Você está na página 1de 3

Questão 2

A maneira como os produtos estão armazenados não está correta. Armários de madeira não
são adequados para armazená-los, visto que esse tipo de material pode atingir temperaturas
acima de 38 graus. A sinalização também está inadequada, os produtos não estão fáceis de
serem identificados, pois estão apresentados na sua fórmula química, assim pessoas que não
dominam tais fórmulas não saberão identificá-las. Eles devem apresentar seus nomes escritos
(ex: Ácido nítrico). Os compostos não apresentam data de compra, de abertura e data de
validade, e não apresentam quem é o proprietário dos frascos. Estes estão mal conservados e
deveriam estar em frascos apropriados para cada composto. Os frascos grandes não estão
devidamente armazenados, visto que frascos ou recipientes grandes, não devem ser
armazenados a mais de 60 cm de distância do chão. Não se deve guardar substâncias
corrosivas próximas de outras substâncias, como é o caso do ácido nítrico e do ácido sulfúrico.
OBS: O ácido nítrico deveria estar em um outro local isolado e trancado. A regra de em
prateleiras superiores dos armários colocar substâncias sólidas e líquidas e sólidos inflamáveis
(mas não corrosivas), e nas prateleiras inferiores colocar os ácidos também não foram
utilizadas. Os corrosivos ácidos devem estar separados dos corrosivos básicos, o que vemos na
imagem é uma proximidade muito grande entre eles e com uma separação de papelão pouco
adequada. Além disso, observa-se ácidos orgânicos próximos a ácidos inorgânicos.

Questão 3

A)

Nem o armazenamento e nem a disposição estão corretas. Nas prateleiras superiores dos
armários, guardam-se as substâncias sólidas e líquidas e sólidos inflamáveis (mas não
corrosivas), e nas prateleiras inferiores, os ácidos, pois essa disposição impede que os vapores
ácidos entrem em contato com os sólidos e possam causar reações indesejáveis, dando origem
a incêndios e explosões. Organização que não vemos nessa imagem. Visto que os compostos
devem ser guardados segundo as classes de reatividade (inflamáveis com inflamáveis,
oxidantes com oxidantes etc.) eles estão separados de forma até que “correta”, só que
substâncias oxidantes, nunca pode ser estocada próximas a combustíveis, inflamáveis como
vemos na imagem. O ácido nitrílico deve ser armazenado separadamente em ambientes
secundários combatíveis, longe de outros ácidos (sinalizado com placa de perigo na porta do
armário). Na prateleira A, o peróxido de hidrogênio também pode ser considerado como
corrosivo, assim ele e o ácido sulfúrico também não devem estar em prateleira exposta como a
que vimos. Já sobre os combustíveis e inflamáveis, deve-se tomar o máximo de cuidado
possível com eles. Recipientes de vidro não devem conter mais que 3,8 litros desses produtos,
e se houver altas quantidades dos produtos, deve-se armazená-los em armário exclusivo para
eles. Já os reagentes carcinogênicos nunca devem estar expostos como na figura. Eles tem que
ser armazenados em gavetas separadas de outras substâncias químicas além dessas gavetas
serem trancadas com chave pelo responsável do laboratório. Já os reagentes higroscópicos
devem ser isolados de outros produtos químicos, não podendo ser armazenados próximos aos
álcoois, água ou outros compostos contendo OH.
B)

Como existem reagentes higroscópicos nesse ambiente ( incêndio classe D), é necessário a
presença de extintores apropriados do tipo D, e em alguns casos, pode ser utilizado o de gás
carbônico (CO2) ou pó químico seco (PQS).

C)

Prateleira A: Jaleco de manga longa, algodão ou fibra sintética, sapatos de couro, luvas de
cloreto de viníla (PVC) e látex nitrílico, máscara PFF3, touca, óculos de proteção e protetor
facial muito bem ajustadas.

Prateleira B: Jaleco de manga longa, algodão ou fibra sintética, sapatos de couro, luvas de látex
para o metanol e o etanol e de cloreto de viníla (PVC) e látex nitrílico para a acetonitrila,
máscara, touca, óculos de proteção e protetor facial.

Prateleira C: Jaleco de manga longa, algodão ou fibra sintética, sapato fechado de couro, luvas
resistentes a produtos químicos devem ser usadas no manuseio. Um guia de resistência
química para materiais de luvas deve ser usado para determinar o melhor tipo de luva para o
carcinogênico que está sendo manuseado, máscara PFF3, touca, óculos de proteção e protetor
facial.

Prateleira D: Jaleco de manga longa, algodão ou fibra sintética, sapatos de couro, luvas
resistentes a produtos químicos, máscara PFF3, touca, óculos de proteção e protetor facial.

Questão 5

A) Um laboratório pequeno é recomendado de 40 a 50 m2. As fachadas devem ter no mínimo


1,20 de altura e ser superior a 80cm. As paredes divisórias e o teto devem ser construídas com
material resistente ao fogo RF > 120, onde o teto tem a dimensão recomendável de pé-direito
de 3m. Para as bancadas são recomendadas alturas entre 80 e 90 cm. O tampo da bancada
deve ser resistente a produtos químicos e ao calor - o material recomendado são granito e
inox. As bancadas de uso bilateral devem estar desencostadas da parede nas duas
extremidades, com espaço de pelo menos 1m.

B) O piso adequado é o PVC, pois é resistente ao fogo, impermeável e não pode haver
rachaduras, com resistência mínima de 300 kg/m2.
C) Será necessário ao menos duas portas, com 2 metros de altura e 90cm de largura no
mínimo, com alta resistência ao fogo. As portas que abrem para o corredor não devem ser do
tipo vai e vem, não devem conter maçanetas e nem corrediças, compostas por um visor na
altura dos olhos de pelo menos 40x20cm. As portas externas ao prédio devem abrir para fora,
serem providas de sistema antipânico e serem possíveis de abri-las com o cotovelo ou com os
pés.

D) Deve haver extintores de pó químico seco, de espuma ou de gás carbônico.

E) Os EPIs adequados são: Jaleco de manga longa, algodão ou fibra sintética, sapatos de couro,
luvas de cloreto de viníla (PVC) e látex nitrílico, máscara PFF3, touca, óculos de proteção e
protetor facial muito bem ajustadas.

Os EPCs adequados são: Capelas de exaustão, autoclave, câmaras de fluxo laminar, chuveiro
de emergência, lava olhos e extintores de incêndio.

Você também pode gostar