Você está na página 1de 35

CURSO DE FLORAIS DE BACH

Introdução 1
Temos como objetivo apresentar os Florais de Bach ao leitor e introduzi-lo neste universo de cura,
através da simplicidade da natureza.
Temos como propósito, iniciar todos os interessados ao conhecimento desta terapia.
Procuramos apresentar as informações de forma clara e de fácil compreensão para que sirva
como um guia a todos aqueles que desejam se beneficiar com as essências florais, cuidando de si
mesmo e do próximo.
Pretendemos, com grande alegria, mostrar-lhes um pouco da vida e obra deste grande homem,
que foi o Dr. Edward Bach, e também a filosofia de seu trabalho e a atuação das flores que
descobriu.
Esperamos que este escrito desperte a "semente" para que você se apaixone por esta terapia e
se aprofunde cada vez mais, proporcionando um estado de harmonia, tranqüilidade e paz interior,
que só conseguimos quando estamos em total equilíbrio espiritual, mental e físico.
"Devemos Ter em nossos corações alegria e gratidão para com o Grande Criador de todas
as coisas que, em seu amor por nós, colocou nos campos as plantas necessárias à nossa
cura".
Dr. Edward Bach

Sua Vida

Edward Bach nasceu, no dia 24 de setembro de 1886, em Moseley, perto de Birmingham, na


Inglaterra. Possuía desde criança um amor especial pela natureza, era muito
intuitivo, amável, porém sua constituição física era delicada.
Seu pai tinha uma fábrica de fundição de bronze em Birmingham. No período
de 1903 até 1906, Bach resolveu ser um aprendiz de fundição e trabalhar
nesta fábrica para poder pagar seus estudos na área médica. Este período foi
de extrema importância, pois aí ele teve contato com os operários e pôde
observar seus conflitos emocionais, suas doenças físicas, suas vidas e surgiu
assim um desejo muito grande de poder ajudá-los, o que fez com que
resolvesse, finalmente, iniciar sua faculdade de medicina.
Em 1912, se qualifica no University College Hospital, em Londres, onde, em 1913, se torna
médico graduado em acidentados. Foi nomeado assistente do departamento de bacteriologia e
imunologia e, a partir daí, percebe a relação entre certos tipos de bactérias do intestino humano e
o surgimento de doenças crônicas; começa então a pesquisar e preparar vacinas, usando
diversos tipos de bactérias.
No ano de 1917, Bach é operado às pressas de um tumor maligno no baço. Foi informado de que
teria apenas três meses de vida, porém, não se deixou abater. Acreditava que, quando se tem um
objetivo forte na vida, nada pode nos convalescer, quando a dedicação a este objetivo é grande e
cheia de vontade.
A cura começa a fazer parte de sua vida. Foi assim que Bach se recuperou; se dedicando de
corpo e alma a suas pesquisas.
De 1918 a 1922, ele trabalhou como patologista e bacteriologista no London Homeopathic
Hospital, onde tomou conhecimento da obra de Samuel Hahnemann, o fundador da homeopatia.
Percebeu que o que define como toxemia intestinal é o mesmo que Hahnemann conceituava
como psora. Fica surpreso quando percebe também, que há 150 anos atrás, Hahnemann, assim
como ele, havia reconhecido a importância da personalidade na doença. Bach então, combinou
estes princípios com seus conhecimentos da medicina ortodoxa e desenvolveu os sete Nosódios
de Bach, (vacinas orais, baseadas nas bactérias intestinais que purificavam o trato intestinal com
ótimos efeitos para o estado geral de saúde do paciente e também para os casos de condições
WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL
CURSO DE FLORAIS DE BACH

crônicas difíceis, como a artrite.) Ao invés de realizar exames bacteriológicos para determinar qual 1
vacina utilizar, ele analisava as condições emocionais do paciente e assim decidia a vacina ,
obtendo excelentes resultados de acordo com a atitude emocional de cada personalidade.
1920 a 1927 Bach abre um laboratório em Crescent Park e um consultório na Harley-Street,
também um ambulatório para pessoas pobres em Nottingham Place.
Bach já possuía nessa época reconhecimento e sucesso profissional, era famoso por suas
pesquisas e descobertas como os seus nosódios, (que são utilizados até hoje).
Era um renomado bacteriologista, mas estava insatisfeito com a medicina ortodoxa, pois esta não
tratava das causas das doenças e sim dos sintomas. Bach também buscava um meio de substituir
suas vacinas, as quais utilizavam bactérias, por um método mais natural, suave e puro, talvez
através de plantas.
Em 1928, finalmente teve um "insight". Observando os convidados de um jantar comemorativo,
compreendeu que eles se encaixavam em vários grupos de tipos distintos. Então ele chegou à
conclusão de que cada grupo de tipos reagiria à doença de uma forma distinta. Ele visitou o País
de Gales e trouxe consigo duas plantas: Mimulus e Impatiens. Ele as preparou da mesma forma
como havia preparado as vacinas orais (forma homeopática) e as prescreveu segundo a
personalidade de seus pacientes, obtendo resultados satisfatórios imediatos. Mais tarde, ainda
naquele mesmo ano, adicionou Clematis. Com estes três florais de Bach estava à beira de
desenvolver um sistema de medicina totalmente novo.
Em 1930, Bach se encontrava no auge de sua carreira, quando subitamente, aos 44 anos de
idade, resolve abandonar tudo para dedicar-se inteiramente ao estudo dos diferentes tipos de
personalidade humana e à busca de plantas curadoras específicas. Bach, então, vende o seu
consultório e seu laboratório em Londres e vai morar no País de Gales. Sua assistente, Nora
Weeks, o acompanha.
Em Gales, e com a ajuda de Weeks, ele encontra e prepara novos florais de Bach, descobre
também um novo método de potencialização das essências: o método solar.
Neste mesmo ano escreveu "Cura-te a ti mesmo", que foi publicado em 1931 e continua sendo
publicado desde então. Bach tratava com sucesso e gratuitamente seus pacientes.
Em 1934, mudou-se para Mount Vernon, uma pequena casa em Oxfordshire, Sotwell, onde
continua sendo o Dr. Edward Bach Centre.
Bach se tornava cada dia mais sensível e intuitivo, a tal ponto que só de colocar uma pétala de
flor na língua, já sabia para que servia, pois sentia imediatamente as propriedades curativas da
mesma. Foi assim que descobriu suas 38 essências e criou também o rescue.
Não cobrava por suas consultas e vivia de doações de colegas que acreditavam em seu trabalho
e dos pacientes que, em agradecimento a seus tratamentos e melhoras, o ajudavam.
Bach trabalhava muito, dava conferências e treinava assistentes para dar continuidade a seu
trabalho.
Em 1936, estava tranqüilo, por ter seu trabalho totalmente completo e concluído. Tinha certeza
que não eram necessários outros florais de Bach. Seus 38 florais cobriam todos os aspectos da
natureza humana e todos os estados mentais negativos que acompanhavam as doenças.
No dia 27 de novembro, com 50 anos de idade, Bach teve uma parada cardíaca e morreu
dormindo.
Seus sucessores Nora Weeks e Victor Bullen deram continuidade a seu trabalho até 1978 (ano da
morte de Nora) e, as pessoas treinadas por eles, por sucessão direta, continuam seu trabalho até
hoje.
O Bach Centre Mount Vernon está ativamente envolvido no ensino e consultas e continua
preparando as tinturas-mãe. Desta forma, sua tradição e seus princípios continuam sendo
mantidos.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

Graças a Edward Bach temos o privilégio de conhecer um sistema de cura simples e eficaz, de
fácil acesso, possibilitando a todos nós nos curarmos e aos outros também.
Como ele mesmo dizia:
"É nas coisas simples da vida, (nas coisas simples porque são elas que estão mais perto
da grande Verdade), que a felicidade será encontrada".

Sua Filosofia

Bach sempre dizia que você tem que seguir a sua vocação, ou seja, se você se sente feliz, sendo
uma dona de casa, um pianista, um jogador de futebol... enfim, o que te faz feliz é realmente o
que você deve fazer, independente do que qualquer pessoa pense a respeito da sua opção.
Segundo Bach, quando damos ouvido às interferências dos outros em nossas vidas, é justamente
aí que surge a doença, pois não estamos seguindo a vontade da nossa alma e assim trazemos
para nós um conflito interior que se manifesta em nossa saúde.
Outro fator que gera a doença em nosso organismo, é, quando agimos contra as leis da Unidade,
ou seja, quando agimos com crueldade e causamos o mal para os outros.
Para Bach, a doença é resultado de um conflito que surge quando a personalidade se recusa a
obedecer aos ditames da alma e há desarmonia entre o Eu Espiritual ou Superior e a
personalidade inferior, que é como nos conhecemos.
A doença serve para nos fazer parar de praticar ações erradas; é o método mais eficaz para
harmonizar nossa personalidade com nossa alma.
Como o próprio Bach disse:
"Se não fosse a dor, como poderíamos saber realmente que a crueldade fere? Se não
tivéssemos tido qualquer perda, como poderíamos compreender o sofrimento causado pela
falta? Na verdade deveríamos aprender nossas lições no plano mental, salvando-nos do
sofrimento físico, mas muitos de nós não o conseguem.
E assim a doença nos é enviada para acelerar nossa evolução. Embora possa parecer cruel
de nosso ponto de vista estreito, é na realidade de natureza benéfica. É o método adotado
por nossa própria Alma para nos trazer ao caminho da compreensão".
Primeiro é preciso curar a mente e depois o corpo; portanto o trabalho do médico é duplo: ajudar o
paciente a corrigir sua falha espiritual e dar-lhe remédios tais que o ajudem a efetuar essa
correção no plano físico. A mente mais saudável realizará a cura por si.
Para explicar melhor o método de cura através dos florais, vou falar um pouquinho de
Hahnemann, que foi quem inspirou Bach para criar seus sistemas florais.
Como já mencionei na própria biografia de Bach, Hahnemann já trabalhava com a importância das
personalidades em seus tratamentos e foi justamente isso que despertou interesse em Bach.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

