Você está na página 1de 56

PRÉVIA OPERACIONAL 3T21

RELEASE DE RESULTADO 3T21


16 de novembro de 2021

WEBCAST DE RESULTADO
17 DE NOVEMBRO DE 2021 ÀS 11HS (HORÁRIO DE BRASÍLIA)
COM TRADUÇÃO SIMULTÂNEA PARA O INGLÊS*

LINK WEBCAST: CLIQUE AQUI


CÓDIGO DE ACESSO: MELIUZ
*SELECIONE O IDIOMA DE SUA PREFERÊNCIA CLICANDO NO BOTÃO "INTERPRETAÇÃO"
QUE ESTARÁ LOCALIZADO NA PARTE INFERIOR DA TELA DO ZOOM.
RESULTADO 3T21

MENSAGEM DO CEO

Completamos no último dia 5 um ano do nosso IPO, um divisor de águas na história do Méliuz rumo
ao nosso objetivo de ganhar mais relevância no cotidiano de nossos usuários, agregar mais valor aos
nossos parceiros e gerar mais valor aos nossos acionistas.

Os últimos 12 meses foram intensos, e serviram como amostra das oportunidades que temos pela
frente: expandimos nosso horizonte para novos continentes; estamos construindo uma plataforma
ágil, escalável, e com multi-idiomas e moedas; adquirimos uma licença e plataforma bancária
proprietária; e, principalmente, trouxemos excelentes empreendedores com conhecimentos
complementares para o time.

Nosso foco como gestores e principais acionistas do grupo CASH3 é buscar estratégias que
propiciem potencial aumento de geração de caixa no longo prazo de forma sustentável. Isso significa
que entre maximizar o resultado de curto prazo e construir um produto melhor para nossos usuários
e parceiros, não hesitaremos na segunda opção, e todas as nossas decisões estarão alinhadas com
objetivos de longo prazo.

O modelo antigo de parceria no cartão de crédito já não era mais capaz de criar a experiência ideal
aos nossos usuários e optamos por redesenhar o nosso produto. Consequências imediatas como a
queda da receita, redução na abertura de novas contas e redução dos usuários ativos dessa vertical
já eram esperados. Por outro lado, a partir de 2022 teremos capacidade de servir nossos usuários
com excelente qualidade e, ao mesmo tempo, recebermos remuneração muito superior por isso.
Será ainda fundamental para podermos inovar em prol dos nossos usuários e nos diferenciar no
mercado.

Além disso, podíamos ter criado uma conta digital e cartão em cima de algum provedor de
Banking-as-a-Service, como alguns neobanks e wallets fizeram. Seria mais rápido e provavelmente já
teríamos ambos os produtos “prontos”. No entanto, a aquisição da Acesso Bank aliada a estratégia
em serviços financeiros, passamos a ter mais oportunidades de diferenciação no longo prazo, maior
flexibilidade para inovar em todos os níveis da arquitetura do produto e deixamos de depender de
um provedor terceiro. Além disso, optamos por trazer um time também fora de série, capitaneado
pelo Davi Holanda, que será instrumental em nos ajudar a montar o time Méliuz com líderes
incríveis.

A partir de 2022 pretendemos acelerar materialmente nossa entrega de novos produtos e serviços
tendo como base uma fundação robusta que está sendo criada em 2021. Não acreditamos em
criação de vantagens sustentáveis em empresas que ofereçam apenas um produto e, por conta

2
RESULTADO 3T21

disso, temos hoje várias frentes de negócio com seus respectivos líderes para em 2022 avançarmos
no cross-selling de novos produtos, aumentando o engajamento e a monetização de cada usuário.

Continuaremos investindo em time de alto nível e em novos produtos enquanto houver boas
oportunidades para isso, e acreditamos que o ambiente de inovação em serviços financeiros no
Brasil não poderia ser mais propício.

Obrigado a nossos sócios, parceiros, usuários e principalmente a todo o nosso time. Continuaremos
fazendo história, porque ainda é só Day One.

3
RESULTADO 3T21

1 - NOSSO TIME

Considerando as aquisições, finalizamos o mês de outubro com 838 pessoas no grupo CASH3. Sem
considerar as aquisições, fechamos o mês com 395 colaboradores no Méliuz, mais que o dobro do
número de colaboradores do dia do IPO (oferta inicial de ações em novembro de 2020), dentre os
quais aproximadamente 53% estão diretamente ligados ao time de tecnologia e produto.
Atualmente, mais de 70% dos nossos desenvolvedores estão trabalhando em features, melhorias e
produtos que serão lançados ao longo dos próximos trimestres.

Nos últimos dois trimestres conseguimos evoluir muito nas contratações ligadas aos times de
produto e tecnologia e, portanto, acreditamos que já estamos nos aproximando do número ideal de
colaboradores para entregar a estratégia do próximo ano. Nossa expectativa é que as contratações
continuem ocorrendo nos próximos trimestres, mas de forma mais pontual.

¹ Considerando o número de funcionários do Méliuz no dia da oferta inicial de ações (IPO).


² Aquisições: Picodi em fev/21; Acesso Bank (pendente de aprovação do Banco Central), Promobit e Melhor Plano em mai/21; Alter em jul/21.

Nosso turnover voluntário do time de engenharia continua muito baixo, em torno de 1% ao mês.
Nosso relatório interno de avaliação da integração de novos funcionários se mantém elevado e, no
último trimestre, a nota média foi de 9,9 (sendo 10 a nota máxima).

4
RESULTADO 3T21

2 - BASE DE USUÁRIOS

Finalizamos o 3T21 com um total de 20,8 milhões de contas abertas, um crescimento de 2,0 milhões
em relação ao 2T21, quando atingimos 18,8 milhões, e de 9,1 milhões em relação ao mesmo
período do ano anterior, quando alcançamos 11,6 milhões.

No 3T21 tivemos um ritmo médio de abertura de 30 mil contas por dia útil, contra 39 mil no 2T21.
Essa redução foi consequência da estratégia anunciada durante a divulgação do resultado do 2T21
quanto à priorização do desenvolvimento do novo cartão Méliuz, cujo lançamento está previsto
para janeiro de 2022. Desde essa tomada de decisão, que ocorreu no meio do terceiro trimestre, os
investimentos esperados para a aquisição do cartão co-branded foram alocados em campanhas de
marketing focadas no crescimento da vertical de shopping. Uma vez que o novo App e o novo cartão
Méliuz forem lançados, a expectativa é que o número de contas abertas por dia útil retorne ou
supere a média apresentada ao longo do primeiro semestre de 2021.

Nos últimos 12 meses, findos em 30 de setembro de 2021, mesmo com a despriorização do cartão
co-branded citada anteriormente, atingimos um total de 9,5 milhões de usuários ativos, um
crescimento de 8% em relação ao 2T21, quando atingimos 8,8 milhões, e 168% em comparação ao
3T20, quando alcançamos 3,6 milhões.

5
RESULTADO 3T21

Usuários Ativos são os usuários novos ou existentes que realizaram ao menos uma das seguintes ações durante o período reportado: (i) compra em algum parceiro
Méliuz iniciada a partir do aplicativo (app), site ou plugin da Méliuz; (ii) alguma compra utilizando o Cartão de Crédito Méliuz; (iii) ativação de alguma oferta
divulgada pela Méliuz em seu site, aplicativo (app) ou plugin; (iv) instalação ou manutenção de plugin ativo em seu navegador de internet; (v) instalação ou utilização
do aplicativo do Méliuz; (vi) submissão de proposta solicitando o Cartão de Crédito Méliuz; (vii) solicitação de resgate do saldo de cashback para sua conta bancária
ou poupança e/ou (viii) indicação de novo usuário para a Méliuz por meio do Programa “Indique e Ganhe”. Os números de contas totais e usuários ativos
contemplam apenas o Méliuz (sem aquisições).

O número de visitas e instalações das diferentes plataformas que usamos para promover a vertical
shopping para nossos usuários continuam apresentando sólido crescimento. Seguindo a tendência
de maior uso dos smartphones, as visitas pelo App foram as que apresentaram maior crescimento,
de 10% contra o 2T21 e 184% contra o mesmo período do ano anterior, atingindo 44 milhões de
visitas no 3T21. As visitas pelo site ficaram em linha com o trimestre anterior, em 24 milhões de
visitas, mas, em comparação ao mesmo período do ano anterior, houve um forte crescimento de
50%. Já em relação ao Plug-in ativo no navegador, alcançamos 846 mil plug-ins ativos no trimestre,
contra 807 mil no 2T21 e 646 mil no 3T20.

6
RESULTADO 3T21

Usuários ativos na extensão (plug-in) são aqueles usuários que utilizaram seu navegador e possuíam o produto instalado e ativado nos últimos 7 dias. Os números de
visitas no App, sessões no site e Plug-in ativo no navegador contemplam apenas o Méliuz (sem aquisições).

