Você está na página 1de 11

CLUBE DO CONCURSO

Curso de língua portuguesa PROFESSOR: FAUSTO


__________________________________________________________________________________________
AMAPÁ

Localização: extremo norte do país


*Na porção setentrional da região Norte, é cortada pela linha
do Equador e tendo a maior parte do seu território no
hemisfério norte;
*Fronteiras:
- Norte e noroeste: Guiana Francesa e uma pequena
parte com o Suriname;
- Oeste e sudoeste: Pará;
- Leste e nordeste: Oceano Atlântico;
- Sul e sudeste: Cabo Norte – foz do rio Amazonas.
- OUTRAS ANALISES:
- 1-O AMAPÁ ESTÁ LOCALIZADO NO EXTREMO
NORTE DO BRASIL;
- 2-O AMAPÁ ESTÁ LOCALIZADO NO NORDESTE DA Espacialização amapaense
REGIAO NORTE; 1490-bula intercoetera;
- 3-O AMAPÁ ESTÁ LOCALIZADO NA PORÇÃO 12/10/1492-descoberta das americas
ORIENTAL DA AMAZÔNIA LEGAL; 1494-tratado de tordesilhas
- 4-O AMAPÁ ESTÁ LOCALIZADO EM TRES 1500-descobrimento do Brasil
HEMISFERIOS:NORTE,SUL E OCIDENTAL; 1534-capitanias hereditarias
- 5-MACAPÁ É A ÚNICA CAPITAL CORTADA PELA 1580-1640-união iberica
LINHA DO EQUADOR E BANHADA PELA MARGEM 1637-capitania do cabo norte(14 de junho de 1637, o rei
ESQUERDA DO RIO AMAZONAS NA ANTIGA Felipe IV da Espanha toma providências no sentido de criar a
PROVINCIA DOS TUCUJÚS-MACAPABA; Capitania do Cabo Norte-BENTO MACIEL PARENTE)
- 6-ESTÁ LOCALIZADA NO SUDESTE DO ESTADO; Chegada dos europeus
- 7-A CAPITAL ESTÁ PROXIMO DA REGIAO DOS Vicente Yáñez Pinzón, em fevereiro de 1500.
LAGOS,PELA RODOVIA AP-70. Daniel de La Touche, Senhor de la Ravardière.
- Área: 142.815,81 km2 Em sua obra "A Descoberta da Guiana", o navegador e
- População: 829.494 habitantes-2018 explorador britânico sir Walter Raleigh descreveu uma
- Ponto mais elevado: MONTANHA DO Tumucumaque "Província da Amapaia" como uma terra "maravilhosa e rica em
- Rios principais: Amazonas, Jari, Oiapoque, Araguari, ouro", povoada por indígenas chamados "anebas" que teriam
Maracá, Amapari presenteado o espanhol Antonio de Berreo com várias joias
- Vegetação: mangues litorâneos, campos gerais, daquele metal:
floresta Amazônica.
- Clima: equatorial “ A Província da Amapaia é um terreno muito plano
- Hora local: horário de Brasília e pantanoso próximo ao rio; e por causa da água
- Capital: Macapá. barrenta que se espraia em pequenas
- Habitante: macapaense ramificações por entre a terra úmida, lá crescem
vermes e serpentes venenosas. (...) Berreo
esperava que a Guiana fosse mil milhas mais
próxima do que calhou de ser ao final; por meios
dos quais suportaram tanta carência e tanta
fome, oprimidos com doenças dolorosas, e todas
as desgraças que se pode imaginar, perguntei
àqueles na Guiana que haviam viajado pela
Amapaia, como sobreviveram com aquela água
parda ou rubra quando andaram por lá; e
disseram-me que após o sol estar no meio do
céu, eles costumavam encher seus potes e pás
com aquela água, mas antes disso ou até o
crepúsculo era perigosa de beber e, à noite, forte
veneno. ”

Raleigh narra ainda como o rival espanhol tentou sair da região


para tomar a cidade mítica de Eldorado (que então se
acreditava ficar na Guiana) e não conseguiu, barrado pelo que
seria hoje chamada de Serra Tumucumaque:

“ Desta província Berreo se apressou em sair tão


logo a primavera e o início do verão aparecera, e
buscou sua entrada nas fronteiras do Orinoco
pelo lado sul; mas lá havia uma cordilheira de
montanhas tão altas e impenetráveis, que ele não ”

_____________________________________________________________________________________________
Rua Jovino Dinoá, entre Cora de Carvalho e Almirante Barroso, Centro, Macapá-AP.
CLUBE DO CONCURSO
Curso de língua portuguesa PROFESSOR: FAUSTO
__________________________________________________________________________________________
reivindicou a posse da região do Cabo Norte, e embora o
pôde por modo algum marchar sobre elas (...); e Tratado de Utrecht (1713) tenha estabelecido os limites entre
mais, para sua desvantagem, os caciques e reis o Estado do Maranhão e a Guiana francesa, estes não foram
da Amapaia haviam dado saber de seu propósito respeitados pelos franceses: o problema da posse da região
aos guianeses, e que ele queria saquear e permaneceria pendente nas relações entre as duas Cortes.
conquistar o império, por esperar sua tão grande À época, o governador de Caiena, marquês de Férolles, à frente
abundância e quantidade de ouro. Ele passou de uma força expedicionária francesa e indígena, arrasou os
pelas desembocaduras de vários grandes rios que fortes portugueses na região do Cabo Norte e apossou-se da
caem no Orinoco tanto do norte quanto do sul, região. Foram logo expulsos.
que evito listar, por enfado, e porque são mais
prazerosos de descrever do que de ler.

Embora várias destas características sejam condizentes com o


território do Amapá, no entanto a interpretação da
historiografia oficial situa esta terra de "Amapaia" junto ao vale
do rio Orinoco, no leste da Venezuela.
O período colonial
Durante a Dinastia Filipina (1580-1640), estabelecida a
presença portuguesa em Belém do Pará a partir de 1616,
iniciou-se a luta pela ocupação e posse da bacia amazônica,
que perdurou cerca de meio século pelas armas, e mais de dois
séculos pela diplomacia.
Em 1619, Manuel de Sousa d'Eça foi designado para servir na
Capitania do Pará, no Estado do Maranhão, por três anos. As
suas funções incluíam a "(...) expulsão do inimigo do Cabo do
Norte, e mais descobrimentos (...)", para o que requeria
homens, armas e equiiversos. O memorial que apresentou a
respeito, detalha a situação estratégica da embocadura do rio
Amazonas à época, descrevendo as atividades estrangeiras e
sugerindo as providências mais urgentes a serem tomadas pela
Coroa.
O Aviso de 4 de novembro de 1621 do Conselho da Regência
de Portugal, recomendava que se tomassem as medidas
necessárias com o fim de povoar e fortificar a costa que se
estendia do Brasil a São Tomé da Guyana e bocas do [rio]
Drago [na Venezuela], e os rios daquela costa.
Finalmente, a partir de 1623, Luís Aranha de Vasconcelos e
Bento Maciel Parente, tendo como subordinados Francisco de
O nome "Amapá" - A origem do nome do estado é controversa.
Medina, Pedro Teixeira e Aires de Sousa Chichorro, com forças
Na língua tupi, o nome "amapá" significa "o lugar da chuva".
recrutadas em Lisboa, no Recife, em São Luís do Maranhão e
Segundo a tradição, porém, o nome teria vindo do nheengatu
Belém do Pará, apoiadas por mais de mil índios flecheiros
- língua geral da Amazônia, uma espécie de dialeto tupi
mobilizados pelo frade franciscano Cristóvão de São José,
jesuítico - significando "terra que acaba" ou "ilha".
atacaram e destruíram posições inglesas e neerlandesas ao
Segundo outros, a palavra "amapá" é de origem nuaruque ou
longo da embocadoura do rio Amazonas, na ilha de Gurupá e
aruaque, pertencente à mais extensa das famílias linguísticas
na ilha dos Tocujus. Como consequência, seis fidalgos ingleses
da América do Sul, dos habitantes da Região Norte do Brasil ao
foram mortos, os fortes neerlandeses de Muturu e Nassau
tempo do seu descobrimento - e identificaria uma árvore da
foram destruídos, centenas de combatentes mortos ou
família das Apolináceas.
capturados, provisões, armas, munições e escravos da Guiné
LOCALIZAÇÃO
foram apresados, e um navio neerlandês afundado.
Dois anos mais tarde, em 1625, Pedro da Costa Favela,
Jerônimo de Albuquerque e Pedro Teixeira, com
destacamentos de Belém e Gurupá, reforçados por algumas
centenas de indígenas chefiados pelo franciscano Frei Antônio
de Merciana, destruíram novos estabelecimentos na costa do
Macapá e no rio Xingu. O Macapá era a designação genérica
da região compreendida entre a foz do rio Paru e a margem
esquerda da foz do rio Amazonas, abrangendo quatro
províncias de indígenas ali aldeados por missionários
franciscanos, entre elas a chamada Província dos Tocujus.
Em 1637, o Rei Felipe IV de Espanha e III de Portugal concedeu
a donataria da Capitania do Cabo Norte a Bento Maciel Parente.
A doação foi registrada no livro Segundo da Provedoria do Pará.
Até meados do século XVII foram registrados choques entre
portugueses, neerlandeses e britânicos no delta do Amazonas
e na Capitania do Cabo Norte. No século XVIII, a França • Divisões geográficas

