Você está na página 1de 60

FURADEIRA RADIAL

MODELO
Z3080X25

MANUAL DO USUÁRIO

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
CUIDADOS
ASSEGURE-SE DE LER ESTE MANUAL E SEUS DETALHES ASSIM QUE POSSIVEL E
ENTENDA PERFEITAMENTE TODOS OS SEUS CONTEUDOS ANTES DE INICIAR A
OPERAÇÃO DA MÁQUINA.

ASSEGURE-SE DE MANTER ESTE MANUAL DE FORMA APROPRIADA PARA A


EXECUÇÃO DE ROTINA DE MANUTENÇÃO E CORRETA OPERAÇÃO.

AVISO
Você deve ler este “Manual de Operação”, a instalação, operação e manutenção
devem seguir estes requerimentos para prevenir danos pessoais e danos ao
equipamento.
• O manuseio da ferramenta deve ser feito seguindo o diagrama de manuseio da
mesa e usando um equipamento especial como gancho, parafuso, etc, que estão
inclusos na máquina.
• A instalação deverá ser feita em um lugar livre, o manuseio é permitido somente
após que todas as partes da máquina se encontrem chumbadas, fixas e ajustadas para
a posição específica conforme o Diagrama de Manuseio da Máquina.
• Antes de operar a máquina, a confiabilidade do travamento e liberação de todas
as posições da máquina e a confiabilidades de todos os carros deve ser verificada, a
confiabilidade do aterramento do fornecimento de força, a exatidão da seqüência de
fases e a confiabilidade do botão de parada de emergência devem ser checadas.
• As partes de trabalho e cortadores devem ser instalados e apertados firmemente e
confiáveis, sobre corte é proibido.
• A coluna e o cabeçote do fuso devem ser fixas antes do corte, de outra forma é
muito fácil ocorrem danos pessoais.
• De acordo com a diferença do material a ser maquinado e o diâmetro da furadeira,
a velocidade de rotação e a quantidade de avanço devem ser selecionadas de forma
razoável seguindo o conteúdo listado na tabela do painel frontal, de outra forma a
máquina facilmente será danificada.
• A manivela de movimento do motor do fuso gira durante o avanço motorizado do
fuso, o operador deve ter o cuidado de se afastar deste movimento, de outra maneira
danos pessoais são fáceis de ocorrer.
• O dispositivo de proteção do fuso deve ser usado durante o corte.
• Outras pessoas não estão autorizadas a permanecer na área de trabalho quando
a máquina estiver em operação, os funcionários de passagem também não lhes será
permitida a passagem na área proibida. O operador deve observar o pessoal e o material
para prevenir danos e prejuízos quando ela soltar a coluna e estiver pronta para armar o
braço.
• Os pontos de compressão se encontram entre o cabeçote do fuço e o bloco de
parada assim como entre o braço e a coluna externa, o operador deve estar atento para
a segurança durante a operação.
CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.
Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
• O interruptor de força geral deve ser desconectado antes da manutenção da
máquina.
• Quando a máquina falha ou está em um estado perigoso, primeiramente
pressione o botão de parada de emergência (Figura 3.1, painel frontal do cabeçote do
fuso, item 1-1), então pressione o interruptor de força geral (Figura 4.4, diagrama da
porta da área da coluna, item 4-1); não é permitido ligar a força até que a falha tenha
sido removida.
• O operador desta máquina deve ter experiência e treinamento referente ao uso
deste equipamento, deve possuir habilidades para operar e usar estar máquina, e
somente após essa verificação deve ser permitido a ele a utilizar. O pessoal da
manutenção deve ter treinamento específico, pessoas de cabelo comprido devem usar
capacete de proteção de trabalho.
• O operador deste equipamento deve conhecer e saber muito bem onde e como
operar o botão de parada de emergência.
• O pessoal responsável pela manutenção da parte elétrica deve trabalhar conforme
as regras e regulações do sistema elétrico e devem utilizar sapatos de isolamento
específico para manutenção em redes elétricas. Uma pessoal especialmente designada
deve permanecer como vigilante no interruptor de força geral ou um aviso de “em
manutenção” deve ser fixado durante o período de manutenção do equipamento.
• As chaves de nicho e do interruptor de força geral devem ser mantidas por uma
pessoal específica.
• Seja cuidadoso, pois ainda há voltagem na linha de força do interruptor geral e
nos contatores durante a inspeção do equipamento elétrico.
• Referente a dupla voltagem da máquina, se o usuário pretende alterar a voltagem
de uma para a outra, a operação deve ser realizada por uma pessoa específica, veja os
detalhes na parte de inspeção elétrica.

PROIBIÇÕES
• É proibido soltar a corda de elevação sem ter instalado e apertados os parafusos
de fixação durante a instalação do equipamento.
• Operação tais como: trocar cortadores, verificação de partes, resolução de
problemas e limpezas das partes cortantes, estão proibidas quando a máquina estiver
em operação de corte.
• É proibido que o fuso impacte sobre os blocos superiores e inferiores com a
velocidade original durante o processo de avanço motorizado do fuso.
• É proibido utilizar roupas soltas e enfeites na roupa as quais podem prejudicar a
operação e luvas durante a operação.
• É proibido limpar a máquina com querosene, gasolina ou qualquer outro líquido
inflamável; é proibido limpar a máquina e sua ferramenta utilizando equipamento de ar
comprimido.
• É proibido a qualquer um iniciar, operar e reparar a ferramenta da máquina, ligar o
interruptor e tocar nas partes elétricas sem autorização.
• É proibido girar o braço horizontalmente em mais de ± 180º!.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Conteúdo

1. Introdução....................................................................................................5
2. Instalação e Alinhamento.............................................................................6
3. Características técnicas.............................................................................16
4. Controle de Ferramenta da máquina .........................................................25
5. Falhas comuns e soluções de problemas..................................................30
6. Dispositivo de proteção e segurança .........................................................32
7. Manutenção e ajuste do equipamento.......................................................33
8. Sistema hidráulico .....................................................................................36
9. Sistema Elétrico.........................................................................................43

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
1. Introdução
Uso principal e faixa de aplicação

As furadeiras radiais do tipo Z3080x25 são principalmente utilizadas para trabalhos


como: perfurar, mandrilar, fresar, mandrilar superfícies e rosquear em tamanho médio
e grande e usinar peças de trabalho.

A capacidade da máquina está listada na seguinte tabela:


Z3080x25 Roscas Usinagem
Furar ∅ 80 ∅ 80
Rosquear M30 x 3.5 M24 x 3

Requerimentos Ambientais

As condições adequadas para este equipamento: temperatura 0ºC~5ºC, umidade 30% ~


85%, pressão atmosférica 86 ~106kpa, um bom sistema de limpeza de ar, a
concentração de pó não deve ser maior que 10mg/m3, livre de gás tóxico, alcalino e
acido, sem perigo de explosão e pó condutivo, sem chuva ou neve atingindo a área da
fábrica, aterramento na fábrica, boas condições de iluminação, a ferramenta deve ser
instalada longe de vibração, fonte ou calor ou corrente de aquecimento.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
2. Instalação e Alinhamento
2.1 Preparação da fundação

A fundação deve ser finalizada antes da instalação da máquina, ela ocupará uma área de
3920 x 1790 mm. A profundidade da fundação é decidida de acordo com as condições
locais do solo, mas não menor que 700mm. Desde que o braço possa rotacionar
horizontalmente, quando você decidir a localização da fundação, a distância mínima de
1200 mm deve ser mantida desde o equipamento existente adjacente, paredes, áreas de
passagens, para que não se limite o movimento do braço.

Fig. 2.1 Diagrama de fundação


CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.
Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
2.2 Instalação da Máquina desmontada

A máquina estará desmontada quando for embalada para a entrega. Após desembalar,
por favor, leia cuidadosamente as instruções primeiro para então, montar a máquina
estritamente de acordo com a ordem de montagem
2.2.1. Remova a poeira e óleo anti-ferrugem da superfícies de todos os componentes da
máquina.
2.2.2. Erga e manuseie o descanso, como mostrado na figura 2.2. De acordo com a
figura 2.1, deite os espaçadores metálicos 1,2,3 e 4 (dois cada) e o descanso, então
aperte as porcas nos parafusos de fundação para fixar o descanso, assim como prevenir
a máquina de mover-se quando estiver sendo posta no lugar e de limitar o movimento do
braço ao redor do suporte.

2.2.3. Erguer o suporte e deixe cair suavemente no suporte conforme mostrado nas
figuras 2.3 e 2.4. Limpe as superfícies de encaixe antes, então descarregue o pilar com o
elevador removido só então monte no berço e depois aperte os parafusos e porcas.

2.2.4 Monte o braço para circundar o pilar. Amarre o braço rotatório a um guindaste com
cordas (veja figura 2.5) e mantenha o mesmo balanceado. Antes de circundar o braço ao
redor do pilar externo, verifique cuidadosamente o grande buraco da superfície do braço
e remova sujeiras que possam estar contidas nele, limpe também a superfície do pilar e
lubrifique-a. Quando estiver circundando lentamente o braço ao redor do pilar, dê maior
atenção a chave do braço, qual deve ser mantida alinhada com a linha de alinhamento
do pilar. Algo entre 50~100 mm de altura entre espaçadores deve ser utilizado para
suportar o braço, por exemplo: coloque-o entre o braço e a flange inferior do pilar
externo. Por último, remova o anel de içamento no braço e aperte o parafuso para o
buraco do anel de içamento. Importante: o braço não deve ser abaixado neste momento.
Previna o braço de ficar girando. Dê atenção a segurança.