3 - SHOPPING

NOVOS COMPRADORES

Mais uma vez, atingimos recorde histórico de novos compradores em um trimestre. O gráfico abaixo
mostra a forte aceleração dessa base, superando pelo segundo trimestre consecutivo o número de
novos compradores do trimestre da última Black Friday, no 4T20. O número total de compradores
no 3T21 também foi recorde histórico, dado o aumento significativo dos novos compradores e dos
compradores já cadastrados em nossa base.

7
RESULTADO 3T21

Os números de novos compradores e de total de compradores contemplam apenas a vertical de shopping do Méliuz (sem aquisições).

A métrica de novos compradores é uma das mais importantes para consolidarmos a estratégia de
longo prazo da Companhia. Ainda que o GMV gerado pela safra de novos usuários em seus
primeiros meses pós-ativação seja apenas uma parcela sobre o GMV total da Companhia, o
resultado da adição consistente de novas safras atrelado a uma retenção efetiva desses usuários na
base, produz um crescimento constante, sustentável e exponencial da Companhia. Este efeito é
melhor ilustrado ao analisarmos o crescimento histórico do GMV da Companhia agrupado pelas

8
RESULTADO 3T21

safras de usuário onde, mesmo considerando o efeito da sazonalidade entre os semestres, vemos
que as safras mais antigas permanecem ativas e gerando resultados recorrentes ao longo do tempo.

Os dados de GMV por safra contemplam apenas o Méliuz (sem aquisições).

Além da constante adição de novas safras, é importante garantir que os usuários que continuam
ativos aumentem seu engajamento e relacionamento com a Companhia. Isso é possível a partir de
uma combinação de fatores, como melhorias constantes de produto, comunicações efetivas, adição
de novos parceiros na base, melhoria nas condições comerciais negociadas e lançamento de novas
verticais de negócio. Em média, um usuário realiza 7 compras por ano utilizando alguma plataforma
do Méliuz. Uma métrica importante a ser analisada nessa frente é a razão do GMV de um grupo de
usuários compradores na vertical shopping em um determinado ano, em relação ao GMV gerado
por esse mesmo grupo de usuários observado no ano seguinte.

9
RESULTADO 3T21

Retenção do GMV dos usuários que fizeram compra no ano X = (GMV do mesmo grupo de usuários no ano X+1) / (GMV do grupo de usuários que fizeram compras
no ano X)

Por fim, a estratégia eficiente de adição de novos compradores e retenção da base ativa na vertical
de shopping é peça fundamental para expansão das novas linhas de negócio da Companhia. Isto já
foi observado nos lançamentos do Cartão Méliuz, Méliuz Nota Fiscal, Méliuz Empréstimo, gift cards
e recarga. Esta mesma base terá importância fundamental nos lançamentos futuros da Companhia,
sobretudo dos produtos já em desenvolvimento da vertical de serviços financeiros.

VOLUME DE VENDAS (GMV)

Atingimos o melhor resultado da história em GMV, superando inclusive os valores do 4T20 quando
ocorreu a última Black Friday. Considerando apenas o Méliuz (excluindo as aquisições), atingimos
um GMV de R$ 1,1 bilhão, um crescimento de 27% contra o 2T21 e 74% contra o mesmo período do
ano anterior. Em relação às demais empresas do grupo, tivemos um GMV de R$ 234 milhões para o
Picodi e de R$ 49 milhões para a Promobit no 3T21, totalizando R$ 1,4 bilhão de GMV na visão
consolidada no trimestre.

Nos últimos 12 meses findos em 30 de setembro de 2021, geramos um GMV total de R$ 4,5 bilhões,
sendo R$ 3,8 bilhões referentes ao Méliuz, R$ 585 milhões à Picodi (considera a partir de março de
2021) e R$ 81 milhões à Promobit (considera a partir de maio de 2021).

10
RESULTADO 3T21

O GMV (Gross Merchandise Volume) ou Volume Bruto de Mercadoria considera o valor total das vendas originadas para nossos parceiros do e-commerce. Considera
os valores de Picodi a partir de março de 2021 e Promobit a partir de maio de 2021.

11
RESULTADO 3T21

GIFT CARDS E RECARGA DE CELULAR

Os produtos gift cards e recarga de celular possuem características de alta retenção e frequência de
usuários. Enquanto no 2T21 os usuários compraram em média 3,7 gift cards e fizeram 2,3 recargas,
no 3T21 a média de compra foi de 3,8 gift cards e 2,6 recargas.

Completamos o período de testes com o gift card e recarga e, a partir do 4T21, os produtos serão
liberados para 100% da base de usuários incluindo a opção de pagamento via PIX. Reforçamos a
importância desses produtos para manter os usuários dentro do ecossistema Méliuz, o que pode
beneficiar o cross selling de produtos.

MÉLIUZ NOTA FISCAL

Os indicadores do Méliuz Nota Fiscal continuam impressionando positivamente. As ofertas ativadas


no 3T21 atingiram 3,6 milhões, ficando 3,3 vezes superior ao 2T21. O número de usuários ativando
as ofertas do Méliuz Nota Fiscal subiu aproximadamente 50% entre os trimestres, alcançando 294
mil usuários no 3T21. Desde do lançamento do produto, recebemos notas fiscais de 3.622 diferentes
cidades do Brasil, o que representa uma abrangência de 65% de todas as cidades do Brasil.

Sellout Datapoints representa o volume captado de registros de itens vendidos nas notas fiscais

12
RESULTADO 3T21

TAKE RATE

A partir deste trimestre passamos a divulgar a métrica de take rate, representado pelo percentual
de comissão da empresa em cada transação realizada na vertical shopping. Chegamos no valor do
take rate através de um cálculo gerencial, onde a comissão acordada com cada parceiro é dividida
pelo GMV originado. No entanto, para o correto entendimento do take rate vale destacar algumas
etapas desse cálculo:

Primeiramente, vale lembrar que o GMV reportado neste relatório considera o total das transações
originadas pelo Méliuz para os parceiros na data em que os usuários realizaram as compras, ou seja,
trata-se do GMV originado no ato da compra. Uma transação, após ser identificada e atribuída ao
Méliuz pelos parceiros, leva em média 35 dias até ter seu status alterado para confirmado1. Após a
confirmação do GMV, o Méliuz fatura cada parceiro de acordo com as comissões negociadas e,
neste momento, há o reconhecimento da receita. Historicamente, cerca de 80% do GMV originado
se confirma e, consequentemente, se torna receita.

Outro ponto importante é que todo esse processo que envolve a confirmação do GMV e a emissão
da fatura para os parceiros faz com que haja um descasamento de tempo entre o GMV e a receita
reportada, onde parte da receita é reconhecida no trimestre da originação do GMV e outra parte é
reconhecida nos trimestres seguintes. Esse descasamento de tempo entre o GMV originado e a
receita reportada pode variar entre os trimestres por conta de negociações envolvendo os parceiros.

No 3T21 alcançamos um take rate de 6,2%, um aumento de 0,7 p.p. em relação ao 2T21, quando
atingimos 5,5%, e de 0,6 p.p. em relação ao mesmo período do ano anterior, quando atingimos
5,6%. O valor do 3T21 foi 0,2 p.p. acima do take rate médio de 6,0% dos últimos 2 anos (do 4T19 até
o 3T21), e apenas 0,2 p.p. abaixo do 4T20, período em que o take rate é historicamente maior por
conta da Black Friday.

O aumento do take rate do 3T21 em relação ao 2T21 e ao 3T20 é explicado pelas campanhas de
aquecimento do Black Friday, quando conseguimos melhores taxas de comissionamento junto aos
parceiros com objetivo de oferecer maiores cashbacks aos nossos usuários. Nossa estratégia com o
cashback continua com o objetivo de buscar sempre maximizar os ganhos para os usuários, para os
parceiros e para o Méliuz.

1
Período que as lojas precisam para garantir que a compra foi efetivamente paga, o produto foi devidamente entregue, não houve troca e/ou devolução pelo
comprador, dentre outros fatores que podem resultar no cancelamento da transação

13
RESULTADO 3T21

SHOPPING INTERNACIONAL

Em relação a nossa vertical de shopping internacional, conforme planejamento inicial divulgado ao


mercado e após seis meses de desenvolvimento, concluímos no final de setembro o lançamento da
feature de cashback para usuários de 9 países, dentre os 44 onde o Picodi está presente. Os
primeiros países foram escolhidos a partir de uma combinação de fatores, como tráfego orgânico e
qualidade das redes de afiliados de cada país. Os 9 países foram: Turquia, Espanha, Romênia,
México, Emirados Árabes, República Tcheca, Polônia, Rússia e Austrália.

