina13.
em vigência de COVID-19 amamentem seus fi-
lhos, com os devidos cuidados, ou seja, não pare- Por fim, dada à importância de reduzir o risco
ce haver risco de transmissão do vírus pelo leite de COVID-19 para lactantes e seus recém-nasci-
materno durante um episódio de infecção natu- dos, é essencial determinar o perfil de segurança
ral, tampouco é de se imaginar algum prejuízo dessa imunização, e a SBP enfatiza a necessida-
com vacinas inativadas que não contém partícu- de de estudos com o uso das vacinas COVID-19
las virais viáveis. em gestantes e lactantes a fim de subsidiar reco-
mendações baseadas em evidências.

4
Departamentos Científicos de Aleitamento Materno, Imunizações e Infectologia (2019-2021) • Sociedade Brasileira de Pediatria

REFERÊNCIAS

01. Conte C, Sogni F, Affanni P, et al. Vaccines against 08. The American College of Obstetricians and
Coronaviruses: The State of the Art. Vaccines Gynecologists. Vaccinating Pregnant and
(Basel). 2020;8(2):309. Lactating Patients Against COVID-19. Disponível
em: https://www.acog.org/clinical/clinical-
02. Vojtek I, Dieussaert I, Doherty TM, et al. Maternal guidance/practice-advisory/articles/2020/12/
immunization: where are we now and how to vaccinating-pregnant-and-lactating-patients-
move forward? Ann Med. 2018;50(3):193-208. against-covid-19 Acesso em 15 de fevereiro de
2021.
03. Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm).
Calendário Vacinal SBIm Gestantes. Disponível 09. E-lactancia. COVID-19 Vaccine. Disponível em:
em: https://sbim.org.br/images/calendarios/ http://www.e-lactancia.org/breastfeeding/
calend-sbim-gestante.pdf Acesso em 15 de covid-19-vaccine/product Acesso em 15 de
fevereiro de 2021. fevereiro de 2021.
04. World Health Organization. Who can take the 10. Academy of Breastfeeding Medicine.
Pfizer-Bionttech COVID-19 vaccine? Disponível Consideration for COVID-19 Vaccination
em: https://www.who.int/news-room/feature- in Lactation. Disponível em: https://
stories/detail/who-can-take-the-pfizer-biontech- a b m . m e m b e rc l i c k s . n e t /a b m - s t a t e m e n t -
covid-19-vaccine Acesso em 15 de fevereiro de considerations-for-covid-19-vaccination-in-
2021. lactation Acesso em 15 de fevereiro de 2021.
05. Instituto Butantan. Diretrizes de texto de 11. Fox A, Marino J, Amanat F, et al. Robust and specific
bula - Profissional da saúde. Disponível em: secretory IgA against SARS-CoV-2 detected in
https://vacinacovid.butantan.gov.br/assets/ human milk. iScience 2020;23:101735
arquivos/Bulas_Anvisa/Bula_PS_vacina%20
adsorvida%20covid-19%20(inativada).pdf 12. Centers for Disease Control and Prevention.
Acesso em 15 de fevereiro de 2021. Vaccination considerations for people who are
Pregnant or Breastfeeding. Disponível em: https://
06. Ministério da Saúde. Informe Técnico - Campanha www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/vaccines/
Nacional de Vacinação contra a COVID-19. recommendations/pregnancy.html Acesso em 15
Disponível em: https://www.conasems.org.br/ de fevereiro de 2021.
wp-content/uploads/2021/01/1611078163793_
Informe_Tecnico_da_Campanha_Nacional_de_ 13. Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).
Vacinacao_contra_a_Covid_19-1.pdf Acesso em Vacinas COVID-19: Atualização. Disponível
15 de fevereiro de 2021. em: https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_
upload/22908f-GPA-Vacinas_COVID19_-_
07. Federação Brasileira das Associações de Atualizacao.pdf Acesso em 15 de fevereiro de
Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo). 2021.
Recomendações Febrasgo na Vacinação de
Gestantes e Lactantes contra COVID-19.
Disponível em: https://www.febrasgo.org.br/pt/
noticias/item/1207-recomendacao-febrasgo-na-
vacinacao-gestantes-e-lactantes-contra-covid-19
Acesso em 15 de fevereiro de 2021.