_____________________________________________________________________________________________
Rua Jovino Dinoá, entre Cora de Carvalho e Almirante Barroso, Centro, Macapá-AP.
CLUBE DO CONCURSO
Curso de língua portuguesa PROFESSOR: FAUSTO
__________________________________________________________________________________________
• Esta é a lista de regiões geográficas intermediárias e
imediatas do Amapá, estado brasileiro da Região
Norte do país. O Amapá é composto por 16
municípios, que estão distribuídos em quatro regiões
geográficas imediatas, que por sua vez estão
agrupadas em duas regiões geográficas
intermediárias, segundo a divisão do Instituto
Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vigente
desde 2017.

A primeira seção aborda as regiões geográficas


intermediárias e suas respectivas regiões imediatas
integrantes, enquanto que a segunda trata das regiões
geográficas imediatas e seus respectivos municípios, divididas
por regiões intermediárias e ordenadas pela codificação do
IBGE.
As regiões geográficas intermediárias foram
apresentadas em 2017, com a atualização da divisão regional
do Brasil, e correspondem a uma revisão das antigas
mesorregiões, que estavam em vigor desde a divisão de 1989.
As regiões geográficas imediatas, por sua vez, substituíram as
microrregiões.Na divisão vigente até 2017, os municípios do
estado estavam distribuídos em quatro microrregiões e duas
mesorregiões, segundo o IBGE.
Equinócio
Macapá é a única capital brasileira cortada pela linha
do Equador. Um presente dos deuses que nos dá o privilégio
de assistir, duas vezes no ano, a um dos mais interessantes
espetáculos da terra, o Equinócio. Trata-se de um fenômeno
em que os raios do sol, no seu movimento aparente, incidem
diretamente sobre a linha do Equador. Nesses dias, os dias e
as noites têm a mesma duração em todo o planeta.
A diferença normal entre a duração do dia e da noite
acontece porque o eixo ao redor do qual a terra gira sobre si
mesma é inclinada 66,5 graus em relação ao plano de sua
rotação em torno do sol. Essa inclinação faz o astro iluminar
um hemisfério por menos tempo durante o outono e o inverno.
No início da primavera acontece o equinócio - dia em que a

_____________________________________________________________________________________________
Rua Jovino Dinoá, entre Cora de Carvalho e Almirante Barroso, Centro, Macapá-AP.
CLUBE DO CONCURSO
Curso de língua portuguesa PROFESSOR: FAUSTO
__________________________________________________________________________________________
rota do sol se alinha com o equador. Então, a parte iluminada
passa a ser maior durante seis meses. Mas a duração de noite
e dia não é exatamente a mesma, como sugere o nome em
latim equi, significa igual, e nócio, noite. “Acontece que os raios
do sol começam a iluminar a terra minutos antes de ele
aparecer no horizonte e continuam logo depois que ele se põe”,
diz o astrônomo Roberto Bocko, da Universidade de São Paulo.
Assim, a parte clara do dia acaba sendo ligeiramente maior. No
mês de março no dia 20 ou 21, ocorre o Equinócio da
Primavera, que em Macapá coincide com o período das chuvas,
e 22 ou 23 de setembro, Equinócio de Outono, que para nós
coincide com o período de estiagem amazônico.
Movimento de Translação
O planeta Terra não permanece paralisado, pelo contrário, Divisões fisiográficas:
realiza diversos movimentos no espaço, e um dos mais 1 - Relevo
importantes é o de translação. Resumidamente podemos dizer que o relevo do
Translação é um movimento que a Terra executa em torno do Estado é pouco acidentado, podendo ser dividido em 2 grandes
Sol de forma elíptica. Durante o deslocamento desse regiões: uma interna, de relevo suavemente ondulado, com
movimento, a Terra viaja a uma velocidade de cerca de 108 mil alturas médias de 100 a 200m, mas que podem atingir
quilômetros por hora. extremos de 500m, constituída por rochas cristalinas
Para a conclusão do movimento de translação, são necessários metamórficas e cobertas de floresta densa, onde encontramos
- segundo os astrônomos - 365 dias e 6 horas (um ano). os planaltos cristalinos (porção oeste do Estado) com grandes
Portanto, tal movimento é responsável pela sucessão dos anos, extensões de colinas e morros dominados por cristais
além de influenciar diretamente na composição das estações montanhosos como: a serra do tumucumaque (540m), Serra
do ano (primavera, verão, outono e inverno), pois em alguns Lombarda, serra Estrela, Serra Agaminuara ou Uruaitu, Serra
períodos do movimento, a Terra modifica sua posição em do Naucouru, Serra do Navio, Serra do Irataupuru, serra das
relação ao Sol, alterando a intensidade de luz e calor que incide Mungubas, Serra da Pancada, Serra do acapuzal, Serra do
no planeta. Culari, serra do Aru, dentre outras. A outra porção é formada
Voltando para a sucessão dos anos, o movimento em questão por região costeira de planície, que se estende até o Atlântico,
permitiu que a humanidade se organizasse a partir das ao leste e até o Amazonas, ao sul, formada por terrenos baixos
referências estipuladas pelos astrônomos e construísse e alagadiços e por planícies aluviais nos baixos e médios cursos
calendários que favoreceram a padronização do tempo, dos Rios. O relevo do Estado do Amapá é pouco acidentado,
facilitando o desenvolvimento das atividades humanas. apresentando quatro unidades morfológicas que podem ser
Existem anos com uma duração diferenciada, que são subdivididas da seguinte forma:
conhecidos de anos bissextos, compostos por 366 dias. Como - Planície litorânea (terrenos baixos) e alagadiços;
um ano possui 365 dias e 6 horas, o homem passou a acumular - Planície aluvial nos baixos e médios cursos dos rios;
as horas que restaram, a cada quatro anos soma-se 24 horas - Platô arenítico (estreita faixa situada a oeste da planície
(tendo em vista que 6.4 = 24) ou 1 dia. litorânea);
Vale ressaltar que esse dia extra é acrescentado no mês de - Planalto Cristalino (na porção de estado) com grandes
fevereiro. extensões de colinas e morros denominados por cristais
montanhosos.
Os 4 principais montes são: Monte Catari, Monte Carupina,
Tipas e Itu.
RELEVO DE MACAPÁ:FORMAÇÃO ROCHOSA,COM
GRANDE POTENCIAL TURISTICO;
ALTITUDE ACIMA DE 14 METROS ACIMA DO NIVEL DO
MAR;
CIDADE É RECORTADA E CERCADA PELAS “AREAS DE
RESSACAS”,QUE SÃO AREAS ALAGADAS E DE
LAGOAS,ONDE PARTE DO DIA ESTÁ COBERTA PELAS
AGUAS E OUTRAS É UM TERRENO
LAMACENTO(VARZEA-PERIODICAMENTE INUNDADO);
SE LOCALIZA A ESQUERDA DO RIO AMAZONAS, PRÓXIMA A
ANTIGA PROVÍNCIA DOS TUCUJUS, ATUAL CIDADE DE
MACAPÁ, NO ESTADO DO AMAPÁ, NO BRASIL.
2 - Hidrografia
O Estado possui uma rica e vasta rede hidrográfica
envolvendo bacias hidrográficas e uma grande concentração de
lagos ao norte do Rio Araguari, onde está localizada a região
de lagos, que cobre uma área de aproximadamente 300 Km² e
que forma uma unidade diferenciada no quadro físico do litoral
do Amapá. Os lagos têm sua origem em antigas depressões
limitadas por barreiras, que foram se formando pela deposição
de sedimento que estancaram a água. À medida que a

