Você está na página 1de 2

Cerimônia do Obì Abata

Obì, é um fruto sagrado também considerado Òrìsà, e o de quatro gomos são suficientes
para o seu culto diário. Todas as manhãs o Sacerdote colocará um Obì dentro d´agua e
começa a bater no Opon-Ifá, com o Iroke-Ifá.
Enquanto bate recitará um Oríkì (evocação) a Ifá como abaixo descrito em lingua Yorùbá

Ti a ba ji a we´wo toni, a we´se kasin owuro


Ti a ba ji, a tun wa fi aso toki bo`ra
Mo ni Òrúnmìlà, o ji re loni
Ela, o ji´re loni
Morohuntolu, Mosiakaragba, omo erin nfon gu l´alo
Omo e ekama owo ko jékun ara abe
Omo abeto winniwinni b´eji ro p´omo akunnu
Omo olobe to fi ori mo odi umo jumo
Oma jire loni o
O ji re loni tokun-tokun
O ji loni tide-tide
O ji bi oloto ti nji nile Ado
O ji biurinrin ti nji lode owo
O ji bi peepee ti nji lodo Asin
O ji bi Olosunta ti nji lode Ikere
O ji bi ala ti nji lode Ado (Ibini)
O ji bi oro gidigba ti nji lode Isele
O ji bi Ubebe ti nji lode Ayo
O ma jeki oni san mi o

Logo após a evocação o Bàbáláwò parte o Obì, que se for do desejo poderá ser jogado para
saber se o culto foi bem aceito, e esta água levada a Èsù. Se aceito o Obì cairá com dois
gomos virados para baixo e dois gomos virados para cima (imagem da dualidade macho e
fêmea) caso o resultado seja Aláàfia, ou seja os quatro gomos virados para cima, Ifá terá
aceito o Obì, quando então o Sacerdote dividirá o Obì entre todos as pessoas que irão
consultar com ele iniciando os trabalhos do dia.
Na comemoração anual de Ifá, o sacerdote oferece em sua homenagem: màrìwò, frango,
peixes, cabra, Ìgbín (caracol), inhame, osuka omu, pedaço de tecido e Obì. O osuka omu,
será colocado sobre a imagem de Ifá junto com três inhames amarrados, e assim o
Bàbáláwò pronunciará as palavras do culto que em Yorùbá são:

Ifá, mo pe o
Òrúnmìlà, mo pe
Ela mo pe, omo oyigi
Òrúnmìlà mo pe
Et'eti ke gb'ure
Aaya olupe, uupe re ire o
Aaya olupe uupe re ire o
Aaya olupe, pe re ire o
Apeje apemu
Ape ni gbogbo dukia ninu odun yi
Ki o ni apawisi ioni
Ki o ni uwere a nise
Ki o ni wonran niboju ti nmo
Ki o wa gbohun awo loni
Após encerrar esta evocação o Bàbáláwò reza para todos os presentes na festa e partirá o
Obì aceito por Ifá, distribuindo pequenos pedaços a cada um. Como oferenda será imolada
uma cabra em cujo sangue ficará na imagem de Ifá até o dia seguinte.
Quando chegar ao quinto dia, o Bàbáláwò consultará Ifá, a fim de obter as previsões do
ano, e de acordo com o resultado serão oferecidos novos sacrifícios e oferendas de objetos,
conforme a resposta do Òrìsà, para que tudo transcorra da melhor forma possível.
No sétimo dia o Bàbáláwò oferece uma festa, na qual se come e bebe encerrando desta
forma o Culto anual a Ifá.
Poderíamos falar muito mais sobre Ifá, mas deixo aqui meu e-mail para que entre em
contato através do qual darei mais informações e orientações seguras e verdadeiras sobre
este Òrìsà.

Fonte : http://www.aseomooduduwa.com.br

Você também pode gostar