5
Vacinação contra COVID-19 em Lactantes

Diretoria
Triênio 2019/2021

PRESIDENTE: Grant Wall Barbosa de Carvalho Filho (RJ) Magda Lahorgue Nunes (RS) DF - SOCIEDADE DE PEDIATRIA DO DISTRITO FEDERAL:
Luciana Rodrigues Silva (BA) Sidnei Ferreira (RJ) Gisélia Alves Pontes da Silva (PE) Dennis Alexander Rabelo Burns
1º VICE-PRESIDENTE: Silvio Rocha Carvalho (RJ) Dirceu Solé (SP) ES - SOCIEDADE ESPIRITOSSANTENSE DE PEDIATRIA:
Clóvis Francisco Constantino (SP) Antônio Jose Ledo Alves da Cunha (RJ) Roberta Paranhos Fragoso
COMISSÃO EXECUTIVA DO EXAME PARA
2º VICE-PRESIDENTE: OBTENÇÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA EDITORES REVISTA RESIDÊNCIA PEDIÁTRICA GO - SOCIEDADE GOIANA DE PEDIATRIA:
Edson Ferreira Liberal (RJ) EM PEDIATRIA AVALIAÇÃO SERIADA Clemax Couto Sant’Anna (RJ) Marise Helena Cardoso Tófoli
COORDENAÇÃO: Marilene Augusta Rocha Crispino Santos (RJ) MA - SOCIEDADE DE PUERICULTURA E PEDIATRIA
SECRETÁRIO GERAL: DO MARANHÃO:
Sidnei Ferreira (RJ) Eduardo Jorge da Fonseca Lima (PE) EDITORA ADJUNTA:
Victor Horácio de Souza Costa Junior (PR) Márcia Garcia Alves Galvão (RJ) Marynea Silva do Vale
1º SECRETÁRIO: MEMBROS: MG - SOCIEDADE MINEIRA DE PEDIATRIA:
Ana Cristina Ribeiro Zöllner (SP) Henrique Mochida Takase (SP) CONSELHO EDITORIAL EXECUTIVO: Cássio da Cunha Ibiapina
2º SECRETÁRIO: João Carlos Batista Santana (RS) Sidnei Ferreira (RJ) MS - SOCIEDADE DE PED. DO MATO GROSSO DO SUL:
Paulo de Jesus Hartmann Nader (RS) Luciana Cordeiro Souza (PE) Isabel Rey Madeira (RJ) Carmen Lucia de Almeida Santos
Luciano Amedée Péret Filho (MG) Mariana Tschoepke Aires (RJ) MT - SOCIEDADE MATOGROSEENSE DE PEDIATRIA:
3º SECRETÁRIO: Mara Morelo Rocha Felix (RJ) Maria de Fátima Bazhuni Pombo March (RJ)
Virgínia Resende Silva Weffort (MG) Isabel Cristina Lopes dos Santos
Marilucia Rocha de Almeida Picanço (DF) Silvio da Rocha Carvalho (RJ)
Vera Hermina Kalika Koch (SP) Rafaela Baroni Aurílio (RJ) PA - SOCIEDADE PARAENSE DE PEDIATRIA:
DIRETORIA FINANCEIRA: Vilma Francisca Hutim Gondim de Souza
Maria Tereza Fonseca da Costa (RJ) Leonardo Rodrigues Campos (RJ)
DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS Álvaro Jorge Madeiro Leite (CE) PB - SOCIEDADE PARAIBANA DE PEDIATRIA:
2ª DIRETORIA FINANCEIRA: Nelson Augusto Rosário Filho (PR) Eduardo Jorge da Fonseca Lima (PE) Leonardo Cabral Cavalcante
Cláudio Hoineff (RJ) Sergio Augusto Cabral (RJ) Marcia C. Bellotti de Oliveira (RJ) PE - SOCIEDADE DE PEDIATRIA DE PERNAMBUCO:
3ª DIRETORIA FINANCEIRA: Katia Galeão Brandt
Hans Walter Ferreira Greve (BA) REPRESENTANTE NA AMÉRICA LATINA CONSULTORIA EDITORIAL: PI - SOCIEDADE DE PEDIATRIA DO PIAUÍ:
Ricardo do Rego Barros (RJ) Ana Cristina Ribeiro Zöllner (SP) Anenisia Coelho de Andrade
