Você está na página 1de 386

mar

DIA A DIA

!&' 1
•mar
DIA A DIA

UM ANO DE DEVOÇÃO
PARA CASAIS

STEPHEN &ALEX
KENDRICK
BV
ESTE SERÁ UM DESAFIO

ESSA JORNADA DE UM ANO EXIGIRÁ CORAGEM


E PERMANÊNCIA. AS VEZES PARECERÁ DESAFIADORA
E DIFÍCIL, E OUTRAS VEZES SERÁ INCRIVELMENTE
RECOMPENSADORA.

ACEITAR ESSE DESAFIO EXIGE UMA MENTE DETERMINADA


E DECISÕES FIRMES. ELE SE PROPÕE A ENRIQUECER O SEU
RELACIONAMENTO COM DEUS E COM O SEU CÔNJUGE
ATRAVÉS DE ORAÇÃO, AÇÃO E DEVOÇÃO DIÁRIA.

N Ã O DESISTA ANTES DO TEMPO, PORQUE AQUELES


QUE FIZEREM ISSO PERDERÃO OS MAIORES BENEFÍCIOS.
SE VOCÊ COMPROMETER-SE COM UM DIA DE CADA
VEZ EM UM PERÍODO DE UM ANO, OS RESULTADOS
PODERÃO MUDAR A SUA VIDA E O SEU
CASAMENTO.

CONSIDERE ESTE LIVRO UM DESAFIO VINDO DE


QUEM JÁ O ACEITOU ANTES DE VOCÊ.
ESTA JORNADA DEVOCIONAL DE U M A N O contém
os princípios base do livro original, O Desafio de Amar, en-
quanto provê conteúdos novos e estudos profundos.
Um tempo diário de devoção é parte de um relaciona-
mento vivo e amoroso entre você e Deus. Se você lê este
livro sozinho ou com o seu cônjuge, você precisa iniciar
cada dia com uma oração pedindo para Deus falar com você.
Este devocional não deve ser substituído pelo seu tempo
na Palavra. O objetivo é aumentar o seu entendimento dos
princípios bíblicos e despertar profundamente a sua fome
pela Palavra.
Você está a ponto de aprender algumas coisas sobre você
e seu cônjuge. Algumas serão encorajadoras e outras acusa-
doras. Em ambos os casos, elas exigirão uma visão honesta
de onde você está no seu casamento e em Deus.
Deus usa o dom do casamento para nos ajudar a eliminar
a solidão, multiplicar a nossa eficiência, construir famílias,
criar filhos, curtir a vida e nos abençoar com um relaciona-
mento íntimo. O casamento também nos mostra a necessi-
dade de crescer e lidar com nossas próprias dificuldades e
egocentrismo através da ajuda de um companheiro para toda
a vida. Se somos "ensináveis", aprenderemos a fazer aquilo
que é mais importante no casamento — amar. Esta poderosa
união lhe mostra o caminho para amar incondicionalmente
outra pessoa imperfeita. Isto é maravilhoso. Ê difícil. E uma
mudança de vida.
Este livro é sobre o amor. Sobre aprender e ousar fazer
o que for preciso para fortalecer e reforçar os propósitos de
Deus para o casamento. Se você aceitar este desafio, você
precisa aceitar a visão de que, ao invés de seguir o seu cora-
ção, você está escolhendo guiá-lo. A Bíblia diz que "engano-
so é o coração mais do que todas as coisas" (Jeremias 17:9),
e ele sempre seguirá o que no momento parece correto. Nós
desafiamos você a pensar de maneira diferente, e escolher
direcionar o seu coração para aquilo que será melhor ao
longo do caminho.
Esta jornada não é um processo para tentar fazer do seu
cônjuge a pessoa que você quer que ele seja. Pelo contrário,
esta é uma jornada de exploração e demonstração genuína
de amor, mesmo quando o seu desejo acaba e quando as suas
motivações estão enfraquecidas. A verdade é que o amor é
uma decisão e não apenas um sentimento. Ele não busca
os seus próprios interesses, é sofredor e transformador. E,
quando o amor é demonstrado verdadeiramente, como foi
planejado para ser, o seu relacionamento tem grandes chan-
ces de mudar para melhor.
Durante os seus devocionais diários, você aprenderá mais
sobre a natureza do amor, assim como o caráter do próprio
Deus. Leia cada dia cuidadosamente e esteja aberto a um
novo entendimento do que significa amar alguém verdadei-
ramente. (Para mais informações sobre como ter um tempo
diário de devocional, veja a página 378 no apêndice.)
Você terá um desafio semanal para fazer pelo seu cônju-
ge. Alguns serão fáceis e outros bem desafiadores. Mas, leve
cada desafio a sério e seja criativo e corajoso o suficiente
para realizá-lo. Não desista se situações externas lhe impe-
direm de completar um desafio específico. Apenas faça-o o
mais rápido possível e prossiga na jornada.
Finalmente, você é encorajado a adquirir um diário para
registrar seus pensamentos e experiências à medida que
coloca essas verdades em prática. É importante que você
aproveite este espaço para registrar o que está acontecendo
com você e seu cônjuge ao longo do caminho. O seu pro-
gresso estará registrado nessas anotações que provavelmente
se tornarão inestimáveis para você no futuro.
Lembre-se, você tem a responsabilidade de proteger e
guiar o seu coração. Não desista e não se sinta desencora-
jado. Decida dirigi-lo e agir assim até o final. Aprender a
amar verdadeiramente é uma das coisas mais importantes
que você fará.

AGORA, POIS, PERMANECEM A FÉ, A ESPERANÇA E O


AMOR, ESTES TRÊS; MAS O MAIOR DESTES É O AMOR.
l Coríntios 13:13
AINDA QUE EU FALASSE AS LÍNGUAS DOS
HOMENS E DOS ANJOS, E NÃO TIVESSE AMOR,
SERIA COMO O METAL QUE SOA OU COMO O
CÍMBALO QUE RETINE.

E AINDA QUE TIVESSE O DOM DE PROFECIA,


E CONHECESSE TODOS OS MISTÉRIOS E TODA
A CIÊNCIA, E AINDA QUE TIVESSE TODA FÉ,
DE MANEIRA TAL QUE TRANSPORTASSE OS
MONTES, E NÃO TIVESSE AMOR, NADA SERIA.

E AINDA QUE DISTRIBUÍSSE TODOS OS MEUS


BENS PARA SUSTENTO DOS POBRES, E AINDA
QUE ENTREGASSE O MEU CORPO PARA SER
QUEIMADO, E NÃO TIVESSE AMOR, NADA DISSO
ME APROVEITARIA.

I C O R Í N T I O S 13:1-3
DlAl

E ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que


transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.
1 Coríntios 13:2

Amar a Deus e aos outros é realmente o objetivo da vida.


Não importa quem você é ou o que você faz, mas se você
viverá uma vida de amor ou não. E há uma grande diferença
entre os dois. Um é inestimável... e o outro insignificante.
O amor é o ingrediente mais importante para um rela-
cionamento significativo. E fundamental para o significado
verdadeiro. A sua qualidade de vida está diretamente ligada à
quantidade de amor que jorra em você e através de você para
outros. Apesar de ser muitas vezes negligenciado, o amor é
infinitamente mais valioso que riquezas, famas ou honra.
Elas passarão, mas o amor permanecerá. Você pode ser pre-
enchido sem essas coisas, mas não sem o amor.
A falta de amor deixa um vazio devastador. Quando ele
não está presente, sua espiritualidade se torna superficial,
seus atos beneficentes tornam-se egocêntricos e seus sacri-
fícios tornam-se insinceros. Em qualquer relacionamento
onde o amor não é a sua motivação, você pode esperar que
seja frio e insatisfatório — se não insignificante. Quando
perguntado pelo maior mandamento da vida, Jesus resumiu
desta forma: amar a Deus com tudo o que você é e ao seu
próximo como a ti mesmo. Você adotará uma vida de amor?

••&& DESAFIO DA SEMANA csso?


Comece a orar nesta semana: "Senhor, ensina-me o que
é o amor verdadeiro e faça de mim uma pessoa amável."
DIA 2

Forque o amor de Cristo nos constrange


2 Coríntios 5:14

A raiva pode abastecer o ódio no coração do homem


até ele ficar a ponto de atacar o seu inimigo, mas o amor
pode estimular a gentileza no coração dele a ponto de dar
a sua vida pelo seu amigo. O egocentrismo pode levar uma
mulher a fechar as mãos e acumular seus recursos, mas o
amor pode inspirá-la a abrir suas mãos e dar sacrificialmen-
te. O amor é o motivador mais puro e mais poderoso, ele dá
coragem ao covarde e sabedoria ao tolo.
Quando o amor invade o seu coração, você é revestido
de um poder que sofre dor profunda, um poder que paga
com disposição um alto preço e que arrisca sua reputação
pela causa do outro. O amor faz um soldado dar a vida pelo
seu país, uma mãe orar incansavelmente pelo seu filho e
um Deus gracioso enviar Seu único Filho para morrer pelos
nossos pecados. O amor é poderoso.
O apóstolo Paulo sofreu açoites, perseguição intensa
e necessidades em sua vida. Ele fez isso apenas por uma
razão: "O amor de Cristo" o convenceu. Se o amor começar
a abastecer suas decisões, o que ele o levará a fazer em seu
casamento?

VÁ MAIS FUNDO
Leia I Coríntios 13. Após lê-lo, leia novamente os ver-
sos 4-7- Desta vez substitua as palavras "amor" ou "ele"
pelo seu primeiro nome. Depois feche em oração e peça
ajuda a Deus para fazer disso uma realidade em sua vida.
DIA 3

Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor,


estes três, mas o maior destes í o amor.
I Coríntios 13:13

O amor é fundamental para o sucesso em um casamento,


e não os seus sentimentos atuais de romance ou satisfação
sexual. Não uma posição financeira segura ou até mesmo o
comportamento do seu cônjuge. Tudo isso pode mudar de
acordo com as circunstâncias, e mudarão. Mas, quando as
tempestades se levantam e as condições pioram, os casamen-
tos guiados pelo amor permanecem e enfrentam até mesmo
os problemas mais difíceis sem desistirem.
Quando casamentos desmoronam, geralmente os casais
alegam que foi por causa das suas diferenças irreconciliáveis.
Mas, o amor genuíno é um mestre em reconciliação. Quan-
do o amor assume o controle, ele nos convence a humil-
demente pedir desculpas e tomar inteira responsabilidade
pelos nossos fracassos, e então, a perdoar completamente o
que o nosso cônjuge nos fez. Repetidas vezes.
Casamentos alegres são construídos sobre a honestidade,
o respeito, o compromisso, perdão e persistência. E o amor
constantemente inspira todas essas coisas a crescerem e
florescerem dentro de nós.
Apesar de o amor ir muito além do casamento, ele é a
chave dada por Deus para o sucesso do matrimónio. Você
pode remover a maioria dos prazeres que você e seu cônjuge
compartilham, mas o seu casamento depende do amor.

^& DESAFIO DA SEMANA


Continue orando esta semana: "Senhor, ensma-me o
que é o amor verdadeiro e faça de mini uma pessoa
amável."
DIA 4

A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis
uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei.
Romanos 13:8

O amor definitivamente preenche todas as leis de Deus.


Ele nos persuade a viver tudo o que é bom e nos proíbe
fazer o que é mau. Toda ação de ódio, decepção sutil ou
infidelidade é cancelada quando o amor assume o comando
em nosso coração. O amor a Deus nos faz obedecê-lO e
manter o Seu justo lugar de honra em nossa vida. Se fizer-
mos assim, por padrão não pecaremos contra o Seu nome.
O amor para com os outros transforma o nosso compor-
tamento para melhor e neutraliza as más intenções, assim
como a luz dissipa as trevas.
Homens que agem assim não enganarão ou desprezarão
sua esposa ou o seu próximo. Quando o amor preenche a
boca de uma mulher, ela encoraja a sua família ao invés de
destruí-la. Quando o seu foco é o amor, você naturalmente
demonstrará a paciência, a gentileza e a ternura. Em lugar
de tentar forjar ações corretas e atitudes, deixe o amor ser a
sua primeira resposta e a sua posição padrão. Então, você é
programado a viver sob qualquer circunstância graciosamen-
te e a fazê-lo sem arrependimentos.

VÁ MAIS FUNDO eas?


Leia Romanos 13:8-10 e estude a explicação de Paulo
sobre como o amor preenche todas as leis de Deus.
DIA 5

Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleça,


e de amor, e de moderação.
2 Timóteo 1:7

Quando um filme é classificado como uma história de


amor, entendemos que é primeiramente um filme destinado
a mulheres. Se a trama não contiver luta, sangue ou explo-
sões, os homens o rejeitarão com satisfação. Mas, o verda-
deiro amor não é meramente um trabalho para mulher. Ele
está na essência da humanidade, transformando homens em
criaturas fortes e corajosas.
O amor faz o homem colocar de lado os comportamen-
tos infantis e abraçar as suas responsabilidades para condu-
zir a sua família. Ele o faz defender sua esposa, prover para
os seus filhos, e até mesmo dar a sua vida se eles estiverem
em perigo. O amor motiva o homem a confrontar a injustiça
e criar padrões extremos em prol daquilo que ele acredita,
como cruzar um oceano para lutar pelo seu país.
Jesus foi o homem mais amoroso que já caminhou na
Terra e permanece como o exemplo perfeito de masculi-
nidade. Com paixão, Ele confrontou o maligno, expulsou
demónios e censurou hipócritas religiosos. Por amor, Ele
serviu sacrificialmente, resgatou o quebrantado de coração,
e dispostamente morreu pelos pecados do mundo. Homens
reais adotam esse amor como força impulsora para fazerem
corajosamente o que os meninos meramente sonham fazer.

*&2) DESAFIO DA SEMANA e ÍV?


Continue orando esta semana: "Senhor, ensina-me o que
é o amor verdadeiro e faça de mim uma pessoa amável."
DIA 6

Esta é a mensagem que ouvistes desde o princípio: que


nos amemos uns aos outros.
I João 3:11

Pessoas de todas as nações, tribos e línguas têm isso


em comum — todos anseiam ser amados. Isso é natural,
foi Deus quem deu, é para toda a vida e profundamente
sentido. "Alguém, por favor, poderia me amar?" é o clamor
implícito de outdoors, shows de televisão, revistas e camisas.
Trabalhamos constantemente para que os outros notem
nossa dignidade e nos valorizem com suas atitudes. Nós até
nos entregaremos a alguém com esperanças de receber amor
em retorno. Mas, ironicamente, as pessoas raramente tiram
o foco de si mesmas para que possam encontrar esta neces-
sidade em outros. De forma egoísta, podemos até ignorar
nosso cônjuge. Mas ele ou ela precisa do mesmo que nós.
O amor, contudo, é a nossa primeira responsabilidade no
casamento. No altar, você não prometeu um amor para toda
a vida? Você não é aquele que Deus deu o privilégio de pre-
encher o tanque de amor do seu cônjuge? E lembre-se disso:
quando o seu cônjuge merecer menos o seu amor, é quando
ele mais precisa dele. Ninguém na face da terra é mais estra-
tegicamente posicionado, ordenado e chamado para amar o
seu cônjuge do que você.

<&& ORAÇÃO ©SVP


"Senhor, obrigado pelo cônjuge que o Senhor me deu.
Ensina-me a amá-lo de maneira que alcance suas neces-
sidades e honre ao Senhor. Em nome de Jesus, amém."
DIA 7

...afim de, estando arraigados efundados em amor...


Efésios 3:17

Quando plantamos uma semente em um solo fértil,


esperamos que ela germine. E assim como as flores, em uma
estufa, são supridas com o ambiente adequado para o seu
crescimento, assim um lar cheio de amor provê a atmosfera
ideal para as pessoas florescerem.
Sabemos que crianças que crescem em famílias amorosas
tendem a dormir mais profundamente, se desenvolvem mais
e arriscam ir mais longe que aquelas que nunca estão segu-
ras do amor de seus pais. Da mesma forma, quando você
provê um solo amoroso, seguro para o seu cônjuge crescer, a
probabilidade de ele florescer com confiança, sabendo que é
valorizado e está seguro, é bem maior.
O que acontece quando alguém é amado ao longo dos
anos? Suas necessidades são supridas, seus sonhos enco-
rajados, opiniões são ouvidas e sucessos louvados. Ele (a)
está seguro (a) da sua paciência e perdão quando falham, e
são livres para se expressarem honestamente sem medo do
seu julgamento. Ele (a) irá até vencer estações intensas de
decepção com a estabilidade do seu suporte amoroso. Ad-
mita isso — temos que amar para sermos amados da mesma
forma.

PERGUNTAS
Como o seu cônjuge será afetado vivendo com você no
futuro? Ele se tornará radiante ou triste? Confiante ou
irado? Você ousará criar um ambiente amoroso para o
seu cônjuge crescer nele?
DIA 8

Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração,


Mateus 22:3 5

Amar o seu cônjuge mais do que a Deus é uma forma


de idolatria. Muitos casamentos sofrem dessa inversão. A
idolatria coloca a criatura acima do Criador. O Senhor deve
sempre ser o primeiro e o principal objeto da nossa afeição.
Ele nos criou para amá-lO e algo inexplicavelmente lindo
acontece quando direcionamos tudo o que somos no delei-
tar de tudo o que Ele é. Essa é a adoração digna ao único
que é digno.
Se amar é a maior coisa que você pode fazer, então amar
com tudo o que você é, é a maior expressão que você pode
demonstrar. Além disso, Deus é o maior objeto do amor, en-
tão desperte para o inestimável propósito que lhe foi dado.
Você é condicionado, ordenado e convidado a fazer a maior
das coisas da melhor maneira para aquele que é grande. Não
há maior chamado, o seu é o mais importante entre toda
a criação porque você foi feito à Sua imagem e é exclusi-
vamente designado para expressar amor de maneira que o
restante da natureza não pode.
Abrace esse privilégio eterno. Deixe que cada respirar seja
uma oportunidade para aprender a amar melhor a Deus, que
primeiro lhe amou.

sms DESAFIO DA SEMANA «sss>


Comprometa-se esta semana a priorizar alguns minu-
tos com Deus todos os dias. Inclua oração e leitura da
Palavra.
DIA 9

Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus, quando amamos


a Deus e guardamos os seus mandamentos.
I João 5:2

Colocar Deus em primeiro lugar abençoa o seu casamen-


to mais do que qualquer outra prática. Tudo na vida ganha
um novo valor e significado quando se torna instrumento
para você viver o seu amor por Deus. Em lugar de colocar
você no centro dos seus relacionamentos, toda a sua energia
e recursos devem ser ferramentas para adorá-lO. Um mari-
do pode pensar que seu casamento sofreria caso colocasse
em Deus o seu maior prazer. Pelo contrário, o matrimónio
florescerá à medida que esse marido se aproxima daquele
que criou o casamento e que ama a sua esposa infinitamente
mais do que o mesmo. Deus entende melhor que qualquer
pessoa as necessidades do seu casamento.
Quando você permanece no amor de Deus, o amor que
você tem pelo seu cônjuge crescerá até transbordar. Desfru-
tar diariamente do Seu amor e expressá-lo de volta a Ele lhe
preencherá de maneiras que seu cônjuge não pode preen-
cher. Isso lhe capacita a se importar com sua noiva ou noivo
como nunca antes se importou. Quanto mais perto você
estiver dEle, mais você se parecerá com Ele, pensará como
Ele, amará o seu cônjuge apaixonadamente como Ele ama.

<&€£> VÁ MAIS FUNDO €Ssv?


Leia I João 4:19-21. De acordo com esta passagem,
por que amamos em primeiro lugar? Preste atenção em
como a Palavra de Deus repetidamente nos chama para
amar aos outros.
DIA IO

Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda


esse é o que me ama.
João 14:21

Amar a Deus é uma aventura dedicada e para a vida toda.


Não é um serviço de meio expediente ou apenas uma coisa
de domingo, mas uma devoção completa nossa de buscar
e apreciar quem Deus é. Cada pensamento, valor e ação
podem tornar-se outra maneira de dizer "Eu te amo" para
Deus. E amá-lO é o porquê perfeito para o que fazemos.
Isso começa com a confissão da nossa fé em Seu Filho Jesus
(I João 4:15; 5:1), e depois é abastecida por uma obedi-
ência constante a Ele — em tudo (João 14:21). Mas nosso
amor torna o seguir a Ele um deleite relacional ao invés de
uma obrigação religiosa (I João 5:13)- Quando diariamente
abandonamos o pecado e fazemos o que Ele diz, a paz e a
alegria que produzimos faz-nos amar a Ele ainda mais.
A Palavra de Deus diz que também amamos a Ele através
da maneira como tratamos, servimos e amamos aos outros
(I João 3:17; 4:11-21). Então cada conversa e interação
em seu casamento é uma nova oportunidade para abençoar
seu cônjuge e também demonstrar o seu amor a Deus. Em
última análise, a maneira como você respeita e ama o seu
cônjuge revela todos os dias a sinceridade do seu amor e
respeito a Deus.

DESAFIO DA SEMANA
Comprometa-se esta semana a priorizar alguns minu-
tos com Deus todos os dias. Inclua oração e leitura da
Palavra.
DIA 11

Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos


amardes uns aos outros.
João 13:35

Os bons discípulos de Deus tendem a ser bons cônjuges.


O seu papel como esposa ou marido é grandemente aprimo-
rado por ser um cristão fiel e em desenvolvimento. As pes-
soas que não possuem um relacionamento íntimo com Deus
são significantemente limitadas, destinadas a confiar em
seus próprios sentimentos, pensamentos e esforços. Quan-
do nos recusamos a obedecer aos mandamentos de Cristo,
nosso cônjuge é destinado a lidar com a queda.
Apenas aqueles que vivem em comunhão com Cristo são
capazes de abrir a Sua caixa de ferramentas para o casamen-
to. Sua Palavra irá alimentá-lo espiritualmente e equipá-lo
para toda boa obra. Seu conselho pode guiar as suas deci-
sões com a sabedoria divina. Ao invés de seu cônjuge depen-
der das suas próprias influências para mudar você, ele sabe
que o Espírito Santo já está ocupado trabalhando em você e
amadurecendo-o de dentro para fora.
Ê romântico para uma mulher ver o seu vigoroso marido
se humilhando diante de Deus. Ê inspirador para um ho-
mem ver sua esposa vivendo com convicção e paixão profun-
das. Caminhar com Deus é melhor que um milhão de livros
para casamento ou sessões de aconselhamento.

s> PERGUNTAS ©
Quais são as suas prioridades para o seu casamento?
Qual a importância do seu caminhar com Deus para
você? Você está contribuindo com o seu casamento
nesta área, ou omitindo?
DIA 12

Então disse o Senhor: Não é bom que o homem esteja só.


Génesis 2:18

A frase que se repete durante a Criação é: "isto era bom."


Água, céu, plantas e animais — tudo o que Deus fez foi
declarado pelo próprio Criador como sendo algo "bom".
Mas quando Deus olhou para a sua perfeita criação, Ele viu
que algo "não estava bom" — o homem estava sozinho. Adão
precisava profundamente de uma companhia. A amorosa so-
lução de Deus foi a criação de uma relação íntima, para toda
a vida: o casamento. Verdadeiramente "aquele que encontra
uma esposa, acha o bern" (Provérbios 18:22).
Entre as verdades que aprendemos com a Trindade é
que Deus, apesar de Um, mantém comunhão com as três
Pessoas da Divindade. Pai, Filho e Espírito Santo deleitam—
-se um no outro em uma comunhão inquebrável. Nenhum
deles fica sozinho. Esta misteriosa comunhão também é
designada para o casamento. Entre um esposo e uma esposa,
Deus oferece a comunhão mais íntima que uma pessoa pode
ter com a outra aqui na Terra. Você tem a oportunidade e
a responsabilidade a cada dia de eliminar o sentimento de
solidão natural do seu cônjuge. Não basta somente viver
junto e estar separado emocionalmente. A solidão deve ser
ausente. O amor constrói pontes entre corações solitários
para fazer de vocês grandes companhias para a vida.

-=s*2> DESAFIO DA SEMANA eas?


Comprometa-se esta semana a priorizar alguns minu-
tos com Deus todos os dias. Inclua oração e leitura da
Palavra.
DIA 13

Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e


apegar-se-á a sua mulher, e serão ambos uma carne.
Génesis 2:24

Ao final da Criação de Deus, Ele fez o primeiro casa-


mento pegando um homem, removendo parte dele e criando
outra pessoa. Então, no mistério do casamento, duas pesso-
as se unem e tornam-se uma. Adão, apesar de ser completo
apenas com Deus, teve as necessidades dadas por Deus
supridas ainda mais plenamente com Eva, seu complemen-
to, na vida. Isto é verdadeiro no casamento. O Senhor sabia
antes de você nascer que um dia você se casaria com o seu
cônjuge. E quando Ele planejou as suas diferenças de género
e peculiaridades, Deus intencionalmente criou necessidades
em vocês dois que o outro foi exclusivamente planejado para
satisfazer.
O desejo do diabo é utilizar as suas diferenças para
separá-los — agir independentemente — como se o que o seu
cônjuge traz para você fosse desnecessário. Mas o casamen-
to fez de vocês "uma só carne" e agora nenhum de vocês
deve viver sem o outro. Apesar de diferentes na personalida-
de e habilidades, vocês foram designados para experimentar
a unidade na diversidade. Não é mais apenas você. Você é
tão intimamente combinado com o seu cônjuge que juntos
vocês vivem como uma pessoa completa.

<&& ORAÇÃO &;?


"Senhor Jesus, una o nosso coração no casamento.
Ensina-nos o que significa vivermos como um. Em Teu
nome nos oramos, amém."
DIA 14

Far~lhe-ei uma ajudaâora idónea para ele.


Génesis 2:18

Vamos ser honestos — homens precisam de ajuda. Eles


tentam funcionar sozinhos, mas sistematicamente falham.
Deus planejou Adão para um propósito específico, mas
sabia que ele precisava de uma ajudadora para ter sucesso.
O título de uma esposa como "ajudadora" para o seu mari-
do soa como uma lisonja, não uma crítica. De fato, o pró-
prio Deus é referido como nosso ajudador (Salmos 124:8).
Jesus chamou o Seu Espírito de ajudador. Um marido que
tem a esposa disposta a ajudá-lo a cumprir os propósitos de
Deus para a vida dele tem um tesouro inestimável.
O casamento é uma das únicas maneiras de Deus de
mostrar para ambos, homens e mulheres, que não somos
suficientes em nós mesmos. Todos nós precisamos do nosso
cônjuge e não podemos cumprir os planos de Deus para
nós sem a ajuda dele. É por esta razão que uma mãe ou pai
solteiro (a) luta tão desesperadamente — apesar de corajosa-
mente — para ser o que os seus filhos precisam. Cada função
é dependente da ajuda do outro, e isso se torna impossível
(sem a provisão de Deus) para uma pessoa assumir os dois
papéis sozinha.

PERGUNTAS
Você pensa em ser um ajudador para o seu cônjuge?
Como você hoje pode ser uma bênção em uma área onde
ele precise da sua ajuda?
DIA 15

Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu
trabalho... E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão.
Eclesiastes 4:9,12

O casamento não é algo tão simples quanto somar um


mais um. Por ser o casamento um desígnio de Deus e por
refletir a Sua natureza ilimitada, a união de um marido e
uma esposa produz muito mais que a soma de suas partes.
Nós não apenas adicionamos à vida um do outro; nós mul-
tiplicamos a eficiência um do outro.
Alguém que pula apenas com uma perna não pode ir
muito longe, muito rápido. Mas, duas pernas juntas criam
o ato de correr — tornando-o mais rápido e levando-o mais
longe. Duas asas não apenas proporcionam o equilíbrio; elas
fazem o outro voar. Aquilo que é gerado em momentos que
passamos juntos cria uma melhora exponencial naquilo que
é realizado. Um marido e uma esposa trabalhando juntos
oferecem uma defesa sólida para a família, contra a influên-
cia de uma cultura ímpia.
Da mesma forma, um marido e uma esposa orando
juntos formam um laço espiritual, pois Deus os une em um
propósito com um só objetivo (Mateus 18:19-20). Atra-
vés da união em Seu nome e a concordância em oração, a
intercessão deles vai a outro nível. Ê quando alguém unido a
outro alguém vence.

DESAFIO DA SEMANA
Encontre um projeto de família que precise de atenção
e trabalhe nisso juntos. Faça tudo o que puder para
trabalhar como uma equipe do começo até a conclu-
são. Proponha-se a encorajar um ao outro ao longo do
caminho.
DIAI6

E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e


multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a.
Génesis 1:28

Deus amorosamente criou e honrou altamente a insti-


tuição família — tanto espiritualmente quanto fisicamente.
Ele designou o casamento de forma única com todos os
elementos para acrescentar e multiplicar famílias. Um dos
Seus grandes propósitos para o casamento é a renúncia e a
fidelidade que formam uma nova unidade familiar, consti-
tuída pela união de um homem e uma mulher de duas casas
diferentes. O casamento também é o ambiente criado por
Deus para multiplicar e reproduzir a vida através da geração
e criação de filhos.
O amor do casamento nasce da construção interna e da
expansão de planos, iniciado por Aquele que deseja que de-
mos a Ele uma descendência santa através do amor um para
com o outro (Malaquias 2:15). Esta nova família que você
originou no casamento não é simplesmente uma fundação
feita de tijolos da sociedade. A sua união e seus filhos são
um testemunho ao Deus vivo, que continua a acrescentar e
multiplicar Suas bênçãos na família terrena que expandirá
Sua família celestial.

qs«9 VA MAIS FUNDO


Leia Génesis 1:26-28 e veja qual foi o primeiro man-
damento de Deus para o homem e a mulher. Você vê o
seu casamento e seus filhos como testemunhos vivos da
bondade de Deus? Ele não lhe deu a própria vida? A sua
visão de mundo precisa ser alterada para refletir o valor
que Ele tem dado para você e sua família?
DIA 17

O Senhor faça a esta mulher, que entra na tua casa, como a


Raquel e como a Lia, que ambas edificaram a casa de Israel...
Assim tomou Boa^a Rute, e ela lhe foi por mulher.
Rute 4:11, 13

O casamento conecta famílias inteiras. O seu relaciona-


mento não é apenas uma união entre você e o seu cônjuge,
mas também um construtor de pontes entre você e uma
nova dupla de pais, irmãos, avós e primos — todos que pos-
suem algo em comum com você através do parentesco que o
seu casamento cria.
Mas, considere que esse laço tem o potencial de trazer
o melhor da comunhão, conselho, apoio e amor de ambas
as famílias para a sua própria família. Esta ligação também
exige de você grandes porções de entendimento, sacrifício,
perdão a eles em um grau bastante pessoal. Essa é uma
oportunidade contínua para você praticar o amor cristão e
uma edificante influência para os parentes e extensões da
família. Mesmo quando os atritos acontecem, o amor exige
que você busque continuamente apoiar e compartilhar vida
com essas pessoas que são parte da história, do DNA e das
emoções do seu cônjuge.

c3«9 DESAFIO DA SEMANA


Encontre um projeto de família que precise de atenção
e trabalhe nisso juntos. Faça tudo o que puder para
trabalhar como uma equipe do começo até a conclusão.
Proponha-se encorajar um ao outro ao longo do cami-
nho.
DIA 18

Mas, por causa da prostituição, cada um tenha a sua própria


mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido.
I Coríntios 7:2

O Senhor criou o casamento para nos manter sexual-


mente puros. Aquele que concedeu a beleza da sexualidade
também ordenou o casamento como Sua maneira perfeita de
desfrutarmos completamente o Seu dom. O Senhor dese-
ja que nós tenhamos as ricas bênçãos do Seu melhor. Ele
criou um contexto para a sexualidade que sempre promove o
amor, que honra a pureza, que guarda a segurança e recom-
pensa o compromisso permanente. O sexo é o santo presen-
te de Deus para selar e abençoar a aliança que o marido e a
esposa fizeram. Aqueles que buscam satisfazer seus desejos
sexuais fora do que Ele planejou, caem na venenosa armadi-
lha de pecar contra seu próprio corpo, seu cônjuge e Deus.
Se as culturas honrassem o santo desígnio de Deus, as
doenças sexualmente transmissíveis e gestações indesejadas
cessariam. O casamento é a solução ideal de Deus para a
imoralidade sexual. Quando você satisfaz as necessidades
do seu cônjuge, você está ajudando-o a caminhar na pureza.
Mas a pureza é muito mais que evitar relações amorosas. Ela
se estende mantendo os seus olhos, hábitos e ligações emo-
cionais honrando a Deus. Isto traz uma grande paz para o
seu casamento, uma paz que apenas a pureza pode oferecer.

-&m ORAÇÃO «SSVP


"Pai celestial, mantém-nos fiéis e puros em nosso casa-
mento. Ajuda-nos a nos guardar de tudo o que ameaça a
nossa intimidade e abençoe o laço que temos em nossa
relação sexual. Em nome de Jesus, amém. '
DIA 19

Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias da tua vida vã.
Eclesiastes 9:9

O casamento foi criado para proporcionar deleite. A


Bíblia diz que o homem deve regozijar-se em sua esposa e
"pelo seu amor sejas atraído perpetuamente" (Provérbios
5:19)- Ela diz que ele precisa buscar "como há de agradar à
mulher", e ela deve buscar "como há de agradar ao marido"
(l Coríntios 7:3 3-34)• Deus deseja que o casamento seja
prazeroso para vocês dois de infinitas maneiras.
Então, enquanto o amor conjugal é muito mais profundo
que as emoções, Deus o criou para ser rico em sentimen-
tos. Ele fez da interação sexual não apenas uma experiência
frutífera, mas prazerosa. Mesmo que o casamento seja uma
união que requer trabalho duro, não podemos permitir que
ele perca a alegria. Deus deseja que o sorriso no rosto do
seu cônjuge traga um sorriso no seu.
Estar com a pessoa que você mais ama não é para ser
uma obrigação ou apenas uma tarefa. Então, deleite-se no
que Deus começou e continua crescendo em você. Vocês não
nasceram para brigar, mas para se regozijarem juntos. Este
é um dos lugares chave onde a vida ligada a Ele se torna
abundante.

DESAFIO DA SEMANA

Encontre um projeto de família que precisa de atenção


e trabalhe nisso juntos. Faça tudo o que puder para
trabalhar como uma equipe do começo até a conclu-
são. Proponha-se a encorajar um ao outro ao longo do
caminho.
DIA 20

Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a


igreja, e a si mesmo se entregou por ela, para a santificar.
Efésios 5:25-26

O casamento foi planejado para nos amadurecer. Uma


esposa pode ser o instrumento de Deus para ajudar a formar
um homem diferente do garoto com quem se casou. Um
homem forte ajudará a amadurecer e polir sua esposa através
da influência positiva e interação amorosa entre eles. Bons
amigos e mentores avivam você quando está ao lado deles.
Parte do propósito do casamento é para ajudar-nos a re-
finar e fortalecer um ao outro. O seu cônjuge recebe um as-
sento na fileira da frente para ver o seu lado áspero que não
lembra Cristo. Quando o seu cônjuge expõe uma fraqueza
ou uma falha no seu caráter, a sua primeira reação deve ser
ouvir e aprender. Você deve receber isto como uma lixa do
céu, lixando você à imagem de Cristo.
O seu cônjuge permanece com você como um espelho,
refletindo e expondo quem você é. Ele ou ela está posiciona-
do como ninguém mais para revelar áreas em sua vida onde
a correção é justificada. Permita que Deus use esta pessoa
para lhe tornar mais parecido com Jesus, mesmo enquanto
Ele trabalha através de você para proporcionar crescimento
na vida dele (a) também. Você e seu cônjuge devem florescer
à imagem de Cristo estando um com o outro.

<S3£> VÁ MAIS FUNDO


Leia Efésios 5:25-26 e Romanos 8:28-29. De que ma-
neira as Escrituras dizem que podemos ajudar o nosso
cônjuge a se tornar mais parecido com Cristo?
DIA 21

Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da Igreja.


Efésios 5:32

Como a sua essência, o casamento é mais que um homem


e uma mulher apaixonados e vivendo a vida juntos. Deus
tem muitos propósitos inestimáveis para o casamento. Ele
o criou para eliminar a solidão através do companheirismo,
multiplicar nossa eficiência através do trabalho em equi-
pe, e nos amadurecer à imagem de Cristo. Ele planejou o
casamento para guardar a nossa pureza através da satisfação
sexual, construir famílias através da procriação e trazer a
alegria de caminhar em amor e unidade. Mas, o propósito
final de Deus para o casamento é um mistério escondido
maior que tudo isto junto.
Como um mestre, Deus orquestrou o casamento para
revelar a beleza da Sua glória. Na verdade, cada um dos seus
propósitos para o casamento revela uma característica de
Deus na eternidade. Nossa união e companheirismo revelam
a Sua união na Trindade. Nossa pureza honra a Sua santida-
de. Nossa procriação O reflete como criador da vida. Nosso
amor é fundado na verdade que Deus é amor. E, o nosso
amor provê um retrato do evangelho — o amor incondicional
de Cristo pelo Seu povo, Sua igreja, Sua noiva (Apoca-
lipse 21:9). O seu casamento é um mistério revelando a
Sua majestade.

=35g3? ORAÇÃO easvp


"Senhor Jesus, molde o nosso coração para glorificá-lO
através do nosso casamento. Faça o que for preciso para
mantermos um relacionamento correto contigo."
DIA 22

E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu,
adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.
Apocalipse 21:2

Haverá um tempo quando o amor e os seus muitos atri-


butos extraordinários não precisarão de muito esforço para
permanecerem. Ao invés disso, o amor fluirá tão natural-
mente de nós, que será a única coisa que iremos considerar
fazer. Será como o amor de Jesus — dado livremente e com-
pletamente desprendido.
Até lá, o casamento é um dos nossos principais instru-
tores de como o amor é para ser dado e recebido. Ele nos
ensina a ceder ao outro, nos entregar completamente sem
reservas. Ele nos ensina a amar alguém sem nos apoiar em
nossos sentimentos de como elas estão se empenhando para
nos agradar.
Dia após dia, devemos aprender mais sobre o nosso
relacionamento com Deus, vendo-o refletido em nosso
comportamento um com o outro. O casamento não é apenas
uma analogia que Ele usou para tentar descrever o Seu amor
por nós. O casamento de Cristo com a Sua noiva, a igreja, é
a última história da vida. Participando dela aqui, temos um
vislumbre de como será lá.

DESAFIO DA SEMANA
Decida dS^Snstrar paciência e de modo algSSPliga algo
negativo para o seu cônjuge. E melhor segurar a língua
do que dizer algo que possa se arrepender mais tarde.
DIA 23

Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes,


suportando uns aos outros com amor
Efésios 4:2

Ninguém gosta do fato de que a vida requer paciência.


Mas, quanto mais você aprende a amar, maior será a sua
capacidade de demonstrar paciência para com os outros. Na
verdade, paciência é um dos atributos que melhor define o
que é o amor.
Quando você escolhe ser paciente, você responde de
maneira positiva a uma situação negativa. Você é tardio em
irar-se, preferindo ter um "pavio longo" a se irritar facil-
mente. Ao invés de ser impaciente e exigente, o amor ajuda
a se acalmar e a transmitir misericórdia aos que estão ao seu
redor.
A paciência traz a calma interior em meio à tempestade
exterior. Ela escolhe controlar suas emoções ao invés de
permitir que elas lhe controlem e ela demonstra discrição
ao invés de pagar mal com mal. "Suportando uns aos outros
em amor" deve tornar-se o seu lema de todos os dias e em
todas as brigas que você tiver com o seu cônjuge.

<&m VÁ MAIS FUNDO easv?


Muitos problemas no casamento seriam evitados ou
rapidamente resolvidos se maridos e esposas seguissem
o conselho de Tiago 1:19- Estude esse versículo e pense
em como você deve aplicá-lo em seu casamento.
DIA 24

O longânítno égrande em entendimento, mas o que é de espírito


impaciente mostra a sua loucura.
Provérbios 14:29

Se o seu cônjuge lhe ofende, você revida rapidamente ou


você se controla? Você reage com raiva quando lhe tratam
injustamente? Se a resposta for sim, você está espalhando
veneno ao invés de remédio.
Ninguém gosta de estar perto de uma pessoa impaciente.
A impaciência faz você reagir com raiva, insensatez e de ma-
neiras lamentáveis. A ironia da raiva em uma situação errada
está em gerar novos erros por si só. A raiva quase nunca tor-
na as coisas melhores. Ela geralmente cria mais problemas.
Mas, a paciência paralisa o andamento do problema. Ela
permite que você respire fundo e purifique o ar. Ela age com
sabedoria e não se apressa em julgar, escolhendo, ao con-
trário, ouvir o que a outra pessoa está dizendo. A paciência
permanece na entrada enquanto a raiva deseja invadir com
violência, e aguarda para ver toda a situação antes de julgar.

q?ífi9 DESAFIO DA SEMANA <&§&


Decida demonstrar paciência e de modo algum diga algo
negativo para o seu cônjuge. É melhor segurar a língua
do que dizer algo que possa se arrepender mais tarde.
DIA 25

O homem iracundo suscita contendas, mas o


longânimo apaziguará a luta.
Provérbios 15:18

A paciência é o lugar onde o amor encontra sabedoria.


Assim como a falta dela fará do seu lar uma zona de guerra,
a prática da paciência estimulará a paz e a tranquilidade.
Responder com sabedoria é algo que todo casamento precisa
para permanecer saudável.
A paciência lhe ajuda a dar ao seu cônjuge o direito de
ser humano. Ela entende que todos falham. Quando um
erro é cometido, a paciência decide dar mais tempo do que
ele (a) precisa para corrigi-lo. A paciência lhe capacita a
permanecer firme durante os tempos difíceis do seu relacio-
namento, ao invés de lhe esgotar com as pressões. É o dom
da segunda chance, a promessa de que você irá esperá-lo (a)
o tempo que for preciso.
Acontece que algumas pessoas são tão difíceis de convi-
ver quanto com uma pessoa impaciente. O seu cônjuge pode
contar com um marido ou com uma esposa paciente?

qS5g© ORAÇÃO @Rp


"Pai, ajuda-nos a sermos paciente um com o outro. Dá-
-nos a sabedoria de sermos prontos para falar, e tardio
em irar-nos. Em nome de Jesus, amém."
DIA 26

Portanto, meus amados irmãos, todo o homem seja pronto


para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.
Tiago 1:19

A maneira como se comunica com o seu cônjuge refle-


te a condição do seu coração. Se você está com raiva por
causa de suas expectativas não correspondidas ou palavras
grosseiras ditas pelo seu cônjuge, você terá a tendência de
responder rigidamente. Mas, é aqui que o amor leva tempo
para pacientemente ouvir e demonstrar consideração a outra
pessoa, mesmo se ela não merecer. Ê preciso determinação,
mas é aqui que o amor deve tornar-se sua motivação.
Poucos de nós ouvem pacientemente, e nenhum de nós
faz isso naturalmente. Mas, o homem e a mulher sábios
verão a paciência como um ingrediente essencial no casa-
mento.
A paciência é um bom ponto de partida para demonstrar
o amor verdadeiro. Ela está bastante relacionada a um pro-
cesso, mas essa é uma atitude digna de ser adotada. Pense
nela como uma maratona, não como uma corrida de 100
metros rasos. Você pode estabelecer um novo tom em sua
comunicação, comprometendo-se a ouvir pacientemente.
Não interrompa. Não fale junto com ele (a). Certifique-se
de que o seu cônjuge disse tudo o que precisava dizer antes
de responder. E, quando você fizer isso, deixe o amor tomar
a direção.

DESAFIO DA SEMANA
Decida demonstrar paciência e de modo algum diga algo
negativo para o seu cônjuge. É melhor segurar a língua
do que dizer algo que possa se arrepender mais tarde.
DIA 27

O Senhor, o Senhor Deus, misericordioso e piedoso, tardio


em irar-se e grande em beneficência e verdade;
Êxodo 34:6

O povo de Deus sempre O conheceu como seu cria-


dor, provedor e governador de toda a criação. Mas, em um
momento chave da história — após Deus dar as Suas leis no
Monte Sinai e após o incidente do bezerro de ouro que se
seguiu — Deus revelou a Moisés outra faceta da Sua nature-
za: Sua paciência que renuncia.
A cena em Êxodo 34, como é visto através da fumaça da
glória de Deus no topo da montanha, mostra apenas dois
deles lá. O Senhor apareceu em frente a Moisés, proclaman-
do a Sua verdade à medida que Ele ia passando. Não, "Ele
não terá o culpado por inocente," mas Ele não é um Deus
que rapidamente dá lugar a Sua ira, apesar de ainda ter o
direito de fazer isso. Nosso Deus é "tardio em irar-se".
E para isso que a paciência é chamada em seu casamento
— não apenas porque o seu cônjuge se beneficia disso, mas
porque é a natureza de Deus ser "compassivo e gracioso".
Quando você é paciente com o seu cônjuge, você está sendo
como o Pai celestial.

VÁ MAIS FUNDO
Leia 2 Pedro 3:9 e estude como a paciência de Deus
está sendo demonstrada hoje em sua geração. Por que o
Senhor está demonstrando paciência ao invés de ira? O
que isso mostra a respeito do Seu coração por nós?
DIA 28

Perdoa, pois, a iniquidade deste povo, segundo a


grandeza da tua misericórdia.
Números 14:19

Em Números 13, Moisés enviou espiões para Canaã.