Como se trata de um produto recém-lançado, ainda há muito trabalho em termos de melhorias,


correções e novas implementações, assim como criação de um aplicativo para celular e adição de
outras funcionalidades. Ainda assim, com dados recentes das safras observadas nas primeiras
semanas pós-lançamento, estamos visualizando conversões ao longo dos funis dentro das taxas
esperadas. Com isso, esperamos entregar um efeito de adição e retenção das safras de usuários
similar ao que observamos historicamente no Méliuz, tal como pudemos ver no gráfico de GMV por
safras já apresentado neste relatório. É importante ressaltar que esse efeito, e o consequente
impacto no GMV, requer um tempo para que a adição e retenção das safras produzam o
crescimento significativo no GMV em relação ao resultado orgânico legado. E em um segundo
momento, com uma base de usuários já criada e retida, torna-se natural a adição de outros
produtos e serviços, sendo o cashback na vertical shopping apenas um primeiro passo, a exemplo
do que fizemos no Brasil a partir do Méliuz.

14
RESULTADO 3T21

Desta forma, com a operação de cashback nos mercados internacionais ainda em fase inicial, é de se
esperar que parte significativa do crescimento do GMV no curto prazo da Companhia continue
sendo entregue pela operação já consolidada no Brasil.

4 - SERVIÇOS FINANCEIROS

CARTÃO MÉLIUZ

Finalizamos o 3T21 com um total de 7,0 milhões de solicitações para o nosso cartão co-branded
desde o seu lançamento, o que representa 1,0 milhão de novos pedidos no 3T21 contra 1,5 milhão
no 2T21. Essa redução já era esperada, já que no meio do 3T21 deixamos de fazer qualquer
campanha paga de marketing relacionada ao cartão co-branded, conforme mencionado no início
deste relatório e comunicado ao mercado durante o anúncio de resultados do 2T21.

Durante o 3T21, atingimos um total de R$ 914 milhões de Volume Total de Pagamentos (TPV), um
crescimento de 20% quando comparado ao 2T21 e de 272% quando comparado ao 3T20. Para os
últimos 12 meses findo em 30 de setembro de 2021, atingimos R$ 2,8 bilhões de TPV, um aumento
de 32% e 449% contra o 2T21 e o 3T20, respectivamente.

15
RESULTADO 3T21

TPV (Total Payment Volume) ou Volume Total de Pagamentos considera o valor total que nossos usuários transacionaram com seu Cartão Méliuz

CRIPTOATIVOS

Pela primeira vez, estamos reportando os números da Alter, empresa especializada na negociação
de criptoativos, que foi adquirida pelo Méliuz em julho deste ano. A empresa possui 24
colaboradores, que já foram integrados ao time Méliuz e, atualmente, estão trabalhando em
conjunto com outros times no projeto de elaboração do novo App que será lançado em janeiro de
2022.

Com a aquisição da Alter, adicionamos uma base de 27 mil usuários ativos em criptomoedas, um
número que no 3T20 era de aproximadamente 4 mil usuários. Atualmente, esses usuários têm
aproximadamente R$ 39 milhões sob custódia e movimentaram aproximadamente R$ 409 milhões
durante o 3T21.

Vale lembrar que a aprovação da compra da Alter ocorreu na assembleia no dia 1 de outubro e,
portanto, seus dados financeiros serão consolidados ao Méliuz no resultado trimestral referente ao
4T21.

16
RESULTADO 3T21

5 - DESEMPENHO FINANCEIRO

RECEITA LÍQUIDA

No 3T21, atingimos uma receita líquida total de R$ 58,7 milhões, um crescimento de 8% em


comparação ao 2T21, quando alcançamos R$ 54,5 milhões, e um crescimento de 129% contra o
mesmo período do ano anterior, quando atingimos R$ 25,6 milhões. Da receita total do 3T21, R$
51,0 milhões são derivados das nossas operações no Brasil (shopping nacional, serviços financeiros,
Melhor Plano, Promobit e iDinheiro) e R$ 7,7 milhões à operação internacional.

Considerando os últimos 12 meses findos em setembro de 2021, nossa receita líquida totalizou R$
208,4 milhões, um aumento de 19% em relação aos últimos 12 meses findos em junho de 2021,
quando atingimos R$ 175,3 milhões. Em relação aos últimos 12 meses findos em setembro de 2020,
quando atingimos R$ 106,2 milhões, o aumento foi de 96%. Vale lembrar que a receita proveniente
do shopping internacional foi incorporada a partir de março de 2021 com a aquisição da Picodi,
enquanto que as aquisições que ocorreram no Brasil (Promobit e Melhor Plano) foram consideradas
a partir de maio de 2021.

17
RESULTADO 3T21

¹ Outros: Receita líquida Melhor Plano, Promobit, iDinheiro.

Na vertical shopping, em relação à operação do Brasil, atingimos uma receita líquida de R$ 39,4
milhões, um crescimento de 13% contra o 2T21 e 75% contra o mesmo período do ano anterior,
explicado pelo crescimento do GMV gerado. Conforme detalhado no capítulo de Take Rate, vale
lembrar que boa parte da receita do 3T21 ainda é decorrente do GMV reportado no relatório do
2T21. Sendo assim, o GMV reportado no 3T21 terá impacto maior sobre a receita referente ao 4T21.

Em relação ao shopping internacional, totalizamos uma receita líquida de R$ 7,7 milhões no 3T21,
enquanto no 2T21 atingimos R$ 8,2 milhões. Essa queda de aproximadamente R$ 500 mil é
explicada principalmente pela variação da taxa de câmbio2 (R$ 335 mil) e pela desaceleração nos
investimentos de tráfego pago para a vertical de cupons, enquanto o produto para viabilizar a
operacionalização de cashback no Picodi era desenvolvido.

Na vertical de serviços financeiros nossa receita líquida totalizou R$ 8,6 milhões, um crescimento de
3% em comparação ao 2T21. A redução na receita por conta da despriorização do cartão
co-branded, que ocorreu na metade do 3T21, vai ser observada a partir do 4T21 por conta do efeito
temporal entre a ativação do cartão e o reconhecimento da receita. A partir de 2022, com o

2
Taxa de câmbio: 1 PLN = 1,3486 BRL no 3T21 e 1 PLN = 1,4075 BRL no 2T21

18
RESULTADO 3T21

lançamento dos novos produtos e serviços (como o novo cartão de crédito Méliuz) esperamos
retomar o crescimento da receita na vertical de serviços financeiros.

DESPESAS OPERACIONAIS

No 3T21 nossas despesas operacionais totalizaram R$ 69,5 milhões no 3T21, um crescimento de


11% em relação ao trimestre anterior, quando totalizamos 62,5 milhões. Esse crescimento é
explicado principalmente pelo aumento nas despesas de pessoal (R$ 6,0 milhões), que está em linha
com a estratégia da empresa de focar no crescimento orgânico visando melhorias e produtos que
serão lançados ao longo dos próximos trimestres.

DESPESAS OPERACIONAIS
3T21 2T21 Variação
Em milhões de reais

Cashback 27,2 24,6 10,4%


Shopping 21,8 21,0 4,2%
Outros¹ 5,3 3,6 46,1%
Pessoal 18,9 12,9 46,9%
Marketing 11,3 10,2 10,6%
Softwares 4,9 4,9 0,8%
Serviços de terceiros 4,8 6,9 -29,6%
Outros 2,4 3,1 -20,9%
Despesas operacionais (total) 69,5 62,5 11,2%

¹ Outros: despesas com cashback para aquisição de usuários (indique e ganhe e etc) e demais produtos.

A variação das despesas com cashback, de R$ 2,6 milhões entre o 3T21 e o 2T21, é explicada pelo
crescimento orgânico do negócio, que está em linha com o aumento da receita, tanto na vertical
shopping quanto na vertical de serviços financeiros. Cerca de 80% das despesas com cashback estão
diretamente ligados à receita de shopping, enquanto o restante é derivado dos serviços financeiros
e outros produtos, como o Méliuz Nota Fiscal, Indique e Ganhe e outros.

Na linha de serviços de terceiros tivemos uma queda de 30% entre os trimestres, pois no 2T21
houve uma despesa maior relacionada às aquisições. Excluindo os itens extraordinários (despesas
com M&As), a despesa com serviços de terceiros no 3T21 seria de R$ 4,1 milhões e no 2T21 seria de

19
RESULTADO 3T21

R$ 2,1 milhões. Esse aumento é explicado principalmente pelos reajustes contratuais com auditoria
e outros fornecedores.

Na rubrica de outras despesas, apresentamos uma redução de 21% entre os trimestres


principalmente devido ao reconhecimento de R$ 1,4 milhão referente ao ganho pela contabilização
da operação de compra do iDinheiro (Gana S.A.), onde passamos a deter os 49% restantes da
companhia. Excluindo esse item extraordinário, a linha de outras despesas totalizaria R$ 3,8 milhões
no 3T21.

Somando os itens extraordinários, R$ 0,7 milhão negativo na linha de “serviços com terceiros”
(referente aos processos de M&As) e R$ 1,4 milhão na linha de “outras despesas” (referente ao
ganho da operação de compra do iDinheiro, chegamos em um total de R$ 0,7 milhão no 3T21 contra
R$ 4,8 milhões negativos no 2T21.

EBITDA

No 3T21 nosso EBITDA foi de R$ 9,3 milhões negativos, majoritariamente explicado pelo aumento
das despesas na linha de pessoal, o que está em linha com a nossa estratégia. Conforme
abordamos, 70% dos nossos desenvolvedores estão trabalhando em features, melhorias e novos
produtos que serão lançados ao longo dos próximos trimestres.