DIRETORIA DE INTEGRAÇÃO REGIONAL Fábio Ancona Lopez (SP)
Fernando Antônio Castro Barreiro (BA) DIRETORIA DE DEFESA DA PEDIATRIA Dirceu Solé (SP) PR - SOCIEDADE PARANAENSE DE PEDIATRIA:
COORDENAÇÃO: Joel Alves Lamounier (MG) Kerstin Taniguchi Abagge
COORDENADORES REGIONAIS Fabio Augusto de Castro Guerra (MG) RJ - SOCIEDADE DE PEDIATRIA DO ESTADO
NORTE: EDITORES ASSOCIADOS: DO RIO DE JANEIRO:
Bruno Acatauassu Paes Barreto (PA) MEMBROS: Katia Telles Nogueira
Gilberto Pascolat (PR) Danilo Blank (RS)
Adelma Alves de Figueiredo (RR) Paulo Roberto Antonacci Carvalho (RJ) RN - SOCIEDADE DE PEDIATRIA RIO GRANDE
Paulo Tadeu Falanghe (SP)
NORDESTE: Cláudio Orestes Britto Filho (PB) Renata Dejtiar Waksman (SP) DO NORTE:
Anamaria Cavalcante e Silva (CE) João Cândido de Souza Borges (CE) Katia Correia Lima
Eduardo Jorge da Fonseca Lima (PE) Anenisia Coelho de Andrade (PI) COORDENAÇÃO DO PRONAP RO - SOCIEDADE DE PEDIATRIA DE RONDÔNIA:
SUDESTE: Isabel Rey Madeira (RJ) Fernanda Luísa Ceragioli Oliveira (SP) Wilmerson Vieira da Silva
Rodrigo Aboudib Ferreira Pinto (ES) Donizetti Dimer Giamberardino Filho (PR) Tulio Konstantyner (SP)
Cláudia Bezerra de Almeida (SP) RR - SOCIEDADE RORAIMENSE DE PEDIATRIA:
Isabel Rey Madeira (RJ) Jocileide Sales Campos (CE) Adelma Alves de Figueiredo
SUL: Maria Nazareth Ramos Silva (RJ) COORDENAÇÃO DO TRATADO DE PEDIATRIA RS - SOCIEDADE DE PEDIATRIA DO RIO GRANDE DO SUL:
Darci Vieira Silva Bonetto (PR) Gloria Tereza Lima Barreto Lopes (SE) Luciana Rodrigues Silva (BA) Sérgio Luis Amantea
Helena Maria Correa de Souza Vieira (SC) Corina Maria Nina Viana Batista (AM) Fábio Ancona Lopez (SP) SC - SOCIEDADE CATARINENSE DE PEDIATRIA:
CENTRO-OESTE: Rosamaria Medeiros e Silva
Regina Maria Santos Marques (GO) DIRETORIA DOS DEPARTAMENTOS CIENTÍFICOS E DIRETORIA DE ENSINO E PESQUISA
Natasha Slhessarenko Fraife Barreto (MT) COORDENAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS Joel Alves Lamounier (MG) SE - SOCIEDADE SERGIPANA DE PEDIATRIA:
Dirceu Solé (SP) Ana Jovina Barreto Bispo
COMISSÃO DE SINDICÂNCIA COORDENAÇÃO DE PESQUISA SP - SOCIEDADE DE PEDIATRIA DE SÃO PAULO:
TITULARES: DIRETORIA-ADJUNTA DOS DEPARTAMENTOS Cláudio Leone (SP) Sulim Abramovici
Gilberto Pascolat (PR) CIENTÍFICOS TO - SOCIEDADE TOCANTINENSE DE PEDIATRIA:
Aníbal Augusto Gaudêncio de Melo (PE) Emanuel Savio Cavalcanti Sarinho (PE) COORDENAÇÃO DE GRADUAÇÃO Elaine Carneiro Lobo
Maria Sidneuma de Melo Ventura (CE) COORDENAÇÃO:
Isabel Rey Madeira (RJ) DOCUMENTOS CIENTÍFICOS Rosana Fiorini Puccini (SP) DIRETORIA DE PATRIMÔNIO COORDENAÇÃO:
Luciana Rodrigues Silva (BA) Fernando Antônio Castro Barreiro (BA)
SUPLENTES: Dirceu Solé (SP) MEMBROS:
Paulo Tadeu Falanghe (SP) Emanuel Sávio Cavalcanti Sarinho (PE) Rosana Alves (ES) Cláudio Barsanti (SP)