Hahnemann não dava muita atenção aos detalhes da doença e sim ao tratamento da 1
personalidade, pois percebeu que, se as naturezas mental e espiritual estavam em harmonia, a
doença desaparecia.
Bach buscou essa harmonia, empregando drogas, remédios e plantas que ele mesmo
selecionava, que poderiam reverter sua ação pela potencialização, de modo que a mesma
substância que originou os sintomas das doenças poderia, em quantidade reduzida, curar aqueles
sintomas, quando preparadas pelo seu método especial. Desta forma, criou a lei do semelhante
cura semelhante", ou seja, a própria doença cura a doença ,pois a mesma é o resultado de uma
atividade errônea.
Ela é a conseqüência natural da desarmonia entre nossos corpos e nossas almas. É "semelhante
curando semelhante" porque é a própria doença que impede e que previne que nossas más ações
continuem, e ao mesmo tempo, é a lição que nos ensina a corrigir nossa maneira de viver e
harmoniza nossas vidas com os desejos de nossas Almas.
A doença é o resultado do mau pensamento e da má ação e cessa quando o pensamento e a
ação são corrigidos. Quando esta lição é aprendida, não há mais propósito para a presença da
doença e ela automaticamente desaparece. Assim se define "semelhante curando semelhante" de
Hahnemann.
Bach, com suas próprias palavras, definia a doença desta forma:
"A doença é apenas e tão somente corretiva. Ela não é vingativa nem cruel; mas é o meio
adotado pela nossa Alma para nos mostrar os nossos erros, nos impedir de cometer erros
ainda maiores, nos impedir de causar maiores danos e nos trazer de volta àquele caminho
da Verdade e da Luz do qual nunca deveríamos Ter nos afastado".
Apesar da simpatia de Bach por Hahnemann, ele achava que seu sistema era incompleto e tinha
certeza que, se o mesmo vivesse mais tempo, iria, sem dúvida, descobrir o verdadeiro sistema de
cura que é o que Bach criou e denominou como "a lei dos opostos".
Para vocês entenderem claramente esta lei, vou utilizar as palavras de Bach:
"Se um paciente está com um problema mental, surgirá um conflito entre o Eu Físico e o
Espiritual, que produzirá a doença. O problema poderá ser repelido e a toxina eliminada do
corpo, mas resta um vácuo: uma força adversa se foi, deixando vazio o espaço que
ocupava.
O método perfeito não consiste tanto em repelir a influência adversa, mas em transformá-la
na sua virtude oposta e, através dessa virtude, expulsar a imperfeição. Esta é a lei dos
opostos, do positivo e do negativo.
Por exemplo: um paciente tem dor, porque há crueldade em sua natureza. Ele pode
suprimir tal qualidade dizendo-se constantemente "eu não serei mais cruel", mas isso
significa uma longa e árdua batalha e, se ele conseguir eliminar a crueldade, haverá uma
lacuna, um vazio. Esse paciente pode, por outro lado, se concentrar no lado positivo para
desenvolver a simpatia e, ao inundar sua natureza com essa virtude, substituir a crueldade
por ela sem qualquer esforço, tornando seu retorno impossível.
Assim a ciência perfeita da cura ensina e ajuda o paciente no desenvolvimento da virtude que o
tornará, de uma vez por todas, imune àquela qualidade adversa, e que ele deve eliminar em sua
batalha particular".

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

A Atuação dos Florais de Bach

"Devido às suas vibrações elevadas, certas flores, árvores e arbustos silvestres têm o poder de
elevar nossas vibrações humanas e abrir os canais para ouvirmos as mensagens do nosso Eu
Espiritual, inundar nossa natureza com a virtude específica de que precisamos e remover de nós a
falha que está causando o sofrimento.
Elas são capazes, tal como uma bela musica ou algo gloriosamente enaltecedor que nos dá
inspiração, de elevar nossa natureza e nos aproximar de nossa Alma; com isso, nos trazem a paz
e aliviam nossos sofrimentos.
Elas curam, não atacando a doença, mas inundando o nosso corpo com as belas vibrações do
nosso Eu Superior, em cuja presença a enfermidade se dissolve como neve ao sol".
Edward Bach.

Florais De Bach, Afinal O Que São?


São essências energéticas extraídas de flores, que tem como objetivo transformar estados
mentais e emocionais negativos em positivos através do que Bach denominou de "lei dos
opostos", ou seja, a tristeza será substituída pela alegria, o medo pela coragem e assim por
diante.
No total são 38 essências, além do Rescue, que é a combinação de cinco delas, também
conhecido como o remédio para emergências, que trataremos mais detalhadamente adiante.
Destas 38 essências, uma delas, (a única), não é feita através de flores, e sim da água de uma
fonte pura, curativa e especial chamada Rock Water.
Os florais tratam o indivíduo e não a doença ou sintomas da doença. Eles têm atuação na
condição emocional da pessoa afetada, por isso duas pessoas com a mesma doença podem
utilizar florais diferentes.
Como são preparados?

Através de dois métodos: o método solar e o de fervura.

MÉTODO SOLAR - (potencialização pela luz do sol).


As flores são colhidas no estágio de pleno desabrochar da planta, nos locais escolhidos por Bach,
antes das nove horas da manhã, em dias ensolarados e sem nuvens no céu.
No próprio local da coleta, as flores são imediatamente colocadas numa vasilha de vidro (com
capacidade para meio litro), cheia de água natural de fonte, (de preferência água das
vizinhanças). A vasilha é deixada ao sol, próxima à planta, durante três ou quatro horas. Quando
as flores começam a murchar, são cuidadosamente removidas do líquido com um galhinho da
própria planta. O líquido é conservado em igual quantidade de álcool e mais tarde diluído, numa
segunda etapa de diluição de 1 para 1/4. Resulta deste processo o frasco de concentrado (stock),
do qual mais tarde, em outra etapa de diluição, serão preparados os frascos de dosagem do
paciente.
As essências florais preparadas por este método são:
Oak, Gorse, White Chestnut, Water Violet, Rock Water, Mimulus, Agrimony, Rock Rose, Centaury,
Scleranthus, Wild Oat, Impatiens, Chicory, Vervain, Clematis, Heather, Cerato, Gentian, Olive e
Vine.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

MÉTODO DE FERVURA - (potencialização pela fervura).


Num dia ensolarado e sem nuvens no céu, antes das nove horas da manhã, enche-se um
recipiente esmaltado (com capacidade para três litros e meio) com flores, hastes e folhinhas da
árvore ou arbusto escolhido.
Logo a seguir e ainda nas vizinhanças do próprio local da coleta, o conteúdo do recipiente é
coberto por um litro de água pura de fonte e levado ao fogo para ferver durante cerca de meia
hora. Depois de esfriar, o líquido é filtrado várias vezes e processado do mesmo modo que no
método solar.
O método da fervura é usado para árvores e arbustos que florescem no início do ano (fim do
inverno e início da primavera europeus), de forma que o sol ainda não os atingiu com plena força.
As essências preparadas por este método são: Cherry Plum, Elm, Aspen, Beech, Chestnut Bud,
Hornebeam, Larch, Walnut, Star of Bethlehem, Holly, Crab Apple, Willow, Red Chestnut, Pine,
Mustard, Honeysuckle, Sweet Chestnut e Wild Rose.
Através destes métodos de potencialização obtemos as Tinturas-Mãe, da qual são feitos os
"stocks" (frascos de concentrado) e, finalmente, é usando o conteúdo do stock que preparamos o
floral para os pacientes.
(O stock ou stock bottle também é chamado de concentrado ou estoque.)
São necessárias apenas duas gotas de cada essência do stock para se preparar um floral, com
exceção do Rescue, onde são utilizadas quatro gotinhas.

Preparando um frasco de tratamento de 30 Ml.


• 30% - 9 ml de brandy com 21 ml de água mineral
(validade de 30 dias)
• 20% - 6 ml de brandy com 24 ml de água mineral
(validade de 20 dias)
• 10% - 3 ml de brandy com 27 ml de água mineral
(validade de 10 dias)
Somente em água mineral (duração de apenas um dia).

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

Preparando Uma Fórmula De Tratamento 1


Prepare o frasco de tratamento com as diluições ideais, explicadas anteriormente,
Adicione duas gotas de cada floral escolhido, ou quatro gotas do Rescue, se for utilizá-lo,
Tomar quatro gotas, quatro vezes ao dia.

É importante lembrar
01 – O ideal é utilizar no máximo seis florais em um frasco de tratamento para que o
resultado seja realmente eficaz.
02 – Não utilizar frascos transparentes e de plástico e sim frascos de vidro e de cor âmbar
para melhor preservar o floral.
03 – Agite o frasco de tratamento para misturar as essências, batendo-o aproximadamente
vinte e cinco vezes, na posição vertical na palma da mão.
04 – O brandy utilizado no frasco de tratamento para conservar as essências, é na verdade
o que chamamos de conhaque.
05 – O melhor conhaque e o mais utilizado aqui no Brasil é o DOMECQ ou NAPOLEÃO
(francês).
06 – Sempre usar conhaque de uva ou de maçã. Nunca usar de gengibre ou alcatrão!
07 – A água usada na preparação só pode ser a água mineral sem gás. Nunca usar água
destilada!
08 – Se o paciente, por algum motivo, não puder ingerir álcool, você poderá substituir o
conhaque por vinagre de maçã. (O gosto não é muito agradável, mas a conservação das
essências é perfeita, tanto quanto o conhaque.)
09 – Lembrar –se de nunca deixar o frasco de floral próximo de aparelhos como: celular,
televisão, microondas e computador, pois possuem energia muito negativa, que pode interferir
na energia dos florais
10 – Não andar com o frasco de floral no bolso da roupa ou cabeceira da cama, pois a
energia das essências será absorvida por você com muito mais rapidez e acabará logo,
antes mesmo do liquido onde está conservada.
Existem outras maneiras de utilização dos florais, que podem ser também de uso externo:

Em banhos
Colocar as duas gotas de qualquer essência ou quatro gotas de Rescue do "stock" na banheira.
Em caso de dores, queimaduras, tensões, problemas de pele, ou apenas para relaxamento,
podem ser feitas compressas.
Quando há dificuldade para ingerir os florais, os mesmos podem ser esfregados delicadamente
nos pulsos, têmporas, nuca ou lábios.
Para os olhos:
Colocar as essências "stock" no soro fisiológico, principalmente o Rescue (quatro gotas) e fazer
compressas para conjuntivites ou outros problemas.
Problemas Respiratórios:
Para pessoas com gripe, pneumonia, bronquite, podem ser utilizados em inalações, colocando-se
quatro gotas de Rescue no soro fisiológico. Poderão ser acrescentadas outras essências também
conforme o caso.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

Secreções no nariz: 1
Colocar quatro gotas "stock" de Rescue no soro fisiológico para a limpeza do nariz. Podem-se
também adicionar duas gotas de Crab Apple, para limpar as secreções.
Spray:
Colocar Rescue ou outras essências para molhar plantas, pele de animais com problemas ou para
usar no ambiente.
Creme:
Rescue Cream Original (Inglaterra), é feito com as tinturas-mãe do Rescue mais o Crab Apple,
ideal para cicatrização de feridas, picadas de inseto, espinhas, etc...