2.2.5 Instale as partes na parte superior do pilar de acordo com a figura 2.6. Remova a
tampa 4 do alojamento, e monte o alojamento no pilar com os parafusos, aperte-os. Gire
e empurre o parafuso guia no alojamento com a engrenagem 11 fixa no parafuso guia
para engata-lo na engrenagem do eixo do motor. Aperte a porca 12 e solte o parafuso 2,
o qual é então abaixado para ser fixo no bloco tipo losango. Conecte o tubo de óleo para
abaixar.
2.2.6 Remova o parafuso de aterramento 1 e abaixe a placa 4, como mostrado na figura
2.7 e conecte o tubo de óleo.

2.2.7 Instalação elétrica

2.2.7.1 Como mostrado na figura 2.8, conduza a linha de força para passar através da
parte superior do pilar para conectar o motor do braço.
2.2.7.2 Instale o motor para o sistema hidráulico (veja figura 2.9). Monte o motor com os
parafusos apertados. Abra a tampa da caixa de terminais e conecte todos os cabos
relevantes com seus códigos dados, então tampe a caixa com os parafusos apertados.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
2.2.7.3 Instale o motor principal (veja figura 2.9). O procedimento é semelhante ao
mencionado anteriormente.
2.2.7.4. Instale o motor da bomba de resfriamento (veja figura 2.9). O procedimento é
semelhante ao mencionado anteriormente.
2.2.7.5. Conecte a alimentação da força.

2.2.8 Verifique a exatidão da seqüência de fases do fornecimento de força (veja figura


3.1). Empurre o botão 1-19 para verificar se o cabeçote está controlado (ou pressione o
botão 1-18 para verificar se o cabeçote está solto). Pressione o botão 1-3 por uma vez
para erguer o braço com um percurso de 10mm, e verifique se o braço se ergue (ou
pressione o botão 1-2 para verificar se o braço abaixa).

2.2.9 Pressione o botão 1-2 (veja figura 3.1) por uma vez para abaixar o braço com um
percurso de 10 mm, e então remova o óleo anti-ferrugem da parte superior externa do
pilar. Em seguida, erga o braço 10 mm e remova o óleo anti-ferrugem para a parte
inferior externa do pilar. Repita as mesmas ações até que a superfície esteja limpa.
Pressione o botão relevante para soltar o cabeçote, e gire a manivela 1-10 para
movimentar o cabeçote para a esquerda, então remova o óleo anti-ferrugem do braço
guia. Resete o cabeçote e mantenha-o na posição baixa.

2.2.10 Lubrifique a superfície externa do pilar por gotas. Abaixe o braço com um percurso
de 50 mm para expor a seção da superfície e limpe e lubrifique uma vez mais. Erga o
braço aproximadamente 100 mm, limpe e lubrifique completamente a seção exposta.
Então, você pode erguer ou abaixar o braço livremente. IMPORTANTE: NÃO ARRANHE
A SUPERFICIE DO PILAR EXTERNO! De acordo com a fig. 2.10 e a tabela de
lubrificação, se houver óleo na superfície inspecione as condições de lubrificação e
preencha com o liquido de resfriamento adequado o tanque de resfriamento.

2.2.11 Erga o braço para a parte superior do pilar e então abaixe até o fim para verificar
se o interruptor de limite está OK.

2.2.12 Ajuste cuidadosamente o nível do chão de acordo com a figura 2.1 onde os
espaçadores 1,2,3 e 4 devem ser ajustados em seqüência numérica. O nivelamento de
tolerância abaixo do berço (sapata) deve ser ≤ 0.04 / 1000, seja transversalmente ou
longitudinalmente.

2.2.13 Ligue a máquina e ajuste o efeito de descida entre o pilar e o braço, no qual o
espaço (gap) entre eles deve ser menor que 0.04mm

2.2.14 Ajuste tudo o que for necessário com exatidão para assegurar-se de que os
valores não serão maiores que as medidas registradas no “Certificado de Entrega”.
Coloque concreto nos parafusos da fundação após haver completado todos os ajustes
acima, e aperte as portas dos parafusos da fundação após a solidificação do concreto.
Então, fixe o berço periférico e os espaçados com cimento. A calibração final deve ser
menor para o nível do berço com um nivelador para prevenir qualquer tipo de alteração
no nivelamento.
CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.
Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
2.2.15 Monte algumas das partes desmontadas para o empacotamento do braço, tais
como os anéis a prova de resíduos.

2.2.16 Monte a tampa de proteção do fuso principal (veja figura 2.11). Insira o tubo
galvanizado 3 nas partes 1 e 2 no lado esquerdo da tampa e então ajuste a altura da
tampa.

Notas:
1) Inspecione os vazamentos de óleo nas juntas dos tubos, indicadores de óleo,
manômetro, etc Se encontrar qualquer tipo de vazamento, monte as partes
novamente.
2) O nível de óleo não deve exceder a marca vermelha quando você estiver
completando o reservatório com óleo.

Figura 2.2 Manuseio do berço da máquina

Figura 2.3 Içamento da coluna.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Figura 2.4 Diagrama de manuseio da coluna.

Figura 2.5 Manuseio do Braço

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Figura 2.6. Vista superior da coluna.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Figura 2.7 Encaixe do cabeçote

Figura 2.8 Cabeamento da parte superior da coluna.


Legenda:
Power wire: Cabo de Força

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Figura 2.9 Layout do cabeamento do motor

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Figura 2.10 Lubrificação da máquina

Tabela de lubrificação
Item Ponto de lubrificação Óleo lubrificante Circulo de Observações
nº lubrificação
1 Erguer braço – mecanismo de Óleo mineral refinado Mudar óleo ao Solte o plugue de rosca
descida viscosidade 32 menos a cada 3 quando completar com
meses óleo.
2 Reservatório de óleo para Óleo mineral refinado Mudar óleo ao Abra a etiqueta no
engrenagens inferiores viscosidade 32 menos a cada 3 cabeçote da engrenagem
meses para completar com óleo.
3 Chaveta do fuso Óleo mineral refinado Completar com Não completar demais.
viscosidade 32 óleo uma vez por
semana
4 Reservatório de óleo para as Óleo mineral refinado Mudar óleo ao
engrenagens superiores viscosidade 32 menos a cada 3
meses
5 Ajuste fino de espiral (rosca Óleo mineral refinado Completar com Não completar demais
sem fim) viscosidade 32 óleo uma vez por
mês

6 Fuso superior e rolamentos Óleo animal e Completar com Abra a etiqueta no


inferiores vegetal, sabão cálcio óleo uma vez por cabeçote da engrenagem
12-178%, óleo mês para completar com óleo.
mineral 83-87%
7 Movimentar braço guia Óleo mineral refinado Sempre manter
viscosidade 68 lubrificado
8 Reservatório de óleo para Óleo mineral refinado Mudar óleo ao Abra a tampa da porta do
bomba de fixação viscosidade 32 menos a cada 3 gabinete do aparelho
meses elétrico para completar
com óleo.
9 Parafuso guia para levantar e Óleo mineral refinado Completar com Não completar demais.
abaixar braço viscosidade 68 óleo uma vez por
semana
10 Reservatório de óleo da bomba Óleo mineral refinado Sempre manter
de óleo para lubrificação da viscosidade com óleo
coluna

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Fig. 2.11 – Proteção do fuso

2.3 Execução Teste

2.3.1 Após a instalação, verifique a seqüência de fases, em particular os interruptores


principais.

2.3.2 Iniciar a máquina (veja a parte de controle), verifique se todas as partes se movem
normalmente, tais como: rotação reversa e para frente, mudança de velocidades e
movimento inativo, todas as velocidades e avanços do fuso principal, start-up (inicio) e
parada da máquina, levantar e baixar braço, fixar e soltar cabeçote e pilar, limite de
percurso do cabeçote/braço, avanço manual/mecânico do fuso principal.

2.3.3. Se todas as condições acima estiverem normais, coloque a máquina na posição de


movimento inativo por 30 minutos. Se todas as partes continuarem normais, a máquina
pode ser posta em uso.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
3. Características técnicas
3.1 Principais aplicações

A máquina é utilizada para fazer furos, expandir e mandrilar, revestimento por pontos e
esvaziamento por punção de peças de trabalho metálicas grandes e médias.
Principalmente em operações onde as ações devem ser feitas através de partes no
cabeçote, como botões e alavancas/manivelas.