Mas, ao invés de confiar em Deus, eles trouxeram um
relatório cheio de medo para o povo. Após dias de rebelião,
Deus estava bastante descontente com a falta de fé que
esses líderes revelaram. Eles duvidaram da Sua habilidade de
entregar a eles a Terra Prometida.
Mas, Moisés intercedeu por este povo desconfiado. E,
quando ele orou, apelou pela amorosa paciência de Deus em
sua intercessão. Moisés dependeu da qualidade de Deus ser
"longânimo, e grande em misericórdia, que perdoa a iniqui-
dade e a transgressão" (Números 14:18). Esta foi a base
sólida da sua oração.
Da mesma forma, o seu amor paciente deve ser um atri-
buto que seu cônjuge deve estar apto a invocar a qualquer
momento, mesmo quando ele está claramente errado e a sua
raiva é justificada. Como você responderá da próxima vez
que ele precisar da sua paciência?

<^ss PERGUNTAS easv?


Você é conhecido (a) como uma pessoa paciente? As
pessoas estão calmas ao seu redor, ou preocupadas com
a sua reação? Você só é paciente quando o problema é
pequeno, ou você também pode demonstrar paciência
em todas as situações intensas?
DIA 29

ConvtrXei-vos ao Senhor vosso Deus; porque ele é misericordioso,


e compassivo, e tardio em irarse, egrande em benignidade.
Joel2:I3

A paciência de Deus é o maior tema das Escrituras. Deus


a revelou a Moisés e depois a mostrou sistematicamente ao
Seu povo. Neemias retomou isto durante a confissão dos
pecados da nação (Neemias 9:17). Davi experimentou a
paciência na busca de livramento dos seus inimigos (Salmos
86:15), assim como o perdão para os seus pecados (Salmos
103:8). Os profetas Joel, Jonas e Naum todos a experimen-
taram de primeira mão. Igualmente o apóstolo Paulo man-
teve este atributo de Deus em mente quando ele começou a
descrição do amor dizendo: "O amor é paciente; é benigno"
(I Coríntios I 3:4).
O tipo de paciência de Deus — a paciência que Ele nos
chama a adotar — não é algo ocasional. E uma resposta con-
tínua, repetitiva, que continuamos fazendo por várias vezes.
Haverá um tempo quando a paciência agirá em juízo (Nú-
meros 14:22-2 3), mas isso está muito abaixo da linha que a
maioria de nós esperamos. Ser como Deus é ser paciente.

*?& DESAFIO DA SEMANA <2?<?


Pense em uma área oncle você encontra problemas em
ser paciente com o seu cônjuge. Demonstre amor para
ele dando mais tempo para crescer nesta área. Coloque
este problema específico em oração.
DIA 30

Sua Palavra é lâmpada para os meus pés e


para os meus caminhos
Salmos 119:105

Para algumas pessoas, a Bíblia simplesmente parece


muito grande para ser compreendida. E como um desafio
impossível. Mas, como cristão, você não está sozinho para
tentar entender os maiores temas e os significados mais
profundos da Bíblia. O Espírito Santo, que agora habita em
seu coração através da salvação, é um iluminador da verdade.
' Porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as pro-
fundezas de Deus" (I Coríntios 2:10). E, por causa da sua
eterna lâmpada, as Escrituras agora são suas para ler, absor-
ver e viver segundo elas.
Se este já não é um hábito seu, agora é a hora de começar
a ler parte da Bíblia todos os dias. Idealmente, leiam juntos,
como marido e esposa — pela manhã, talvez, ou antes de
dormir. Seja como o escritor de Salmos 119, que diz: "Com
todo o meu coração te busquei; não me deixes desviar dos
teus mandamentos. Escondi a tua palavra no meu coração,
para eu não pecar contra ti" (Salmos 119:10-11).

qvglí VÁ MAIS FUNDO


Leia Salmos 119:9-16 e veja os grandes benefícios da
Palavra de Deus. Note o deleite do salmista nas Escri-
turas e seu compromisso de fazê-la parte de sua vida
diária. Vá à página 372 no apêndice e encontre uma
grande lista de bênçãos adicionais a serem encontradas
na Palavra de Deus.
DIA 31

(£/
Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O
choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.
Salmos 30:5

A raiva, sendo uma emoção poderosa, às vezes aflora


mais rápido que o seu juízo pode deter. Sentimos a raiva
crescendo dentro de nós, deixando apenas alguns segundos
para decidirmos se agimos segundo ela ou não. Mas, uma
vez que reconhecemos a sua aparência e entendemos que ela
deseja tomar conta da situação, o homem sábio ou a mulher
sábia a reprime. A raiva tende a irromper de dentro de nós,
mas o amor não dá lugar a ela.
Mesmo a ira de Deus, apesar de sempre santa e justa, é
rapidamente colocada de lado após alcançar os Seus propó-
sitos. A nossa raiva também, apesar de algumas vezes apro-
priada, deve estar sob o controle do amor. De outra forma,
ela sempre desejará escrever o roteiro do que acontecerá
depois, em lugar de desempenhar o seu papel sob a direção,
autoridade e moderação da paciência.
Se o nosso amor é parecido com o amor do Senhor, ele
deve ser tardio em irar-se, pronto para liberar e pronto a
perdoar.

-&m DESAFIO DA SEMANA ezss=


Pense em uma área onde você encontra problemas em
ser paciente com o seu cônjuge. Demonstre amor para
ele dando mais tempo para crescer nesta área. Coloque
este problema específico em oração.
DIA 32

Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a


impiedade e injustiça dos homens.
Romanos 1:18

Deus tem motivos para irar-se. Ele está sempre a disposi-


ção para se opor àqueles que se levantam contra Ele mes-
mo e contra Seu povo, como fez com o faraó egípcio que
escravizou os israelitas e os perseguiu até o Mar Vermelho
(Êxodo 15:6). Ele se ira contra aqueles que causam dor e
sofrimento ao necessitado e desprotegido (Êxodo 22:21-
24). Nos últimos dias, a Sua ira se manifestará contra aque-
les que permanecerem teimosos e que não se arrependerem
diante do Seu gracioso evangelho (Romanos 2:5-8).
Com isso, aprendemos que o amor deve irar-se com as
coisas que iram o coração de Deus, mesmo aquelas presen-
tes em nosso cônjuge. Devemos estar quebrantados quan-
do a Sua honra é atacada e Seu povo maltratado. Sim, as
Escrituras nos advertem sobre irar-nos sem causa. Mas, às
vezes, a nossa raiva tem um motivo. E, enquanto o amor nos
conduz a sermos retidos em nossas reações, ele é poderoso o
suficiente para utilizar a raiva quando questões importantes
estão em jogo. A ira justa fala a verdade em amor e prima a
restauração e não a destruição.

> ORAÇÃO OSVP


"Senhor, dê-me discernimento e sabedoria para expres-
sar uma ira justa sempre que apropriado. Use isto como
restauração ao invés de erros ainda maiores. Em nome
de Jesus, amém."
DIA 33
am^4 mm? 0

Hm vindo a soberba, virá também a afronta; mas com


os humildes está a sabedoria.
Provérbios 11:2

O que é preciso para tirar você do sério ou estimular a


sua ira? Geralmente, a situação que lhe deixa aborrecido não
é o principal problema. É o lugar e o momento que fazem a
raiva já existente em você vir à tona. As causas mais comuns
da raiva estão geralmente escondidas dentro de você, aguar-
dando, esperando uma abertura.
Uma das causas mais comuns para a raiva é o orgulho
— a sensação de que você é de alguma forma melhor, mais
correto que o seu cônjuge. Você considera o seu marido ou
esposa inferior a você, de algum modo, seja na aparência, na
inteligência ou na habilidade de lidar com o estresse? Você
acha que se recebesse a tarefa dele ou dela para cumprir você
a fana bem? Quando esses pensamentos recebem espaço
para correrem livremente em sua mente, eles provavelmente
se transformarão em discussões com o seu cônjuge. Provér-
bios 18:12 diz: "O coração do homem se exalta antes de ser
abatido e diante da honra vai a humildade".

c&g2) DESAFIO DA SEMANA S-R?


Pense em uma área onde você encontra problemas em
ser paciente com o seu cônjuge. Demonstre amor para
ele ciando mais tempo para crescer nesta área. Coloque
este problema específico em oração.
DIA 34

O tolo revela todo o seu pensamento, mas o


sábio o guarda até o fim.
Provérbios 29:11

A tolice ocupa lugar no coração humano com muita fa-


cilidade. Este fato é comumente notado sempre que somos
acusados de algo que fizemos ou dissemos. O homem sábio
ou a mulher sábia ouve e considera o que está sendo falado
contra ele (a). Se a acusação é verdadeira, ele (a) admite.
Ele (a) se responsabiliza inteiramente por isto. Mesmo se
ele (a) não concorda, recebe a reclamação com humildade —
sem ira — sabendo que Deus trará a verdade à luz.
A reação do tolo é bastante diferente. Quando o seu côn-
juge revela alguma coisa que o deixa chateado, o marido ou
a esposa tola geralmente vira a mesa. Ele (a) irá contra-ata-
car com alguma coisa que a outra pessoa fez que ou iguala a
ofensa alegada ou justifica por que agiu desta maneira.
Quando nos recusamos a buscar conselho, e o ignoramos
quando ele é dado, a raiva sempre estará por perto. O amor
nos motiva a buscar sabedoria, e aplicá-la, uma vez que a
reconhecemos.

VÁ MAIS FUNDO
Leia Provérbios 14:29 e Provérbios 15:5- O que esses
versículos ensinam sobre como a sabedoria e a tolice
respondem de maneiras diferentes a certas situações. O
que eles revelam sobre você?
DIA 35

De onde vêm as guerras e •pelejas entre vós? Porventura


não vêm disto, a saber, dos vossos deleites, que nos vossos
membros guerreiam?
Tiago 4:1

Geralmente, pensamos na luxúria em um contexto sexual


— desejar o afeto de outra pessoa, querendo nos satisfazer
com pensamentos de possui-la. Ela é uma doença desen-
freada, que se espalha rapidamente no coração humano, e
rouba a pureza do casamento. Mas, a luxúria é, na verdade,
qualquer tipo de prazer que ansiamos de maneira doentia e
prejudicial. E, de todos os tipos de luxúria, uma coisa há em
comum: a futilidade de possui-la é facilmente provocada.
"Cobiçais, e nada tendes; matais, e sois invejosos, e nada
podeis alcançar; combateis e guerreais, e nada tendes, por-
que não pedis." (Tiago 4:2). Quando você sentir que está
sendo destituído de algo que acredita que precise para ser
feliz, isso fará com que você aja de maneira desatenta. Mui-
to da sua raiva pode ser transformada em paciência se você
remover desejos impuros da sua vida. Desejos inalcançáveis
não podem fazer nada além de lhe matar. O medo interior
de não obtê-los irá sempre interferir em seu casamento.
Vamos abandonar a luxúria e deixar o amor conduzir.

=E;TÍ3 PERGUNTAS «SSVP

Existe algo que você deseje que esteja jorrando raiva


para aqueles que estão ao seu redor? Você está tolerando
desejos doentios em seu coração? Você já considerou os
benefícios que chegarão até você se você abrir mão de
tais desejos?
DIA 36

Mas o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, operou em mim


toda a concupiscência; porquanto sem a lei estava morto o pecado.
Romanos 7:8

Geralmente, a principal razão para querermos alguma


coisa é porque outra pessoa já possui o que desejamos. A
comparação entre onde estamos e onde outros estão pode
nos conduzir em direção ao descontentamento, mesmo se
estamos razoavelmente satisfeitos antes de percebermos o
que estávamos perdendo. A inveja é um sentimento perigoso
de se conviver.
Caim assassinou Abel porque o seu irmão recebeu o favor
de Deus e as Suas bênçãos. Saul se esforçou para matar
Davi, que parecia estar recebendo mais glória aos olhos do
povo do que o próprio rei. Os fariseus procuraram acabar
com Jesus porque Ele estava dominando o seu cenário religioso.
Quem sabe você tem sentido inveja da atenção que o seu
cônjuge está recebendo de outras pessoas. Talvez você se
ofenda com o fato de ele (a) passar pela porta todas as ma-
nhãs e lhe deixar em casa com as crianças. Talvez seu cônju-
ge se mantenha em forma sem esforço algum, enquanto você
sofre para manter a forma. A inveja não tratada se transfor-
mará em uma raiva colérica. Se a inveja está começando a
brotar dentro de você, então é hora de uma aut-oanálise.

=c.Tír9 DESAFIO DA SEMANA eass?


Peça a Deus para revelar qualquer área onde há inveja e
ressentimento em seu coração, para com o seu cônjuge.
Confesse-os a Deus e peça perdão, depois ouse pedir
perdão ao seu cônjuge também.
DIA 37

Eu não posso de mim mesmo fazer coisa alguma. Como ouço, assim
julgo; e o meu juízo ê justo, porque não busco a minha vontade, mas
a vontade do Pai que me enviou.
João 5:30

O filho mais velho da parábola do Filho Pródigo, con-


tada por Jesus, é um exemplo vívido de alguém que sentia
que merecia o que não possuía. Ao ver o seu irmão mais
novo sendo recebido com jantares regados a vinho apesar de
uma grande temporada de rebelião, fez este primogénito se
indignar, e não querer entrar (Lucas 15:28). Se alguém deve
ser tratado com honras, esse deveria ser ele. Anos de escra-
vidão pelo seu pai aparentemente passou despercebido.
A sua raiva nasceu de expectativas não supridas e de
direitos inflexíveis. E, quando colocamos exigências como
estas sobre o nosso cônjuge, estamos garantindo que o
fracasso dele ao atender as nossas exigências seja abastecido
com uma raiva frustrada. Quantos casamentos transforma-
ram-se em ruínas porque o marido ou a esposa, ou ambos
disseram: "Eu mereço ser feliz," e reforçaram a advertência
virando as costas?
O amor não reivindica tais direitos. Ele não utiliza as
suas próprias satisfações como um barómetro para quando
amar e quando não amar.

qs«9 VÁ MAIS FUNDO GSSQ?


Jesus tinha todo o direito de não sofrer e não morrer
pelos pecados de outra pessoa. Ele poderia ter reagi-
do com ira contra a vontade do Seu Pai celestial. Leia
Mateus 26:36-42 e note como Ele, ao invés disso, abriu
mão dos seus direitos. Você não está tehz com o que Ele
fez? O que pode acontecer se você fizer a mesma oração
que Ele?
DIA 38

Vós, maridos, amai a vossas mulheres, e não vos irriteis contra elas.
Colossenses 3:19

A amargura conduz à raiva constante. O veneno da


amargura pode surgir de qualquer tipo de circunstância. Ela
pode ser impregnada em uma pessoa na infância, ou crescer
como uma semente com o passar do tempo após um evento
ou uma perda particular. Mas, a amargura irá invariavelmen-
te colorir uma ou mais decepções que fizeram-na aumentar.
Quando a raiva não resolvida começa a exasperar no cora-
ção de uma pessoa, o resultado é um padrão consistente de
resistência e falta de perdão.
Efésios 4:3 I coloca a amargura junto com "ira, e cólera,
e gritaria, e blasfémia", mostrando que ela é um ingrediente
de uma mistura amarga de emoções desagradáveis e fáceis de
serem postas em prática. Mas, o amor, recusando permitir
que a amargura crie raiz, tem sucesso ao manter todos os
outros ingredientes afastados também.
Dê permissão ao seu cônjuge de apontar o primeiro sinal
de amargura ou irritação em seu comportamento e em suas
atitudes. Isso impedirá que a raiva contamine o seu relacio-
namento.

DESAFIO DA SEMANA
Peça a Deus para revelar qualquer área onde há inveja e
ressentimento em seu coração, para com o seu cônjuge.
Conresse-as a Deus e peça perdão, depois ouse pedir
perdão ao seu cônjuge também.
DIA 39

No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.


João 16:33

Expectativas irreais levam a uma vida de frustrações e


de decepções. Poucos de nós querem aceitar o fato de que a
vida pode ser dura. Apesar de ouvirmos outros sofrendo e
ouvi-los falar sobre suas dificuldades, pensamos que a nossa
vida e casamento serão diferentes. Insistimos em suposi-
ções idealistas a respeito da maneira como o nosso cônjuge
irá nos tratar, o tipo de casa que iremos morar, a boa saúde
que sempre teremos. Não vemos muitas indicações para nos
preparar para decepções.
Mas Jesus era certamente sincero com os seus discípulos
quando chegou a hora de dizer o que esperar da vida. E se
queremos evitar a raiva que nasce da desilusão e do exaspero
com as coisas — e com as pessoas, incluindo o nosso cônju-
ge — não insistiremos na perfeição delas. Não basearemos
nosso humor em como as coisas estão acontecendo. Coloca-
remos nossa confiança em Deus, que nunca muda, e esco-
lheremos ficar satisfeitos com uma vida que pode mudar de
um momento para o outro.

<&m VÁ MAIS FUNDO «


Leia I Pedro 4:12-16 e veja como Pedro ajudou outros
a manter suas expectativas realistas e a honra a Deus,
mesmo em tempos de dificuldades. Note como ele os
preparou e os encorajou ao mesmo tempo.
DIA 40

Dizia eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões;


e tu perdoaste a maldade do meu pecado.
Salmos 32:5

Quanto mais você vive no pecado, mais ira você tem em


sua vida. Quanto mais você trabalha para manter-se longe de
ser exposto ou responsabilizado, mais rápido o seu gatilho
irá desparar quando essas áreas escondidas forem atacadas.
O depósito do pecado no coração humano distorce o
nosso senso de realidade e equilíbrio. Davi revelou o seu
quando os seus pecados de adultério e assassinato foram
descobertos. Sua grande sensibilidade se acendeu através da
energia que ele gastou para não ser descoberto, fazendo-o
enfurecer-se com a repreensão do profeta. Ele agiu com
indignação contra qualquer um que ousasse cometer atos
como estes. Mas "você é este homem", proclamou o profeta
Natan. O pecado oculto deixara Davi facilmente irritado.
Seja diligente todos os dias para menter-se aberto e vul-
nerável diante do Senhor e diante do Seu cônjuge. O pecado
está sempre em busca de um lugar para ficar. Certifique-se
de que ele ache o seu coração um lugar importuno.

?«3 DESAFIO DA SEMANA ea-fò


Peça a Deus para revelar qualquer área onde há inveja e
ressentimento em seu coração, para com o seu cônjuge.
Confesse-as a Deus e peça perdão, depois ouse pedir
perdão ao seu cônjuge também.
DIA 41

Antes, exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo


que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo
engano do pecado;
Hebreus 3:13

Bons conselheiros para casais lhe advertem antes que


você tome uma decisão errada. Eles lhe encorajam quando
você está prestes a desistir, e eles se regozijam quando você
alcança novos níveis de intimidade em seu casamento. Eles
se tornam um componente chave na maneira como Deus lhe
abençoa e lhe protege.
Você conhece um casal mais velho ou um amigo do
mesmo sexo a quem você possa pedir bons conselhos, apoio
em oração e prestar contas regularmente? Você conhece
alguém que fala sinceramente com você? Você e seu cônjuge
precisam desses tipos de amigos e mentores em uma base
coerente.
Para encontrar um bom conselheiro, busque uma pessoa
que já possui o tipo de casamento que você deseja. Busque
uma pessoa para quem Cristo venha em primeiro lugar.
Busque uma pessoa que não vive segundo suas próprias opi-
niões, mas pela imutável Palavra de Deus. Comece orando
para que Deus mande este tipo de pessoa ou casal para sua
vida, e esteja atento a maneira como Ele responderá.

HP*L*> ORAÇÃO CESQF


"Senhor, envie-nos bons conselheiros para casais que
nos encorajará e a quem possamos prestar contas. Dá-
-nos um coração moldável para aprendermos com eles e
aplicarmos o que eles nos ensinam. Em nome de Jesus,
amem.
DIA 42

A prudência do homem fazjreter a sua ira, e églória sua


o passar por cima da transgressão.
Provérbios 19:1I

Uma das melhores ferramentas para retardar a raiva é ter


respostas premeditadas para cada ofensa que possa surgir. E
se o seu cônjuge esquecer o seu aniversário de nascimento
ou outra data importante para vocês, por exemplo — qual
seria a melhor maneira para lidar com essa situação? Você
pode decidir antes do tempo disso acontecer, você não per-
mitirá que isso lhe deixe culminar em uma profunda raiva.
O Salmo 78, que recorda o comportamento de Deus para
com o Seu povo, mostra que os israelitas antigos foram en-
ganadores, infiéis e persistiram no pecado. Ele, porém, que é
misericordioso, perdoou a sua iniquidade; e não os destruiu,
antes muitas vezes desviou deles o seu furor, e não desper-
tou toda a sua ira (verso 38). Ele preferiu adiar a Sua ira,
aproximando-se do lado da paciência e da compaixão. Nós
também podemos decidir de antemão que não permitiremos
que nenhuma indiferença da parte do nosso cônjuge desper-
te qualquer resposta iracunda. Prepare-se para ser paciente.

PERGUNTAS
O que aconteceria se você decidisse adiar a sua raiva
antes de expressá-la? E se você escolhesse buscar mais
informações e concluir com a atitude mais sábia antes
de se permitir responder?
DIA 43

A glória de Deus está nas coisas encobertas; mas a honra


dos reis, está em descobriras.
Provérbios 25:2

Aqui está outra promessa premeditada que você pode


fazer para o seu cônjuge. Quando você percebe que está
ficando irritado por alguma coisa que outro fez ou disse,
coloque a sua raiva em espera até que possa analisar todos
os fatos. Provérbios 18:1 3 diz: "O que responde antes de
ouvir comete estultícia que é para vergonha sua."
Às vezes, existe uma razão para o que aconteceu. Na
verdade, o que ele (a) fez pode ter sido a melhor escolha a
ser feita, dadas as circunstâncias. Outros fatores podem ter
deturpado a situação. Talvez ficar aborrecido (a) com você
por pagar uma conta atrasada esteja mais relacionado com o
sentimento de frustração que já estava dentro dele (a).
Antes de agir a sua própria maneira, pergunte algumas
coisas. Investigue. Experimente sentar-se com o seu cônju-
ge e chegar ao coração do problema. E mesmo que as suas
suspeitas se confirmem — mesmo que as razões dele lhe
irritem — dê a ele o benefício da dúvida. A sua raiva prova-
velmente não evitará que isso aconteça mais uma vez. Mas, a
sua amorosa paciência sim.

^& DESAFIO DA SEMANA es???


Escreva uma lista com cinco coisas que o seu cônju-
ge tem feito e que têm lhe irritado. Peça paciência e
sabedoria a Deus, e peça para que nenhuma amargura se
abrigue em você. Rasgue a lista e jogue-a fora como um
ato de amor.
DIA 44

Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me,


e conhece os meus pensamentos.
Salmos 139:23

Uma resposta com raiva é geralmente uma luz de aviso


revelando que há algo errado no coração de vocês. A raiva
pode arrepiar o nosso pescoço por muitas razões. Somos
sábios, portanto, para fazermos perguntas a outras pessoas
antes de permitir que nossa raiva preencha todas as lacunas
e siga o seu próprio caminho. Mas isso também deve ser um
sinal de que devemos perguntar algumas coisas a nós mes-
mos.
A minha raiva está fluindo como fruto de egoísmo da
minha parte? Jesus ficaria irritado nesta situação? Esse
acontecimento recente está me deixando irritado (a) com
alguma coisa do passado que eu já prometi perdoar? Es-
tou confrontando os pecados do meu marido ou da minha
esposa sem ao menos tratar com os meus próprios pecados?
Como eu gostaria que o meu cônjuge respondesse se eu
fizesse a mesma coisa com ele?
Decida com antecedência transformar os seus sentimen-
tos de raiva em algo que lhe incentive a buscar respostas em
seu coração. Cavando profundamente, você deve descobrir
que está se permitindo ficar aborrecido por motivos com-
pletamente errados.

<&g2> VÁ MAIS FUNDO e^Sv?


Leia Lamentações 3:39-40 e considere a razão que é
dada para não reclamarmos mais e começarmos uma
autoanálise.
DIA 45

E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para


o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados
segundo o seu propósito.
Romanos 8:28

Pessoas sábias não avaliam a vida pela maneira como se


sentem em um dado dia. Elas não julgam os atos de Deus
pela rapidez e eficiência com que responde as suas orações
ou pelo nível de paz que traz para dentro de suas casas. Mes-
mo quando há coisas que dão motivos para aborrecimentos
e um cônjuge que não esteja cooperando, o marido ou a
esposa amorosa sabe que está olhando apenas parte do cenário.
Deus pode pegar qualquer coisa e utilizar para o seu
bem e Sua glória. Ele pode transformar uma discórdia tensa
entre você e seu cônjuge em algo que prove o Seu poder
de cura. Ele pode ser referido como o vingador (Romanos
12:19), livrando você da responsabilidade do juízo e do
júri. E, mesmo quando tudo parece estar dando errado,
você pode estar certo de que "Porque o Senhor Deus é um
sol e escudo; o Senhor dará graça e glória; não retirará bem
algum aos que andam na retidão" (Salmos 84:11). A sua
raiva revela que você não está confiando no Deus soberano.
Não permita que a sua raiva estrague o que Deus tem para a
sua vida.

*&£9 DESAFIO DA SEMANA


Escreva uma lista com cinco coisas que o seu cônjuge
tem feito e que têm lhe irritado (a). Peça paciência e
sabedoria a Deus, e peça para que nenhuma amargura se
abrigue em você. Rasgue a lista e jogue-a fora como um
ato de amor.
DIA 46

E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se


a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz^ e siga-me.
Lucas 9:23

Se há algo que se destaca entre todas as outras coisas


para que a raiva habite em você, é o desejo egoísta. Nós
acordamos pensando em nós mesmos. E, se não fizermos
algo intencionalmente para frustrar esses pensamentos,
gastaremos o resto do dia — e o resto da nossa vida — servin-
do às exigências dos nossos desejos carnais. Essa é a nossa
natureza caída. É assim que a raiva se alimenta.
Então, aceite o trabalho duro de evitar que suas preferên-
cias individuais dominem seu casamento. E, considere essa
uma tarefa de tempo integral. Negue os seus desejos carnais
e deixe o amor substituí-los. Enfrente qualquer situação
com o seu cônjuge — especialmente aquela que um argumen-
to em potencial está para ser dito — com a decisão inicial
de remover todos os desejos e direitos da linha disponível.
Quando você morre para si mesmo, a raiva não tem o que é
necessário para a sua sobrevivência.

<&& VÁ MAIS FUNDO m*p


Leia Lucas 9:23-27 e estude o chamado desafiador do
sacrifício pessoal que Jesus dá nesta passagem. Consi-
dere as consequências a longo prazo que Ele cita para
quem não morrer para si mesmo.
DIA 47

Imi-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira.


Efésios 4:26

O amor não peca em sua ira. Vendo sob uma perspectiva


espiritual, a raiva nem é certa e nem errada. Mas, obviamen-
te, ela encontra muitas outras maneiras para se comportar
de modo profano do que a cumprir os santos propósitos de
Deus. O que faz a raiva se tornar um pecado são os objetos
da sua fúria e as atitudes que resultam dela. Mesmo a raiva
justificável pode nos conduzir a pecar se não formos caute-
losos.
A raiva no casamento apresenta uma ampla ameaça. Ima-
gine o seu lar sem poucos problemas, mas com a presença
da raiva para torná-lo agitado e perturbado. Imagine o seu
relacionamento com a mesma história e os mesmos proble-
mas, mas sem a raiva sempre lembrando você do seu passado
e sufocando as suas esperanças para o futuro.
Quando você promete não misturar a raiva com o pe-
cado, o seu casamento se torna um lar para a alegria, paz,
liberdade e compromisso renovado. Você será grato pelo dia
em que parou, para sempre, de permitir que o sol se pusesse
sobre a sua ira.

9 DESAFIO DA SEMANA
Escreva uma lista com cinco coisas que o seu cônju-
ge tem feito e que têm lhe irritado. Peça paciência e
sabedoria a Deus, e peça para que nenhuma amargura se
abrigue em você. Rasgue a lista e jogue-a fora como um
ato de amor.
DIA 48

Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos,


perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos
perdoou em Cristo.
Efésios4:32

A bondade é o amor em ação. Se a paciência é a maneira


pela qual o amor reage para minimizar uma circunstância
negativa, a bondade é a maneira como o amor age para maxi-
mizar uma circunstância positiva. A paciência evita o proble-
ma; a bondade abençoa. Uma é preventiva, a outra é ativa.
Estes dois lados do amor são a pedra fundamental onde são
construídos muitos dos outros atributos que discutiremos.
O amor lhe faz bondoso, e a bondade lhe torna agradá-
vel. Quando você é bom, as pessoas desejam ficar ao seu
redor. Elas vêem você como sendo bom com elas e para elas.
Ela também é contagiosa. Quando alguém demonstra
bondade genuína a você, isso faz com que você deseje fazer
a mesma coisa em retorno. Mas, uma pessoa amorosa e ma-
dura não irá sempre esperar para responder com gentileza.
Ela é, ao contrário, a primeira a demonstrá-la. Você é esse
tipo de pessoa em seu lar, com o seu cônjuge?

<&& PERGUNTAS essv?


O que aconteceria em seu casamento se a passagem de
Efésios 4:32 mencionada acima se tornasse um proce-
dimento padrão? Considere como seu relacionamento
vertical com Deus deve guiar e impactar diretamente sua
relação horizontal com os outros.
DIA 49

Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao teu


pescoço; escreve-as na tábua do teu coração. E acharás graça e bom
entendimento aos olhos de Deus e do homem.
Provérbios 3:3-4

Pessoas bondosas acham favor aonde quer que vão, até


mesmo em casa. A bondade é atraente porque valoriza a ou-
tra pessoa e a honra com gentileza e respeito. Quando você
é movido pela bondade, você é cuidadoso no modo como
trata seu cônjuge, nunca sendo rude. Você é sensível, tenro.
Mesmo quando precisar dizer coisas duras, fará um grande
esforço para que a sua censura ou provocação soe o mais
leve possível.
Esta é a atitude de falar a verdade em amor, o que poucos
de nós temos a tendência de fazer naturalmente. Sentimos
que se nossas palavras são verdadeiras, o tom da comuni-
cação deve também ser aceito. Mas, o amor encontra favor
falando com bondade, esfriando o calor da discussão. Isto
permite que o foco esteja na verdade da sua colocação, e não
na maneira como ela foi transmitida. Uma dose de gentileza
realmente ajuda a verdade descer melhor.

<&m ORAÇÃO GSTSP


"Pai celestial, ajuda-me a caminhar em bondade e
verdade. Da-me a perspicácia de segurar a minha língua
até que eu filtre minhas palavras através dos padrões da
honestidade e do amor. Em nome de Jesus, amém."
DIA 50

O homem bom cuida bem de si mesmo,


mas o cruel-prejudica o seu corpo.
Provérbios 11:17

Ser prestativo significa que você supre as necessidades


do momento. Você se torna mais generoso. Se forem os
afazeres domésticos, você se ocupa com eles. Um ouvido?
Você dá o seu. A bondade agracia a esposa com a habilidade
de servir ao marido sem se preocupar com os seus próprios
direitos. A bondade torna o marido curioso para saber as
necessidades da esposa, e depois o motiva para ser aquele
que fará de tudo para suprir essas necessidades — mesmo
que as dele sejam postas em segundo plano.
Não foi a bondade uma das principais coisas que uniram
você e seu cônjuge em primeiro lugar? Quando se casou,
você não esperava curtir a bondade dele para o resto de sua
vida? O seu cônjuge não esperava o mesmo de você, achando
que sempre podia contar com o seu desejo de ser prestativo?
Mesmo que os anos sejam capazes de afastar essa esperança,
a alegria no casamento ainda está ligada ao nível diário de
bondade expressa.

DESAFIO DA SEMANA
Encontre maneiras de demonstrar bondade através de
gestos inesperados para o seu cônjuge durante esta
DIA 51

Que façam bem, enriqueçam em boas obras, repartam


de boa mente, e sejam comunicáveis;
I Timóteo 6:18

A bondade lhe inspira a ser agradável. Ao invés de ser


obstinado, relutante ou teimoso, você coopera, é flexível. Ao
invés de reclamar ou dar desculpas, você busca razões para
se comprometer e ajudar. Um marido gentil acaba com mi-
lhares de argumentos em potencial, tendo boa vontade para
ouvir primeiro ao invés de exigir que as coisas sejam feitas à
sua maneira. Uma esposa sábia mostra respeito pela decisão
final do seu esposo, mesmo quando ela possui uma visão
diferente. A bondade lhe faz estar disposto a parar, pensar e
avaliar, não desprezar imediatamente a opinião do outro.
Quando estamos dispostos a ouvir, a compartilhar e
a considerar os outros antes de nós mesmos, abrimos as
portas para a paz, o amor e para as bênçãos. Sim, é necessá-
rio sabedoria e maturidade para sempre escolher o caminho
certo, mas essa é uma estrada que conduz aos benefícios que
sempre desejamos para nós mesmos. Estas consequências
esperam por aqueles que estão decididos e dispostos, que
não fecham seu coração para o seu cônjuge.

VÁ MAIS FUNDO
Leia a prestação de contas do rei Roboão em 2 Crónicas
10 (principalmente nos versos 6- II e 18-19) e como a
sua falta de bondade dividiu completamente o seu remo.
Como isso influencia a maneira como trata aqueles ao
seu redor?
DIA 52

Revestidos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados,


de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade,
mansidão, longanimidade.
Colossenses 3:12

A bondade pensa à frente, e dá o primeiro passo. Ela


não se senta esperando ser estimulada ou forçada a sair do
sofá. O marido ou a esposa gentil será o que cumprimenta
primeiro, sorri primeiro, serve primeiro e perdoa primeiro.
Ele (a) não espera o outro agir para então demonstrar amor.
Jesus descreveu de forma criativa a bondade do amor na
parábola do Bom Samantano, encontrada na Bíblia — Lucas,
capítulo 10. Um homem judeu atacado por assaltantes foi
deixado quase morto em uma estrada deserta. Dois líde-
res religiosos, respeitados no meio do povo, passaram pelo
outro lado decidindo não parar. Mas, um homem comum
de outra etnia para a fim de ajudar o homem. Enfaixando-
lhe as feridas ele o carrega até um lugar seguro e paga todas
as despesas médicas. Tomando a iniciativa, esse samaritano
demonstrou a bondade verdadeira de todas as maneiras pos-
síveis. Quando agimos segundo a bondade, vemos as neces-
sidades, e então tomamos a atitude. Primeiro.

DESAFIO DA SEMANA
Encontre maneiras de demonstrar bondade através de
gestos inesperados para o seu cônjuge durante esta
semana.
DIA 53

Ou despregas tu as riquezas da sua benignidade, e paciência


e longanimidade, ignorando que a benignidade de Deus te leva
ao arrependimento?
Romanos 2:4

Ela é a razão para os nossos olhos presenciarem um pôr-


-do-sol de tirar o fôlego, nossos ouvidos curtirem melodias
bonitas, nossos braços sentirem um caloroso abraço. A vida
poderia ser uma eterna miséria. Mas, ao invés disso, Deus
nos permite curtir isso... por causa da Sua misericórdia.
Quando você descobre o quão bondoso Deus é, inúmeras
questões são facilmente respondidas. Por exemplo, por que
Deus não nos mata quando pecamos? Por que Ele adia o
juízo e nos dá tempo para nos arrependermos? Esta é a sua
bondade (Romanos 2:3-6). Como pode pecadores desme-
recedores receber essa bondade através da fé em Seu filho?
Por que o céu não é alcançado pelas nossas boas ações?
Deus não é injusto ou profano. Então, por quê?
A salvação é livremente dada, a Bíblia diz, para mostrar
o quão infinitamente maravilhosa é a bondade de Deus para
conosco (Efésios 2:1-9) - Sua pura misericórdia. Portanto,
ninguém precisa hesitar para receber o Seu dom gratuito da
salvação, pela graça somente; porque quando a recebemos
através da fé, nós revelamos e honramos a graciosa bondade
do nosso maravilhoso Deus.

9SS29 VÁ MAIS F U N D O <5&&


A salvação é um dom gratuito, mas custou um alto pre-
ço para o Seu doador. Leia Efésios 2:1-9 e aprenda por
que Deus ofereceu tanto, tão desprendidamente. Foque
no versículo 7•
DIA 54

Mas quando apareceu a benignidade e


amor de Deus, nosso Salvador.
Tito 3:4-5

A vida de Jesus foi exemplo de bondade. Não foi fácil,


distante, ou fora de sintonia com a vida real. Sua bondade o
levou a sujar as mãos, cansar o seu corpo e manchar de san-
gue uma rude cruz. Desde a sua compaixão com o leproso
isolado a Sua disposição de alimentar os famintos, a bonda-
de esteve encarnada em Cristo.
Esta mesma bondade nos alcança hoje. Ele nos encon-
tra inundados no pecado. Ele nos encontra em nosso pior
estado. E, ainda assim, Ele nos ama. Esta é a definição de
bondade.
Você deve ter muitas reclamações contra a sua esposa ou
seu marido, sobre a maneira como limpam a casa ou lidam
com o dinheiro. E, enquanto ele (a) possa estar resistindo
a autoridade de Deus sobre a vida dele (a) em várias áreas,
o amor lhe convida a estender a bondade até ele (a) — sa-
crificial, com coração de servo e tenro. Se a sua bondade é
como a de Cristo, ela deve ser "bondosa até com os ingratos
e maus" (Lucas 6:3 5). Ela deve trazer misericórdia à me-
mória mesmo diante de uma grande evidência do contrário.
A medida que Ele observa a sua vida, Ele se vê refletido em
sua bondade?

««29 DESAFIO DA SEMANA


Encontre maneiras de demonstrar bondade através de
gestos inesperados para o seu cônjuge durante esta
semana.
DIA 55

Meusfilhinhos, não amemos de palavra, nem de língua,


mas-por obra e em verdade.
I João 3:18

Quando a Bíblia declara "Deus é amor" (i João 4:8),


deve ser o que precisamos ouvir para crermos. E, ainda
assim, Deus escolheu colocar as suas palavras em ação. Ele
"prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu
por nós, sendo nós ainda pecadores" (Romanos 5:8). Ele
"enviou o Seu próprio Filho ao mundo para que por Ele vi-
vamos (I João 4:9)- Ele provou o Seu amor. Ele deu ao Seu
amor um significado incompreensível pela transformação de
um substantivo em um verbo.
Se o próprio Deus sabe que a nossa mente e coração hu-
manos precisam ver o amor para acreditar nele, então o seu
cônjuge não está sendo irracional em esperar que o seu amor
se manifeste por atitudes observáveis. O amor sempre será
de alguma forma algo difícil de medir e definir, mais o mais
próximo que chegamos para entendê-lo é reconhecendo as
ações que ele cria. O amor que não se identifica por expres-
sões é insignificante para o seu cônjuge. "Melhor é a repre-
ensão feita abertamente do que o amor oculto" (Provérbios
27:5). Torne o seu amor evidente. Mãos à obra!

ORAÇÃO
"Pai celestial, eu oro para que me ajudes a fazer com
que o meu amor vá além de pensamentos, sentimentos e
palavras, e seja traduzido em ações diárias. Em nome de
Jesus, amém!"
DIA 56

Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal. Prefiram


dar honras aos outros mais do que a si próprios.
Romanos 12:10

O amor não se satisfaz senão na felicidade do outro.


Você não pode agir com amor e ao mesmo tempo com ego-
ísmo. Escolher amar o seu marido ou a sua esposa lhe levará
a dizer "não" aos seus desejos, para que você diga "sim"
à necessidade do outro. Isso é colocar a felicidade do (a)
seu(ua) companheiro (a) acima da sua própria vontade. Não
significa que você nunca vai experimentar a felicidade, mas
significa que você não negará a felicidade do seu cônjuge
para vivê-la você mesmo.
Quando um marido coloca os seus interesses, desejos
e prioridades à frente de sua esposa, é sinal de egoísmo.
Quando uma esposa reclama constantemente sobre o tempo
e a energia gastos em suprir as necessidades de seu marido,
é sinal de egoísmo. Mas, os casais apaixonados que vivem
o pleno propósito do casamento são inclinados a cuidar
bem do outro ser humano falho que eles escolheram para
compartilhar a vida. Ê por isso que o amor verdadeiro busca
maneiras de dizer "sim".

^m PERGUNTAS eass?
Que hábito seu pode ser considerado muito egoísta pe-
las pessoas da sua família? Como sua família pode agir
para impedir que isso continue?
DIA 57

Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade, mas


humildemente considerem os outros superiores a si mesmos.
Filipenses 2:3

Vivemos em um mundo dominado pelo "ego ". A cul-


tura ao nosso redor nos ensina a priorizar nossa aparência,
sentimentos e desejos pessoais. Ao que parece, o objetivo é
buscar o nível mais elevado possível de felicidade. Porém,
o perigo desse pensamento se torna visivelmente doloroso,
uma vez dentro do casamento.
Se algum dia existiu alguma palavra que significasse
o contrário de amor, essa palavra é egoísmo. Na verdade,
quase todas as ações pecaminosas já cometidas podem ser
relacionadas a um motivo egoísta. O egoísmo é uma caracte-
rística que odiamos nos outros mas que justificamos em nós
mesmos.
Além disso, você não pode apontar as várias formas de
egoísmo do seu cônjuge sem admitir que você também é
egoísta. Lembre-se, o (a) seu(ua) companheiro (a) também
tem o desafio de amar uma pessoa egoísta. Então, seja o
primeiro a demonstrar amor verdadeiro, com os seus olhos
bem abertos.

^m DESAFIO DA SEMANA esss?


Em algum momento desta semana, compre alguma coisa
para o seu cônjuge que diga: "Eu estava pensando em
você".
DIA 58

Inclina o meu coração para os teus estatutos,


e não para a ganância.
Salmos 119:36

Por que será que esperamos tão pouco de nós mesmos,


mas estabelecemos padrões tão elevados para o nosso cônju-
ge? A resposta é difícil de engolir. Somos todos egoístas.
Um aspecto irónico do egoísmo é que mesmo as ações
generosas podem ser egoístas se o objetivo for vangloriar-se
ou receber alguma recompensa. Se você faz algo, ainda que
bom, para manipular seu marido ou sua esposa, você ainda
está sendo egoísta. O ponto principal é a sua decisão entre
amar os outros ou amar a si mesmo.
Ninguém lhe conhece tão bem como o seu cônjuge, o
que significa que você não pode enganá-lo por muito tempo
se os seus motivos são impuros. Mas, também significa
que ninguém reconhecerá tão rápido a mudança, quando
você começar a sacrificar, deliberadamente, os seus desejos
e vontades para se assegurar de que os desejos dele estão
sendo satisfeitos. Quando o amor se torna o seu padrão
para agir, você encontrou o alvo que Deus deseja que todos
nós alcancemos.

•&8£> VÁ MAIS F U N D O
Estude o desafio dado em Filipenses 2:3-4 pelo após-
tolo Paulo. Note o que ele lhe encoraja a abrir mão e o
que ele lhe motiva a colocar em seu lugar. Como isto
pode melhorar seu casamento se você e seu cônjuge
obedecerem a esta única passagem?
DIA 59

O que segue a justiça e a beneficência achará a


vida, a justiça e a honra.
Provérbios 21:21

O amor também leva a uma alegria interior. Quando


você prioriza o bem-estar do seu cônjuge, há uma satisfação
interior, que não pode ser adquirida através de ações egoís-
tas. Esse é um benefício criado por Deus e reservado para
aqueles que verdadeiramente demonstram amor. A verdade
é, quando você renuncia aos seus interesses em benefício do
seu marido ou da sua esposa, você tem a chance de se sacri-
ficar pelo propósito maior do casamento.
Um bom teste para checar suas próprias prioridades no
casamento é fazer a si mesmo as seguintes perguntas. Eu
realmente desejo o que é melhor para o meu marido ou para
a minha esposa? Eu quero que ele (a) sinta-se amado (a) por
mim? Ele (a) acredita que eu tenho seus maiores interesses
em mente? Ele (a) me vê buscando os meus interesses em
primeiro lugar?
A medida que você responde a essas perguntas com sin-
ceridade, peça a Deus para guiar seu coração enquanto pensa
em como priorizar seu cônjuge com o seu tempo, energia
e finanças. Depois, surpreenda o seu cônjuge com alegria
através de um comportamento não egoísta do seu amor.

<3*3> DESAFIO DA SEMANA


Em algum momento desta semana, compre alguma coisa
para o seu cônjuge que diga: "Eu estava pensando em
você".
D I A 6O

Como são preciosos para mim os seus pensamentos...


como êgrande a soma deles! Se eu os contasse, seriam
mais do que os grãos de areia.
Salmos 139: 17-18

Para a maioria dos casais as coisas começam a mudar


logo depois do casamento. A esposa finalmente tem seu
marido; o marido já tem seu trofeu. A caça está terminada e
a perseguição, encerrada. Fagulhas de romance vagarosamen-
te tornam-se em cinzas e a motivação para o pensamento
esfria. Você se deixa focar em seu trabalho, seus amigos,
seus problemas, seus desejos pessoais, em você. Depois de
algum tempo, você involuntariamente começa a ignorar as
necessidades do seu cônjuge.
Mas, o fato de que o casamento acrescentou outra
pessoa em seu universo não muda. Então, se o nosso pen-
samento não amadureceu o bastante para constantemente
incluir esta pessoa, somos surpreendidos ao invés de refle-
xivos. É aqui que o amor começa a pensar, planejar, a consi-
derar com antecedência. Ele não é um sentimento tolo que
passeia pelas ondas da emoção e então cai no sono mental.
Ele se mantém ocupado em pensamentos, sabendo que os
pensamentos amorosos precedem as atitudes amorosas.

