Você está na página 1de 4

1-Tema : O/A agente das representações e das práticas

1-O que te faz escolher a profissão policial?


2-Qual é seu papel na DM?
3- Você se sente realizado trabalhando na DM?

4- O que você considera mais difícil/frustrante no seu trabalho ?

Prestar serviço na delegacia contém um cotidiano em resolver muitos


problemas,mais frustante é ver crianças e mulheres sofrerem abuso sexual ou
estupro .

5- O que considera mais gratificante no seu trabalho ?

Durante meu trabalho o que me torna satisfeito é um bom atendimento ao


público,conseguir proteger rapidamente a vítima e saber compreender os problemas
do boletim de ocorrência.

2- Tema: O cotidiano na prática : o funcionamento da delegacia

1- Em geral, como é a rotina dessa delegacia ?

Uma rotina muito estressante , com problemas para tentar solucionar ,prazos a
serem entregues,solicitar medida protetiva e altos números de inquéritos policiais .

2-Quais são as principais atividades que vocês desenvolvem ?

Primeiramente o atendimento ao público , assim ocorre a apuração dos fatos ,se


aquele problema da vítima é concebível realizar o boletim de ocorrência, durante a
realização do boletim de ocorrência na natureza de violência doméstica ,perguntar
se é necessário a medida protetiva ou explicar o processo de representação da
queixa crime .
Dependendo de casos com crianças e adolescentes é feito uma escuta
especializada em questões de psicologia,na qual esse tipo de atendimento é
gravado em forma de áudio e vídeo ,encaminhado para o fórum e conselho tutelar .
Depois do boletim de ocorrência virar um processo ,diretamente resulta em um
inquérito policial .
Portanto, é preciso fazer carta de intimação das partes (indiciado ou
testemunhas)ouvir presencialmente em termos de declarações, em casos que as
partes não comparecem é feito um relatório de investigação .Após esse
procedimento o juiz fará uma certidão de ofício para finalizar o processo . Assim,
para arquivar o inquérito policial é feito um relatório.

3- Vocês recebem algum tipo de capacitação ?

4- Você acha que tem diferença a mulher ser atendida por um policial homem ou
mulher ?

Dependendo do tipo de crime , em casos de ameaça e injúria não possui diferença a


vítima ser atendida por homem ou mulher .
Agora em casos de estupro,abuso sexual ou importunação sexual ,no meu ponto de
vista é necessario a vitima passar com atendimento feminino ,onde possui maior
compreenção com a convivencia da sociedade,entender melhor a proteção e
dignidade da mulher .

5- como você se sente quando atende uma mulher em situação de violência?

Para atender uma vítima na delegacia é preciso desenvolver um


profissionalismo,não se envolver com o problema do boletim de ocorrência .O/A
policial não deve mostrar opinião em nenhuma das partes , buscar durante o
atendimento atitude de ser imparcial e neutro .
Tema : Concepções e representações

1- Para você quem é essa mulher que sofre violência ?

Pela observação ao cotidiano na delegacia ,geralmente as vítimas são mulheres


donas de casa,dependem financeiramente de seus maridos ou companheiros.São
pessoas que sofrem caladas ,porque querem um bom convívio dentro da família ou
medo de não ter moradia .

2- Para você quem é esse homem que agride ?

Homem que é agressor , geralmente demonstra uma personalidade agressiva ,com


ideais machistas e faz o uso de drogas ou bebidas alcoólicas.

3-Depois de você ter ingressado na polícia algo mudou ?

Mudou o respeito,em ver o lado das duas partes ,ou seja, nem sempre a vítima que
ingressou ao boletim de ocorrência que está totalmente correta ou verdadeira . Não
julgar a vítima nem investigado .

4-Você pensa diferente acerca das mulheres que denunciam e das que não
denunciam ?

As vítimas que não denunciam ,sofrem de violência física ,verbal e sexual de forma
calada e medo de serem julgadas pela sociedade ,já as mulheres que denunciam
tem coragem querem viver em sua liberdade .

5- O que você acha que leva uma mulher a permanecer numa relação violenta ?

Na minha opinião a mulher prefere sofrer violência ,porque sofre frequentes


ameaças pelo seu companheiro ,medo de ficar sozinha ou não ter moradia, ser
julgada pela família ou sociedade, criar expectativas que seu parceiro irá melhorar e
ter um relacionamento saudável .
6- Se você pudesse dar um conselho a essas mulheres, o que você diria a elas ?

Diria as mulheres ,confiar nelas próprias , terem coragem de denunciar o


agressor,saber o limite de um relacionamento tóxico ,não ter medo de ser julgada
por estar tomando uma atitude contra seu parceiro,pensar mais na saúde mental e
física e conquistar sua liberdade .

Você também pode gostar