¹ Outros: despesas gerais e administrativas, despesas de software, serviços de terceiros e outras receitas/despesas operacionais.
² Itens extraordinários: Considera despesas com M&As (R$ 0,7MM) e ganho da operação de compra da iDinheiro (-R$ 1,4MM).

20
RESULTADO 3T21

6 - RESULTADO PRO-FORMA COM ACESSO BANK

Fazendo um pro forma incluindo a aquisição do Acesso Bank, para o período de 12 meses findos em
30 de setembro de 2021, atingiríamos uma receita líquida total de R$ 285,8 milhões. Esse resultado
seria 169% acima dos últimos 12 meses findos em 30 de setembro de 2020, quando atingimos R$
106,2 milhões apenas com o Méliuz (sem as aquisições).

¹ Outras: Melhor Plano, Promobit, iDinheiro.

21
RESULTADO 3T21

7 - INFORMAÇÕES FINANCEIRAS

DEMONSTRAÇÕES DOS RESULTADOS


Em milhares de reais, exceto o lucro básico e diluído por ação
Controladora Consolidado
Período de três meses Período de três Período de três
findo em meses findo meses findo em
30/09/2021 30/09/2020 30/09/2021 30/09/2020

Receitas líquidas 48.033 25.644 58.727 25.644


Despesas operacionais (62.335) (20.835) (69.529) (20.836)
Despesas com cashback (27.161) (12.944) (27.161) (12.944)
Despesas com pessoal (14.909) (4.313) (18.932) (4.313)
Despesas comerciais e de marketing (10.458) (876) (11.272) (876)
Despesas com softwares (4.501) (1.499) (4.890) (1.499)
Despesas gerais e administrativas (841) (457) (2.091) (458)
Serviços de terceiros (4.593) (560) (4.838) (560)
Depreciação e amortização (1.029) (317) (1.537) (317)
Outros 1.157 131 1.192 131
Resultado bruto (14.302) 4.809 (10.802) 4.808
Resultado de equivalência patrimonial 870 (1) - -
Resultado antes do resultado financeiro e
impostos (13.432) 4.808 (10.802) 4.808
Resultado financeiro 5.649 (95) 5.766 (95)
Resultado antes dos tributos sobre o lucro (7.783) 4.713 (5.036) 4.713
Imposto de renda e contribuição social
correntes e diferidos 3.244 20 2.086 20
Lucro (prejuízo) líquido do período (4.539) 4.733 (2.950) 4.733
Lucro (prejuízo) líquido do período
atribuível:
A Não controladores 1.589 -
A Controladores (4.539) 4.733

Lucro (prejuízo) básico e diluído por ação


(em R$) (0,01) 0,01 (0,01) 0,01

22
RESULTADO 3T21

BALANÇOS PATRIMONIAIS
30 de setembro de 2021 e 31 de dezembro de 2020
(Em milhares de reais)
Controladora Consolidado
30/09/2021 31/12/2020 30/09/2021 31/12/2020
Ativo Circulante
Caixa e equivalentes de caixa 547.539 329.428 570.982 331.207
Contas a receber 17.642 17.890 30.736 17.890
Tributos a recuperar 5.191 1.126 5.745 1.127
Empréstimos e contratos a receber 10.893 - 10.893 0
Outros ativos 2.161 4.432 2.383 4.455
Total do ativo circulante 583.426 352.876 620.739 354.679

Não circulante
Realizável a longo prazo
Valores a receber de partes relacionadas - 63 - -
Tributos diferidos 23.724 12.537 23.724 12.537
Adiantamentos 11.061 - 11.061 0
Outras ativos 3.155 3.282 3.218 3.282
Total do ativo realizável a longo prazo 37.940 15.882 38.003 15.819

Investimentos 173.888 2.449 1 -


Imobilizado 4.544 2.888 4.706 2.888
Arrendamento mercantil - direito de uso 1.709 250 1.709 250
Intangível 1.785 459 161.094 3.566

Total do ativo não circulante 219.866 21.928 205.513 22.523

Total do ativo 803.292 374.804 826.253 377.202

Passivo Circulante
Fornecedores 3.576 672 4.764 673
Empréstimos e financiamentos - - 303 -
Obrigações trabalhistas e tributárias 9.586 5.544 12.022 5.587

23
RESULTADO 3T21

Controladora Consolidado
30/09/2021 31/12/2020 30/09/2021 31/12/2020
Imposto de renda e contribuição social a
recolher - 4 398 6
Cashback 10.093 7.983 10.093 7.983
Arrendamento mercantil a pagar 682 209 682 209
Dividendos mínimos a pagar 21 4.686 21 4.686
Outros passivos 661 36 1.147 36
Total do passivo circulante 24.619 19.134 29.430 19.180

Não circulante
Empréstimos e financiamentos - - 227 -
Arrendamento mercantil a pagar 998 - 998 -
Cashback 607 538 607 538
Tributos diferidos - - 2.354 -
Obrigações trabalhistas e tributárias 441 - 489 -
Earn-out 21.938 - 21.938 -
Opção de compra 40.840 - 40.840 -
Total do passivo não circulante 64.824 538 67.453 538

Patrimônio líquido
Capital social 772.178 344.678 772.178 344.678
Reserva de capital (48.327) 7.049 (48.327) 7.049
Reserva legal 986 986 986 986
Reserva de lucros 2.419 2.419 2.419 2.419
Ações em tesouraria (4.985) - (4.985) -
Outros resultados abrangentes (1.328) - (1.328) -
Lucros acumulados (7.094) - (7.094) -
Patrimônio líquido atribuído a controladores 713.849 355.132 713.849 355.132
Patrimônio líquido atribuído a não
controladores - - 15.521 2.352
Total do patrimônio líquido 713.849 355.132 729.370 357.484
Total do passivo e patrimônio líquido 803.292 374.804 826.253 377.202

24
RESULTADO 3T21

FLUXO DE CAIXA
Período de nove meses findo em 30 de setembro de 2021 e 2020
(Em milhares de reais)

Controladora Consolidado
30/09/2021 30/09/2020 30/09/2021 30/09/2020
Atividades operacionais
Resultado do período antes dos tributos sobre o
lucro (11.770) 22.911 (7.222) 22.911

Ajustes por:
Depreciação e amortização 1.922 1.414 2.733 1.414
Ganho/perda com a alienação de imobilizado 3 6 3 6
Rendimento e juros líquidos (21) 397 (21) 397
Provisão para créditos de liquidação duvidosa (2) 273 (2) 273
Equivalência patrimonial (1.614) - - -
Ganho de compra vantajosa (1.353) - (1.353) -
Benefícios a empregados com opções de ações 2.021 - 2.021 -
Variação cambial e outros 206 157 1.634 157
Lucro líquido ajustado (10.608) 25.158 (2.207) 25.158

Variações nos ativos e passivos:


Contas a receber de clientes 250 4.176 (582) 4.176
Tributos a recuperar (2.410) (595) (2.736) (595)
Outros ativos 2.398 162 2.263 148
Valores a receber de partes relacionadas 63 - - -
Fornecedores 2.904 1.351 2.802 1.359
Obrigações trabalhistas e tributárias 4.483 561 4.651 561
Cashback 2.179 (2.741) 2.179 (2.741)
IRPJ e CSLL pagos/a pagar (1.659) (4.479) (3.042) (4.479)
Outros passivos 618 (88) (3.457) (88)
Pagamento de juros sobre arrendamentos (115) (183) (115) (183)

Caixa líquido gerado nas atividades operacionais (1.897) 23.322 (244) 23.316

25
RESULTADO 3T21

Controladora Consolidado
30/09/2021 30/09/2020 30/09/2021 30/09/2020
Atividades de investimento
Adições ao imobilizado (2.391) (382) (2.532) (382)
Recebimento pela venda de imobilizado 5 36 5 36
Aquisição de negócios (140.658) (2.000) (140.658) 1
Aumento de capital em controlada (7.695) - - -
Adições ao intangível (1.881) (181) (3.406) (288)
Caixa oriundo de combinação de negócios - (6.700) 17.248 (6.700)
Adiantamentos para aquisição de instrumentos
patrimoniais (11.061) - (11.061) -
Empréstimos e contratos a receber (10.700) - (10.700) -

Caixa líquido utilizado nas atividades de investimento (174.381) (9.227) (151.104) (7.333)

Atividades de financiamento
Pagamentos de empréstimos e arrendamentos (393) (1.054) (1.064) (1.054)
Captação de empréstimos e financiamentos - 13.000 - 13.000
Integralização de capital 427.500 - 427.500 -
Custo com captação de recursos próprios (23.068) (3.557) (23.068) (3.557)
Ações em tesouraria (4.985) - (4.985) -
Valores a receber partes relacionadas - (125) - (61)
Dividendos obrigatórios pagos (4.665) - (4.665) -

Caixa líquido gerado (utilizado) nas atividades de


financiamento 394.389 8.264 393.718 8.328

Efeito de variação de câmbio de ajuste de conversão - - (2.595) -

Variação líquida de caixa e equivalentes de caixa 218.111 22.359 239.775 24.311

Caixa e equivalentes de caixa


No início do período 329.428 9.981 331.207 9.981
No final do período 547.539 32.340 570.982 34.292
Variação líquida de caixa e equivalentes de caixa 218.111 22.359 239.775 24.311

26
RESULTADO 3T21

Para mais esclarecimentos e detalhes dos resultados apresentados nas tabelas acima, favor fazer
referência ao nosso ITR e Demonstrações Financeiras auditadas, disponíveis em nosso site de relações
com investidores: ri.meliuz.com.br.