_____________________________________________________________________________________________
Rua Jovino Dinoá, entre Cora de Carvalho e Almirante Barroso, Centro, Macapá-AP.
CLUBE DO CONCURSO
Curso de língua portuguesa PROFESSOR: FAUSTO
__________________________________________________________________________________________
sedimentação continua, esses lagos deverão tornar-se, mesmo O Rio Jari: afluente da margem esquerda do Rio
que muito lentamente, cada vez mais rasos. Hoje o grande Amazonas, separa o Amapá do Estado do Pará. As mais
problema desta região, do ponto de vista ecológico, é sem importantes cachoeiras são: Santo Antônio, Cumaru, Inaj,
dúvida a degradação provocada pelo rebanho bubalino, que Aurora, Maçaranduba, Guaribas do Robojo, do Desespero.
provoca a compactação dos solos devido ao pisoteamento do O Rio Pedreira: possui uma importância histórica
gado, a salinização das águas dos lagos, a erosão dos solos, a para nós, pois dele foi extraídas as pedras para a construção
devastação de trechos para abertura pastos, dentre outros. A da Fortaleza de São José de Macapá, Forte que foi construído
vegetação nesses locais é abundante destacando-se a pelos escravos e índios para defesa do Brasil contra invasores
canarana (Echinochloa sp), aninga (Monthrichardia estrangeiros.
arborescens), mururé (Eichornia sp), miriti (Mauritia flexuosa) O Rio Gurijuba: já fora considerado o rio mais rico
e açaí (Euterpe oleracea). A vegetação flutuante é tão em pescado do Amapá, hoje, devido à pesca indiscriminada a
abundante que se consolida, formando ilhas que podem sua piscosidade vêm diminuindo gradativamente.
dificultar a navegação. Os principias lagos dos estados são: O O Rio Cassiporé: localizado ao norte do estado do
lago comprido, lago Novo, Duas Bocas, dos Ventos, Mutuco, Amapá, continua rico em cardumes diversificados.
dos Gansos, Piratuba, Floriano, afonsino, Muruani, dentre O Rio Vila Nova: separa os Municípios de Mazagão
outros. e Laranjal do Jari; nele encontram-se as jazidas de ferro mais
A HIDROGRAFIA MACAPAENSE ,é bastante diversificada, importantes do Amapá; é muito importante tanto pela sua
caracterizada por rios, igarapés, furos, ilhas e cachoeiras. O contribuição de energia, como pela aproximação do Rio
rio Amazonas - passa em frente à cidade de Macapá, além de Amazonas, atualmente o Projeto Itajobi (subsidiária da
ser um dos seus cartões postais, é um dos maiores rios Anglogold, maior exploradora de ouro do mundo) está sendo
pesqueiros do mundo, constituindo-se de grande importância estabelecido com a finalidade de exploração aurífera.
para a navegação local, brasileira e internacional. OUTROS Rio Matapi: banha o município de Santana e
EIXOS HIDROGRAFICOS: deságua em frente a ilha de Santana, importante por alí estar
a) rio Araguari – desemboca no rio Amazonas, é onde há a localizado o maior porto do Estado, principal porta de entrada
maior concentração de cachoeiras do Estado do Amapá. e saída do Amapá.
Contam-se 36 somente nele. A principal é a cachoeira do Rio Amapari: é afluente do Rio Araguari, é
paredão. Devido ao seu grande volume de água, foi escolhida importante porque banha a Serra do navio e é em seu leito que
para a construção da usina Hidrelétrica Coaracy Nunes. é lavado o manganês.
b) rio Pedreira – tem importância histórica, pois dele foram Rios Amapá Grande , Flexal e tratarugalzinho e Tartarugal
retiradas as pedras para a construção da Fortaleza de São Grande:banham o município de Amapá e são ricos em peixes.
José de Macapá. O Rio Araguari: nasce na Serra do Tumucumaque no Estado do
C) igarapé da Fortaleza – é um dos mais importantes pois Amapá e deságua no Oceano Atlântico, após um curso de
separa o município de Macapá do município de Santana. 575Km e 36 cachoeiras. Neste Rio está instalada a Hidrelétrica
D) lagoas – as mais importantes são: Lagoa dos Índios e Lago Coaracy Nunes, principal fonte de energia elétrica do estado.
do Curiaú. Em ambos há diversas espécies de peixes. Em alguns rios do Amapá acontecem dois dos mais
belos e importantes fenômenos naturais que são: a Pororoca e
• Ilhas: as mais importantes são: ilha do Bailique, Curuá, as Terras Caídas. A Pororoca consiste num fenômeno peculiar
Brigue e Pedreiras. do Estado; ocorre quando há o encontro das forças contrárias
• Clima: o clima do Município de Macapá é equatorial quente- da maré do Oceano Atlântico, proveniente da Corrente do Golfo
úmido. que vem das regiões caribenhas, e o fluxo contrário das águas
• Temperatura: a máxima é de 32,6º e a mínima 20º graus doces dos Rios do Estado por ocasião das luas cheias. Este
centígrados. fenômeno ocorre principalmente durante os meses de abril e
• Precipitação: as chuvas ocorrem nos meses de JANEIRO A maio. Percebe-se com maior evidência este fenômeno no Rio
JULHO, não chegando a atingir 3.000mm. A estação das Araguari em função de seu grande fluxo de água. Esta grande
secas inicia no mês de AGOSTO e vai até meados de onda que se forma em função dos fluxos contrários e do
dezembro, quando se registram temperaturas mais altas. consequente turbilhão, adentra no Rio Araguari, por força das
águas oceânicas, desde sua foz percorrendo vários quilômetros
O Estado do Amapá possui uma costa banhada pelo adentro e arrancando tudo que encontra pela sua frente desde
Oceano Atlântico, portanto constituído por água salgada que árvores até barcos, insuflando o imaginário das comunidades
se estende do Cabo Norte ao Cabo Orange e outra banhada ribeirinhas e atraindo cada vez mais turistas nesta época do
por água doce do Rio Amazonas que se estende da Foz do Rio ano.
Jari ao Cabo Norte, ambas localizada em áreas de planícies A várzea representa a área que é inundada
sedimentares. Uma vasta rede hidrográfica caracteriza a periodicamente pelas águas barrentas do Rio Amazonas. A
geografia do Amapá, cujos rios desembocam no Rio Amazonas várzea é um ambiente bastante instável, consistindo de um
ao sul e sudeste, ou no Oceano Atlântico ao norte e nordeste acúmulo de sedimentos que o rio está constantemente
do Estado. Assim temos uma costa de água doce, que se retrabalhando, erodindo algumas formações e criando outras
estende da desembocadura do Rio Jari até o Cabo Norte e outra através do processo de deposição, gerando fenômenos
de água salgada que vai do cabo norte, particularmente do conhecidos localmente como “terras caídas” e “terras
Sucuruji até o Cabo Orange no Oiapoque. O Amapá possui uma crescidas”. Dessa forma, ilhas e barrancos são formados em
bacia hidrográfica constituída de muitos rios que se destacam alguns lugares enquanto essas mesmas formações são
pela sua importância econômica. Os rios amapaenses, na sua erodidas em outras áreas. Essa instabilidade geomorfológica é
maioria, deságuam no Oceano Atlântico, dentre eles podemos maior rio acima, diminuindo à medida que desce o rio. Este
citar: fenômeno provoca a erosão progressiva das margens dos rios
da Amazônia em algumas partes e acúmulo e formação de

