Você está na página 1de 19

Sistema de Informações sobre Requisitos Fiscais - CAUC

Sumário

1. Requisitos para a realização de transferências voluntárias

2. O papel do CAUC

3. Itens de Comprovação

4. Novos Normativos e Itens Adicionados

2
Requisitos para Realização de Transferências Voluntárias

• As transferências voluntárias são condicionadas ao cumprimento de uma série de


requisitos por parte dos beneficiários.
• Atualmente são estabelecidos 28 requisitos para a realização de transferências
voluntárias aos entes da federação, dispostos em diversos normativos:
• Constituição Federal
• Lei de Responsabilidade Fiscal
• Leis de Diretrizes Orçamentárias
• Decretos
• Portarias
• Acórdão do Tribunal de Contas da União
Requisitos para Realização de Transferências Voluntárias

 Estados, Distrito Federal e Municípios (incluindo os Poderes e


órgãos listados no art. 20 da LRF)
Quem deve
 Órgãos
comprovar os
 Entidades
requisitos
 Organizações da Sociedade Civil
 Consórcios Públicos

 No momento da assinatura do instrumento, ou de seus aditivos de


Quando valor
comprovar

4
Exceções

Transferências destinadas a:

 ações de saúde, educação e assistência social (LRF, art. 25, §3º);

 ações sociais ou ações em faixa de fronteira (Lei nº 10.522/2002, art. 26);

 emendas individuais e de iniciativa de bancada de


parlamentares (CF, art. 166, § 16).

5
1. Requisitos para a realização de transferências voluntárias

2. O papel do CAUC

3. Itens de Comprovação

4. Novos Normativos e Itens Adicionados

6
Papel do CAUC na Comprovação de Requisitos Fiscais

• A comprovação pode ocorrer de duas formas

Extrato do Cauc
Documentos ou
+
documentos
impressos impressos para itens
não comprovados
pelo CAUC

7
Papel do CAUC na Comprovação de Requisitos Fiscais

• O CAUC tem o objetivo de simplificar e facilitar o processo de comprovação dos requisitos


necessários à realização de transferências voluntárias.

• Os normativos relacionados ao CAUC não aumentam as exigências relacionadas às


transferências, mas apenas estabelecem uma forma centralizada de comprovação.

• Caráter facultativo do sistema permite que os usuários realizem as comprovações mediante


apresentação da documentação impressa junto ao órgão responsável.

• Atualmente, 15 dos 28 requisitos podem ser verificados no CAUC, o que reduz a necessidade
de emissão de diversas certidões.

8
1. Requisitos para a realização de transferências voluntárias

2. O papel do CAUC

3. Itens de Comprovação

4. Novos Normativos e Itens Adicionados

9
Requisitos Fiscais - CAUC

Obrigações 1.1 Regularidade quanto a Tributos, a Contribuições Previdenciárias Federais


e à Dívida Ativa da União
Financeiras 1.3 Regularidade quanto a Contribuições para o FGTS

1.4 Regularidade em relação à Adimplência Financeira em Empréstimos e


Financiamentos concedidos pela União
1.5 Regularidade perante o Poder Público Federal

Prestação de 2.1 Regularidade quanto à Prestação de Contas de Recursos Federais


recebidos anteriormente
Contas de
Convênio 2.1.1 SIAFI/Subsistema Transferências

2.1.2 Plataforma +Brasil

10
Requisitos Fiscais - CAUC

Obrigações de 3.1 Encaminhamento do Relatório de Gestão Fiscal


Transparência
3.2 Relatório Resumido de Execução Orçamentária - RREO

3.2.2 Encaminhamento do RREO ao Siconfi

3.2.3 Encaminhamento do Anexo 8 do RREO ao Siope

3.3 Encaminhamento das Contas Anuais

3.4 Encaminhamento da Matriz de Saldos Contábeis

3.5 Encaminhamento de Informações para o Cadastro da


Dívida Pública - CDP

11
Requisitos Fiscais - CAUC

Obrigações 4.1 Exercício da Plena Competência Tributária


Constitucionais
ou Legais 4.2 Aplicação Mínima de recursos em Educação

4.3 Aplicação Mínima de recursos em Saúde

4.4 Regularidade Previdenciária

4.5 Regularidade quanto à Concessão de Incentivos Fiscais

12
1. Requisitos para a realização de transferências voluntárias

2. O papel do CAUC

3. Itens de Comprovação

4. Novos Normativos e Itens Adicionados

13
Novos Normativos

• No início deste ano foram publicados dois novos normativos para regulação do CAUC.
• Portaria STN nº 637, de 6 de janeiro de 2021, que institui o Sistema.
• Instrução Normativa STN nº 03, de 7 de janeiro de 2021, que disciplina o seu funcionamento.

• Os normativos substituirão a Instrução Normativa STN nº 1, de 6 de outubro de 2017,


e entram em vigor a partir de 1º de fevereiro de 2021.

• Principais alterações realizadas:


• Separação em dois normativos, o que evita a necessidade de se instituir novamente o sistema a cada alteração.
• Inclusão de novos itens de verificação (detalhados a seguir).

14
Itens Incluídos

Item Critério de Fonte de


Incluído Adequação Dados

Comprovação de Publicação do Encaminhamento dos atestados de


RGF em meio oficial publicação de todos os RGFs exigíveis do
exercício vigente e do anterior ao Siconfi,
pelos Poderes e órgãos listados no art. 20
Obrigações de da LRF
Transparência
Comprovação de Publicação do Encaminhamento dos atestados de
RREO em meio oficial publicação de todos os RREOs exigíveis
do exercício vigente e do anterior ao
Siconfi

Comprovação de Encaminhamento das informações do


Encaminhamento do Anexo 12 Anexo 12 de todos os RREOs exigíveis do
do RREO ao SIOPS exercício vigente e do anterior ao SIOPS

15
Itens Incluídos

Item Critério de Fonte de


Incluído Adequação Dados

Comprovação da regularidade Cumprimento dos limites de operações de


quanto ao limite de operações crédito nos termos do art. 25, § 1º, inciso
de crédito, inclusive por IV, alínea c, da LRF, conforme os dados
informados no Anexo 4 do último RGF
antecipação de receita
Obrigações exigível, encaminhado ao Siconfi
Constitucionais
ou Legais
Comprovação da regularidade Cumprimento dos limites de despesas com
quanto ao limite de despesas Parcerias Público Privadas definidos no art.
com PPP 28 da Lei nº 11.079/2004, conforme os dados
informados no Anexo 13 do último RREO
exigível, encaminhado ao Siconfi.

16
Itens Incluídos

• A inclusão de novos itens simplifica a comprovação por parte dos entes.

• Não há alteração nas regras sobre os requisitos legais e normativos a serem


comprovados, mas é oferecida uma opção mais simples e rápida de comprovação dos
itens já exigidos.

• Disponibilidade no Cauc a partir de 1º de abril de 2021.

17
Secretaria do Tesouro Nacional:
http://www.tesouro.gov.br/

CAUC:
https://sti.tesouro.gov.br/cauc/index.jsf
Obrigado!

Ernesto Carneiro Preciato

coint.df.stn@tesouro.gov.br

Coordenação-Geral de Análise, Informações e Execução daTransferências


Financeiras Intergovernamentais - COINT
Subsecretaria de Relações Financeiras Intergovernamentais - SURIN

Você também pode gostar