Você está na página 1de 3

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia

Diretoria de Ensino - DEN


Disciplina: Física II
LISTA 1
OSCILAÇÕES
1. Um alto-falante produz um som musical através da oscilação de um diafragma. Se a amplitude da oscilação
for limitada a 1,20 × 10−3 mm, quais as frequências desse movimento que resultarão em acelerações superiores
a g no diafragma?
2. Em um barbeador elétrico, a lâmina se move para frente e para trás com um curso de 2,00 mm. O movimento
é harmônico simples, com frequência de 120 Hz. Determine (a) a amplitude, (b) a velocidade máxima da lâmina
e (c) a aceleração máxima da lâmina.
3. Uma partícula de 1,23 kg está sujeita a um movimento harmônico simples com uma amplitude de 1,86 mm. A
aceleração máxima da partícula é de 7,93 km/s2. (a) Determine o período do movimento. (b) Qual a velocidade
máxima da partícula? (c) Calcule a energia mecânica total deste oscilador harmônico simples.
4. Dois blocos, ( m  1, 22kg e M  8, 73kg) e uma determinada mola, de constante
elástica k  344N/m , estão arranjados em uma superfície horizontal, sem atrito,
conforme mostra a figura ao lado. O coeficiente de atrito estático entre os blocos é de
0,42. Determine a amplitude máxima possível do movimento harmônico simples para que
não haja deslizamento entre os blocos.
5. Duas molas são fixadas a um bloco de massa m, que pode deslizar sem atrito sobre
uma superfície horizontal, conforme figura ao lado. Mostre que a frequência de
1 k1  k2
oscilação do bloco é f   f12  f 22 , onde f1 e f 2 são as frequências
2 m
com as quais o bloco oscilaria se fosse conectado apenas à mola 1 ou à mola 2.
6. Um bloco de massa M, em repouso sobre uma mesa horizontal sem atrito, é fixado a um
suporte rígido através de uma mola cuja constante elástica é k. Um projétil de massa m e
velocidade v atinge o bloco (ver figura ao lado). O projétil fica preso ao bloco. Determine a
amplitude do movimento harmônico simples resultante, em função de m, M, v e k.
7. Um bloco de massa m, que desliza sem atrito num plano inclinado de um ângulo , está
conectado ao topo do plano por uma mola sem massa, com o comprimento em repouso
igual a lo e constante elástica k (ver figura ao lado). (a) a que distância do topo do plano
inclinado o bloco pára? (b) se o bloco for puxado um pouco para baixo e liberado, qual o
período das oscilações resultantes? (c) Quais os valores numéricos dos itens (a) e (b)
quando m = 4,2 kg ; lo=0,450 m ; k = 140 N/m e  = 39,80
8. Uma partícula de 3,0 kg está em movimento harmônico simples em uma dimensão e move-se de acordo com a
equação x(t )  (5, 0m) cos[( / 3rad/s)t   / 4rad] . (a) Em qual valor de 𝑥 a energia potencial da partícula é
igual à metade da energia total? Quanto tempo leva para que a partícula mova-se para esta posição 𝑥, a partir do
ponto de equilíbrio?
9. Uma bola de demolição de 2.500kg balança na ponta de um guindaste, como mostrado na
figura ao lado. O comprimento do seguimento de cabo que balança é de 17 m. (a) Calcule o
período de balanço, considerando que o sistema pode ser tratado como um pêndulo simples.
(b) o período depende da massa da bola?

10. Uma haste de comprimento L oscila como um pêndulo físico, com eixo no ponto
O (ver figura ao lado). (a) Escreva uma expressão para o período do pêndulo em
termos de g, L e x (a distância do ponto de suspensão ao centro de massa do
pêndulo). (b) Para qual valor de x/L o período é mínimo? (c) Se L = 2,0 m e g = 9,8
m/s2, qual o valor deste mínimo?

1
11. No oscilador amortecido da figura ao lado, m = 250 g, k = 85 N/m e b = 70g/s.
(a) Qual o período do movimento?
(b) Quanto tempo leva para que a amplitude do oscilador amortecido caia até a metade
de seu valor inicial?
(c) Quanto tempo leva para que a energia mecânica caia até a metade de seu valor
inicial?
(d) Qual a relação entre a amplitude das oscilações amortecidas e a amplitude inicial,
após serem realizadas 20 oscilações completas?
12. Um oscilador forçado sempre oscila na frequência angular  da força externa, seu deslocamento x(t) sendo
dado por x(t )  xm cos(t   ) , onde xm é a amplitude da oscilação. Supondo que a amplitude xm seja dada por
Fm
xm 
[m (  02 ) 2  b 2 2 ]1/ 2
2 2