_____________________________________________________________________________________________
Rua Jovino Dinoá, entre Cora de Carvalho e Almirante Barroso, Centro, Macapá-AP.
CLUBE DO CONCURSO
Curso de língua portuguesa PROFESSOR: FAUSTO
__________________________________________________________________________________________
barrancos em outros, no Amapá, pode-se observar com clareza ativos, pois participa intensamente no aumento da
em quase todos os rios. produtividade primária dos mares e estuários, constituindo
O Rio Araguari e seus afluentes formam a maior bacia berçário de espécies marinhas, crustáceos, peixes, aves, dentre
hidrográfica, mas também destacam-se, pela sua localização, outros.
tamanho e importância para a pesca, os Rios Jari, 4. Mata de Igapó
Tartarugalzinho, Cassiporé e Calçoene. As principais bacias São representados por áreas disjuntas, de difícil
hidrográficas do Estado são a do Araguari e Amapari, essas precisão de seus limites e dimensões, com grandes limitações
bacias representam grande potencial hidrelétrico e hidroviário. naturais em termos de uso e ocupação, e por consequência,
3 - Vegetação não ressentindo, até o momento de grandes pressões.
O Estado apresenta dois padrões principais: as Caracteriza-se pelo regime de alagamento permanente ou pelo
formações florestadas, com florestas densas de terra firme, menos com alto grau de encharcamento do solo durante a
florestas de várzea, manguezais e Matas de Igapó as maior parte do ano.
formações campestres, com cerrados e campos de várzea Formações campestres
inundáveis ou aluviais. Considerando a cobertura vegetal como 1. Cerrados
indicador de ecossistema temos no Amapá os seguintes: De acordo com as informações pesquisadas o Cerrado
3.1 - Formações florestados é um ambiente não amazônico. Sua presença nesta região é
1. Florestas Densa de Terra Firme conseqüência de drásticas alterações climáticas que marcaram
Ocupa aproximadamente 70%, (em torno de a história. Sua vegetação é do tipo savanítica (cobertura
103.236,22Km²) do espaço amapaense, concentrando-se na vegetal aberta), com vegetação esparsa, constituída de um
porção Oeste do Estado. É tipo de vegetação mais expressivo estrato herbáceo bastante denso e um estrato arbustivo-
do Estado. Destaca-se pela sua alta biodiversidade e pela arbóreo, formado por elementos isolados de baixo porte, com
sustentação de uma massa florestal de alto porte. No cenário presença de capões (porção de mata isolado no meio dos
ambiental esse ecossistema, embora já apresente marcas de campos), com raízes profundas, troncos retorcidos com casca
degradação, em decorrência de da extração seletiva de grossa e solos ácidos. Árvores típicas: Sucuuba, barbatimão,
madeiras, de atividades de colonização pioneiras e de Murici-vermelho, caimbé, Caju, Murici-branco, etc...Na
garimpagem e mineração, ainda não apresenta um quadro classificação climática oficial (segundo Köppen) o Cerrado do
crítico, tendo em vista a abrangência territorial desse Amapá apresenta dois tipos climáticos. O Ami-tropical chuvoso
ecossistema e a incipiente ocupação humana, devido à falta de com pequeno período seco, correspondendo a 30% da região e o
grandes eixos rodoviários. Faz contato com os cerrados, em Awi-tropical chuvoso com nítida estação seca, dominante no
forma de transição ou, abruptamente, com a planície litorânea, restante da área. A temperatura média anual é de 26ºC, com
ao norte e com ambientes fluviolacustres, ao sul. Ocorrem umidade relativa média anual de 85% e precipitação total média
tipologias neste ecossistema como: floresta densa de baixos anual de 2.000mm distribuída ao longo do ano em dois períodos:
platôes e sub-mantana, que são individualizações o chuvoso: que se estende de janeiro a junho e o de estiagem de
fitoecológicas decorrentes desses fenômenos. As espécies que agosto a novembro, sendo os meses de julho e dezembro
se destacam são: angelins, acapu, sucupira, castanha do Brasil, considerados como de transição tanto para um período como para
sapucaia, matamatás, breus, louros, copaíba, cipó titica, etc... outro. A distribuição espacial da sua vegetação pode ser definida
2. Floresta de Várzea em três sub-unidades distintas: cerradão: ocorrendo em algumas
Nesse contexto, as matas de Várzeas configuram um áreas do norte do centro do Estado, cobrindo terrenos de relevo
ambiente primário florestal, de alto porte em plantas ondulado e vales abertos e rasos; Campo cerrados: mais ao sul da
trepadeiras e epífitas. É o segundo maior ambiente florestado região apresentando cobertura arbórea baixa e esparsa e
do Estado. O estrato emergente é formado por árvores de 30 finalmente a sub-unidade de parques ocupando a maior parte da
a 35m de altura, com espécies economicamente produtivas faixa norte-sul da região, sendo que o relevo varia de suave
como: o Açaí, Bacaba, andiroba, buriti, Ucuúba ou Virola, ondulado com drenagem deficiente e vales estreitos e abertos
seringueira, ubuçu, arumã, etc...Economicamente é mais profundo. Nesta área, normalmente há formação de matas
pressionada pela extração seletiva de madeiras, de palmitos e de galeria predominando as espécies como buriti, ucuúba, anani e
de outros elementos típicos desses ambientes, como também açai, dentre outras. É um ecossitema de natureza campestr e e
o desmatamento para o fim de agricultura e pecuária, ocupa 6,5% do estado em uma faixa norte-sul. Algumas críticas
alterando as práticas tradicionais, alimentando um retorno vêm sendo levantadas contra o projeto CHAMPION
econômico, supostamente mais fácil para as populações locais. (CHAMFLORA) instalado neste ecossistema, principalmente
Ocorre em toda área fluvial (orla do Rio Amazonas) do estado quanto à utilização de agrotóxicos no manejo da vegetação de
do Amapá, representado cerca de 4,8% do Estado, pinnus e eucaliptos (vegetação exótica) em substituição à
compreendendo o canal do Norte do Rio Amazonas e áreas dos vegetação original e conseqüente contaminação dos
principais rios da região sujeitas à inundações por ocasião do mananciais, lagos e igarapés. A retirada e substituição da
movimento das marés. vegetação nativa (cerrado) de um ecossistema podem provocar
3. Manguezal problemas ecológicos em um lugar onde já existe toda uma
Ocupa 2% do Estado. É caracterizado pela presença relação de interdependência entre as diversas formas de vida
de bosques de 15 a 25 metros de altura, com vegetação que habitam aquele ambiente (fauna e flora).
pneumatófila (raízes aéreas), em solos halófilos (com influência 2. Campo de várzea (ou inundáveis)
salina). Ocorre na Costa amapaense de influência salgada Os campos inundáveis constituem ambiente influenciado pelo
(devido ao Oceano Atlântico) onde predominam as seguintes regime pluvial sazonal, e de marés cíclicas, representam uma
espécies típicas dos manguezais: mangal, tintal, siriubal, etc... relação ecológica altamente especializada, caracterizados pela
A cata indiscriminada do caranguejo na região de Sucuriju, no presença de macrófitas aquáticas, com um elevado estoque de
Município de Amapá, já começa a mostrar seus efeitos devido peixes, importante para o regime alimentar das populações
à diminuição da espécie na região. É um dos ecossistemas mais locais, sendo utilizado ainda como pastagens naturais, e por