•&& VÁ MAIS FUNDO eas?


Leia 2 Samuel 9:1-13 e reconheça o maravilhoso impac-
to que poucos minutos de atenção teve em um menino
coxo. O que você pode fazer para demonstrar atenção ao
seu cônjuge nos próximos dias?
DIA 61

O que se deseja ver num homem é amor perene.


Provérbios 19:22

Quando você se apaixonou, o pensamento veio quase


que naturalmente. Você passou horas imaginando como
seria a pessoa amada, imaginando o que ela estaria fazendo,
ensaiando coisas marcantes para dizer e, depois, curtindo
doces memórias do tempo que passaram juntos. Você disse
sinceramente: "Eu não consigo parar de pensar em você."
Mas uma vez que a vida remove o frescor dos seus senti-
mentos, as ações reflexivas geralmente são deixadas de lado.
A falta de atenção é um inimigo silencioso para um rela-
cionamento amoroso. Se você não aprender a ser reflexivo,
acabará se arrependendo por ter perdido oportunidades de
demonstrar amor. E, apesar de o amor jovem ser novo e ex-
citante, são as suas atitudes contínuas de atenção que mais
importarão com o passar do tempo. É por esta razão que o
amor precisa amadurecer. E, a maturidade coloca os outros
a sua frente, tanto em pensamentos quanto em atitudes.
Quando você escolhe ser atencioso só pelo fato de valorizar
seu cônjuge, é um sinal de amor maduro. Pelas suas ações,
você dirá para o seu cônjuge: "O meu amor estava pensando
em você.

•^& DESAFIO DA SEMANA


Em algum momento desta semana, compre alguma coisa
para o seu cônjuge que diga: Eu estava pensando em
você".
DIA 62

O bom siso te guardará e a inteligência te conservará.


Provérbios 2:II

Sejamos honestos. As diferenças entre homens e mulhe-


res criam oportunidades para desentendimentos. Homens,
por exemplo, tendem a pensar de forma objetiva e a dizer
exatamente o que querem dizer. Não é preciso mais nada
para compreender a mensagem. Suas palavras são mais
literais e não devem ser analisadas além do que foi dito.
Mas, as mulheres falam e pensam nas entrelinhas. Elas têm
a tendência de fazer insinuações.
Um homem precisa ouvir também o que está implícito se
quiser obter o significado completo do que uma mulher diz.
Se um casal não tem essa compreensão um do outro,
isso pode resultar em eternos desentendimentos. Ele fica
frustrado tentando entender por que ela fala em enigmas
ao invés de falar de uma vez o que quer. Ela fica frustrada
tentando entender por que ele é tão desatento e não soma
dois mais dois para entender o que ela diz.
O amor requer atenção — dos dois lados — o tipo de aten-
ção que constrói pontes através da combinação de paciência,
bondade e generosidade. O amor ensina a acertar o alvo, a
respeitar e a apreciar a maneira única de pensar do nosso
cônjuge.

<&g3 ORAÇÃO CESvP


"Pai celestial, dê-me discernimento e entendimento da
maneira única como meu cônjuge pensa ou fala. Dá-nos
uma mudança genuína em nossa comunicação que resul-
te em uma atitude de honra um para com o outro e para
com o Senhor. Em nome de Jesus, amém."
DIA 63

Não atente cada um para o que épropriamente seu,


mas cada qual também para o que é dos outros.
Filipenses 2:4

Uma mulher deseja profundamente que seu marido seja


atencioso e reflexivo. Essa é uma das chaves que a ajuda a
sentir-se amada. Poucas coisas validam a sua importância
quanto saber que os seus pensamentos estão recebendo
mérito. Quando ela fala, o homem sábio ouve como um
detetive para descobrir as necessidades e desejos implícitos
em suas palavras. Da mesma forma, a esposa atenciosa deve
aprender a se comunicar com atenção e não dizer uma coisa
significando outra.
Quando a comunicação é quebrada, geralmente ficamos
irados e falamos de modo grosseiro com o outro, e então
pensamos depois se devíamos ter falado daquela maneira.
Mas, a natureza sábia do amor nos ensina a engajar a nossa
mente antes da nossa boca. O amor pensa antes de falar. Ele
filtra as palavras com uma peneira de verdade e gentileza.
Quando foi a última vez que você gastou alguns minutos
pensando em como poderia demonstrar amor ao seu côn-
juge e entendê-lo melhor? Lembre-se, grandes casamentos
vêm de grandes reflexões.

<s%?9 PERGUNTAS
O seu cônjuge poderia afirmar que você é uma pessoa
atenciosa? Você gasta tempo se preparando para surpre-
ender o seu cônjuge em eventos especiais, aniversários
ou datas comemorativas, através da gentileza calculada?
DIA 64

A bênção dada aos gritos cedo de manhã,


como maldição é recebida.
Provérbios 27:14

Nada irrita o outro tão rápido quanto a grosseria. Ar-


rogância é dizer coisas desnecessárias ou fazer coisas desa-
gradáveis para a pessoa ao nosso lado. Ser rude é ser incon-
veniente, constrangedor ou irritante. No casamento, isso
poderia ser o falar grosseiro, certos comportamentos à mesa,
ou o hábito de ser sarcástico. Apesar de convivermos com
isso, ninguém gosta de estar com uma pessoa rude. Com-
portamentos rudes podem parecer insignificantes para a
pessoa que é grosseira, mas é desagradável para aqueles que
recebem a grosseria.
O amor tem algo a dizer sobre isso. Quando um homem
é guiado pelo amor, ele se comporta intencionalmente de
forma a fazer sua esposa se sentir confortável onde estiver,
mais propício deixá-la descansada. Se ela deseja amá-lo, ela
irá propositadamente evitar coisas que o frustram ou cau-
sam desconforto para ele.

ssK9 DESAFIO DA SEMANA ei3v?


Durante esta semana, entre em contato com o seu
cônjuge e pergunte o que ele está fazendo. Não tenha
outra pauta além de encorajá-lo e valorizá-lo. Se ele tem
alguma necessidade, faça o que for preciso para supri-la.
DIA 65

Sede todos de um mesmo sentimento, compassivos,


amando os irmãos, entranhavelmente misericordiosos e afáveis.
I Pedro 3:8

Pessoas que praticam a boa etiqueta tendem a aumen-


tar o nível de respeito no ambiente onde se encontram.
Se formos honestos, contudo, a maioria de nós tem que
admitir que a etiqueta usada em casa é muito diferente da
usada com amigos, colegas de trabalho e até mesmo com os
estranhos. Mas, se ousarmos amar, também iremos querer
dar o nosso melhor. Se não deixarmos o amor nos motivar a
fazer as mudanças necessárias em nosso comportamento, a
qualidade do nosso casamento será afetada por conta disso.
A prática da educação é uma maneira de expressar para
o seu marido ou esposa "eu lhe valorizo o suficiente para
exercitar o autocontrole perto de você. Eu quero ser uma
companhia agradável." Quando você permite que o amor
mude o seu comportamento, você cria uma atmosfera de
honra em seu relacionamento.

-5KS VÁ MAIS FUNDO


Leia Levítico 19:32 e observe a honra que Deus deseja
que seja comunicada aqueles ao nosso redor. Quais são
algumas atitudes práticas que você pode fazer para o seu
cônjuge que pode comunicar esse tipo de honra ao invés
de comunicar grosseria?
DIA 66

Bem irá ao homem que se compadece.


Salmos 112:5

O amor verdadeiro presta atenção em seu comporta-


mento. Essa não é uma questão insignificante relacionada
ao casamento. Pelo contrário, ela torna visível o seu desejo
interior de amar.
Há duas razões principais pelas quais as pessoas são
rudes: ignorância e egoísmo. Com certeza, nenhuma das
duas é boa. Uma criança nasce ignorante no que se refere
à etiqueta, precisando de muita ajuda e treinamento. Os
adultos, contudo, demonstram sua ignorância em outro
nível. Sabemos as regras, mas podemos nos fazer de cegos
sobre como as quebramos ou ser egocêntricos demais para
nos importar. De fato, não percebemos o quão desagradáveis
podemos ser.
As mulheres tendem a ser muito melhores em certos
tipos de comportamento do que os homens, apesar de serem
rudes de outras formas. Mas, principalmente os homens,
precisam aprender essa importante lição. Um homem pru-
dente sabe discernir o que é apropriado. Essa sensibilidade é
uma maneira gentil de demonstrar valor e amor aos outros,
principalmente em sua casa.

DESAFIO DA SEMANA
Durante esta semana, entre em contato com o seu
cônjuge e pergunte o que ele está fazendo. Não tenha
outra pauta além de encorajá-lo e valorizá-lo. Se ele tem
alguma necessidade, faça o que for preciso para supri-la
DIA 67

Ninguém busque o proveito próprio; antes


cada um o que é de outrem.
I Coríntios 10:24

Como o seu cônjuge se sente a respeito da maneira como


você fala com ele ou o trata? Como o seu comportamento
atinge a estima do seu cônjuge? Seu marido ou esposa diria
que você é uma bênção ou arrogante e desagradável? Lem-
bre-se, o amor não maltrata. Muito pelo contrário, o amor
nos eleva a um nível maior.
Você gostaria que o seu cônjuge parasse de fazer as coisas
que lhe chateiam? Então, é hora de parar de fazer as coisas
que o incomodam também. Você será atencioso e amoroso
o bastante para descobrir do que o seu cônjuge gosta e não
gosta? E se você é capaz de evitar qualquer comportamento
que torna a vida desagradável para o seu marido ou esposa,
você fará o que for necessário para acomodar a sensibilidade
dele ou dela?
Quando você trata o seu cônjuge da maneira como quer
ser tratado, você está demonstrando amor através da consi-
deração que tem por ele. Então, guarde a Regra de Ouro, e
ouse ser agradável!

ORAÇÃO
"Pai Celestial, revele a mim todas as situações onde te-
nho sido insensível e rude com o meu cônjuge. Mostre—
-me por onde devo começar, e dê-me sabedoria e desejo
de ter um comportamento mais gracioso. Em nome de
Jesus, amém."
DIA 68

Portanto, tudo o que vós quereis que os homens


vos façam, fazei~lho também vós.
Mateus 7:12

De muitas maneiras o amor pode ser reduzido a termos


bastante simples. Talvez o mais simples seja o ensinamento
de Jesus conhecido por A Regra de Ouro. O remédio para
a grosseria em sua casa é basicamente esse: uma decisão
deliberada de tratar o seu cônjuge da maneira como gostaria
que ele lhe tratasse.
Aqueles que fizeram parte da igreja do primeiro século
em Coríntios eram conhecidos como pessoas particularmen-
te talentosas. E, ainda assim, um senso generalizado de gros-
seria ocupava uma grande parte na reputação medíocre deles.
Eles falavam uns com os outros com elogios, participavam
da Ceia do Senhor e colocavam seus amigos em situações
vergonhosas expondo os pecados deles na frente dos outros.
O amor, em contraste, sempre trata o outro através do
respeito da Regra de Ouro. Se você está avaliando se algo é
cruel ou não, a Regra de Ouro irá lhe dizer. Se você preci-
sa de conselho em como lidar com uma questão sensível,
pergunte a si mesmo o que você desejaria que os outros
fizessem com você. A Regra de Ouro nos dá um padrão
para vivermos sem precisarmos abrir nossa boca ou aprender
lições dolorosas de maneiras difíceis.

<&& DESAFIO DA SEMANA essv?


Durante esta semana, entre em contato com o seu
cônjuge e pergunte o que ele está fazendo. Não tenha
outra pauta além de encorajá-lo e valorizá-lo. Se ele tem
alguma necessidade, faça o que for preciso para supri-la.
DIA 69

O gotejar contínuo em dia de grande chuva,


e a mulher contenciosa, uma e outra são semelhantes;
Provérbios 27:15

Um dos sons mais doces do casamento é o silêncio que


toma o lugar de uma reclamação. Isso não é o mesmo que
dizer que não há espaço para melhoras no comportamento
da sua esposa ou marido. Mas sim, que eles estão agindo
verdadeiramente de maneiras incoerentes com os seus senti-
mentos e tempo. Significa que você está deixando de lado o
papel de ser o seu fiscal.
Nem todo o prato que não retorna à pia da cozinha é
digno de um sermão. Só porque você não pode concor-
dar com quem era responsável por uma tarefa específica
ou ligação, não é uma razão automática para dizer ao seu
cônjuge que nunca pode contar com ele. Em um lar amoro-
so, a necessidade de reclamar, de importunar e transferir a
culpa são substituídas pelo desejo de identificar e encorajar.
Apontar as faltas pode parecer um direito básico. Palavras de
acusação podem surgir rapidamente em seus lábios. Mas, o
amor adquire o hábito de engolir essas coisas antes que elas
coloquem mais lenha na fogueira.

PERGUNTAS
Que palavras de punição você tem repetido para o seu
cônjuge? Quão eficiente essa atitude tem sido em ajuda—
-Io a corrigir certos comportamentos? O seu método
está encorajando ou desencorajando? Se você tivesse as
mesmas fraquezas, como você gostaria que o seu cônju-
ge lhe abordasse no que diz respeito a este assunto?
DIA 70

O mexeriqueiro revela o segredo, mas o fiel


de espirito o mantém em oculto.
Provérbios 11:13

Fofoca é compartilhar uma informação desonrosa com


alguém que não faz parte do problema ou da solução. A
fascinação da fofoca é que nos ajuda a encontrar justificação
para os nossos sentimentos a respeito de certa pessoa. Quan-
do compartilhamos nossos pensamentos sussurrados pelas
costas de uma pessoa, nossas reclamações são reforçadas
pelas outras pessoas que esperamos que concordem conosco.
A compaixão delas facilita que tenhamos compaixão por nós
mesmos. "As palavras do intrigante são como doces bocados;
elas descem ao mais íntimo do ventre" (Provérbios 26:22).
Enquanto a fofoca precisa ser evitada em qualquer re-
lacionamento ou ocorrência, é especialmente importante
assegurar seu cônjuge de que qualquer reclamação ou insa-
tisfação no casamento nunca será parte de suas conversas
externas. Ele precisa saber que quando você está visitando
um amigo ou falando com um membro da família ao telefo-
ne, as palavras que você utiliza para descrevê-lo sempre serão
positivas e honrosas. Precisa existir um ambiente de aconse-
lhamento onde a honestidade e saúde exigem que você fale
sinceramente sobre questões repulsivas. Mas, evite qualquer
tentação de subestimar o seu cônjuge quando estiver falando
com outras pessoas.

qs-S® VÁ MAIS FUNDO CSyíp


Quando descobrimos informações negativas sobre
alguém, podemos reagir de maneira amorosa ou não.
Estude Provérbios 17:9 e considere duas consequências
da nossa escolha.
DIA 71

Afim de, se acaso os macedônios vierem comigo, e vos acharem


despercebidos, não nos envergonharmos nós
(para não dizermos vós).
2 Coríntios 9:4

O amor cobre a vergonha. Ele tem um talento especial


de colocar o outro em uma posição onde podem ter sucesso
e impedir situações que os causam vergonha e dificuldades.
Se você sabe que o seu marido ou esposa está desconfortável
com uma determinada situação, as suas ações aumentam o
desconforto dele (a) ou você trabalha para fazê-lo(a) sentir—
-se confortável? Uma gota de falta de consideração da sua
parte pode trazer uma tempestade desnecessária de desonra
para ele (a).
Todo marido e toda esposa sabe de coisas sobre o outro
que podem humilhá-lo (a). Com o passar dos anos, você terá
muitas oportunidades para expor os problemas do seu côn-
juge na frente dos seus amigos ou parentes. Mas o amor lhe
chama a proteger a reputação dele. Um bocado de fofoca ou
um momento de risos não é digno de uma dor desnecessária
de humilhação e danos que podem ser trazidos para a sua
confiança. A menos que o seu cônjuge esteja ofendendo a
ele mesmo ou a outros, você precisa guardar os seus segre-
dos e a sua honra.

DESAFIO DA SEMANA
Peça ao seu cônjuge para lhe dizer três coisas que o
irritem. Faça isso sem atacá-lo e sem justificar o seu
comportamento. O que importa aqui é apenas a pers-
pectiva dele.
DIA 72

E o que for necessário, dê-se-lhes, de dia em dia,


para que não haja falta.
Esdras 6:9

Quando recebemos visitas em nossa casa ou somos res-


ponsáveis de alguma forma por outra pessoa, fazemos todo
o esforço necessário para nos certificarmos de que eles têm
o que precisam. Verificamos mais de uma vez se estão bem
acomodados e procuramos proporcioná-los todo o conforto
possível. Mas, geralmente quando se trata de casamento,
nossa intimidade nos faz ignorar as dicas que nos dizem o
que o nosso cônjuge precisa. Deixamos que cuidem de si
mesmos, e assim perdemos a bênção de servi-los.
Mas, o amor não guarda todos os seus atos apenas
para suas visitas. O amor faz com que um homem perceba
quando um travesseiro ou uma massagem nos pés ajuda sua
esposa a relaxar e a tranquilizar-se. O amor faz uma mu-
lher reconhecer quando o dia do seu esposo pode começar
melhor com um café da manhã bem preparado, ao invés do
tradicional café com pão. Quando o seu cônjuge descreve
o que significa sentir-se em casa, isso deve incluir a alegria
constante de ser servido e cuidado por você.

-&& VÁ MAIS FUNDO dl^p


Jesus desafiou os seus discípulos a abraçar a mentalida-
de de caminhar a segunda milha e servir aos outros que
os maltratam. Leia Mateus 5:38-42 e procure o verso
que pode fazer a grande diferença em seu casamento.
Como você pode aplicá-lo esta semana?
DIA 73

Dá a quem te pedir, e não te desvies daquele


que quiser que lhe emprestes.
Mateus 5:42

O amor é sempre uma questão de estudo e consideração,


de olhar adiante para ver a necessidade do seu cônjuge, e
depois procurar supri-la. Mas, muitas vezes o seu marido
ou esposa será muito franco sobre o que ele (a) deseja de
você. Ele (a) já deve ter pedido para você parar de fazer algo
que o (a) irrita ou desonra. É aqui que o amor é tão simples
quanto atender um pedido óbvio.
Mas, ainda assim, a nossa natureza humana geralmente
responde negativamente a tais apelos. Podemos até seguir
adiante, mas o faremos saber que isso é realmente um gran-
de esforço, algo que esperamos ser recíproco.
O ensinamento de Jesus acima, contudo, foi falado no
contexto de lidar com o nosso cônjuge. Ele nos instruiu a
honrar os pedidos até daqueles que nos perseguem e mal-
tratam. Quanto mais devemos estar prontos para atender ao
pedido de ajuda e compreensão do nosso cônjuge, ou sim-
plesmente escutá-lo — do que do nosso inimigo? Quando o
amor é chamado a agir, ele age sem hesitação ou pauta.

DESAFIO DA SEMANA eas?


Peça ao seu cônjuge para lhe dizer três coisas que o
irritem. Faça isso sem atacá-lo e sem justificar o seu
comportamento. O que importa aqui é apenas a pers-
pectiva dele.
DIA 74

Melhor í o homem paciente do que o guerreiro, mais vale


controlar o seu espírito do que conquistar uma cidade
Provérbios 16:32

O amor é tardio em ofender e pronto a perdoar. Ele não


se irrita imediatamente ao ser confrontado ou chamado
para prestar contas de algo que disse ou fez. Ele não sapa-
teia furioso, expõe sua raiva, nem se deprime e grita com os
outros.
Você se irrita e se ofende facilmente? Algumas pesso-
as têm a frase: "Nunca perca uma oportunidade de ficar
chateado com o seu cônjuge" como lema. Quando alguma
coisa dá errado, elas rapidamente conseguem um jeito de se
beneficiarem, expressando o quanto estão frustradas ou ma-
chucadas. Mas esta, contudo, é uma reação oposta ao amor.
Irritar-se facilmente significa estar próximo a ponta de uma
faca, e não livre de ser ferido. As pessoas que se irritam
facilmente são fechadas, oprimidas e prontas para reagir.
Se você está caminhando sob a influência do amor, você
será motivo de alegria, não de dor. Pergunte a si mesmo,
"Sou uma brisa suave ou uma tempestade esperando para
entrar em ação?"

ORAÇÃO
"Pai Celestial, ajuda-me a ser uma pessoa tão madura e
segura a ponto de ser tardia ern ofender e pronta a per-
doar. Mantenha as minhas emoções e temperamento sob
Seu amoroso controle. Em nome de Jesus, amém."
DIA 75

O que possui o conhecimento guarda as suas palavras,


e o homem de entendimento é de precioso espírito.
Provérbios 17:27

Quando sob pressão, o amor não se irrita. Problemas


pequenos não criam grandes contra-ataques. A verdade é,
o amor não se ira ou se machuca a menos que exista uma
razão legítima e justa diante de Deus.
Um marido amoroso permanecerá calmo e paciente, mos-
trando misericórdia e contendo seu temperamento. Raiva e
violência estão fora de cogitação - sempre. A esposa amorosa
não é extremamente sensível ou mal-humorada, mas exerce
o autocontrole emocional. Ela prefere ser uma flor entre os
espinhos e responder amigavelmente a situações difíceis.
O amor diminui o estresse e ajuda a acabar com o veneno
que pode crescer dentro de nós. Fazendo da calma e da paci-
ência a sua atitude padrão, o amor neutraliza a explosividade
que pode aumentar antes que a razão tenha uma chance de
agir. Então, ele prepara o nosso coração para responder ao
nosso cônjuge com paciência e encorajamento, ao invés de
responder com raiva e irritação.

-<P& DESAFIO DA SEMANA <22§v?


Peça ao seu cônjuge para lhe dizer crês coisas que o
irritem. Faça isso sem atacá-lo e sem justificar o seu
comportamento. O que importa aqui é apenas a pers-
pectiva dele.
DIA 76

Deixa a ira, e abandona o furor; não te indignes


deforma alguma fará fazer o mal.
Salmos 37:8

Uma das razões principais para agir com irritação é o


estresse. O estresse nos sobrecarrega, suga nossa energia,
enfraquece nossa saúde. O estresse pode ser causado por
problemas de relacionamento: discussões, divisões e amar-
gura. Existem as questões de excesso: trabalhar muito, jogar
muito e gastar excessivamente. E, existem as deficiências:
não descansar, não se alimentar e não se exercitar o suficien-
te. Muitas vezes, nos submetemos a esses males. Isso nos
torna irritáveis diante de qualquer pessoa que esteja envolvi-
da de alguma maneira conosco.
A vida é uma maratona, não uma corrida de 100 metros
rasos. Isto significa que você deve equilibrar, priorizar e
medir seus passos. Com frequência, jogamos a cautela ao
vento e corremos disparados, e então, nos encontramos sem
ar, presos em amarras e prestes a falar de maneira dura. Mas,
o amor nos lembra de remover as pressões que interferem
naquilo que é mais importante, e de proteger o nosso tempo
e relacionamento com Deus, assim como com o nosso côn-
juge.

<s*?s VÁ MAIS FUNDO essí?


Se permitirmos que o mundo determine nosso caminho
e nossos padrões, iremos de maneira tola nos encher
com muitos sofrimentos. Leia Mateus 11:28-30 e con-
sidere o que Jesus faz para reduzir o estresse daqueles
que se confiam a Ele.
DIA 77

Pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca.


Mateus 12:34

Quando nos irritamos facilmente, a essência do problema


é primeiramente um problema do coração. Algumas pessoas
são como limão: quando a vida as espreme, elas liberam uma
resposta azeda. Outras são mais parecidas com o pêssego:
quando pressionadas, é a resposta ainda mais doce.
O amor nos levará a perdoar ao invés de guardar rancor,
a sermos gratos em lugar de sermos mesquinhos, a estarmos
satisfeitos, ao invés de prontos a nos endividar. O amor nos
encoraja a ficarmos felizes quando o outro é bem sucedi-
do, em lugar de perder o sono de tanta inveja. O amor diz:
"compartilhe a herança", ao invés de "dispute com seus
parentes". Ele nos lembra de priorizar a família em lugar de
sacrificá-la por uma promoção no trabalho.
Decisões corajosas como essas não resultam de seguir o
coração. Os seus sentimentos durante momentos de grande
estresse tendem a ser mais perigosos do que compreensivos.
Se você alguma vez desejar tomar decisões amorosas diárias,
você precisará conduzir o seu coração a isto.

PERGUNTAS
Jesus disse que as suas palavras revelam o que está em
seu coração. Que outras coisas podem revelar o que há
em seu coração? Como suas atitudes, ações e desejos
revelam onde você está?
DIA 78

Mas égrande ganho a piedade com contentamento.


I Timóteo 6:6

Irar-se facilmente é um indicador de que uma área escon-


dida de egoísmo e insegurança está presente onde o amor
deveria reinar. E, o egoísmo veste muitas máscaras.
A cobiça, por exemplo, é o resultado de ser ingrato pelo
que você tem e escolher encobrir ou se apaixonar por algo
que é proibido. Quando o coração é ambicioso, ele se irrita
e se frustra facilmente (Tiago 4:1-3)- A cobiça nunca é
satisfeita e produzirá um tempo de frustração se for expulsa
da sua vida.
A ambição é outro indicador de egoísmo encoberto. A
ambição, por mais dinheiro e posse, nos frustrará com dese-
jos inalcançáveis (I Timóteo 6:9-10). Essas fortes paixões
unidas à insatisfação, nos levam a ofender qualquer um que
esteja em nosso caminho.
O amor lhe conduzirá a ser grato ao invés de insaciável, e
a estar satisfeito em lugar de perseguir desejos prejudiciais.
Quando você permite que o amor de Deus governe o seu
coração, o resultado será uma satisfação verdadeira. Quando
o amor se torna nosso maior motivador, ele ilumina a trilha
para o contentamento.

DESAFIO DA SEMANA
Escolha um dia da semana para descansar e adorar,
começando esta semana. Faça uma lista das áreas onde
precisa separar um tempo em sua agenda, então deci-
da abrir mão daquilo que não está acrescentando algo
realmente valoroso.
DIA 79

Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfémia


e toda a malícia sejam tiradas dentre vós.
Efésios4:3I

Você não pode amar o seu cônjuge e ao mesmo tempo


sentir amargura por ele. Quando você abriga um ressenti-
mento silencioso, isto impedirá o livre fluir da franqueza e
ternura em seu relacionamento.
A amargura cria raiz quando respondemos de maneira
crítica e nos recusamos a tratar a nossa raiva. Nós a reprimi-
mos, fazendo com que ela se transforme em rancor, mesmo
que traga mais danos para nós do que para qualquer outra
pessoa. Então, quando provocada, toda essa hostilidade não
resolvida vem à tona. Ê dito que a amargura é como beber
uma xícara de veneno esperando que a outra pessoa fique
doente.
Mas, quando o amor entra em seu coração, ele nos acal-
ma e nos inspira a tirar o foco de nós mesmos. Ele nos livra
da nossa capacidade de usurpação, ajudando-nos a abrir mão
de coisas desnecessárias. O amor nos leva a perdoar ao invés
de guardar rancor. Ele nos ajuda a curar feridas do passado.
O amor é o melhor remédio para o coração, um dom que
Deus oferece a qualquer um que esteja disposto a recebê-lo.

<&& VÁ MAIS FUNDO QSSv?


Leia Hebreus 12:14-15. Com quem você precisa estar
em paz, de acordo com esta passagem? Quão diligente-
mente você precisa buscar identificar se existe alguma
amargura em sua vida? Se você está amargurado, quem
esses versículos dizem que será o mais prejudicado?
DIA 8o

...suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns


aos outros, se alguém tiver queixa contra outro.
Colossenses 3:13

Quantos desentendimentos, ao todo, podem ser evita-


dos simplesmente impedindo que questões passadas sejam
trazidas novamente? Quando feridas antigas ganham a per-
missão de estarem vulneráveis, elas irão sempre infeccionar
e contaminar seu casamento. Mesmo quando uma discussão
sobre um assunto atual surge, os problemas de ontem são
facilmente trazidos para hoje, piorando ainda mais o mo-
mento. Feridas passadas enturvam as águas e aumentam a
pressão atual. As reações então se tornam reações exagera-
das e fazem com que o seu cônjuge duvide do seu senso de
justiça e da sua lógica.
O amor não habita no passado. Ele mantém considera-
ções curtas. Ele tem uma boa memória para certas coisas,
mas não para questões que já dividiram vocês.
A clareza de juízo é muito mais propícia quando você
seleciona questões e lida com elas uma de cada vez. Algumas
palavras e disputas, claro, provavelmente nunca serão esque-
cidas. Mas, o amor transforma cada pensamento delas na
lembrança de que o perdão é uma escolha.

c&m DESAFIO DA SEMANA


Escolha um dia da semana para descansar e adorar,
começando esta semana. Faça uma lista das áreas onde
precisa separar um tempo em sua agenda, então deci-
da abrir mão daquilo que não está acrescentando algo
realmente valoroso.
DIA 81

Totalmente desfalecerás, assim tu como este povo que está


contigo; porque este negócio émui difícil para ti.
Êxodo 18:18

Você não pode fazer tudo. E, o amor compreende a sabe-


doria de viver dentro de sua realidade.
Para que o seu casamento cumpra o que Deus planejou,
você não será capaz de ter sucesso em seu papel dando ao
seu cônjuge as sobras do seu tempo e energia. É provável
que o seu coração queira desesperadamente suprir as neces-
sidades de todos em sua vida. Mas, você não pode dar o seu
melhor para o seu cônjuge quando constantemente passa
dos limites, preenchendo cada hora que passam acordados
com atividades — mesmo que sejam atividades boas, produtivas.
Assim como um motor precisa de óleo para evitar que
ele aqueça demais, como uma carga de alto valor precisa ser
coberta para evitar que interrompa o trânsito, a sua vida
precisa de limites para evitar que ela se divida. Então, faça
planos para algum tipo de sossego. Reserve algum dinheiro
para emergências. Diga não para as oportunidades menos
importantes para que possa colocar espaços necessários em
sua agenda. Force o seu planejamento a acomodar tempo
juntos, apenas para orar e falar. Pergunte a si mesmo as
necessidades a serem eliminadas para que o seu casamento
possa respirar mais profundamente e livremente.

-ÍPÍ© ORAÇÃO easQp


"Senhor, ajude-me a equilibrar meu tempo para incluir
um tempo de qualidade com o Senhor e com o meu
cônjuge e família. Ensina-me a me tornar um gerente
sábio do tempo que o Senhor me deu."
DIA 82

Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra.


Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus.
Êxodo 20:9-10

A noção do descanso no sábado não é um conceito arbi-


trário. Deus criou na raça humana um ritmo que circula em
uma semana de sete dias. Portanto, um dia separado para
adoração e descanso não é meramente um bom princípio de
vida. Ê essencial. Você não pode viver bem sem ele. Ele lhe
permite limpar a sua mente e recarregar as suas baterias.
O custo de resistir o descanso adequado para você e sua
família é a formula para o esgotamento. Quando os pro-
blemas surgem — e eles surgirão — você não é capaz de lidar
com eles de uma posição de força e perspectiva equilibradas.
Você não está preparado para ouvir completamente. Isto ge-
ralmente faz você reagir de forma exagerada, ou quem sabe
não se comprometer completamente.
Ser obediente a Deus no que se refere ao descanso retor-
nará a você de muitas maneiras, e a atmosfera da gentileza
se manterá mais facilmente em sua casa. As suas prioridades
serão mais fáceis de serem mantidas no lugar. Adquirir des-
canso adequado é um dos trabalhos pesados que o amor faz
para saborear o seu relacionamento.

DESAFIO DA SEMANA
Escolha um dia da semana para descansar e adorar,
começando esta semana. Faça uma lista das áreas onde
precisa separar um tempo em sua agenda, então deci-
da abrir mão daquilo que não está acrescentando algo
realmente valoroso.
DIA 83

Mas 05 cuidados deste mundo, e os enganos das riquezas e as ambições


de outras coisas, entrando, sufocam a palavra, efica infrutífera.
Marcos 4:19

Algumas pessoas acreditam que é impossível deixar de se


preocupar. Não se preocupar, eles pensam, é não se impor-
tar, ou não viver a realidade. Mas a preocupação é sempre
uma distração daquilo em que Deus deseja que os nossos
pensamentos estejam focados. Preocupação literalmente
significa "dividir a mente". Ela nos impede de amar, servir
e obedecer ao Senhor com completa devoção. É um pecado
contra Deus. Como as pessoas estão destinadas ao céu pela
obra redentora de Jesus Cristo, somos livres da vida cheia de
temores com relação ao futuro e, portanto, livre para viver o
presente sem medo. Coisas ruins que devem acontecer são
consumidas pela certeza de que "O Senhor está comigo;
não temerei o que me pode fazer o homem" (Salmos 118:6).
Então, mesmo que nossas instáveis emoções estejam
sempre suscetíveis a se preocuparem, podemos poupar um
ao outro de incontáveis horas de confusão comprometen-
do-nos a manter a preocupação fora do nosso coração. A
preocupação é a perda de um tempo valioso — porque ela é
construída por uma suposição orgulhosa de que Deus não
está no controle.

^:s> VÁ MAIS FUNDO


Leia Lucas 10:38-42 e observe como a preocupação des-
truiu a habilidade desta mulher de se deleitar no Senhor
e curtir Sua Presença. Como a preocupação afetou as
suas prioridades e a maneira de tratar os outros?
DIA 84

Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez^digo, regozijai-vos.


Filipenses 4:4

Há razão para a alegria mesmo nos dias mais agonian-


tes. Quando você decide focar nas bênçãos de Deus, você
preenche os espaços em seu coração que iria reclamar e se
preocupar. Você destaca os pontos de atrito onde a preocu-
pação gosta de ficar.
Deus é tão confiante na abundância de alegria disponível
para você que na verdade já ordenou a alegria. Mais do que
isto, a palavra grega para regozijar neste versículo, carrega
um tempo presente, ativo. E uma atividade da mente e do
coração para ser feita exatamente agora — e para continuar
sendo feita a partir deste momento. Manter a alegria de
espírito é simplesmente muito importante para ignorar. A
chave aqui é se regozijar "no Senhor", que tem o tempo e as
circunstâncias em Suas mãos. Independente do que haja de
errado ao seu redor, você pode sempre se regozijar no amor
de Deus, no dom da salvação e na esperança do céu.
Não importa o quão desafiadora a sua vida se tornou,
você pode injetar um elemento bem-vindo e necessário em
sua casa e em seu casamento buscando as coisas que trazem
alegria. A preocupação não pode permanecer quando é cons-
tantemente ofuscada pelo regozijo.

PERGUNTAS
Qual é o histórico de preocupação em sua vida? Com
que frequência as coisas com as quais você se preocupou
falharam em acontecer? Compare isso com o histórico
de fidelidade de Deus. Em quem você deve confiar no
futuro?
DIA 85

Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas


petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela
oração e súplica, com ação de graças.
Filipenses 4:6

Assim como a raiva é um sinal de que algo anda mal em


nosso coração, a preocupação é um sinal de que abando-
namos a oração. Consideramos que a preocupação é mais
eficiente, mais confiável que Deus. Quando oramos, não
sentimos realmente que Ele está nos ouvindo. Quando nos
preocupamos, nos sentimos mais no controle.
Mas, as Escrituras usam os extremos "coisa alguma"
e "tudo" para expressar o quanto a nossa vida pode ser
completa se regada com a oração. A prática da livre e con-
tínua comunicação com Deus durante o dia pode abranger
qualquer questão relacionada a você. Deus nos convida a
lançarmos nossas necessidades pessoais diante dele. Na ver-
dade, O Pai Nosso contém até seis petições em suas poucas
palavras (Mateus 6:9-13)-
Sabemos que Deus é poderoso e amoroso, uma mulher
sábia leva todas as suas preocupações em oração. Quando
um de vocês ou os dois estão mostrando sinais de medo e
dúvida, faça da oração o seu refúgio edificado onde sempre
pode ir.

DESAFIO DA SEMANA ®TÍP


Ore e comprometa-se a render a Deus todas as questões
que lhe preocupam. Admita que você não tem controle
sobre essas situações, e peça a Deus para lhe perdoar por
não confiar nEle. Decida levar qualquer preocupação
futura em oração.
DIA 86

Arraigados e edificados nele, e confirmados na fé, assim


como fostes ensinados, nela abundando em ação de graças.
Colossenses 2:7

Um olhar objetivo para os fatos provavelmente confir-


maria que noventa e cinco por cento das coisas com as quais
nos preocupamos nunca acontecem. Isso torna o histórico
de preocupações extremamente baixo em confiança. A pre-
ocupação requer exigências e exige, mas não para uma boa
razão. Aproximadamente todas as exigências que ela faz se
vai nela mesma. Ela se torna nada mais que um ciclo.
Mas, negociar a preocupação para a gratidão nos permite
perceber o histórico de Deus. E, o que vemos no início é
completamente contrastante. Mesmo no sofrimento vemos
a Sua impecável e infalível confiança. A gratidão nos ajuda
a olhar para o passado com apreço, preenchendo o nosso
coração de admiração pelo que Deus tem feito em nossa
vida, mesmo quando a preocupação tenta nos convencer de
que Ele não tem feito. A gratidão nos mantém sintoniza-
dos às coisas positivas que Ele tem feito em nossa presente
circunstância, em lugar de sentir-nos derrotados ou desviar-
mos nossos pensamentos para o pior. A gratidão não é um
truque para ignorar a dor atual. Ela evita que a preocupação
interprete a vida através de uma lente defeituosa.

ccy?e9 VÁ MAIS FUNDO easo?


Leia I Tessalonicenses 5:15-19- O que o verso 15 diz
que devemos fazer em lugar de pagar mal com mal? De
acordo com esses versos, qual é a vontade de Deus para
a sua vida? O que pode acontecer com a sua preocupa-
ção se você aplicar os versículos 16-18 "... sem cessar...
em tudo"?
DIA 87

Meditarei também em todas as tuas obras, e falarei dos teus feitos.


Salmos 77:12

A preocupação nega que Deus cuida de nós. Ela questio-


na a natureza de Deus, que é amar, proteger e defender Seus
filhos. E, quando a preocupação se infiltra em seu casamen-
to, seja com relação um ao outro ou tentando lidar com as
incertezas gerais da vida, ela nos cega para a ajuda que o
nosso Deus provê. Ela torna os Seus poderosos e eternos
atributos de algum modo menos seguro em nossa mente.
Nunca podemos gastar tanto tempo meditando no
caráter de Deus. Problemas e dificuldades podem deturpar
nossa visão de confiança. Mas, quando nos lembramos de
como Deus se descreve em Sua Palavra e como Ele prova a
si mesmo em nossa vida, podemos confiar naquilo que Ele
diz. Ele é imutável e está no controle. Ele é fiel e verdadeiro.
"Justo é o Senhor em todos os seus caminhos, e santo em
todas as suas obras" (Salmos 145:17).
Não permita que a preocupação tenha a última palavra
sobre quem Deus é e sobre como Ele opera em sua vida.
"Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti;
porque ele confia em ti." (Isaías 26:3).

^& DESAFIO DA SEMANA


Ore e comprometa-se a render a Deus todas as questões
que lhe preocupam. Admita que você não tem controle
sobre essas situações, e peça a Deus para lhe perdoar por
não confiar nEle. Decida levar qualquer preocupação
futura em oração.
DIA 88

O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas


as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus.
Filipenses 4:19

Deus prometeu que você pode lançar "toda a vossa


ansiedade, porque ele tem cuidado de vós" (I Pedro 5:7) •
Ele disse: "Nunca te deixarei e não desampararei" (Hebreus
13:5)- Ele declarou firmemente que você pode "todas as
coisas naquele que te fortalece (Filipenses 4:13). E, como
diz o verso acima, Ele possui mais fontes que o suficiente
para suprir "todas as suas necessidades" (Filipenses 4:19).
A preocupação é a maneira que o nosso coração encontra
de questionar todas essas promessas. Ela nos faz pensar que
Deus não se importa com o que estamos enfrentando. Nos-
sa vida parece muito grande para a enfrentarmos. Vemos as
coisas se desintegrarem e tiramos conclusões erradas sobre a
habilidade e o interesse dEle. Mas, Deus não irá manchar a
Sua reputação com os seus problemas. Ele está lhe dizendo
para confiar nEle.
Quando nos unimos para eliminar a preocupação do
nosso casamento, reivindicamos outra coisa da promessa de
Deus — o prazer da paz que "excede todo entendimento" e
que "guarda a nossa mente e coração em Cristo Jesus" (Fili-
penses 4:7)- A paz só pode existir na ausência da preocupa-
ção. Isto é uma promessa.

<&& ORAÇÃO easv?


Senhor Jesus, perdoa-me por não confiar as minhas ne-
cessidades a Ti. Ajuda-me a ser sábio com aquilo que o
Senhor tem me dado, e a manter a minha fé em Ti para
o futuro.
DIA 89

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.


I Coríntios 13:7

No profundo do seu coração existe uma sala. Ela é cha-


mada de Sala da Admiração. E para esta sala que vão os seus
pensamentos positivos e encorajadores a respeito do seu
cônjuge, e com frequência, você gosta de visitar este lugar.
Dentro dela encontram-se coisas maravilhosas que você
descobriu sobre o seu marido ou esposa e que aumentam a
sua admiração por ele (a).
Mais adiante, outro corredor do seu coração leva à Sala
da Depreciação e, infelizmente, você visita esta sala também.
Dentro deste cómodo encontram-se coisas que seu cônjuge
faz que lhe chateiam e irritam, colocadas lá como resultado
de frustrações e decepções. Mas saiba de uma coisa: quanto
mais tempo você passar nesse lugar, mas o seu coração des-
valorizará o seu cônjuge. Na verdade, o divórcio nasce nesta
sala. Passar tempo na Sala da Depreciação destrói casamentos.
O amor tem conhecimento da Sala da Depreciação, mas
escolhe não viver nela. O amor escolhe acreditar no melhor
das pessoas. E, quando as nossas piores expectativas se
tornam verdade, o amor faz todo o esforço para lidar com
elas e ir em frente. O amor foca no positivo enquanto for
possível.

<&m DESAFIO DA SEMANA


Ore e comprometa-se a render a Deus todas as questões
que lhe preocupam. Admita que você não tem controle
sobre essas situações, e peça a Deus para lhe perdoar por
não confiar nEle. Decida levar qualquer preocupação
futura em oração.
DIA 90

Se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.


Filipenses 4:8

O amor dá às pessoas o benefício da dúvida. Ele se recu-


sa a preencher o desconhecido com suposições negativas. E
hora de deixar o amor guiar os seus pensamentos, de focar
nas coisas que você mais gosta em seu cônjuge — "tudo o
que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo,
tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa
fama" (Filipenses 4:8). É hora de meditar no positivo.
O seu cônjuge é um livro vivo e infinito a ser lido. Ainda
existem sonhos e desejos a serem realizados. Talentos e
habilidades a serem descobertos como tesouros escondidos.
Mas a escolha de explorá-los começa com uma decisão sua.
Ê preciso desenvolver o hábito de frear seus pensamentos
negativos e focar nos atributos positivos do seu cônjuge.
Essa é uma etapa crucial pela qual temos que passar para
aprender a conduzir nosso coração ao verdadeiro amor. Essa
é uma decisão sua, mereça ou não o seu marido ou a sua
esposa.

=s*T9 PERGUNTAS e^v?


O que aconteceria com os seus sentimentos com relação
ao seu cônjuge se você focasse primeiramente nos seus
atributos positivos e em sua força? Como isso afetaria
o seu casamento se os valores dele triplicassem em sua
mente e coração?
DIA 91

Fará trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo.


Mateus 16:23

Jesus não apenas explicou que a pessoa de Satanás é


real, mas Ele serviu de modelo de como resisti-lo usando
as Escrituras (Mateus 4:1-11). Satanás, como acusador,
combinará a verdade, mentiras e suposições negativas em
sua mente sobre o seu cônjuge (Apocalipse 12:12). Ele é
bom em semear contenda, usando o seu orgulho, temores ou
raiva para que vocês se traiam mutuamente (João 13:1-3)-
Em Génesis 3, Eva foi enganada quando Satanás alega
que Deus estava escondendo novidades dela e fez perguntas
a respeito da confiança de Deus. Satanás também argumen-
tou falsamente que Jó iria amaldiçoar a Deus se os bens e
riquezas de Jó fossem tirados dele (Jó 1:9-11).
No casamento, Satanás nos manipula a desconfiar dos
motivos do nosso cônjuge. Ele alimentará o orgulho e amar-
gura que se encontra dentro de nós, dizendo: "O seu côn-
juge não lhe entende e não se importa com você. Você não é
admirada e merece mais." Isso lhe soa familiar?
O amor, contudo, acredita no melhor dos outros e dá a
eles o benefício da dúvida. É preciso, humildemente, resistir
a Satanás, perdoar o seu cônjuge e deixar brilhar a luz da
honestidade, das conversas amorosas nas escuras mentiras
das suas acusações.