8 - GLOSSÁRIO

EBITDA (Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization): lucros antes de Juros,
Impostos, Depreciação e Amortização.

EBITDA Ajustado: considera por meio do EBITDA receitas ou despesas que a Companhia identifica
como itens extraordinários ou não recorrentes, tais como os gastos com aquisições de empresas.

GMV (Gross Merchandise Value): valor Bruto de Mercadorias, na tradução para português. Indica o
valor total das vendas originadas para nossos parceiros do e-commerce na data em que os usuários
realizaram as compras, ou seja, trata-se do GMV originado no ato da compra;

GMV LTM: Somatório do GMV dos últimos 12 meses;

GMV Confirmado: GMV reportado após os período em que as lojas precisam para garantir que a
compra foi efetivamente paga, o produto foi devidamente entregue, não houve troca e/ou
devolução pelo comprador, dentre outros fatores que podem resultar no cancelamento da
transação;

Grupo CASH3: inclui os números das seguintes empresas: Méliuz, Picodi, Melhor Plano, Promobit,
Acesso Bank (pendente aprovação do banco central) e iDinheiro.

Plug-in ativo no navegador: Medição da quantidade de usuários ativos na extensão (plug-in).


Entende-se usuários ativos na extensão aqueles que utilizaram seu navegador e possuíam o produto
instalado e ativado nos últimos 7 dias.

Receita Líquida LTM: somatório da receita líquida contábil dos últimos 12 meses;

Receita Líquida LTM Pro Forma: somatório da receita líquida do Méliuz, Acesso Bank, Melhor Plano,
Picodi, Promobit e iDinheiro dos últimos 12 meses;

Retenção de GMV: retenção do GMV dos usuários que fizeram compra no ano X: (GMV do mesmo
grupo de usuários no ano X+1) / (GMV do grupo de usuários que fizeram compras no ano X);

27
RESULTADO 3T21

Sellout Datapoints: volume captado de registros de itens vendidos nas notas fiscais;

Take Rate: percentual de comissão da empresa em cada transação originada para os parceiros na
vertical shopping. Cálculo gerencial Méliuz: divisão da comissão acordada com cada parceiro pelo
GMV originado;

TPV (Total Payment Volume): ou Volume Total de Pagamentos, na tradução para português.
Considera o valor total que nossos usuários transacionaram com seu Cartão Méliuz;

Turnover: taxa de rotatividade dos funcionários, mensura a quantidade de funcionários que saem
de uma organização em relação ao total de funcionários durante um período de tempo;

Usuários Ativos: usuários Ativos são usuários únicos, novos ou recorrentes, que realizaram ao
menos uma das seguintes ações durante o período reportado: (i) compra em algum parceiro Méliuz
iniciada a partir do aplicativo (app), site ou plugin da Méliuz; (ii) alguma compra utilizando o Cartão
de Crédito Méliuz; (iii) ativação de alguma oferta divulgada pela Méliuz em seu site, aplicativo (app)
ou plugin; (iv) instalação ou manutenção de plugin ativo em seu navegador de internet; (v)
instalação ou utilização do aplicativo do Méliuz; (vi) submissão de proposta solicitando o Cartão de
Crédito Méliuz; (vii) solicitação de resgate do saldo de cashback para sua conta bancária ou
poupança e/ou (viii) indicação de novo usuário para a Méliuz por meio do Programa “Indique e
Ganhe”.

28
3Q21 EARNINGS RELEASE
November 16th, 2021

CONFERENCE CALL AND WEBCAST


NOVEMBER 17TH, 2021 AT 9:00 AM EST
WITH SIMULTANEOUS TRANSLATION TO ENGLISH*

WEBCAST LINK: CLICK HERE


ACCESS CODE: MELIUZ
*SELECT THE LANGUAGE OF YOUR CHOICE BY CLICKING ON THE "INTERPRETATION" BUTTON
THAT WILL BE LOCATED AT THE BOTTOM OF THE ZOOM SCREEN.
3Q21 RESULT

CEO'S MESSAGE

On the last 5th, we completed one year of our IPO, a game-changer in Méliuz's history towards our
goal of gaining more relevance in the daily lives of our users, adding more value to our partners and
generating more value for our shareholders.

The last 12 months were intense, and served as a example of the opportunities that we will have in
the future: we expanded our horizon to new continents; we are building an agile, scalable,
multi-language and multi-currency platform; we acquired a proprietary banking platform and
license; and, mainly, we brought excellent entrepreneurs with complementary knowledge to the
team.

Our focus as managers and main shareholders of the CASH3 group is to search for strategies that
provide potential increase in cash generation in the long term in a sustainable way. This means that,
between maximizing the short-term result and building a better product for our users and partners,
we will not hesitate to choose the second option, and all our decisions will be aligned with
long-term goals.

The old credit card partnership model was no longer able to create the best experience for our users
and we decided to redesign our product. Immediate consequences, such as a slowdown in revenue,
a decrease in the opening of new accounts and in the active users of this vertical, were already
expected. On the other hand, from 2022 onwards, we will be able to serve our users with excellent
quality and, at the same time, receive much higher remuneration for it. It will also be essential for
us to innovate for our users and differentiate ourselves in the market.

We could have created a digital account and card with some Banking-as-a-Service provider, as some
neobanks and wallets did. It would be faster and we would probably have both products “ready”
right now. However, the acquisition of Acesso Bank combined with the financial services strategy,
gives us more opportunities for the long term, greater flexibility to innovate at all levels of the
product architecture and we no longer depend on a third-party provider. In addition, we chose to
bring an outstanding team captained by Davi Holanda, which will be instrumental in helping us to
build the Méliuz team with incredible leaders.

From 2022 onwards, we expect to accelerate the offer of new products and services based on a
solid foundation that is being created in 2021. We do not believe that companies can create
sustainable advantages by offering just one product and, because of that, we are working on several
product fronts with their respective leaders. In 2022 we will be able to advance in the cross-selling
products, increasing the engagement and monetization of each user.

2
3Q21 RESULT

We will continue to invest in a high-level team and in new products as long as there are good
opportunities for this, and we believe that the environment for innovation in financial services in
Brazil could not be more favorable.

Thanks to our shareholders, partners, users and especially our entire team. We'll keep making
history, because it is still just Day One.

3
3Q21 RESULT

1 - OUR TEAM

Considering the acquisitions, we finished the month of October with 838 people in the CASH3
group. Without considering the acquisitions, we closed the month with 395 employees at Méliuz,
more than twice the number of employees on the day of the IPO in November 2020, among which
approximately 53% are directly linked to the technology and product team. Currently, more than
70% of our developers are working on features, improvements and products that will be launched
over the next few quarters.

In the last two quarters, we have been able to evolve a lot in hiring related to the product and
technology teams and, therefore, we believe that we are already approaching the ideal number of
employees to deliver next year's strategy. Our expectation is that hiring will continue in the coming
quarters, but on a more punctual basis.

¹ Considering the number of Méliuz employees on the day of the IPO.


² Acquisitions: Picodi on Feb/21; Accesso Bank (pending approval of the Central Bank), Promobit and Melhor Plano in May/21; Alter in Jul/21.

Our voluntary turnover of the engineering team remains very low: around 1% per month. Our
internal report which evaluates the integration of new employees remains high and, in the last
quarter, the average score was 9.9 (being 10 the maximum grade).

4
3Q21 RESULT

2 - USER BASE

We ended 3Q21 with a total of 20.8 million opened accounts, an increase of 2.0 million in relation to
2Q21, when we reached 18.8 million, and of 9.1 million in relation to the same period of the last
year, when we reached 11.6 million.

In 3Q21 we had an average opening rate of 30 thousand accounts per business day, compared to 39
thousand in 2Q21. This reduction was a consequence of the strategy announced during the
disclosure of the 2Q21 result regarding the prioritization of the development of the new Méliuz
card,which is due to be launched in January 2022. Since this decision took place in the middle of the
third quarter, the expected investments for the acquisition of users for the co-branded card have been
allocated in marketing campaigns focused on the growth of the shopping vertical. Once the new
App and the new Méliuz card are released, the expectation is that the number of accounts opened per
business day will return to or exceed the average presented during the first half of 2021.