_____________________________________________________________________________________________
Rua Jovino Dinoá, entre Cora de Carvalho e Almirante Barroso, Centro, Macapá-AP.
CLUBE DO CONCURSO
Curso de língua portuguesa PROFESSOR: FAUSTO
__________________________________________________________________________________________
sua beleza natural são utilizados para atividades de lazer. Os
campos de Várzea são influenciados pelas águas das chuvas e A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) no
pelo regime de marés compondo um cenário de áreas Brasil é um dos tipos de unidades de conservação previstas no
deprimidas,interligada por uma intensa rede de canais com Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza
inúmeros pequenos lagos temporários ou permanentes. Ocorre (SNUC). Preservar a diversidade biológica
com maior intensidade na região que vai do Rio Araguari até o Uma Estação Ecológica é uma unidade de conservação
Cabo Orange, no Oiapoque. e tem como objetivo a preservação da natureza e a realização
O clima: predominante no Estado do Amapá é o Equatorial de pesquisas científicas. É proibida a visitação pública, exceto
quente e Úmido, a temperatura máxima média pode-se estimar com objetivo educacional e a pesquisa científica depende de
em 36ºC e a mínima em 20º. Normalmente a máxima média autorização prévia do órgão responsável.
absoluta é atingida no horário central entre as 11h e as 15h, a
mínima ocorre ao alvorecer entre as 5h e as 7h, com poucas Um Parque Nacional é uma área de conservação,
variações de temperatura, sendo outubro o mês mais quente geralmente de propriedade estatal, que tem como objetivo
e, de fevereiro a abril, o período mais frio. As chuvas se básico a preservação de ecossistemas naturais de grande
estendem por um longo período, de dezembro a julho, com relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização
altos índices pluviométricos, que podem chegar a 500mm³ por de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de
mês. O período seco (estiagem), ocorre entre os meses de educação e interpretação ambiental, de recreação em contato
agosto e novembro, é mais curto, e a precipitação diminui para com a natureza e de turismo ecológico.
menos de 50mm³ por mês.
No Brasil, uma Área de Proteção Ambiental (APA) é uma
área em geral extensa, com um certo grau de ocupação
humana, dotada de atributos abióticos, bióticos, estéticos ou
culturais especialmente importantes para a qualidade de vida
e o bem-estar das populações humanas, e tem como objetivos
básicos proteger a diversidade biológica, disciplinar o processo
de ocupação e assegurar a sustentabilidade do uso dos
recursos naturais.

As Reservas Extrativistas são Unidades de Conservação


(UCs) recentemente instituídas no Brasil (1990), mas com
implementação efetiva principalmente a partir de 1995, quando
existiam apenas 9 RESEX no país. Entre 1996 e 2001, 14 novas
reservas foram criadas. Existem atualmente mais de 40
O clima do Estado recebe influência da frente tropical e é do tipo Reservas Extrativistas apenas na Amazônia Legal. Tais UCs são
equatorial quente e úmido. Por estar localizada em uma região destinadas ao uso sustentável dos recursos naturais renováveis
equatorial, a forte incidência dos raios solares durante o ano (não madeireiros) promovido, prioritariamente, pela população
determina um forte aquecimento, com temperaturas variando entre tradicional residente na área da reserva ou em seu entorno.
mínimas de 22 e 23°C e máximas de 32 e 33°C. Ò regime Uma Reserva Biológica tem como objetivo a preservação
pluviométrico apresenta duas estações: a de chuvas, localmente integral da biota e demais atributos naturais existentes em seus
chamada de inverno que se estende de janeiro a julho; e o verão limites, sem interferência humana direta ou modificações
que vai de agosto a dezembro. ambientais, excetuando-se as medidas de recuperação de seus
O alto porte da floresta amazônica poderia fazer supor que a mesma ecossistemas alterados e as ações de manejo necessárias para
está adaptada a um solo de alta fertilidade. Na verdade, os solos recuperar e preservar o equilíbrio natural, a diversidade
tropicais do Vale Amazônico, são, na maior parte distróficos (isto biológica e os processos ecológicos naturais.
é: possuem baixa concentração de compostos minerais que
servem de nutrientes para a vegetação). Existem algumas áreas de No Brasil, Floresta Nacional (FLONA) é uma área de posse
solos eutróficos (ricos em nutrientes), porém são pequenas em e domínio públicos, provida de cobertura vegetal nativa ou
relação à extensão do território amazônico. Como o Amapá é parte mesmo plantada, estabelecida com objetivos de promover o
desse contexto, a situação não poderia ser diferente. Os Latossolos uso múltiplo sustentável dos recursos naturais, garantir a
vermelho-amarelo ocupam 50% de seu território e, além da baixa proteção dos recursos hídricos, das belezas cênicas e dos sítios
fertilidade, apresentam-se arenosos e argilosos. A baixa fertilidade históricos e arqueológicos, assim como fomentar o
e o alto grau de acidez constituem grandes limitações para o desenvolvimento da pesquisa científica básica e aplicada, da
aproveitamento agrícola.A classificação de Köppen, adaptada ao educação ambiental e das atividades de recreação, lazer e
Brasil pela geógrafa Lísia Maria Cavalcanti Bernardes. turismo, sendo considerada uma unidade de conservação (UC)
a) Localizaçao na faixa tropical da Terra e Equatorial; e protegida pela Lei de Crimes Ambientais.
b) Influencias das massas de ar MeC ou MeT/MeA e no inverno
e pré-inverno a MpA; PARQUE NACIONAL DAS MONTANHAS DO
c) Floresta Amazonica-Evapotranspiraçao. TUMUCUMAQUE: Muita polêmica em torno do maior parque
UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DO AMAPÁ de floresta tropical do mundo a ser criado no Amapá por
Decreto-Lei. O anúncio da criação do Parque Nacional de
As unidades de conservação no Amapá, pelo seu Tumucumaque, pelo presidente Fernando Henrique, durante o
domínio territorial, representam importante instrumento da lançamento da Agenda 21: uma carta com propostas para o
política ambiental. O conjunto das unidades representa 18,8 % desenvolvimento sustentável do Brasil. A agenda de
da área total do Estado. compromissos com o meio ambiente reúne ações que vão do