Tânia Denise Resener (RS) Joel Alves Lamounier (MG) Suzy Santana Cavalcante (BA) Edson Ferreira Liberal (RJ)
João Coriolano Rego Barros (SP) Angélica Maria Bicudo-Zeferino (SP) Sergio Antônio Bastos Sarrubo (SP)
Marisa Lopes Miranda (SP) DIRETORIA DE CURSOS, EVENTOS E PROMOÇÕES Silvia Wanick Sarinho (PE) Maria Tereza Fonseca da Costa (RJ)
Joaquim João Caetano Menezes (SP) Lilian dos Santos Rodrigues Sadeck (SP) COORDENAÇÃO DE RESIDÊNCIA E ESTÁGIOS ACADEMIA BRASILEIRA DE PEDIATRIA
CONSELHO FISCAL MEMBROS: EM PEDIATRIA PRESIDENTE:
TITULARES: Ricardo Queiroz Gurgel (SE) COORDENAÇÃO: Mario Santoro Júnior (SP)
Núbia Mendonça (SE) Paulo César Guimarães (RJ) Ana Cristina Ribeiro Zöllner (SP) VICE-PRESIDENTE:
Nelson Grisard (SC) Cléa Rodrigues Leone (SP) MEMBROS: Luiz Eduardo Vaz Miranda (RJ)
Antônio Márcio Junqueira Lisboa (DF) Eduardo Jorge da Fonseca Lima (PE) SECRETÁRIO GERAL:
COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DE REANIMAÇÃO Fátima Maria Lindoso da Silva Lima (GO)
SUPLENTES: NEONATAL Jefferson Pedro Piva (RS)
Adelma Alves de Figueiredo (RR) Maria Fernanda Branco de Almeida (SP) Paulo de Jesus Hartmann Nader (RS) DIRETORA DE COMUNICAÇÃO
João de Melo Régis Filho (PE) Ruth Guinsburg (SP) Victor Horácio da Costa Junior (PR) Conceição Ap. de Mattos Segre (SP)
Darci Vieira da Silva Bonetto (PR) Silvio da Rocha Carvalho (RJ)
COORDENAÇÃO PALS – REANIMAÇÃO PEDIÁTRICA Tânia Denise Resener (RS) DEPARTAMENTOS CIENTÍFICOS
ASSESSORES DA PRESIDÊNCIA PARA POLÍTICAS Alexandre Rodrigues Ferreira (MG) Delia Maria de Moura Lima Herrmann (AL) • Adolescência
PÚBLICAS: Kátia Laureano dos Santos (PB) Helita Regina F. Cardoso de Azevedo (BA) • Aleitamento Materno
COORDENAÇÃO: Jefferson Pedro Piva (RS) • Alergia
Maria Tereza Fonseca da Costa (RJ) COORDENAÇÃO BLS – SUPORTE BÁSICO DE VIDA Sérgio Luís Amantéa (RS) • Bioética
MEMBROS: Valéria Maria Bezerra Silva (PE) Susana Maciel Wuillaume (RJ) • Cardiologia
Clóvis Francisco Constantino (SP) Aurimery Gomes Chermont (PA) • Emergência
Maria Albertina Santiago Rego (MG) COORDENAÇÃO DO CURSO DE APRIMORAMENTO Luciano Amedée Péret Filho (MG) • Endocrinologia
Donizetti Dimer Giamberardino Filho (PR) EM NUTROLOGIA PEDIÁTRICA (CANP) • Gastroenterologia
Sérgio Tadeu Martins Marba (SP) Virgínia Resende Silva Weffort (MG) COORDENAÇÃO DE DOUTRINA PEDIÁTRICA • Genética
Alda Elizabeth Boehler Iglesias Azevedo (MT) Luciana Rodrigues Silva (BA) • Hematologia
Evelyn Eisenstein (RJ) PEDIATRIA PARA FAMÍLIAS Hélcio Maranhão (RN) • Hepatologia
Paulo Augusto Moreira Camargos (MG) Nilza Maria Medeiros Perin (SC) • Imunizações
João Coriolano Rego Barros (SP) Normeide Pedreira dos Santos (BA) COORDENAÇÃO DAS LIGAS DOS ESTUDANTES • Imunologia Clínica