Como Esterilizar Um Frasco De Tratamento


Você mesmo pode esterilizar os frascos de tratamento (frasco âmbar de 30 ml), pois além de
necessário, é muito fácil de fazer, em casa mesmo.
Muitos terapeutas pedem aos seus clientes para devolverem os frascos quando a fórmula floral
termina, pois é antes de tudo, uma forma de economizar material e possibilitar que mais pessoas
desfrutem desta terapia, sem gastos desnecessários. Além disso, deixamos de produzir lixo no
planeta, pois reaproveitamos uma matéria importante ao nosso trabalho.
Então vamos lá!
- Desmonte os frascos: roscas, bulbos, cânulas e o frasco,
- Coloque-os de molho com detergente.
- Parte de Plástico: roscas e bulbos, se necessário limpe-os um a um e mantenha-os de molho no
detergente por algumas horas. Lave bastante com água corrente, deixe-os num escorredor para
secarem. Após secarem, coloque-os num vidro bem fechado no álcool 96% por três dias.
Retire-os e após secarem, já estarão esterilizados.
- Partes de Vidro: frascos e cânulas. Se necessário, limpe-os um a um, retirando rótulos (quando
já usados) e inclusive, limpe o interior das cânulas, pois pode haver acúmulo de sedimentos.
Deixe de molho no detergente por algumas horas, depois lave com bastante água corrente.
Coloque-os numa panela grande, cubra com água e leve-os ao fogo, deixando-os ferver por vinte
minutos.
Retire-os da água e coloque-os numa assadeira (limpa com algodão e álcool), levando-os ao forno
quente (a gás, elétrico, nunca no forno microondas!) por quarenta minutos. Após resfriados,
estarão esterilizados.

Notas importantes sobre os Florais

1 - Os Florais de Bach podem ser tomados mesmo se você estiver fazendo tratamento com outros
remédios, tanto alopáticos como homeopáticos, pois eles não interagem com nenhuma
medicação, não interferindo em nenhum tratamento.
2 - Podem ser adicionados nas mamadeiras dos bebês ou no suco de fruta das crianças.
3 - Se a mãe estiver amamentando e quiser utilizar florais de Bach para o bebê, basta que ela
tome os florais, pois os mesmos farão efeito através de seu leite.
4 - Os florais podem ser usados em plantas através de spray para eliminar pragas, ou quando as
plantas são mudadas de lugar . Em animais também podem ser utilizados, na água de beber e na
comida.
5 - Os Florais de Bach não apresentam efeitos colaterais, mas se você tiver algum sentimento que

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

esteja sendo negado, alguma emoção que esteja contida como por exemplo: tristeza, raiva, etc... 1

6 - Eles poderão vir à tona, num processo de pura limpeza interior. Isto é natural, faz parte do
processo de cura e é temporário!

7 – A única essência que pode gerar alguma reação física, como “ Bolinhas “ parecidas como
brotoeja, é o Crap Apple, pois é um floral de desintoxicação e purificação. Se ocorrer esta reação,
Basta avisar que se trata de um processo temporário e que a pessoa deve continuar tomando o
floral, sem interrupção.
8 - Se você escolher os Florais de Bach errados, pode ficar tranqüilo, eles não causam nenhum
dano, apenas não farão efeito.
9 - Preciso dizer também algo importantíssimo: Nunca aconselhe um paciente a abandonar ou
interromper qualquer tratamento médico. Os Florais de Bach podem ser utilizados como
tratamento coadjuvante, não são substitutos para tratamentos da medicina tradicional.

Bom, agora que já falamos tudo o que vocês precisavam saber para entender como se preparam
e como atuam os Florais de Bach, é hora de, finalmente, apresentá-los a vocês. Antes porém, vou
transcrever uma historinha que Bach escreveu em 1934 e que fala, entre outras coisas, da bela e
especial missão das flores que descobriu.

A História do Carvalho (Oak)

"Um dia, não há muito tempo, um homem recostado num carvalho, em um antigo parque de
Surrey, ouviu o que o carvalho estava pensando. Isso parece muito engraçado, mas como você
sabe, as árvores pensam e algumas pessoas podem captar o seu pensamento.
Este velho carvalho, e era um carvalho muito velho, estava dizendo para si mesmo: "Como invejo
aquelas vacas, que podem caminhar pelos campos, enquanto eu fico aqui. Tudo ao redor é tão
maravilhoso, tão belo, com a luz do sol, a brisa e a chuva e, contudo, estou aqui enraizado".
Anos depois, o homem verificou que as flores do carvalho tinham um grande poder, o poder de
curar muitas pessoas doentes e assim ele colheu as suas flores e transformou-as em remédios
que curaram inúmeras pessoas.
Algum tempo depois disso, numa tarde quente de verão, o homem ditou-se na orla de um campo
de milho e estava quase dormindo quando ouviu uma árvore pensando.
A árvore estava conversando consigo mesma e dizia: "Não invejo mais as vacas que andam pelos
prados porque posso ir para os quatro cantos do mundo e curar pessoas que estão doentes".
E o homem olhou para cima e viu que era um carvalho".

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

38 Florais de Bach 1
Vou agora apresentar cada floral, por ordem alfabética, para que vocês possam compreender
melhor sua utilização em diversas situações de nossas vidas.

1 - AGRIMONY( Agrimonia eupatoria / Agrimonia )

São pessoas alegres, bem humoradas, divertidas, que estão sempre


sorrindo, porém em seu interior, escondem um tormento, um conflito,
uma verdadeira tortura interna. Possuem pensamentos agitados que
geram inquietude à noite. Não gostam de estar sós, por isso
costumam buscar companhia para, desta forma, esquecer e escapar
de suas preocupações. Muitas vezes recorrem ao álcool e drogas
para fugir de sua angústia. Esta angústia é localizada como um nó
na garganta, coração opresso e sensação de tensão no estômago.
São muito ansiosos.

Frases freqüentes: Não há problemas./ Quando existem problemas


bebo um vinho, vou fazer compras ou ver televisão, procuro me
distrair./ Eu estou ótimo! / Em caso de tempo feio, faça boa cara!

O floral traz paz, tranqüilidade e otimismo, possibilitando que esta pessoa compartilhe seus
problemas com honestidade para consigo mesma e para com os outros.

2 - ASPEN( Populus tremula / Choupo )

É indicado para medos vagos, de origem desconhecida. Estes


medos podem ocorrer tanto de noite como de dia. As pessoas, que
precisam de Aspen, podem ter presságios, ansiedade e apreensão,
medo do próprio medo, pesadelos, inclusive aqueles em que se
acorda transpirando aterrorizado, e se tem medo de dormir
novamente, mesmo não lembrando do que sonhou. Medo do
sobrenatural, inexplicável, geralmente acompanhado de tremor e
suor. Medo do desconhecido. Ideal para crianças que tem medo do
escuro, ou pesadelos após assistirem um filme de terror.

Frases freqüentes: Tenho a sensação de que algo terrível vai


acontecer comigo, mas não sei o quê e nem o por quê./ Não posso
dormir, tem algo no ar que me assusta, mas não sei o que é.
Este floral traz grande coragem para acalmar o medo e confiança para vivenciar experiências e
aventuras.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

3 - BEECH ( Fagus sylvatica / Faia ) 1


Para pessoas críticas, arrogantes e intolerantes. Julgam e acusam
os outros, mas não têm a capacidade de se colocar na posição da
outra pessoa. Irritam-se com os hábitos, gestos e manias dos outros.
Possuem tensão no maxilar, costumam apertar ou ranger os dentes,
bruxismo.

Frases freqüentes: O que há de errado com vocês? / Não suporto


gente que fala sem pensar. / Se posso fazer isso, não entendo por
que os outros também não podem?/ Dizem que só vejo o lado mau
das coisas, as fraquezas dos outros, no entanto eu sei que tenho
razão.

O floral Beech ajuda os que são desta natureza a pôr-se por um


momento no lugar do outro, traz tolerância, aceitação das diferenças nos outros e desejo de
ajudar.

4 - CENTAURY( Centaurium umbellatum / Centáurea-menor)

Feito especialmente para aquelas pessoas que não sabem dizer


"NÃO". São pessoas que se colocam sempre em último plano,
fazendo as vontades dos outros. São verdadeiros "capachos",
possuem vontade fraca, são de natureza servil, muitas vezes são
explorados, pois os outros se aproveitam de sua bondade. São
facilmente dominados e manipulados por personalidades fortes.
Submetem-se aos outros por causa da grande necessidade de
serem queridos, de agradar. Tem pouco amor próprio e não
costumam manifestar suas opiniões, considerando que as que
valem são as dos outros.

Frases freqüentes: Seus desejos são uma ordem para mim. / Dizem que sou bom demais. / Não
tenho tempo para mim porque tenho que fazer o que me pediram. / Cuido da minha mãe, por isso
não posso sair com meus amigos. / Os outros me convencem com facilidade, mesmo que eu
realmente não queira fazer algo.Centaury traz para pessoas desse tipo força de vontade e
discernimento para saber quando servir.

5 - CERATO( Ceratostigma willmottiana )

São pessoas que não confiam na própria opinião, por isso estão
sempre pedindo confirmação e a opinião dos outros. Sua tendência
é imitar os outros. Parecem pessoas tolas (embora não sejam)
porque estão sempre perguntando aos outros o que fazer.
Atormentam os outros com suas perguntas. Estas pessoas sabem
decidir, mas não confiam nas decisões. Não sabem ouvir sua voz
interior, são inseguras, sugestionáveis, vacilantes e volúveis.

Frases freqüentes: O que você faria no meu lugar? / Não pode ser
tão simples assim, vou perguntar de novo. / Quando respondo a
uma pergunta numa prova, logo há risco por achar que estava
errada; na verdade, estava certa. / O que devo fazer? Se você fosse eu, o que faria?

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

6 - CHERRY PLUM ( Prunus cerasifera / Cerejeira ) 1


É a essência para o medo de perder o controle. Quando a pessoa
sente que vai explodir, chegando ao desespero. Medo de
enlouquecer, de fazer coisas terríveis como matar ou até mesmo
se suicidar. Quando se está à beira de um colapso nervoso, medo
muito grande da insanidade mental. A pessoa pode gritar, pedindo
ajuda. Impulsividade muitas vezes repentina, violenta e assassina.
É o floral para pessoas impulsivas, que agem antes de pensar.
Possuem tensão interior e compulsões. É para todo tipo de perda
de controle: sobre os esfíncteres, sobre a alimentação, sobre os
ímpetos de raiva, sobre a violência ou sobre a conduta irracional.