<&& VÁ MAIS FUNDO (£52?


Estude Tiago 4:6-12 e I Pedro 5:6-11 para aprender
a se humilhar e resistir aos esquemas do diabo. Além
disso, estude Efésios 6:10-19-
DIA 92

Dou graças ao meu Deus todas as vezes que me lembro de vós,


Filipenses 1:3

O céu é rodeado de gratidão com relação a Deus. Por-


tanto, nos ensinar a ser gratos na Terra é uma prioridade da
vontade de Deus para nós. A Sua Palavra nos ordena a dar
graças continuamente em todas as circunstâncias. Ele salva
a nossa alma, responde nossas orações e estende a Sua graça
de forma que fluamos com gratidão.
A ingratidão é um pecado que gera insatisfação e causa
depressão. Ela também impede que os outros recebam nossa
admiração quando nos abençoam. Mas a nossa expressão de
agradecimento dá honra a Deus e traz alegria aqueles que a
recebem.
A sua alegria na vida está diretamente relacionada à pro-
fundidade da sua gratidão. Uma pessoa grata acha conten-
tamento independentemente das suas circunstâncias. Um
marido grato louva sua esposa reconhecendo as maneiras
específicas de ajudá-lo. A gratidão que uma esposa expressa
ao seu marido é geralmente mais atraente para ele do que
a sua beleza exterior. Você não aproveita o máximo do seu
casamento até que comece a expressar a admiração sincera
um ao outro. Deus lhe deu um presente inestimável em uma
vida conjugal. Seja grato!

^«29 DESAFIO DA SEMANA Q2§s>


Faça uma lista com os atributos positivos do seu cônju-
ge, então escolha um atributo a cada dia e agradeça ao
seu cônjuge por ter essa característica.
DIA 93

todas as coisas sem murmurações nem contendas;


Filipenses 2:14

A reclamação cresce e fermenta no lagar de um coração


ingrato. A Bíblia diz que devemos dar "graças a Deus e Pai
de todas as coisas" (Efésios 5:20). Mas ainda existem aque-
les que parecem encontrar todas as razões para reclamar. A
falta de problemas é muito pouco para elas reclamarem.
Reclamação, murmuração e gemidos são como venenos
na atmosfera do casamento. Eles desencorajam todos os
que ouvem e dá um exemplo pobre para os nossos filhos.
Também demonstra uma falta de paciência com relação aos
outros e uma falta de fé em Deus. Ou confiamos em Seu
poder e bondade ou não.
Quando reclamamos, a Bíblia diz que nossa murmuração
é na verdade contra Deus, porque Ele está no controle e per-
mite cada circunstância em nossa vida. Nossas reclamações
vão diretamente aos seus ouvidos de forma que ouça todas
as palavras (Números 14:27-28).
Dia após dia e momento após momento, temos uma
decisão a tomar. Podemos focar no negativo e reclamar con-
tinuamente disto, ou podemos fixar nossos olhos em Jesus
e regozijarmos sempre, orarmos sem cessar e em tudo dar
graças (I Tessalonicenses 5:l6-l8).

<&£S VÁ MAIS FUNDO <&&?


Leia Tiago 5-7-11 e estude as poderosas razões mencio-
nadas para nunca reclamarmos.
DIA 94

Dando sempre graças por tudo.


Efésios 5:20

Uma atitude de gratidão deveria descrever o perfil do


nosso estilo de vida. Este processo começa quando entende-
mos que pecamos contra o Santo Deus e merecemos juízo
e separação dEle. Ainda através do Seu amor, Deus enviou
Jesus para morrer pelos nossos pecados para que possamos
ser perdoados e tenhamos a vida eterna. Em resposta a Ele,
a sua mais profunda gratidão nasce.
A gratidão cresce quando reconhecemos diariamente
as incontáveis maneiras que somos abençoados. Ela cresce
quando entendemos que temos muito mais do que merece-
mos. Ela cresce quando lembramos que toda coisa boa é, na
verdade, um presente vindo de um Deus amoroso.
Contudo, ser grato sem se comunicar é como nuvens que
se recusam a enviar chuva. A gratidão brilha quando come-
çamos a expressar abertamente a Deus e aos outros nossa
sincera admiração. Precisamos ir além da palavra "obriga-
do" e ser bem específicos naquilo que fomos abençoados.
Não há substituto para expressar admiração. Esse é um dos
caminhos mais satisfatórios e recompensadores de embalar
o amor.

DESAFIO DA SEMANA
Faça uma lista com os atributos positivos do seu cônju-
ge, então escolha um atributo a cada dia e agradeça ao
seu cônjuge por ter essa característica.
DIA 95

E Jesus, olhando para eles, disse-lhes: Aos homens é


isso impossível, mas a Deus tudo é possível.
Mateus 19:26

Deus trabalha ressuscitando coisas. Por toda a Bíblia, Ele


continuamente traz vida de volta a situações onde a morte
parece governar. Ele trouxe chuva a uma terra seca e fez a sa-
fra florescer. Ele restaurou a tristeza de Jó após ter perdido
tudo. E claro, Ele ressuscitou Cristo da morte, dando-nos
uma esperança e um futuro.
Deus também pode ressuscitar casamentos que aparen-
tam estar mortos. Quando um casal experimenta a dor e o
sofrimento de um relacionamento fracassado, Ele, às vezes,
o permite chegar ao ponto máximo do desespero. Ê quan-
do o marido e a esposa clamam a Deus e colocam a sua fé
nEle, que o Senhor se move e reacende a chama que uma vez
brilhou. Ele nos lembra que o casamento é digno de luta, de
tempo, foco e sacrifício.
Quando Deus é parte do casamento, nunca há tempo
para desistir, e sempre há lugar para esperança. Até mesmo
ressurreição.

<&££) ORAÇÃO
"Pai, por favor continue trabalhando em nosso casa-
mento. Trabalhe em nosso coração para ansiarmos por
mais de Ti em nossa vida. Construa em nós amor pelo
Senhor e um para com o outro. Em nome de Jesus,
amém."
DIA 96

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.


I Coríntios 13:7

Como você acha que estará seu casamento daqui a alguns


anos? As imagens que aparecem em sua mente revelarão o
que você espera do seu relacionamento no futuro. Para mui-
tos, essas imagens não parecem tão radiantes. Para outros,
elas incluem dias alegres e intimidade maior. A verdade é,
muitos casais aceitam o fracasso porque não possuem uma
visão de sucesso dos anos vindouros.
Você já pensou em pedir a Deus para lhe dar uma visão
de como poderá ser o seu casamento? Você pode se ima-
ginar caminhando com o seu cônjuge em tempos bons e
difíceis, permanecendo devoto um para com o outro e para
com Deus? Você pode visualizar Deus os conduzindo a pro-
fundidades maiores de amor e entendimento?
Um aspecto poderoso do amor é que ele tem esperança.
Ele anseia o melhor. E não importa onde esteja hoje, seu ca-
samento pode alcançar um maravilhoso crescimento se você
centralizá-lo em Deus.
O que está lhe impedindo de dobrar os joelhos agora e
suplicar a Ele pela Sua visão para o futuro de vocês? Esteja
preparado para colocar esta visão em palavras e ação à medi-
da que Deus a entrega a você como resposta para sua oração.
Esta é uma visão digna de se possuir.

««IÍ DESAFIO DA SEMANA eusop


Faça uma lista com os atributos positivos do seu cônju-
ge, então escolha um atributo a cada dia e agradeça ao
seu cônjuge por ter essa característica.
DIA 97

Ciúme... suas brasas são jogo ardente, são labaredas do Senhor.


Cantares de Salomão 8:6

A palavra ciúme vem da raiz da palavra zelo e significa


queimar com um fogo intenso. Na verdade existem duas
formas de ciúme: o ciúme legítimo, baseado no amor, e
o ilegítimo, baseado na inveja. O ciúme legítimo aparece
quando alguém que você ama que pertence a você desvia o
coração e lhe substitui por outra pessoa. A Bíblia descreve
Deus como tendo esse tipo de ciúme justo pelo seu povo.
O tipo ilegítimo de ciúme tem sua origem no egoísmo.
Isto é, ter ciúme de alguém ou ser "movido por inveja".
Quando você se casou, você recebeu a função de torcer pelo
seu cônjuge. Vocês se tornaram um e se alegram com o
prazer do outro. Mas, se o egoísmo entra em cena, qualquer
coisa boa que aconteça com apenas um de vocês pode ser
um estimulante para a inveja e não para a parabenização.
O amor não inveja o sucesso do outro, mas é o primeiro a
celebrá-lo.

=s*ss VÁ MAIS FUNDO (Ess?


Ao invés de celebrar as bênçãos de Deus para outra pes-
soa, a inveja o faz maltratá-la, mesmo que ela não tenha
feito nada de errado com você. Estude Provérbios 3:29-
3 3 e considere como você deve aplicar esta passagem em
seu casamento e em seus relacionamentos. Que tipo de
pessoa Deus abençoa de acordo com esta passagem?
DIA 98

Eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso.


Êxodo 20:5

Entre todas as maneiras nas quais somos capazes de pe-


car contra Deus, é interessante que Ele escolheu os dois pri-
meiros dos Seus dez mandamentos para estabelecer que Ele
é um "Deus ciumento", que não é para ser substituído. A
história inteira da Bíblia é, de diferentes maneiras, o relato
contínuo do seu zelo — como Ele diligentemente adquiriu o
afeto e a devoção dos Seus filhos, às vezes tratando da sua
rebeldia interior, às vezes lidando com outras nações que os
conduziam de forma errada.
Ele sabia, claro, que os ídolos do povo eram imitações
baratas que os afastavam da comunhão com Deus. Ele ridi-
cularizou os artesãos cujas criações feitas a mão precisavam
ser firmadas com pregos, para que não se movesse (Isaías
41:7)- O Seu ciúme é Santo e justo, e o leva à grande ira.
Ela O faz ser um "fogo consumidor" (Hebreus 12:29).
Mas esse é o fogo do Seu amor, produzido no conheci-
mento de que Ele é o único digno da nossa adoração, nosso
"primeiro amor" (Apocalipse 2:4)- A razão pela qual Ele
não tolera rivais é porque nada pode competir com o Único
Deus Verdadeiro. Ele sabe que só podemos ser satisfeitos
nEle.

ORAÇÃO
"Pai Celestial, ajuda-me a não confiar em nenhum subs-
tituto — nenhum prazer temporal, hábitos antigos — que
podem substituir o que eu apenas encontro em Ti. Em
nome de Jesus, amém. "
DIA 99

Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus.


2 Coríntios 11:12

A forma de ciúme legítima, baseada no amor — o ciúme


de Deus — é ligada à ideia de substituição. Ele é ciumento
sobre qualquer coisa que afasta a nós ou a quem amamos de
seguir ao Senhor de todo o coração. Finéias foi honrado por
se levantar em um julgamento furioso contra o seu com-
patriota hebreu que estava zombando de Deus por dormir
com as mulheres estrangeiras idólatras. Em sua apaixonada
defesa de Deus, ele foi honrado por ser "zeloso com o meu
zelo no meio deles" (Números 25:11).
Depois que Jesus expulsou os cambistas do templo, os
seus discípulos entenderam isso como cumprimento da
seguinte profecia: "O zelo da tua casa me devorará" (João
2:17).
O ciúme vindo de Deus nos faz ansiar que nosso cônjuge
e filhos dêem a Deus o primeiro lugar na vida deles. E por
esta razão que sofremos por eles sempre que eles substituem
o primeiro amor pelo Senhor, por outras alternativas. Se
não formos zelosos para com Deus, não devemos ficar tão
angustiados. Mas nosso zelo em dar a Ele o Seu justo lugar
de honra e gratidão nos faz agir, orar e falar em Sua defesa.

DESAFIO DA SEMANA @
Decida ser o maior fã do seu cônjuge e decida rejeitar
qualquer pensamento invejoso. Compartilhe com o seu
cônjuge o quanto você está feliz com o sucesso que ele
conquistou recentemente.
D I A IOO

O furor é cruel e a ira impetuosa, mas quem


poderá enfrentar a inveja?
Provérbios 27:4

Você luta contra a inveja? A sua amiga é mais popular e


você sente ódio dela por isso. Seu colega de trabalho ganha
uma promoção e você não consegue dormir à noite. Ele não
deve ter feito nada de errado, mas você se tornou amargu-
rado por causa do seu sucesso. Dizem que as pessoas ficam
felizes com nosso sucesso, desde que não seja maior do que
o delas.
A inveja é uma luta comum. Ela é ativada quando alguém
"passa a sua frente" e consegue algo que você quer. Em lu-
gar de parabenizá-lo você se enche de raiva e pensa maldades
a respeito dele. Se não tomarmos cuidado, o ciúme rastejará
como uma cobra em nosso coração e acabará com as nossas
motivações e com os nossos relacionamentos, até o nosso
casamento.
A Bíblia diz que a inveja nos leva à confusão, à briga e a
toda espécie de males. Se não acabarmos com a nossa raiva
aprendendo a amar os outros, provavelmente conspiraremos
contra eles. Podemos até desejar mal para o nosso cônjuge
por causa de um sucesso que ele (a) alcança. Não permita
que o veneno da inveja impeça você de viver a vida de amor
que Deus planejou.

^*2) VÁ MAIS FUNDO ^mp


Leia I Samuel 18:1-9 e considere as diferenças entre a
resposta de Saul e a resposta de Jonatas para o grande
sucesso de Davi na batalha. Olhe para o maravilhoso
impacto que o amor teve em tocar suas respostas.
DIA 101

Andemos honestamente, como de dia; não em glutonarias,


nem em bebedeiras.
Romanos 13:13

Existe uma sequência de ciúme ilegítimo nas Escrituras.


Ele provocou o primeiro assassinato quando Caim despre-
zou a aceitação de Deus à oferta do seu irmão. Sara mandou
sua criada embora porque Hagar podia gerar filhos enquan-
to ela não. Os irmãos de José viram que ele era o preferido
de seu pai, então eles o jogaram em um poço e o venderam
como escravo. Jesus foi mais amoroso, poderoso e popular
que o principal dos sacerdotes, então eles tramaram Sua
traição e crucificação.
Se não tivermos cuidado, a inveja também pode afetar o
nosso casamento. Mas o amor nos leva a celebrar os suces-
sos do nosso cônjuge ao invés de sentir-se mal. Um marido
amoroso não se importa se sua esposa for melhor em algu-
mas coisas. Ele a vê como um complemento dele, não como
uma concorrente. Uma esposa amorosa será a primeira a se
alegrar pelo marido quando ele vence. Ela não compara suas
fraquezas com as forças dele. Ela dá uma festa de celebração
ao invés de se lamentar.
E hora de deixar a humildade e gratidão destruir todo o
ciúme e então se unirem ainda mais através do amor não
egoísta. "Alegrai-vos com os que se alegram" (Romanos 12:15).

=5*2? DESAFIO DA SEMANA


Decida ser o maior fã do seu cônjuge e decida rejeitar
qualquer pensamento invejoso. Compartilhe com o seu
cônjuge o quanto você está feliz com o sucesso que ele
conquistou recentemente.
DIA 102

(£/.
O amor nãofazjnal ao próximo. De sorte
que o cumprimento da lei é o amor.
Romanos 13:10

O amor lhe faz lidar com qualquer tipo de inveja ou


cobiça que se infiltra em seu coração. O amor não apenas
lhe faz questionar seus próprios motivos por atenção e pro-
gresso, mas também previne que você sinta qualquer tipo de
prazer no fracasso ou desgraça.
Para adquirir essa liberdade da mente e da consciência,
resista a qualquer tentação de se comparar com os outros.
"Mas prove cada um a sua própria obra, e terá glória só em
si mesmo, e não noutro" (Gaiatas 6:4). Conte as bênçãos
que você recebeu do Senhor sem fazer referência a como se
integram contra as do outro. Não pense mal de ninguém ou
"planeje mal contra o seu próximo" (Provérbios 3:29). Em
lugar disso, regozije-se no sucesso dos outros, alegrando-se
com o fato que eles estão experimentando o favor de Deus.
Após saber que Deus é bom, é hora de afastar-se de "toda a
malícia, e todo o engano, e fingimentos, e invejas, e todas as
murmurações" (2 Pedro 2:1).

ORAÇÃO
"Senhor, exponha qualquer motivo profano em nosso
coração. Ensina-nos a caminhar na pureza de forma que
as Suas mãos descansem em nosso favor. Perdoe-nos
pelos pensamentos pecaminosos, e renove o nosso foco
no Senhor."
DIA 103

Saúdem uns aos outros com beijo santo de amor


I Pedro 5:14

A maneira como um casal cumprimenta um ao outro


pode dizer muito a respeito de como anda o relacionamen-
to dele. Isso pode ser notado em suas expressões e feições,
assim como na maneira pela qual falam um com o outro.
Fica ainda mais óbvio pelo seu contato físico, pela maneira
delicada e respeitosa que se tocam.
A Bíblia tem mais a dizer sobre maneiras de tratar os
outros do que podemos imaginar. O apóstolo Paulo separou
um tempo para encorajar seus leitores a cumprimentar calo-
rosamente o próximo quando o encontrasse. Jesus disse que
parte de ser cristão inclui humildade e bondade suficientes
para se dirigir aos nossos inimigos com gentileza.
Pense nas oportunidades que você tem de cumprimentar
seu cônjuge: ao entrar em casa, ao encontrar para almoçar,
ao falar ao telefone. Não precisamos ser ousados e dramáti-
cos todas as vezes, mas adicionar ternura e entusiasmo aos
cumprimentos nos dá a chance de tocar o coração do nosso
cônjuge de maneiras delicadas e sem palavras.

<z*S9 DESAFIO DA SEMANA


Decida ser o maior fã do seu cônjuge e decida rejeitar
qualquer pensamento invejoso. Compartilhe com o seu
cônjuge o quanto você está feliz com o sucesso que ele
conquistou recentemente.
DIA 104

(Cs

Espero, porém, ver-te brevemente, e falaremos de face a face.


Os amigos te saúdam... Saúda os amigos pelo seu nome.
3 João 14-15

Como cumprimentamos os nossos amigos, colegas de


trabalho e os nossos vizinhos? E os nossos familiares e
aqueles que encontramos em público? Podemos até encon-
trar alguém de quem não necessariamente gostamos, mas
mesmo assim tratá-lo com cortesia. Então, se somos tão
agradáveis e educados com os outros, nosso cônjuge não
merece o mesmo multiplicado por dez?
Quando alguém diz que está feliz em nos ver, a nossa au-
toestima aumenta. Ê porque um bom cumprimento prepara
o caminho para uma interação positiva e saudável. Assim
como o amor, ele traz o vento à nossa navegação. Pense so-
bre as suas saudações. Seu cônjuge se sente precioso e apre-
ciado? Ele se sente amado? Mesmo quando você não está
bem, pode aliviar a tensão e valorizá-lo no modo como o
cumprimenta. Coloque imaginação no que e em como você
deseja comunicar. Lembre-se, amar é uma escolha. Então,
escolha mudar a maneira como cumprimenta.

«s*® VÁ MAIS FUNDO easv?


Leia Mateus 5:43-48 e note que Jesus inclui o cumpri-
mento como uma maneira de demonstrar amor. O teste
do nosso amor não é como tratamos nossos amigos. Se
o seu cônjuge se tornou um inimigo para você, como
as palavras de Jesus afetanam a maneira como você irá
tratá-lo?
D I A 105

E, levantando-se, foi para seu pai; e, quando ainda estava


longe, viu-o seu pai, e se moveu de íntima compaixão e,
correndo, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou.
Lucas 15:20

Pense novamente na história do filho pródigo, contada


por Jesus em Lucas 15- Este jovem rebelde gastou o dinhei-
ro da sua herança com um estilo de vida imprudente. Mas,
logo as consequências de suas más escolhas apareceram, e
ele se viu comendo restos em um chiqueiro. Humilhado e
envergonhado, ele voltou para casa e encarou seu pai. Porém,
o cumprimento que ele estava esperando não foi exatamente
o que recebeu.
Mas, como você acha que ele se sentiu ao receber o abra-
ço do seu pai e ouvir o tom de gratidão em sua voz? Sem
dúvida, ele sentiu-se mais uma vez amado e precioso. Em
um instante ele percebeu, antes que qualquer palavra fosse
falada, que ele foi completamente aceito e era agradável ao
seu pai.
Que tipo de cumprimento faria o seu cônjuge sentir-se
assim? Como podemos despertar os seus sentidos com uma
simples palavra, um simples toque, um tom de voz? Um
cumprimento amoroso abençoa seu cônjuge pelo que ele vê,
ouve e sente.

c&ms PERGUNTAS C3v?


Como você cumprimentava o seu cônjuge no início do
casamento? Como a maneira de cumprimentá-lo mudou
com o passar dos anos? Está melhor ou pior? Que
pequenas mudanças você pode fazer para conduzi-la ao
próximo nível de gentileza?
DIA 106

Se eu ria para eles, não o criam, e a luzido meu


rosto não faziam abater,
Jó 29:24

A oportunidade para abençoar seu cônjuge com genti-


leza, cumprimentos atenciosos é ainda mais aprimorada se
você tenta capturar cada uma de suas lógicas nesse processo.
O som da sua voz, chamando-o pelo apelido carinhoso que
você deu para ele, usado por mais ninguém além de você;
o toque das suas mãos em seus ombros, ou o seu corpo se
aproximando em um abraço amoroso; o cheiro do seu per-
fume ou pós barba, deixado para ficar após o gosto de um
beijo romântico; e, talvez o mais doce de todos, um sorriso
que faz lembrar o quanto é profundamente amado, desejado
e genuinamente adorado.
Alguns têm reivindicado fortemente que um semblante
carrancudo no rosto de um cristão é um testemunho pobre
da alegria que Deus estende a todo o Seu povo. Pode ser
falado com certeza que uma expressão azeda, desinteressada
em sua face é um insulto silencioso para a sua esposa ou
marido. Pense no que eles vêem quando olham para você.
Certifique-se de que esse é um olhar que transmite amor,
mesmo sem dizer uma palavra sequer.

« « 9 DESAFIO DA SEMANA easv?


Pense em uma maneira especial de cumprimentar o seu
cônjuge hoje. Faça isso com um sorriso e com entusias-
mo. Permita que o seu cumprimento reflita o seu amor
por ele.
DIA 107

Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo


morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.
Romanos 5:8

Se alguém perguntasse, ' Por que você ama a sua esposa?


ou "Por que você ama o seu marido?" - o que você diria?
A maioria dos homens mencionaria a beleza de sua esposa
seu senso de humor, sua bondade ou a boa mãe que ela é.
As mulheres provavelmente diriam algo sobre a aparência de
seu marido ou sobre sua personalidade ou ainda o quanto
ele é trabalhador.
Mas, e se o seu cônjuge perdesse todas essas qualidades?
E se por meio de um declínio na saúde ou uma situação
estressante, seu cônjuge perdesse todos os aspectos atrativos
que caracterizam quem ele é? Você ainda o amaria? Se as
suas razões para amar seu cônjuge têm ligação com as quali-
dades dele — e se essas qualidades, gradualmente, desapare-
cerem — a sua base para amar se vai.
A única maneira do amor durar por toda uma vida é se
ele for incondicional. E o amor incondicional não é baseado
no quanto a outra pessoa merece, mas pelo contrário, na
escolha de amá-la, independente das circunstâncias.

«;«-) VÁ MAIS FUNDO <23v?


Uma das maiores explicações para o amor de Deus é
encontrada em Romanos 5:6-10. Leia esta passagem e
considere o quanto somos detestáveis para com Deus.
Note ainda o quanto o Seu amor é demonstrado a nós
de todo o coração a essa altura.
DIA 108
â'ama

Nós o amamos porque ele nos amou primeiro.


I João 4:19

A verdade é: o amor não é determinado por estar apaixo-


nado, pelo contrário, ele é determinado por escolher amar.
A Bíblia se refere a essa espécie de amor utilizando a palavra
grega ágape. Ele se difere dos outros géneros de amor, que
são — pbilos (amizade) e eros (amor sexual). Ambos, amizade
e sexo, têm um lugar importante no casamento, claro, e são
definitivamente parte da casa que construímos juntos como
marido e mulher. Contudo, se o casamento depende total-
mente de ter interesses em comum ou de uma vida sexual
saudável, então a sua fundação é instável.
Philos e eros são mais responsivos por natureza e podem
flutuar baseados em sentimentos. O amor ágape, por outro
lado, é desprendido e incondicional. Então, ao menos que
essa espécie de amor forme a fundação do casamento, o
desgaste e as rachaduras do tempo irão destrui-lo. O amor
ágape é aquele "na saúde ou na doença", "na riqueza ou na
pobreza", "até que a morte os separe". E o único género de
amor que é verdadeiro.

ÍP*SS DESAFIO DA SEMANA ? 1 R P


Pense em uma maneira especial de cumprimentar o seu
cônjuge hoje. Faça isso com um sorriso e com entusias-
mo. Permita que o seu cumprimento reflita o seu amor
por ele.
DIA 109

Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus,


mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para
propiciação pelos nossos pecados.
I João 4:10

Deus nos ama não porque somos amáveis, mas porque


Ele é amor. Se Ele insistisse que nós deveríamos provar-nos
dignos de Seu amor, falharíamos miseravelmente. Cada dia
proporcionaria a Ele grandes justificativas para nos rejeitar,
para se esquecer de nós. Mas, o amor de Deus é uma es-
colha que Ele faz inteiramente por Ele mesmo. É algo que
recebemos dEle e então compartilhamos com outros.
Se um homem diz à sua esposa: "Eu não lhe amo mais",
ele na verdade está dizendo: "Eu nunca lhe amei incon-
dicionalmente desde o início". Seu amor era baseado em
sentimentos ou circunstâncias, não em compromisso. E um
casamento alicerçado no amor philos ou eros — um casamento
construído na areia e não na rocha. Ê preciso existir uma
fundação mais forte que meramente a atração sexual ou ami-
zade. O amor incondicional, isto é, o amor ágape, não será
governado pelo tempo ou pelas circunstâncias. Ele durará
para sempre porque é o amor de Deus.

T?e9 ORAÇÃO O???


"Senhor, te agradecemos pelo Teu amor compassivo.
Ensina-nos a amar um ao outro como o Senhor nos
ama, e nos perdoa quando nos apegamos ao nosso ego-
ísmo. Renove em nós um coração puro para a Tua glória.
Em nome de Jesus, amém.
DIA IIO

Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de


Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado.
I João 2:5

Quando você constrói o seu casamento fundamentado


no amor ágape, então os aspectos da amizade e do romantis-
mo do seu amor tornam-se ainda mais intensos que antes.
Quando o seu prazer um no outro, como melhores amigos
e amantes, é baseado em um compromisso inabalável, você
experimentará uma intimidade que não pode ser alcançada
de nenhuma outra forma.
Mas, você lutará e fracassará na busca por esse tipo de
casamento se não permitir que Deus plante o Seu amor em
vocês. O amor ágape não vem de dentro. Ele só pode vir de
Deus. Mas felizmente — por uma escolha sua — esse pode se
tornar o seu tipo de amor também, quando recebê-lo e com-
partilhá-lo. E, não se surpreenda caso seu cônjuge se torne
ainda mais adorável com você. Você não dirá mais: "Eu te
amo porque...", você dirá: "Eu amo você e ponto final."

<&m DESAFIO DA SEMANA easop


Pense em uma maneira especial de cumprimentar o seu
cônjuge hoje. Faça isso com um sorriso e com entusias-
mo. Permita que o seu cumprimento reflita o seu amor
por ele.
DIA 111

Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida... nem


alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus.
Romanos 8:38-39

A natureza incondicional do amor de Deus é maior


que qualquer desafio que nosso pecado pode proporcionar
contra ele. É por esta razão que o apóstolo Paulo descreve o
amor de Deus com uma série de poderosos extremos. Esta
é uma maneira poética de dizer que nada — absolutamente
nada — é capaz de "nos separar do amor de Deus."
"Nem a morte nem a vida." (Tudo está ou morto ou
vivo.) "Nem as coisas do presente nem a do porvir." (Tudo
ou é, ou tem sido ou será.) "Nem a altura nem a profundi-
dade." (Nada pode aumentar ou diminuir Seu amor incon-
dicional para conosco). "Nem alguma outra criatura." (Isso
abrange todas as coisas que você pode imaginar.) Absoluta-
mente nada pode nos separar do Seu amor.
E também, nada pode separar o seu amor pelo seu esposo
ou esposa. O amor que você prometeu para o outro no casa-
mento não pode incluir cláusula de fuga nem termos ne-
gociados. Você simplesmente não pode olhar para ele dessa
forma. Ou é amor verdadeiro, ou não é. Mas, se você deseja
que esse seja o amor de Deus, ele deve ser disposto e estar
pronto para percorrer todo o caminho.

=5P82> PERGUNTAS essv?


Se o amor de Deus é incondicional, então existe alguma
coisa que alguém fez ou fará que possa lhe separar do
Seu amor? O que pode acontecer com o seu coração
se você verdadeiramente acreditar e receber o imutável
amor de Deus?
DIA 112

Este í o sinal da aliança que tenho estabelecido.


Génesis 9:17

As alianças que vocês trocaram no altar do casamento


não fazem nada além de confirmar o seu estado civil. Assim
como o arco-íris nos dias de Noé, como o pão e o vinho da
ceia, as alianças representam uma promessa. Este é um sinal
visível dos votos que você fez no dia do casamento.
Isso significa que todas as vezes que o brilho do ouro
ou da prata captura os seus olhos, você pode considerá-lo
um lembrete do amor incondicional que prometeram um ao
outro. Da mesma forma, sua esposa ou seu marido carrega
a sua promessa a ele (a) para onde quer que vá. É mais que
uma jóia ou metal precioso. Ela nunca para de sussurrar os
versos que compartilharam "até que a morte nos separe".
Deus sempre utilizou sinais para dar as Suas alianças
uma forma tangível. Ele sabe que a vida tende a nos fazer
esquecer o que nós mesmos concordamos em fazer ao lidar-
mos com os outros. Permita que a sua aliança de casamento
sirva como um lembrete constante da sua promessa.

^& VÁ MAIS FUNDO


Leia Génesis 9:8-17 e observe as características da
aliança de Deus com Noé após o dilúvio. Como Deus
comunica que Ele não voltará mais atrás enquanto tam-
bém mantém Sua eterna aliança? Qual é a semelhança
no propósito entre o arco-íris e a sua aliaça?
DIA 113

Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto


na vide; todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei
no Deus da minha salvação.
Habacuque 3:17-18

O seu amor tem um lugar do qual não consegue ir além?


Mesmo que você tenha prontamente prometido amar seu
cônjuge para sempre no suave fulgor da cerimonia de casa-
mento, você estava apenas repetindo o roteiro? Você é como
muitos que mesmo prometendo permanecer nos bons e nos
maus momentos, na verdade estava dizendo apenas "nos
bons momentos"?
Você pode olhar para o casamento de outras pessoas
e achar que muitos, senão a maioria, têm um casamento
muito mais tranquilo que o seu. Você pode achar que o seu
cônjuge trouxe desafios para o seu casamento que você não
pode mais tolerar — coisas que você não sabe ou não previu,
ou talvez desconsiderou.
Não desista de ter um amor verdadeiro com o seu côn-
juge. Mesmo se muitos sentimentos e desejos foram subs-
tituídos por ressentimento e desconfiança, Deus é capaz
de fazer crescer em você um amor que irá durar. O amor
incondicional lhe dará a habilidade de se levantar das cinzas
das piores situações da vida, e seja grato pela maneira como
o calor da batalha derreteu o coração de vocês e os tornou um.

SS8Ê9 DESAFIO DA SEMANA Qsss?


Faça algo fora do normal para o seu cônjuge — algo que
prove (para você e para ele) que o seu amor é baseado
em suas escolhas e em nada mais.
DIA 114

Como em muita prova de tribulação houve abundância


do seu gozo, e como a sua profunda pobreza abundou
em riquezas da sua generosidade.
2 Coríntios 8:2

Todos nós entramos no casamento com a ideia do que


sonhamos para ele. Temos a ideia da casa dos nossos sonhos
em mente. Podemos imaginar certo número de filhos. Pode-
mos nos ver livres para explorar nossos prazeres e hobbies nos
fins de semana.
Mas o que acontece se o seu marido não possui dinheiro
suficiente para lhe agradar? E se a sua esposa insiste em ser
uma mãe mais caseira? O que fazer se os seus amigos mais
chegados são capazes de manter o estilo de vida que você
deseja, ou se a pressão das contas está pesando sobre você?
Ainda há uma abundância de alegria em seu amor um pelo
outro, apesar do problema financeiro? Você amorteceu seu
casamento contra a necessidade de bens para ter sucesso?
Quando os desejos se disfarçam em necessidades, o amor
entre vocês sempre se torna condicional. A sua comunicação
é manchada com palavras e olhares de decepção. Afirme ao
seu cônjuge que o seu amor não tem uma etiqueta monetá-
ria — que você calculou os custos e os considerou dignos de
qualquer sacrifício.

^?gs) VÁ MAIS FUNDO


Leia Provérbios 19:22. Segundo esse versículo, o que é
mais importante que riquezas? As promessas que você
fez no casamento são mais importantes para você do
que seu status financeiro?
DIA 115

E não rejeitastes, nem desprezastes isso que era


uma tentação na minha carne.
Gaiatas 4:14

Uma das maiores provas de amor verdadeiro é encontrada


na angústia da doença, do ferimento, da limitação. Você tem
poucas maneiras de saber que o seu esposo ou esposa será
surpreendido por uma enfermidade ou se dispersar de você
durante épocas de solidão em densas nuvens de depressão.
As maneiras delicadas nas quais ele (a) expressava amor por
você talvez não sejam mais possíveis de serem demonstra-
das. As escalas de serviço podem inclinar-se em sua direção,
agora e para o resto da sua vida.
Se você e seu cônjuge desfrutam de uma saúde física
e emocional, prometa um ao outro — a frente de qualquer
questão — que nenhuma necessidade ou pedido da parte
deles será tão grande para o seu amor. E se o amor já está
exigindo que você honre seu cônjuge servindo-o na enfermi-
dade, faça isso com grande alegria e gratidão. Você é prova
viva que o amor de Deus está vivo e é satisfatório, tendo
redimido a sua vida da queda do pecado, inspirando este
mesmo amor sacrificial em seu coração para o seu cônjuge.

ssss» DESAFIO DA SEMANA (


Faça algo fora do normal para o seu cônjuge — algo que
prove (para você e para ele) que o seu amor é baseado
em suas escolhas e em nada mais.
DIA 116

Faça~me assim o Senhor, e outro tanto, se outra


coisa que não seja a morte me separar de ti.
Rute 1:17

O chamado de Deus para a nossa vida é "para tudo" —


tudo o que somos, tudo o que temos. Ele provou o coração
do jovem rico e orgulhoso ordenando-o a "vender tudo o
que tem e dar aos pobres" (Marcos 10:21). Ele desafiou
os seus discípulos e outros a amarem a Deus "de todo o
seu coração, de todo o seu entendimento e com toda a sua
força" (Marcos 12:3 3). Jesus então provou que Ele mesmo
estava disposto a fazer assim, entregando o Seu tudo para
morrer no lugar dos pecadores — pessoas como nós, que não
apenas eram indignas mas que insistentemente resistiram a
Ele.
Não é de se surpreender, contudo, que o amor que Ele
coloca e desenvolve em nós requer a maior promessa que
podemos oferecer — nossa vida. Toda ela. Todos os dias.
Quando prometemos o mesmo para nossa noiva ou noivo,
não podemos oferecer mais do que isto. Afirmamos que o
nosso amor era muito profundo e grande, que seria neces-
sário cada respirar que temos para consumir, todo caminho
que temos na terra. O amor verdadeiro não pode ser menos
que isso.

© ORAÇÃO ís
"Deus, marca o nosso coração com amor pelo nosso
cônjuge. Proteja-nos de qualquer interferência que possa
desviar o nosso foco, e mantenha-nos unidos com o
Senhor até a morte. Obrigada, Pai. Em nome de Jesus,
amém.
DIA 117

Assim devem os maridos amar a suas próprias


mulheres, como a seus próprios corpos
Efésios 5:28

Existe um laço significante entre um esposo e uma espo-


sa, que não se compara a nada mais. A verdade é, vocês são
parte um do outro. Tudo o que toca o outro, toca você. Por
exemplo, você nunca arrancaria a sua mão se ela estivesse
ferida, mas pagaria o que pudesse pelo melhor tratamento
médico possível. Isso acontece porque a sua mão é muito
valiosa para você. Ela é parte de quem você é. Assim como o
seu cônjuge.
O casamento é um lindo mistério criado por Deus. Ê um
relacionamento que junta duas vidas como sendo uma. Isso
não só acontece fisicamente, mas espiritualmente e emo-
cionalmente. Você começa compartilhando a mesma casa, a
mesma cama, o mesmo sobrenome. Quando o seu cônjuge
sofre uma tragédia, ambos sentem a dor.
Quando você alcança sucesso no trabalho, ambos se ale-
gram. Deixe que a identidade de vocês se unam e se tornem
uma, inseparável, digna do mesmo cuidado que você tem
com o seu corpo.

DESAFIO DA SEMANA ©Sv?


Faça algo fora do normal para o seu cônjuge — algo que
prove (para você e para ele) que o seu amor é baseado
em suas escolhas e em nada mais.
DIAII8

Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo. Porque nunca nin-


guém odiou a sua própria carne; antes a alimenta e sustenta.
Efésios 5:28-29

Em algum ponto ao longo do caminho, você experimen-


tará uma profunda decepção: a realidade de que se casou
com uma pessoa imperfeita, como você.
Isto, contudo, não muda o fato do seu cônjuge ainda ser
parte de você. Ambos são considerados mesma carne. Ele
deve ser tratado com a mesma educação e com o mesmo
cuidado com que você se trata.
Mas, existe o outro lado dessa moeda. Quando você mal-
trata seu cônjuge, também maltrata a si mesmo. Pense nisso:
a vida de vocês está agora trançada uma à outra. O seu
cônjuge não pode sentir alegria ou dor, receber bênção ou
maldição, sem que você também seja afetado. Então, quando
você ataca o seu cônjuge é como atacar o seu próprio corpo.
Quando você demonstra amor ao seu cônjuge, você também
demonstra amor a si mesmo. Deus uniu vocês de tal forma
que você precisa pensar no outro como se fosse você.

<&££ VÁ MAIS F U N D O ÍESVP

Leia Efésios 5:28-31 no contexto. Paulo fala em ângu-


los múltiplos o porquê um marido precisa alimentar e
sustentar a sua esposa da mesma forma como cuida do
seu próprio corpo. Como você trata os seus olhos, ou-
vidos ou mãos? Como Cristo amou a Sua noiva? Como
isto pode afetar o nobre amor que você demonstra ao
seu cônjuge?
DIA 119

(CS

Doce é o sono do trabalhador, quer coma pouco quer


muito; mas a fartura do rico não o deixa dormir.
Eclesiastes 5:12

Como você gostaria de ser feliz independente das cir-


cunstâncias? Essa é uma promessa alcançável de satisfação.
Quando a sua satisfação já é predeterminada, a sua fonte de
prazer pode ser tudo aquilo que você determine que ela seja.
Se você não possui tanto quanto as pessoas ao seu redor,
então está tudo para você. Se você não pode arcar com todas
as dívidas do natal deste ano, ele ainda será prazeroso e ado-
rável. Na verdade, você está entregando a si mesmo um dos
maiores presentes da vida — a liberdade da alegria incondi-
cional.
O contentamento lhe permite esperar para comprar
algo ao invés de lutar com a dúvida de estar ou não exage-
rando. Isto lhe permite criar filhos que podem criar mais
diversão com uma caixa de papelão do que com uma caixa
de vídeo games. E isso contribui até para uma boa noite de
sono. Com roupa, comida e com a força de Cristo podemos
aprender a ser completamente satisfeitos. Pessoas não nas-
cem felizes; elas se tornam felizes. E as pessoas mais felizes
da Terra são aquelas que não precisam de mais do que já tem
para satisfazê-las.

s5¥E5 PERGUNTAS easc?


Quais são alguns dos primeiros indicadores de que você
está sofrendo com a questão do contentamento? Como
você trata com a linha fina entre ser satisfeito e ser
preguiçoso?
DIA 120

Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da


tua mocidade... pelo seu amor sejas atraído perpetuamente.
Provérbios 5:18-19

Não permita que a cultura ao seu redor determine o


valor do seu casamento. Compará-lo a algo que pode ser
descartado ou substituído é desonrar o propósito de Deus
para ele. Seria como amputar um membro do seu corpo. Ao
invés disso, o casamento deve ser o retrato do amor entre
duas pessoas imperfeitas que escolheram amar uma a outra
apesar de tudo.
Sempre que o marido olha nos olhos da esposa, ele deve
se lembrar de que "aquele que ama a sua esposa ama a si
mesmo" (Efésios 5:28). E a esposa deve lembrar-se de que
quando ela o ama, ela também está amando e honrando a si
mesma. Esteja sempre buscando uma ou outras maneiras de
estimar e proteger o que Deus lhe deu, nunca tendo vergo-
nha de deixar o outro ouvir dizê-lo o quanto você o valori-
za.
Quando você olha para o seu cônjuge, está olhando para
uma parte de você. Então, trate bem a sua esposa. Fale bem
dele. Nutra e cuide do amor da sua vida.

DESAFIO DA SEMANA
Busque uma necessidade em seu cônjuge que você pode
suprir esta semana. Escolha um gesto que diga "Eu
cuido de você", e faça isso com um sorriso.
DIA 121

Quanto melhor í o teu amor do que o vinho! E o aroma


dos teus unguentos do que o de todas as especiarias!
Cantares de Salomão 4:10

As implicações de ser um só corpo com o seu cônjuge


podem ser transferidas para áreas que podem parecer peque-
nas se comparadas, ainda que abram maneiras específicas
de abençoar e honrar seu cônjuge. Quando vocês estavam
namorando, por exemplo, você prestava bastante atenção em
sua aparência física antes de se encontrarem. Você pensava
com antecedência em como arrumaria o cabelo e a roupa que
usaria, o aroma do seu perfume ou colónia.
A intimidade do casamento, contudo, pode reduzir seu
incentivo de tornar-se atraente para o seu cônjuge. Você
pode gastar muito tempo se arrumando para ir ao trabalho
ou à igreja, mas geralmente não passa muito tempo com sua
esposa ou seu marido. E se em lugar disso você reavivasse a
prática de se fazer parecer atraente para o seu cônjuge, mes-
mo em casa — vestindo-se bem, arrumando o cabelo, acen-
tuando as pequenas coisas que ele sempre admirou em você?
Quando você não considera o seu corpo como sendo só seu,
você é capaz de fazer o seu melhor mais uma vez para o seu
cônjuge.

« w s VÁ MAIS FUNDO essvp


Leia Cantares de Salomão 4:9-11 e considere como a
noiva de Salomão se preparou para agradar ao seu mari-
do com a sua face, roupas e perfume. O que você pode
fazer para amorosamente tornar-se mais atraente para o
seu cônjuge?
DIA 122

Não tenho ninguém que, como ele, tenha interesse


sincero pelo bem-estar de vocês
Filipenses 2:20

Infelizmente, a teimosia aparece como característica pa-


drão nos modelos de marido e esposa. Defender seus direi-
tos e opiniões é algo inerente ao ser humano. No entanto, é
muito prejudicial dentro de uma relação como o casamento,
e rouba tempo e produtividade da sua relação. Pode também
causar grande frustração para os dois. Mas, nem sempre
é ruim ser teimoso. Há algumas coisas que valem a pena
permanecer firme por elas e protegê-las. Nossas prioridades,
moral e obediência a Deus devem ser guardadas com grande
esforço.
Só há uma maneira de sair deste beco sem saída, e é
querer. E uma atitude de espírito de cooperação que deve
permear nossas conversas. É semelhante a uma palmeira
perto do oceano que resista aos maiores ventos porque ela
é capaz de se curvar graciosamente. É hora de se enraizar
na verdade, mesmo assim querer se inclinar para a preferên-
cia de seu marido ou esposa sempre que possível, só para
demonstrar amor.

DESAFIO DA SEMANA
Procure por uma necessidade de seu cônjuge que você
possa ir de encontro esta semana. Escolha um gesto
que diga: "Eu amo você", e faça isso por ele (a) com um
sorriso.
DIA 123

Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus.


Filipenses 2:5

Jesus tinha todo direito de se recusar a se tornar huma-


no, mas Ele rendeu-se ao plano do Pai e se tornou homem
— porque Ele desejou. Ele tinha o direito de ser servido por
toda raça humana, mas fez o contrário, veio nos servir. Ele
tinha o direito de viver em paz e segurança, no entanto, de
bom grado entregou a Sua vida por nossos pecados. Ele
até mesmo quis suportar a dura tortura da cruz. Ele amou,
cooperou e escolheu fazer a vontade de seu Pai ao invés da
Sua própria.
Amar significa abrir mão do que você tem direito de
reivindicar — pelo bem dos outros.
Para que as suas brigas conjugais continuem, você e seu
cônjuge precisam ser inflexíves e insistentes. Mas quando
um de vocês diz: "Estou disposto (a) a fazer do seu jeito
nesta situação", a discussão acaba. E embora dar continui-
dade possa lhe custar um pouco do seu orgulho e descon-
forto, você fez um investimento durável e amoroso em seu
casamento.