3.1.1 O braço pode rotacionar ± 180º ao redor do pilar interno, como conduzido pelo
pilar externo.
3.1.2 O braço é erguido e abaixado ao longo do pilar externado.
3.1.3 O cabeçote se move para a direita ou a esquerda ao longo da guia do braço.
3.1.4 O cabeçote maneja as funções da mudança de velocidade do fuso principal,
avanço e outras operações (veja figura 3.1). A faixa de velocidade
(engrenagem) compreende 16 taxas de velocidades (de 16 ate 1250 rpm), e
cada uma delas pode ser obtida através da rotação da alavanca 1-12. Existem
16 avanços do fuso principal (de 0.04 ~3.2 mm/ver), e cada uma delas pode
ser obtida através da rotação da alavanca 1-11.
Função Alavanca / Botão usado
Mudança de velocidade para frente / 1 - 13
reverso do fuso principal e ociosidade
Avanço manual / mecânico 1 – 15
Movimento horizontal do cabeçote 1 – 10
Movimento do fuso principal 1–9
Corte constante do fuso principal 1–7
Avanço de modo de acabamento do 1 –1 7
fuso principal
3.1.5 O motor no topo do motor do pilar orienta a porca do parafuso guia para erguer
ou abaixar o braço (veja figura 3.1). A porca da segurança é montada sobre a
porca de elevação para se assegurar de que o braço não seja capaz de cair
abruptamente. Um bloco em forma de losango de motor hidráulico é usado
para manter baixo o braço, então o bloco tem auto-travamento. Após completar
o curso de erguer e abaixar o braço, o braço automaticamente ficará abaixado
e então será controlado pelo interruptor elétrico no assento do cilindro de óleo.
Função Botão Usado
Erguer braço 1–3
Abaixar braço 1-2
3.1.6 Tanto o cabeçote como o pilar são baixados por um bloco em forma de
losango com motor hidráulico, mesmo juntos ou separados. A operação pode
ser feita pelo botão seletivo 1-6 no painel do cabeçote, no qual a posição
intermediaria é para abaixar. A esquerda é para separar os pilares soltando-os
e a direita e para separar os cabeçotes, com os botões 1-18 e 1-19 servem
para as respectivas funções (veja figura 3-1)

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Lista de alavancas/botões no cabeçote (veja figura 3.1)
Parte Descrição Parte Descrição
1-1 Botão de emergência 1-11 Botão: pré-ajuste do avanço do fuso
principal
1-2 Botão baixar braço 1-12 Botão: pré-ajuste de avanço do fuso
principal
1-3 Botão erguer braço 1-13 Alavanca: mudança de velocidade do
fuso principal, rotação reversa/para
frente e ociosa.
1-4 Botão de parada de motor
principal
1-5 Botão de iniciar motor 1-15 Alavanca de mudança de avanço
principal mecânico / manual
1-6 Botão seletivo: encaixar 1-16 Interruptor para iluminação
cabeçote ou pilar
1-7 Alavanca de limite: avanço 1-17 Volante : avanço de acabamento
limite (aparar)
1-8 Alavanca de acabamento: 1-18 Botão para soltar cabeçote e pilar
placa índice
1-9 Alavanca: movimento do 1-19 Botão para encaixar cabeçote e pilar
fuso principal
1-10 Volante: movimento de 1-20 Botão para ajuste da taxa de fluxo de
cabeçote liquido refrigerante.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Figura 3.1 Painel frontal da cabeça do fuso
Legenda
Cooling liquid flow adjustment knob 1-20 Ajuste do fluxo do liquido de refrigeração
Spindle movement handle 19 Alavanca de movimento do fuso 19
Set depth cutting travel limit handle 1-7 Alavanca de ajuste de profundidade de corte no limite
de percurso 1- 7
Dial fine tuning handle 1-8 Dial de sintonia fina 1-8
Spindle head movement handwheel 1-10 Volante de movimento da cabeça do fuso
Spindle feed quantity preselecting knob 1-11 Botão de pré-seleção da quantidade de avanço do fuso
Motorized/manual feed symbol Símbolo de avanço manual / motorizado
Spindle speed preselecting knob 1-12 Botão de pré-seleção de velocidade do fuso 1-12
Manual/motorized feed switchhover handle 1-15 Alavanca do interruptor de avanço manual / motorizado
1-15
Spindle corotation/ counter revolution & neutral Botão de pré-seleção de posição neutra / co-rotação ou
CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.
Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
position preselectiong knob retro rotação do fuso
Spindle microfeed handwheel 1-17 Volante de micro avanço do fuso 1-17
Hydraulic releasing Liberação hidráulica
Hydraulic clamping Fixação hidráulica
Spindle head & columns clamping press button 1-19 Botão para fixação de cabeça de fuso e coluna 1-19
Spindle head & column releasing press button 1-18 Botão de liberação de cabeça de fuso e coluna 1-18
Spindle head clamping Fixação da cabeça do fuso
Máster motor stop Parar motor máster
Máster motor stop press button 1-4 (White) Botão de parada do botão máster (branco) 1-4
Arm falling Baixar braço
Arm falling press button 1-2 (black) Botão para baixar braço (preto) 1-2
Emergency stop press buttom 1-1 (red) Botão de parada de emergência 1-1 (vermelho)
Column releasing clamping preselecting Pré-seleção de fixação / liberação da coluna
Column clamping Fixação da coluna
Spindle start Iniciar fuso
Máster motor start press button 1-5 green Botão para iniciar motor máster 1-5 (verde)
Arm rising Erguer braço
Arm rising press-button 1-3 (black) Botão para erguer braço 1-3 (preto)
Spindle head releasing/ clamping Fixar / soltar cabeça do fuso
Clamping/releasing state selection press button 1-6 Botão de seleção do estado de fixo / solto
Spindle head & column combination releasing / Fixar / soltar cabeça do fuso e coluna combinados
clamping
Hydraulic releasing clamping symbol Símbolo de soltar / fixar modo hidráulico

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Parâmetros Principais
Descrição Parâmetro
Diâmetro máximo dos furos 80 mm
Distância da linha central do Max. 2500 mm
Fuso para pilar gerador Min. 500 mm
Distância móvel horizontal do cabeçote 2000 mm
Distância do fuso principal para Max. 2000 mm
Face de trabalho do berço Min. 550 mm
Distância erguer / baixar braço 1000 mm
Velocidade de baixar / erguer braço 0.017 m/sec
Ângulo de rotação do braço ± 180º
Conicidade do furo do fuso principal Morsa #6
Faixa de velocidade do fuso principal 16~1250 rpm
Número de taxas de velocidade do fuso principal 16
Faixa de avanço do fuso principal 0.04 ~3.2 mm/rev.
Número máximo das taxas de avanço do fuso principal 16
Percurso do fuso principal 450 mm
Profundidade do furo por cada ver. Na placa índice 151 mm
Torque máximo permitido do fuso principal 1568 Nm
Resistência máxima permitida para avanço do fuso 35000 N
principal
Força do motor principal 7.5 Kw
Força do motor para erguer braço 3 Kw
Força do motor hidráulico para encaixe 0,75 Kw
Força do motor para bomba de resfriamento 0.09 Kw
Peso aproximado da máquina 11 000 kg
Dimensões 3730 x 1400 x 4025 mm

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Fig. 3.2 Diagrama de parâmetros principais da máquina

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Fig. 3.3 Diagrama de parâmetros principais para fuso, bancada, superfície base, etc.
Legenda
Bench T Type channel Bancada canal tipo T
Baseplate T-type channel Superfície base canal tipo T

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Fig. 3.4 Diagrama de sistema de transmissão

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Fig. 3.5 Diagrama de velocidade de rotação do fuso
Legenda:
Máster motor = motor máster

Figura 3.5 Diagrama de quantidade de velocidade de rotação do avanço do fuso.


Legenda
Spindle = fuso

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
4. Controle de Ferramenta da máquina
A máquina pode ser oficialmente posta em operação após a conclusão do
comissionamento.

Fig. 4.1 Diagrama de alocação dos componentes da máquina.

Tabela de componentes da máquina

Localização 1 2 3 4 5 6
Designação Cabeça Braço Guarda Bancada Corpo da coluna
do fuso do fuso máquina

Lembrete: (1) Verifique se a placa resistente solta mostrada na figura 2.4 foi removida ou
não; (2) verifique se o conector de parafuso de parada na posição 1 mostrado na figura
2.7 foi removido e se o tubo de óleo foi conectado ou não.

4.1 Os passos de preparação

4.1.1 Ligue o interruptor de fornecimento de energia 4-1 na porta na esquina da coluna,


pressione o botão para iniciar a bomba de resfriamento 4-3 (veja figura 4.4), ligue a
iluminação no interruptor 1-16 (veja figura 3.1).

4.1.2 Fixe a peça na bancada.


CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.
Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
4.1.3 Ajuste o braço para uma posição conveniente de acordo com a altura da peça de
trabalho pressionando o botão 1-2, 1-3 (veja figura 3.1, o mesmo para o item 4.8 abaixo)

4.1.4 Gire o botão 1-6, para selecionar a cabeça do fuso e o modo de fixação da coluna
(de aqui em diante use a combinação de fixação (grampeamento) como um exemplo);

4.1.5 Pressione o botão 1-8, liberando o grampo da cabeça do fuso e da coluna;

4.1.6 Gire a manivela 1-10, ajuste a cabeça do fuso ao longo da guia de braço em
direção a uma posição mais conveniente;

4.1.7 Pressione a manivela 1-10, gire horizontalmente o braço para uma posição mais
confortável;

4.1.8 Pressione o botão 1-9, fixe (grampeie) a cabeça do fuso e a coluna


simultaneamente.

4.2. Furando por avanço motorizado

4.2.1. Pressione o botão de iniciar motor máster 1-5

4.2.2 Gire o botão de pré-seleção de velocidade de rotação do fuso 1-2, selecione uma
velocidade de rotação conveniente.

4.2.3 Gire o botão de pré-seleção 1-12 de avanço do fuso, selecione uma quantidade de
avanço conveniente;

4.2.4 Use a alavanca de ajuste de profundidade do limite de corte do percurso (detalhes


veja avanço do speed aqui abaixo);

4.2.5 Pressione a alavanca de avanço motorizado 1-5, permita-a conectar ao avanço


motorizado.