Frases freqüentes: Ou eu mato ou me suicido. / Quando me


zango, salve-se quem puder! / Passa pela minha cabeça que tenho que jogar o meu bebê pela
janela, e tenho medo de não conseguir me controlar algum dia. / Sinto como se eu fosse a tampa
de uma panela de pressão. /Tenho medo de que eu possa cometer algo terrível.
O remédio, feito com Cherry Plum, traz coragem, calma e tranqüilidade, torna a pessoa capaz de
manter a sanidade, apesar de torturas físicas ou mentais; por exemplo, um prisioneiro de guerra,
uma vítima de seqüestro.

7 - CHESTNUT BUD ( Aesculus hippocastanum / Broto de castanheiro da índia )

Para aqueles que repetem sempre os mesmos erros por não


aprenderem com a experiência. Para problemas de aprendizagem.
Para auxiliar na memória. São pessoas pouco observadoras, pouco
reflexivas e superficiais. Para pessoas que, por pressa, não prestam
muita atenção, passando rapidamente de uma coisa para outra sem se
aprofundar em nenhuma.

Frases freqüentes: Sei que não agi bem, mas faria tudo outra vez. /
Eu já deveria saber. / Acho difícil aprender coisas novas. / Dizem que
não presto atenção, mas, na verdade, meus pensamentos são tão
rápidos que já estou pensando em outra coisa.

O floral traz paciência, calma e capacidade de aprender e utilizar


experiências passadas.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

8 – CHICORY ( Cichorium intybus / Chicória )

Personalidades possessivas, egoístas, controladoras e ciumentas.


Fazem-se de vítimas. Controlam o parceiro, amam de forma
egocêntrica, possessiva, egoística tanto consciente como
inconscientemente. São exigentes e apegados a idéias,
sentimentos, objetos e pessoas. Têm dificuldade para se
desprender. São intrometidos, sempre tem algo para sugerir, criticar
ou modificar. Briguentos. Ofendem-se com facilidade e adoram fazer
chantagem emocional.

Frases freqüentes: Faço isso para você, só se você fizer aquilo


para mim depois. / Um dia, você ainda irá perceber o quanto eu fiz
por você! / Você é o que é graças a mim. / Pode ir para onde quiser, ficarei aqui sozinho
esperando você voltar, seja a hora que for. / Sempre dou um jeito de conseguir o que eu quero!
O floral traz altruísmo, amor incondicional e reconhecimento do direito dos outros à
independência.

9 – CLEMATIS( Clematis vitalba /Vide branca )

É o tipo sonhador. Está sempre pensando em outra coisa, por isso


não presta atenção no que acontece ao seu redor. Distraído, tropeça
quando anda, vive se machucando por não estar atento. Sono
excessivo. Para os que estão desligados da realidade. Pode ser
usado em casos de coma. As pessoas do tipo Clematis ouvem sem
escutar, olham sem ver, se esquecem do que dizem ou do que os
outros lhe falam. Preferem ficar sozinhos, evitam dificuldades,
fugindo das situações. São desatentos, ausentes, estão mais no
futuro do que no presente.

Frases freqüentes: Acordo com sono todos os dias. / Sou muito


distraído. / Estou sempre sonhando acordado. / Vou andando e de
repente percebo que estou no caminho errado. / Vivo cheio de
hematomas, pois estou sempre esbarrando nos objetos por não
prestar atenção por onde ando.

O floral pode ser usado em casos de desmaios, quando a pessoa está inconsciente. Esta
essência traz confiança em relação ao futuro, deixa a pessoa alerta e interessada pelas coisas.
Traz a pessoa para a Terra, ou seja, deixa-a com "os pés no chão".

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

10 - CRAB APPLE 1
( Malus pumila / Macieira )
É o floral para sentimentos de sujeira, de impureza. Sentimento de
estar mental, emocional e fisicamente impuro ou inaceitável.
Autocensura. É o purificador do sistema Bach. Pessoas assim
podem ser muito orgulhosas do lar e extremamente exigentes com
respeito à higiene em geral, inspecionando rigorosamente, por
exemplo, os talheres antes de comer num restaurante.
São detalhistas e perfeccionistas, gostam de tudo "certinho", em
seus devidos lugares. Preocupam-se muito com a aparência e
podem ser tímidas. Por causa de sua mania de limpeza, acarretam
medos de se contaminar. Tem medo de beijar por causa dos
micróbios, Odeiam a mais leve mancha de sujeira, não conseguem
relaxar enquanto não limpá-la. Possuem medo de bactérias, insetos, comida estragada, tudo o
que pode causar infecção. Há também aqueles que têm uma mania obsessiva por limpeza,
esfregando repetidas vezes as mãos com sabão, ou tomando vários banhos por dia.
O floral Crab Apple, por ser purificador, pode ser utilizado com eficácia em quem sofre de acne,
espinhas, manchas de pele, tosse nervosa ou crônica, rinites, resfriados, febres, intoxicações,
sinusite ou em qualquer outro tipo de descarga corporal. Pode ser utilizado nas pessoas que se
desesperam porque se sentem sujas, ou porque não conseguem cumprir o seu ideal de limpeza,
de ordem e detalhismo.
Frases freqüentes: Sempre estou com a impressão de que tenho de limpar alguma sujeira. /
Antes de sair de casa passo toda a roupa que vou vestir. / Toda vez que me olho no espelho, me
sinto gorda, feia e sem graça.
O floral traz reconhecimento da beleza interior de tudo e discernimento. É o remédio que limpa a
mente e o corpo. Combate a poluição e a contaminação. Para uso interno e externo.

11 - ELM( Ulmus procera / Olmo )

É para pessoas que se sentem sobrecarregadas com suas


responsabilidades. Há uma sensação de que não vão conseguir
realizá-las, aliás, não sabem nem por onde começar e acabam se
desanimando, porém esta sensação é temporária e apesar de
existir, a pessoa consegue realizar suas tarefas. Elm é bom para
situações momentâneas que exigem muito da pessoa, quando se
sentem esgotadas ou em crise, devido às pressões da situação.

Frases freqüentes: Tenho tantas coisas para fazer, que não sei
nem por onde começar. / Estou fazendo mais do que eu posso. /
Fico cansado, só de pensar em tudo o que eu tenho de fazer. /
Não consigo organizar minhas idéias. Estou mentalmente
desequilibrado, desorganizado.

O floral traz determinação para cumprir suas obrigações,


autoconfiança e reconhecimento de suas habilidades pessoais.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

12 - GENTIAN( Gentiana amarella / Genciana ) 1


Este é o floral da Fé. Para pessoas pessimistas, que se desencorajam
e desanimam, ficando até mesmo deprimidas, quando surge algum
obstáculo em seus planos. Essa depressão é devida a uma causa
conhecida! Pessoas do tipo Gentian desanimam com facilidade por
falta de fé. Este floral, portanto, é ideal para quando falta otimismo,
coragem, confiança e ânimo.
Frases freqüentes: Como sou azarado! Nem adianta tentar de novo,
sei que não vai dar certo outra vez. / Eu gostaria de acreditar no que
me dizem, mas não consigo. / Depois que aconteceu aquilo, fiquei
desanimado. / Sempre é tão difícil conseguir as coisas.
O floral traz Fé, confiança, otimismo, perseverança e a convicção de
que será bem sucedido.

13 - GORSE( Ulex europaeus /Ttojo )

Gorse é utilizado quando a pessoa já perdeu todas as esperanças e


desistiu de lutar. Quando se acredita que não há mais nada o que
se fazer, por isso é melhor desistir mesmo. Para os resignados,
entregues, pessoas em que a falta de expectativa de vida dá lugar à
desesperança. Para pessoas apáticas e incrédulas. Quando se fica
estagnado num processo de cura.

Frases freqüentes: Nada mais vale a pena. / Só estou tomando


estes florais para que a minha família pare de me aborrecer, mas
eles não vão dar em nada mesmo. / Já rezei para tudo que foi
santo, mas nada adianta. / Vou lutar para quê? Já sei que estou
perdida. O floral traz esperança e otimismo e perseverança, apesar
das derrotas.

14 - HEATHER( Calluna vulgaris / Urze )

Para pessoas centradas em si mesmas. Falam sem parar de seus


problemas, sem escutar os dos outros. Não sabem ouvir, querem
apenas falar delas mesmas, de todos seus problemas diante de uma
platéia para ouvi-las. "Grudam" nas pessoas, tornando- se
inconvenientes, e os outros têm dificuldade de se livrar delas.
Pessoas do tipo Heather absorvem a energia dos outros. Não
gostam de estar sós, são carentes, querem atenção para si.
Costumam falar muito perto, puxar as pessoas pela roupa ou pelo
braço, "prendem" as pessoas, para que as mesmas não fujam
enquanto estão falando. São egocêntricas.

Frases freqüentes: Quando posso falar de meus problemas, logo


me sinto melhor. / E eu? E eu? / Ouçam! Vou contar para vocês uma
coisa horrível que está acontecendo comigo. / Estou tão ocupado comigo mesmo que não tenho
tempo para os problemas dos outros.

O floral traz atenção e cuidado com os outros, autodisciplina e altruísmo.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

15 – HOLLY ( Ilex aquifolium / Azevinho ) 1


Este floral é para os casos de inveja, desconfiança, ira, ódio e
ciúmes em relação a outras pessoas. Os ímpetos de cólera. Brigas
de todo tipo: conjugais, no trabalho, etc...

Pessoas do tipo Holly podem sentir tanta raiva, que chegam a se


descontrolar, quebrando coisas, gritando, destruindo tudo. Há
também aquelas que ficam com todo este ódio contido, possuindo
assim uma enorme tensão reprimida. Este floral é utilizado para
ciúmes, quando, por exemplo, o filho ganha um irmãozinho e não
se conforma de não ter mais a atenção apenas para si. É para
pessoas que vivem se queixando das outras por inveja, ciúmes e
acabam sentindo raiva das mesmas. Sentimentos de vingança.
Agressividade.

Frases freqüentes: Você me paga por isso! / Quando vejo o que os outros conseguiram na vida,
morro de inveja. / Não sei por quê, mas estou sentindo que me isolam quando estou em grupo. /
Dizem que não tenho coração.

O floral Holly é um verdadeiro antídoto para o ódio.Traz relaxamento, compreensão,


generosidade, tolerância, amor e perdão.

16 – HONEYSUCKLE ( Lonicera caprifolium / Madressilva)

Este é o floral para aqueles que vivem no passado. Pessoas


nostálgicas, saudosas e cheias de lembranças. O tipo Honeysuckle
tem dificuldade de aceitar o presente, chegando a perder o interesse
pelas circunstâncias atuais. Este remédio é de grande ajuda para
viúvas, órfãos, pessoas que fracassaram nos negócios e,
especialmente, no caso de pessoas mais velhas obrigadas a
viverem sozinhas.