_____________________________________________________________________________________________
Rua Jovino Dinoá, entre Cora de Carvalho e Almirante Barroso, Centro, Macapá-AP.
CLUBE DO CONCURSO
Curso de língua portuguesa PROFESSOR: FAUSTO
__________________________________________________________________________________________
combate ao desperdício de recursos naturais ao combate à Área de Curiaú 23.000 Macapá
pobreza. Foram cinco anos de atividades para se chegar à Proteção
Agenda 21 brasileira. Quarenta mil pessoas, entre especialistas
Ambiental
do setor público e de organizações não governamentais, TOTAL 6.893.46
participaram do trabalho. O Parque de Tumucumaque fica no 9
Amapá, na fronteira do Brasil com Guiana Francesa e o
Suriname. Com 3,8 milhões hectares de área, quase do
tamanho do Rio de Janeiro, será o maior parque de floresta UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DO AMAPÁ
tropical do mundo, tamanho maior que o da Bélgica. 1-Parque Nacional do Cabo OrangeO Parque Nacional do
O Parque Nacional do Tumucumaque fica no Amapá, na região Cabo Orange foi criado pelo Decreto Federal n.º 84.913, de 15
do Oiapoque, e agora é o maior parque nacional do mundo. de julho de 1980. Está localizado em terras dos municípios de
Tumucumaque era até então uma antiga reserva indígena Calçoene e Oiapoque, ao norte do Estado do Amapá. Com
administrada pela FUNAI. Além disso, Tumucumaque é terra 619.000 hectares, é a maior área marinha de proteção integral
que o Ministério do Desenvolvimento Agrário conseguiu do país, assegurando a integridade de um dos mais
recuperar de grileiros, nos últimos dois anos. Dos mais de 60 importantes e frágeis ecossistemas do planeta, os manguezais.
milhões de hectares de terras retomadas, foram transferidos O excelente estado de conservação da unidade garante abrigo
20,4 milhões de hectares para o Ministério do Meio Ambiente. e alimento para diversas espécies de aves, répteis e mamíferos
Estas áreas não se encaixam no programa da reforma agrária. ameaçadas de extinção.
Serão destinadas à criação de reservas ambientais. Neste ano 2-Floresta Estadual do Amapá unidade de conservação
foram criadas 12 novas unidades de conservação do meio estadual
ambiente no país. Assim aquele que era o maior parque do A Floresta Estadual do Amapá foi criada em 12 de julho de
mundo atualmente no Congo (pouco mais de 2 milhões de 2006, pela Lei n.º 1028 do Estado do Amapá, com os seguintes
hectares), perdeu sua posição para o Parque Nacional das objetivos: assegurar o uso sustentável dos recursos naturais
Montanhas do Tumucumaque. A justificativa oficial é que "Além renováveis e não-renováveis de forma socialmente justa e
da criação da reserva, o Amapá irá se credenciar em nível economicamente viável; garantir a perenidade dos recursos
internacional para o recebimento de investimentos pelos ambientais e dos processos ecológicos; manter a
serviços ambientais que estará prestando ao mundo". O parque biodiversidade e os demais atributos ecológicos da área. A UC
que está situado numa área especial de preservação da foi criada recentemente e ainda não foram realizados
biodiversidade em floresta tropical, e terá setores específicos levantamentos e diagnósticos técnicos.
para ecoturismo e pesquisa ambiental. 3-Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque
- Se comparado a outros Estados do Brasil, o Amapá tem um unidade de conservação federal:O Parque Nacional
sistema de Unidades de Conservação muito significativo. Montanhas do Tumucumaque foi criado por Decreto Federal
Amapá dispõe de um Parque Nacional (Cabo Orange), uma em 22 de agosto de 2002. Com 3.867.000 hectares, é a
Reserva Biológica (Lago Piratuba), duas estações ecológicas segunda maior UC do Brasil e a segunda maior área protegida
(Maracá-Jipioca e Jarí), uma floresta Nacional (Amapá) duas em florestas tropicais do mundo. O alto grau de preservação
Reservas Extrativista (Rio Cajari e Rio Iratapuru), de seus ecossistemas e a proteção do Escudo das Guianas,
correspondendo a 22% do território total do Estado do Amapá. caracterizado por elevadíssimos valores de riqueza biológica e
A estas UC’s podem ser juntadas as quatro áreas indígenas taxas de endemismo, legitimam essa UC como um dos mais
demarcadas e homologadas no Estado, o que eleva para 24,2% relevantes instrumentos de preservação ambiental da
o índice de áreas legalmente protegidas. Os índios do Amapá Amazônia brasileira.
somam cerca de 9.500 indivíduos das etnias Karipuna, Galibi, 4-Floresta Nacional do Amapá:A Floresta Nacional do
Palikur e Waiãpi. Amapá foi criada pelo Decreto-Lei Federal n.º 97.630, de 10 de
Principais UC´S DO AMAPÁ abril de 1989, está localizada em terras dos municípios de
Categoria Nome Superfíci Distrito Amapá, Ferreira Gomes e Pracuúba e tem uma área de 412.000
Parque Cabo 619.000
e (ha) Oiapoque e Calçoene hectares. A finalidade da unidade é promover o manejo dos
Nacional Orange
3.800.00 Calçoene. Laranjal do recursos naturais, com ênfase na produção sustentável da
Tumucuma 0 Jari, Oiapoque, Pedra floresta, proteger recursos hídricos, belezas cênicas e sítios
que Branca do Amapari e arqueológicos, fomentar o desenvolvimento da pesquisa
Serra do Navio
científica, educação ambiental e atividades de lazer e turismo.
Reserva Lago 357.000 Amapá 5-Estação Ecológica Maracá-Jipióca:A Estação Ecológica
Biológica
Estação Ilhas
Piratuba 72.000 Amapá Maracá-Jipióca foi criada pelo Decreto Federal n.º 86.061, de 2
Ecológica Maracá e de junho de 1981. Localiza-se na chamada concavidade da
Jipioca
Jari (1) 93.470 ? Jari costa atlântica do Amapá, próximo ao Cabo Norte. É composta
Área Galibi 6.689 Oiapoque por duas ilhas, com uma área total de aproximadamente
Indígena Uaçá 434.660 Oiapoque 72.000 hectares. A unidade foi definida como área de
Juminá (2) 24.000 Oiapoque prioridade máxima para a conservação da biodiversidade, por
Waiãpi 543.000 Laranjal do Jari e estar em ambiente estuarino-marinho, com extensas áreas de
Amapari
manguezais, ecossistema frágil e ameaçado.
Parque Tumucumaq 27.000? Laranjal do Jari 6-Reserva biológica do Lago Piratuba unidade de
Floresta
Indígena Amapá
ue (3) 412.000 Praacuba é F. Gomes conservação federal:A Reserva Biológica do Lago Piratuba
Reserva
Nacional Rio Cajari 481.650 Mazagão, Vitória do Jari foi criada pelo Decreto Federal n.º 84.914, de 16 de julho de
Extrativista e Laranjal do Jari
1980. A unidade de conservação tem uma área de 357.000
hectares, está localizada no extremo leste do Estado e é
formada por extensos campos inundáveis, um sistema de