4.2.6 Tire a alavanca 1-9, conecte o avanço motorizado;

4.2.7 Mudança de velocidade do fuso: pressione a alavanca de co-rotação e revolução


reversa 1-13 para mudar a velocidade por cerca de 3 segundos, execute a rotação pré-
selecionada de velocidade e quantidade de avanço, então levante essa alavanca para a
posição horizontal, movimente a alavanca em direção a esquerda para a co-rotação da
posição do fuso, o furo de avanço motorizado pode ser iniciado.

4.3. O avanço manual é dividido em duas condições:

4.3.1 Mudar de avanço automático (motorizado) para manual: no processo de avanço


automático descrito acima, se você desejar mudar para o avanço manual, somente é
CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.
Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
necessário empurrar a alavanca 1-9 para desconectar o avanço motorizado, então a
alavanca pode ser controlada manualmente.

4.3.2 Avanço completo manual: no começo, se a alavanca de avanço automático


(motorizado) 1-15 não está pressionada, o avanço motorizado não pode ser executado,
gire no sentido anti-horário a alavanca 1-9, para iniciar o furo por avanço manual.

4.4. Esvaziamento por punção

4.4.1 Pressione o botão 1-5 para iniciar o motor master;

4.4.2 Gire o botão de pré-seleção 1-12 da rotação do fuso e o botão de quantidade de


fuso 1-11, selecione a velocidade de rotação do fuso e a quantidade de avanço.

4.4.3 Pressione a alavanca de revoluções de co-rotação e contador 1-13 para baixo para
mudar a posição de velocidade durante 3 segundos, então erga esta alavanca para a
posição de co-rotação, neste tempo o esvaziamento por punção pode ser iniciado,
quando a profundidade tiver sido alcançada, mova a alavanca 1-13 para a posição
horária, retraia o cortador.

4.5. A instrução de posição neutra do fuso / mudança de velocidade


Como mostrado na figura 4.2, erga a alavanca 1-13, gire o fuso lentamente com a mão.
Se você quiser iniciar o alongamento, primeiro pressione 1-13 para baixo para mudar a
posição de velocidade até que o fuso gire, então mova 1-13 para a co-rotação da posição
(giro reverso).

4.6. Instrução das revoluções do fuso co-rotação / sentido horário


Como mostrado na figura 4.2., após o motor máster iniciar, gire a alavanca para a co-
rotação ou posição do sentido horário, o fuso girará no sentido horário ou anti-horário.

Figura 4.2.
Legenda
Neutral position Posição neutra
Zero position Posição zero
Speed change Mudança de velocidade
Counter revolution Revoluções contrárias
Stop Parada
Corotation Co-rotação

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
4.7. Instrução do avanço do fuso

4.7.1 Avanço motorizado: pressione a alavanca 1-15 para baixo, puxe a alavanca 1-9, o
avanço motorizado é conectado.

4.7.2 Avanço manual: empurre a alavanca 1-9, gire a alavanca 1-9, o fuso é dirigido para
avanças para cima e para baixo.

4.7.3 Micro avanço: ajuste a alavanca 1-15 na posição horizontal, então puxe a alavanca
1-9, gire o volante 1-17.

4.7.4 Ajuste de profundidade de corte: como mostrado na figura 4.3, puxe a alavanca 1-
7, e gire 1-8 para a posição mostrada na figura, gire o dial para a profundidade de corte
requerida e deixe o marcador de escala desta profundidade alinha com a marca “O” na
escala da régua auxiliar no corpo da cabeça do fuso, então gire a alavanca 1-8
novamente para a posição mostrada na figura 4.3 e faça um ajuste fino do alinhamento
até que a marca “O” da escala seja alcançada, mantenha a alavanca 1-8 apertada
utilizando um botão de travamento no lado oposto, empurre a alavanca 1-7, conecte o
avanço, quando a profundidade de corte alcançar o valor ajustado, a alavanca 1-15 se
ergue automaticamente, o ajuste de profundidade do corte está completado.

Figura 4.3

4.8 Feche o procedimento de operação.


4.8.1 Erga a alavanca 1-15 do avanço motorizado, desconecte o avanço
motorizado.
4.8.2 Pressione a alavanca 1-9 do movimento do fuso, desconecte o avanço
motorizado.
4.8.3 Fixe a cabeça do fuso e a coluna.
4.8.4 Pressione o botão de parada do motor máster, pare o motor máster.
4.8.5 Feche o líquido de resfriamento.
4.8.6 Desligue o interruptor de força geral
CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.
Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Notas:

(1) Se você executar um furo passante, a quantidade de avanço deve ser diminuída
a medida que se aproxima o transpasso, em ordem para prevenir o corte de
danos ou evitar produzir desgaste.
(2) Quando ocorrer um mau funcionamento ocorre, o botão de pressão vermelho de
parada de emergência (1-1) no painel frontal da cabeça do fuso seve ser
imediatamente pressionado.

Figura 4.4 Diagrama do canto da porta da coluna


Legenda
General power supply Fornecimento de força geral
Electricity danger warning mark Aviso de perigo de choque elétrico
Cooling liquid Líquido para resfriamento

Tabela de Designação de botões de pressão

Número Designação de botão de pressão


4–1 Interruptor de fornecimento de força geral (cinza)
4–2 Lâmpada indicadora de fornecimento de energia
4–3 Botão de pressão de indicação de bomba para resfriamento
(verde)
4–4 Botão de parada de bomba para resfriamento (branco)

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
5. Falhas comuns e soluções de problemas
Falha Razão da Causa Solucionando o problema
Motor máster não O interruptor de força geral não foi Ligue o interruptor de
liga quando se ligado; o botão de iniciar não está fornecimento de força geral,
pressiona o botão de fazendo contato, falha de contato de verifique o conector do botão de
iniciar partida cabos no motor máster ou no painel iniciar partida, verifique todos os
elétrico, ou conector com falha pontos de conexão do contactor
no painel elétrico, verifique os
pontos de ligação no motor
máster.
Ao manusear a Se a direção de rotação está errada, a Mova qualquer um dos dois
alavanca para bomba não suga o óleo, a forquilha cabos da linha de força do
mudança de móvel não pode ser dirigida para motor máster.
velocidade do fuso, o empurrar ou levantar o disco de fricção
fuso não gira
Óleo vaza no fuso e O tanque de óleo foi completado com Quando completar o
na superfície externa muito óleo, o óleo vaza da parte frontal reservatório de óleo não
da casa de rolamentos. ultrapasse a marca de nível de
óleo
Óleo vaza no Muito óleo no reservatório de óleo, o Complete o óleo de acordo com
parafuso guia da excesso de óleo vaza dos rolamentos a marca mostrada no nivelador
caixa do corpo no parafuso guia de óleo, a quantidade não deve
exceder a marca de nível.
A cabeça do fuso O ajuste de folga de 55º da superfície Ajuste o parafuso 5 para que o
não poder ser fixa guia que combina a cabeça do fuso e o ajuste da folga não seja maior
rigidamente braço está largo; a posição do bloco de do que 0.04 mm (verifique com
fixação 3 da cabeça do fuso está um plugue de tamanha
errado, o óleo vaza no local onde o 0,04mm), no estão de liberação,
cilindro de óleo de fixação e o rack do solte o parafuso 2, ajuste o
breque estão juntos, ou o tubo de óleo grampo de fixação do bloco 3
1 está vazando. A faixa de retração do para uma posição habilitada, e
bloco em forma de losango não é o então aperte o parafuso 2. Veja
bastante, isto não habilita ao bloco figura 7.1
levantar-se para completar o auto-
travamento.
Após pressionar o 1. Parafuso 2 está solto, quando Verifique se o parafuso 2 no
botão para liberar a se move a cabeça do fuso, o bloco de fixação está ou não
cabeça do fuso, bloco de fixação 3 segue o solto, mude os rolamentos de
quando se move a movimento, então, a folga entre rolamento na placa de pressão
cabeça do fuso o o bloco de fixação e a (25 x 62 x 10; 305) Veja figura
movimento é pesado superfície guia diminui, isto tem 7.1
(difícil) ou este não um efeito no movimento da
se move cabeça do fuso.
2. quando mover a cabeça do
fuso, se houver uma sensação
de movimento pesado, você
pode verificar se os rolamentos

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
de rolamento da placa de
pressão estão ou não
danificados.

