Você está na página 1de 5

Departamento de Estruturas

Disciplina :EEA212 – Mecânica I


Prof. Ana Beatriz Gonzaga

8ª Lista de Exercícios: Cinemática de partículas


(exercícios tirados do capítulo 2 do livro do “Mecânica para engenharia”,vol. Dinâmica, J. L.
Meriam e L. G. Kraige, editora LTC)

Movimento retilíneo

1. A aceleração de uma partícula é dada por a = − ks 2 , onde a é em metros por


segundo ao quadrado, k é uma constante, e s é em metros. Determine a
velocidade da partícula como uma função de sua posição s. Avalie sua
expressão para s = 5 m se k = 0,1 m −1 s −2 e as condições iniciais no instante t = 0
1/ 2
 2 2 3 
são s0 = 3 m e v0 = 10 m / s Resp.: v =v0 − 3 k ( s − s0 ) 
3
;v =9,67 m / s
 

2. A aceleração de uma partícula que está se movendo ao longo de uma linha reta
é dada por a = − k v , onde a é em metros por segundo ao quadrado, k é uma
constante e v é a velocidade em metros por segundo. Determine a velocidade
como função tanto do tempo t como da posição s. Avalie suas expressões para
t = 2 s e em s = 3m se k = 0,12m1/ 2 s −3/ 2 e as condições iniciais no instante t = 0
são s0 = 1 m e v0 = 7 m / s . Resp.:
2 2/3
 1   3 
v =v01/ 2 − kt  , v =v03/ 2 − k ( s − s0 )  ; v =5,98 m/s em t =2 s, v =6,85m/s em s =3m
 2   2 

3. Uma menina rola uma bola para cima em um plano inclinado e deixa esta retornar
para ela. Par ao ângulo θ e a bola em questão, a aceleração da bola ao longo
da inclinação é constante em 0,25g, dirigida para baixo no plano inclinado.
Se a bola é liberada com uma velocidade de 4m/s, determine a distância s em
que esta se move para cima no plano inclinado antes de inverter o seu sentido
e o tempo total t necessário para a bola retornar à mão da criança. Resp.:
=s 3,=
26 m; t 3, 26 s

1
4. O corpo caindo com velocidade v0 colide e mantém contato com a plataforma
apoiada por um jogo de molas. A aceleração do corpo após o impacto é a= g − cy
, onde c é uma constante positiva e y é medido a partir da posição original
da plataforma. Se a compressão máxima das molas é observada como ym ,
v0 2 + 2 gym
determine a constante c. Resp.: c =
ym 2

5. Um avião a jato com uma velocidade de pouso de 200km/h tem um máximo


de 600 m de pista disponível após tocar o solo no qual deve reduzir
sua velocidade para 30 km/h. Calcule a aceleração média requerida da
aeronave durante a frenagem. Resp.: a = −2.51 m / s 2

6. O cone caindo com uma velocidade v0 atinge e penetra o bloco de


material de embalagem. A aceleração do cone após o impacto é a=g-cy2,
onde c é uma constante positiva e y é a distância de penetração. Se
a profundidade de penetração máxima observada é de ym, determine a
3v 2 + 6 gym
constante c. Resp.: c = 0
2 ym 3

2
Movimento curvilíneo plano

7. Um carro de teste parte do repouso em uma pista horizontal de 80m de


raio e aumenta sua velocidade a uma taxa uniforme para atingir os 100
km/h em 10 segundos. Determine o módulo a da aceleração total do carro
8 segundos após a partida Resp.: a = 6.77 m / s 2

8. Uma partícula se desloca em uma trajetória circular de 0,3 m de raio.


Calcule o módulo a da aceleração da partícula:
9. Se a sua velocidade é constante em 0,6 m/s; Resp.: a = 1.2 m / s 2
a. Se a sua velocidade é de 0,6 m/s, mas está aumentando na taxa de
0,9 m/s a cada segundo. Resp.: a = 1.5 m / s 2
10. Um carro passa por uma depressão na estrada em A com uma velocidade
constante que dá ao seu centro de massa G uma aceleração igual a 0,5g.
Se o raio de curvatura da estrada em A é de 100m, e se a distância da
estrada até o centro de massa G do carro é 0,6m, determine a velocidade
v do carro. Resp.: v = 22.08m / s

3
11. No projeto de um mecanismo de temporização, o movimento do pino A
na ranhura circular fixa é controlado pela guia B, que está sendo
elevada por seu parafuso de acionamento com uma velocidade constante
para cima de v0=2m/s para um intervalo de seu movimento. Calcule ambas
as componentes normal e tangencial da aceleração do pino A quando
esse passa a posição em que θ=30º. Resp.: at =−12.32 m / s 2 ; an =
21.3 m / s 2

12. Durante um curto intervalo as guias ranhuradas são projetadas para


se deslocar de acordo com:
x = 16 – 12t + 4t2 e y = 2 + 15t – 3t2 (x e y em mm e t em segundos)
No instante em que t=2s, determine o raio de curvatura ρ da trajetória
do pino restringido P. Resp.: ρ = 2.6 mm

4
13. Uma locomotiva está viajando em uma estrada de ferro reta e
horizontal com uma velocidade de v = 90 km/h e uma desaceleração a =
0,5 m/s2 como mostrado. Em relação ao observador fixo em O, determine
as grandezas de 𝑟𝑟̇ ,𝑟𝑟̈ , 𝜃𝜃̇ 𝑒𝑒 𝜃𝜃̈ , no instante em que θ=60º e r=400m.
17.68s;θ =
Resp.: r = 0.428 m / s 2 ;θ =
−0.0442 rad / s; r = 0.00479 rad / s 2

14. O movimento do bloco deslizante P na ranhura radial rotativa é


controlado pelo parafuso como mostrado. Para o instante representado:

𝜃𝜃̇=0,1 𝑟𝑟𝑟𝑟𝑟𝑟/s ; 𝜃𝜃̈ =−0,4𝑟𝑟𝑟𝑟𝑟𝑟/𝑠𝑠2 e r=300mm.

Além disso, o parafuso gira a uma velocidade constante fornecendo 𝑟𝑟̇


=40𝑚𝑚𝑚𝑚/𝑠𝑠. Para este instante, determine os módulos da velocidade v e da
aceleração a de P. Desenhe v e a para θ =120º. Resp.:
= =
v 50 mm / s; a 5 mm / s 2

Você também pode gostar