_____________________________________________________________________________________________
Rua Jovino Dinoá, entre Cora de Carvalho e Almirante Barroso, Centro, Macapá-AP.
CLUBE DO CONCURSO
Curso de língua portuguesa PROFESSOR: FAUSTO
__________________________________________________________________________________________
lagos, estreita faixa de floresta de várzea acompanhando o rio Portaria n.º 86-N IBAMA, de 6 de agosto de 1997. Com uma
Araguari e manguezais ao longo da costa. Em razão de seus área de 46,75 hectares, fica localizada no Município de Macapá.
diferentes ambientes, a unidade recebe muitas espécies de 14-Reserva particular do patrimônio natural Retiro Boa
aves migratórias. Esperança unidade de conservação federal:A Reserva
7-Reserva biológica do Parazinho unidade de Particular do Patrimônio Natural Retiro Boa Esperança foi criada
conservação estadual:A Reserva Biológica do Parazinho foi pela Portaria n.º 120-N IBAMA, de 24 de agosto de 1998. Com
criada em 21 de janeiro de 1985, pelo Decreto Territorial (E) uma área de 43,01 hectares, está localizada no Município de
nº 5. É uma ilha integrante do arquipélago do Bailique, situada Porto Grande.
na foz do rio Amazonas, Município de Macapá. A UC tem uma 15-Reserva extrativista municipal Beija-flor Brilho de
área de 111,32 hectares, devendo ser alterada para 707,00 Fogo unidade de conservação municipal:Criada pelo
hectares, devido à sedimentação causada pelo rio Amazonas. Decreto Municipal n.º 139/2007 - PMPBA, de 19 de novembro
Encontra-se em bom estado de conservação e abriga projetos de 2007, a Reserva Extrativista Municipal Beija-Flor Brilho de
de pesquisa e monitoramento, além de atividades de educação Fogo possui uma área de 68.524,20 hectares e está localizada
ambiental com as comunidades do entorno. na parte sul do município de Pedra Branca do Amapari. Além
8-Área de proteção ambiental do rio Curiaú unidade de da proteção dos atributos naturais existentes na área, a criação
conservação estadual:A Área de Proteção Ambiental do Rio da Resex visa proporcionar maiores benefícios às populações
Curiaú está amparada pela Lei Estadual n.º 0431, de 15 de extrativistas, proteger seus meios de vida e sua cultura, bem
setembro de 1998. Possui uma área de 21.676 hectares e está como assegurar o uso sustentável dos recursos naturais
situada próxima ao centro urbano de Macapá. Cerca de 180 existentes na área.
famílias remanescentes de escravos negros vivem na unidade, 16-Parque natural municipal do Canção unidade de
importante legado da cultura afro-brasileira. A UC abriga um conservação municipal:O Parque Natural Municipal do
dos mais belos ambientes naturais do Estado, a bacia do rio Canção foi criado pelo Decreto Municipal n.º 085/2007 - PMSN,
Curiaú, com grande representatividade de fauna e flora de 14 de novembro de 2007 e está localizado em terras do
regionais, ameaçada pelo crescimento urbano de Macapá. município de Serra do Navio. O Parque possui uma área de
9-Reserva particular do patrimônio natural Aldeia 370,26 hectares e tem como objetivos a preservação de
Ekinox unidade de conservação federal:A Reserva amostras da Floresta Amazônica, espécies da fauna e flora,
Particular do Patrimônio Natural Aldeia Ekinox foi criada pela manutenção de bacias hidrográficas locais e valorização do
Portaria n.º 91 IBAMA, de 21 de novembro de 2000. A unidade patrimônio paisagístico e cultural do município de Serra do
possui uma área de 10,87 hectares e localiza-se no Município Navio.
de Macapá. 17-A Área de Proteção Ambiental (APA) da Fazendinha
10-Reserva extrativista do Rio Cajari unidade de é uma Unidade de Conservação (UC) de uso sustentável, criada
conservação federal:A Reserva Extrativista do Rio Cajari foi com o objetivo de conciliar a permanência da população local,
criada pelo Decreto Federal n.º 99.145, de 12 de março de a proteção do ambiente e o desenvolvimento de atividades
1990, tem uma área de 501.771 hectares e está localizada no econômicas por meio do uso racional dos seus recursos
extremo sul do Estado do Amapá. O objetivo da unidade é naturais.
assegurar o uso sustentável dos recursos naturais e a Foi criada pela Lei estadual nº 873, de 31 de dezembro de
permanência das comunidades nas áreas que tradicionalmente 2004, com uma área de136,6 hectares. Está localizada ao sul
ocupam. As populações da Resex vivem da coleta e do município de Macapá, na divisa com o município de Santana.
beneficiamento da castanha-do-Brasil, da extração do palmito Sua gestão é de responsabilidade da Secretaria de Meio
e do fruto do açaí, além da pesca e do manejo do camarão. Ambiente do Estado do Amapá (Sema).
11-Estação Ecológica do Jari:A Estação Ecológica do Jari foi A APA da Fazendinha limita-se ao sul com o rio Amazonas; a
criada pelo Decreto Federal n.º 87.092, de 12 de abril de 1982, oeste com o Igarapé da Fortaleza;e a norte e leste com a
com uma extensão de 227.126 hectares. A UC conecta dois expansão urbana do município de Macapá.
blocos de áreas protegidas: o Corredor de Biodiversidade do Saindo de Macapá pela Rodovia Juscelino
Amapá e o Mosaico de UCs da Calha Norte, no Pará. A unidade Kubistchek,percorrem-se 15 quilômetros até a ponte sobre o
preserva nascentes dos rios Pacanari e Caracuru, uma densa Igarapé Fortaleza. A entrada da APA é pelo lado esquerdo da
rede de igarapés contribuintes das bacias dos rios Jari e Paru, ponte, sentido município de Santana.
e uma escarpa arenítica de 70 km de extensão e 500 metros A vegetação é essencialmente formada por floresta densa de
de altitude, conhecida como "Paredão de Pedra". várzea. Dentre as espécies mais representativas, destacam-se
12-Reserva de desenvolvimento sustentável do Rio o açaí (Euterpe oleracea), pau-mulato (Calycophyllum
Iratapuru spruceanum), seringueira (Hevea brasiliensis) e andiroba
Criada pela Lei Estadual n.º 0392, de 11 de dezembro de 1997, (Carapa guianensis).
a Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Iratapuru A UC sofre grande pressão antrópica por estar dentro de uma
tem o objetivo de promover a conservação e o uso sustentável área urbana na divisa entre os municípios de Macapá e
da biodiversidade. Com extensão de 806.184 hectares, localiza- Santana. Em seu entorno existem um porto de embarque e
se nos municípios de Laranjal do Jari, Mazagão e Pedra Branca desembarque, uma gama de empreendimentos comerciários, a
do Amapari. A área está em domínio de floresta amazônica Rodovia Juscelino Kubistchek e uma propriedade com atividade
densa, tem a situação fundiária regularizada, grande potencial pecuária.
ecológico e econômico, além do interesse da população e das Um dos desafios enfrentados na unidade é manter as ações de
autoridades locais em sua proteção. controle e fiscalização para inibir possíveis invasões, evitando,
13-Reserva particular do patrimônio natural Retiro assim,sua degradação, ocupação desordenada decorrente do
Paraíso unidade de conservação federal:A Reserva aumento de construções residenciais e atividades predatórias
Particular do Patrimônio Natural Retiro Paraíso foi criada pela como o desmatamento e a caça.