O pilar da coluna não Uma sobre regulagem do parafuso na Reajuste o parafuso na mola da
pode ser fixado mola da placa 3 causará um placa, mas a força de ajuste a
rigidamente levantamento da coluna muito maior do ser usada para soltar o braço
que a capacidade de fixação do bloco, deve ser regulada, ajuste a
pois o mecanismo não pode apertar a porca na parte superior da
superfície cônica onde a coluna interna coluna, deixe a força de fixação
e externa se juntam. A regulagem alcançar 1568N (a força no final
imprópria da porca 6 causa uma folga do braço), trave a porca
entre o nivelador 13 e o corpo da firmemente com o parafuso; se
máquina. A pressão do óleo no sistema sentir leve quando soltar a
hidráulico está baixa, isto pode não coluna, a porca 6 deve ser
ajustada para diminuir a folga
pressionar o pistão para o hidro-cilindro
se mover, o que causará que o bloco entre o nivelador e o corpo da
em forma de losango não possa estar máquina, aperte os 4 parafusos
na posição de fixação. de porca 7. Ajuste a pressão do
óleo no sistema hidráulico para
assegurar-se de que a pressão
do óleo esteja em 245-291 x 104
Pa, ou mude o óleo no
reservatório. Veja figura 7.2
O braço pode não O ajuste do parafuso 1 não foi Remova a tampa lateral, solte a
estar fixo firmemente apropriado, há uma folga na posição porca de travamento, ou
de encaixe onde o braço se encaixa reajuste o parafuso 1, isto
com a coluna externa quando o braço assegura que não somente o
está no estado de fixado. O interruptor plugue de 0.04mm não seja
de limite de curso está instalado inserido na folga quando o
próximo a barra do pistão, essa barra braço está no estado de fixação,
entra em contato com o interruptor mas também que o bloco
antes de alcançar a posição de fixação, rômbico possa se erguer e se
isto causa que o motor hidráulico da travar. Na condição de fixação,
bomba de óleo pare. ajuste a posição do interruptor
de limite de curso, permitindo
fechar e abrir normalmente o
contato, e o bloco rômbico para
ser fixo na posição, em
referencia ao bloco rômbico por
favor veja o mecanismo de
fixação da cabeça do fuso.
Observações:
As intervenções necessárias deverão ser feitas por pessoal técnico especializado, o não
cumprimento desta situação culminará na extinção da garantia do equipamento

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
6. Dispositivo de proteção e segurança
6.1 Dispositivo Seguro de Proteção (Figura 2.7)

Esta máquina pertence somente a um propósito geral. Durante a operação os


componentes do fuso e as ferramentas de corte podem mover-se para cima e para baixo
e rotacionar, o dispositivo de proteção deve ser usado durante o período que o operador
estiver trabalhando a peça, para prevenir cortes de contato que possam gerar perigos. O
dispositivo de proteção é montado no ponto de articulação da barra de resfriamento, isto
causa duas ações:
1) Rotacionar ao redor do ponto de articulação da barra;
2) Movimentar para cima e para baixo ao longo do ponto de articulação da barra,
e o dispositivo de proteção é travado na posição girando-se o botão 2. Antes
de iniciar o fuso, gire o dispositivo de proteção na frente dos componentes do
fuso, permita-o entrar na posição de trabalho, então inicie o motor máster,
deixe os componentes do fuso e as ferramentas de corte girarem. Durante a
usinagem (funcionamento), não deixe aberto o dispositivo de segurança. Não
permite que o dispositivo toque os cortadores, as peças de trabalho por meios
justos ou falha. Após a máquina ter parado completamente, gire o dispositivo
de proteção para o lado esquerdo, após abrir o dispositivo de segurança, será
permitido instalar e fixar os cortadores, trocar as peças de trabalho, limpar
cortadores, etc.

6.2 Lidando com as falhas de emergência

Se falhas / acidentes tais como: retorcidos, impactos, pressão, esmagamento ou


arranhamentos ocorrerem, primeiro pressione o botão vermelho 1 de parada de
emergência no painel frontal da cabeça do fuso, e então remova a falha. Somente
quando a falha tiver sido removida completamente, o interruptor 4 -1 de fornecimento de
força geral pode ser ligado e a máquina voltar a operar nas condições normais de
trabalho.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
7. Manutenção e ajuste do equipamento
7.1 Manutenção

7.1.1 Durante a operação, a ferramenta da máquina necessita ser lubrificada de


acordo com as regras especificadas neste manual, a tela de filtro precisa ser limpa
regularmente, e manter o óleo limpo.

7.1.2 a guia do braço e a coluna devem ser freqüentemente limpas, complete o


óleo com freqüência, mantenha lubrificada para evitar danos causados por atritos.

7.1.3 Mantenha a bancada e a superfície base limpas, limpe os cortadores de


tempos em tempos. Não segure os cortadores diretamente com as mãos para evitar
cortes ou outros danos.

7.1.4 Troque o líquido de resfriamento uma vez por mês, mantenha-o limpo, os
materiais estranhos como as rebarbas, etc; depositados na entrada da cabeça de
resfriamento e o liquido devem ser limpos todos os dias.

7.1.5 O buraco cônico do fuso deve ser bem limpo antes de instalar os cortadores.

7.1.6 Manutenção do aparelho elétrico


O aparelho elétrico deve ser mantido limpo, para este propósito pó, sujeira e graxa
devem ser limpos regularmente. O pó pode ser removido utilizando-se um sopro de ar
comprimido. É proibido lavar o espiral com querosene, gasolina, etc. Os rolamentos do
motor devem ser inspecionados e limpos anualmente, a inspeção e troca de óleo deve
ser feita pelo menos uma vez ao ano. A lubrificação dos motores contém óleo animal e
vegetal, soda causticas e óleo mineral. Todos os contatos devem ser cuidadosamente
limpos para remover a sujeira deles, as molas de contato devem ser trocadas por novas,
contatos graxos, queimados ou oxidados não devem ser permitidos, eles devem estar
cobertos por uma fina película.

7.2. O ajuste da ferramenta da máquina

7.2.1 O ajuste da força de fixação do fuso ( figura 7.1)


Solte o parafuso 2 para mover a parte 3 e só então ajuste a força de encaixe. A
força de encaixe aceita deve ser ajustada para atender a condição de que o cabeçote
não se solte se uma força circunferencial de 500N atuar sobre o volante periférico para
movimentar o cabeçote. Ajuste o espaço entre a superfície de fixação das guias do braço
e o cabeçote com o parafuso 5, e isto será aceitável se
- inserindo-se um aferidor de folga no espaço para a inspeção e a
profundidade de inserção não seja maior de que 20 mm,
- exercendo-se uma força circunferencial de 80N no volante periférico para
mover o cabeçote e então este se mexa.
Os parafusos de ajustes devem ser apertados após ter realizado os ajustes.
CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.
Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Fig. 7.1 Fixação da cabeça do fuso

7.2.2 O ajuste da força da coluna de fixação (figura 7.2)


O parafuso 3 é usado para ajustar a folga entre a superfície cônica da coluna interna e
externam, quando ajustar, a força deve eventualmente aplicar-se ao parafuso, a força de
fixação da coluna é ajustado pela porca 7. Quando a requisição que aplica uma força
horizontal de 2800N no final do braço, a coluna não gira,e depois de soltá-la, aplicar uma
força horizontal de 50N, a coluna pode girar, aperte o parafuso 6, e fixe a porca 7
firmemente.

Fig. 7.2 Fixação superior direita.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
7.2.3 O ajuste da força de fixação do braço (veja figura 7.3)
Quando estiver ajustando, o fornecimento de força poderá ser desconectado durante a
ascendência e descendência, permite ao braço estar em uma posição de liberdade,
ajuste os parafusos 1, 2, 3 e 4 apropriadamente, o ajuste é finalizado quando o braço
estiver na condição de fixação e um aferidor de folga de 0.04mm não pode ser inserido
na folha da superfície de combinação.

Fig. 7.3 Fixação do braço

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
8. Sistema hidráulico
O sistema hidráulico da máquina é compreendido por duas partes: sistema hidráulico do
mecanismo de controle e sistema hidráulico do mecanismo de fixação.

8.1. Sistema de mecanismo do controle hidráulico (Fig. 8.2)


A válvula de controle e a válvula de pré-seleção são montadas na parte superior da
cabeça do fuso. A válvula de pré-seleção da velocidade de rotação do fuso e a válvula de
pré-seleção de controle de avanço tem 16 posições, 6 modos de válvula de rotação com
cada um dos 4 controles de cilindros hídricos diferenciais, percebendo uma
transformação de 16 classes de velocidades. A válvula de controle é a posição 5, válvula
de giro modo 6, controles de co-rotação hidro-cilindricos, retro rotação por hidro-cilindros,
mudança de velocidade hidro-cilindrica, posição neutra hidro-cilindrica e breques hidro-
cilindricos.
O caminho de estado do óleo para posição da válvula de controle é como segue:

Rota do óleo 1 2 3 4 5 6
Nº de ação do cilindro
Co-rotação + - - - + -
Retro rotações - + - - + -
Mudança de velocidade + + + - + -
Posição neutra - - - + + -
Parada - - - - - -

Observação: “+” é pressão de óleo alta, “-“ é pressão de óleo baixa

A posição de conexão das rotas de óleo:

(1) Contração do hidro-cilindro


(2) Retro rotação do hidro-cilindro
(3) Válvula de pré-seleção
(4) Posição neutra do hidro-cilindro
(5) Saída da bomba de óleo
(6) Entrada do óleo de retorno

Durante a mudança de velocidade, o óleo de alta pressão entra na válvula de pré-


seleção, empurrando vários hidro-cilindros de velocidade, a engrenagem deslizante é
guiada para mudar a velocidade, enquanto o óleo em alta pressão flui para o hidro-
cilindro de co-rotação respectivamente através de pequenos buracos, uma vez que a
área de co-rotação do hidro-cilindro é diferente do hidro-cilindro de retro rotação (a área
da primeira é maior do que a da segunda), isto causa que a forquilha móvel, a qual
empurra firmemente o disco de fricção,tenha uma pequena força para empurrar o disco
de fricção, conseqüentemente isto permite que a corrente de transmissão seja iniciada.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Quando a válvula de controle está na posição parada, o óleo vem da bomba (5) e flui
diretamente para a rota de retorno de óleo (6), todo o sistema está em uma condição de
baixa pressão, neste momento, a mola, a qual para o hidro-cilindro é soltara devido a
perda de pressão na rota/trajetória do óleo (5), conseqüentemente isso empurra
fortemente o disco dr fricção e breca a corrente de transmissão, o fuso para seu
movimento.

