Você está na página 1de 10

SISTEMA RESPIRATÓRIO

Qual é a função do sistema respiratórios?


A função do sistema respiratório é assegurar as trocas
gasosas entre o ar e o sangue.

Vias respiratórias:
 Fossas nasais
 Faringe
 Laringe
 Traqueia
 Brônquios
 Bronquíolos

Pulmões
SISTEMA RESPIRATÓRIO-
CONSTITUIÇÃO
As vias respiratórias (fossas nasais, faringe, laringe,
traqueia, brônquios e bronquíolos) conduzem o ar do
exterior até aos pulmões enquanto o aquecem e humidificam e
filtram.

Possuem uma mucosa de revestimento com células ciliadas (A)


produtoras de muco(B).

Fossas nasais: iniciam-se nas narinas e terminam na


faringe.

Faringe: canal muscular, comum aos sistemas digestivo e


respiratório, que estabelece a comunicação com a laringe.

Laringe: tubo revestido por cartilagem, onde se situam as


cordas vocais.

Traqueia: tubo constituído por anéis cartilagíneos


incompletos.
Alvéolos Pulmonares
Aumentam eficácia das trocas gasosas:
 Parede muito fina;
 Muito vascularizados.

Brônquios
 Ramificações da traqueia, reforçados por anéis
completos de cartilagem. Cada brônquio penetra num
pulmão e ramifica-se formando a árvore brônquica.

Bronquíolos
 Canais mais finos do que os brônquios, terminais da
árvore brônquica. Na sua extremidade possuem vesículas
pulmonares.
PULMÕES
 Os pulmões são órgãos elásticos e esponjosos divididos
em lóbulos pulmonares.

 São revestidos pela pleura uma dupla membrana cuja


camada interna adere aos pulmões e a externa à caixa
torácica.
RESPIRAÇÃO EXTERNA
HEMATOSE
HEMATOSE ALVEOLAR- Trocas gasosas entre o sangue
venoso e os alvéolos pulmunares.

 Gás que se difunde do ar alveolar para o sangue: O2

 Gás que se difunde do sangue para o ar alveolar: CO2

HEMATOSE TECIDULAR- trocas gasosas entre o sangue


arterial e as células do organismo.

 Gás que se difunde do sangue para as células: O2

 Gás que se difunde das células para o sangue: CO2

RESPIRAÇÃO E HOMEOSTASIA
O organismo humano pode desenvolver adaptações morfológicas
e fisiológicas, de forma a manter a homeostasia.

ATIVIDADE FÍSICA
Necessidade de energia pelo organismo: AUMENTA

Necessidade de obter 02:AUMENTA

Necessidade de excretar CO2:AUMENTA

Frequência respiratória: AUMENTA

SITUAÇÕES DE RAREFAÇÃO DO AR
Adaptações morfológicas nos povos que vivem
nas montanhas:
 Coração maior
 Tórax maior
 Corpo menor
 Menos densidade de capilares
 Mais hemoglobina

Adaptações fisiológicas. Nos alpinistas que


fazem aclimatação:
 Menor nº de hemácias
 Mais hemoglobina
SAÚDE DO SISTEMA RESPIRATÓRIO

ASMA— É uma doença pulmonar crónica, resulta normalmente


de reações alérgicas a substâncias inaladas ou ingeridas.
As dificuldades respiratórias devem-se à inflamação da
parede dos brônquios, acompanhada de contração dos músculos
da parede brônquica e do aumento de secreções.

PNEUMONIA- é uma doença resultante da


infeção dos alvéolos por microrganismos
patogénicos, que leva à acumulação de muco.
No interior dos alvéolos , dificultando as
trocas gasosas.
CANCRO DO PULMÃO- é provocado por alterações
genéticas nas células dos pulmões, provocadas por agentes
cancerígenos existentes no fumo do tabaco, em alguns
poluentes industriais e no pó da sílica e do alcatrão,
entre outras fontes possíveis.

DPOC- resultante uma progressiva e silenciosa degradação


do tecido do alveolar, que se manifesta geralmente depois
dos 40 anos e resulta da exposição ao tabaco e alguns tipos
de poeiras e poluentes. Esta doença não tem cura.

Não esquecer da importância da prevenção:


 Não fumar
 Praticar exercício físico
 Respirar ar puro
 Evitar diferenças de temperatura
 Curar bem, em casa, gripes e constipações.

Você também pode gostar