Alexandre Lopes Miralha (AM) Marcia de Freitas (SP) Adelma Figueiredo (RR) • Infectologia
Virgínia Weffort (MG) André Luis Santos Carmo (PR) • Medicina da Dor e Cuidados Paliativos
Themis Reverbel da Silveira (RS) PORTAL SBP Marynea Silva do Vale (MA) • Nefrologia
Luciana Rodrigues Silva (BA) Fernanda Wagner Fredo dos Santos (PR) • Neonatologia
DIRETORIA DE QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO • Neurologia
PROFISSIONAL PROGRAMA DE ATUALIZAÇÃO CONTINUADA MUSEU DA PEDIATRIA
COORDENAÇÃO: • Nutrologia
Maria Marluce dos Santos Vilela (SP) À DISTÂNCIA • Oncologia
Edson Ferreira Liberal (RJ) Luciana Rodrigues Silva (BA) Edson Ferreira Liberal (RJ)
• Otorrinolaringologia
Edson Ferreira Liberal (RJ) MEMBROS: • Pediatria Ambulatorial
COORDENAÇÃO DE CERTIFICAÇÃO PROFISSONAL Natasha Slhessarenko Fraife Barreto (MT) Mario Santoro Junior (SP) • Ped. Desenvolvimento e Comportamento
José Hugo de Lins Pessoa (SP) Ana Alice Ibiapina Amaral Parente (RJ) José Hugo de Lins Pessoa (SP) • Pneumologia
• Reumatologia
COORDENAÇÃO DE ÁREA DE ATUAÇÃO DIRETORIA DE PUBLICAÇÕES REDE DA PEDIATRIA • Saúde Escolar
Mauro Batista de Morais (SP) Fábio Ancona Lopez (SP) COORDENAÇÃO: • Segurança
Kerstin Tanigushi Abagge (PR) Luciana Rodrigues Silva (BA) • Sono
Ana Alice Ibiapina Amaral Parente (RJ) EDITORES DA REVISTA SBP CIÊNCIA Rubem Couto (MT) • Suporte Nutricional
Joel Alves Lamounier (MG) AC - SOCIEDADE ACREANA DE PEDIATRA: • Terapia Intensiva
COORDENAÇÃO DO CEXTEP Altacílio Aparecido Nunes (SP) Ana Isabel Coelho Montero • Toxicologia e Saúde Ambiental
(COMISSÃO EXECUTIVA DO TÍTULO Paulo Cesar Pinho Ribeiro (MG) AL - SOCIEDADE ALAGOANA DE PEDIATRIA:
DE ESPECIALISTA EM PEDIATRIA) Flávio Diniz Capanema (MG) Ana Carolina de Carvalho Ruela Pires GRUPOS DE TRABALHO
COORDENAÇÃO: • Atividade física
Hélcio Villaça Simões (RJ) EDITORES DO JORNAL DE PEDIATRIA (JPED) AM - SOCIEDADE AMAZONENSE DE PEDIATRIA:
Elena Marta Amaral dos Santos • Cirurgia pediátrica
MEMBROS: COORDENAÇÃO: • Criança, adolescente e natureza
Ricardo do Rego Barros (RJ) Renato Procianoy (RS) AP - SOCIEDADE AMAPAENSE DE PEDIATRIA: • Doenças raras
Clovis Francisco Constantino (SP) MEMBROS: Rosenilda Rosete de Barros • Drogas e violência na adolescência
Ana Cristina Ribeiro Zöllner (SP) Crésio de Aragão Dantas Alves (BA) BA - SOCIEDADE BAIANA DE PEDIATRIA: • Metodologia científica
Carla Príncipe Pires C. Vianna Braga (RJ) Paulo Augusto Moreira Camargos (MG) Dolores Fernandez Fernandez • Oftalmologia pediátrica
Flavia Nardes dos Santos (RJ) João Guilherme Bezerra Alves (PE) CE - SOCIEDADE CEARENSE DE PEDIATRIA: • Pediatria e humanidade
Cristina Ortiz Sobrinho Valete (RJ) Marco Aurélio Palazzi Sáfadi (SP) Anamaria Cavalcante e Silva • Saúde mental

www.sbp.com.br