Frases freqüentes: Aqueles é que eram bom tempos. / Na minha


época era diferente. / Não consigo me acostumar com esses tempos
modernos. / Não posso superar o que perdi. / Gosto de olhar
fotografias e ficar me lembrando do tempo que passou. / Estou
vivendo numa casa maravilhosa e minha família é linda, mas não
consigo me desligar da casa de meus pais e daquela época em que eu vivia com eles, isso
atrapalha a minha felicidade.

O floral traz aceitação e compreensão do passado, perseverança e contentamento.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

17 – HORNBEAM ( Carpinus betulus / Carpino )

É o floral para a sensação de "Segunda-feira de manhã". A pessoa


sente-se farta de levantar-se todas as manhãs para dar início à
rotina. É um cansaço por esgotamento devido ao excesso de
desgaste mental. Para pessoas que vivem adiando, que acham difícil
começar. Sensação de peso na cabeça. Pessoas estressadas, que
ficam irritadas por estarem cansadas. Para pessoas que, por
acumular estímulos mentais demais, não conseguem digeri-los, e
que se sentem tão confusas que não conseguem se levantar pela
manhã. Sentem falta de energia física e mental, sentem que não tem
força para agüentar o dia-a-dia devido ao cansaço.

Frases freqüentes: Não sei se consigo agüentar a luta diária. /


Sempre adio as coisas, porque estou tão cansado que não tenho
forças nem sequer para pensar. / Acordo mais cansado quando
levanto do que quando deito. / Preciso tomar café para me animar e começar minhas atividades.
O floral traz confiança em sua capacidade de lutar, vitalidade, perseverança e resistência.

18 – IMPATIENS ( Impatiens glandulifera / Beijo )


O próprio nome já diz: Impaciência. Esta é a palavra-chave para
as pessoas do tipo Impatiens. São apressadas, vivem correndo,
pensam rápido, falam rápido, não suportam esperar,
principalmente quando estão dialogando com alguém de ritmo
mais lento. Chegam a terminar as frases dos outros por não terem
paciência de aguardar os pensamentos dos mesmos. Isso as
deixa irritadas. Possuem muita energia e vivem num ritmo
acelerado. Costumam depender do relógio, embora sem
necessidade, temendo perder a hora. Precisam de tudo
imediatamente. O corpo exige que se movimentem, por isso não
conseguem ficar paradas. Roem unhas, apresentam tiques
nervosos e gestos nervosos e inquietos como: coçar a cabeça,
estalar os dedos, balançar a cadeira, gesticular, bater com os dedos no tampo da mesa. São
tensas física e mentalmente, por isso sofrem dores no pescoço, nos ombros, nas mãos, na nuca,
nas pernas, etc... Preferem trabalhar sozinhas a ter de esperar pelos outros.

Frases freqüentes: Sempre dizem que faço as coisas antes de pensar. / Deixem que eu mesmo
faço isso sozinho. / Jamais entro numa fila, não suporto esperar. / Meu colega sempre reclama
que eu ando na frente dele. / Fico louco de raiva se tiver de esperar que me atendam num
restaurante. / Comigo tudo tem que funcionar depressa e bem, caso contrário não consigo conter
minha raiva.
O floral traz capacidade de cooperação, paciência e calma mental, relaxamento e tolerância.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

19 - LARCH( Larix decidua / Lariço )

Para pessoas que têm sensação de inferioridade, falta de confiança


em si mesmas. Não valorizam a própria capacidade. Admiram as
outras e se acham incapazes de fazer as mesmas coisas, por isso
não tentam. Sentem-se fracassadas e ficam observando o êxito
alheio. Falta-lhes autoestima.

Frases freqüentes: Não posso, não sei... / Eu gostaria de falar na


reunião, mas sei que vou me atrapalhar. / Como sou burra! Ainda
bem que não me promoveram para aquele cargo, eu só iria fazer
besteira. / Eu simplesmente não consigo!

O floral traz confiança nas habilidades pessoais e disposição para tentar.

20 – MIMULUS ( Mimulus guttatus / Mimulus )

Este floral é para o medo por motivos conhecidos, ou seja, medos


específicos como: andar de avião, dirigir, se expor ao público, medo
de doenças, do futuro, da dor, etc... Normalmente o tipo Mimulus
são pessoas tímidas, que facilmente ficam coradas. São medrosas,
reservadas e retraídas. São sensíveis ao frio, ao barulho, aos gritos,
às agressões, aos conflitos e se assustam à toa. Pessoas que dão
risadas nervosas e que têm dificuldade para falar. Manifestações
psiconeurovegetativas de medo: suor, taquicardia, tensão, inibição
para falar, gagueira, etc. Têm medo de ficar sozinhas e quando têm
companhia ficam nervosas e tímidas.

Frases freqüentes: Sempre estou com medo de alguma coisa. / Me dá medo... / Quando fico
nervoso, começo a transpirar na palma da mão. / Fico vermelho sempre quando falo com pessoas
estranhas. / Cuido para nunca ficar sozinho. / Não consigo subir num elevador fechado.

O floral traz autoconfiança, vontade de aceitar desafios, correr riscos e coragem.

21 – MUSTARD ( Sinapis arvensis / Mostarda )

Esta essência é para pessoas que são tomadas por uma "onda de
tristeza", ou seja, começam a sentir-se deprimidas, profundamente
melancólicas, mas sem nenhum motivo aparente. Este sentimento
vem do "nada" e é cíclico: assim como vem, desaparece, mas causa
muito desânimo em quem sofre dele. A pessoa sente vontade de
isolar-se do resto do mundo, sente-se à mercê de uma força sinistra
que julga ser mais forte que ela mesma, como se fosse prisioneira
desta sensação, sem conseguir libertar-se.

Frases freqüentes: Sofro de depressão, mas não me pergunte por


quê! De repente fico super bem, mas depois me sinto mal novamente. / Tenho um bom emprego,
meu carro, minha casa, dinheiro, mas não consigo entender, não tenho vontade de fazer nada,
nada me interessa... / Assim como fico deprimido, algum tempo depois, a depressão desaparece.

O floral traz serenidade interior, alegria serena, estabilidade e paz inabalável.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

22 - OAK( Quercus robur / Carvalho ) 1


São pessoas que trabalham excessivamente e, mesmo cansadas e
sem energia, arranjam força para terminar o que começaram. São
batalhadoras, não desistem e não descansam, por piores que sejam
as condições em que se encontrem. São corajosas, esforçadas e
têm um forte senso de dever. São responsáveis, confiáveis e, em
determinados momentos, se sentem esgotadas, mas não relaxam e
continuam a lutar sem esmorecer.

Costumam estar sobrecarregadas de trabalho e sempre acham que


ainda podem fazer mais. Mesmo doentes não abandonam o trabalho. Tornam-se cansadas e
esgotadas por todo esse trabalho e não se permitem momentos de descanso. Julgam-se
imprescindíveis, acreditam que podem realizar tudo sozinhas. Na verdade, têm medo de
decepcionar os outros e têm medo de mostrar suas fraquezas diante deles. Possuem tensão nos
ombros e na nuca.
Frases freqüentes: Preciso continuar. / Aprendi que se deve fazer até o fim, tudo o que se
começa. / Eu não descanso nunca. / Tenho que terminar isso, custe o que custar. / Todos dizem
que trabalho demais, dizem que pareço uma máquina e não um ser humano. / Por fora pareço
bem, interiormente estou destruído.
O floral faz com que essas pessoas comecem a perceber quando estão cansadas e se permitem
descansar.

23 – OLIVE ( Olea europaea / Oliveira )

Olive é o floral revitalizante. É a essência que traz energia. Para


esgotamento total, mental e físico. Indicado às pessoas que estão
cansadas e se sentindo exaustas. Quando as pessoas chegam em
seu esgotamento total e não têm força nem para levantar o braço. É
útil nos casos de grande fadiga física e mental, quando não há mais
reserva de energia. Olive é bom depois de um dia cansativo, ou
quando se tem que estudar por muitas horas para uma prova e
também quando se está realizando um trabalho cansativo e
estressante.

Frases freqüentes: Nem por todo dinheiro do mundo saio de casa


agora. / Estou tão cansada que poderia até chorar. Não agüento
mais! / Estou tão exausto e esgotado, que não consigo nem carregar meu próprio corpo. / Estou
completamente exausto.

O floral traz paz de espírito, confiança que a vida providenciará a força necessária, energia física e
psíquica, além de regenerar a vitalidade.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

24 - PINE( Pinus sylvestris / Pinheiro-silvestre )

Este floral é para todo o tipo de culpa, real ou imaginária. As


pessoas do tipo Pine pedem desculpas por tudo, pelos seus erros e
pelos erros dos outros. Alimentam uma auto condenação e um
complexo de culpa tão grande, que se tornam muito autocríticas, se
enxergam como "pecadoras" e, em algumas situações, mesmo que
tenham agido contra elas, causando- lhes mal, estas acreditam que
isso é uma forma de castigo, porque elas realmente se consideram
culpadas. Pedem desculpas, até mesmo por ficarem doentes. Por
assumirem culpa por tudo, podem ser usadas como "bode
expiatório" de coisas que não fizeram. Faltam-lhes amor próprio e
auto-estima.

Frases freqüentes: Nunca me perdoarei pelo que aconteceu. / Foi tudo culpa minha. / Me
desculpem pela minha irmã não ter vindo, é minha culpa, se eu tivesse insistido mais, com certeza
ela estaria aqui. / Eu não devia ter saído para me divertir, estou me sentindo culpada.

O floral traz reconhecimento do valor próprio, liberação da sensação de culpa pelo erro dos outros
e julgamento sadio.