^& ORAÇÃO tis?


"Deus, por favor, nos lembre que nós não merecemos o
Teu amor, então não devemos esperar que nosso côn-
juge mereça o nosso. Ajuda-nos a amar com vontade, e
escolher a vontade do outro e não a nossa. Em nome de
Jesus, amém."
DIA 124
O amor concede sua
A sabedoria que vem do alto é antes de tudo pura;
depois, pacifica, amável, compreensiva, cheia de misericórdia
e de bons frutos, imparcial e sincera.
Tiago 3:17

Sempre que você e seu cônjuge tiverem um desentendi-


mento, a coisa mais sábia e amorosa a se fazer é começar
com a vontade de conceder seus direitos. Não é dizer que
seu(ua) parceiro (a) está necessariamente correto ou tem
toda a razão sobre um problema, mas que você escolhe con-
siderar a preferência dele (a) como um modo de avaliá-lo (a).
Ao invés de tratar seu cônjuge corno um inimigo, co-
mece a tratá-lo (a) como seu(ua) amigo (a) mais honrado e
próximo. Dê peso às suas palavras. Não, vocês nem sempre
vão concordar. Duas pessoas que sempre dividem as mesmas
perspectivas não terão nenhum equilíbrio ou sabor para
fazer seu relacionamento evoluir. As diferenças existem,
contudo, para serem ouvidas e servirem como aprendizado.
Já que no final das contas isso não faz diferença, espe-
cialmente na eternidade, então abra mão de seus direitos e
escolha honrar aquele (a) que você ama. Isso fará bem a você
— será para o seu casamento.

«s*s DESAFIO DA SEMANA <tmp


Procure por uma necessidade de seu cônjuge que você
possa suprir. Escolha um gesto que diga: "Eu amo você"
e faça isso para ele (a) com um sorriso.
DIA 125
Oamorjoqaíimfjo
Se uma casa estiver dividida contra si mesma,
também não poderá subsistir.
Marcos 3:25

Goste ou não, conflito no casamento é simplesmente


inevitável. As tempestades da vida lhe provarão e revela-
rão do que você realmente é feito. Exigências de trabalho,
questões de saúde, discussões com parentes e necessidades
financeiras irão chamejar em diferentes níveis, adicionando
pressão e temperatura ao seu relacionamento. Isto estabelece
o estágio para desacordos. Você discute e briga. Experimen-
ta o conflito. Mas você não está sozinho. Todo casal passa
por isso, embora nem todo casal sobreviva a isto.
Quando o amor está presente ele muda as coisas. O amor
lhe faz lembrar que seu casamento é muito precioso para
que você permita que ele se autodestrua, e que seu amor
por seu cônjuge é mais importante do que qualquer coisa
pela qual você esteja brigando. O amor faz você lembrar
que conflitos podem, na verdade, surgir para o bem. Casais
casados que aprendem a trabalhar o conflito tendem a estar
mais próximos, a confiar mais um no outro, a ficar mais
íntimos e mais profundamente conectados.

=s*s> VÁ MAIS FUNDO


Leia Colossenses 3:12-14- Se você fosse um ator e
colocasse as roupas de seu personagem, isso lhe ajudaria
a entrar no papel. Paulo está desafiando os cristãos a co-
locar a feição do caráter de Cristo. Ele não está pedindo
para que eles sejam uma farsa, mas para começarem a
agir como quem eles são em Cristo. E se essas feições
lhe guiassem durante o conflito? Como você agiria
diferentemente?
DIA 126

O amor não ultrapassa limites


A resposta calma desvia a fúria, mas
a palavra ríspida desperta a ira.
Provérbios 15:1

Quando você ata os nós como noivo e noiva, vocês


juntam não só suas esperanças e sonhos, mas também suas
imperfeições e bagagem emocional. No momento em que
vocês retornam da lua de mel, começa o processo de desco-
berta do quão pecador e egoísta cada um de vocês pode ser.
O dano mais profundo e doloroso que você pode causar
em seu casamento é provável que ocorra principalmente no
centro do conflito. Isso acontece quando o orgulho está
mais forte. Sua raiva está mais ardente. Suas palavras con-
têm mais veneno e você toma as piores decisões.
Se você não tem uma linha de direção de como você
abordará questões delicadas, você não ficará nos limites do
seu casamento quando a coisa complicar. A maneira mais sá-
bia é aprender a jogar limpo ao estabelecer regras saudáveis
de encorajamento. O conflito faz parte do casamento, mas
pode ser visto de uma forma que você saia dele fortalecido.

PERGUNTAS
Como a sabedoria e o discernimento afetam seu com-
portamento durante um conflito? Provérbios 19:11 diz
que nossa discrição nos ajuda a sermos tardios em irar-
-nos e a superarmos as transgressões dos outros. Como
o fato de considerar cuidadosamente as consequências
dos nossos atos nos leva a seu mais atenciosos?
DIA 127
O amor mantém a sua dianidade
Tu és a minha herança, Senhor;
prometi obedecer às tuas palavras.
Salmo 119:57

Há dois tipos de limites para lidar com conflitos. "Limi-


tes do casal" são regras que ambos concordam antecipada-
mente que devem aplicar durante uma briga. Estas podem
ser: I) Nós nunca vamos brigar em público ou na frente das
crianças. 2) Nós não discutiremos coisas antigas e não rela-
cionadas do passado. 3) Nós nunca tocaremos um no outro
de forma agressiva. 4) Nós nunca iremos dormir com raiva
um do outro. 5) Divórcio não é uma opção. Não importa o
que aconteça, nós resolveremos isso de alguma forma.
"Limites individuais" são regras que você pratica con-
sigo mesmo, promessas que você faz a si mesmo antes que
alguma hostilidade surja. Alguns exemplos: I) Eu vou ouvir
antes de falar. 2) Eu vou lidar com as minhas próprias ques-
tões primeiro. 3) Eu vou falar de uma forma gentil e vou
manter meu tom de voz baixo.
Jogar limpo significa mudar suas armas. Discordar com
dignidade. Isso deve resultar em construir uma ponte e não
derrubá-la.

« « 3 DESAFIO DA SEMANA
Demonstre amor ao escolher ceder em alguma área de
discordância entre você e seu cônjuge. Diga a ele (a) que
você está colocando a preferência dele (a) em primeiro
lugar.
DIA 128
O amor não começa hriaas
Começar uma discussão é como abrir brecha num dique;
por isso resolva a questão antes que surja a contenda.
Provébios 17:14

Às vezes a briga procura você. E o amor reage, fazendo


tudo que pode para suavizar a situação. Mas quantas das
discussões em casa são aquelas que você instiga? Quantas de
suas discordâncias são resultado de maus pensamentos acu-
satórios que você tem permitido que residam em sua mente
até que não tenha outra saída a não ser explodir?
O homem e a mulher sábios entendem que quando as
reclamações ganham permissão para cozinhar, elas ficarão
sempre em fogo brando até ferver com o tempo. É por isso
que o amor trabalha para limpar estes tipos de pensamentos
do sistema, recusando-se a iniciar uma briga. O amor sabe
que o começo de um conflito é como água sendo jogada
fora, nunca mais voltará para o copo. Mergulhe qualquer
raiva ou frustração sua nas águas frias do perdão e na busca
pela paz. Discussões podem chamejar e fugir do contro-
le, então apague o último fósforo antes que ele cause um
incêndio.

R5-E9 VÁ MAIS FUNDO


Leia I Pedro 3:8-12 e considere os fortes padrões que
Pedro desafia os cristãos a viver em suas interações
com os outros. Estes padrões podem ser ignorados ou
descartados durante uma briga, mas sim firmemente
guardados.
o
DIA 129
O amor controla suas palavras
Quando são muitas as palavras, o pecado está presente,
mas quem controla a língua é sensato.
Provérbios 10:19

A Bíblia diz que "a língua tem poder sobre a vida e sobre
a morte" (Provérbios 18:21). Pouquíssimas coisas podem
dar errado e piorar se você esperar e ouvir. Não é o mesmo
que inércia. Isso não significa tentar fazer o seu melhor para
ignorar o seu cônjuge enquanto ele (a) fala alto e se enfure-
ce. Ouvir, feito bem, é um grande esforço. Não deixar seus
pensamentos se transformarem em palavras faladas pode ser,
com frequência, uma moderação de ímpeto heróica.
Mas o amor faz com que você queira sentar e esperar
pacientemente, sabendo que palavras reacionárias atiradas
dentro de uma situação como esta só agravam o tumulto.
O amor nem mesmo permitirá que você forme comentários
grosseiros em sua cabeça, escolhendo, pelo contrário, deixar
com que o processo de ouvir ocupe totalmente a sua mente.
Você se mantém livre de venenos que procuram causar mais
danos ao seu próprio coração e seu casamento.
Seu cônjuge pode estar completamente errado ao falar
com você desta maneira. No entanto, o amor ainda mantém
o poder de fazer a coisa certa e — mesmo que não seja bem
assim ainda — de carregar o dia quando seu cônjuge está sen-
do carregado. --

ss*3> DESAFIO DO DIA es*??


Demonstre amor ao escolher ceder em alguma área de
discordância entre você e seu cônjuge. Diga a ele (a) que
você está colocando a preferência dele (a) em primeiro
lugar.
DIA 130
O amor fida com o eqo primeiro
Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão, e
não se dá conta da viga que está em seu próprio olho?
Mateus 7:3

Lidar com suas próprias questões primeiro é sempre a


primeira coisa a se fazer. A tendência humana de culpar os
outros frequentemente coloca a carroça na frente dos bois.
Focar nos erros de outra pessoa é como pessoas inseguras
lidam com suas próprias incapacidades. Ao invés de reco-
nhecer e admitir seus próprios erros, elas ligam o holofote
em cima de outra pessoa, e usam isso para justificar o que
elas mesmos fizeram de errado.
Embora seja quase universal, esta mentalidade de pro-
curar defeitos sempre manterá seu casamento à beira do
colapso ao destacar problemas enquanto subestima sua
responsabilidade pessoal. A verdade é, assim como a igreja
deve ser a primeira a levar a culpa pelo estado lamentável
da cultura ao seu redor (I Pedro 4:17), o cônjuge amoroso
insatisfeito com seu casamento deve olhar primeiro para
seu próprio coração para ver onde está o problema. Jesus
notou, de fato, que nós vemos mais claramente quando nos
arrependemos dos nossos erros. Ninguém transforma seu
casamento sozinho, mas se a cura está para acontecer, deve
sempre começar "comigo".

ORAÇÃO
"Jesus, ajuda-nos a ficar limpo diante de Ti, e a nos
preocupar com nossos próprios pecados antes de julgar
nosso semelhante. Dá-nos um coração sensível a sua
voz, e força para obedecê-la."
DIA 131

O amor confroía o voíume


A tranquilidade evita grandes problemas
Eclesiastes 10:4

Todos nós já estivemos em lugares onde um repentino


aumento de volume, tanto de um pedido de socorro ou de
um início de discussão, impressiona todo mundo ao redor.
Mas, barulho e violência em um desentendimento pesso-
al, embora forte o suficiente para conseguir uma resposta
imediata, são, com certeza, sinais de fraqueza. Quando uma
esposa ou marido utiliza-se do aumento de voz, eles estão
revelando que aquilo que ele (a) tem a dizer é um argumento
muito fraco para ser sustentado. Gritar é uma forma muito
artificial de poder.
Com quinhentas esposas para administrar, Salomão sa-
biamente notou que "uma resposta calma desvia a fúria, mas
a palavra ríspida desperta a ira." (Provérbios 15:1)
No entanto, é possível que sua personalidade natural se
incline para ser mais barulhento, não só quando você está
chateado, mas mesmo quando está se divertindo. Ainda
assim, as dinâmicas das disputas conjugais pedem por uma
cabeça calma e um tom de voz sensível. Se sua opinião ou
posição demanda o apoio do volume alto, você é sábio por
esperar até que o nível da intensidade de suas emoções
consiga ser restabelecido. O amor não necessita de trovões.
Uma chuva suave faz o trabalho.

•=•?*£> DESAFIO DA SEMANA QSss?


Demonstre amor ao escolher ceder em alguma área de
discordância entre você e seu cônjuge. Diga a ele (a) que
você está colocando a preferência dele (a) em primeiro
luaar.
DIA 132

O Amor (em coraaem suficiente para hedir


Até agora vocês não pediram nada em meu nome. Peçam
e receberão, para que a alegria de vocês seja completa.
João 16:24

Não importa o quão bem você planeje a longo prazo ou


estrategicamente economize e invista, a vida pode lhe pregar
algumas peças. Perda de emprego, gastos médicos e outras
despesas inesperadas podem lhe enfraquecer financeiramen-
te o suficiente até que você afunde. Ou talvez o seu déficit
não seja causado por um empecilho, mas por uma nova visão
que Deus lhe deu para um ministério ou um novo negócio,
e você precise de dinheiro para fazer com que este projeto
decole.
Não é uma contradição de contentamento para você ir a
Deus em oração, corajosamente pedindo em Seu nome por
sua carência. Ele conhece as suas necessidades, mas vai algu-
mas vezes esperar para que você exercite sua fé nEle antes de
escolher supri-las. Ele sabe que o principal para você crescer
todos os dias não é a sua reserva financeira, mas a sua von-
tade de depender dEle para tudo. Ele prometeu que quando
pedíssemos em seu nome e por bons motivos, Ele supriria
todas as nossas necessidades, todos os dias — seja o que for
que precisemos para fazer a Sua vontade em nossa vida.

<s%© VÁ MAIS FUNDO ©g^.


Jesus disse em Mateus 6:8 que Deus sabe das suas
necessidades antes mesmo que você as peça. Se você pre-
cisa de dinheiro, então siga as instruções de oração em
Mateus 7:7-11.
DIA 133
O amor aimia
Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele
depende toda a sua vida.
Provérbios 4:23

Uma das coisas mais importantes que você precisa apren-


der com a sua jornada de O Desafio de Amar é que você não
deve simplesmente seguir o seu coração, mas guiá-lo. Não
deixe seus sentimentos tomarem a direção. Coloque-os no
banco de trás e diga para onde você está indo.
Um recém-casado se deleita naquele que agora ele chama
de cônjuge. Seu amor está fresco e jovem, e as esperanças
por um futuro romântico ficam em seu coração. No entan-
to, há uma coisa igualmente poderosa e nova: o novo amor.
Este vem da decisão de se deleitar no seu cônjuge e de
amá-lo não importa quanto tempo vocês estejam casados.
Em outras palavras, o amor que escolhe amar é tão podero-
so como o amor que brota. De muitas formas, é um amor
verdadeiro porque ele tem seus olhos bem abertos.
O amor que tenta seguir seus sentimentos irá inevita-
velmente se afastar do caminho. Só quando o amor está
na direção que você pode ter certeza de que está indo na
direção certa.

<s«is PERGUNTAS
Quantas pessoas usam esta frase "Eu preciso seguir o
meu coração" para justificar o pecado? Deus quer que
nós sigamos o nosso coração se isso significa ir contra
a Sua vontade? Provérbios 23:19 diz para "guiarmos
nosso coração". Como isso acarretaria em decisões
melhores?
DIA 134
O amor aprecia
Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração.
Mateus 6:21

Você precisa escolher o que vai apreciar. Não se trata de


nascer com certas predestinações ou preferências que você
deve exercer. Se você é nervoso, é porque você escolhe ser
assim. Se você repara nos defeitos do seu cônjuge mais do
que nas qualidades, é porque você guiou seu coração para a
crítica.
Então, agora é hora de colocar seu coração para fora dis-
to. Aprenda a se deleitar no seu cônjuge outra vez, e assista
o seu coração a apreciá-lo. Descubra o que muitos desco-
briram antes de você — o segredo de amar o seu cônjuge não
consiste em tentar mudá-lo e sim em simplesmente amá-lo.
É uma mudança de coração real e radical. Para alguns,
o deleite pode ser só um pequeno passo. Para outros, pode
exigir um salto gigante. Mas se você já foi feliz antes, você
pode ser feliz de novo, mesmo se muitas coisas aconteceram
para mudar suas percepções. A responsabilidade é sua de
reaprender o que você ama sobre esta pessoa a quem você
prometeu a sua vida.

<&m DESAFIO DA SEMANA <S§v?


Propositalmente seja negligente à alguma atividade que
você normalmente faz, então, passe tempo de qualidade
com seu cônjuge. Faça algo que ele adoraria fazer ou um
projeto que ele verdadeiramente gosta de fazer. Basica-
mente fiquem juntos.
DIA 135
O amor se aarada
Ele me levou ao salão de banquetes, e o seu
estandarte sobre mim é o amor.
Cantares de Salomão 2:4

Pode lhe surpreender um pouco saber que a Bíblia con-


tém muitas histórias românticas, nenhuma mais primitiva
que a de Cantares de Salomão. Ouça a forma com que estes
dois amantes se agradam um do outro.
A mulher: "Como uma macieira entre as árvores da
floresta é o meu amado entre os jovens. Tenho prazer em
sentar-me à sua sombra; o seu fruto é doce ao meu paladar"
(2:3).
O homem: "Levante-se, venha minha querida; minha
bela, venha comigo. Minha pomba que está nas fendas da
rocha, nos esconderijos, nas encostas dos montes, mostre-
-me seu rosto, deixe-me ouvir sua voz; pois a sua voz é sua-
ve e o seu rosto é lindo" (2:13-14).
Muito bobo? Não para aqueles que guiam seu coração a
se deleitar no seu(ua) amado (a) — mesmo quando o novo
desgasta. E hora de lembrar por que você se apaixonou. Rir
de novo, paquerar de novo, sonhar de novo. Prazerosamente.

VÁ MAIS FUNDO
Leia Cantares de Salomão 2:1-14 no contexto. Conside-
re a forma apaixonada que os dois amantes se permitem
sentir e expressar um pelo outro. Deus pode fazer o
seu casamento apaixonado e alegre? Existe alguma coisa
muito difícil para Ele?
DIA 136
O amor sente prazer na diversidade
Sabes muito bem quando trabalho e quando descanso;
todos os meus caminhos são bem conhecidos por ti
Salmos 139:3

A personalidade de seu cônjuge foi uma das coisas prin-


cipais que fez com que você o percebesse a primeira vez.
Mas no casamento, você percebe que alguns aspectos não
são sempre muito fáceis de conviver. As vezes, você não quer
que ele (a) fique muito quieto (a) ou seja introspectivo (a),
ou tão ocupado (a) e sociável. Ao focar no negativo, você
pode perder a apreciação por seu marido ou sua esposa
como uma pessoa única que ele (a) é.
Mas, o amor lhe ajuda a perceber que seu cônjuge foi
criado por Deus com um temperamento distinto. Desde
as impressões digitais dadas ainda no útero de sua mãe,
até a influência da família e amigos, Deus criou seu(ua)
parceiro (a) um indivíduo único. Ele (a) é um trofeu da in-
finita criatividade de Deus. Ele (a) teve experiências na vida
que fazem com que aja de uma forma particular aos desa-
fios. Ao invés de você tornar o seu trabalho mudá-lo (a) até
que cada movimento, ação e atitude fiquem do seu agrado,
o amor abre as portas para que você estime a personalida-
de dele (a). Aprenda a procurar o lado positivo até mesmo
naqueles aspectos de seu cônjuge que às vezes lhe frustram.
Seja um fã de quem ele (a) verdadeiramente é.

<s*2) DESAFIO DA SEMANA <®g&


Propositalmente seja negligente à alguma atividade que
você normalmente faz, então, passe tempo de qualidade
com seu cônjuge. Faça algo que ele (a) adoraria fazer ou
um projeto que ele (a) verdadeiramente gosta de fazer.
DIA 137
O amor é apreciafívo
Tenhant'nos na mais alta estima, com amor,
por causa do trabalho deles.
I Tessalonicenses 5:13

Um dos ingredientes que falta em muitos lares e casa-


mentos é o simples elogio. Mas, seria uma surpresa se você
começasse a passar tempo notando todas as bênçãos que são
suas por causa de seu cônjuge. Talvez ela seja especialmen-
te boa em manter as finanças. Talvez ele traga criatividade
para o relacionamento que faria a vida sem seu esposo fosse
chata. Talvez seu cônjuge ouça de outras pessoas o quão
duro ele (a) trabalha, ou que ótimo(a) cantor (a) ele (a) é ou
que amigo (a) tremendamente cuidadoso (a). Mas, com que
frequência ele (a) tem o prazer de saber que você notou isso
também?
Isso não é algo que precisa ser forçado ou manufaturado.
Quando você tem o verdadeiro prazer nas realizações e capa-
cidades do seu cônjuge, será impossível ter apreciação fluin-
do. Mais do que isso, aumentar sua gratidão a Deus por lhe
dar esta pessoa única para amar e continuamente conhecer.
Alegre-se na pessoa em que seu cônjuge está se tornando.

<=&& ORAÇÃO
"Senhor Jesus, ajuda-me a valorizar e apreciar meu
cônjuge, mesmo em momentos de frustração. Lembra-
-me do privilégio de ter um (a) parceiro(a) de vida, e de
contar minhas bênçãos. Em Teu nome eu oro, amém."
DIA 138
O amor supera os defeitos
Não fiquem me olhando assim porque estou escura; foi o sol que me
queimou a pele.
Cantares de Salomão 1:6

Nós conhecemos o Cantares de Salomão primeiramente


pelo jeito descritivo que dois amantes descrevem a aparên-
cia de seu(ua) companheiro (a). O homem no poema foi
pego obviamente pela aparência dela. Ele a vê bela - "a mais
linda das mulheres" (Cantares de Salomão 1:8). E ela ainda
admite que está sendo forçada a trabalhar duro nos campos,
que sua pele é escura e maltratada pelo tempo. Ê obviamen-
te uma área muito sensível para ela, uma que ela consegue
sentir fisicamente quando as pessoas a notam.
Até mesmo o mais confiante de nós é harmonizado com
falhas e manchas em nosso corpo. Nós não podemos e não
conseguimos medir a imagem que nossa cultura declara
como mais atrativa. Mas o amor nos faz olhar para o nosso
cônjuge — defeitos e tudo — e vê o ideal que nós nos deleita-
mos. Não importa como seja o seu corpo ou o aspecto dos
seus músculos, nós escolhemos declarar que esta pessoa,
que é exclusivamente nossa, possui o tamanho e formato
perfeito para nós. Nós pegamos todas as suas sensibilida-
des, e as distribuímos em amor verdadeiro. Não só olhamos
para cima. Nós nos deleitamos!

DESAFIO DA SEMANA (Egq?


Propositalmente seja negligente à alguma atividade que
você normalmente faz, então, passe tempo de qualidade
com seu cônjuge. Faça algo que ele (a) adoraria fazer ou
um projeto que ele (a) verdadeiramente gosta de fazer.
Basicamente fiquem juntos.
DIA 139
O amor é nossa nova identidade
Portanto, sejam imitadores de Deus, como filhos amados,
e vivam em amor, como também Cristo nos amou.
Efésios 5:1-2

Nós nascemos com a necessidade de sermos amados.


Nem sempre admitimos isso, mas o nosso Deus Criador
sabe que isto é verdade. Nós queremos ser cuidados e que
pensem em nós. Nós somos incapazes de sobreviver sozi-
nhos.
É por isso que Deus, sabendo como não somos dignos
de nada além de Sua banição e raiva, escolheu através de
Cristo nos chamar e nos tratar como "filhos amados".
Você pode ou não passar por maus momentos em acre-
ditar ou receber este fato, este presente. Mas se você foi
resgatado do castigo de seus pecados pela fé no Senhor
Jesus, então "Vejam como é grande o amor que o pai nos
concedeu" (I João 3:1) — o mesmo carinho profundo que
fez com que Ele dissesse sobre Seu Único Filho: "Você é
Meu Filho amado, em quem Me comprazo!" (Lucas 3:22).
"Amado' não é só um nome de que Deus nos chama; essa é
a nossa identidade. Até mesmo agora, nós somos incondi-
cionalmente amados por Deus. É quem nós somos. Sendo
amado tão abundantemente por Ele, como podemos ousar
amar menos nosso cônjuge?

cs~23 VÁ MAIS FUNDO © K P


Leia Romanos 9:21-26 e considere a misericórdia que
Deus tem nos mostrado. Aqueles que se arrependem
de seus pecados e colocam sua fé em Jesus se tornam
"Amados" de Deus.
DIA 140
O amor éseu presente hara dar
Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu.
Cantares de Salomão 6:3

Obviamente, ser identificado como amado de Deus é


uma escolha da parte dEle, não nossa. Se não fosse pelo Seu
plano redentor de resgatar os perdidos e pecadores, nós não
teríamos acesso ao Seu trono da graça, nenhuma esperança
de ser amado de uma forma definitiva e eterna. Mas nossa
identidade nEle mudou de Inimigo para Amigo, de Perdido
para Salvo, de Pecador para Amado.
Que honra, então, receber poder de Deus através do Seu
presente do casamento de experimentar no mínimo um pou-
co de como é definir a identidade de nosso cônjuge. Esta
pessoa é agora totalmente e incondicionalmente aceita por
você e carrega uma nova identidade: "meu amado."
Este é um alto privilégio colocado sobre você por Deus, a
origem de todo amor. Isso é o que torna seu cônjuge muito
mais do que seu(ua) parceiro (a) e amigo (a), sua companhia
e ajudante. Você está na posição exclusiva de redefinir quem
ele (a) é e amar esta pessoa no modo mais completo que
possa ser expressada na terra. Que ele (a) seja amado todos
os dias de sua vida.

<**© PERGUNTAS «mtp


Conhecendo o incrível valor que Deus dá ao seu cônju-
ge, quanto você acha que você verdadeiramente o (a) va-
loriza em seu coração? Você poderia dizer que você o (a)
valoriza bastante? Você diria que ama o seu cônjuge?
DIA 141

O amor é nobre
Eu os honrarei e eles não serão desprezados
Jeremias 30:19

Há muitas palavras em nossa língua que têm poderosos


significados. Sempre que estas palavras são usadas, têm um
ar de respeito associado a elas. Estas palavras nunca perdem
sua qualidade, classe e dignidade. Uma delas é a palavra
honra.
Honrar alguém significa dar a esta pessoa respeito e
grande estima, tratá-las como sendo especiais e de gran-
de valor. Quando você fala com ele (a), você mantém seu
discurso limpo e compreensível. Você é cortês e educado.
Quando ele (a) fala com você, você leva a sério, dando peso
e significado às suas palavras. Quando ele (a) pede para
você fazer algo, você o ajuda em tudo que lhe for possível,
simplesmente pelo respeito que você tem por ele (a). É um
convite para reconhecer a posição ou valor de outra pessoa.
Isso é especialmente verdade no casamento, onde honra
não é para ser vista como um objetivo muito arrogante ou
um conceito muito limitado, mas um tema para a forma
como você deseja tratar o (a) seu(ua) amado (a). Sempre.

<&£9 DESAFIO DA SEMANA ess?


Escolha uma forma de mostrar honra e respeito ao seu
cônjuge que seja acima e além da sua rotina. Mostre ao
seu cônjuge que ele (a) é altamente estimado (a) à sua
vista.
DIA 142

O amor estima os outros


Dêem a caia um o que lhe é devido: se imposto, imposto;
se tributo, tributo; se honra, honra.
Romanos 13:7

Seu cônjuge diria que você o honra e respeita? Ele (a) é


separado (a) e altamente valorizado (a) aos seus olhos? Você
tem respeito como parte de sua promessa estimá-lo (a) com
dignidade e bondade?
Talvez você não ache que ele (a) sinta uma obrigação para
com você. E talvez você esteja certo — eles realmente não
enxergam assim. Mas esta não é a questão com o amor. O
amor honra mesmo quando é rejeitado. O amor trata seu
amado de uma forma especial e sagrada mesmo quando uma
atitude mal-agradecida é tudo que você recebe em retorno.
Honrar seu cônjuge significa dar a ele (a) sua total aten-
ção, não conversando com ele (a) por detrás de um jornal
ou com os olhos voltados para a televisão. Quando decisões
que afetam a ambos ou a toda família estão sendo tomadas,
você dá à voz e à opinião de seu cônjuge igual influência
em sua mente. Você honra o que ele (a) tem a dizer. O que
ele (a) diz tem valor. E por causa do modo como você o (a)
trata, ele (a) deve saber disso.

^yfS) VÁ MAIS FUNDO eiso?


Leia I Pedro 2:17 e considere as ramificações de viver
isso na prática. A quem esta passagem diz que devemos
honrar? Ela também inclui seu cônjuge? Se seu cônjuge
conhece Cristo, então ele (a) também é um dos "ir-
mãos".
DIA 143
O amor ésanto
O casamento deve ser honrado por todos, o leito
conjugal, conservado puro.
Hebreus I 3:4

Quando duas pessoas se casam, cada um dos cônjuges se


torna "santo" para o outro pelo caminho do "santo matri-
monio". Isso significa que nenhuma outra pessoa deve se
aproveitar deste nível de comprometimento e ternura além
de você. Você compartilha intimidade física, estabelece um
lar e dá a luz aos seus filhos com esta pessoa. Seu coração,
suas posses e sua vida se unem com a desta pessoa.
A palavra 'santo' de fato forma uma base para honra — a
maneira natural por que nós damos respeito e grande con-
sideração a nosso marido ou nossa esposa. Dizer que seu
cônjuge dever ser santo para você não significa que ele (a)
é perfeito (a). Santidade significa que ele (a) é separado (a)
para um propósito maior — nada que seja comum ou coti-
diano, mas especial e único. Uma pessoa que se torna santa
para você tem um lugar que ninguém pode competir em seu
coração. Ele (a) é sagrado (a) para você, uma pessoa para ser
honrada, louvada e defendida. Esta deve ser uma descrição
adequada de seu(ua) amado (a).

•^%29 DESAFIO DA SEMANA


Escolha uma forma de mostrar honra e respeito ao seu
cônjuge que seja acima e além da sua rotina. Mostre ao
seu cônjuge que ele (a) é altamente estimado (a) à sua
vista.
DIA 144
O amor escolhe honrar
De boa vontade, por amor de vocês, gastarei tudo o que
tenho e também me desgastarei pessoalmente. Visto que os
amo tanto, devo ser menos amado?
2 Coríntios 12:15

Ê maravilhoso quando o marido e a esposa estão juntos


no propósito de honrar um ao outro, quando eles seguem
o mandamento bíblico de "dedicarem-se um ao outro" em
amor (Romanos 12:10), reconhecendo seu casamento como
santo diante do Senhor. Poucas experiências na vida são
mais rejuvenescedoras do que encontrar unidade juntos a
cerca dos grandes propósitos de Deus.
Mas quando suas tentativas em honrar não são recípro-
cas, você deve dar honra da mesma forma. É isso que o amor
lhe desafia a fazer — dizer: "De todos os relacionamentos
que eu tenho, darei mais valor ao nosso. De todas as coisas
que eu quero sacrificar, eu vou sacrificar a maioria por você.
Com todos os fracassos, pecados, erros e falhas — passado e
presente — eu ainda escolho amar e honrar você."
É assim que você cria uma atmosfera para o amor ser
reacendido. E assim que você guia seu coração para verda-
deiramente amar seu companheiro outra vez. Esta é a beleza
da honra.

s3>gS9 ORAÇÃO ©s
"Senhor, ajuda-nos a honrar um ao outro ao invés de
humilhar ou criticar. Que nossas palavras sejam cheias
de encorajamento e graça. Lembra-nos que amar um ao
outro Lhe agrada. Em nome de Jesus, amém."
DIA 145

O amor vai de encontro ao equifíêrio


Vejam como o agricultor aguarda que a terra produza a
preciosa colheita e como espera com paciência até virem
as chuvas do outono e da primavera.
I Pedro 5:7

Não deveria lhe surpreender de maneira alguma ao perce-


ber que um de vocês é muito mais interessado em atividade
sexual que o outro. Onde um de vocês pode passar semanas
sem nem mesmo pensar sobre este assunto, e o outro pode
estar pronto quase a qualquer hora. Este é um daqueles atos
de equilíbrio que faz com que o caráter dentro do casamen-
to cresça, mas só para aqueles sábios o suficiente para não
deixar que isso os divida completamente.
Deus escreve muitas lições de paciência nas páginas
do nosso dever de casa. Ele deseja que aprendamos o que
significa render nossos direitos, esperar nossa vez, dar
preferência ao outro em amor. O curso certo para cuidar
desta discrepância no desejo é para um de vocês acalmar
suas demandas por atividade frequente, enquanto o outro
se compromete a lhe satisfazer sexualmente mais frequente
que ele (a) deve desejar isso. Seu objetivo deve sempre ser
honrar a Deus assim como ao outro, vocês dois fazendo o
tipo de sacrifício que trabalha para aproximar ainda mais os
corações de vocês.

<s*2> DESAFIO DA SEMANA eisvp


Escolha uma forma de mostrar honra e respeito ao seu
cônjuge que seja acima e além da sua rotina. Mostre ao
seu cônjuge que ele (a) é altamente estimado (a) à sua
vista.
DIA 146
O amor honra a santidade de "Deus
Santo, santo, santo é o Senhor, o Deus todo~poderoso,
que era, que é e que há de vir.
Apocalipse 4:8

A razão pela qual o casamento é santo é porque Aquele


que o criou o fez para ser santo. Leva a marca de Seu dese-
nho. Quando nós somos os mais dedicados ao tratar nossa
relação com a honra que este merece, nossas interações
como marido e mulher dividem algumas das mesmas carac-
terísticas do Deus que nós servimos.
Ele é santo, por exemplo, em sua honestidade, nunca en-
ganando ou operando a partir de razões clandestinas ou que
seja menos que honesto. Ele é santo em Seu amor, nunca
hesita ou ameaça a reter-se de nós, sacrificando-se grande-
mente para fazer Seu amor conhecido e experimentado. Ele
é santo em Seu poder e sabedoria, sempre agindo de manei-
ra correta e justa em Seus julgamentos.
Junto com Seu presente de casamento, nós podemos ver
de perto o que acontece quando alguma coisa é tocada pelo
Deus Todo-Poderoso. Ele pega duas pessoas muito pecado-
ras e egoístas e as une em uma união sagrada. Nós O vemos
fazer da nossa relação uma parte principal de como nós
testificamos Sua Santa presença no meio de nós.

^& VÁ MAIS FUNDO


Estude I Pedro 1:1 3-16. Por que nossa vida deve ser
santa de acordo com esta passagem? Quanto de nosso
comportamento precisa ser impactado? Se santidade
significa ser separado por Deus como puro e especial,
como isso impacta um casamento?
DIA 147
O amor se submete
Por causa do Senhor, sujeitem-se a toda autoridade constituída.
I Pedro 2:13

A Bíblia ensina que Deus deseja que haja uma ordem


para todos nos nossos relacionamentos. Jesus é visto nas
Escrituras se comprometendo "Aquele que julga justiça" (I
Pedro 2:23).
Cristãos são chamados para serem mestres da submissão,
tratando aqueles em autoridade sobre nós com honra. Isto
guarda o nome de Deus de ser falado em vão (i Timóteo
6:1-2). Este ensinamento também se aplica ao casamento.
Enquanto o marido e a esposa são individualmente respon-
sáveis por seus atos diante de Deus, Ele estabeleceu uma
ordem nas famílias que é para nos fazer ficar em mais uni-
dade. Os filhos devem submeter-se aos seus pais (Efésios
6:1-3), a mulher ao seu marido (i Pedro 3:1), o marido a
Cristo (l Coríntios 11:3), até Cristo se submeteu ao Seu
Pai celestial. Quando nós nos colocamos em submissão
respeitosa aqueles que estão acima de nós, isso nos dà poder
para guiar aqueles sob nosso cuidado com humildade e tra-
balho. O amor diz "Como ao Senhor" (Efésios 5:22), e Ele
nos abençoa de acordo com Sua Palavra que jamais mudará.

ss*3 PERGUNTAS Câsvp


Você honra aqueles que têm autoridade sobre você? O
que você está dizendo para seu cônjuge e filhos pelo seu
jeito de se comportar quando se trata em se submeter a
uma autoridade? Que tipo de exemplo você estabelece
para aqueles sob a sua supervisão?
DIA 148
O amor excede em sua função
Do mesmo modo, mulheres, sujeitem-se cada uma a seu marido,
afim de que, se ele não obedece a palavra, seja ganho sem
palavras, pelo procedimento de sua mulher.
I Pedro 3:1

Há dois tipos de poder — o poder da posição e o poder


da influência. Aqueles que estão num lugar de posição ou
autoridade têm grande responsabilidade por aqueles sob
seus cuidados. Eles também têm uma grande pressão para
executar bem suas obrigações, grandes consequências quan-
do fracassam e uma grande conta a prestar diante de Deus.
De muitas formas, no entanto, este é o que está sob
autoridade, com o poder da influência, que tem um impac-
to maior na decisão. Como José diante do Faraó (Génesis
41:3 7-40), como Ester diante do rei (Ester 4:13-17),
aqueles que honraram a autoridade dos outros foram capa-
zes de mudar o curso da história.
Em um casamento governado por padrões bíblicos, o
marido carrega a responsabilidade de guiar. Mas, quando sua
esposa demonstra amor e respeito ao se submeter a ele, ela
ganha o direito de influenciá-lo e sua família mais do que
nunca.

DESAFIO DA SEMANA
Converse com seu cônjuge sobre estabelecer regras sau-
dáveis de compromisso. Se ele (a) não está pronto para
fazer isso, então escreva suas próprias regras pessoais
para lutar. Resolva obedecê-las na próxima vez que um
desentendimento ocorrer.
DIA 149
O amor aquenta a hressao
Obedeçam aos seus líderes e submetam-se à autoridade deles.
Eles cuidam de vocês como quem deve prestar contas.
Hebreus 13:17

A pressão sobre aqueles que têm autoridade é maior que


sobre aqueles que servem abaixo deles. Técnicos são os
primeiros a perderem seus empregos quando seus times não
estão jogando bem. Líderes e supervisores são aqueles cha-
mados para encontros com a gerência superior para relatar
sobre suas performances. Eles devem prestar contas não só
por eles mesmos mas também por aqueles sob sua supervisão.
O marido, como líder espiritual de sua casa, sente a
pressão de ficar diante de Deus em benefício de seu casa-
mento e família. Ele entende que outros estão olhando para
ele em busca de liderança, precisando que ele se posicione
ou lance uma visão. É um lugar de responsabilidade e muito
desconfortável de se estar. É por isso que quando decisões
importantes precisam ser tomadas, ele fica frequentemente
hesitante a se comprometer em um curso de ações. Dúvi-
das e medos podem levar à indecisão. A esposa sábia sabe
disso e dá suporte ao seu marido em oração em sua função,
permitindo que ele conduza "com alegria e não gemendo;
porque isto não aproveita a vós outros" (Hebreus 13:17)-
O amor trabalha junto para o benefício de todos.

=5^25 VÁ MAIS FUNDO ©sv?


Leia Hebreus 13:17 no contexto. Considere a pressão
de prestar contas que os líderes têm diante de Deus. Por
que esta passagem nos exorta a submetermo-nos a nossa
liderança? Como Deus lhe honrará se você honrar esta
passagem?
DIA 150
O amor procura aconselhamento
Responderia o sábio com ideias vãs, ou encheria o
estômago com o vento?
JóI5:2

Embora a ideia de submissão no casamento possa soar


um pouco injusta para muitas mulheres, o casamento bí-
blico não é uma ditadura sobre a mulher. Pelo contrário, a
Bíblia instrui o marido a buscar o conselho de sua esposa,
vivendo com ela de uma maneira sábia (I Pedro 3:7). O
marido deve saber que Deus lhe deu a sua esposa para ser
sua "auxiliadora" (Génesis 2:18), para oferecer a ele pensa-
mentos que ele nunca teria, para dividir com ele a sabedoria
que Deus lhe deu.
Muitas vezes o Senhor falará mais claramente com a
mulher do que com o homem, ou no mínimo ela será quem
ouvirá com mais atenção aquilo que Ele tem a dizer. Quan-
do Pilatos estava pensando no que fazer com Jesus, que fora
trazido até ele para ser julgado, Deus falou com a esposa
de Pilatos. Ela disse a seu marido, "Não se envolva com
este inocente" (Mateus 17:19). Ela teve um discernimento
melhor da situação.
Maridos não são senhores governando em seus castelos.
O marido sábio saberá como ele precisa desesperadamente
da força da sua esposa e também de seu conselho a fim de
agir e guiar.

DESAFIO DA SEMANA
Converse com seu cônjuge sobre estabelecer regras sau-
dáveis de compromisso. Se ele (a) não está pronto para
fazer isso, então escreva suas próprias regras pessoais
para lutar. Resolva obedecê-las na próxima vez que um
desentendimento ocorrer.
DIA 151
O amor ora hor sabedoria
i

Ah! Senhor, estejam, pois, atentos os teus ouvidos a


oração do teu servo, e à oração dos teus servos que
desejam temer o teu nome.
Neemias 1:11

Quando a mulher divide a sua opinião com seu marido


sobre uma decisão familiar, e ele acredita que ela está certa,
eles devem se unir em torno desta conclusão compartilhada.
Mas se depois de passar tempo orando, ele estiver convenci-
do de que o Senhor o está guiando para escolher um plano
alternativo, ele deve seguir o direcionamento de Deus, mes-
mo que isso diminua a sua popularidade em casa.
Mas este não é o fim do problema, pois os maridos são
certamente capazes de ter seus sinais espirituais confundi-
dos por falta de informação. É justamente quando uma es-
posa temente a Deus, ao invés de repreender seu marido ou
falar dele pelas costas, ela ora. Ela sabe que o coração de um
homem é "como ribeiros de águas assim na mão do Senhor,
que o inclina a todo o seu querer" (Provérbios 21: i ) . E
mesmo se seu marido continua indo contra o que ele devia
fazer, o Senhor usará disto — mesmo que seja extremamente
caro em curto prazo — para ocasionar Seu grande propósito
na vida de sua família. A oração pode fazer o que a fadiga
não pode.

=SSG) ORAÇÃO Osvp


"Senhor Jesus, dá-nos sabedoria para nos comunicar de
uma foram que priorize o amor acima de rodas as coi-
sas. Ajuda-nos a valorizar um ao outro e tirar o melhor
um do outro. No nome de Jesus nós oramos, amém."
DIA 152

Oamorahefacommheito
"Meu Pai, se for possível, afasta de mim este cálice; contudo,
não seja como eu quero, mas sim como tu queres."
Mateus 26:39

Ao contrário da opinião popular, a Bíblia não transfere à


mulher uma função vergonhosa e inativa sem recursos para
que ela tenha voz no seu casamento. Grandes figuras na his-
tória da Bíblia não tinham medo de apelarem por suas cau-
sas quando eles sentiam que estavam sendo tirados do cami-
nho ou que tinham muito peso para carregar. Daniel apelou
para os oficiais da Babilónia sobre o programa nutricional
forçado (Daniel 1:8). Ester apelou ao rei por proteção para
os judeus (Ester 7:3-4)- Até mesmo Jesus apelou ao Seu Pai
por outra forma de ocasionar a salvação de Seu povo.
O mesmo permanece verdadeiro no casamento. Esposas
que estão frustradas com a direção que seus maridos estão
tomando para com elas são sancionadas pelas Escrituras
com o privilégio de pedir, procurar e bater. Mas a melhor
maneira de fazer isso é com honra e respeito, sabendo que
em algum momento a questão pode ser colocada e confiada
nas mãos de Deus. Esta é a força de submissão, o poder de
colocá-lo em primeiro lugar em todas as coisas, confiantes
de que Ele não dará cobras e rochas para aqueles que pedem
peixe e pão (Mateus 7:7-12).

DESAFIO DA SEMANA
Converse com seu cônjuge sobre estabelecer regras sau-
dáveis de compromisso. Se ele (a) não está pronto para
fazer isso, então escreva suas próprias regras pessoais
para lutar. Resolva obedecê-las na próxima vez que um
desentendimento ocorrer.
DIA 153
O amor frakafda e espera
Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega,
mas Deus, que dá o crescimento.
I Coríntios 3:7

Você não pode mudar seu cônjuge. Não importa o quan-


to você queira, você não pode brincar de Deus, alcançar o
coração dele (a) e moldá-lo (a) no que você quer que ele se
torne. Mas é nisso que muitos casais passam uma grande
parte do tempo. De fato, a insanidade e conhecida por fazer
a mesma coisa muitas vezes e esperar resultados diferentes.
Mas aqui vai uma dica do que você pode fazer. Você pode
se tornar um (a) "fazendeiro (a) sábio (a)". O fazendeiro não
pode fazer a semente se transformar numa colheita frutífe-
ra. Ele não pode reclamar, manipular ou exigir que dê fruto.
No entanto, ele pode plantar a semente em solo fértil, jogar
água e nutrientes, proteger contra as pragas e entregar nas
mãos de Deus. Milhões de fazendeiros sobreviveram neste
processo ao longo dos séculos. Eles sabem que nem toda
semente germina. Mas a maioria crescerá quando for planta-
da em solo apropriado e receber o que precisam para crescer.
Da mesma forma, um marido ou uma esposa sábio (a) cria-
rão um ambiente de amor para seu cônjuge crescer, e então
diariamente confiá-lo a Deus.