A tubulação de óleo deve ser instalada de acordo com o número de tubo mostrado na
figura 8.2, quando inserir o tubo de óleo nº 1 e lavar a rede de filtras, o final do tubo 1
deve ser inserido na rede, de outro modo uma folha poderá ser causada no sistema
hidráulico e um longo tempo de serviço normal não pode ser assegurado.

A pressão do sistema hidráulico é controlado pela mola 3 na válvula de respiro montada


na bomba de óleo (fig. 8.3), a pressão de trabalho é 156.8 x 104 ~196 x 104 Pa.

8.2 Sistema hidráulico do mecanismo de fixação (Fig. 8.1)

A fixação e liberação da cabeça do fuso, coluna e o braço são feitos através do bloco
rômbico (forma de losango), o qual atua após o pistão ter sido empurrado pela pressão
do óleo, onde na fixação e liberação da cabeça do braço são controlados individualmente
através de uma válvula solenóide. A fixação e liberação da cabeça do fuso e a coluna
podem ser executadas ambas simultaneamente ou individualmente, as operações
“simultâneas” ou “individuais” são controladas pelo botão 1-6 montado na parte superior
da cabeça do fuso.

Quando fixar (ou soltar) a cabeça do fuso ou a colina, primeiro gire o botão 1-6 para a
posição especial (a posição central é para fixação/liberação associada, a posição a
direita liberação ou fixação individual e à esquerda liberação ou fixação individual da
coluna), então inicie o motor de fixação pressionando o botão 1-19 (ou 1-18) mostrado na
figura 3.1, após a bomba de óleo fornecer óleo, o óleo fluirá para dentro do hidro-cilindro
de fixação através da válvula de distribuição, e empurra o pistão que gira o bloco rômbico
para executar a fixação (ou liberação).

O sistema hidráulico do mecanismo de fixação da ferramenta desta máquina está no


modo de circulação fechado, trabalhando com uma pressão de 245 x 104 ~294 x 104 Pa.
Uma vez que a área do pistão de fixação é diferente, quando o óleo flui para uma câmara
larga de óleo, parte do óleo é necessária para encher a tubulação de sucção de óleo,
quando o óleo flui para uma câmara menor, o excesso de óleo no trajeto de óleo vazará
a partir da bomba, e flui de volta para o reservatório de óleo através do buraco de retorno
de óleo. Desde que a eficiência volumétrica da bomba é baixa, a diferença volumétrica é
pequena, conseqüentemente a pressão de retorno e a sobre pressão não pode ser
produzida no sistema.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
8.3 Liquido para refrigeração

O liquido para refrigeração deve ser usado quando estiver usinando aço, fresando e na
punção. Quando utilizar o liquido para refrigeração, pressione o interruptor 4-3 (veja
figura 4.4), inicie a bomba de refrigeração, o fluxo pode ser regulado pelo botão 1-20
(veja figura 3.1). Durante a operação, deve ser dada atenção ao ajuste da tubulação de
refrigeração, alinhar o bocal para a posição de peça a ser usinada, não deixe o liquido se
espalhar, o fluxo é ajustado de acordo com a necessidade. Não use líquidos de
refrigeração inflamáveis ou perigosos.

O tipo da bomba de refrigeração é: AOB-25


Força : 0.09 Kw
Fluxo : 25 L/min
Cabeça: 4 m

Tabela de Líquido para Refrigeração

Uso Conteúdo Característica


Fura aço Gipsita emulsificada 3 – 5 % Evita fogo e anti-ferrugem
Carbonato de anidro sódico 0.2 ~0.35%
Nitrito de sódio 0.25% ~5%
Resto : água
Fresar Gipsita emulsificada 3 – 5 % Evita fogo e anti-ferrugem
Carbonato de anidro sódico 0.2 ~0.35%
Nitrito de sódio 0.25% ~5%
Resto : água
Punção Chlorowax 40% Aplicar ao cortador antes da
Querosene 30% punção
Óleo transformador 30%

8.4 Limpeza do líquido para refrigeração

O tanque do líquido para refrigeração está localizado na parte traseira da base da


máquina, o liquido para refrigeração é usado na circulação, por favor troque de tempos
em tempo quando você o encontrar sujo. Método de troca: prepare um contêiner vazio,
coloque o bocal do líquido de refrigeração neste container vazio, inicie a bomba de
refrigeração, deixe o liquido fluir para dentro do container, se houver resíduos, limpe com
um pano, então preencha com liquido de refrigeração limpo no reservatório do liquido de
refrigeração.

O material estranho tais como rebarbas, etc., depositados na entrada do reservatório do


líquido de refrigeração dentro do liquido deve ser limpo em tempo.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Fig. 8.1. Diagrama esquemático do mecanismo de fixação hidráulico

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Fig. 8.2 Diagrama esquemático do mecanismo hidráulico de controle

Legenda
16-position 6 way main movement Válvula de pré-seleção do movimento
preselecting valve principal posição 16 – rota6
Oil distributor Distribuidor de óleo
Neutral position Posição neutra
Speed change Mudança de velocidade
Corotation revolution Revoluções da co-rotação
Control valve Válvula de controle
Counter neutral position Posição retro neutra
Stop parar

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Transformação da rota de óleo. Tabela de mudança de velocidade do hidro-cilindro.

Hidro- III IV V VI Hidro- IX X XI XII


cilindro nº cilindro nº
Velocidade Velocidade
de rotação de rotação
1250 + + - - 3.20 + + - -
800 - + - - 2.00 + - - -
500 + + + - 1.25 - + - -
400 + - - - 1.00 + + + -
315 - + + - 0.80 - - - -
250 - - - - 0.63 + - + -
200 + + - + 0.50 + + - +
160 + - + - 0.40 - + + -
125 - + + 0.32 + - - +
100 - - + - 0.25 - - + -
80 + + + + 0.20 - + - +
63 + - - + 0.16 + + + +
50 - + + + 0.13 - - - +
40 - - - + 0.10 + - + +
25 + - + + 0.06 - + + +
16 - - + + 0.04 - - + +

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Fig. 5.3 – Diagrama do circuito hidráulico para mudança de velocidade e avanço

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
9. Sistema Elétrico.
9.1 Introdução

9.1.1 Voltagem: 3/N/PE?~380V


(Máquinas com diferentes tipos de classe de voltagem tais como: ~220V,
~420V e ~440V podem ser fornecidas se requisitadas).
9.1.2 É permitida a seguinte faixa de flutuação de voltagem: o valor da voltagem
estável é 0.9 ~1.1 vezes da voltagem taxada.
9.1.3 Freqüência : 50 Hz
(máquinas com freqüência de 60Hz podem ser fornecidas sob requisição)
9.1.4 Faixa de flutuação de freqüência permitida:
0.99 ~1.01 taxa de freqüência (serviço continuo)
0.98 ~1.02 taxa de freqüência (tempo curto de serviço)
9.1.5 Harmônica: a totalidade da força de distorção harmônica de 2~5 não pode
exceder 10% do raiz quadrada da linha da voltagem. Com respeito a totalidade
de 6~30 da força de distorção harmônica, um Maximo adicional de 2% da raiz
quadrada da linha de voltagem é permitida.
9.1.6 Voltagem em desequilíbrio: os conteúdos de seqüência negativa e seqüência
zero de 3 fases significa que a voltagem não esta excedendo 2% da seqüência
positiva.
9.1.7 Interrupção de voltagem: a qualquer momento do ciclo de fornecimento de
energia, a duração da interrupção do fornecimento de força não deve exceder
3ms, o intervalo de tempo deve ser mais do que 1s.
9.1.8 Queda de voltagem: a queda de voltagem não deve exceder 20% do pico de
valor da voltagem em um ciclo, o intervalo de tempo da queda de voltagem
deve ser maior do que 1s.
9.1.9 A corrente máxima inicial deste máquina é listada na seguinte tabela:

220 V 170.7 A
280 V 98.82 A
420 V 89.4 A
440 V 85.35

9.1.10 Controle ciclo de voltagem : ~110V ~24V


9.1.11 Com o objetivo de executar a transmissão de vários mecanismos, os
seguintes motores estão montados na máquina:
M1 – motor de fuso
M2 – motor horizontal para erguer e baixar braço
M3 – motor de bomba hidráulica
M4 – motor de bomba de resfriamento

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Observação: Uma vez que não há anel coletor na parte superior dessa coluna, não gire o
braço continuamente somente em uma direção durante a operação, para prevenir a
máquina de um curto-circuito devido ao movimento de rotação que pode quebrar os
cabos da linha de força que passam através da coluna e eventualmente prevenir o
pessoal de danos.

9.2 Instalação (veja índice de aparelhos elétricos)

9.2.1 A linha de entrada de força deve adotar cabos BVR de 4mm2, eles devem
ser blindados por um tubo para fios de φ 20 e aterrado, para o terminal da entrada
da linha veja “Índice de Aparelhos elétricos”.

9.2.2 É recomendado que o dispositivos contra sobrecarga no fornecimento de


força deve adotar o circuito elétrico com uma corrente de 30 A, este valor deve ser
ajustado para 30 A, e sua capacidade de cortar a corrente deve ser maior do que
10KA.