25 - RED CHESTNUT ( Aesculus carnea / Castanheira-vermelha)

Pessoas com preocupações exageradas, em relação a seus entes


queridos, devem utilizar esta essência. Estas pessoas temem o pior
e vivem num estado de ansiedade em relação aos que amam,
sempre temendo uma desgraça. Costumam ser superprotetoras e
cheias de medos, atrapalhando a vida dos familiares, por
interferirem em sua liberdade e individualidade. Bach dizia que este
tipo de preocupação excessiva com uma pessoa doente retarda o
processo de cura da mesma, portanto, segundo ele, Red Chestnut
deve ser usado tanto para a pessoa doente quanto para seus
familiares.
Frases freqüentes: Sempre que meu filho sai à noite, eu fico
morrendo de medo, achando que vai acontecer alguma coisa com
ele. / Quando meu marido viaja, só consigo ficar tranqüila na hora em que ele me telefona para
dizer que chegou e está tudo bem. / Tenho tanto medo por eles.
O floral traz confiança nos outros, calma em qualquer emergência e capacidade para cuidar dos
outros sem ansiedade e enviar pensamentos de coragem e proteção para os mesmos.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

26 - ROCK ROSE ( Helianthemum nummularium / Cisto ) 1

Para os casos de medo extremo, pânico e terror absoluto, a ponto


da pessoa ficar paralisada. A pessoa pode transpirar, tremer e sentir
taquicardia, tamanho o medo. Pode-se sentir também um peso na
boca do estômago, um desconforto enorme interior, que muitas
vezes não é percebido exteriormente pelos outros. Este medo pode
ser irracional, mas também pode ser originado por um trauma, ou
por testemunhar um acidente. Rock Rose é bom para quando se
tem medos noturnos ou pesadelos, tanto em crianças como em
adultos.

Frases freqüentes: Às vezes tenho ataques de pânico, começo a


transpirar pelas mãos, me dá taquicardia, falta de ar, é horrível! /
Fico muda de terror. / Quando lembro do acidente, me dá uma
sensação ruim, fico paralisada.

O floral tranqüiliza e fortalece os nervos, traz coragem, bravura e ação com coragem.

27 - ROCK WATER (Água de fontes naturais curativas)

Pessoas rígidas, de idéias inflexíveis, fixas e radicais. Possuem


conceitos morais extremamente perfeccionistas. Buscam ser
exemplo para os outros. São fanáticas, costumam fazer parte de
seitas religiosas ou regimes alimentares rigorosos. Quando discutem
sobre religião, política, filosofia, são inflexíveis e radicais, ignorando
tudo mais que não se enquadre em suas convicções. Devido a sua
rígida disciplina interior, deixam de curtir e desfrutar os prazeres da
vida. Se auto-sacrificam, se reprimem, se martirizam e não permitem
que nada interfira em seus objetivos. Sua rigidez se apresenta no
nível muscular como nas juntas e articulações, refletindo sua rigidez
mental. Costumam sofrer de artrose e de problemas na coluna.

Frases freqüentes: Dizem que sou muito duro comigo mesmo. /


Não vou a festas porque não posso dormir fora do meu horário habitual. / Prefiro ficar em minha
casa a sair com pessoas que bebem álcool. / Não como nenhum doce, nem nada muito saboroso,
pois jamais trairei minha dieta.

O floral traz relaxamento, idealismo com flexibilidade, vontade e capacidade de desfrutar a vida
em cooperação com os outros.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

28 – SCLERANTHUS ( Scleranthus annuus / Craveiro ) 1


Este é o floral para indecisão. Pessoas que, não conseguem se
decidir, são hesitantes, sofrem muito quando têm que decidir entre
duas coisas. Até mesmo o estado de humor é instável, estão
superalegres e de repente se tornam tristes, podem estar muito
dispostas e caírem na apatia, do riso vão para as lágrimas, o que
mostra um desequilíbrio.

Não são muito confiáveis porque estão, sempre, oscilando e


vacilantes. O tipo Scleranthus sofre, pois sua indecisão se torna uma
tortura, tem dificuldade até para escolher que roupa usar, pois se
houver várias possibilidades, fica paralisado em sua indecisão.

Frases freqüentes: Ó dúvida cruel! / Não consigo me decidir. / Às vezes acho que o melhor
namorado para mim é o João, outras vezes penso que só o Carlos me faria feliz. / Chego todo dia
atrasada no trabalho, pois visto uma roupa e depois acho que deveria ter colocado outra; quando
me troco novamente, já não tenho certeza de qual é a melhor. / Até um minuto atrás eu queria ir
nesta festa, mas pensando bem, acho que não quero mais.

O floral é ótimo para todos os tipos de tremores e também para pessoas que sentem dores que
"andam" pelo corpo. Este remédio traz determinação, segurança para tomar decisões,
espontaneidade e atitudes equilibradas.

29 - STAR OF BETHLEHEM ( Ornithogalum umbellatum / Estrela-de-belém )

Este floral é para choques, ou seja, quando você leva um susto


muito grande, sofre um acidente, recebe uma notícia ruim ou quando
sente uma desilusão que causa muita dor. Enfim, Star é para os
efeitos de qualquer choque, físico, mental ou emocional. Quando se
tem um trauma. Para experiências da vida como morte, aborto,
perdas financeiras, mudanças.

Frases freqüentes: Não consigo me conformar com o que


aconteceu, estou muito abalado ainda. / Sinto uma dor na alma, não
esqueço do olhar dele antes de morrer. / Não encontro consolo, só
dor.

O floral traz consolo e conforto. Costumo dizer brincando, que este


floral te pega no colo e faz carinho na sua cabeça.

É o floral que consola dores, tristezas e sofrimentos. Traz calma, força mental, emocional e física.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

30 - SWEET CHESTNUT ( Castanea sativa / Catanheira ) 1


Para pessoas que estão sentindo angústia extrema, desespero,
sentindo que chegaram ao seu limite e não agüentam mais,
vivenciando assim uma imensa tortura mental e desolação. Há
também outro sentimento: solidão. Depressão, desesperança e
necessidade de amparo fazem parte deste quadro.

Frases freqüentes: Não agüento mais. / Não vejo saída, estou


desesperada, porque não sei mais o que fazer. / Não tenho mais
esperanças, estou só.

O floral traz perseverança e determinação apesar do sofrimento,


bem estar, alívio e a sensação de que não se está só.

31 – VERVAIN ( Verbena officinalis /Verbena )

Para pessoas com entusiasmo e esforço exagerados. São aquelas


que se "empolgam" em suas idéias e tentam a todo custo persuadir
os demais a acompanhá-las. O tipo Vervain utiliza muito sua energia
mental, não relaxa e essa tensão pode deixá-lo estressado e com
insônia. Costumam defender as pessoas injustiçadas com força e
vontade. Tornam-se fanáticas pelo seu alto envolvimento com tudo e
pelo perfeccionismo. Tentam convencer os outros com suas idéias,
enchendo-os de argumentos. São impulsivas e idealistas, possuem
movimentos rápidos e agitados. Essas pessoas não conseguem se
desligar, pois ficam mentalmente se programando sobre o que farão
hoje, amanhã e depois, o tempo todo. Por terem dificuldade de relaxar, costumam queixar-se de
tensão muscular, de dor nos olhos, dores de cabeça e contrações musculares. Como este tipo
possui excesso de energia na parte superior do corpo,(ou seja, a energia é mal distribuída)
apresentam problemas de circulação nas pernas. Este floral é indicado, portanto, para mulheres
com problemas ginecológicos e pessoas com má circulação nas pernas.

Frases freqüentes: Precisamos agir para mudar esta situação! / Gosto que pensem como eu e
que sigam minhas idéias. / Quando estou certo de algo, defendo minhas idéias até a morte. / Fico
irritadíssimo quando me contrariam. / Quando ponho algo na cabeça, não descanso enquanto não
termino com perfeição e faço de tudo para que os outros me acompanhem.

O floral traz autodomínio, compreensão com tolerância e ação com consideração. Traz também
capacidade para relaxar e disposição para ouvir.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

32 – VINE ( Vitis vinifera / Videira )

Para os que gostam de dominar os outros e sentem necessidade de


poder. São autoritários, cruéis em seus métodos, ditatoriais, tirânicos
e inflexíveis. Para pais de família que dominam o lar com punho de
ferro. Gritam para serem obedecidos, têm de impor sua autoridade,
custe o que custar, sem compaixão. O tipo Vine gosta de colocar
medo nas pessoas, sendo esta, uma forma de poder sobre elas.
Agem racionalmente sem utilizar o lado afetivo.
Frases freqüentes: É para o seu bem! / Não pense, faça apenas o
que estou mandando. / Na minha casa quem manda sou eu. / Isso é
o que você vai fazer.
O floral traz flexibilidade, liderança sábia e compreensiva e
compaixão.

33 – WALNUT ( Juglans regia / Nogueira )


É o floral de proteção à mudanças e influências externas. Quando se
tem uma sensibilidade muito grande a lugares, pessoas e situações,
a ponto de ser uma "esponja" que absorve tudo, Walnut age como
uma forte proteção, não deixando que estes fatores interfiram no
equilíbrio da pessoa. Como mencionei, esta essência protege as
pessoas em períodos de mudanças, "cortando o cordão umbilical"
que não as deixa livres em suas vidas, quando, por exemplo,
alguém se separa e não consegue se desligar do esposo, quando se
muda de casa e tem-se dificuldade para adaptar-se na nova
residência, ou quando se muda de emprego. Walnut ajuda nas
novas situações da vida (como casamento, gravidez, viuvez,
separação), facilitando a adaptação a esse período. Essas
mudanças podem ser físicas também, como a chegada da
menstruação, a menopausa, o início da dentição, etc.
O tipo Walnut é hipersensível, vulnerável e extremamente perceptivo. Muitas vezes se deixam
influenciar pelos que estão ao redor.
Frases freqüentes: Me sinto mal todas as vezes que fico do lado da Roberta. / Quando vejo
notícias da guerra na televisão, começo a chorar, tamanha é minha sensibilidade. / Aquela casa
tinha algo estranho no ar, me deu uma tristeza, como se alguém tivesse morrido ali. / Já me
separei, mas não consigo me desligar do meu ex-marido.

O floral acaba com as situações de dependência e de medo às mudanças. Favorece a


independência e o desejo de autonomia, dá habilidade e determinação para adaptar-se a
mudanças quando necessário. Ajuda no tratamento de dependências como álcool, drogas,
cigarros, etc. Protege e deixa a pessoa imune à inveja, "mau-olhado" e mau humor dos outros.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

34 - WATER VIOLET ( Hottonia palustris )

Pessoas do tipo Water Violet são reservadas, não costumam e não


gostam de falar de seus problemas, muito menos dar opinião aos
problemas dos outros. Até mesmo quando sofrem, guardam tudo
para si mesmos. Possuem um porte ereto e elegante, são
orgulhosos, como se fossem superiores aos demais e acabam por
isolar-se, vivendo em sua própria solidão. São retraídos e criam
assim uma espécie de barreira inatingível que os separa de todos.
São tensos e inflexíveis tanto fisica como mentalmente, podendo ter
problemas de articulação, reumatismo, rigidez na coluna e nas
juntas. Suportam a mágoa e o sofrimento em silêncio. Preferem
estar sós. São pessoas que mantém a compostura, não
interessando o que aconteça. Não expõem seus sentimentos.