^ S ) VA MAIS FUNDO
Veja todos os tipos de ambientes que I Pedro 3:1-9 nos
manda criar para nosso (a) companheiro (a) no casamen-
to. O que Deus pode fazer em nosso casamento se nós
obedecermos a Sua Palavra deste jeito?
DIA 154
O amor confia em "Deus
Pedi, e dar~se-vos-á; buscai, e encontrareis;
batei, e abrir-se-vos~á.
Mateus 7:7

Não há garantias de o que está escrito neste livro mudará


seu cônjuge. Este livro não tem esta função. Este livro tem
o intuito de fazer com que você aprenda e se autodesafie a
viver uma vida de amor.
Como todos os casamentos, o seu certamente contém al-
gumas ervas daninhas que precisam ser arrancadas, tanto em
você quanto no seu cônjuge. Você tem a tarefa de cultivar o
solo do coração de seu(ua) parceiro (a), e então, depender
de Deus para os resultados. Mas você não será capaz de fa-
zer isso sozinho. Você precisará de algo mais poderoso que
qualquer coisa que você tenha disponível para você. E isso
é — oração eficaz.
Comece a orar exatamente pelo que seu cônjuge precisa.
Ore pelo seu coração. Ore pela atitude dela. Ore para que a
verdade substitua as mentiras a o perdão substitua a amar-
gura. Ore por um avivamento genuíno em seu casamento.
Ore para que o amor e a honra se tornem a norma. Para que
o romance e a intimidade alcancem níveis mais profundos.
Uma das coisas mais amorosas que você pode fazer pelo
seu cônjuge é orar por ele.

<=««© PERGUNTAS ei^p


Com que frequência você ora pelo seu cônjuge? Você
ora por ele regularmente? Se não, o que lhe impede de
fazer isso? Para encontrar chaves que ajudam a tornar a
sua vida de oração mais efetiva, veja as páginas 368-371
no apêndice.
DIA 155
O amor intercede
Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas
saúde, assim como bem vai a tua alma.
3 João 2

Oração realmente funciona. É um fenómeno espiritual


criado por um Deus poderoso e ilimitado. E por causa de
Seu desejo de nos responder, a oração produz resultados
maravilhosos.
Você está com vontade de desistir de seu casamento?
Jesus disse para orar ao invés de desistir: "orar sempre,
e nunca desfalecer" (Lucas 18:1). Você está estressado e
preocupado? Oração pode trazer paz às suas tempestades,
guardar "seu coração e mente em Cristo Jesus" (Filipenses
4:7)• Você precisa de um avivamento maior? A oração pode
fazer a diferença, assim como fez para o apóstolo Paulo na
prisão (Atos 12:1-17).
Deus é soberano. Ele faz as coisas a Sua maneira. Ele não
é um génio na lâmpada que realiza todos os nossos desejos.
Mas Ele nos ama e deseja uma relação íntima conosco. Isso
não acontece sem oração.
Há alguns elementos chave que precisam estar em ordem
para a oração ser efetiva. Mas basta dizer que a oração é
mais efetiva quando vem de um coração humilde, que tem
uma relação direita com Deus e com os outros.

<&m DESAHO DA SEMANA «Ss^


Comece a orar pelo coração de seu cônjuge. Ore por
três áreas específicas onde você deseja que Deus traba-
lhe na vida dele e em seu casamento.
DIA 156
O amor ora estrateqicamenfe
Confessai as vossas culpas uns aos outros, e
orai uns pelos outros... A oração feita por um
justo pode muito em seus efeitos.
Tiago 5:16

Vocês podem ficar chateados um com o outro, infelizes


com a forma que sua esposa ou marido faz algumas coisas.
Mas você já se perguntou se tem uma razão melhor por que
Deus lhe dá uma maravilhosa percepção dos defeitos escon-
didos do seu cônjuge? Você realmente acha que é para ser
motivo de crítica sem fim? Não. É para se ajoelhar.
Ninguém sabe orar tão bem pelo seu cônjuge como você.
Gritar e implicar têm funcionado? A resposta é não, porque
não é isso que muda um coração. E hora de tentar conversar
com Deus em oração. O marido descobrirá que Deus pode
"arrumar" sua esposa melhor do que você pode. A esposa
fará mais através de oração estratégica do que com todos
seus esforços de persuasão.
Transforme suas reclamações em oração e assista o Mes-
tre trabalhar enquanto você fica com suas mãos limpas. Se
seu cônjuge não tem nenhum tipo de relacionamento com
Deus, então, está bem claro sobre o que você precisa come-
çar a orar.

VÁ MAIS FUNDO mm?


O poder da oração é enfatizado em Tiago 5:16-20. Leia
esta passagem e pense sobre como isso será proveitoso
para seu casamento. O verso 16 explica que se nós esta-
mos certos com Deus e oramos diligentemente, muito
pode ser feito.
DIA 157
O amor ora continuamente
E quanto a tním, longe de mini que eu peque contra
o Senhor, deixando de orar por vós.
I Samuel 12:23

Se você sabe que precisa orar pelo seu cônjuge, mas não
tem certeza de como fazer isso, deixe a Bíblia lhe ensinar. O
apóstolo Paulo, nas suas cartas do Novo Testamento, orava
frequentemente pelas pessoas das primeiras igrejas. Ele
não orava por termos gerais, mencionando só necessidades
superficiais. Ele orava pelos seus corações, orando para que
o amor delas "continuasse a crescer" (Filipenses 1:9). Ele
agradecia a Deus por essas pessoas, louvando-O pelo privi-
légio de ter estes indivíduos em sua vida.
Siga este exemplo em seu casamento. Ore Mateus 5:3-
12, pedindo que seu cônjuge seja "puro de coração", an-
siando por ter "fome e sede de justiça". Ore para que eles
tenham uma mente e coração "íntegros" para viver a paz
diante de Deus (Salmo 86:11). Peça que Ele dê ao seu côn-
juge um "novo coração" e um "novo espírito", removendo o
"coração de pedra" e dando a ele um que esteja sempre dis-
ponível para Seu uso (Ezequiel 36:26). Ore por contenta-
mento. Ore por descanso da preocupação. Ore pela habilida-
de dele de confiar na bondade de Deus apesar das condições
de medo. Nunca permita que orar pelo seu cônjuge se torne
uma atividade secundária.

Comece orando pelo coração de seu cônjuge. Ore por


três áreas específicas onde você deseja que Deus traba-
lhe na vida dele e no seu casamento.
DIA 158
Oamororacomrenúncia
Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais
abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos...
Efésios 3:20

Jesus veio para lhe dar vida "em abundância" (João


10:10) porque Ele é um Deus que não está preso aos limi-
tes terrestres. Ele pode multiplicar pães e peixes até que não
reste nenhuma cesta vazia. Não há limites do que Ele possa
fazer para realizar Seu propósito em sua vida.
Então, ore com ousadia pelo sucesso de seu casamento.
Peça grande! Seja confiante de que Ele ouve "tudo de acordo
com a Sua vontade" (I João 5:14) e que nada O impede de
fazer o que Ele deseja, não importa o quão impossível isso
possa parecer para nós.
É vontade de Deus que você e seu cônjuge sejam total-
mente unidos em mente e propósito, que vocês cresçam
juntos nEle, e que vocês sejam capacitados a servi-lO com
liberdade e generosidade. Se você sabe de alguma coisa que
Deus possa fazer para transformar estas coisas em realidade,
não tenha medo de pedir. Deixe para Ele decidir o que é me-
lhor, mas nunca se esqueça que "não tens porque não pedes"
(Tiago 4:2)

ORAÇÃO C
"Jesus, ajuda-nos a construir nossa fé em Ti, e a acre-
ditar na Tua provisão cm todas as necessidades. Nós
também Te pedimos para nos dar uma visão do que
Tu queres fazer em nossa vida para Tua glória. Em Teu
nome, amém.
DIA 159
O amor promove intimidade
Tu és o lugar em que me escondo; tu me preservas da angústia.
Salmo 32:7

Todos nós nascemos com uma fome interior de sermos


conhecidos, amados e aceitos. Nós queremos que as pessoas
conheçam o nosso nome, que elas nos reconheçam quando
nos vêem e que valorizem quem somos. A possibilidade de
dividir nossa casa com uma pessoa que conhece mais inti-
mamente é parte do profundo prazer do casamento.
No entanto, esta grande bênção é também terreno para o
um grande perigo. Alguém que nos conhece tão intimamen-
te pode tanto nos amar muito como nunca imaginamos ou
pode nos ferir de maneiras que podem não ser totalmente
curadas. Ela é tanto o fogo quanto o temor do casamento.
Os segredos que seu cônjuge sabe sobre você são razões
para vergonha ou são motivos para ficarem mais próximo?
Se seu cônjuge tivesse que responder a esta mesma pergun-
ta, ele diria que você o faz se sentir seguro ou com medo? O
casamento foi projetado por Deus para ser um porto seguro
onde duas pessoas que se conhecem muito bem, amam uma
a outra ao extremo. Esta é a beleza da verdadeira intimidade.

DESAFIO DA SEMANA
Comece orando pelo coração de seu cônjuge. Ore por
três áreas específicas onde você deseja que Deus traba-
lhe na vida dele e no seu casamento.
DIA 160
O amor (anca fora o medo
No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor.
I João 4:18

Se o seu lar não é considerado um lugar de segurança,


vocês dois serão tentados a buscá-la em outro lugar. Talvez
você se sinta tentado a procurar por segurança em outra
pessoa, iniciando uma relação que fica a beira do adultério
ou que o pratica de fato. Você pode procurar por conforto
no trabalho ou em hobbies fora de casa, alguma coisa que
mantém você rodeado de pessoas que lhe respeitem e acei-
tem mais do que o seu cônjuge parece respeitar.
Tenha certeza que você não está colocando seu cônjuge
nesta posição por alguma coisa que você esteja fazendo ou
dizendo. Ele não deve se sentir pressionado a ser perfeito
para receber a sua aprovação. Ele não deve pisar em ovos no
lugar onde ele deveria se sentir mais confortável com seus
pés descalços. A atmosfera em seu casamento deve ser a de
liberdade. Como Adão e Eva no jardim do Éden, a proximi-
dade de vocês deve só intensificar a sua intimidade. Estar
"nu" e "sem vergonha" devem existir na mesma frase, em
seu casamento (Génesis 2:25).

-&m VÁ MAIS FUNDO eas?


Como seu cônjuge se sentiria se você aplicasse Romanos
12:10-15 em seu casamento? Leia esta passagem e ima-
gine o lindo amor que seu cônjuge sentiria se você desse
a ele preferência, honra e bênção, se você se alegrasse e
ficasse triste com ele.
DIA 161
O amor promove sequrança
E os que reputamos serem menos honrosos no corpo,
a esses honramos muito mais; e aos que em nós são
menos decorosos damos muito mais honra.
I Coríntios 12:23

O casamento despejou a bagagem de outra pessoa na sua


vida, e a sua na dela. Mas esta é a sua oportunidade de pro-
teger toda esta informação particular no abraço protetor de
seu amor, e de prometer ser aquele que pode melhor ajudá-
lo (a) a lidar com isso. Ao invés de se tornar um chantagista
material para ir em defesa de sua raiva, estas questões devem
sempre ser tratadas com sensibilidade e gentileza.
Alguns desses segredos podem precisar de correção. No
entanto, você pode ser um agente de cura e restauração — ao
ouvir em amor e oferecer apoio. Alguns desses segredos só
precisam ser aceitos. Eles fazem parte da formação e histó-
ria desta pessoa. Em ambos os casos, você (e só você) detém
o poder de, tanto rejeitar seu cônjuge por causa disso, ou de
recebê-lo de braços abertos — com todas as dificuldades. Ele
saberá que está em um lugar de segurança ou recuará para
dentro de si mesmo e perderá você. Amá-lo bem deve ser o
trabalho da sua vida.

<&£$ PERGUNTAS <£&&>


Seu cônjuge se sente seguro com você? Se não, o que
você precisa fazer para dar a ele uma sensação de pro-
teção saudável? O que você pode fazer para construir a
confiança dele no seu desejo de fazê-lo se sentir seguro?
DIA 162
O amor constrói confiança
Até os cabelos da cabeça de vocês estão todos contados.
Portanto, não tenham medo.
Mateus 10:30-31 NVI

Ninguém conhece você melhor do que Deus, Aquele que


lhe criou. E mesmo Deus, que conhece milhares de segredos
sobre cada um de nós, ainda nos ama numa profundida-
de que não podemos ao menos como medir. Quanto mais
nós — como pessoas imperfeitas — devemos alcançar nosso
cônjuge com compreensão, aceitando-o por quem ele é?
Talvez essa seja uma área onde você pode ter fracassa-
do muito no passado. Você pode ter sido muito insensível
sobre algumas das áreas suscetíveis na vida de seu cônjuge,
não sendo cuidadoso ao lidar com seus medos e inseguran-
ças com amor misericordioso. Se sim, não espere que seu
cônjuge comece a reconstruir confiança. O próprio Jesus
é descrito como Aquele que não invade a vida das pessoas,
mas espera à porta e bate (Apocalipse 3:20).
A realidade da intimidade sempre leva tempo para ser
desenvolvida, especialmente após ser comprometida. Mas
seu comprometimento de restabelecer — para qualquer um
que queira aceitar o desafio.

<&es DESAFIO DA SEMANA


Decida preservar os segredos de seu cônjuge (a menos
que sejam perigosos para ele ou para você) e ore por
eles. Converse com seu cônjuge e resolva demonstrar
amor independente dessas questões. Faça-o sentir-se
seguro.
DIA 163

O amor entende
Bem-aventurado o homem que acha sabedoria,
e o homem que adquire conhecimento.
Provérbios 3:13

Quanto você sabe sobre seu cônjuge?


Quando um homem está tentando ganhar o coração
de uma mulher, ele a estuda. Ele aprende as coisas que ela
gosta, as que não gosta, hábitos e hobbies. Mas após ganhar
seu coração e se casar com ela, ele frequentemente para de
fazer o investimento de aprender sobre ela. Também é ver-
dade que em muitos casos para as mulheres, que começam a
admirar e construir respeito pelo homem que elas desejam
estar junto. Mas após o casamento, esses sentimentos come-
çam a desaparecer à medida que ela vê que o seu "príncipe"
é um homem imperfeito e com defeitos.
Embora vocês possam amar muito um ao outro, ainda há
muitas coisas escondidas para descobrir sobre seu cônjuge
— coisas que requerem tempo, observação e discernimento
aguçado para ouvir. E cada novo pedaço de entendimento
que você reunir sobre esta pessoa única lhe aproximará ainda
mais. Você pode até obter favor aos olhos do seu cônjuge.
"O bom entendimento favorece" (Provérbios 13:15). Isso
guia para um casamento mais completo.

-s¥JS) VÁ MAIS F U N D O CE???


Leia Provérbios 20:5- Que coisas profundas podem
estar acontecendo no coração de seu cônjuge? Uma
pessoa que tem um bom entendimento pode tirar isso
de dentro dele. Você é esta pessoa? Para um guia sobre
como juntar discernimento no coração de seu cônjuge,
veja página 374 no apêndice.
DIA 164
O amor estuda
Com a sabedoria se edifica a casa, e com o entendimento ela
se estabelece; epelo conhecimento se encherão as câmaras com
todos os bens preciosos e agradáveis.
Provérbios 24:3-4

Considere a seguinte perspectiva quando esta consiste


em aprender tudo o que você pode sobre a pessoa que você
se casou. Se a soma do que você estudou sobre seu cônjuge
antes do casamento for equivalente a um diploma de ensi-
no médio, então, você deve continuar a aprender sobre ele
até que consiga um "diploma universitário", e depois um
"mestrado", e por fim, um "doutorado". Pense nisso como
uma jornada de uma vida que faz com que seu coração se
aproxime cada vez mais de seu cônjuge.
Você conhece os maiores sonhos e esperanças dele (a)?
Você tem pleno conhecimento de como ele (a) prefere dar e
receber amor? Você sabe quais são os maiores medos de seu
cônjuge e por que ele luta contra eles? Você leva em conta o
que ele (a) planeja realizar ao longo do ano? Você pode dizer
uma ou duas coisas que você pode fazer no próximo mês
que o (a) deixaria muito feliz?
Deseje conhecer esta pessoa cada vez mais, melhor do
que você a conhece agora. Faça dele (a) o seu campo esco-
lhido de estudo, e você encherá a sua casa com o tipo de
riqueza que só o amor pode providenciar.

^sms DESAFIO DA SEMANA<2R?


Decida preservar os segredos de seu cônjuge (a menos
que sejam perigosos para ele ou para você) e ore por
eles. Converse com seu cônjuge e resolva demonstrar
amor independente dessas questões. Faça-o sentir-se
DIA 165
O amor busca conhecimento
O coração do entendido adquire o conhecimento,
e o ouvido dos sábios busca a sabedoria.
Provérbios 18:15

Alguns dos problemas que você tem em se relacionar com


seu cônjuge são simplesmente porque você não o compre-
ende. Estas diferenças — mesmo aquelas que parecem insig-
nificantes — podem ser a causa de muitas brigas e conflitos
em seu casamento. Ê por isso, como a Bíblia diz, que nós
tendemos a rejeitar tudo o que não entendemos (Judas 10).
Há razões para os gostos e preferências dele (a). Cada
nuance no caráter de seu cônjuge tem uma história passada.
Cada elemento de quem ele é, como ele pensa e com o que
se parece está baseado em um grupo de princípios de orien-
tação, que frequentemente faz sentido só para pessoa que o
guarda. Mas é valioso o tempo que você passa estudando o
porquê dele (a) ser do jeito que ele (a) é.
Há uma profundidade de beleza e significado dentro de
seu(ua) marido ou esposa que lhe impressionará à medida
que você descobrir mais sobre isso. Algumas delas foram
tecidas no útero pelas mãos de Deus, e algumas delas foram
forjadas pelo tempo e circunstância. Entre no mistério de
seu cônjuge com expectativa e entusiasmo.

c&m O R A Ç Ã O esses?
"Senhor, ajuda-nos a valorizar um ao outro como Tu
fizeste comigo, e a apreciar e amar um ao outro como
Tu. Trabalhe em nosso coração, que nós venhamos Te
glorificar acima de todas as coisas. Em nome de Jesus,
amém."
DIA 166
O amor é compreensível
Como as águas profundas é o conselho no coração do
homem; mas o homem de inteligência o trará para fora.
Provérbios 20:5

Se você sente falta do nível de intimidade que você um


dia teve com seu cônjuge, uma das melhores maneiras de
abrir o coração dele outra vez é se comprometer a conhecê-
lo melhor. Estude-o.
Faça perguntas. O amor inicia conversas. Para que você
consiga fazer com que seu cônjuge se abra com você, ele
precisa saber que o seu desejo de compreendê-lo é real e
genuíno. Quando ele se sentir seguro, você terá a permissão
de ir mais fundo dentro de seu coração.
Ouça. O objetivo de entender seu cônjuge é de escutá-lo,
não de dizer a ele o que você pensa. Mesmo que seu cônju-
ge não seja muito falante, o amor chama você para retirar a
"água profunda" que vive dentro dele.
Peça discernimento a Deus. Coisas como diferenças de
género, background familiar e experiências de vida variadas
podem ofuscar a sua habilidade de conhecer o coração e as
motivações de seu cônjuge. Mas Deus dá sabedoria. "De sua
boca procedem o conhecimento e o discernimento" (Provér-
bios 2:6). O Senhor lhe mostrará o que você precisa saber
para amar seu cônjuge melhor.

DESAFIO DA SEMANA ®Sv?


Decida preservar os segredos de seu cônjuge (a menos
que sejam perigosos para ele ou para você) e ore por ele.
Converse com seu cônjuge e resolva demonstrar amor
independente dessas questões. Faça-o sentir-se seguro.
DIA 167
O amor reconhece o talento
De modo que, tendo diferentes dons, segundo
a graça que nos é dada.
Romanos 12:6

Deus é infinitamente criativo para apenas só nos salvar,


e extremamente generoso para nos privar de aproveitá-lO
o máximo possível. No entanto, Ele abençoa cada um de
Seu povo com certos dons que nos capacita de servi-lO, a
servir as pessoas que estão ao nosso redor e complementar o
trabalho dos outros em Seu corpo, a igreja.
Isso significa que se seu cônjuge é cristão, ele ou ela foi
abençoado (a) com habilidades distintas nas áreas de discer-
nimento, serviço, ensinar, exortar ou qualquer um dos dons
descritos em Romanos 12. Talvez seu cônjuge especialmen-
te tenha o dom de liderar e organizar, ou de dar e mostrar
misericórdia. Como seu cônjuge, deve ser seu privilégio
ajudá-lo a descobrir e utilizar essas forças. Você pode repre-
sentar o papel principal de encorajá-lo a não deixar que elas
se percam, mas sim colocá-las em prática no dia-a-dia.
Procure e afirme o que Deus está fazendo na vida da sua
esposa ou do seu marido. I Pedro 4:10 diz: "Cada um exer-
ça o dom que recebeu para servir os outros, administrando
fielmente a graça de Deus em suas múltiplas formas."

*&m VÁ MAIS FUNDO <&»&>


Leia Romanos 12:4-8 para ver os sete diferentes dons
motivacionais que Deus dá ao Seu povo. Peça a Deus
para ajudá-lo a entender os seus dons e os do seu côn-
juge.
DIA 168
O amor se egressa bem
Como também eu em tudo agrado a todos,
não buscando o meu próprio proveito.
1 Coríntios 10:33

As pessoas se comunicam e recebem amor de diferen-


tes formas. Quanto mais estudamos nosso cônjuge, mas
aprendemos a amar de uma forma que significa muito para
ele. Só porque você se sente o mais amado por uma expres-
são não significa que seu cônjuge também se sentirá. Isso
acontece porque todos nós entendemos o amor de formas
diferentes.
Há muitas "linguagens do amor" que falam com cada um
de nós de formas pessoais e únicas. E mais interessante, elas
também andam bem próximas dos dons espirituais.
O marido pode se sentir muito amado quando ele ouve
você o elogiar e o agradecer verbalmente. A esposa com um
espírito de generosidade pode ser impactada ao receber um
presente que você comprou para ela. Seu cônjuge pode se
sentir o mais amado quando você serve às suas necessidades
na casa ou fisicamente abraça e acaricia seu corpo ou senta e
conversa por uma hora. Você pode descobrir como seu côn-
juge precisa de amor ao observar o que eles tendem a fazer
por você e ao ouvir o que é importante para ele. A medida
que você junta discernimento nos dons do seu cônjuge, você
também pode descobrir os melhores caminhos para o seu
coração.

*&m PERGUNTAS 02*5=


Como seu cônjuge se sente mais amado? De quais ma-
neiras ele (a) gosta de demonstrar amor por você? O que
você pode aprender com isso?
DIA 169

O amor entende as diferenças


Vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando
honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós
os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não
sejam impedidas as vossas orações.
I Pedro 3:7

Homens e mulheres foram claramente criados por Deus


com muitas diferenças, não só biológicas. Nós pensamos e
consideramos de maneiras diferentes. Nós reagimos e res-
pondemos de formas diferentes. Nós devemos ser diferen-
tes. Mas isso ainda acrescenta para o desafio do casamento.
Esta realidade exige mais do que ser tolerante um com o
outro. Ela nos chama para agradecer a Deus pela Sua sabe-
doria em providenciar para nós um contrapeso para nossas
tendências naturais. O lado aventureiro do seu marido, por
exemplo, foi colocado lá parcialmente para ajudar vocês a
se mover além de seus medos e para experiências novas e
desconhecidas. O lado delicado da sua esposa deve suavizar
alguns de seus extremos grosseiros, ajudando-o a exercitar
controle-próprio e aprender a valorizar da gentileza.
Antes de criar expectativas de que seu cônjuge veja as
coisas da mesma forma que você vê, perceba que Deus tem
um propósito ao acrescentar esta variedade dentro do ca-
samento. Tudo aquilo que requer a sua paciência, lhe torna
uma pessoa mais íntegra.

s « s DESAFIO DA SEMANA (SSv?


Prepare um jantar especial em casa, só para vocês dois.
Aproveite este momento para focar em conhecer seu
cônjuge melhor, talvez em áreas que vocês raramente
conversam. Determine fazer esta noite muito proveitosa
para você e seu cônjuge.
DIA 170
O amor aprende com o passado
Trazendo à memória a fé não fingida que em ti há, a qual
habitou primeiro em tua avó Lèide, e em tua mãe Eunice.
2 Timóteo 1:5

Não importa o quão parecido vocês dois são, você pode


achar muitas dicas para esclarecimentos do coração do seu
cônjuge ao procurar entender a sua educação e situação
familiar. Você fará bem, se possível, conhecer seus pais e ir-
mãos, amando-os no Senhor, mas também tentando buscar
discernimento da dinâmica do relacionamento deles.
Conforme vocês conversam uns com os outros sobre
como foi o crescimento, você pode descobrir por que seu
marido se fecha quando você pergunta, mesmo de forma
suave, sobre alguma coisa que ele disse ou fez. Você pode
saber por que ela rapidamente se irrita sempre que alguém
aparenta estar controlando-a ou tentando dominá-la. Mui-
tos desses temas nasceram enquanto ele (a) crescia. Mas
amar seu cônjuge por toda vida significa notar e ser paciente
com o fato de que seu passado irá fortemente colorir a sua
percepção sobre você e outros.
O amor deseja cavar fundo para entender tudo que tem
para saber sobre esta pessoa, a fim de poder amá-la melhor.

-&& VÁ MAIS FUNDO


Leia como a decepção (Génesis 12:13; 26:6-7; 27:19;
29:25) e favoritismo (Génesis 22:2; 25:28; 29:30;
37:2-3; 43:34) foram duas questões que repetidamente
passaram por cada geração de Abraão, para Isaque, para
Jacó e para José. Quais são as tendências da sua família?
DIA 171
Oamoradmira
Como podemos ser suficientemente gratos a Deus por vocês,
por toda a alegria que temos diante dele por causa de vocês?
I Tessalonicenses 3:9

Não importa se de uma habilidade natural, crua ou de


trabalho e treinamento duro, seu cônjuge é um especialista
em alguma coisa, provavelmente muitas coisas. Ele pode ser
bom em projetos de construção ou em lidar com pessoas
ou em acalmar uma situação tensa com seu espírito pacífi-
co. Ele pode ter um talento especial para organizar equipes
de trabalho, lidar com finanças ou graciosamente dar um
jantar. E porque você deve saber isso sobre ele por algum
tempo, tem sido fácil deixar que ele exerça este papel em seu
casamento sem necessariamente notar o quanto ele é bom
nisso. As pessoas também tendem a ter um ou mais assun-
tos sobre os quais elas têm muito conhecimento a respeito.
Mas o amor nunca se cansa de se maravilhar a respeito
do que seu cônjuge pode fazer. Ele não guarda a sua admi-
ração só para aqueles no trabalho, na igreja ou fora de casa
que pode efetuar coisas dignas de atenção. Esta pessoa com
que você se casou é excepcional, de maneiras que você possa
ter feito vista grossa. Não só faça uso dele (a) pelo que
ele (a) pode fazer. Valorize. Honre. Aprecie. Admire-o(a)

«ses DESAFIO DA SEMANA CESQ?


Prepare um jantar especial em casa, só para vocês dois.
Aproveite este momento para focar em conhecer seu
cônjuge melhor, talvez em áreas que vocês raramente
conversam. Determine fazer esta noite muito proveitosa
para você e seu cônjuge.
DIA 172
O amor msca a cura
Perto está o Senhor dos que têm o coração quebrantado,
e salva os contritos de espírito.
Salmo 34:18

Você conhece os maiores medos e dores de seu cônjuge?


Você está ciente dos lugares onde seu coração é mais frágil e
sensível ao toque? Você verdadeiramente parou para ouvir ul-
timamente ou para perguntar o que eles ainda experimentam
de uma certa perda ou traição que ele passou? Há pecados do
passado que parece que ele não consegue superar, parece que
não conseguem receber o perdão de Deus de uma forma que
verdadeiramente o liberte do sentimento de culpa e vergo-
nha?
Você pode de vez em quando ficar impaciente com tanto
tempo que está levando para ele (a) lidar com alguma ques-
tão dolorosa do coração. Mas o seu trabalho não é ser o
controlador do tempo. De fato, pode haver maneiras que
Deus pode usar você para apressar o processo de cura, de
encorajá-lo (a) a continuar e evitar remover a sua habilida-
de de aproveitar a vida e abraçar novas oportunidades. Mas
a sua função principal como seu cônjuge amado é estar lá,
ouvir carinhosamente o que ele (a) tem a dizer. Amar incon-
dicionalmente significa amar até as partes que são confusas
e complicadas. Jesus veio para trazer cura para o que parecia
sem valor e perdido. Como Seus seguidores, nós podemos
nos juntar a Ele como Seus agentes de redenção.

<&& ORAÇÃO
"Jesus, ajuda-nos a ser as Suas mãos, ouvidos e voz uns
para os outros, e também para sermos agentes da cura
do nosso cônjuge. Lembra-nos da nossa função como
cônjuge e amigo, e abençoa-nos conforme buscamos
DIA 173
O amor msca realizar
"Se me abençoares muitíssimo, e meus termos ampliares,
e a tua mão for comigo, e fizeres que do mal não seja afligido."
I Crónicas 4:10

Nem todo sonho e desejo do coração de seu cônjuge é


aquele que ele realmente precisa perseguir. Nem você é sábio
ao deixar que seus desejos e vontades sejam o seu guia de
princípios completo, afastando sua devoção a Deus e a Sua
vontade. Mas sempre que o amor é capaz de dizer sim —
mesmo se vier com um grande sacrifício ou através de um
intenso trabalho — realizando os sonhos de alguém é uma
das maiores alegrias do casamento.
Você pode nomear alguns dos sonhos da sua esposa ou
do seu marido? O que ele (a) tem desejado desde que era
uma criancinha? Para onde ele (a) quer viajar um dia? O que
faria ele (a) sentir que o trabalho dele (a) valeu a pena e foi
efetivo? O que vocês dois às vezes imaginam quando estão
sentados juntos fazendo um ao outro perguntas que come-
çam com "E se..."?
Não se ocupe demais seguindo seus sonhos e esperanças
a ponto de não perceber o que seu cônjuge quer ver na vida
dele e na vida de vocês juntos. Faça do desejo dele (a) tão
importante para você, como é para ele (a).

<&& DESAFIO DA SEMANA essv?


Prepare um jantar especial em casa, só para vocês dois.
Aproveite este momento para focar em conhecer seu
cônjuge melhor, talvez em áreas que vocês raramente
conversam. Determine fazer esta noite muito proveitosa
para você e seu cônjuge.
DIA 174
Oamorsecomunica
Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá;
porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós.
João 16:7

Os discípulos de Jesus não entenderam tudo o que Ele


estava dizendo quando Ele lhes disse sobre a Sua vindoura
morte, sobre Sua ressurreição e sobre a vinda do Espírito
Santo. Mas o Novo Testamento brilha com exemplos de
como, olhando para trás, eles podiam ver o que Ele quis
dizer. Imagine quão diferente a igreja primitiva seria se Jesus
não a tivesse preparado para o que estava por vir. Ele os
amou muito para deixá-los desavisados.
O transtorno da comunicação ocorre no casamento por
diferentes razões. Mas, o amor carrega nos ombros a res-
ponsabilidade de dividir informações importantes. Não
haverá mudanças em seu cônjuge se ele não for avisado
antes. Quando mudanças estão se aproximando, quando
uma observação foi feita que requeresse algum tipo de ação,
o amor tem o tempo para discutir isso. Essa deveria ser uma
prática regular em seu casamento sentar e conversar sobre o
que vai acontecer nas próximas semanas e meses.
A surpresa deve ter seu lugar certo no casamento, mas
nas melhores relações, planos e opiniões são livremente
discutidos.

VÁ MAIS FUNDO
Leia Mateus 16:21-22 e veja como Jesus começou a
dividir Seus planos com Seus discípulos. Ele deu a eles
a informação que precisavam para prepará-los para as
tragédias que esperavam por Ele em Jerusalém.
DIA 175
O amor vive com entendimento
O bom entendimento favorece.
Provérbios 13:15

Entender é poderoso. Muitos problemas de comunicação


no casamento vêm pelo fato do casal não conversar o sufi-
ciente, de afirmar que nós nos fizemos claros quando não
nos fizemos. Mas, frequentemente, a razão de não entender-
mos bem uns aos outros vem de não ouvirmos o suficiente,
de não querermos ouvir o que o outro tem a dizer. Às vezes,
nós ouvimos o que nós queremos ouvir, mesmo se aquilo
não está sendo dito.
Mas o amor é muito receptivo em compreender o coração
do nosso cônjuge, ele nos faz querer reter nossos pensamen-
tos até que nós possamos completamente segurar o dele (a).
Uma das melhores maneiras de fazer isso é através da arte
de ouvir com reflexão, repetindo para ele (a) as palavras e
sentimentos que eles acabaram de dividir para demonstrar
que nós o (a) ouvimos bem. Isso valoriza seu cônjuge ao
mesmo tempo que esclarece e descobre um maior significa-
do. Quando seu cônjuge ouve você dizer de volta o que ele
comunicou, ele se sente entendido, vai relaxar, começará a
confiar em você com mais de seu coração, e então desejará
ouvir mais de você. Tome cuidado para não entrar em ne-
nhuma conversa séria com seu cônjuge sem primeiro buscar
entendê-lo. Ouça a verdade, e reflita isso de volta em amor.

=5*3) PERGUNTAS ©Sv?


Seu cônjuge diria que você o ouve? Ele (a) sente que
você realmente valoriza o que ele (a) diz? Como você
pode aumentar sua autoconfiança em conversas futuras?
DIA 176
O amor é imhossíveísem "Deus
1

Porquanto com amor (temo te amei, por


isso com benignidade te atraí.
Jeremias 31:3

Você já deve ter descoberto que não pode manufaturar


um amor incondicional (amor ágape) no seu próprio cora-
ção. Ê impossível. Está além das suas capacidades.
Você pode ter demonstrado bondade e generosidade de
alguma forma, e você deve ter aprendido a pensar mais e a
levar as coisas em consideração do que você costumava. Mas
sinceramente, amar alguém de forma abnegada e incondicio-
nal é outro assunto.
Goste disso ou não, o amor ágape não é algo que você
possa produzir. E algo que só Deus pode fazer. Mas, por
causa de Seu grande amor por você — e Seu amor pelo seu
cônjuge — Ele escolhe expressar Seu amor através de você.
"O amor procede de Deus" (I João 4:7). E somente
aqueles que permitiram que Ele entrasse em seus corações
através da fé em Seu Filho, Jesus — somente aqueles que
receberam o Espírito de Cristo através da fé na Sua mor-
te e ressurreição — são capazes de conectar-se ao poder do
verdadeiro amor.

DESAFIO DA SEMANA
Você percebeu a sua necessidade de Deus em mudar o
seu coração e lhe dar a habilidade para amar? Peça a Ele
para mostrar a você onde permanecer com Ele, e para a
força e graça determinar o seu destino eterno.
DIA 177
O amor encontra a sua oriaem em "Deus
Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus.
Romanos 3:23

Você pode estar convencido de que com muito trabalho


e comprometimento, você pode criar amor incondicional,
de duradouro e que sacrifique o seu próprio coração. Mas,
quantas vezes o seu amor fracassou em lhe afastar-lhe da
mentira, da cobiça, da reação exagerada, do pensamento mal
a respeito desta pessoa que você fez um voto diante de Deus
de amar para o resto da vida? Quantas vezes o seu amor se
provou incapaz de motivá-lo a perdoar ou de produzir um
final feliz para uma discussão avançada?
É este fracasso que expõe a condição pecadora da hu-
manidade. Ele nos diz alguma coisa sobre nós mesmo que
nós não queremos ouvir, mas é verdade do mesmo jeito.
Todos pecamos e destituídos estamos da glória de Deus. E
a menos que algo seja feito para nos limpar destes atributos
que não procedem de Deus, iremos permanecer culpados
e condenados diante de Deus. Ê por isso que se você não
estiver correto com Deus, você não pode amar seu cônjuge
verdadeiramente, porque Ele é a origem do amor verdadeiro.

-&m VÁ MAIS FUNDO


Leia a realidade da nossa iniquidade descrita em Roma-
nos 3:10-20. Esta passagem do Novo Testamento refle-
te as passagens de Salmos 14:1-3 e 53:1-3 do Antigo
Testamento. Também reflete a forma como as pessoas
são hoje.
DIA 178
O amor habita em Cristo
Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem
em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito.
João 15:7

Você não pode dar aquilo que você não tem. Você não
pode recorrer a reservas e recursos interiores que não es-
tão lá para serem explorados. Você não pode dar amor em
quantidade maior do que possui. Você pode tentar, mas vai
fracassar.
A má notícia é: o amor que é capaz de suportar toda
pressão está fora do seu alcance, enquanto você estiver pro-
curando por ele só dentro de você. O amor que é capaz de
continuar amando quando todas as razões e desejos foram
removidos, não é algo que nós humanos somos capazes de
desenvolver sozinhos. É por isso que você precisa de alguém
que lhe dê este tipo de amor.
"Longe de mim", Jesus disse, "vocês não podem fazer
coisa alguma" (João 15:5)- Através de um relacionamento
com Ele, Deus prometeu habitar em seu coração por meio
da fé para que você possa "conhecer o amor de Cristo que
excede conhecimento" (Efésios 3:19). Quando você se
entrega a Cristo, o poder dEle pode trabalhar em você e
através de você.

DESAFIO DA SEMANA
Você percebeu a sua necessidade de Deus em mudar o
seu coração e lhe dar a habilidade para amar? Peça a Ele
para mostrar a você onde permanecer com Ele, e para a
força e graça determinar o seu destino eterno.
DIA 179
O amor vem através de Cristo
Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.
Filipenses 4:13

Mesmo em nosso melhor, nós não somos capazes de


viver pelos padrões de Deus. Mas Ele "é poderoso para
fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que
pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera"
(Efésios 3:20). É como você é capaz de amar seu cônjuge.
Então, este segredo inquietante — tão poderoso quanto
parece — tem um final feliz para aqueles que vão parar de
resistir e receberão o amor que Deus tem para eles. Nós
não somos fracassados por sermos incapazes de amar nosso
cônjuge tão perfeitamente como gostaríamos. Fraqueza não
é motivo para se sentir envergonhado ou com medo, mas
algo para se gloriar, pois isso permite que o poder de Cristo
resida dentro de nós (2 Coríntios 12:9)- O amor que Ele
tem "derramado em nossos corações pelo Espírito Santo
que nos foi dado" (Romanos 5:5) está sempre disponível,
sempre que escolhemos nos virar para Ele. Uma coisa é cer-
ta: você não será capaz de amar como Ele sem Ele.

<&*& ORAÇÃO «SR?


"Senhor Jesus, dá-nos a fé para depender de Ti para as
nossas necessidades, por direção, por conforto e per-
dão. Nós Te louvamos por nos amar e suprir nossas
necessidades e nós pedimos para que Tu nos mantenhas
seguros."
DIA 180
O amor está esperando por você
Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.
Romanos 10:1 3

Talvez você nunca tenha entregado o seu coração a


Cristo, mas você sente que Ele está lhe atraindo. Você pode
estar percebendo pela primeira vez que você, também, é cul-
pado por quebrar os mandamentos de Deus, e o seu pecado
não lhe permitirá conhecê-lO. Mas as Escrituras dizem que
se você se arrepender e deixar sua vida de pecados para trás
e se posicionar perante Deus, Ele lhe perdoará por causa do
sacrifício que Seu Filho fez na cruz. Ele pode libertar você,
para que você receba o Seu amor e perdão. Então, você po-
derá compartilhar isto com aquele o qual você foi chamado
para amar.
Talvez você já seja cristão mas admitiria que está cami-
nhando longe de Deus. Você não está lendo a Palavra e nem
orando ao Senhor. Você não tem sido um exemplo de Cristo
para os outros como Ele deseja que você seja. A verdade é,
você não pode viver sem Ele, e você não pode amar sem Ele.
Mas não há palavras para dizer o que Ele pode fazer em seu
casamento se você render seu coração e colocar a sua con-
fiança nEle.

ss*g> DESAFIO DA SEMANA


Você percebeu a sua necessidade de Deus em mudar o
seu coração e lhe dar a habilidade para amar? Peça a Ele
para mostrar a você onde permanecer com Ele, e para a
força e graça determinar o seu destino eterno.
DIA 181

O amor é a natureza de Ueus


Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus ê amor.
I João 4:8

Se você fosse se descrever em uma palavra, qual seria?


Deus, tão vasto e insondável como seus muitos atributos,
descreve a Si mesmo desta forma: "Deus é amor."
Esta não é uma opinião para nós avaliarmos. Pelo con-
trário, isso é uma verdade para se viver. Este é um ponto
estabelecido e inquestionável, para começar.
O amor está nEle e saindo dEle todo tempo. Da beleza
da Sua criação, o presente de Seu Filho, a forma como Ele
abençoa nossa vida até a maneira como Ele está preparando
um lar para nós no céu, Deus nos ama de forma preponde-
rante. Mesmo quando o mal nos certa, Ele consegue revelar
Seu amor no meio disso. Se nós não construirmos nosso
pensamento ao redor desta verdade, nós estamos acredi-
tando em uma mentira — uma que sempre nos guiará para
confusão, desconfiança e desilusão.
Portanto, não deixe ninguém enganar você. Coloque esta
verdade junto com as coisas que você absolutamente repou-
sa, revelada a você através da Sua Palavra inspiradora. Deus
é a última expressão do amor. Não é só o que Ele faz; é o
que Ele é. E Ele não pode ser falso Consigo mesmo.

SS829 VÁ MAIS FUNDO ezsv?


Leia I João 4:7-12 e I João 4:15-17- Considere como
os padrões e mandamentos dizendo respeito a nossa
vida são diretamente amarrados ao que Deus é. Examine
como nosso caráter e comportamento vêm dEle.
DIAI82

Oamoréde
Amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus;
e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.
I João 4:7

A única razão pela qual o amor existe neste mundo cor-


rupto é porque Deus, nosso Criador, é amor. Tudo que sabe-
mos sobre amor vem dEle. Se Ele não fosse amor, nós nunca
teríamos experimentado isso dEle e não poderíamos nunca
expressar isso às outras pessoas.
Se o amor fosse um produto, Deus seria seu nome co-
mercial e direitos autorais. Se o amor fosse um livro, Deus
seria seu autor. As origens do amor estão em Deus. O amor
começa com Ele. Este é o motivo para qualquer um de nós
saber alguma coisa sobre o amor.
Ele não foi forçado a nos criar com habilidade de dar e
receber amor. No entanto, mesmo com a natureza decaída
do homem e nossa capacidade para fazer o mal, o amor
continua a existir porque Deus existe. Ele criou o amor na
fabricação, na estrutura do mundo para que nós pudéssemos
conhecê-lO, e para que os outros também possam conhece—
-IO através do amor que nós colocamos em prática. "Nós o
amamos a ele porque ele nos amou primeiro" (I João 4:19).

•SKS PERGUNTAS OSv?


Quando foi a última vez que você verdadeiramente agra-
deceu a Deus por Seu amor por você? A sua vida reflete
a sua gratidão a Ele? Há alguma influência pela forma
com a qual você ama seu cônjuge?
DIA 183
O amor é dado heío TEshmto
O amor de Deus está derramado em nossos corações
pelo Espirito Santo que nos foi dado.
Romanos 5:5

O Espírito Santo é um membro da Trindade frequen-


temente desconhecido e mal compreendido. Quando nós
rendemos nossa vida a Jesus Cristo, Deus nos dá o dom do
Seu Espírito em nosso coração. Ele é encorajador, capa-
citador e revelador da verdade para nós. A Bíblia diz que
Ele é também nossa Fonte de amor vinda de Deus. Se você
percebeu que Deus se importa com você, isso foi trabalho
do Espírito.
Ele revela o amor para nós. Ele até mesmo vai muito
longe para derramá-lo em nosso coração. O amor não é algo
que Ele raciona colocando pequenas doses ou que guarda
cuidadosamente com medo de acabar. Ele é grandemente
generoso com Seu amor.
No entanto, se você sente que o amor de Deus é insufi-
ciente para o que você precisa, você não O tem ouvido com
atenção ou não tem olhado à sua volta o que Ele já fez para
provar isso. Quando a chuva cai, nós temos conhecimento
disso. Nós ouvimos quando isso acontece. Nós consegui-
mos sentir a chuva. O mesmo funciona com o amor de
Deus. Ele fez dele algo difícil de resistir.

DESAFIO DA SEMANA
Peça ao Senhor uma sede de conhecê-lO melhor, e para
fazer do seu coração um lugar fértil para Sua verdade e
amor.
DIA 184

O amor é revelado foeío TEshírito


...E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento,
para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus.
Efésios 3:19

Você pode sentir, baseado em experiências passadas ou


educação conturbada, que você foi trapaceado em conhecer
o amor da forma que você deveria ter vivido e experimen-
tado. Você pode se sentir incapaz de amar, não tendo isso
modelado muito bem.
Mas a Bíblia declara que o amor é algo que nós podemos
conhecer e experimentar. Nós fomos capacitados pelo Es-
pírito Santo "a conhecer o amor de Cristo", um amor que
"excede conhecimento". Algo além das nossas capacidades
de compreensão foi trazido para dentro do nosso alcance.
Nós podemos viver no amor de Deus. Quanto mais próxi-
mos andarmos com Ele, mais a nossa fé crescerá. Então, Seu
Espírito abre os nossos olhos mais e mais para o compri-
mento, a largura, altura e profundidade do amor de Deus
para conosco.
O amor é para todos que o recebem diariamente pela fé
e que desejem colocar a si mesmo e seu coração dentro de
seu casamento. O amor pode ser um mistério, mas é uma
daquelas charadas que são reveladas quando nós escolhemos
viver nAquele que é amor.

