Você está na página 1de 4

Aurora Abílio Mucavele

Benedito Alberto Augusto

Nelson Monteiro Fiscal

Silvério Fernando Julio

Reflexão do I Grupo

PLANIFICAÇÃO DA AULA

O plano de aula (ou seja, a planificação do PEA) é a previsão mais objectiva


possivel de todas as actividades escolares para a efectivação do processo de
ensino e aprendizagem que conduz o aluno a alcançar os objectivos previstos
( MÜLLER ,2005)

Segundo Pimenta & Lima (2004), planificação é um processo de tomada de


decisões que envolve, a preparação de desenvolvimento e de aperfeiçoamento de
uma actividade com vista a alcançar um determinado objectivo, isto é, trata se
de processo de racionalização, organização e coordenação da acção docente,
articulando actividade escolar, a problemática e conteúdo social que se pretende
leccionar.
Plano de uma aula é um instrumento ou projecto que possui actividades que
devem ser realizadas num período de 45/60 minutos como os currículos
recomendam, para além, é um instrumento que ordena e norteia a actividade do
estagiário de modo atingir os O objectivos preconizados.

A planificação do ensino é uma actividade que consiste em traduzir em termos


mais concretos e operacionais o que o professor e os alunos farão na aula para
conduzir os alunos a alcançaar os objectivos educacionais propostos.
IMPORTÂNCIA DA PLANIFICAÇÃO DA AULA .

O processo de ensino e aprendizagem é uma actividade intencional e, nesta


condição, requer uma planificação, a começar pelo nível central, da escola e da
aula. Neste sentido, a planificação do ensino-aprendizagem assume caracter de
obrigatoriedade para o professsor : o plano de ensino determina os objectivos a
que se pretende chegar e o conteúdo a mediar e, ademais, algumas
caracteristicas fundamentais da estruturação didactico-metodologica e
organização do ensino. É essencialmente uma concepção de direção didática do
ensino.
Com a planificação da aula o professor evita a improvisação das aulas e adéqua
as aulas em função do aluno.
A planificação do PEA por parte do professor afigura-se como uma etapa
necesaria se admitirmos que se trata de prever o conjunto de actividades (do
profesor e dos alunos) que estarão ao centro do PEA, incluindo o conteúdo,
meios, selecionados tendo em conta os objectivos que se pretendem atingir e as
condições em que se irà realizar o PEA.

ASPECTOS INDISPENSÁVEIS DO PLANO DE AULA/ LIÇÃO

Ao planificar deve se considerar algumas questões fundamentais que são: (i)


para quem está se a planificar o trabalho/actividade; (ii) Para que finalidade leva
o trabalho/actividade (iii) que assunto deve se estudar; (iv) que saberes e
capacidades devem – se exercitar; (v) como é que esse trabalho pode se realizar;
(vi) como organizar as actividades de ensino e aprendizagem numa aula; (vii)
quanto tempo necessita – se; (viii) em que medida foi/será conseguido.

Selecção do conteúdo ou tema nos respectivos programas de ensino e


manuais escolares;
O professor deve tomar o tópico de unidade a ser desenvolvido e desdobra-lo
numa sequênia lógica, na forma de conceitos, problemas, ideias.
Formulação de objectivos específicos
Na preparação de aulas, o professor deve reler os objectivos gerais e
específicos da matéria e a sequência de conteúdos do plano de ensino.

Selecção de métodos, meios e materiais


Paralelamente à organização dos objectivos em unidades e sequências de
ensino, seleccionam-se os métodos de tratamento dos mesmos, incluindo-se
aqui, sob designação genérica de “métodos”, por seu turno, poderão requerer o
apoio de “meios e materiais”retroprojectores, microcomputadoredes, textos,
mapas, vídeos que é necessário prever antecipadamente.
Reajustamento em função dos recursos disponíveis
Há que verificar se os métodos, meios e materiais requeridos correspondem a
um plano exequível em termos de recursos materiais e financeiros

Dias et al. (2010), afirmam que, “ […], os elementos essenciais de um plano de


aula resumem-se em: objectivos, conteúdos, competências, materiais,
metodologias, meios, actividades de ensino – aprendizagem e avaliação.

Desvantagens da não planificação da aula

Partindo do principio que o plano de aula é um guia de orientação porque nele


estão estabelecidas as directrizes e os meios de realização do trabalho docente, a
não planificação da aula apresenta as seguintes desvantagens:
A improvisação;
Não comprimento dos Objectivos educacionais;
Aulas monótonas;
A aula não se adéqua a realidade dos alunos;
Ma gestão do tempo.
Referencias Bibliográficas
PIMENTA, S.G.; LIMA, M.S.L(2004) Estágio e Docência. 2. ed. São Paulo.
Dias, H., et al (2010) . Manual de Práticas Pedagógicas , Maputo: Editora
Escolar.
MÜLLER, Susann. Didáctica das Ciências naturais. Maputo, Texto Editores, 2005

Você também pode gostar