Frases freqüentes: Sinto-me melhor sozinho, gosto de estar assim. / Não dou o menor palpite na
vida dos outros, mas também não gosto que se metam na minha. / Muitos dizem que sou uma
pessoa arrogante, mas, na verdade, sou retraído. / Sou de falar pouco até mesmo em casa.

O floral traz a capacidade de servir aos outros, serenidade e gentileza.

35 - WHITE CHESTNUT ( Aesculus hippocastanum / Castanheiro-da-índia )

Para pessoas que sofrem por causa de pensamentos repetitivos,


indesejados, que não abandonam a mente, um diálogo interno
torturante que perturba e tira a paz. São pensamentos persistentes,
angustiantes e incessantes. Essas pessoas têm insônia e dificuldade
para dormir, pois estes pensamentos não as abandonam e as
impedem de relaxar. Costumam ficar "ruminando" durante o dia todo
acontecimentos que ocorreram durante a manhã. Ficam argumentando
mentalmente seus problemas e conversas consigo mesmas
repetidamente, como se tivessem um "disco arranhado" dentro da
cabeça.

Frases freqüentes: Estou atormentado por esses pensamentos. / Não


consigo sentar para estudar, meus pensamentos não me deixam em
paz. / Não consigo parar de pensar na briga de hoje de manhã. /
Estava tão ocupada em meus pensamentos que quase bati o carro. / Me sinto prisioneiro de meus
próprios pensamentos.

O floral traz calma e clareza mental, a pessoa passa a não se preocupar à toa.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

36 - WILD OAT ( Bromus ramosus / Bromo ) 1


Esta é a essência para as pessoas que não conseguem encontrar o
seu caminho na vida. Possuem uma indefinição que os tortura, pois
os deixa perdidos em relação a que rumo seguir, fazendo com que
tentem vários caminhos, sem encontrar satisfação em nenhum deles,
tornando-se frustrados com isso. O tipo Wild Oat se desanima e se
torna insatisfeito pela sua indecisão, suas metas são pouco claras e
sem harmonia interior. Sentem que a vida está passando e que,
apesar de seu talento, não conseguem descobrir atividades que lhes
tragam satisfação e realização.

Frases freqüentes: Eu não sei o que quero fazer. / Já fiz três


faculdades e parei todas na metade, agora estou estudando música,
mas ainda não sei se é realmente isso que eu quero. / Estou perdida e não sei que rumo seguir.

O floral traz otimismo, determinação, capacidade de dar o primeiro passo e pode ajudar também
na escolha de uma carreira, pois torna claros os talentos e ambições, dando direção à pessoa.

37 - WILD ROSE ( Rosa canina / Rosa-dos-cães )

São pessoas sem o mínimo de vontade própria. Falta-lhes energia


vital, não vivem, vegetam. Não apresentam interesse pela vida. São
resignadas e apáticas. Se acontece algo ruim, é porque tinha que
acontecer e tudo bem, se ficam doentes, a vida é assim mesmo; não
se esforçam para mudar as situações, as aceitam simplesmente,
sem gostar ou deixar de gostar. Não são felizes nem tristes,
parecem mortas, não possuem expressão e sua voz é monótona.
Sua companhia aborrece e deprime as pessoas por sua falta de
interesse e por serem acomodadas. Não vivem suas vidas, são
meros espectadores e não participadores e vivenciadores de sua
existência. Costumam ficar sentadas diante da televisão. São
vazias.

Frases freqüentes: A vida é assim mesmo. / Não costumo reclamar das situações, elas são como
são e ponto. / Não me interesso por nada. / Sou uma droga mesmo e não tenho cura. / Estou bem
como estou.

O floral traz interesse pela vida, energia vital e forças para participar ativamente da vida.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

38 - WILLOW( Salix vitellina / Salgueiro ) 1


Para pessoas com ressentimento e amargura. Sentem-se vítimas do
destino e costumam culpar as outras pessoas pelos seus erros. É o
típico rabugento, que vive sempre de cara fechada. Sentem inveja
da felicidade, sorte e sucesso dos outros, por isso tornam-se
pessoas resmungonas e irritadiças. São negativas e acabam se
tornando verdadeiros desmancha-prazeres. São rancorosas,
vingativas, não perdoam, nem esquecem e muitas vezes sentem
raiva. Sentem pena de si mesmas e são amarguradas porque
sentem que a vida tem sido injusta com elas. Tomam sem dar,
aceitam ajuda com se fosse um direito seu e obrigação dos outros,
por isso são mal-agradecidas.

Frases freqüentes: Isso não é justo! / Ninguém se importa comigo. / Por que os outros podem ter
sucesso e alegrias se para mim a vida não deu nada? / Não vou agradecer, o que eles fizeram, foi
o mínimo que estavam devendo para mim. / Se eu não me divirto, ninguém vai se divertir também.

O floral traz perdão e reconhecimento dos erros cometidos, senso de humor e otimismo.

Objetivo
Como pudemos observar, o Dr. Edward Bach criou seus remédios florais com o objetivo de trazer:
• Compreensão para as pessoas que tem medo,
• Satisfação consigo mesmas para as que sentem solidão,
• Sensibilidade estável para os que estão susceptíveis a influências e idéias alheias,
• Fé e esperança para os que têm desânimo ou desespero,
• Autoconfiança para as pessoas com indecisão,
• Vitalidade e consciência clara para as pessoas que possuem falta de interesse nas
circunstâncias atuais e
• Consideração com os outros para os que possuem excessiva preocupação com o bem-
estar dos demais.
Bem, desta forma todos os estados emocionais e mentais foram abordados e vocês puderam
conhecer as trinta e oito essências florais de Bach. Para torná-las ainda mais claras e fáceis à sua
compreensão, vou transcrever um texto que Bach escreveu em 1934 e que, na verdade, é uma
estória muito interessante, onde os personagens principais são (adivinhem) os florais!

“A História dos Viajantes”


WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL
CURSO DE FLORAIS DE BACH

Era uma vez, e sempre era uma vez, dezesseis viajantes que iniciaram uma jornada pela floresta. 1
No começo tudo foi bem, mas após uma certa distância, um deles, Agrimony, começou a
preocupar-se e a pensar que poderiam não estar no caminho certo. Algum tempo depois, durante
à tarde, conforme iam penetrando nas sombras da floresta, Mimulus começou a ficar com medo
de que tivessem perdido a rota.
Quando o sol se pôs, a sombras aumentaram e os ruídos noturnos fizeram-se ouvir, e Rock Rose
ficou aterrorizado e em estado de pânico. No meio da noite, quando tudo estava escuro, Gorse
perdeu a esperança e disse: " Não posso prosseguir. Continuem vocês, mas eu ficarei aqui até
que a morte alivie meu sofrimento".
Por outro lado, Oak, embora sentindo que tudo estava perdido e que nunca mais veriam a luz do
sol, disse: "Lutarei até o fim" e falou isso impetuosamente.
Scleranthus tinha uma esperança, mas às vezes, sofria muito devido à incerteza e indecisão,
primeiro querendo seguir um caminho e quase em seguida outro. Clematis prosseguia tranqüila e
pacientemente, preocupando-se apenas um pouco em se cairia no sono ou se sairia da floresta.
Gentian, muito alegre na partida, caiu num estado de desalento e depressão.
Os outros viajantes nunca tiveram medo, queriam continuar, e à sua maneira, queriam muito
ajudar seus companheiros.
Heather estava certo que conhecia o caminho e queria que todos o seguissem. Chicory não se
importava com o final da jornada, mas era bastante solícito, procurando saber se seus
companheiros estavam cansados ou tinham bastante comida. Cerato não confiava muito em seu
próprio julgamento e queria experimentar todas as trilhas para ter certeza de que não estava
errado. O meigo e pequeno Centaury queria tanto aliviar a tensão de todos, que estava pronto
para carregar a bagagem de todo mundo. Infelizmente para o pequeno Centaury, ele geralmente
carregava a carga daqueles mais capazes de suportá-la, porque eram os que pediam mais alto.
Rock Water, pressuroso para ajudar, deprimia um pouco o grupo porque criticava aquilo que
achava que estavam fazendo de errado, mas, ele, Rock Water, conhecia o caminho. Vervain
também deveria conhecer bem o caminho e, embora tivesse ficado ligeiramente confuso, seguiu
em frente pelo único caminho que levava à saída da floresta. Impatiens também conhecia muito
bem o caminho de casa, de modo que ficava impaciente com aqueles que andavam mais
lentamente. Water Violet já tinha andado antes por aquele caminho e mostrava-se ligeiramente
orgulhoso e um pouco desdenhoso sem que os outros compreendessem por que. Water Violet
achava-os inferiores.
E no final todos conseguiram atravessar a floresta.
Agora eles trabalham como guias para outros viajantes que não fizeram a viagem antes, porque
sabem que há um caminho e porque sabem que a escuridão da floresta é formada apenas pelas
sombras da noite. Caminham como heróis destemidos e cada um dos dezesseis viajantes ensina,
à sua maneira, a lição, o exemplo necessário.
Agrimony libertou-se de todas as preocupações e vive fazendo brincadeiras. Mimulus perdeu o
medo. Rock Rose nos momentos mais negros é o retrato da calma e da serena coragem. Gorse,
naquelas noites mais escuras, fala aos viajantes do progresso que farão quando o sol surgir pela
manhã.
Oak resiste imperturbável ao vento mais forte;
Scleranthus caminha com plena certeza; os olhos de Clematis estão fixos na alegria da chegada e
nenhuma dificuldade ou revés pode desencorajar Gentian.
Heather aprendeu que cada viajante precisa seguir seu próprio caminho e tranqüilamente segue
em frente, para mostrar que isso pode ser feito. Chicory, sempre querendo dar a mão, mas
apenas quando lhe pedem, o faz muito calmamente.
Cerato conhece muito bem os atalhos que levam a lugar nenhum e Centaury sempre busca
aquele mais fraco, que acha muito pesada a sua carga.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

Rock Water parou de acusar; passa o tempo todo encorajando. Vervain não faz mais sermões; 1
apenas aponta o caminho silenciosamente. Impatiens parou de apressar e se coloca entre os
últimos para manter seu passo. E Water Violet, mais parecido com um anjo do que com um
homem, passa entre os companheiros como uma brisa morna ou um raio glorioso de sol,
abençoando a todos.

Os Sete Grupos

Bach criou 38 remédios florais e os dividiu em sete grupos:


• Para o medo
• Para a indecisão
• Para a falta de interesse pelas circunstâncias atuais
• Para a Solidão
• Para o excesso de sensibilidade a influências e opiniões
• Para o desalento ou desespero
• Para a preocupação excessiva com o bem estar dos outros.

