Você está na página 1de 8

3.

Um prédio grande ou pequeno onde moram artistas e


gente moderna
1) O QUE DIZ A COR? 3) O QUE DIZEM OS DETALHES E A
SITUAÇÃO?
É um prédio com tons acinzentados que condizem
com a grande cidade que é São Paulo, trazendo a É uma construção abandonada com suas tintas des-
sensação de uniformidade, dureza e rigidez, engessa- cascando, janelas de madeira caindo aos pedaços
do a padrões. Mas devido aos grafites de artistas onde a única iluminação da fachada vem de pe-
multicoloridos em tons azulados em sua fachada quenas luzes em um cordão, quase como luzes de
trazem a ideia de diversidade, liberdade, além de ser natal. Que mostram uma tentativa de manter o lugar
cores relacionadas a liberdade sexual (o que entra em pé mesmo com toda a situação em volta. O
em consenso com a imagens de diversos artistas, e nome do prédio se mantém imponente, a tinta
seus diversos desejos). É um prédio em que por mais parece não ter sofrido nenhuma degradação com o
que as cores gerais o apague no meio de tantos tempo como se relutasse em se apagar no meio dos
prédio tem o seu próprio brilho e destaque, que o prédios da contemporaneidade. Parece ser grande
torna único. em seu interior, mesmo que as barreiras em sua
frente impossibilitem ocupações desta construção
2) O QUE DIZEM AS FORMAS?
aparentemente esquecida. Seria uma locação per-
feita para um filme melodrama contando sobre um
É uma construção de formas geométricas voltadas
grupo de artistas morando juntos que tentam lutar
para linhas retas e retangulares, possui uma média de
contra algo imposto na sociedade. Um grupo de
cinco andares, o destacando dos prédios que o
artistas como o “grupo dos cinco”, que mudaram a
cercam (que não possuem menos do que dez
arte na Semana de Arte
andares), é um minúsculo prédio ao lado dos
Moderna de 1922.
gigantes, evidenciando que apesar de estar em um
ambiente dominado ele tem seu diferencial, como os
artistas que moram lá. Ele possui janelas quadradas de
madeira envelhecida por toda sua fachada, o que traz
a sensação de abandono e descaso.
9. X para Y temporal, um local onde pode se fazer uma cena em
São paulo representando uma outra época que não seja agora
1) O QUE DIZ A COR? 3) O QUE DIZEM OS DETALHES E A
SITUAÇÃO?
Esta construção possui uma cor alaranjada com a
tonalidade mais clara, o que traz a sensação de É uma construção que carrega consigo todo o peso
conforto e diversão e com seus detalhes e colunas da São Paulo dos anos 50, onde a grandiosidade e
pintadas de branco, quebram a totalidade do laranja os esbanjamento tomam conta por meio da
trazendo o seu significado de liberdade a tona. É um imensidão de detalhes e adereços da construção.
conflito entre essas duas cores que se cruzam e se Há diversas estátuas gregas que remetem a ideia de
entrelaçam na construção. O que pode gerar um padrão culto que deve ser “seguido”, todas
reflexões sobre o conflito entre a diversão e liberdade muito bem limpas e postas em seus pedestais pron-
neste prédio. tas para uma bela admiração de seu público elitista
e isolado acima do nível da rua das pessoas
2) O QUE DIZEM AS FORMAS? “comuns”. Há uma grande quantidade de vasos
com plantas de folhagens grandes (novamente o
A construção como um todo lembra os pequenos pré- exagero na grandiosidade das formas), o que
dios da época da Art Deco em São paulo, com os trazem uma ideia de conforto nas varandas desta
ricos detalhes nas colunas, balaústres, e grades da fachada. Essa locação seria adequada para um
varanda, onde as formas circulares permanecem. A romance de época, sobre um casal desta elite bur-
imensidão de detalhes mostra que o prédio era algo guesa de uma São Paulo em sua ascensão comer-
grandioso, frequentado por pessoas com uma renda cial e industrial.
mais elevada. A varanda superior fica isolada das
demais, o que mostra uma diferenciação das possíveis
pessoas que frequentavam o lugar, onde os mais ricos
podiam ficar separados dos demais. As grandes jane-
las retangulares possuem uma grande abertura e
ficam acima do nível da rua, onde os frequentadores
possam olhar para baixo e se sentirem superiores. De
forma geral, é uma arquitetura fina para personagens
condizentes ao luxo de uma São Paulo nos anos 50.
10. X para Y geográfico, um local onde pode se fazer uma cena
em São paulo representando uma outro lugar
1) O QUE DIZ A COR? 3) O QUE DIZEM OS DETALHES E A
SITUAÇÃO?
A grande construção retratada na foto possui uma cor
bege harmoniosamente relacionada com os detalhes O prédio desta fotografia possui telhados de tijoli-
marrons entre os andares, que trazem uma sensação nhos em forma de “V” que são frágeis mas que
de conforto e simplicidade. O telhado cinza/azulado acabam dando uma estética bonita para o mesmo,
também se complementa com as cores do prédio, trazendo um charme para essa construção que po-
além de chamar a atenção e destaque para o brilho deria ser muito bem de uma família londrina burgue-
que o sol tem sobre a cor, que traz ainda mais tons de sa. As grades acima do telhado tem a única função
cinza azulado para o telhado. A delicadeza das cores de estética, são os únicos detalhes em preto do
remete a um ambiente convidativo e aconchegante, mesmo, como se essas falsa proteção das grades
de portas abertas para todos os visitantes. fossem algo negativo. As grandes janelas de madei-
ra são da altura de um homem mediano o que
2) O QUE DIZEM AS FORMAS?
remete a ideia das casas da animação “Peter Pan”
da Disney, pois essa locação seria perfeita para
A construção é formada por uma estrutura retangular,
retratar uma das casas em que o Peter Pan aparece.
mas onde os detalhes se sobressaem a estrutura geral,
Todas as colunas e balaústres parecem estar total-
como as janelas, sacadas etc. Há uma abóbada cir-
mente cuidados, evidenciando o carinho que essa
cular na frente do prédio, que remete a ideia das anti-
família poderia ter neste prédio.
gas bibliotecas ou casas antigas de uma Londres du-
rante a Revolução Industrial. As sacadas são simples
preservando a praticidade do lugar, o destaque
acaba se voltando para as janelas superiores redon-
das, pois são pequenas e parecem se unificar com as
cores do telhada, dando a impressão que nem exis-
tiam. Estas janelas são um perfeito lugar para se
esconder ou guardar lugares misteriosos. De forma
geral a construção chama sua atenção devido sua
grandeza mas evidenciando os detalhes e
simplicidade.
Audiovisual 2º Semestre
Turma: B Disciplina: DA
Professor: Antônio

Você também pode gostar