In the last 12 months ended on September 30th, 2021, even with the aforementioned
deprioritization of the co-branded card, we reached a total of 9.5 million active users, an increase of
8% compared to 2Q21, when we reached 8.8 million, and of 168% compared to 3Q20, when we
reached 3.6 million.

5
3Q21 RESULT

Active Users are new or existing users that performed at least one of the following actions in the reporting period: (i) purchased in a Méliuz partner using the Méliuz app, website or plugin; (ii)
used the Méliuz Credit Card in a purchase; (iii) activated an offer advertised by Méliuz on the website, app or plugin; (iv) installed and performed maintenance of the active plugin in the
internet browser; (v) installed or used the Méliuz app; (vi) submitted a Méliuz Credit Card application; (vii) redeemed cashback balance to a checking or savings account and/or (viii) referred
Méliuz to a new user using the “Refer and Win” program. Total accounts and active users include Méliuz results only (without considering acquisitions).

The number of visits and installations of the different platforms that we use to promote the
shopping vertical for our users continue to show solid growth. Following the trend of increasing
usage of smartphones, App visits is the metric that showed the highest growth: up by 10% in
comparison to 2Q21 and by 184% compared to the same period of the previous year, reaching 44
million visits in 3Q21. Visits to the website were in line with the previous quarter, amounting 24
million visits, but compared to the same period of the previous year, there was a strong growth of
50%. In relation to the active Plug-in in the browser, we reached 846 thousand active plug-ins in the
quarter, compared to 807 thousand in 2Q21 and to 646 thousand in 3Q20.

6
3Q21 RESULT

Active users of the extension (plug-in) are those who used their browser while having this product installed and activated in the last 7 days. The numbers of visits to the App, sessions on the
website and Active plug-in in the browser include Méliuz results only (without considering acquisitions).

3 - SHOPPING

NEW BUYERS

Once again, we have reached an all-time record for new buyers in a quarter. The chart below shows
the strong acceleration of this base, surpassing, for the second consecutive quarter, the number of
new buyers in the quarter of last Black Friday, in 4Q20. The total number of buyers in 3Q21 was also
a record high, due to the significant increase in new buyers and to the number of buyers already
registered in our base.

7
3Q21 RESULT

The numbers of new buyers and total buyers include only Méliuz shopping vertical (without considering acquisitions)

The new buyers metric is one of the most important to consolidate the Company's long-term
strategy. Although the GMV generated by the cohort of new users in its first months after activation
is only a portion over the company's total GMV, the result of the consistent addition of new cohorts
alongside with an effective retention of these users in our base generates a constant, sustainable
and exponential growth of the Company. This effect is illustrated when we analyze the historical
growth of the Company's GMV grouped by user cohorts where, even considering the effect of
seasonality between semesters, we see that the older cohorts remain active and generating
recurring results over time.

8
3Q21 RESULT

The GMV data per cohort includes Méliuz results only (without considering acquisitions).

In addition to the constant addition of new cohorts, it is important to ensure that users who remain
active increase their engagement and relationship with the Company. This is possible from a
combination of factors, such as constant product improvements, effective communications, addition
of new partners to the base, improvements in negotiated trading conditions and launch of new
business verticals. On average, a user makes 7 purchases per year using any of Méliuz platforms. An
important metric to be analyzed on this front is the ratio of the GMV of a group of shopping vertical
users in a given year, in relation to the GMV generated by this same group of users observed in the
previous year.

9
3Q21 RESULT

GMV retention of users who made purchases in year X = (GMV of the same group of users in X+1) / (GMV of the group of users who made purchases in year X)

Finally, the efficient strategy of adding new buyers and retaining the active base in the shopping
vertical is fundamental to the expansion of the Company’s new business lines. This has already been
observed in the launches of Méliuz Card, Méliuz Invoice, Méliuz Loan, gift cards and recharge. This
same base will be of fundamental importance in the Company’s future launches, especially the
products already under development in the financial services vertical.

SALES VOLUME (GMV)

We achieved the all-time record for GMV in history, surpassing even the 4Q20 numbers, when the
last Black Friday occurred. Considering Méliuz only (excluding acquisitions), we reached a GMV of R$
1.1 billion, up by 27% compared to 2Q21 and by 74% in comparison to the same period of the
previous year. In relation to the other companies in the group, we had a GMV of R$ 234 million for
Picodi and R$ 49 million for Promobit in 3Q21, totaling R$ 1.4 billion of GMV in the consolidated
view in the quarter.

In the last 12 months ended on September 30th, 2021, we generated a total GMV of R$ 4.5 billion,
of which R$ 3.8 billion refers to Méliuz, R$ 585 million to Picodi (from March 2021 onwards) and R$
81 million to Promobit (from May 2021 onwards).

10
3Q21 RESULT

GMV (Gross Merchandise Volume) considers the total value of sales originated for our e-commerce partners. It considers the values of Picodi from
March 2021 onwards and of Promobit from May 2021 onwards

11
3Q21 RESULT

GIFT CARDS AND MOBILE TOP-UP

Gift card and mobile top-up products have high retention and user frequency characteristics. While in
2Q21 users bought on average 3.7 gift cards and made 2.3 recharges, in 3Q21 the average purchase
was 3.8 gift cards and 2.6 recharges.

We have completed the trial period of the gift card and mobile top-up and, starting in 4Q21, those
products will be rolled out to 100% of the user base, also including a payment option via PIX, which
is an instantaneous money transfer system that was launched by the Brazilian Central Bank in 2020,
thereafter becoming ubiquitous among the country’s population. We reinforce the importance of
these products to keep users within the Méliuz ecosystem, which may foster cross selling of
products.

MÉLIUZ INVOICE

The indicators of the Méliuz Invoice continue to impress positively. Offers activated in 3Q21 reached
3.6 million, 3.3 times than the 2Q21 result. The number of users activating Méliuz Invoice offers
rose approximately 50% between the two quarters, reaching 294 thousand users in 3Q21. Since the
product's launch, we have received invoices from 3,622 different cities in Brazil, representing a
coverage of 65% of all cities in the country.

Sellout Data Points represent the captured volume of records of items sold in invoices

12
3Q21 RESULT

TAKE RATE

From this quarter onwards, we are starting to disclose our take rate metric, represented by the
percentage of commission that the company gets in each transaction carried out in the shopping
vertical. We arrive at the take rate value through a managerial calculation, in which the commission
set with each partner is divided by the generated GMV. However, for the correct understanding of
the take rate, some steps of this calculation must be highlighted:

First, it is worth remembering that the GMV reported in this report considers the total transactions
originated by Méliuz for its partners on the date when the users made the purchases, that is, it is the
GMV generated at the time of purchase. A transaction, after being identified and recognised as having
been originated by Méliuz by the partners, takes an average of 35 days to have its status updated to
“confirmed”1. After the confirmation of the GMV, Méliuz invoices each partner according to the
negotiated commissions and, at this time, there is the recognition of revenue. Historically, about 80% of
the originating GMV is confirmed and, consequently, becomes revenue.

Another important point is that this whole process that involves the confirmation of the GMV and
the issuance of the invoice to the partners causes a timing mismatch between the GMV and the
reported revenue. Thus, part of the revenue is recognized in the quarter of the origination of GMV
and another part is recognized in the following quarters. This timing mismatch between the
originated GMV and the reported revenue may vary between quarters due to negotiations involving
partners.

In 3Q21 we reached a take rate of 6.2%, 0.7 percentage points (pp) higher than the metric of 2Q21,
when we reached 5.5%, and 0.6 higher than the same period of the previous year, when we reached
5.6%. The value of 3Q21 was 0.2 pp above the average take rate of 6.0% in the last 2 years (from
4Q19 to 3Q21), and only 0.2 pp below 4Q20, a period when the take rate is historically higher on
account of Black Friday.

The 3Q21 take rate increase over 2Q21 and 3Q20 is explained by Black Friday warm-up campaigns,
in which we got higher commission rates from partners so as to offer higher cashbacks to our users.
Our cashback strategy continues with the goal of always seeking to maximize earnings for users,
partners and Méliuz.

1
This is a period that stores need to ensure that the purchase was actually paid, the product was properly delivered, there was no change and / or
return of the product by the buyer, among other factors that may result in cancelling the transaction.

13
3Q21 RESULT

INTERNATIONAL SHOPPING

Regarding our international shopping vertical, according to the initial plan that has been disclosed to
the market and after six months of development, we completed, at the end of September, the
launch of the cashback feature for users in 9 countries, among the 44 where Picodi is present. The
first countries were chosen on a combination of factors such as organic traffic and quality of the
affiliate networks in each country. Those 9 countries were: Turkey, Spain, Romania, Mexico, United
Arab Emirates, Czech Republic, Poland, Russia and Australia.