9.2.3 Inspeção de seqüência de fase da máquina:


Após a máquina ter sido completamente instalada, ligue a força, pressione a
cabeça do fuso soltando o botão de pressão SB6, se o fuso estiver solto, isto
significa que a seqüência de fase do fornecimento de força está correto, caso
contrário, será necessário trocar a posição de qualquer um dos cabos na linha de
força;
Após assegurar a correção da seqüência de fase do fornecimento de força,
inspecione e ajuste, se necessário, a seqüência de fase do movimento de erguer e
abaixar do motor M2.

9.2.4 A distância entre o espaço requerido pelo dispositivos elétrico para reparar a
máquina: 800 mm.

9.2.5 A menor luminescência na área de trabalho deverá ser de um mínimo de 500


lux.

9.3 Instrução do circuito (Refere-se ao diagrama elétrico esquemático)

9.3.1 Preparação antes da operação


Abra a cabeça do dispositivos elétrico no braço horizontal, ligue o motor de partida
QF2, QF3 então feche a cabeça do dispositivos elétrico.

9.3.2 Inicie o motor: ligue o interruptor de força geral QS1 sob a coluna, neste
momento a lâmpada indicativa HL1 de fornecimento de força indicará que o
equipamento está ligado.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
9.3.3 Rotação do motor de fuso
Pressione o botão SB3, o contactor AC KM1 é energizado para atuar e autro-
travar, o motor de fuso M1 gira. Pressione o botão SB3, o contactor AC KM1 é
desenergizado para se soltar, o motor do fuso M1 pára de girar.
Para prevenir que o motor do fuso tenha sobrecarga durante operações de longo
tempo, o relé térmico FR1 é ajustado neste circuito, este valor deve ser reajustado
de acordo com a taxa de corrente mostrada na etiqueta do motor de fuso M1

9.3.4 Erguer / Abaixar braço


Observação: O controle do movimento para erguer (baixar) o braço adota o modo
de tocar para mover, pressione o botão de erguer/baixar braço, quando a sua mão
soltar o botão, o braço para de se mover.

Pressione o botão SB4 (ou SB5) para erguer/baixar braço, o relé de tempo KT1 é
energizado para atuar, o motor de bomba hidráulico M3 gira na direção positiva,
empurrando o fluxo de óleo através da válvula de distribuição para a câmara de
óleo do hidro-cilindro do braço permitir ao operar erguer ou baixar o mesmo,
empurrando o pistão e o bloco rômbico, o braço é solto, ao mesmo tempo a barra
do pistão pressionar o interruptor de limite de curso SQ2 através da mola da placa,
isso faz com que o contactor AC KM4 seja desenergizado para soltar o braço. Um
contactor AC KM2 (ou KM3) é energizado para atuar, a bomba do motor hidráulico
M3 pára de girar, o motor M2 do braço gira para conduzir o braço a ser erguido ou
baixado.

Se o braço não é solto, o contato normal de abertura do interruptor SQ2 de limite


de curso pode não fechar. Se o contactor AC KM2 (ou Km3) não pode ser
energizado para atuar, o braço não se erguerá ou baixará.

Quando o braço se ergue ou baixa para uma posição requerida, solte o botão SB4
(ou SB5), o contactor AC KM2 (ou KM3) e o relé temporizador KT1 são
desenergizados para soltar, o motor M2 pára e o braço também pára de se mover.

Desde que o relé temporizador KT1 esteja desernegizado, após um atraso de 1- 3


segundos, é normal fechar o contato, o qual é fechado no atraso, um contactor AC
KM5 é energizado para atuar, o motor de bombeamento hidráulico M3 gira na
direção negativa para fornecer pressão ao óleo. O óleo sob pressão flui através da
válvula de distribuição dento da câmara de fixação do óleo no hidro-cilindro do
braço, o que faz o braço ser fixado, entretanto a barra de pistão empurra o
interruptor SQ3 do limite de curso através da mola da placa, gerando que o
contactor KM5 seja desenergizado para soltar o braço, e o motor M3 pára de girar.

O interruptor de limite de curso SQ1 (SQ1a, SQ1b) é usado para restringir o curso
do movimento de erguer / baixar braço para uma posição limite, o motor M2 para
de girar e o braço para de se movimentar.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
O braço automaticamente fixado é controlado pelo interruptor de limite de curso
SQ3, se uma falha ocorrer no sistema de fixação hidráulico, o braço não poderá
ser fixado automaticamente, ou o braço é fixado mas o contato normal de
fechamento não poderá ser aberto devido ao ajuste inapropriado do SQ3, ambos
poderão causar que o motor hidráulico opere em uma condição de sobrecarga por
um longo período. Para prevenir danos no motor resultantes dessa sobrecarga, o
relé térmico FR3 é usado no circuito, seu valor deve ser ajustado de acordo com a
taxa atual de corrente do motor de bombeamento hidráulico.

A proteção de sobrecarga do motor para erguer / baixar é executada pelo relé


térmico FR2, seu valor deve ser ajustado de acordo com a taxa atual do motor M2.

9.3.5 A fixação ou liberação da coluna e da cabeça do fuso pode ser realizada


individualmente ou simultaneamente.
9.3.5.1 A liberação e fixação da cabeça do fuso e da coluna podem ser
executadas simultaneamente.
Primeiramente, mova o comutador SA para a posição central, pressione o
botão para fixação (ou liberação) SB6 (ou SB7), o relé temporizador KT2 e
KT3 são energizados para fechar simultaneamente, o contato de abertura
normal KT2, o qual se atrasa quando a força está desligada
instantaneamente, o eletromagneto YA1 e YA2 são energizados para atuar,
após 1-3 segundos, o relé temporizador KT3 com contato de abertura
normal, que se atrasa quando a força está ligada, o contactor Km4 (ou
KM5) é energizado para atuar, o motor M3 gira na direção positiva (ou
negativa) para oferecer a liberação ou fixação da pressão de óleo na
câmara do hidro-cilindro, essa pressão empurra o pistão e o bloco rômbico,
que causará a liberação ou fixação da coluna e da cabeça do fuso.

9.3.5.2 Liberação e fixação individual da cabeça do fuso e coluna


Mova o comutador SA para a esquerda (ou direita), pressione o botão SB6
para liberar (soltar) ou fixar, siga os princípios da “fixação e liberação
simultânea”, YA1 e YA2 são energizados para atuar individualmente, então
a coluna e a cabeça do fuso podem ser liberadas (soltas) ou fixas
individualmente.

9.3.6 O inicio e a parada da bomba de resfriamento (refrigeração)


Pressione o botão SB9 para iniciar a bomba de refrigeração, o contactor KM6 é
energizado para atuar e auto-travar, o motor da bomba de refrigeração M4 gira.
Pressione o botão de parada da bomba SB8, o contactor KM6 será desenergizado
e o motor M4 parará.
A proteção de sobrecarga do motor da bomba de refrigeração é executada pelo
relé térmico FR4, seu valor deve ser ajustado de acordo com a corrente atual do
motor da bomba de refrigeração M4.

9.3.7 Parada de emergência e auxilio

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Pressione o botão de parada de emergência SB1, o qual tem uma função de auto-
travamento, todos os motores pararão de funcionar, e máquina estará na condição
de fechamento de emergência. Gire o botão de parada de emergência SB1 no
sentido da flecha, o botão de emergência se resetará, e a condição de parada de
emergência será finalizada.

Nota: Certos dispositivos elétricos na máquina ainda estarão na máquina após o


botão de parada de emergência ser pressionado, somente quando o interruptor do
fornecimento geral de força (energia) QF1 está desconectado, não há voltagem na
máquina exceto no lado primário do fornecimento geral de força.

9.3.8 Desligamento
Se a máquina está parada para uso, o interruptor de fornecimento de força QF1
deve ser desconectado com a finalidade de segurança para o pessoal e para o
equipamento.

9.3.9 Proteção do circuito de controle e controle do transformador TC


A proteção do lado primário do transformador de controle é realizada pela parada
de ar QF6.
A proteção do circuito de controle é executada pela parada de ar QF7.

9.3.10 Método para mudar valor pré-configurado de voltagem de trabalho na


operação quando a máquina estiver com dois tipos de voltagem, por exemplo,
220v/440v ou 220v/380v, trifásico, AC.

Quando a máquina é designada para usar dupla voltagem, por exemplo,


220v/440v ou 220v/380v, trifásico, AC, a voltagem a ser deixada para a operação
está escrita na etiqueta, a qual está colada na tampa do interruptor do braço
direito, se o usuário necessita usar outra voltagem, a qual não está em
conformidade com a voltagem da etiqueta, por favor, lembre-se de mudar os
cabos nos terminais de cabos dos 4 jogos de motores e do transformador de
controle respectivamente de acordo com o diagrama de fiação da etiqueta do
motor e do diagrama de fiação no transformador de controle e mude o relé térmico
e a suspensão de ar fornecida com a máquina de acordo com o conteúdo
especificado na lista de embalagem.