<&& VÁ MAIS FUNDO «SIRP


Leia I João 4:16. O apóstolo João explicou como ele
e os outros discípulos de Jesus experimentaram em
primeira mão o amor de Deus. Ore para que Deus abra
seus olhos para Seu amor e lhe capacite pela fé a viver
no que Ele fez.
DIA 185
O amor é um fruto do Jzshírifo
O fruto do Espírito í amor.
Gaiatas 5:22

Nós não poderíamos expressar amor a outras pessoas


se o Espírito Santo não o produzisse dentro de nós. Deus
é Aquele que fabrica o amor que nós sentimos e queremos
dividir. Ele é o Criador de toda qualidade nobre que vem da
nossa vida, como pode ser visto na lista de frutos saudáveis
em Gaiatas 5:22-2 3. E na frente da lista, no primeiro lugar
do ranking antes de todos os outros, está o fruto do amor.
Esta é uma boa nova. Isso significa que ao invés do senti-
mento restrito por nossas próprias limitações ou ignorância
— ou até sentimento de falta de amor — tudo não está per-
dido. A responsabilidade de amar não é sua de carregar nos
ombros sozinho. Você tem a Fonte de todo amor lhe ensi-
nando e guiando de dentro. Então, confesse seus pecados
a Deus, obedeça os mandamentos de Cristo e ande no Seu
Espírito. Então, Ele crescerá e produzirá o fruto fresco de
Seu amor em seus pensamentos, discurso, atitudes e ações.
Os recursos infinitos de Deus estão sendo organizados
em seu benefício para criar amor em seu coração, o tipo de
cônjuge que pode ser cuidado e se sentir seguro à medida
que o amor de Deus se torna seu.

<&& DESAFIO DA SEMANA <®s&


Peça ao Senhor uma sede por conhecê-lO melhor, e para
fazer do seu coração um lugar fértil para Sua verdade e
amor.
DIA 186
O amor é Jesus Cristo
Porque Cristo, estando nós ainda fracos, morreu
a seu tempo pelos ímpios.
Romanos 5:6

Todos os dias anteriores nos direcionam a uma conclusão


que não pode ser diferente desta: nós não podemos amar
sozinhos. O amor é encontrado em Jesus Cristo.
Jesus veio "para buscar e salvar" você (Lucas 19:10). Em
todas as coisas que você fracassou, cada minuto que você
gastou tentando consertar as coisas à sua maneira — tudo
isso pode ser perdoado e feito direito ao se confiar nAquele
que primeiro deu a vida por você. Talvez você nunca tenha
feito isso antes. Então, hoje é o seu dia. "agora é o tempo
favorável, agora é o dia da salvação" (2 Coríntios 6:2)
Talvez você tenha entregado a sua vida a Cristo anos
atrás, mas voltou atrás em tentar ganhar Seu favor através
dos seus bons feitos e melhores esforços. Deixe este ser o
dia que você possa descansar outra vez em Seu amor in-
condicional por você, para que assim você possa amar seu
cônjuge da mesma forma. Ou talvez você seja salvo, mas es-
teja vagando longe de suas raízes espirituais. Então, "Arre-
pendei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados
os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério
pela presença do Senhor" (Atos 3:19). Não há melhor ale-
gria que estar em paz total com Deus.

ORAÇÃO mrnp
"Senhor, eu admito que sou um pecador, e eu Te peço
para me perdoar e me salvar. Eu coloco minha confiança
em Ti como meu Senhor e Salvador, e eu Te peço para
aceitar a minha vida e usá-la para Tua glória. Em Teu
nome, amém.
DIA 187
O amor aponta para a safvaçao
Ele mesmo levou em seu corpo os nossos pecados sobre o
madeiro, afim de que morrêssemos para os pecadores e vivêssemos
para a justiça; por suas feridas vocês foram curados.
I Pedro 2:24

A Bíblia diz que nós nascemos em pecado desde quando


chegamos a Terra. "Somos como o impuro — todos nós!
Todos os nossos atos de justiça são como trapo imundo"
(Isaías 64:6). Deus não manda pessoas inocentes para o
inferno. Nós o merecemos. Nós simplesmente não somos
bons o suficiente para viver com um Deus puro e santo.
Sua grande misericórdia é revelada, no entanto, por fazer
um caminho para qualquer um de nós receber redenção de
nossos pecados. "Deus enviou o seu Filho Unigénito ao
mundo, para que pudéssemos viver por meio dele" (I João
4:9)- "Humilhou-se a si mesmo e foi obediente até a morte,
e morte de cruz" (Filipenses 2:8). Pela sua morte, Ele anu-
lou a ideia de que você não é amado. Nossa fé não está em
uma teoria abstrata ou em meras promessas faladas. Ela está
selada em um evento real que tem para sempre formado a
história. Olhe para a cruz. Ele provou Seu amor por você lá.

DESAFIO DA SEMANA
Peça ao Senhor uma sede de conhecê-lO melhor, e para
fazer do seu coração um lugar fértil para Sua verdade e
amor.
DIAI88

O amor é um dom
Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito
de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.
Romanos 6:23

O amor sacrificial de Deus não pode ser completamente


entendido. "Mas Deus prova o seu amor para conosco, em
que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores"
(Romanos 5:8).
Nem pode um amor como este ser adquirido. "Porque
pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós,
é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se
glorie" (Efésios 2:8-9).
Mas esse amor pode ser recebido. "Se com a tua boca
confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que
Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que
com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz con-
fissão para a salvação" (Romanos 10:9-10).
O amor de Deus se estende até nós e é a definição final,
completa de um dom — algo totalmente não merecido. E
inatingível de qualquer outra maneira. Sua graça dá isso de
graça. Que esse possa ser o mesmo amor que você promete
— e de graça dá — ao seu cônjuge.

VÁ MAIS FUNDO
Leia João 4:7-14- Note como Jesus ofereceu o dom da
vida eterna e o perdão a alguém que desesperadamente
precisava daquilo. Jesus disse a ela: "Se você conheces-
se o dom de Deus... então você teria pedido" por isso.
Você sabe que isso é um dom? Você pediu humildemen-
te por isso?
DIA 189
O amor conduz a Ueus
Ninguém jamais viu a Deus; se nos amamos uns aos
outros, Deus está em nós, e em nós é perfeito o seu amor.
I João 4:12

Quando você recebe o amor de Deus como o seu pró-


prio, você está livre para amar de maneiras que você nunca
foi capaz de fazer antes. Ele é capaz de aperfeiçoar em você
um amor que só pode vir de maneira sobrenatural, que só
pode fluir dEle para você. Você pode trocar suas melhores
tentativas de amar pelo Seu infalível amor — mas não antes
que você tenha experimentado isso você mesmo.
"Nisto conhecemos o que é o amor: Jesus Cristo deu
a sua vida por nós, e devemos dar a nossa vida por nossos
irmãos" (l João 3:16). Ele desejava lhe amar mesmo se você
não merecesse, mesmo quando você não O amava de vol-
ta. Ele era capaz de ver todas as suas falhas e imperfeições
e ainda assim escolheu amar você. Seu amor fez o maior
sacrifício encontrar a sua maior necessidade. Como resul-
tado, você é capaz, pela Sua graça, de andar em Seu amor
completo e cheio de graça. Dando e recebendo. Agora e para
sempre.

<&& PERGUNTAS esso?


Pelo que você morreria? Se alguém lhe visse de longe
por algumas semanas, o que eles diriam que você ama
mais? É isso que você gostaria que ele (a) visse?
DIA 190
Q amor seque a Cristo
E o seu mandamento é este: que creiamos no nome de seu Filho Jesus
Cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o seu mandamento.
I João 3:23

Uma vez que você está estabelecido no amor de Deus,


você pode agora dividir este mesmo amor com seu cônjuge.
Você pode amá-lo mesmo quando você não é amado (a) de
volta. Você consegue ver todos os seus defeitos e imper-
feições e ainda assim escolhe amá-lo. E embora você não
consiga atender suas necessidades do jeito que Deus pode,
você pode se tornar Seu instrumento para mantê-lo face a
face com Seus cuidados. Como resultado, ele ou ela pode
caminhar em amor completo e cheio de graça. Agora e até a
morte.
Comprometa-se em amar a sua esposa ou o seu marido
neste novo e inquebrável caminho. Prometa a ele (a) no-
vamente que seu amor não é condicional; é para tudo que
pode possivelmente acontecer na vida. Eles estão tão salvos
em seu amor como você está no de Deus.
O verdadeiro amor é encontrado em Cristo, e em ne-
nhum outro lugar. E após você receber Seu dom da nova
vida por aceitar Sua morte em seu lugar e Seu perdão por
seus pecados, você está finalmente pronto para viver o desafio.

DESAFIO DA SEMANA
Desafie entender Deus em Sua Palavra. Desafie orar:
"Senhor Jesus, eu sou um pecador. Mas Tu mostraste o
Teu amor por mim ao morrer para perdoar os meus pe-
cados, e Tu provaste Teu poder para me salvar da morte
pela Tua ressurreição. Senhor, muda o meu coração e me
salve pela Tua graça."
DIA 191
O amor dá de si mesmo
Como o Pai me amou, também eu vos amei
a vós; permanecei no meu amor.
João 15:9

Jesus veio à terra com um propósito e um plano. Espe-


cificamente, Ele veio fazer o que agradava o Seu Pai (João
8:29), sempre adequando-Se à vontade de Deus. "Porque
tudo quanto Ele faz, o Filho o faz igualmente" (João 5:19).
"Estas coisas" incluindo ensinar as multidões tão bem
quanto aos seus mais próximos seguidores, curar aqueles
que estavam doentes e necessitados, servir ao ponto de
exaustão e permanecer obediente até a morte, "para que o
amor com que me tens amado esteja neles" (João 17:26).
Jesus é o perfeito exemplo de como o amor dá a si mes-
mo, não contando o risco muito grande ou o preço muito
alto. Tudo que é requerido pela vontade do Pai não é con-
siderado muito de se pedir. Esse é o tipo de amor que pode
mudar o coração de uma pessoa por toda eternidade, e pode
nos equipar com a habilidade de amar nosso cônjuge do
mesmo jeito não egoísta. O amor de Jesus nos capacita a dar
como Ele dá.

VÁ MAIS FUNDO
Leia João 15:12-17 e considere a profundidade do amor
de Cristo expressa nesta passagem. Nunca houve amor
tão grande. Pense sobre o propósito e chamado que Ele
nos concede com Seu grande amor.
DIA 192
O amor é frequentemente imerecido
O Senhor conduza, o coração de vocês ao amor
de Deus e à perseverança de Cristo.
2 Tessalonicenses 3:5

Seu cônjuge nem sempre merecerá o seu amor. Para


muitos, este é o motivo pelo qual eles não o dão. No en-
tanto, você ainda recebe livremente amor de Deus, mesmo
que você não o mereça. E isso traz uma nova luz para sua
circunstância.
Olhando para isso desta forma, você pode ver um cônju-
ge egoísta e que não coopera com novos olhos, pois em seu
relacionamento com Deus, seu pecado revela que você tem
sido frequentemente egoísta e que não coopera.
A razão pela qual você pode dar amor imerecido ao seu
cônjuge é porque Deus dá amor imerecido a você. Repeti-
damente, de forma duradoura. O amor é frequentemente
expresso ao máximo para aqueles que merecem menos. Peça
a Ele para lhe encher com o tipo de amor que só Ele pode
providenciar, então ame o seu cônjuge de uma maneira que
reflita sua gratidão a Deus por amar você. Esta é a beleza de
amor redentor. Este é o poder da fé.

<&gs> DESAFIO DA SEMANA ea?»


Desafie entender Deus em Sua Palavra. Desafie orar:
"Senhor Jesus, eu sou um pecador. Mas Tu mostraste
Teu amor por mim ao morrer para perdoar meus peca-
dos e Tu provaste Teu poder para me salvar da morte
pela Tua ressurreição. Senhor, mude o meu coração e me
salve pela Tua graça."
DIA 193
O amor busca servir
Porque o Filho do homem também não veio para ser seivido,
mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos.
Marcos 10:45

O amor de Jesus é tão completo e perfeito. Ele foi capaz


de esvaziar a Si mesmo do acesso justo ao Seu trono celeste
e deixar para trás Sua opção de usar isso "para Sua própria
vantagem" (Filipenses 2:6-7). Seu amor é aquele que morre
totalmente para o egoísmo para que Seu amado possa viver.
Ele deixou isso claro durante Seus anos de ministério
na terra. "Porque eu desci do céu, não para fazer a minha
vontade, mas a vontade daquele que me enviou" (João
6:38). "Eu não posso de mim mesmo fazer coisa alguma...
porque não busco a minha vontade" (João 5:30). "A minha
comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a
sua obra' (João 4:34)- Quando Ele pegou a bacia e a toalha
para lavar os pés dos Seus discípulos, Ele estava dando a
eles e a nós um "exemplo" a seguir (João 13:15). Se nós
formos amar como Jesus, nós temos que lembrar que a vida
e o amor não são sobre nós, mas tem a ver com quem nós
amamos. Ao servir Deus e os outros, nós experimentamos a
vida completa que uma pessoa pode conhecer.

ÍS-2) ORAÇÃO CISVP


"Senhor, ajuda-me a lembrar que eu tenho que servir
meu cônjuge com amor. Lembra-me que Tu nos serviste
com perdão e esperança e que a minha vida deve refletir
minha gratidão a Ti pelas minhas ações."
DIA 194
O amor é maior que nós
Pois o mesmo Pai vos ama, visto como vós,
me amastes, e crestes que saí de Deus.
João 16:27

Mesmo que você queira ser tudo que sua esposa ou ma-
rido precisa, você não pode. Mesmo se você fosse capaz de
se manter em perfeita saúde ao longo de toda a vida dele (a)
e pudesse estar com ele (a) cada minuto do dia, ainda assim
ele (a) teria necessidades que nenhuma pessoa é capaz de
preencher. O único amor grande o suficiente para satisfazer
o coração humano é o amor de Jesus.
Mas, como um cristão, Ele reside em você através de Seu
Espírito Santo (Romanos 8:9), onde você está sendo trans-
formado a Sua imagem dia após dia (Romanos 8:29). Isso
significa que mesmo que o tanque de amor de seu cônjuge
seja grande demais para você encher, o amor de Jesus pode
lhe ajudar a tocar o coração de seu cônjuge, enchendo-o
com Sua alegria, encorajamento e refrigério (Filemom 6-7).
Isso devia dificilmente lhe deixar sentir-se uma pessoa
inadequada. De fato, nada devia lhe dar mais satisfação que
saber que Cristo está vivo e trabalhando através de você para
completar seu cônjuge.

DESAFIO DA SEMANA
Desafie entender Deus em Sua Palavra. Desafie orar:
"Senhor Jesus, eu sou um pecador. Mas Tu mostraste
Teu amor por mim ao morrer para perdoar meus peca-
dos e Tu provaste Teu poder para me salvar da morte
pela Tua ressurreição. Senhor, muda o meu coração e me
salva pela Tua graça."
DIA 195
O amor é satisfeito em Ueus
O Senhor te guiará continuamente,
e fartará a tua alma em lugares áridos.
Isaías 58:11

Você já deve ter percebido até aqui que nada em sua caixa
de ferramentas de talentos e recursos pode reparar o dano
que o pecado deixou em seu coração. Jesus é o único que
pode suprir o que você sente falta. Se você o recebeu pela fé
e deu a direção da sua vida para Ele guiar, então Seu Espíri-
to Santo está renovando o seu coração. Sua sabedoria, graça
e poder podem agora ser liberados sobre tudo aquilo que
você faz. Inclusive, não por último, seu casamento.
Mas, se este é um território novo para você ou se você já
é um seguidor de Jesus por algum tempo, agora é a hora de
firmar uma coisa em sua mente: você precisa de Deus todos
os dias. Você é tão dependente da Sua graça e misericórdia
deste momento em diante, quanto você era no momento em
que acreditou pela primeira vez. Não é uma proposta tem-
porária. Porque só Ele pode lhe satisfazer, mesmo quando
todo o resto fracassa.

ssrf) VÁ MAIS FUNDO es???


Leia Mateus 5:1-3 para ver as primeiras palavras que sa-
íram da boca de Jesus em Seu primeiro sermão descrito
na Bíblia. Ser "pobre em espírito" significa estar falido
espiritualmente e totalmente dependente de Deus todo
tempo e para todas as coisas. O reino e o poder de Deus
trabalham em alguém que vive desta forma. Você viverá
desta forma?
DIA 196
O amor confia em í)eus
Aprendi a adaptar-me a toda e qualquer circunstância.
Filipenses 4'-11

Você coloca expectativas em cima do seu cônjuge todos


os dias. Algumas vezes ele as supre. Outras não. Mas ele
nunca será capaz de satisfazer totalmente toda a demanda
que você requer. Isto é parcialmente porque seu cônjuge é
humano.
Deus, no entanto, não é. E aqueles que se aproximam
dEle em total dependência cada dia por necessidades reais
em suas vidas são aqueles que descobrem como Ele é confi-
ável.
Seu cônjuge pode lhe dar uma paz interior? Não. Mas
Deus pode. Seu cônjuge lhe capacita a ficar contente inde-
pendente do que a vida jogue em cima de você? Não. Mas
Deus pode. É por isso que você precisa buscá-lO todos os
dias. "Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo,
pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem
seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo en-
tendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cris-
to Jesus" (Filipenses 4:6-7)- Libere seu cônjuge da pressão
de suprir necessidades que só Deus pode satisfazer em você.

=s*2> PERGUNTAS
Que expectativas você tem para seu cônjuge? As suas
expectativas são saudáveis e honram a Deus? Você está
procurando por satisfação que só Deus reserva o direito
de satisfazer?
DIA 197
O amor se de feita em Ueus
Deleita-te também no Senhor,
e te concederá os desejos do teu coração.
Salmo 37:4

Você confia em Deus para suprir o que você precisa?


Quando nós O buscamos em primeiro lugar, amando-O em
primeiro lugar e fazendo do nosso relacionamento com Ele
a prioridade maior, Ele promete nos suprir com o que nós
realmente precisamos. Quando Ele é o nosso deleite ver-
dadeiro, nós percebemos a incapacidade de qualquer outro
substituto.
Jesus certa vez falou com uma mulher perto de um poço
Samaritano, uma mulher que tentara ter suas necessidades
supridas através de uma série de relacionamentos fracassa-
dos. Com sua vida e seu balde de água vazios, ela fora até
aquele lugar machucada e insensibilizada. Mas em Cristo,
ela encontrou o que Ele chamou de "água viva" (João 4:10)
— Um suprimento que não era só para acabar com a sede
temporária. O que Ele ofereceu a ela foi uma bebida de
satisfação para alma que nunca para de dar refrigério.
É isto que está disponível para você, não importa quem
seu cônjuge seja ou o que ele tenha feito para você. Deus é
o seu sustento diário. De tudo que você precisa.

CEP829 DESAFIO DA SEMANA <£SQ?


Reserve um tempo esta semana para orar e ler a sua
Bíblia. Tente ler um capítulo de Provérbios ou dos evan-
gelhos todos os dias. Como você faz, mergulhe no amor
que Deus tem por você.
DIA 198
O amor é suprido por 13eus
O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas
as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus.
Filipenses 4:19

Há necessidades na sua vida que só Deus pode satisfazer


completamente. Embora seu marido ou esposa seja capaz de
completar algumas dessas necessidades uma vez ou outra,
só Deus é capaz de supri-las. As pessoas que alegam que
seu cônjuge não as está fazendo felizes estão desapontadas
porque estão tirando água do poço errado. É hora de parar
de esperar que alguém ou alguma coisa lhe mantenha em
funcionamento e cheio. Só Deus pode fazer isso à medida
que você aprende a depender dEle. Mas Ele quer fazer da
maneira dEle.
Sua necessidade por amor, paz e adequação é real. Nin-
guém está dizendo que não deve tê-los. Mas ao invés de se
ligar a coisas instáveis que sempre estarão sujeitas a mu-
dança — sua saúde, seu dinheiro, até mesmo seus afetos e
melhores intenções do seu cônjuge — ligue-se a Deus. Sua
fidelidade, verdade e promessas aos Seus filhos permanece-
rão para sempre. Olhe para Ele quando você sentir-se vazio.
Nunca seja enganado ao pensar que ninguém ou nada pode
suprir o que você precisa no fim das contas.

<&gB VÁ MAIS FUNDO tSSv?


Leia João 4:7-19. A mulher estivera com seis homens e
ainda estava insatisfeita. O que Jesus oferece no versí-
culo 14? Você está deixando Deus lhe satisfazer ou está
esperando que seu cônjuge faça isso?
DIA 199
O amor deve ser recebido
E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem.
Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele.
I João 4:16

Nós continuamos querendo receber o amor de Deus.


Nós continuamos querendo pensar que se trabalhássemos
um pouco mais duro, Ele nos amaria mais. E quando não
estamos vivendo para Ele como deveríamos, nós temos mo-
mentos difíceis acreditando que Ele nos ama como costu-
mava.
Mas Deus baseia Seu amor, não em nossa performance,
mas em Seu próprio caráter imutável. Ao invés de fazer
nossas responsabilidades cristãs esperando atrair Seu olhar
e suavizar Sua raiva, nós devemos saber que Ele sente prazer
em nos resgatar. Ele não precisa das nossas boas ações. Ele
nos capacitou para obedecer a Ele para que então possa-
mos experimentar a liberdade do coração e motivos puros,
a alegria de servir aos outros e autenticidade de viver com
confiança em Seu cuidado.
Este não é um amor que nós temos para nada. Jesus fez o
trabalho pesado por nós — um trabalho que nós nunca pode-
ríamos ter completado. Nosso trabalho agora é aproveitar o
amor que faz com que queiramos trabalhar duro por grati-
dão, não pelo desejo desesperado de obter o Seu favor.

•=s*3> DESAFIO DA SEMANA ei^p


Reserve um tempo esta semana para orar e ler a sua
Bíblia. Tente ler um capítulo de Provérbios ou dos evan-
gelhos todos os dias. Enquanto você faz, mergulhe no
amor que Deus tem por você.
DIA 200

0 amor deve ser experimentado


Amados, se Deus assim nos amou, também
nós devemos amar uns aos outros.
I João 4:11

Quando as pessoas comentam sobre a beleza das árvores


no outono ou vão às compras por flores, elas não prestam
muita atenção no tronco, no caule ou nas estruturas da raiz.
A atração de uma planta adulta está no que está acontecen-
do ao longo de seus ramos e galhos. As cores e texturas que
dão ao arbusto seu formato distintivo são o que chamam a
nossa atenção para a planta. E, no entanto, se não fosse por
sua conexão com uma fonte de vida e nutrientes, as flores
nunca teriam a chance de existir ou abrir.
Jesus descreveu o nosso relacionamento com Ele como
sendo como ramos conectados à vinha. Nós dependemos
dEle. Não podemos fazer nada sem Ele. Se o amor real,
autêntico e incondicional fluir de nós, nós devemos experi-
mentá-lo fluir através de nós vindo de Cristo.
Ê por isso que o amor que nós temos por nosso cônjuge
nunca poderá florescer completamente até que nós esteja-
mos nEle pela fé. E continuará a afundar sempre que nós
tentarmos viver sem estarmos conectados à Vinha. "Eu sou
a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá
muito fruto" (João 15:5).

ORAÇÃO «ga
"Senhor, nos mantenha em Teu amor. Não nos deixe
nos afastar de Ti e faça o que for preciso para impedir
com que nós arruinemos nosso testemunho como Teus
seguidores. Ensina-nos a guardar nosso coração. Em
nome de Jesus, amém."
DIA 201
O amor é equipado para a felicidade
Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça,
e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Mateus 6:3 3

A vida vem com muitas dificuldades e desafios. E a


pessoa inclinada a ser mais focada nos seus defeitos que em
suas qualidades encontrará razões para reclamar, certas de
que Deus deve a ela alguma coisa. Na realidade, no entanto,
"seu divino poder nos deu tudo o que diz respeito à vida
e piedade" (2 Pedro 1:3). Mesmo nas circunstâncias mais
difíceis, a pessoa que verdadeiramente quer amar mais com-
pletamente descobrirá que Deus deu — e continua dando
— tudo o que é preciso para fazer da vida uma experiência
alegre.
O rei Davi, após Deus falar com ele que ele não seria
aquele que construiria o primeiro templo, podia ter ficado
em um estado de autopiedade. Ao invés disso, ele sentou
e disse: "Quem sou eu, Senhor Deus?" (2 Samuel 7:18).
Mesmo em desapontamento, ele estava convencido "não
há ninguém como Tu" (7:22). Desde comida e roupas, até
perdão de pecados, Sua Palavra que fala conosco e Sua igreja
que nos rodeia e até mesmo a esperança da glória vindoura
com Ele, que supriu tudo que precisamos e mais. O amor
que dividimos pode fluir em completa abundância.

&*i? DESAFIO DA SEMANA CSVP


Reserve um tempo esta semana para orar e ler a sua
Bíblia. Tente ler um capítulo de Provérbios ou dos evan-
gelhos todos os dias. Enquanto você faz, mergulhe no
amor que Deus tem por você.
DIA 202

0 amor encontra refáaío em fleus


Quão preciosa é, ó Deus, a tua benignidade, pelo que os
filhos dos homens se abrigam a sombra das tuas asas.
Salmo 36:7

Muitas pessoas vivem à margem do amor de Cristo. Após


terem recebido a Ele com Senhor e Salvador e Seu perdão
pela fé, elas continuam pensando que alguma coisa melhor
está disponível em algum outro lugar. Quando elas estão
cansadas e frustradas, desencorajadas ou com raiva, elas
voltam para os prazeres do passado que costumavam manter
companhia, esquecendo que correndo dessas coisas é como
elas sempre terminam de volta nos braços de Jesus.
Muito melhor (e menos perda de tempo) encontrar
nossa satisfação em Deus desde o começo. Ao invés de caçar
nossos vários escapes em esperanças de encontrar amor,
alegria e paz, por que não ir diretamente à fonte, o único
lugar onde eles podem ser encontrados? Uma vida entregue
a Cristo produz o fruto "amor, alegria, paz, paciência, ama-
bilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio"
(Gaiatas 5:22-23). Quantos prazeres deste mundo podem
nos dar isso?
A pessoa que você realmente quer ser e aquele (a) que
você realmente quer conhecer é encontrado (a) ao se pro-
curar refúgio em Deus e se satisfazer da Sua abundância.
Então, você estará livre para realmente viver e amar.

PERGUNTAS eas?
Você encontra satisfação primeiramente em Deus ou nas
coisas deste mundo? Você anseia por mais de Deus do
que qualquer outra coisa? O que Ele é incapaz de dar a
você que você precisa?
DIA 203
O amor encontra sua plenitude em "Deus
Na tua presença há fartura de alegrias; a tua
mão direita há delicias perpetuamente.
Salmos 16:11

Um dos propósitos de Deus na criação é revelar o Seu


caráter através das coisas que Ele fez (Romanos 1:20).
Então, quando um pássaro junta material para construir um
ninho do seu quintal, você também está vendo o cuidado e
a bondade de Deus nitidamente. "Os olhos de todos espe-
ram em ti", as Escrituras dizem, "Abres a tua mão, e fartas
os desejos de todos os viventes" (Salmos 145:15-16). Mas
quanto mais isso se aplica a nós, uma vez que valemos "mais
do que muitos pardais!" (Lucas 12:7).
Cada dia nos dá exemplos frescos de como Deus supre
todas as nossas necessidades. Mas, além das necessidades,
Deus sabe como satisfazer nossos mais profundos desejos
melhor do que nós. Quando o salmista descobriu isso, ele
notou que o amor de Deus "é melhor que a vida" (Salmos
63:3). Ele continuou dizendo: "A minha alma se fartará,
como de tutano e de gordura; e a minha boca te louvará com
alegres lábios" (Salmos 63:5). Debaixo dos desapontamen-
tos ao seu redor, o solo da sua vida é coberto de bênçãos e
nos convida a experimentar e ver que Ele é bom.

=P8ES VÁ MAIS FUNDO <SR?


Leia o Salmo 34- Aproveite este testemunho da habi-
lidade de Deus de fazer todas as coisas. O que Ele faz
com nossos medos e problemas? Que necessidades Ele
não supre? O que nós sentimos falta se nós O tememos,
se mostramos a Ele reverência e temor?
DIA 204

O amor é fief
Porque a tua benignidade está diante dos meus
olhos; e tenho andado na tua verdade.
Salmos 26:3

Como cristãos, o amor é a base de toda a nossa identi-


dade. E a raiz e o solo da nossa existência, algo no qual nós
devemos estar "arraigados e alicerçados" (Efésios 3:17)- É
uma qualidade que nós devemos "crescer" mais e mais, até
"transbordar" (I Tessalonicenses 3:12), sempre melhoran-
do nisso, nos tornando cada vez mais definidos pelo nosso
amor. Então, nós não nos tornaremos "no pleno conheci-
mento de nosso Senhor Jesus Cristo, sejamos inoperantes e
improdutivos" (2 Pedro 1:8), e o amor que nós recebemos
dEle torna a nos encher para amarmos nosso cônjuge mais
profundamente.
Nós fomos criados para compartilhar o amor. É um esti-
lo de vida de amor que faz da mensagem do evangelho mais
atrativa para aqueles que estão longe de Deus. Aprender a
amar e expressar nosso amor deve ser a ambição de uma vida
inteira. De fato, nós devemos mostrar amor mesmo quan-
do somos rejeitados. Mesmo que isso soe como uma coisa
difícil de ser feita, assim como Cristo fez por nós. Nosso
"amor uns pelos outros" é como as pessoas nos distinguem
como discípulos de Cristo (João 13:3 5).

DESAFIO DA SEMANA easo?


O amor é uma escolha, não um sentimento. Escolha ser
determinado a amar mesmo se seu cônjuge perdeu seu
interesse em receber isso. Diga a ele: "eu te amo. Ponto.
Eu escolho amar você mesmo que você não me ame de
volta."
DIA 205
O amor é um retraio de Ueus
E desposar-te-ei comigo em fidelidade,
e conhecerás ao Senhor.
Oséias 2:20

O acordo do profeta Oséias é um dos mais marcantes da


Bíblia. Contra toda lógica e propriedade, Deus o instruiu a
casar-se com uma prostituta. Ele queria que o casamento de
Oséias mostrasse com o que o amor incondicional do céu
por nós se parece.
Gomer, a mulher de Oséias era infiel. Então, Oséias teve
de lidar com o abandono e um coração partido. Ele a amara,
mas ela menosprezara o seu amor. Ela fora desleal e adúlte-
ra, rejeitando-o por cobiça ao amor de pessoas estranhas.
O tempo passou e Deus falou com Oséias de novo. Ele
disse para ele ir e reafirmar seu amor por aquela mulher
que fora repetidamente infiel e comprá-la de volta, já que
ela fora vendida como escrava. Sim, ela tratara o amor de
Oséias com desprezo, mas ele a recebera de novo em sua
vida, expressando um amor incondicional. Esta é uma his-
tória real, mas Deus a usou como uma pintura dramática de
Seu fiel amor por nós.

*xs> VÁ MAIS FUNDO


O coração de Deus para o casamento, mesmo em casos
de adultério, é que nós encontremos reconciliação.
Quando nós somos infiéis com Deus, é como cometer
adultério espiritual. No entanto, Ele nos chama para Si
e busca restaurar nossa caminhada com Ele. Leia Oséias
6:1-3 e deixe com que esta passagem lhe encoraje a
se aproximar do Senhor. Olhe as bênçãos que seguem
aquele que faz isso.
DIA 206
O amor é dedicado
Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão
das ofensas, segundo as riquezas da sua graça.
Efésios 1:7

O amor de Deus é dedicado não importa o que aconte-


ça. Ele derrama Seu favor sobre nós sem medidas, embora
nós não prestemos muita atenção. Ás vezes, nós agimos de
forma vergonhosa e consideramos o Seu amor uma intrusão,
como se estivesse nos mantendo distante do que realmente
queremos. Nós O rejeitamos de muitas formas — mesmo
após receber Seu dom da salvação eterna — e ainda assim Ele
nos ama. Ele permanece dedicado.
Os antigos israelitas são o exemplo principal desta ex-
periência. Deus ouviu seu clamor no cativeiro e os libertou
com Seu grande poder. Mas eles desejaram voltar para a
escravidão no Egito quando enfrentaram a primeira difi-
culdade. No entanto, Deus repetidamente os perdoou e os
restaurou a caminho da Terra Prometida.
Mesmo assim, Seu amor não impede que Ele nos cha-
me para prestar contas sobre nosso maltrato com Ele. Nós
pagamos mais de um preço por nossa rejeição do que fre-
quentemente percebemos. E, no entanto, Ele ainda escolhe
nos responder com graça e misericórdia. Nós temos nEle o
modelo do que amor rejeitado faz. Ele permanece dedicado.

DESAFIO DA SEMANA
O amor é uma escolha, não um sentimento. Escolha ser
determinado a amar mesmo se seu cônjuge perdeu seu
interesse em receber isso. Diga a ele: "eu te amo. Ponto.
Eu escolho amar você mesmo que você não me ame de
volta."
DIA 207
O amor escofhe abençoar
Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam;
bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam.
Lucas 6:27-28

Do ponto de vantagem do altar do casamento, você não


poderia sonhar que a pessoa com a qual você se casou pu-
desse se tornar para você um tipo de "inimigo", alguém que
você fosse ter que amar com um ato de total sacrifício. E,
no entanto, às vezes, no casamento, a relação de fato definha
a este nível.
Para muitos, este é o começo do fim. Alguns respondem
rapidamente indo em direção a um trágico divórcio. Outros,
mais preocupados com a reputação do que com a própria
felicidade, decidem manter a farsa. Mas eles não têm ne-
nhuma intenção de apreciá-la — muito menos de amar um ao
outro outra vez.
Este não é o modelo do seguidor de Cristo. Se o amor
for para ser como o dEle, nós devemos amar mesmo quando
suas tentativas de diálogo são desprezadas. Nós devemos
abençoar sem levar em consideração a resposta. E para que
o seu amor ser como esse, você necessita do amor de Cristo
para começar.

ORAÇÃO 6*s?
"Senhor, ajuda-nos a amar um ao outro com Teu amor.
Ensina-nos a perdoar rapidamente e não ser facilmente
ofendido. Lembra-nos de não guardar lembranças ruins.
Em Teu nome nós oramos, amém."
DIA 208

O amor (uta contra a raiva


A ira do homem não opera a justiça de Deus.
Tiago 1:20

A raiva pode ser venenosa. Pense em todas as coisas


ruins que ela pode causar. Ela traz palavras à nossa boca
que fazem com que outras pessoas fiquem machucadas. Ela
rouba amor, alegria e paz de todo ambiente onde ela pene-
tra. Ela nos guia para a violência e destruição. Ela faz com
que tomemos decisões de maneira insensata e imprudente
baseadas em um pouco mais que emoções cruas. Ela causa
briga e divisão, separando pessoas que outrora andavam em
amizade bem próxima — até mesmo aqueles que se ajoelha-
ram diante do altar juntos e prometeram amar um ao outro
por toda a vida.
Jesus disse que a raiva é o necessário para alguém ser
culpado do crime de assassinato (Mateus 5:21-22), porque
a raiva é o começo de todos os atos perversos. Mas o amor
é onde ela para. Os passos do amor para esta atmosfera de
alto risco, de ânimos alterados e oferece proteção contra os
resultados mortais da raiva. Quando você faz a escolha de
amar, é como perseguir e capturar a raiva destrutiva, a apri-
sionando em um quarto e jogando a chave fora.

=5*19 DESAFIO DA SEMANA ea^p


O amor é uma escolha, não um sentimento. Escolha ser
determinado a amar mesmo se seu cônjuge perdeu seu
interesse em receber isso. Diga a ele: "eu te amo. Ponto.
Eu escolho amar você mesmo que você não me ame de
volta."
DIA 209
O amor atravessa o vafe
Chegue a minha oração perante a tua face,
inclina os teus ouvidos ao meu clamor.
Salmo 88:2

Muitos casamentos passarão em algum momento por


tempos quando o cônjuge lutará com a depressão. E, no en-
tanto, quando é você quem está passando por este problema,
a vida pode se parecer com um lugar escuro e solitário.
Enquanto a depressão pode lhe guiar facilmente a ter
pensamentos e comportamentos pecaminosos, ela não é um
pecado para você se sentir para baixo e desencorajado, nem
mesmo para se sentir imobilizado por ela. Pessoas tementes
a Deus na Bíblia passaram por ciclos ruins após grandes,
acontecimentos emocionais, como Elias em 1 Reis 19:1-4-
Ê importante lembrar disso, especialmente se você é que
está tentando desesperadamente ministrar ao seu cônjuge
sofredor. Esta não é a hora de acusar e criticar, ou questio-
nar por que ele não pode simplesmente se recuperar.
Mas por que a depressão é um solo fértil onde mentiras
podem crescer, tente ler Salmos e outras Escrituras em voz
alta para seu cônjuge. Aja contra o senso dele de melancolia
e indignidade, com as verdades brilhantes e vivas. Se ele não
ouvir, leia estes versículos como uma oração em benefício
dele. Mas nunca desista, e clame a Deus para tirar qualquer
raiva contra o seu cônjuge do seu coração. Você está aqui
para amá-lo mesmo nestas circunstâncias.

=;-s:s PERGUNTAS easp


Você busca o Senhor quando a vida parece injusta e
frustrante? Quem entende melhor a sua situação e expe-
riência? Você consegue não confiar nEle nas suas lutas?
DIA 210
0 amor não desiste
Eu odeio o divórcio, diz^o Senhor, o Deus de Israel...
Por isso, tenham bom senso; não sejam infiéis.
Malaquias 2:16 NVI

Deus odeia o divórcio. E aqueles que conhecem esta dor


que se assemelha à de uma facada de primeira mão e aqueles
que clamaram a Ele por misericórdia e perdão, entendem o
porquê. O mal em lidar com "traição" com sua esposa ou
marido (Malaquias 2:14), ou ter sido deixado (a) pelo seu
cônjuge que escolheu não lhe amar, deixa um buraco em sua
vida. Aqueles culpados de causar ou contribuir para um di-
vórcio sentiu a distância que Deus permite que cresça entre
nós e Ele quando nós rejeitamos Seu melhor para nossas
necessidades.
Se seu casamento está em crise agora, e o divórcio per-
manece sendo uma possibilidade na sua mente, lembre-se
que Jesus disse que o divórcio só existe hoje por causa do
nosso coração duro — "Mas não foi assim desde o começo"
(Mateus 19:8). Mesmo que o divórcio seja biblicamente
permitido após o adultério, não devíamos odiar o que Ele
odeia? O coração de Deus é para reconciliação e ressurrei-
ção. Até mesmo depois de um romance — tão heróico e im-
possível quanto isso possa parecer — Deus pode fazer de seu
casamento um trofeu de perdão e graça. O amor de Deus é
um amor vencedor e vitorioso. Que nunca desiste. O nosso
deve ser mantido pelas mesmas razões.

& VA MAIS FUNDO


Leia os pensamentos de Deus sobre o divórcio e suas
consequências em Malaquias 2:13-16. Como o divórcio
afeta nossa adoração, nossa vida, nossos filhos? Como
ele é traidor? As suas conclusões estão alinhadas com as
DIA 211
O amor dá uma pausa
O Senhor pelejará por vós, e vós vos calareis.
Exôdo 14:14

Às vezes a tensão em nosso lar pode se tornar quase


impossível para neutralizar. Muito já foi dito, e nenhuma
palavra — mesmo palavras de desculpa e promessa — não
vão tornar as coisas mais tranquilas. Não neste momento.
É quando o amor faz a coisa mais brava, e recua por um
tempo.
Não, algumas horas de quietude não são prováveis de
consertar tudo que está errado, mas vai, ao menos, diminuir
a temperatura e dar tempo para reflexão. Vai lhe impedir de
transformar seus pensamentos em palavras sem valor que
seu cônjuge passará um bom tempo para esquecer.
É fácil se desesperar pelo desespero de seu casamen-
to quando as coisas estão provocando grandes contendas.
Quando vocês dois estão entrincheirados no campo de
batalha, é difícil de imaginar que você e seu cônjuge tenham
muita esperança em encontrar um comum acordo, o mais rá-
pido possível. Mas espere um pouco. Reflita. Anuncie cessar
fogo. Suspenda hostilidades. Vocês descobrirão que quando
ficarem juntos de novo em uma carga de calor baixa, vocês
serão capazes de ver um reflexo de esperança emergir.

DESAFIO DA SEMANA
Converse com seu cônjuge sobre honrar um ao ou-
tro, mesmo em tempos de frustração ou desacordos.
Comprometa-se a buscar conselho divino por qualquer
questão crítica que está causando atritos progressivos
em seu casamento.
DIA 212
O amor toma conta
Não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo? Ora,
se o mundo deve ser julgado por vós, sois porventura
indignos de julgar as coisas mínimas?
I Coríntios 6:2

Paulo estabeleceu a igreja na cidade grega de Corinto.


Então, ele trabalhou com eles por muitos anos através de
suas cartas, esforçando-se para ajudá-los a quebrar formas
culturais diferentes de pensamento, convencê-los a ver as
coisas pelo ponto de vista de Deus.
Quando entravam em desacordos muito agressivos, eles
faziam o que os coríntios sempre faziam — correr para os
átrios para o julgamento da questão. Isso não é muito dife-
rente da forma como alguns cristãos ainda agem nos dias de
hoje, correndo para o divórcio quando o casamento parece
não ter mais jeito.
Mas se alguém tem menos razão para passar por um
processo de divórcio secular, este é o crente em Cristo, que
tem o Espírito de Deus, e quem a Bíblia diz que um dia
terá uma mão no julgamento do mundo. Certamente, nós
devemos, pelo menos, abraçar este cargo, quando se trata
de nosso próprio casamento. Comprometa-se a longo prazo
que o divórcio nunca será uma opção em discussão. Lembre—
-se quem você é e trabalhe nisto. Faça o que precisar para
fazer as coisas da maneira de Deus.

VÁ MAIS FUNDO
Leia as palavras de Jesus sobre o casamento, divórcio e
adultério encontrados em Mateus 19:3-9. O versículo 5
é a teologia do casamento. O versículo 6 é a conclusão
de Cristo. Por que as pessoas perseguem o divórcio de
acordo com o versículo 8?
DIA 213
O amor aprende com o sábio
Para vos envergonhar o digo. Não há, pois, entre vós sábios,
nem mesmo um, que possa julgar entre seus irmãos?
I Coríntios 6:5

Uma das chaves para a prevenção do divórcio é nos


manter afastados de começar o processo, que corre com
estes assuntos pelos tribunais como gado indo para o abate.
Se você não consegue resolver suas disputas por si mesmo,
faça sua próxima parada — não o escritório do advogado —
mas um membro da família ou um amigo sábio e temente a
Deus que vocês dois confiem muito. Certamente, de todas
as pessoas que você conhece, há alguns homens e mulheres
tementes a Deus que lhe ouvirá, procurará a vontade dEle e
oferecerá conselhos. E,se você não tiver, procure alguns.
Pode parecer menos ameaçador ou constrangedor levar os
seus problemas a alguém que não tem uma "história" com
você. Mas se você está tendo muita luta em seu relaciona-
mento, Deus colocará pessoas amorosas e atenciosas na sua
vida para caminhar com você por isso. Ao invés de trabalhar
para levar algo tão sagrado como seu casamento a um ponto
de rápido fechamento, eles estarão lá para oferecer soluções
encontradas na Palavra de Deus que lhe ajudarão a preservar
o tesouro que Deus confiou a você.

^ e s DESAFIO DA SEMANA easp


Converse com seu cônjuge sobre honrar um ao ou-
tro, mesmo em tempos de frustração ou desacordos.
Comprometa-se a buscar conselho divino por qualquer
questão crítica que está causando atritos progressivos
em seu casamento.
DIA 214
O amor é difícííde ofender
Por que não sofreis antes a injustiça?
Por que não sofreis antes o dano?
I Coríntios 6:7

Em muitas dificuldades conjugais há, geralmente, culpa


suficiente para querer mudar. Mas nós podemos permanecer
tão firmes em nosso argumento a ponto de não estarmos
dispostos a fazer muito em prol de um acordo. Ceder é
aceitar a derrota. E nós temos muito orgulho investido para
recuar agora.
Obviamente, algumas situações podem escalar um nível
de medo e violência que permite remover você do perigo.
Mas, em muitos casos, o que de pior poderia acontecer se
você fosse o primeiro a ceder? E se, ao invés de tentar ga-
nhar o seu ponto, você ganhasse um ponto para o time? Ser
ofendido é melhor do que ofender. O que você acha que seu
cônjuge faria se você carregasse sobre os ombros a sua parte
da culpa, o perdoasse pela dele e concordasse em recomeçar
tudo outra vez.
Pessoas mortas são difíceis de ofender, e aqueles que
morrem para si mesmo também, aqueles que têm o hábito
de fazer vista grossa para os erros do cônjuge e deixar Deus
tomar a responsabilidade de ser seus defensores. Negue o
seu direito de julgar seu cônjuge. Baixe a guarda e espere no
Senhor.