_____________________________________________________________________________________________
Rua Jovino Dinoá, entre Cora de Carvalho e Almirante Barroso, Centro, Macapá-AP.
CLUBE DO CONCURSO
Curso de língua portuguesa PROFESSOR: FAUSTO
__________________________________________________________________________________________
A APA não possui plano de manejo. Contudo, possui conselho 4-(ANDLÉ)SOBRE A GEOGRAFIA MACAPAENSE JULGUE OS
gestor deliberativo, que é presidido por representante da Sema ITENS ABAIXO:
e formado por representantes de outros órgãos públicos que I-A Região do KM-9 constitui um importante polo
atuam na área, de organizações da sociedade civil e de hortifrutigranjeiro do município;
moradores da área. O conselho gestor está atuante e, em II-É CORTADA pela linha do Equador onde a maior parte da
conjunto com a Sema, responsabilizando-se por autorizações população reside na Zona Norte da Capital;
de pesquisas, mediação de conflitos e ações de fiscalização e III-A área do município de Macapá é de 6.562,41,SENDO o
regulamentação. maior município em extensão territorial.
A unidade apresenta potencial para o desenvolvimento do IV-UM DOS IMPORTANTES DISTRITOS DE MACAPÁ É A
ecoturismo e manejo de açaí (Euterpe oleracea), atividades FAZENDINHA ONDE TEMOS O PARQUE DE EXPOSIÇOES-A
que tendem a trazer benefícios econômicos e sociais para a EXPO-FEIRA.ESTÃO CORRETAS:
comunidade local. A)I,II B)TODAS C)I,IV D)I,II,III E)II,IV
(Fonte: Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Amapá-
SEMA) 5- PM-2009-A figura abaixo representa um importante
QUESTÕES PROPOSTAS-VC PASSOU!!! monumento geográfico e turístico da cidade de Macapá.
1-(FCC) (Oficial-Enfermeiro PM/AP 2010 - Adaptada) Em Durante certo período do ano se torna mais atraente e pessoas
relação aos domínios florísticos do Amapá pode-se afirmar que: de vários lugares vêm presenciar o fenômeno natural que
a) floresta de várzea corresponde aos campos inundáveis, ocorre neste local.
estendendo-se do Cabo Orange à foz do rio Jari.
b) manguezais são ecossistemas estritamente ligados às
condições litorâneas e floresta de médio porte.
c) floresta de terra firme representa o ambiente regulador das
condições naturais e é representada por formas campestres.
d) cerrado corresponde ao tipo de vegetação mais
representativo do Estado, com aproximadamente 2/3 do seu
território.
e) campos de várzea localizam-se nas margens dos rios e são
regulados pelos regimes de marés. Sobre este fenômeno natural, analise os itens abaixo:
I – Trata-se do equinócio, ponto da órbita da Terra em que a
2- DELEGADO-PC/AP-2017-FCC-ADAPTADA-Segundo pesquisa duração do dia e da noite é igual; ocorrem nos meses de março
PNAD - Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílio, em 2017, e setembro.
a população do Amapá era de 797.722 habitantes. Sobre essa II – Trata-se do solstício, posição que a Terra ocupa no dia 22
população considere: de junho e 22 de dezembro, quando começa o verão ou o
I. As taxas de natalidade e de fecundidade no Estado têm sido inverno, no hemisfério sul ou norte.
reduzidas nesta última década. III – É decorrente do movimento de translação da Terra, onde,
II. A densidade demográfica do Estado ultrapassou os 10 no plano da eclíptica, a posição da Terra coincide com o mesmo
hab/km2 no Censo de 2010. nível do plano do equador solar.
III. A população está mal distribuída pelo território, e a capital IV – Trata-se do solstício, ponto da órbita da Terra, em que a
abriga mais da metade da população do Estado. duração do dia e da noite é igual; ocorre nos dias 21 de março
IV. Uma das características demográficas marcantes e 23 de setembro. Estão corretos apenas os itens
observadas entre os Censos de 2000 e 2010 foi a redução (a) I, II e IV. (b) II, III e IV. (c) I e III.
percentual da população jovem, entre 0 e 19 anos. Está correto (d) II e III. (e) II e IV.
somente o que se afirma APENAS em
(A) II e III. (B) II e IV. (C) I, II e IV. 6--item -1-(andlé)SOBRE OS RIOS AMAPAENSE E SUA
(D) I, III e IV. (E) I e III. HIDROGRAFIA ASSINALE OS ITENS CORRETOS:
I- Rio Uanamú é o limite físico entre o Amapá e o Suriname, na
3-(ANDLÉ)Sobre o Clima Amapaense, Julgue os itens abaixo: fronteira com o Laranjal do Jari;
I-As florestas no Amapá colocam o processo de II- Rio Pedreira é histórico; forneceu as pedras para a
evapotranspiração no clima; construção da Fortaleza de São José de Macapá.
II-As marés influenciam nos invernos amazônicos no Amapá; III- Rio Oiapoque limita naturalmente o Brasil e a Guiana
III-AS áreas de ressacas funcionam como corredores naturais Francesa,
de ventos; IV-O RIO VILA NOVA É UM QUE POSSUI MUITAS CACHOEIRAS
IV-O CLIMA É SUBTROPICAL QUENTE E UMIDO; E POTENCIAL HIDRELETRICO;
V-O CLIMA amapaense apresenta a influencia da UMIDADE DO V- AS bacias hidrográficas formadas pelos rios Araguari e
OCEANO ATLANTICO; Oiapoque são as mais importantes do Estado.
A)Todas B)I,II,III,IV C)III,IV,V D)III,V E)I,II,III, a)I,II,III b)I,II,III,IV C)I,III,V D)III,IV E)IV,V

_____________________________________________________________________________________________
Rua Jovino Dinoá, entre Cora de Carvalho e Almirante Barroso, Centro, Macapá-AP.
CLUBE DO CONCURSO
Curso de língua portuguesa PROFESSOR: FAUSTO
__________________________________________________________________________________________
7-ITEM 1-ANDLÉ-Sobre o parque do Tumucumaque é correto 10-andlé-SOBRE O RELEVO AMAPAENSE JULGUE AS
afirmar que: ASSERTIVAS ABAIXO:
I-O Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque é uma I- região costeira de planície, que se estende até o Atlântico,
unidade de conservação brasileira de proteção integral da ao leste e até o Amazonas, ao sul, formada por terrenos baixos
natureza localizada nos estados do Amapá e do Pará; e alagadiços e por planícies aluviais nos baixos e médios cursos
II-com território distribuído pelos municípios de Almeirim, dos Rios.
Amapá, Calçoene, Ferreira Gomes, Laranjal do Jari, Oiapoque, II- as áreas de relevo recentes (planície costeira e delta do rio
Pedra Branca do Amapari, Pracuuba e Serra do Navio Oiapoque de depósitos fluviais e fluviomarinhos)
III-O parque limita-se ao norte com a Guiana Francesa e com III-apresenta quatro unidades morfológicas: planície litorânea,
a República do Suriname, estando conectado, através do planície aluvional ,platô arenítico e planalto cristalino.
território ultramarino francês da Guiana Francesa, à União IV- AS Planícies litorâneas são terrenos baixos e alagadiços.
Europeia V-Os escudos cristalinos no Amapá,encontram-se na porção
IV-Montanhas do Tumucumaque integra, junto aos parques ocidental do Estado,como no caso da Serra do Tumucumaque.
nacionais da Serra do Divisor, do Cabo Orange, do Pico da ESTAO CORRETAS:
Neblina e do Monte Roraima, o conjunto de Parques Nacionais A)TODAS B)I E II C)I,II,III D)I,III,IV,V E)I,II,V
fronteiriços da Amazônia brasileira
IV-Montanhas do Tumucumaque é o maior parque nacional do
Brasil e o maior em florestas tropicais do mundo.
A)I,II B)I,III C)I,II,III D)III,IV E)TODAS Vc passou!!!!será feliz para sempre!!!!!

8- ITEM 1-FCC-ASSIT.ADM-2018-Sobre a Zona Costeira do


Amapá (ZCA), considere:
I. Com cerca de 750 km de extensão, é considerada a mais
preservada e menos densamente povoada do país.
II. A foz do rio Araguari constitui um marco divisório entre a
zona costeira oceânica ao norte e a zona costeira estuarina ao
sul.
III. Uma grande carga de sedimentos do rio Tocantins marca
toda a paisagem ao sul da zona costeira. Está correto o que
consta APENAS de GABARITO
(A) III. ( B) II e III. ( C) I e III. (D) I e II. 01 e 02d 03e 04c 05c
(E) I. 06 a 07a 08d 09c 10d

9- ITEM 1-FCC-Criado em 22 de agosto de 2002, o Parque


Nacional Montanhas do Tumucumaque (PNMT) apresenta,
dentre outras, as seguintes características:
(A) Fazer fronteira com um país; localizar-se na Bacia
Sedimentar Amazônica; e o predomínio de Florestas de Galeria.
(B) Estar localizado integralmente em terras amapaenses;
localizar-se no Escudo das Guianas; e o predomínio de
Florestas
de Galeria.
(C) Ter uma pequena parte de suas terras no estado do Pará;
localizar-se no Escudo das Guianas; e o predomínio da Floresta
Ombrófila.
(D) Ser uma unidade de conservação fronteiriça; localizar-se
na Bacia Sedimentar Amazônica; e o predomínio de Floresta
Aluvial Aciculifoliada.
(E) Abranger 6 municípios do estado; localizar-se no Escudo
Brasileiro; e o predomínio de Floresta Decídua.

_____________________________________________________________________________________________
Rua Jovino Dinoá, entre Cora de Carvalho e Almirante Barroso, Centro, Macapá-AP.

Você também pode gostar