Você está na página 1de 2

AV1 DIREITO INTERNACIONAL

CURSO:Direito

ESTÁCIO MOREIRA CAMPOS

ALUNA: LARA GUEDES COSTA VIANA

MATRÍCULA: 201904026371

CURSO: DIREITO

DISCIPLINA: DIREITO INTERNACIONAL

PROFESSORA: SARAH DAYANNA LACERDA

AV1
Vence amanhã às 18:30
Fecha amanhã às 18:30
Instruções
1. O que é a Sociedade Internacional e o que a distingue da Comunidade Internacional?

RESPOSTA: A diferença entre elas aparece de acordo com o surgimento dessa coletividade
internacional. Segundo a teoria jusnaturalista, a Comunidade internacional, que é um
conjunto de membros, teria começado a se relacionar de maneira natural e espontânea,
pois existiam fatores favoráveis ao seu surgimento. Já de acordo com a teoria positivo
voluntarista, a Sociedade internacional teria surgido de maneira artificial, por um acordo de
vontades. A nomenclatura muda de acordo com o que se acredita em relação ao seu
surgimento.

2. Uma vez que se trata propriamente de uma organização internacional, a Cruz Vermelha é
considerada sujeito de Direito Internacional, não podendo, porém, celebrar tratados. Julgue
a afirmação em CERTA ou ERRADA e FUNDAMENTE.

RESPOSTA: A afirmativa está errada, a cruz vermelha é uma ONG e não uma organização
internacional, sendo assim ela é um ator de direito, e não um sujeito. Porém ela pode
celebrar alguns tratados humanitários.

 
3. Sobre o Direito Internacional dos Tratados, responda de forma fundamentada:

a) Sabemos que o principal objetivo do Direito Internacional na atualidade é ser


internalizado. As etapas que compõem o iter de incorporação do tratado ao ordenamento
nacional vão depender do sistema jurídico adotado por cada Estado. Explique o sistema
adotado pelo Brasil, segundo o STF, e apresente uma sequência detalhada das etapas de
incorporação de um tratado no ordenamento brasileiro.
RESPOSTA: São sete etapas que são compostas pela negociação do texto onde pode surgir
várias ideias e podem aceitar ou discordar ate chegarem a um texto final, Adesão ou
adoção do texto e a votação do texto definitivo, Assinatura que é o interesse no
compromisso do texto definitivo, Referendo que é a fase que a partir do qual vai haver uma
vinculação jurídica, é a fase que o Estado estará obrigado a cumprir as regras, Referendo
que segundo a convenção de Viena é exigido que ele não frustre o objetivo do tratado, não
existindo ainda o compromisso jurídico porém existe o compromisso político, Promulgacao
que é competência do presidente da república e logo em seguida feito a publicação do
texto tratado, por meio de decreto do chefe do executivo, onde se divulga ( a ultima etapa
que é a sua publicação no diário oficial) o texto integral do pacto e as regras sobre sua
entrada em vigor.

b) A Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência contra a Mulher,


conhecida como Convenção de Belém do Pará, foi aplicada pela primeira vez no caso Maria
da Penha pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos. Que posição esse tratado
ocupava no ordenamento brasileiro à época de sua inserção? Atualmente, ele ocupa a
mesma posição? Por quê?
 RESPOSTA: Ocupava uma posição de norma ordinária, porém passou a ser uma norma de
Direito supralegal.

4. A admissão como membro da ONU está aberta a todos os Estados e organizações
internacionais amantes da paz que aceitarem as obrigações da ONU. Julgue se a afirmativa
está certa ou errada, fundamentando sua resposta.
RESPOSTA: A afirmativa está errada, ela estaria correta caso não incluísse as organizações
internacionais. De acordo com o artigo 4o da Carta.

Você também pode gostar