Você está na página 1de 3

As citações abaixo refletem uma experiência viva que uma verdadeira “mestra” moderna percebeu

como a natureza da vida, do eu e da realidade. Ela não tinha treinamento ou práticas anteriores. Ela
realmente experimentou uma "iluminação" espontânea enquanto estava nas profundezas de uma
depressão muito severa. Durante esse momento de iluminação total, sua auto-identidade pessoal
desapareceu junto com todo o seu sofrimento.

Eu me encontrei com ela e tive uma percepção confirmadora da autenticidade de sua experiência.

“Perfeição é outro nome para a realidade. A única maneira de ver algo como imperfeito é se você
acredita em um pensamento sobre isso. ‘É inadequado, é feio, é injusto, é falho’ – isso é verdade?”

“O pensamento estressante original é o pensamento de um eu. Antes desse pensamento, há paz. Um


pensamento nasce do nada e instantaneamente volta para onde veio. Se você olhar antes, entre e
depois de seus pensamentos, verá que existe apenas uma vasta abertura”.

“Tudo é um fluxo ininterrupto. Não há eu, não há ele, não há separação.”

“É insano acreditar que o sofrimento é causado por qualquer coisa fora da mente. Uma mente clara
não sofre. Isso não é possível. Mesmo se você estiver com muita dor física, mesmo que seu amado
filho morra, mesmo se você e sua família forem levados para Auschwitz, você não poderá sofrer a
menos que acredite em um pensamento falso.”

“Eu sou uma amante da realidade. Eu amo o que é, não importa como isso se pareça. E, no entanto,
isso vem a mim, meus braços estão abertos.”

"Isso não quer dizer que as pessoas não devam sofrer. Elas deveriam sofrer, porque elas sofrem. Se
você está se sentindo triste, com medo, ansioso ou deprimido, é isso que você deveria estar
sentindo. Pensar de outra forma é argumentar com a realidade. Mas quando você está triste, por
exemplo, apenas perceba que sua tristeza é o efeito de acreditar em um pensamento anterior.”

“Tudo é visto como perfeito, do jeito que é. Esperança e fé não são necessárias neste lugar. A Terra
acabou se tornando o paraíso pelo qual eu ansiava. Há tanta abundância aqui, agora e sempre. Há
uma mesa. Há um chão. Há um tapete no chão. Há uma janela. Há um céu. Um céu! Eu poderia
continuar celebrando o mundo em que vivo. Levaria uma vida inteira para descrever este momento,
esse agora, que nem sequer existe, exceto como minha história. E não está bom? A coisa
maravilhosa de saber quem você é é que você está sempre em estado de graça, um estado de
gratidão pela abundância do mundo aparente. Eu transbordo com o esplendor, com a generosidade
disso tudo. E eu não fiz nada para isso, a não ser se dá conta.

“Sem pensamento: não há problema. Não é possível ter um problema sem acreditar em um
pensamento anterior. Perceber essa simples verdade é o começo da paz”.

“Você pode saber que a realidade é boa tal como é, porque quando você argumenta com ela você
experimenta ansiedade e frustração. Qualquer pensamento que cause estresse é um argumento com
a realidade. Todos esses pensamentos são variações de um tema: "As coisas devem ser diferentes do
que são.”

“Não há nada pessoal nisso. Você não precisa deixar ir, entender ou perdoar. Perdão é perceber que
o que você acha que aconteceu não aconteceu. Você percebe que nunca houve nada para perdoar...”

“Quando o universo começou? Agora mesmo (quando muito). Uma mente clara vê que qualquer
passado é apenas um pensamento. Não há prova para a validade de qualquer pensamento que não
seja outro pensamento, e até mesmo esse pensamento se foi, e então o pensamento "Esse
pensamento se foi" também desapareceu.”

“A verdade é que tudo vem do eu (euísmo). Se não há pensamento, não há mundo. Sem o eu para
projetar-se, não há origem nem fim. E o eu simplesmente aparece: não sai de nada e não retorno a
nada. Na verdade, mesmo o “nada” nasce do eu, porque mesmo isso é um conceito. Pensando que
não há nada, você continua criando algo. O eu é a origem de todo o universo. Todo pensamento
nasce desse primeiro pensamento e o eu não pode existir sem esses pensamentos. Toda história de
iluminação se foi. É apenas mais uma história sobre o passado. Se isso aconteceu a cinco segundos
atrás, isso poderia muito bem ter sido há um milhão de anos.

“Os pensamentos são o que permitem que o eu acredite que ele tem uma identidade. Quando você
vê isso, você vê que não há um você para se iluminar. Você deixa de acreditar em si mesmo como
uma identidade e se torna igual a tudo.”

“Quando a mente não tem nada para se identificar, você experimenta tudo em sua beleza como a si
próprio. Eu costumava ver minhas mãos e dedos como coisas transparentes incríveis. Eu me
maravilhava com a luz refletida nos dedos, por dentro e por todos os dedos. Era como assistir as
moléculas nascerem, um corpo sendo reunido, tudo radiante, e não foi apenas com meus dedos, foi
com tudo.”

“Eu podia ouvir como eles acreditavam que eu estava pensando. Mas a verdade é que eu não estou
pensando. Os pensamentos apenas surgem.

“A única vez que você sofre é quando você acredita em um pensamento que argumenta com a
realidade. Você é a causa do seu próprio sofrimento – todo ele.”

"Os pensamentos nunca podem ser um problema para mim, porque eu os questionei e vi que
nenhum pensamento é verdadeiro."

“A tristeza é sempre um sinal de que você está acreditando em um pensamento estressante que não
é verdadeiro para você. É uma constrição e parece ruim. A sabedoria convencional diz de forma
diferente, mas a verdade é que a tristeza não é racional, não é uma resposta natural e ela nunca pode
ajudá-lo.”

"Porque eu não acredito em meus pensamentos, a tristeza não pode existir."

“Os budistas dizem que é importante reconhecer o sofrimento no mundo, e isso é verdade, claro.
Mas se você olhar mais profundamente, até isso é uma história. É uma história dizer que existe
algum sofrimento no mundo. O sofrimento é imaginado, porque não questionamos adequadamente
nossos pensamentos.”

“A piada é que não há nada. Você vê que todos os pensamentos estressantes já se foram, você
percebe que não há substância para eles, e sente um prazer intenso. Então você vê que todas as
coisas belas, todas as coisas que você ama, toda a grande arte, música e literatura, todas as pessoas
que você mais ama, toda a nossa civilização, a própria terra amada, todo o universo infinito,
também se foram, e você sorri com um prazer triplo, porque você percebe que não só eles não são
reais, mas você também não é real.

"Nada nunca aconteceu, a não ser um pensamento."

“Existe uma perfeição além do que a mente inquestionável pode conhecer. Você pode contar com
isso para levá-lo aonde quer que necessite estar, sempre que precisar estar lá, e sempre exatamente
na hora. Quando a mente entende que é apenas o reflexo da inteligência sem nome que criou todo o
universo aparente, ela se enche de deleite. Ela se deleita por ser tudo, se deleita por ser nada, se
deleita por ser brilhantemente gentil e livre de toda identidade, livre para ser sua vida ilimitada,
imparável, inimaginável, ela dança à luz de seu próprio entendimento de que nada nunca aconteceu
e que tudo que já aconteceu – tudo que pode acontecer – é bom”.

Todas as citações do livro de Byron Katie "A Thousand Names for Joy (Mil Nomes Para a
Alegria)”.

Você também pode gostar