9.4 Inspeção de manutenção e ajuste de dispositivos elétricos


Nota: Quando inspecionar os dispositivos elétricos sob voltagem, todos os interruptores
de fornecimento de força geral, a linha de força dos contactores e elementos associados
tem voltagem, por favor, tenha cuidado!!.
9.4.1 Ajuste
9.4.1.1 O ângulo de contato do interruptor SQ1 de limite de curso de erguer
/ baixar pode ser ajustado, normalmente isto já tenha sido ajustado
previamente antes de deixar a fábrica, mas se o interruptor falhar durante a
operação ou o braço não se erguer ou baixar; ou falha quando pressionado
o botão correspondente, se confirmado que foi causado pela falha de SQ1,
CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.
Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
a tampa do interruptor SQ1 pode estar aberto, solte o parafuso de
travamento ao lado, então ajuste o ângulo do contato, aperte o parafuso e
feche a tampa da cabeça do interruptor quando tenha alcançado o ângulo
desejado.

9.4.1.2 Ajuste do micro interruptor SQ2, SQ3


A posição superior e inferior dos micro interruptores SQ2, SQ3 pode ser
finamente ajustada quando a operação de erguer / baixar falhe, e não é
possível encontrar o braço horizontal, ou está solta, mas a operação de
fixação não se reseta (apaga) automaticamente, uma placa de cobertura na
parte final a esquerda na horizontal do braço pode ser aberta, se encontrar
que a posição dos micro interruptores SQ2, SQ3 não é apropriada, mova e
ajuste a placa de ajuste para fixar os micro interruptores, após ajustar a
superfície a uma posição habilitada, instale a cobertura da placa.

9.4.1.3 A ajuste da corrente inicial do motor


A corrente dos relés térmicos FR1, FR2, FR3, FR4 desta máquina foi
ajustada adequadamente antes de deixar a fábrica, se a voltagem que o
usuário usa não está em conformidade com o da máquina, um ajuste
correspondente deve ser realizado, veja “Lista de dispositivos elétricos”
para estes dados.

9.4.1.4 Ajuste do tempo do relé temporizador


O relé temporizador KT1, KT2, KT3 devem ser ajustadas para 1-3
segundos. Preste atenção quando mudar o relé temporizador: KT1 e KT2
atrasam quando a força estiver desligada, KT3 atrasa quando a força está
ligada.

9.4.2 Inspeção preventiva


Em ordem para assegurar a segurança do pessoal e do equipamento, a parte elétrica
desta máquina deve ser inspecionada uma vez por ano, a inspeção e mensuração dos
registros devem ser feitas apropriadamente, se encontrar problemas uma nova
mensuração deve ser adotada imediatamente.

9.4.2.1 Mensuração da resistência de isolamento


O circuito principal e o circuito de controle devem ser mensurados com 500V, a
resistência de isolamento deve ser maior do que 1 mega-ohm.

9.4.2.2 Inspeção da proteção de aterramento


A proteção de aterramento deve ser adotada por todos os motores, cabeça do
fuso, coluna interna e externa, corpo da máquina, braço horizontal, porta de
fornecimento de força, estação de botões, mangueira frontal e traseira das
etiquetas, etc., desta máquina, durante a inspeção, a continuidade do cabo de
aterramento deve ser inspecionada, assim como deve ser verificado o parafuso do
cabo de aterramento.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
9.4.3 Manutenção de pontos comuns
O diagrama elétrico esquemático, índice de dispositivos elétricos e instrução de circuito
devem ser referidos durante a procura de falhas.

Falha Razão Correção


Fuso não gira 1. Erro em seqüência de fase; 1. Trocar seqüência de fase
2. percurso do relé térmico FR1; 2. resetar relé térmico FR1;
3. Falta fase do motor M1; 3. substituir fase faltante;
4. Falha no circuito de controle; 4. refere-se ao diagrama
5. Falha no maquinário ou rota esquemático para procurar
de óleo falhas;
5. veja tabela 5 na seção 8.
Falha ao baixar 1. Erro do relé térmico FR2; 1. Resetar o relé térmico
braço horizontal 2. Falta fase do motor M2; FR2;
3. Falha no circuito de controle, 2. substituir a fase faltante;
por exemplo, posição 3. refere-se ao diagrama
imprópria do micro interruptor esquemático para procura
SQ2, SQ3, ângulo impróprio de falhas.
de contato de SQ1. 4. veja tabela 5 na seção 8
4. Falha na maquinaria ou rota
de óleo
Falha de fixação / 1. Erro do relé térmico FR3; 1. Resetar o relé térmico FR3;
liberação 2. Falta fase do motor M3; 2. substituir a fase faltante;
hidráulica 3. Falha no circuito de controle, 3. refere-se ao diagrama
4. Falha na maquinaria ou rota esquemático para procura
de óleo de falhas.
4. veja tabela 5 na seção 8
Problemas no 1. Erro do relé térmico FR4; 1. Resetar o relé térmico FR3;
sistema de 2. Falta fase do motor m4 2. substituir a fase faltante;
resfriamento/ 3. falha no circuito de controle 3. refere-se ao diagrama
refrigeração esquemático para procura
de falhas.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Fig. 9.1 Diagrama do esquema elétrico
Nota: cabo duplo amarelo / verde de 2.5mm usado como cabo de aterramento.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Legenda
Power lead in Entrada de força
Power switch Interruptor de força
Máster motor Motor máster
Rocker arm rising falling motor Motor para erguer / baixar braço
Rising Erguer
Falling Baixar
Hydraulic pump motor Motor de bomba hidráulico
Releasing Liberar / soltar
Campling Fixar
Cooling pump motor Motor de bomba de refrigeração

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Fig. 9.2 Diagrama Esquemático Elétrico

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Legenda
Control transformer Transformador de controle
Protection Proteção
Lighting Iluminação
Clamping indicator Indicador de fixação
Column Coluna
Start Iniciar
Stop Parar
Rising Erguer / levantar
Falling Baixar
Hydraulic clamping releasing Fixar / soltar hidráulico
Releasing Soltar
Clamping Fixar
Delay Atraso
Cooling pump Bomba refrigeração
Control Controle
Distribuction valve Válvula de distribuição
Mainshaft Box Caixa engrenagem principal
Column coluna

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Fig. 9.3 Índice de posição de instalação de dispositivos elétrico
CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.
Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Legenda
Note Observação
Item of electrical, please look main Item elétrico, por favor observe lista de
electrical appliance list dispositivos elétricos
Power supply incoming line (supplied Linha de entrada do fornecimento de
by the user) BVR (4x6) short circuit. força. (fornecida pelo usuário). Curto
Protection 40A is recommended. Short Circuito BVR (4x6). Proteção de 40A é
circuit protection device: 10Ka recomendada. Dispositivo de proteção
de curto circuito: 10 KA

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Fig. 9.4 Diagrama de cabeamento / fiação da máquina
Legenda
Power supply incoming BVR (5x6) Entrada de fornecimento de força

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Lista de Principais dispositivos Elétricos

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.
Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Legenda
Quantity Quantidade
Voltage (V) Voltagem (V)
Frequency (Hz) Freqüência (Hz)
Size & Type Tamanho & Tipo
Set Valve Config. Válvula
Designation Designação
Electric Code Código Elétrico
Remark Observação
3-phase Trifásico
Asynchronous motor Motor assíncrono
Control transformer Transformador controle
Thermal relay Relé térmico
AC contactor Contactor AC
Supplier Fornecedor
Intermediate relay Relé intermediário
Pump Bomba
Air switch Interruptor de ar
AC Eletromagnet Eletromagneto AC
Press-button switch Interruptor de pressão
Knob switch Interruptor tipo botão
Travel-limit switch Interruptor de limite de curso
Indicating lamp Lâmpada indicadora
Machine tool lamp Lâmpada da máquina

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br
Garantia
A Máquina estará coberta por uma garantia durante o período de 1 (um) ano à
partir da data de faturamento da mesma.

A Cimhsa se reserva ao direito de suspender tal garantia, antes do prazo


estipulado, no caso de mau uso ou do não cumprimento dos planos de pagamento.

Durante o período de garantia não estarão cobertos os seguintes componentes:


- Componentes elétricos em geral (bomba de refrigeração, lâmpadas, etc.);
- Correias;
- Proteções de borracha e raspadores;
- Bicos de refrigeração;
- Demais componentes que possuem desgaste natural.

Se consideram condições corretas de uso, quando se cumprem a totalidade


dos seguintes itens:
1. Armazenamento adequado da máquina antes de ser colocada em uso;
2. Alimentação elétrica dentro dos limites estabelecidos:
• Tensão = +/- 10% do valor nominal
• Freqüência = +/- 2% do valor nominal
3. Temperatura inferior a 45º C;
4. Máquina operada de forma correta.

Encontra-se coberta pela garantia as intervenções de nosso pessoal técnico,


que forem necessárias para solucionar as eventuais falhas.

No caso em que a máquina esteja a mais de 100 Km de Curitiba, Caxias do Sul,


Limeira, Belo Horizonte, Joinville, Porto Alegre, Rio de Janeiro(capital) ou São
Paulo (capital), os gastos de translado e/ou estadia do pessoal técnico estarão a
cargo do cliente.

Reposição
Durante o período de garantia, se for necessário alguma reposição para a
máquina, as mesmas serão fornecidas sem encargos em condições FOB Curitiba.

Data ____/____/________.
Nº de série da Máquina ____________.
Modelo da Máquina ______________.

CIMHSA COM. IMP. E EXP. DE MÁQUINAS LTDA.


Av. Rui Barbosa, 3800 A – Afonso Pena
São José dos Pinhais – Paraná – Brasil – Cep: 83045-350
Telefone: 55 41 3596-4477 / Fax: 55 41 3596-4467
E-mail: cimhsa@cimhsa.com.br / Home Page: www.cimhsa.com.br

Você também pode gostar