As it is a recently launched product, there is still a lot of work to be done in terms of improvements,
repairs, and new implementations, as well as creating a mobile app and adding other features. Still,
with recent data of the cohorts observed in the first few weeks post-launch, we are seeing
conversions across the funnels within the expected rates. With this, we expect to deliver an addition
and retention effect of user cohorts similar to what we have historically observed in Méliuz, as we
could see in the GMV chart by cohorts already presented in this report. It is important to mention,
though, that this effect - namely the addition and retention of cohorts - takes time to produce
significant GMV growth relative to the former organic result. In addition to this strategy, in a second
moment, when a strong user base has already been created and retained, it becomes natural to add
other products and services. Therefore, the new cashback feature in Picodi’s shopping vertical is
only a first step towards further expansions, as was the case of Méliuz in Brazil.

14
3Q21 RESULT

Thus, with cashback operation in the international markets still in its initial phase, it is expected that
a significant part of the Company’s short-term GMV growth will continue to be delivered by the
operation already consolidated in Brazil.

4 - FINANCIAL SERVICES

MÉLIUZ CARD

We have completed 3Q21 with a total of 7.0 million requests for our co-branded card since its
launch, representing 1.0 million new orders in 3Q21 versus 1.5 million in 2Q21. This reduction was
already expected, because, in the middle of 3Q21, we stopped making any paid marketing campaign
related to the co-branded card, as mentioned at the beginning of this report and communicated to
the market during the announcement of 2Q21 results.

During 3Q21, we reached a total of R$ 914 million in Total Payment Volume (TPV), a growth of 20%
when compared to 2Q21 and 272% when compared to 3Q20. For the last 12 months ended
September 30th, 2021, we reached R$ 2.8 billion of TPV, an increase of 32% and 449% against 2Q21
and 3Q20, respectively.

15
3Q21 RESULT

TPV (Total Payment Volume) considers the total amount that our users transacted with their Méliuz Card

CRYPTOASSETS

For the first time, we are reporting the numbers of Alter, a company specialized in trading
cryptoassets, which was acquired by Méliuz in July this year. The company has 24 employees, who
have already been integrated into the Méliuz team and are currently working together with other
teams on the project for the development of the new App that will be launched in January 2022.

With the acquisition of Alter, we added a base of 27 thousand active users in cryptocurrencies, a
number that, in 3Q20, was approximately 4 thousand users. Currently, these users have
approximately R$39 million in custody and traded approximately R$409 million during 3Q21.

It is worth remembering that the approval of the purchase of Alter took place at the extraordinary
general meeting on October 1st and, therefore, its financial data will be consolidated to Méliuz in
the 4Q21 earnings release.

16
3Q21 RESULT

5 - FINANCIAL PERFORMANCE

NET REVENUE

In 3Q21, we reached a total net revenue of R$58.7 million, an increase of 8% compared to 2Q21,
when we reached R$54.5 million, and a growth of 129% against the same period of the previous
year, when we reached R$25.6 million. Of the total revenue in 3Q21, R$51.0 million came from our
operations in Brazil (national shopping, financial services, Melhor Plano, Promobit and iDinheiro)
and R$7.7 million from the international operation.

Considering the last 12 months ended in September 2021, our net revenue totaled R$208.4 million,
an increase of 19% compared to the last 12 months ended in June 2021, when we reached R$175.3
million. In relation to the last 12 months ended in September 2020, when we reached R$106.2
million, the increase was 96%. It is worth remembering that the revenue from international
shopping was incorporated as of March 2021 with the acquisition of Picodi, while the acquisitions
that took place in Brazil (Promobit and Melhor Plano) were considered as of May 2021.

17
3Q21 RESULT

¹ Others: Net Revenue of Melhor Plano, Promobit and iDinheiro.

In the shopping vertical, regarding the Brazilian operation, we reached a net revenue of R$39.4
million, a growth of 13% compared to 2Q21 and of 75% compared to the same period of the
previous year, explained by the growth in GMV generated. As detailed in the Take Rate chapter, it is
worth remembering that a large part of the revenue in 3Q21 still derives from the GMV reported in
the 2Q21 earnings release. Hence, the GMV reported in 3Q21 will have a greater impact on revenue
referring to 4Q21.

In relation to international shopping, we had a net revenue of R$7.7 million in 3Q21, whereas in
2Q21 we reached R$8.2 million. This drop of approximately R$ 500 thousand is mainly explained by
the exchange rate variation (which is responsible for a R$ 335 thousand reduction) and the
slowdown in paid traffic investments for the coupon vertical while the product to enable the
operation of cashback in Picodi was being developed.

In the financial services vertical, our net revenue totaled R$8.6 million, a 3% growth compared to
2Q21. The reduction in revenue due to the de-prioritization of the co-branded card, which occurred
in the middle of 3Q21, will be observed from 4Q21 onwards, due to the temporal effect between
the activation of the card and the recognition of revenue. Starting in 2022, with the launch of new

18
3Q21 RESULT

products and services (such as the new Méliuz credit card), we expect to resume revenue growth in
the financial services vertical.

OPERATING EXPENSES

In 3Q21, our operating expenses totaled R$69.5 million in 3Q21, an increase of 11% compared to
the previous quarter, when we totaled R$62.5 million. This growth is mainly explained by the
increase in personnel expenses (R$6.0 million), which is in line with the company's strategy of
focusing on organic growth, aiming at improvements and products that will be launched over the
next quarters.

OPERATING EXPENSES
3Q21 2Q21 Variation
In millions of reais

Cashback 27.2 24.6 10.4%


Shopping 21.8 21.0 4.2%
Others¹ 5.3 3.6 46.1%
Personnel 18.9 12.9 46.9%
Marketing 11.3 10.2 10.6%
Software 4.9 4.9 0.8%
Third-party services 4.8 6.9 -29.6%
Other 2.4 3.1 -20.9%
Operating expenses (total) 69.5 62.5 11.2%

¹ Others: cashback expenses for user acquisition (Refer & Win and etc) and other products.

The variation in cashback expenses, of R$2.6 million between 3Q21 and 2Q21, is explained by the
organic growth of the business, which is in line with the increase in revenue, both in the shopping
vertical and in the financial services vertical. About 80% of cashback expenses are directly linked to
shopping revenue, while the remainder is derived from financial services and other products, such
as Méliuz Invoice, Refer & Win and others.

In the third-party services line, we had a 30% drop between the quarters, as in 2Q21 there was a
higher expense related to acquisitions. Excluding extraordinary items (M&As expenses), expenses
with third-party services in 3Q21 would have been R$4.1 million and in 2Q21 it would have been
R$2.1 million. This increase is mainly explained by contractual adjustments with audit and other
suppliers.

19
3Q21 RESULT

Regarding other expenses, we presented a 21% reduction between the quarters, mainly due to the
recognition of R$ 1.4 million related to the gain from the accounting of the transaction to purchase
iDinheiro (Gana SA), where we now hold the remaining 49% of the company. Excluding this
extraordinary item, the other expenses line would have totaled R$3.8 million in 3Q21.

Adding the extraordinary items, negative R$0.7 million in the "third party services" line (referring to
M&As processes) and R$1.4 million in the "other expenses" line (referring to the gain from the
purchase of the iDinheiro, we reached a total of R$0.7 million in 3Q21 against a negative R$4.8
million in 2Q21.

EBITDA

In 3Q21, our EBITDA was negative R$9.3 million, mainly explained by the increase in personnel
expenses, which is in line with our strategy. As we covered, 70% of our developers are working on
features, improvements and new products that will be released over the next few quarters.

¹ Others: general and administrative expenses, software expenses, third-party services and other operating income/expenses.
² Extraordinary items: Consider expenses with M&As (R$ 0.7MM) and gain from the purchase operation of iDinheiro (-R$ 1.4MM).

20
3Q21 RESULT

6 - PRO-FORMA RESULT WITH ACESSO BANK

Making a pro forma including the acquisition of Acesso Bank, for the 12-month period ended
September 30, 2021, we would reach total net income of R$285.8 million. This result would be
169% above the last 12 months ended September 30, 2020, when we reached R$106.2 million with
Méliuz alone (without the acquisitions).

¹ Others: Melhor Plano, Promobit, iDinheiro.