onde Fm é amplitude (constante) da força oscilante externa exercida sobre a mola pelo suporte rígido. Na
ressonância, quais são (a) a amplitude e (b) a amplitude de velocidade do objeto oscilante?
ONDAS I
13. A equação de uma onda transversal viajando em uma corda muito longa é dada por
y( x, t )  (6,0cm)sen (2,0 rad / m) x  (4,0 rad / s)t . Calcule (a) a amplitude, (b) a frequência, (c) a
velocidade (d) o sentido de propagação da onda e (e) a velocidade transversal máxima de uma partícula na corda.
14. Uma onda transversal harmônica simples propagando-se ao longo
de uma corda no sentido da direita para a esquerda (−𝑥). A figura ao
lado mostra o gráfico do deslocamento como função da posição em
um instante 𝑡 = 0. A intensidade da força de tração na corda é de 3,6
N e a massa específica linear é de 25g/m. Determine (a) a amplitude,
(b) o comprimento de onda, (c) a velocidade de onda, (d) o período,
(e) a velocidade máxima de uma partícula na corda e (f) uma equação
que descreva a propagação da onda.
1   2 y  1  2 y
15. Em um sistema esférico simétrico, a equação tridimensional da onda é dada por: r  . (a)
r 2 r  r  v 2 t 2
A
Demonstre que y (r , t )  sen  kr   t  é solução para essa equação de onda. (b) Qual a dimensão da constante A?
r
16. Uma onda com 2,72 m tem massa de 263 g. A força de tração atuante tem intensidade de 36,1 N. Qual deve ser
a frequência de onda em propagação com amplitude 7,70 mm para que a potência média transmitida seja de
85,5W?
17. Uma corda de violão de nylon tem densidade de massa linear de 7,2 g/m e
está sob uma tensão de 150 N. Os suportes fixos estão distantes 90 cm. A corda
está vibrando na forma de onda estacionária, como mostra a figura ao lado.
Calcule (a) a velocidade, (b) o comprimento de onda e (c) a frequência das
ondas componentes cuja superposição gera a presente vibração.
18. Uma fonte S e um detector de rádio D estão localizados ao nível do solo a uma
distancia d (ver figura ao lado). Ondas de rádio de comprimento de onda  chegam
a D, pelo caminho direto (incidente) ou por reflexão, numa certa camada da
atmosfera. Os raios da onda incidente e refletida fazem o mesmo ângulo com a
camada refletora. Quando a camada está numa altura H, as duas ondas chegam
exatamente em fase. À medida que a camada sobe a diferença de fase entre as duas
ondas muda, gradualmente, até estarem exatamente fora de fase para uma altura de
camada H + h. Desprezado a absorção na atmosfera, que relação há entre d, h e H
e o comprimento de ondas  das ondas?
2
ONDAS II

19. A velocidade do som em um certo metal é V. Em uma extremidade de um longo tubo deste metal, de
comprimento L, se produz um som. Um ouvinte do outro lado do tubo ouve dois sons, um da onda que se
propaga pelo tubo e outro da onda que se propaga pelo ar. (a) Se v = 343 m/s é a velocidade do som no ar, que
intervalo de tempo t ocorre entre os dois sons? (b) Supondo que t = 1,0 s e que o metal é o ferro, encontre o
comprimento L.
20. A frequência audível normal está entre 20 Hz e 20 k Hz. Quais os comprimentos de onda das ondas sonoras
e essas frequências?
21. Em um certo ponto no espaço, duas ondas produzem variações de pressão dadas por p1  pm sen(t ) e
p2  pm sen(t   ) . Qual é a amplitude de pressão da onda resultante nesse ponto, quando   0,
   / 2,    / 3 e    / 4 ?

22. Dois sons diferentes em nível por 1,00 dB. Qual a razão entre a maior e a menor intensidade?
23. Duas cordas de piano idênticas têm uma frequência fundamental de 600 Hz, quando colocadas sob uma
mesma tensão. Que aumento fracionário na tensão de uma corda irá levar à ocorrência de 6 batimentos, quando
as cordas oscilarem juntas?
24. Um policial B está perseguindo um corredor A por uma estrada estreita. Ambos se movem à velocidade de
100mi/h. O policial B, não conseguindo alcançar o corredor, toca sua sirene novamente. Considerando a
velocidade do som no ar como sendo 1100 pés/s e a frequência da fonte como sendo 500 Hz. Qual a mudança na
frequência ouvida pelo corredor A?
25. O ruído de 16.000 Hz das turbinas de um avião, deslocando-se a 200m/s, é ouvido com uma frequência pelo
piloto de um segundo avião, tentando ultrapassar o primeiro a uma velocidade de 250m/s?
26. Um apito de frequência 540 Hz se move em uma trajetória circular de raio 2,00 pés com uma velocidade
angular de 15,0 rad/s. Quais são (a) a menor e (b) maior frequências ouvidas por um ouvinte a uma grande
distância e em repouso, em relação ao centro do círculo?
27. Uma pessoa, em um vagão numa estrada de ferro, toca um trompete a 440 Hz. O vagão se move na direção
de um muro a 20,0 m/s. Calcule (a) a frequência do som recebido no muro e (b) a frequência do som refletido de
volta para o vagão.

Você também pode gostar