Para o medo
Rock Rose - terror e pânico, medo ao estremo, paralisante.
Mimulus - medo de coisas conhecidas e timidez.
Cherry Plum - medo de perder o controle, de fazer coisas terríveis. Chega a ser desesperador.
Aspen - medos de coisas desconhecidas, ansiedade inexplicada, apreensão.
Red Chestnut - preocupação excessiva e medo com o que pode acontecer com as outras
pessoas.

Para a Indecisão
Cerato - falta de confiança em si mesmo, sempre pedindo confirmação dos outros para suas
decisões.
Scleranthus - indecisão, tem dificuldade para se decidir entre duas coisas. Instável.
Gentian - desânimo, pessimismo, depressão por causa conhecida. (floral da fé).
Gorse - falta total de esperança, desistiu de lutar.
Hornbeam - preguiça pela manhã, sensação de "Segunda-feira de manhã". Para pessoas com
cansaço e desinteresse por suas tarefas, apesar de as cumprirem perfeitamente.
Wild Oat - Incerteza sobre a carreira a seguir. Falta de propósito na vida.

Para falta de interesse pelas circunstâncias atuais


Clematis - para os sonhadores, sempre pensando no futuro, sem estarem presentes no
momento. Não prestam atenção no que se passa ao redor.

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

Honeysuckle - vivem pensando no passado, saudosos e com recordações vivas. 1


Wild Rose - apatia, resignação, entregam-se sem lutar, conformados e acomodados.
Olive - falta de energia, esgotamento mental e físico.
White Chestnut - tortura mental devido a pensamentos indesejados e persistentes.
Mustard - melancolia, depressão e tristezas cíclicas, que vão e voltam sem motivo.
Chestnut Bud - pessoas que vivem cometendo sempre os mesmos erros, não conseguem
aprender com eles. Falta de observação.

Para a solidão
Water Violet - reservados, sérios, auto-suficientes, não interferem nos assuntos dos outros.
Impatiens - impaciência, intolerância, irritabilidade.
Heather - não quer ficar sozinho, não sabe ouvir, egocêntrico e carente.

Para excesso de sensibilidade a influências e opiniões


Agrimony - para os que sofrem de tortura interior, fingindo alegria exterior.
Centaury - não sabem dizer não, são explorados e deixam se explorar pelos outros, "capachos".
Walnut - floral de proteção frente a mudanças e influências externas.
Holly - ódio, inveja, ciúmes, desconfiança, raiva.

Para o desalento ou desespero:


Larch - sentimento de inferioridade, baixa auto-estima, falta de autoconfiança.
Pine - auto-reprovação, sentimento de culpa, culpa-se pelos erros dos outros, sempre pedindo
desculpas.
Elm - sobrecarregado pelo excesso de responsabilidades e obrigações.
Sweet Chestnut - sentimento de desespero e angústia extrema.
Star of Bethlehem - tranqüiliza situações traumáticas e de choques, consola e protege.
Willow - ressentimento, mágoa, rancor, amargura, não consegue aceitar adversidades.
Oak - nunca desiste de lutar, não relaxa e não descansa, mesmo cansado, grande sentimento de
dever.
Crab Apple - floral de limpeza, para aqueles que se sentem impuros, com mania excessiva de
limpeza, preocupados com aparência e que condenam a si mesmos, perfeccionistas.

Para a preocupação excessiva com o bem-estar dos outros


Chicory - pessoas controladoras, cobram atenção dos outros, possessivos, ciumentos e com
muito apego.
Vervain - tenso, muito eufórico, entusiasmado, quer convencer os outros a fazer sua vontade,
fanático.
WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL
CURSO DE FLORAIS DE BACH

Vine - têm necessidade de dominar, tirano, ditador, inflexível e até mesmo cruel. 1
Beech - intolerante, crítico e autocrítico, julga os outros mas não aceita ser julgado, normalmente
range os dentes.
Rock Water - rígidos, exigentes consigo mesmos, perfeccionistas, inflexíveis, desejo de serem
tomados como exemplo.

Rescue

Floral que resgata e restabelece o equilíbrio. É a combinação de cinco essências


florais: Impatiens, Clematis, Cherry Plum, Star of Bethlehem e Rock Rose. Foi feito
para ser usado em emergências.
É indicado para quando se recebe notícias ruins como morte, quando se tem um aborrecimento,
quando se está com medo, pânico ou confuso.
O Rescue faz com que sua atitude mental, fique mais equilibrada e tranqüila.
Pode ser utilizado também antes de se fazer uma entrevista, antes de provas, quando você for se
apresentar perante uma multidão, antes de fazer uma cirurgia ou ir ao dentista, pois reduz o medo
e o nervosismo.
Quando se está tenso, nervoso, ou quando a mente não se tranqüiliza, antes de dormir ele é
muito eficaz.
Após um acidente, tanto para as vítimas quanto aos espectadores, ele é ótimo para aliviar o
medo, trazendo conforto e segurança. Enfim, o Rescue é um remédio indispensável,
importantíssimo para se ter à mão, pois nos socorre , tranqüilizando-nos em várias situações.
Rescue - Equilíbrio e Calma Interior Sempre ao Seu Alcance
Rescue é o relaxante que você pode usar a qualquer hora e em qualquer lugar.
A jornada da vida pode ser comparada como andar na corda bamba, embora geralmente
estejamos equilibrados, calmos e focados, em muitas ocasiões a vida nos traz surpresas
que nos tiram do equilíbrio.
Há mais de 70 anos, um médico da Harley Street, Dr. Edward Bach, percebeu a
necessidade de tratamento emergencial para ajudar as pessoas a lidar com tais situações
estressantes do dia-a-dia e criou o Rescue. Ainda hoje é preparado exatamente conforme
as suas orientações. O Rescue tem sido o aliado emocional de toda mulher devido a sua
energia relaxante e equilibrante e é utilizado por pessoas de todo o mundo para oferecer
apoio incondicional nos momentos de grande exigência.

Aliviado, Calmo e Recuperado


Caso você sinta que esteja chegando no limite, siga estas dicas simples para restaurar o
equilíbrio e recuperar a calma interna onde quer que você esteja:
R elaxe, respire fundo 10 vezes. Inale profundamente e exale lentamente.
E xercite, aprenda algumas técnicas básicas de ioga ou simplesmente ande por 10
WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL
CURSO DE FLORAIS DE BACH

minutos. 1
orria, pense em momentos felizes. É praticamente impossível continuar emburrado
S quando o sorrido e a risada liberam a produção das endorfinas estimuladoras do
humor.
alma, deixe que a sua imaginação lhe leve a um lugar calmo e tranquilo onde se
C
curta a paz, serenidade e beleza.
se sua hora de almoço, tire um tempo para si mesmo. Uma caminhada na praça,
U especialmente num dia ensolarado, pode operar milagres para seu humor. Vai lhe
ajudar a trabalhar com maior eficiência na parte da tarde também.
scape, se você for capaz, afaste-se. Ao sair da situação estressante, você pode ter
E
tempo de restaurar alguma perspectiva.
Calma Interior, presente a todo momento
Todos os dias nossas emoções são colocadas à prova; seja pelo pavor no consultório do
dentista, o nervoso antes de provas, a possibilidade de realizar a conquista amorosa tão
esperada ou ficar novamente na espera eterna dos tais "serviços ao consumidor".
Também existem momentos na vida em que precisamos de um pouco de apoio; no
estresse dos preparativos de casamento, durante o rompimento de uma relação amorosa
ou talvez a perda de um ente querido. Seja qual for a situação - a utilização imediata ou
contínua do Rescue pode lhe ajudar. Tomado a qualquer hora, em qualquer lugar, o
Rescue é totalmente natural e contém cinco dos 38 Florais de Bach Originais; o Rock
Rose para pavor e pânico, Impatiens para a irritação e impaciência, Clematis para a
desconcentração, Star of Bethlehem para o choque e Cherry Plum para pensamentos
irracionais.
Forma de uso: O Rescue Spray é fácil de usar, de 2 borrifadas na língua e o Rescue em
gotas coloque 4 gotas na língua ou em um copo de água. Experimente o Rescue Cream,
é uma pomada de efeito balsâmico que hidrata, amacia e ajuda a manter em boas
condições a pele do corpo inteiro.

Sua utilização pode ser feita em casos específicos como:

• QUEIMADURAS - compressas com água ou soro fisiológico para hidratação da pele e


após, o creme Rescue para terminar a cicatrização, mantendo o uso por via oral por vários
dias.
• AÇÃO CICATRIZANTE - utilizar em cirurgias, no pré-operatório uma semana antes, e no
pós-cirúrgico até terminar o processo.

• FRATURAS ÓSSEAS - melhora o inchaço local e facilita o processo de calcificação óssea.

• GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA - Na gravidez ajuda a lidar com a ansiedade, enjôos, dá


equilíbrio e limpa os medos. Para o aborto espontâneo ou não. Nas cólicas menstruais
melhora a dor, diminuindo inchaço e a retenção hídrica.

• ODONTOLOGIA - acalma pacientes com medo ou pânico, ajuda nas cirurgias, diminuindo

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

o sangramento e ajudando na cicatrização. 1

• PLANTAS E ANIMAIS - Limpa os traumas dos animais, sustos por diversos motivos,
tristezas por perder o dono e, nas plantas elimina pulgões e outras pragas. (principalmente
se estiver associado com Crab Apple).

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL


CURSO DE FLORAIS DE BACH

Fontes: 1
Florais de Bach – O equilíbrio pela simplicidade da Natureza
Simone Filkauskas Sequeira - Instituto Ahau – www.ahau.org.br

Literatura Disponível
Os Remédios Florais do Dr. Bach Participando da Vida Com Os Florais de
Incluindo O Cura-ti a ti mesmo Bach
Edward Bach - Ed. Pensamento Carmen Monari - Ed. Roca

Os Remédios Florais de Dr. Bach Terapia Floral do Dr. Bach


Passo a Passo Teoria e Prática
Judy Howard - Ed. Pensamento Mechthild Scheffer - Ed. Pensamento

Florais de Bach Manual Ilustrado Dos Remédios


Perguntas e Respostas Florais do Dr. Bach
John Ramsell - Ed. Campus Philip N. Chancellor - Ed. Pensamento

Crescendo Com As Essências O Despertar da Alma Com Os


Florais de Bach Florais de Bach
Judy Howard - Ed. Aquariana Carmen Monari - Ed. Roca

WILTON FRANCISCO XAVIER – TERAPEUTA FLORAL

Você também pode gostar