21
3Q21 RESULT

7 - FINANCIAL INFORMATION

INCOME STATEMENTS
In thousands of reais, except basic and diluted earnings per share
Controller Consolidated
Three-month Three-month
Three-month period period ending period ended
ending on on on
2021-09-30 2020-09-30 2021-09-30 2020-09-30

Net revenues 48,033 25,644 58,727 25,644


Operating expenses (62,335) (20,835) (69,529) (20,836)
Cashback expenses (27,161) (12,944) (27,161) (12,944)
Personnel expenses (14,909) (4,313) (18,932) (4,313)
Commercial and marketing expenses (10,458) (876) (11,272) (876)
Software expenses (4,501) (1,499) (4,890) (1,499)
General and administrative expenses (841) (457) (2,091) (458)
Third-party services (4,593) (560) (4,838) (560)
Depreciation and amortization (1,029) (317) (1,537) (317)
Other 1,157 131 1,192 131
Gross result (14,302) 4,809 (10,802) 4,808
Equity income 870 (1) 0 0

Income before financial result and taxes (13,432) 4,808 (10,802) 4,808
Financial result 5,649 (95) 5,766 (95)
Profit before taxes on profit (7,783) 4,713 (5,036) 4,713
Current and deferred income tax and social
contribution 3,244 20 2,086 20
Net income (loss) for the period (4,539) 4,733 (2,950) 4,733
Net income (loss) for the period
attributable to:
Non-controllers 1,589 -
Controllers (4,539) 4,733

Basic and diluted earnings (loss) per share


(in R$) (0.01) 0.01 (0.01) 0.01

22
3Q21 RESULT

BALANCE SHEETS
September 30, 2021 and December 31, 2020
(In thousands of reais)
Controller Consolidated
2021-09-30 2020-12-31 2021-09-30 2020-12-31
Current Assets
Cash and cash equivalents 547,539 329,428 570,982 331,207
Accounts receivable 17,642 17,890 30,736 17,890
Taxes to be recovered 5,191 1,126 5,745 1,127
Loans and contracts to be received 10,893 - 10,893 -
Other assets 2,161 4,432 2,383 4,455
Total current assets 583,426 352,876 620,739 354,679

Non-rolling
Long-term achievable
Amounts to be received from related parties - 63 - -
Deferred taxes 23,724 12,537 23,724 12,537
Advances 11,061 - 11,061 -
Other assets 3,155 3,282 3,218 3,282
Total long-term realisable assets 37,940 15,882 38,003 15,819

Investments 173,888 2,449 1 -


Asset 4,544 2,888 4,706 2,888
Leasing - right of use 1,709 250 1,709 250
Intangible 1,785 459 161,094 3,566

Total non-current assets 219,866 21,928 205,513 22,523

Total asset 803,292 374,804 826,253 377,202

Current liabilities
Suppliers 3,576 672 4,764 673
Loans and financing - - 303 -
Labor and tax obligations 9,586 5,544 12,022 5,587

23
3Q21 RESULT

Controller Consolidated
2021-09-30 2020-12-31 2021-09-30 2020-12-31
Income tax and social contribution to be
collected - 4 398 6
Cashback 10,093 7,983 10,093 7,983
Lease payable 682 209 682 209
Minimum dividends payable 21 4,686 21 4,686
Other liabilities 661 36 1,147 36
Total current liabilities 24,619 19,134 29,430 19,180

Non-rolling
Loans and financing - - 227 -
Lease payable 998 - 998 -
Cashback 607 538 607 538
Deferred taxes 0 - 2,354 -
Labor and tax obligations 441 - 489 -
Accounts payable to related party - - - -
Earn-out 21,938 - 21,938 -
Call option 40,840 - 40,840 -
Other liabilities - - - -
Total non-current liabilities 64,824 538 67,453 538

Equity
Share capital 772,178 344,678 772,178 344,678
Capital reserve (48,327) 7,049 (48,327) 7,049
Legal reserve 986 986 986 986
Profit reserve 2,419 2,419 2,419 2,419
Treasury shares (4,985) - (4,985) -
Other comprehensive results (1,328) - (1,328) -
Retained earnings (7,094) - (7,094) -
Shareholders' equity attributable to controlling
shareholders 713,849 355,132 713,849 355,132
Shareholders' equity attributed to
non-controlling shareholders 15,521 2,352
Total shareholders' equity 713,849 355,132 729,370 357,484

24
3Q21 RESULT

Controller Consolidated
2021-09-30 2020-12-31 2021-09-30 2020-12-31
Total liabilities and shareholders' equity 803,292 374,804 826,253 377,202

CASH FLOW
Nine-month period ended September 30, 2021 and 2020
(In thousands of reais)
Controller Consolidated
2021-09-30 2020-09-30 2021-09-30 2020-09-30
Operational activities
Income for the period before taxes on profit (11,770) 22,911 (7,222) 22,911

Adjustments by:
Depreciation and amortization 1,922 1,414 2,733 1,414
Gain/loss from disposal of fixed assets 3 6 3 6
Provision for doubtful accounts (2) 273 (2) 273
Equity (1,614) - - -
Net income and interest (21) 397 (21) 397
Negative Goodwill (1,353) - (1,353) -
Benefits for employees with stock options 2,021 - 2,021 -
Exchange variation and others 206 57 1,634 57
Adjusted net income (10,608) 25,158 (2,207) 25,158

Changes in assets and liabilities:


Accounts receivable from clients 250 4,176 (582) 4,176
Taxes to be recovered (2,410) (595) (2,736) (595)
Other assets 2,398 162 2,263 148
Amounts to be received from related parties 63 - - -
Suppliers 2,904 1,351 2,802 1,359
Labor and tax obligations 4,483 561 4,651 561
Cashback 2,179 (2,741) 2,179 (2,741)
Paid Income Tax and Social Contribution (1,659) (4,479) (3,042) (4,479)
Other liabilities 618 (88) (3,457) (88)
Payment of interest on loans and leases (115) (183) (115) (183)
Net cash generated in operating activities (1,897) 23,322 (244) 23,316

25
3Q21 RESULT

Controller Consolidated
2021-09-30 2020-09-30 2021-09-30 2020-09-30
Investment activities
Additions to property, plant and equipment (2,391) (382) (2,532) (382)
Receivables from the sale of property, plant and
equipment 5 36 5 36
Acquisition of equity (140,658) (2,000) (140,658) 1
Capital increase in subsidiaries (7,695) - - -
Additions to the intangible (1,881) (181) (3,406) (288)
Cash from business combination - (6,700) 17,248 (6,700)
Advances for the acquisition of equity instruments (11,061) - (11,061) -
Loans and contracts receivable (10,700) - (10,700) -

Net cash used in investment activities (174,381) (9,227) (151,104) (7,333)

Financing activities
Loan payments and leases (393) (1,054) (1,064) (1,054)
Borrowing and financing - 13,000 - 13,000
Capital contributions 427,500 - 427,500 -
Gross cost with own funds (23,068) (3,557) (23,068) (3,557)
Treasury shares (4,985) - (4,985) -
Receivables from related parties - (125) - (61)
Compulsory dividends paid (4,665) - (4,665) -

Net cash generated (used) in financing activities 394,389 8,264 393,718 8,328

Effects of exchange variation - - (2,595) -

Net change in cash and cash equivalents 218,111 22,359 239,775 24,311

Cash and cash equivalents


At the beginning of the period 329,428 9,981 331,207 9,981
At the end of the period 547,539 32,340 570,982 34,292
Net change in cash and cash equivalents 218,111 22,359 239,775 24,311

26
3Q21 RESULT

For further clarification and details of the results presented in the tables above, please refer to our
ITR and Audited Financial Statements, available on our investor relations website: ri. Méliuz.com.br.

8 - GLOSSARY

EBITDA: Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization

Adjusted EBITDA: considers, through EBITDA, expenses that the Company identifies as
extraordinary or non-recurring items, such as expenses with acquisitions.

GMV: Gross Merchandise Value. Indicates the total value of sales originated to our e-commerce
partners on the date the users made purchases, that is, it is the GMV originated at the time of
purchase;

GMV LTM: Sum of GMV of the last 12 months;

Confirmed GMV: GMV reported after the period the stores need to ensure that the purchase was
effectively paid, the product was properly delivered, there was no exchange and/or return by the
buyer, among other factors that could result in the transaction being canceled;

CASH3 Group: includes the numbers of the following companies: Méliuz, Picodi, Melhor Plano,
Promobit, Acesso Bank (pending approval from the central bank) and Picodi.

Active Plug-in in the browser: Measurement of the number of active users in the extension
(plug-in). Active users in the extension are understood to be those who used their browser and had
the product installed and activated in the last 7 days.

LTM Net Revenue: sum of net revenue for the last 12 months;

LTM Pro Forma Net Revenue: sum of net revenue from Méliuz, Acesso Bank, Melhor Plano, Picodi
and Promobit in the last 12 months;

GMV retention: retention of GMV generated by a group of users who made purchases in year X:
(GMV of the same user group in year X+1) / (GMV of the user group who made purchases in year X);

Sellout DataPoints: volume captured from records of items sold in invoices;

27
3Q21 RESULT

Take Rate: percentage of the company's commission on each transaction originated by shopping
vertical partners. Méliuz management calculation: division of the commission agreed with each
partner by the originated GMV;

TPV: Total Payment Volume. It considers the total amount that our users transacted with their
Méliuz Card;

Turnover: employee turnover rate, measures the number of employees who leave an organization
in relation to the total number of employees over a period of time;

Active Users: Active Users are new or existing users that performed at least one of the following
actions in the reporting period: (i) purchased in a Méliuz partner using the Méliuz app, website or
plugin; (ii) used the Méliuz Credit Card in a purchase; (iii) activated an offer advertised by Méliuz on
the website, app or plugin; (iv) installed and performed maintenance of the active plugin in the
internet browser; (v) installed or used the Méliuz app; (vi) submitted a Méliuz Credit Card
application; (vii) redeemed cashback balance to a checking or savings account and/or (viii) referred
Méliuz to a new user using the “Refer and Win” program.

28