ORAÇÃO <?
"Jesus, ajuda-nos a amar e a perdoar, não importa a
questão. Convença-nos quando for preciso, e nos dê um
coração tenro para Ti. Construa em nós um compro-
metimento de fé para Contigo e um ao outro. Em Teu
DIA 215
Q amor hrofeqe
Tu os esconderás, no secreto da tua presença, dos desaforos
dos homens; encobri-los-ás em um pavilhão,
da contenda das línguas.
Salmo 31:20

O casamento é feito de muitas coisas, incluindo alegrias,


tristezas, sucessos e fracassos. Mas quando você pensa em
como deseja o seu casamento, a última coisa que vem à sua
mente é um campo de batalha. No entanto, há algumas
batalhas que você deve querer muito combater. Estas são as
batalhas que faz parte de proteger seu cônjuge.
Infelizmente, seu casamento tem inimigos por aí. Eles
vêm em formas diferentes e usam estratégias diferentes, mas
apesar de tudo, eles ajudarão a destruir seu relacionamento a
menos que você saiba como se defender contra eles. Alguns
são espertos e parecem atrativos, só para minar o seu amor
e apreciação um pelo outro. Outros tentarão seduzir seu co-
ração para outra coisa que não seja seu cônjuge ao alimentar
você com fantasias não-sadias e comparações irreais. É uma
batalha que você precisa travar para proteger seu casamento.
Ê quando o amor coloca a armadura e pega a espada para
defender a si próprio.

DESAFIO DA SEMANA
Converse com seu cônjuge sobre honrar um ao ou-
tro, mesmo em tempos de frustração ou desacordos.
Comprometa-se a buscar conselho divino por qualquer
questão crítica que está causando atritos progressivos
em seu casamento.
DIA 216
O amor monitora influências
Para que guardem as veredas do juízo. Ele-preservará
o caminho dos seus santos. Então entenderás a justiça,
o juízo, a equidade e todas as boas veredas.
Provérbios 2:8-9

Seu cônjuge e seu casamento precisam da sua proteção


constante. Há muitas coisas que das quais você precisa guar-
dar o seu relacionamento. Uma dessas é influências nocivas.
Você está permitindo que certos hábitos envenenem a
sua casa? A internet e a sua televisão podem ser adições pro-
dutivas e proveitosas para sua vida, mas eles também podem
trazer contendas destrutivas e drenar as horas preciosas do
seu casamento e família. A mesma coisa se aplica a agen-
das de trabalho que você mantém separado um do outro
por muitas horas. Mas você não pode proteger a sua casa
quando raramente está lá, nem quando você está desconec-
tado da relação. É preciso lutar para manter o equilíbrio. E
nenhum nível de sucesso profissional vale se seu lar estiver
fracassado. Como o diretor do seu relacionamento conjugal,
você precisa ter certeza de que seus valores são guiados por
um panorama bíblico. Qualquer influência que mancha ou
enfraquece esta perspectiva deve ser prevenida.

<&&s VÁ MAIS FUNDO


Leia I Coríntios 5:6-8. Paulo está desafiando a sua igre-
ja para remover algumas influências negativas de suas
vidas. Ele usa o termo "fermento" para explicar como
um pequeno pecado pode contaminar outras áreas. Há
algo que está enfraquecendo seu casamento ou caminha-
da com Deus?
DIA 217
O amor é um amiao verdadeiro
O justo é mais excelente do que o seu próximo,
mas o caminho dos ímpios faberrar.
Provérbios 12:26

Nem todo mundo tem o material para ser um bom


amigo. Nem todo homem com quem você joga futebol ou
sai para pescar tem palavras sábias quando se trata de casa-
mento. Nem toda mulher que você conhece tem uma boa
perspectiva quando o assunto é comprometimento e priori-
dades. De fato, qualquer pessoa que mina o seu casamento
não merece ser dado o título de "amigo". E, certamente,
você deve estar de guarda a todo tempo para não permitir
relacionamentos com o sexo oposto no trabalho, na acade-
mia ou até mesmo na igreja que lhe desviem emocionalmen-
te daquele (a) a quem você já entregou o seu coração.
O amor busca relacionamentos saudáveis e que honram
a Deus. Seja grato por aquelas amizades ou conhecidos que
acrescentam valor ao seu casamento. Seja cauteloso com
aqueles que não fazem este trabalho. Ter um amigo verda-
deiro é uma bênção rara, mas um cônjuge que também é um
amigo verdadeiro não tem preço. Ser um amigo para o seu
cônjuge irá aprofundar o seu relacionamento e adoçar a sua
amizade.

PERGUNTASc <
Você investe tanto tempo na amizade com seu cônjuge
quanto você investe na de outros amigos? Quem que seu
cônjuge diria que é mais importante para você?
DIA2I8

O amor encobre o defeito


Aquele que encobre a transgressão busca a amizade,
mas o que revolve o assunto separa os maiores amigos.
Provérbios 17:9

Todo mundo lida com algum nível de inferioridade e fra-


queza. E porque o seu casamento tem uma forma de expor
tudo isso para você e seu cônjuge, você precisa proteger a
vulnerabilidade de sua esposa ou marido nunca falando ne-
gativamente sobre ele em público. Os segredos dele (a) são
os seus segredos (a menos, é claro, que eles envolvam com-
portamento destrutivo que está colocando você, seus filhos
ou ele (a) mesmo (a) em grave perigo). Falando geralmente,
o amor esconde as falhas do outro, encobre a vergonha.
Isso não quer dizer que o amor é irresponsável, ou que
ele evita lidar com questões cruciais. Pelo contrário, o amor
entende que o processo de amadurecimento leva tempo, co-
nhecimento e experiência. E, algumas vezes, esta experiência
vem da fraqueza e do fracasso. Mas, o amor não anunciará
estas falhas ao mundo. Ao invés disso, ele provê um abrigo
contra a vergonha no que, para ser honesto, aprendem jun-
tos e crescem.

=EPE5 DESAFIO DA SEMANA


Remova qualquer coisa que esteja impedindo o seu
relacionamento, qualquer vício ou influência que esteja
roubando seus afetos e colocando seu coração distante
de seu cônjuge.
DIA 219
O amor auarda o coração
Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida.
Provérbios 4:23 NVI

Tome cuidado com os parasitas. Um parasita é tudo


aquilo que se junta a você ou ao seu cônjuge e suga a vida
do seu casamento. Eles, na maioria das vezes, tomam a for-
ma de vício, como drogas, apostas ou pornografia. Eles pro-
metem prazer, mas crescem como uma doença e consomem
mais e mais dos seus pensamentos, tempo e dinheiro. Eles
roubam sua fidelidade e seu coração daquele (a) que você
ama. Raramente o casamento sobrevive quando esses parasi-
tas estão presentes. Se você ama seu cônjuge, deve destruir
qualquer tipo de vício do seu coração. Se isso não acontecer,
eles lhe destruirão. A Bíblia fala claramente a respeito desse
papel protetor, geralmente utilizando a analogia de um
pastor de ovelhas. Deus advertiu, "Meu rebanho ficou sem
pastor... e se tornou comida de todos os animais selvagens".
Como? "Visto que meu rebanho ficou sem pastor ". Não
porque esses homens eram ruins em desempenhar suas fun-
ções, mas porque eles não prestaram atenção. Em lugar de
vigiar para se assegurar que suas ovelhas não estavam sendo
pegas por predadores, "os pastores se alimentaram e não
alimentaram Meu Rebanho" (Ezequiel 34:8).
Você precisa prestar atenção no seu casamento, o prote-
gendo de qualquer coisa que tenta tirar o tempo e atenção
que pertencem a Deus e a seu cônjuge.

SÍ~S> VÁ MAIS FUNDO C S Í P


Leia João 8:3 1-37- Jesus usa desta ideia de escravidão
para descrever o que o pecado faz em nossa vida. Como
Ele diz que nós vamos ser libertos do cativeiro do pe-
cado, de acordo com os versículos 31, 32 e 36? Você é
DIA 220
0 amor defende o coração
Se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o
ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa.
Mateus 24:43

Você é responsável pela segurança do relacionamento do


seu casamento.Esposas - você tem o papel de protetora em
seu casamento. Você precisa guardar o seu coração de ser le-
vada por novelas, revistas e outras formas de entretenimento
que mancham sua percepção da realidade e fazem você ter
expectativas falsas a respeito do seu marido. Ao contrário,
você deve fazer a sua parte em ajudar o seu marido a se sen-
tir forte, enquanto também evita pensamentos provenientes
de programas de TV que tiram a sua atenção da família.
"Toda mulher sábia edifica a sua casa; a insensata, porém,
derruba-a com as suas mãos" (Provérbios 14:1).
Homens — você é o cabeça da casa. Ê o responsável dian-
te de Deus por guardar os portões e manter-se firme contra
tudo o que ameaça a sua esposa e o seu casamento. Essa não
é uma tarefa simples. Requer um coração corajoso e uma ca-
beça que pense de forma preventiva. Jesus disse, "Se o dono
da casa soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão,
vigiaria e não deixaria minar a sua casa" (Mateus 24:43).
Esse é o seu papel. Leve-o a sério.

cises DESAFIO DA SEMANA


Remova qualquer coisa que esteja impedindo o seu
relacionamento, qualquer vício ou influência que está
roubando seus afetos e colocando seu coração distante
de seu cônjuge.
DIA 221
O amor combate os vícios
Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
João 8:32

Jesus disse as palavras citadas acima enquanto encorajava


Seus seguidores para que eles percebessem que "todo aquele
que vive pecando é escravo do pecado" (João 8:34)- Você
pode tropeçar muito com suas tentações mais assombrosas.
Você pode dar a elas permissão para derrotar e escravizar
você. Mas seja confiante quanto a isto — Cristo pode lhe
libertar de todas elas. Ele pode fazer crescer em você a
coragem e o autocontrole para você negar a sua carne para o
propósito de glorificá-lO.
Mas você deve abraçar "a verdade". Qualquer vício, tanto
faz se for por drogas ou revistas em quadrinho, é destrutivo
para seu tempo, seu dinheiro e seu coração. É qualquer coisa
que rodeia a sua vida, planejando como acomodar essas
demandas, que se tornaram agora os seus desejos. Os vícios
prometem preencher uma necessidade, mas tudo o que eles
fazem realmente é tirar. E se ganharem tempo e espaço
suficientes, eles podem crescer até o ponto de roubar o seu
casamento.
Se você tem algum tipo de vício, então, seja honesto e
peça ajuda. Abra-se com alguém que você possa confiar para
lhe manter responsável. Cristo pode ganhar esta batalha em
você e lhe ajudar a ganhar novamente o coração e alma do
seu casamento.

<S«2) ORAÇÃO Q2S&


"Deus Pai, não deixe nenhum vício capturar nosso co-
ração ou nossa vida. Faça o que for possível para nos li-
bertar e nos curar deste veneno. Dá-nos Tua visão destes
inimigos e nos ajuda a agir sabiamente em nossa cura."
DIA 222

O amor não ahosta


O que quer enriquecer depressa é homem de olho maligno,
porém não sabe que a pobreza há de vir sobre ele.
Provérbios 28:22

Apostas são baseadas em ambição, liderança fraca e ir-


responsabilidade. São também matematicamente projetadas
contra você. Elas podem render algum tipo de lucro tempo-
rário, mas você perderá no fim. Mesmo se você for um em
um milhão e conseguir ganhar algo, isso roubará de você
coisas que o dinheiro não pode comprar de volta. Vencer
uma aposta significa tirar de outras pessoas um dinheiro
que você não merece — dinheiro que ele (a) não quer que
você pegue.
O dinheiro não é para ser uma paixão ou um interesse
prioritário para um cristão, sabendo o quão frequentemente
ele cria asas e voa (Provérbios 23:5). Deus lhe chama para
trabalhar duro usando as habilidades que Ele deu a você
e contribuir para o bem estar da sua família e sociedade.
A riqueza que Ele confia a você não deve ser tratada su-
perficialmente e gasta, mas deve ser usada para atender as
suas responsabilidades e ajudar os outros. Gerenciar o seu
dinheiro bem é uma honra para Deus.
A Bíblia diz que nós estamos "recebendo um Reino ina-
balável" (Hebreus 12:28). Nós temos um antegozo disso
na Terra quando colocamos a nossa confiança nEle, e não
em arriscar perder a nossa família tentando enriquecer.

DESAFIO DA SEMANA
Remova qualquer coisa que esteja impedindo o seu
relacionamento, qualquer vício ou influência que esteja
roubando seus afetos e colocando seu coração distante
DIA 223
O amor é bom para seu corpo
O vinho é escarnecedor, a bebida forte alvoroçadora;
e todo aquele que neles errar nunca será sábio.
Provérbios 20:1

Seja drogas e álcool, comer demais ou passar fome,


qualquer número de vícios pode trabalhar contra sua saúde
por completo. Mas o amor reconhece essas coisas pelo que
elas são — ladrões querem pegar não só anos da sua vida,
mas também destruir a sua habilidade de investir bem em
seus relacionamentos. Quando seu coração é dado ao vício
excessivo, todos os dias você só pensa em você e nas suas
supostas necessidades, com pouca energia sobrando para
contribuir para Deus e seu casamento.
Parte de lidar com a verdade significa percebê-la. A fome
que leva você a abusar no álcool, comida ou medicação
prescrita é de fato uma fome por amor, alegria e paz. E,
embora estes provedores de prazer sejam bons em falsificar
um preenchimento temporário, eles, na verdade, mostram
sua força ao fracassar em satisfazer. Se você espera receber a
vitória nestas áreas de fraqueza, vai começar a entender que
o verdadeiro amor, a alegria e a paz são produtos exclusivos
de uma vida vivida em honestidade com Deus. Ele conhece a
sua necessidade real. Ele tem a sua saúde no coração e Ele é
capaz de libertar você.

<&mPERGUNTAS ®JVP
O que lhe impede de honrar ao Senhor e ao seu cônju-
ge? O que você está fazendo para lidar com este vício?
Qual é a sua principal prioridade?
DIA 224
O amor não aceita substitutos
Porque, filho meu, te deixarias atrair por outra mulher,
e te abraçarias ao peito de uma estranha?
Provérbios 5:20

A pornografia é uma questão principalmente masculina.


Ela cria expectativas irreais e descontentamento em seu ca-
samento, o levando para destruição. E aqueles que tropeçam
mais com isso odeiam o fato de sentirem-se tão fracos para
parar. A luxúria que dá combustível a este vício é como a
"flecha que voa de dia" e a "peste que se move sorrateira nas
trevas" (Salmos 91:5-6). Embora seja constrangedor para
eles dizerem isso, a tentação nunca parece estar longe.
Mas a pornografia é prova de que nós não vencemos
o pecado ao reprimir o desejo. Nós vencemos o pecado
deixando Deus mudar nossos desejos. Nós deixamos Ele
nos dê uma grande fome por Lhe dar honra e por abençoar
nosso cônjuge, nós recusamos deixar que uma passada rápi-
da de fantasia sexual nos guie para longe do lugar para onde
estamos escolhendo guiar nosso coração.
Peça a Ele para manter as mentiras da luxúria tão perfei-
tamente expostas na sua mente que você irá rotular a por-
nografia como cocaína sexual — altamente viciosa, perigosa e
mortal. Cada olhada é um tapa na cara da esposa que Deus
lhe deu. Direcione o seu coração na direção dela outra vez, e
para longe de qualquer coisa que ameace o seu amor por ela.

VÁ MAIS FUNDO
Leia Provérbios 5- Salomão nos aconselha a ver as con-
sequências da imoralidade. Siga o seu contraste de viver
pela luxúria ou seguir o plano de amor de Deus. Come-
ce pelos versículos 15-19-
DIA 225
O amor íuta para permanecer puro
Que apologia, que indignação, que temor, que saudades, que zelo,
que vingança! Em tudo mostrastes estar-puros neste negócio.
2 Coríntios J:lI

Decida que você e a pornografia se viram pela última


vez — não só revistas pornográficas ou imagens na internet,
mas qualquer programa de televisão e trailer de filme que
incendeia a sua imaginação para que você tenha sentimentos
sexuais por outra mulher que não seja a sua esposa. Está
acabado.
A Bíblia é bem clara quando ela diz: "Fujam da imorali-
dade sexual" (I Coríntios 6:18). Isso porque a resistência
indiferente só faz com que a tentação fique mais forte.
Porém, mais do que fechar seus olhos e fugir, continue a
caminhar em direção à Palavra de Deus e a boa conduta.
Mais do que só filtrar seu acesso à internet, memorize os
versículos que podem colocar em funcionamento a sua con-
fiança na habilidade de Deus em resgatar, assim como em Jó
31:1; 2 Timóteo 2:22; I Coríntios 10:13 e I João 2:15-17.
Transforme os tempos de tentação em orações imediatas de
proteção a Deus. Lembre-se do quanto é alegre experimen-
tar "teu amor leal" e "de noite a tua fidelidade" (Salmos
92:2). Isto é sério. Sem volta. Não agora. Não de vez em
quando.

<&m DESAFIO DA SEMANA <23Q?


Acabe com isso. Agora. Identifique todo objeto de lu-
xúria em sua vida e remova-o. Deve ser destruído — hoje
— e substituído com as promessas de Deus e com um
coração cheio com Seu perfeito amor.
DIA 226
O amor é desimpedido
Corríeis bem; quem vos impediu, para
que não obedeçais a verdade?
Gaiatas 5:7

O amor é forte. Ele pode se opor a qualquer desafio que


a vida arremessa contra ele. Mas nós tornamos seu trabalho
muito mais difícil quando permitimos que a nossa mente
seja saturada pelas filosofias e opiniões que correm contra o
ensinamento claro de Deus no amor e na fidelidade conju-
gal.
Você pode ter amigos de muitos anos, mas que não com-
partilham a sua confiança em Deus e que com frequência lhe
encorajam a ir para atividades e comprometimento de tempo
que carregam seu casamento. A Bíblia diz que você tem que
sair "do meio deles e separarem-se" (2 Coríntios 6:17), não
permitindo que sua influência continue a tensão entre você
e suas promessas. Limite seu contato com as pessoas que
trabalham contra a vontade de Deus na sua vida.
O mesmo serve para pagãos, conselhos que não são sau-
dáveis vistos em programas de televisão, ou até mesmo visão
de mundo encontrada em filmes populares ou de ficçcão.
Deixe a lei do Senhor ser o seu deleite. Medite nela "dia
e noite" (Salmos 1:2). Ê assim que uma pessoa aprende a
amar, sem impedimento.

<&& VÁ MAIS FUNDO


Leia Salmo 1:1-6. Você está seguindo o progresso es-
piral do versículo I? De acordo com este capítulo, qual
é o resultado final de seguir a Palavra de Deus versus o
conselho ímpio?
DIA 227
O amor quarda o seu tempo
Vede prudentemente como andais, não como néscios,
mas como sábios, remindo o tempo.
Efésios 5:15-16

Muitas das decisões que terão maior impacto em seu ca-


samento não serão entre certo e errado, mas sim entre bom
e melhor. Seu desejo inquestionável de assistir o jogo do
seu time na TV ou ter um jantar com seus amigos, sempre
terá de ser pesados para ver o que é o melhor para sua espo-
sa ou marido.
Isso pode significar colocar limites em si próprio no que
se refere ao seu tempo no microfone, suas horas no traba-
lho ou até mesmo a diminuição de colocar as crianças na
escola no tempo certo. Seu cônjuge precisa saber que ele
vem em primeiro lugar para você — acima de fazer compras,
jogar bola com os amigos e encontros na igreja que fazem
com que você pare de fazer tudo que está fazendo durante a
semana para que esteja nesses encontros.
Sempre haverá outras opções para encontrar prazer fora
de seu casamento, e sempre outra pessoa que fará você se
sentir apreciado (a) e importante por lhe dar tempo. Uma
vida boa inclui equilíbrio, é óbvio, mas você precisa manter
o pêndulo balançando na direção do seu casamento.

^?& DESAFIO DA SEMANA


Acabe com isso. Agora. Identifique todo objeto de lu-
xúria em sua vida e remova-o. Deve ser destruído — hoje
— e substituído com as promessas de Deus e com um
coração cheio do Seu perfeito amor.
DIA 228
O amor é à prova de romances
Abstende-vos de toda a aparência do mal.
I Tessalonicenses 5:22

A infidelidade obviamente ocupa o ranque perto do topo


das coisas mais estressantes que você pode colocar em seu
casamento. Infelizmente, você pode saber disso por expe-
riência própria. Mas este é o dia para você renovar a sua
promessa, solo novo. Seu amor será para seu cônjuge e só
para ele.
Todos nós sabemos que algumas pessoas saem em bus-
ca de compromissos sexuais. Palavras casuais se tornam
em pensamentos intrigantes que se tornam em conversas
privadas e então, em brincadeira com fogo. Mas só um tolo
— alguém que permitiu que seu coração se distanciasse da
sabedoria de Deus e está confuso com desejos egoístas —
pensa que pode "colocar fogo no peito sem queimar a rou-
pa" (Provérbios 6:27)- O prazer do momento se transforma
em uma âncora de arrependimento por toda uma vida.
Não pense que isso não pode acontecer com você. Se
Davi caiu (o homem segundo o coração de Deus), e Sa-
lomão (conhecido por sua grande sabedoria), e Sansão
(conhecido por sua grande força), qualquer um é capaz de
pecar neste aspecto. Mantenha a sua distância emocional
longe daqueles do sexo oposto. O amor sempre abandona
todos os outros.

^rso ORAÇÃO eisv?


"Senhor Jesus, faça tudo que for preciso para nos pre-
venir de sermos infiéis um com o outro, e faça queimar
em nosso coração a mesma devoção que nós tínhamos
no altar. Dá-nos a sabedoria para guardar nosso casa-
nipnfn a nualmier nreco."
DIA 229
Amor versus luxúria
O mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele
autjazjx vontade de Deus permanece para sempre.
I João 2:17

As bênçãos de Deus estão longe das nossas necessidades


fundamentais. No entanto, como Adão e Eva, nós ainda
queremos mais. Então, nós viramos os nossos olhos e o
nosso coração para paixões terrenas. Nós tentamos suprir
necessidades legítimas de formas ilegítimas. Para muitos,
isso significa buscar satisfação sexual em outra pessoa ou
em imagens pornográficas. E, uma vez que nossos olhos são
capturados pela curiosidade, nosso coração começa a ficar
confuso.
A luxúria é o oposto ao amor. Significa colocar nosso
coração e nossa paixão em algo proibido, e este é o primeiro
passo para se afastar da amizade com Deus e outros. Isso
acontece porque a luxúria representa uma mentira. Esta pes-
soa ou coisa que parece prometer alegria e satisfação é mais
como um poço sem fundo de desejos não realizados.
É hora de desvendar a luxúria e mostrar o que ela real-
mente é: uma sede por satisfação que só pode ser preenchi-
da por Deus. Quando nossos olhos e nosso coração estão
em Deus, nossas ações nos guiam para uma paz duradoura,
e não para ciclos de arrependimento e condenação.

<^s3 DESAFIO DA SEMANA ÍÍ:SÍP


Acabe com isso. Agora. Identifique todo objeto de lu-
xúria em sua vida e remova-o. Deve ser destruído — hoje
— e substituído com as promessas de Deus e com um
coração cheio do Seu perfeito amor.
DIA 230

O amor é satisfeito
Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que
tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei.
Hebreus 13:5

Adão e Eva foram supridos com tudo que eles precisavam


no Jardim do Éden. Eles também tinham uma amizade com
Deus e intimidade um com o outro. Mas após Eva ter sido
enganada pela serpente, ela viu o fruto proibido e colocou
seu coração nisso. Não muito depois, Adão se juntou com
Eva em seus desejos, e contra a ordem de Deus, ambos
comeram. Esta é a progressão. Dos olhos para o coração e
para a ação. E depois seguem vergonha e arrependimento. É
a mesma progressão que Davi experimentou em seu pecado
com Bate-Seba, mesmo Deus tendo feito dele rei sobre Is-
rael e ter suprido todas as suas necessidades. Deus até disse
a ele: "se tudo isso não fosse suficiente, eu lhe teria dado
mais ainda" (2 Samuel 12:8).
Nós, também, fomos supridos com tudo que precisamos
para uma vida completa, produtiva e enriquecedora. "Pois
nada trouxemos para este mundo e dele nada podemos
levar" (i Timóteo 6:7). Mas tendo o essencial "comida e
vestimenta", a Bíblia segue adiante e diz que nós devemos
estar "satisfeitos" (Versículo 8). E Jesus prometeu que estas
duas coisas sempre seriam providenciadas para os filhos de
Deus.
=s*£S VÁ MAIS FUNDO eiSv?
Leia I Timóteo 6:6-8. O que esta passagem diz a res-
peito de como devemos encontrar contentamento? O
que Filipenses 4:19 diz que Deus irá suprir para Seus
filhos? De onde isso vem?
DIA 231
O amor encne, a luxúria esvazia
Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço,
e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem
os homens na perdição e ruína.
I Timóteo 6:9

A luxúria é como uma luz de aviso no painel do nosso


coração, nos alertando para o fato de que nós não estamos
deixando o amor de Deus nos encher. Nós podemos ter a
luxúria nas áreas de posses, poder e ambições orgulhosas.
Nós vemos o que os outros têm e nós queremos o mesmo.
Nosso coração está enganado ao dizer: "Se eu tivesse isso
eu seria íeYiz." E então, nós tomamos a decisão de ir em
busca disso.
Mas a luxúria só traz mais luxúria. Ela vai fazer com que
você fique insatisfeito com seu marido ou esposa. Ela gera
raiva, corações adormecidos e casamentos destruídos. E ao
invés de satisfação, ela guia para o vazio.
Você está sendo enganado pela luxúria? Então, comece a
colocar seus olhos sobre a Palavra de Deus. Deixe que suas
promessas de paz e liberdade trabalhem em seu coração.
Receba diariamente o amor incondicional que Ele já provou
a você através da cruz. E Deixe que a satisfação dEle seja o
encaixe perfeito para os lugares vazios do seu coração.

*&m PERGUNTAS ea???


Há alguma coisa que tomou conta do seu coração
através da luxúria? Como isso está machucando o seu
relacionamento com seu cônjuge e com Deus? O que
você está planejando fazer sobre isso?
DIA 232

O amor ruma hara a satisfação


Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém
ama o mundo, o amor do Pai não está nele.
I João 2:15

Você está cansado de acreditar que prazeres proibidos são


capazes de lhe manter feliz e contente? Então, seja agra-
decido por tudo que Deus já lhe deu ao invés de escolher
descontentamento. Você se perceberá tão cheio pelo que Ele
já lhe proveu, que não se sentirá mais faminto pela comida
de baixo valor nutritivo da luxúria.
Também, enquanto você está assim, coloque os seus
olhos e coração sobre o seu cônjuge. "Seja bendito o teu
manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade...
Porque, filho meu, te deixarias atrair por outra mulher, e te
abraçarias ao peito de uma estranha? Eis que os caminhos
do homem estão perante os olhos do Senhor, e ele pesa to-
das as suas veredas" (Provérbios 5:18, 20-21). Você nunca
se sentirá tão feliz ou satisfeito como você pode ser em seu
próprio lar, com seu próprio cônjuge, amando da forma de
Deus e vivendo com um coração puro.
A luxúria pode parecer como o melhor que este mundo
tem para oferecer, mas o amor lhe oferece a melhor vida no
mundo.

<&& DESAFIO DA SEMANA


Como um caminho para guiar seu coração na direção
do seu cônjuge, dê a ele alguma coisa que diga: "Eu te
amo", mesmo quando não há nenhuma ocasião especial.
Faça ou compre um presente bonito e significativo de
acordo com seu orçamento.
DIA 233

Oamorauíaocoração
O que confia no seu próprio coração é insensato,
mas o que anda em sabedoria, será salvo.
Provérbios 28:26

Sentimentos podem ser rasos. Eles flutuam dependen-


do das circunstâncias. Em esforço para seguir seu coração,
as pessoas abandonam seus empregos para correr atrás de
formas de enriquecer rapidamente ou vão para Hollywood
acreditando que serão a próxima grande estrela ou abando-
nam seu cônjuge para ir em busca de um colega de trabalho
com atrativos sexuais. Esta filosofia egoísta é também a
fonte de incontáveis divórcios e guia muitos a se desculpa-
rem por seus votos de casamento porque eles não mais "se
sentem apaixonados".
A verdade é que, nosso coração é basicamente egoísta e
pecaminoso. Jesus disse que pensamentos maus, adultério e
mentiras saem do coração (Mateus 15:18-19). Então, até
que nosso coração seja genuinamente mudado por Deus, ele
continuará escolhendo coisas erradas. Ao invés de seguir o
seu coração, as Escrituras comunicam uma mensagem muito
mais forte: guie o seu coração. Isso significa tomar uma
profunda responsabilidade pela condição e direção do seu
coração. Ao invés de correr atrás de qualquer coisa que você
acredita que vai lhe fazer feliz no momento, as Escrituras
dizem: "Deleita-te também no Senhor, e te concederá os
desejos do teu coração" (Salmos 37:4).

<s*s9 VÁ MAIS FUNDO


O que Provérbios 28:26 diz a respeito de confiar em
seu coração? Em que o versículo 2 5 diz que nós deve-
mos confiar?
DIA 234
O amor moída o coração
Porque, como imaginou no seu coração, assim é ele.
Provérbios 23:7

O seu coração é a parte mais importante de quem você é.


E o centro do seu ser onde o "você de verdade" reside. É a
sua identidade. Todos os seus pensamentos, crenças, valores,
motivações e convicções reais começam em seu coração. Por
causa disso, toda área de sua vida é impactada pela direção
do seu coração.
O mundo diz: "Siga o seu coração!" Esta é a filosofia
dos gurus da nova era, seminários de autoajuda e músicas
pop românticas. Tudo isso soa romântico e nobre, e esse
mercado vende milhões de álbuns e livros. Mas há algo de
errado com esta filosofia. Isso pode ser muito tolo.
O problema é que seguir o seu coração geralmente signi-
fica correr atrás de tudo que parece certo no momento. As
pessoas usam isso como uma desculpa para o pecado. Eles
dizem: "Eu só estava seguindo o meu coração." Mas nós
não podemos permitir que o mundo molde o nosso coração.
Nós somos encarregados de guardá-lo e guiá-lo. E quando
nós o guiamos para seguir a Deus, ele se torna mais e mais
parecido como Ele.

DESAFIO DA SEMANA
Como um caminho para guiar seu coração em direção
ao seu cônjuge, dê a ele alguma coisa que diga: "Eu te
amo", mesmo quando não há nenhuma ocasião especial.
Faça ou compre um presente bonito e significativo de
acordo com seu orçamento.
DIA 235
O amor busca tesouros duradouros
Porque onde estiver o vosso tesouro,
ai estará também o vosso coração.
Mateus 6:21

O seu coração segue os seus investimentos. Tudo que


você coloca seu tempo, dinheiro e energia irá atrair o seu
coração. Isto era certamente verdade antes de você se casar.
Você escrevia cartas, comprava presentes e passava tempo
junto com seu cônjuge como um casal... e o seu coração
seguia isso. Mas se você parou de investir em seu relaciona-
mento e começou a se mostrar mais interessado em outras
coisas, o seu coração segue o mesmo caminho. Se você não
está apaixonado pelo seu cônjuge hoje, pode ser porque você
parou de investir nele ontem.
Pergunte a si mesmo o que tem no seu coração agora? O
que tem se tornado importante para você? Você pode dizer
só em olhar onde seu tempo, dinheiro, pensamento e energia
foram gastos recentemente? E quanto as coisas de Deus?
A medida que você se aproxima de Deus, o Espírito Santo
atua como o seu GPS espiritual. Quando você começa a se
desviar do curso, Sua voz suave e calma irá recalcular — se
você ouvir — a rota de volta em direção ao seu verdadeiro
tesouro.
S5g29 ORAÇÃO ezaR?
"Senhor, lembra-nos de investir em nosso casamento
estejam nossas emoções lá ou não. Ajuda-nos a amar um
ao outro sem levar em consideração nossos sentimentos,
mas pedimos ao Senhor que renove nosso amor um pelo
outro à medida que obedecemos a Ti."
DIA 236
O amor estabelece o curso
Procurem as coisas que são do alto, onde
Cristo está assentado à direita de Deus.
Colossenses 3:1 NVI

É hora de identificar onde as necessidades do seu cora-


ção estão e então escolher colocar seu coração nestas coisas.
Se você não fizer assim, a sua luxúria ou orgulho vai tomar
o lugar por negligência. Lembre-se, a luxúria é quando seu
coração está em alguma coisa que é errada ou proibida. Mas,
com a ajuda de Deus, você pode escolher tirar o seu coração
das coisas erradas e colocá-lo em algo que é bom e digno de
honra, como o seu relacionamento com Deus e como seu
casamento.
Não espere até que você sinta como se estivesse fazendo
a coisa certa, ou até que você se apaixone pelo seu cônjuge
para investir em seu relacionamento. Comece a investir em
seu casamento e, também, onde seu coração deve estar. Passe
tempo com seu cônjuge. Compre presentes para ele ou ela.
Escreva cartas. Lembre e comemore datas importantes para
o casal. Comunique-se intencionalmente! Quanto mais você
investir, mais o seu coração irá valorizar seu relacionamen-
to. E você poderá ficar surpreso com a maneira como o seu
amor será aceso novamente.

ssss DESAFIO DA SEMANA <3*VP


Como um caminho para guiar seu coração na direção
do seu cônjuge, dê a ele alguma coisa que diga: "Eu te
amo", mesmo quando não há nenhuma ocasião especial.
Faça ou compre um presente bonito e significativo de
acordo com seu orçamento.
DIA 237
O amor hroíeae o coração
O Senhor é a minha força e o meu escudo;
nele confiou o meu coração, efui socorrido.
Salmo 28:7

Quando alguma coisa que não é saudável tenta o seu co-


ração, é seu dever lutar contra isso. Esta é uma responsabili-
dade que Deus deu para cada um de nós. E é uma obrigação
que requer ação constante.
Quando um desejo não saudável por dinheiro ou posses
atrai o seu coração, você deve reconhecer isso e checar as
suas prioridades. Quando um relacionamento errado põe
em risco a saúde de seu casamento, você deve lutar contra
isso. Se o seu trabalho começa a exigir seu foco e seu tempo
e você começa a ficar negligente com a sua família, então, al-
guma coisa tem que ser deixada. E esta coisa não pode ser o
seu casamento, que você fez um voto de proteger. Woct deve
tomar a responsabilidade de colocar o seu coração nas coisas
de Deus e direcionar o seu coração para o Senhor. Invista o
seu tempo, dinheiro e energia em coisas que agradam ao Se-
nhor (seu cônjuge, seus filhos e a Palavra de Deus). Então,
deixe Deus prover a você o preenchimento que vem somente
quando colocamos nosso coração nEle. Provérbios 4:23 diz:
"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração,
porque dele procedem as fontes da vida."

<s*i3 PERGUNTAS QESO?


Qual é a principal prioridade em sua vida? Esta prio-
ridade honra a Deus? Se sim, o que você está fazendo
para guardá-la e mantê-la na frente?
DIA 238
O amor escoffie o perdão
Porque, o que eu também perdoei, se é que tenho
perdoado, por amor de vós ofizjia presença de Cristo.
2 Coríntios 2:10

Conselheiros que lidam com casais em crise com fre-


quência dirão a você que falta de perdão, de todos, é o
problema mais complexo, uma ruptura que frequentemente
a mais difícil de reparar. Perdão não deve ser só considerado
mas deve ser deliberadamente posto em prática. Isso tem
que acontecer, ou não haverá um casamento bem-sucedido.
Se alguém machucar você, isso foi muito errado, ele (a)
admitindo isso ou não. Ele (a) de repente nem se sente
arrependido (a) disso, podendo perfeitamente ter justificati-
vas para suas ações. Ele (a) pode continuar a causar dor em
você ao repetir ofensas e abrir novas feridas. Mas o perdão
não absolve ninguém da culpa. Isso não limpa o histórico
dele (a) com Deus. Quando você perdoa outra pessoa, você
não está meramente o (a) tornando livre. Você só o (a) está
colocando nas mãos de Deus, que certamente que vai lidar
com ele (a) à Sua maneira.

<&m VÁ MAIS FUNDO ©Si?


Falta de perdão é uma tentativa inútil de punir alguém
e retribuir ao mesmo com este ato. E o pagar mal com
mal. Ao invés disso, nós devemos deixar passar e deixar
com que Deus tome conta de qualquer vingança. Leia
Romanos 12:17-21 e observe a melhor alternativa de
Deus para a amargura.
DIA 239
O amor anuía dívidas
Assim também lhes fará meu Pai celestial, se cada um
de vocês não perdoar de coração a seu irmão.
Mateus 18:35 NVI

Jesus fez uma pintura bem nítida da necessidade de


perdoar em Sua parábola do servo ingrato. Um homem
que devia uma enorme quantia de dinheiro foi surpreendi-
do quando seu mestre ouviu seu apelo por misericórdia e
anulou a sua dívida por completo. Mas, após ser liberto da
dívida, ele foi até outro homem que devia a ele uma quantia
muito menor e ordenou o pagamento imediato. Quando o
mestre ouviu sobre o que acontecera, ele ficou enfurecido
com a hipocrisia daquele homem e o jogou na prisão.
Tortura. Prisão. Quando se pensa em falta de perdão,
estas são as imagens que devem vir à mente. Isso é o que
aqueles que retêm o perdão devem esperar experimentar.
Deus nos perdoou por muito, então como nós podemos
nos recusar a perdoar os outros que erraram conosco? Isso é
especialmente verdadeiro para seu cônjuge. Grandes casa-
mentos não são criados por pessoas que nunca machucaram
uma a outra, somente por pessoas que diariamente escolhem
"não guardar rancor" (i Coríntios 13:5).

Seja lá o que você não perdoou em seu cônjuge, perdoe


hoje. Simplesmente perdoe. Assim como nós pedimos
a Deus para perdoar as nossas dívidas" todos os dias,
nós devemos pedir a Ele para nos ajudar a "perdoar aos
nossos devedores" todos os dias também. Diga de cora-
ção: "Eu escolho perdoar."
DIA 240
O amor fiherta os outros
Perdoa as nossas dívidas, assim como
perdoamos aos nossos devedores.
Mateus 6:12 NVI

Imagine se encontrar em um ambiente escuro e parecido


com uma prisão. E, à medida que você olha ao seu redor,
você vê um número de celas com pessoas que lhe feriram.
Esta prisão, que você descobre, é um quarto em seu próprio
coração. Mas não muito distante, Jesus está de pé, esten-
dendo uma chave para você que irá libertar todos os presidi-
ários.
Mas estas pessoas lhe feriram muito, então você resiste
e se vira. No entanto, à medida que você tenta sair, você
descobre que não há saída. Você está preso lá dentro com os
outros prisioneiros. A sua raiva e amargura fez de você um
prisioneiro também. Agora a sua liberdade depende do seu
perdão.
Ê por isso que pessoas que perdoaram genuinamente
dizem: "E como se um peso fosse tirado de meus ombros."
Sim, Ê exatamente isso. É como um sopro de ar fresco
entrando em seu coração. Pela primeira vez em um longo
tempo, você se sente em paz e em liberdade.
Seja seu cônjuge ou outra pessoa, há alguém que você
precise perdoar?

<CÍT3) VÁ MAIS FUNDO ÍSS-Í?


Perdoar alguém pode ser muito difícil. Leia a pergunta
de Pedro e a resposta de Jesus em Mateus 18:12-3 5- O
que aconteceu com a pessoa que se recusou a perdoar?
Como as suas consequências descrevem o que a amargu-
ra faz conosco? Como ele pôde ser liberto após estar na
prisão, só por perdoar? A liberdade dele dependeu disso.
DIA 241

O amor confia nojuíaamenío de fleus


Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar
à ira, porque está escrito: Minha é a vingança;
eu recompensarei, di^o Senhor.
Romanos 12:19

Quando você perdoa alguém de uma ofensa, não tem


mais a ver com ganhar e perder. Tem a ver com liberdade.
Tem a ver com deixar passar. Você está se privando do traba-
lho de elaborar argumentos ou tentando prevalecer em uma
situação tensa.
Mas como você faz isso? Você simplesmente entrega a
sua raiva a responsabilidade de julgar esta pessoa para o Se-
nhor. Você reconhece que Deus é o juiz, não você, e que Ele
irá lidar com a ofensa no tempo dEle e do jeito dEle.
Como você sabe que perdoou o ofensor? Você sabe disso
quando o pensamento do nome desta pessoa ou a visão do
rosto dela — ao invés de fazer com que seu sangue ferva
— faz você sentir muito por ela, sentir piedade dela, genui-
namente esperar que ele mude de atitude. Você sabe disso
quando vê a necessidade dele (a) por misericórdia e graça
diante de um Deus santo. O amor recomeça onde a amargu-
ra termina.

cP»2) DESAFIO DA SEMANA esyip


Seja lá o que você não perdoou em seu cônjuge, perdoe
hoje. Simplesmente perdoe. Assim como nós pedimos
a Deus para "perdoar as nossas dívidas" todos os dias,
nós devemos pedir a Ele para nos ajudar a "perdoar aos
nossos devedores ' todos os dias também. Diga de cora-
ção: "Eu escolho perdoar."
DIA 242
O amor não desperdiça um dia sequer
Desde o nascimento do sol até ao ocaso, seja
louvado o nome do Senhor.
Salmo 113:3

Cada dia é como um pacote. Você o abre pela manhã, no


momento em que você acorda. Então, de noite, fecha todas
as suas experiências — boas ou ruins — e as coloca dentro
do pacote, e se prepara para abrir um novo com o nascer do
sol. Ê assim que a Bíblia nos ensina a olhar para a vida. Nós
pedimos só pelo "nosso pão de cada dia" (Mateus 6:1I),
não nos preocupando com o amanhã "pois o amanhã trará as
suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio
mal" (Mateus 6:34).
Uma das implicações desta abordagem é manter seus
pecados confessados numa base diária, enquanto isso não
deixando que nenhuma ofensa feita contra você fique sem
perdão até o fim do dia. As pessoas que vivem de outra
forma podem despertar anos depois para perceber que seus
corações estão confusos com uma pilha de ressentimento. A
liberdade e amizade que ele (a) quer em seu casamento são
obscurecidas por grandes pilhas de erros, coletados e catalo-
gados por dia e hora.
Se você quer manter a amargura e rancor longe do seu
relacionamento, tenha um momento esta noite — e todas as
noites — para ajustar suas contas um com o outro antes de ir
para cama.

-&& ORAÇÃO @
"Senhor, ajuda-nos a perdoar um ao outro rapidamente,
para não darmos ao inimigo apoio para os pés em nosso
casamento. Lembra-nos do Teu amor por nós, que nós
oossamos deseiar amar mais um ao outro."
DIA 243
O amor não deixa nada por resofver
Passarei mansamente por todos os meus anos,
por causa da amargura da minha alma.
Isaías 38:15

Casas são construídas tijolo por tijolo, um sobre o outro


até que a estrutura inteira esteja completa. E dessa mesma
forma que as paredes são construídas entre o marido e a
esposa — uma ofensa não resolvida em um momento, uma
após a outra, até que nenhuma das duas pessoas tem uma
saída clara para essa situação. A amargura cresce entre vocês,
enquanto, ao mesmo tempo, derruba vocês dois.
Isso porque você não pode permitir que fique nenhuma
raiva enterrada em seu coração contra o seu cônjuge. Toda
vez que vocês ferirem um ao outro, vocês devem lidar com
isso. Assim que você perceber que você disse ou fez alguma
coisa que ofendeu, vá até ele e se desculpe, mesmo se ele
não estiver preparado para aceitar suas desculpas. Tenha cer-
teza de que ele saiba que você está muito sentido por isso.
E sempre que seu cônjuge vier até você arrependido, perdoe
sem pestanejar.
Os melhores casamentos são aqueles que forçam um ao
outro a conversar sobre a relação e trabalhar para resolver o
problema — dor por dor — até que todos os tijolos tenham
ido embora.

=^2 DESAFIO DA SEMANA e-*v?


Seja lá o que você não perdoou em seu cônjuge, perdoe
hoje. Simplesmente perdoe. Assim como nós pedimos
a Deus para "perdoar as nossas dívidas" todos os dias,
nós devemos pedir a Ele para nos ajudar a "perdoar aos
nossos devedores" todos os dias também. Diga de cora-
ção: "Eu escolho perdoar."
DIA 244
O amor arrama a amarqura fíefa raiz
Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e
de que nenhuma rai^de amargura, brotando, vos perturbe,
e por ela muitos se contaminem.
Hebreus 12:15

A amargura se planta no seu coração como uma erva ve-


nenosa, tomando o espaço que em diferentes circunstâncias
podia ser usado para o lar, para a beleza e para a cor. Dor
esta que era fácil de tirar e agora chegou à sua raiz e a ou-
tras áreas de sua vida, fazendo brotar raiva, suscetibilidade e
perda de interesse por coisas espirituais. Isso polui e apo-
drece. Esta raiz de infidelidade faz com que seu casamento
apodreça de dentro para fora.
Mas como todo pecado, o problema maior não é o que
a amargura faz a você, sendo tão escura e destrutiva quanto
pode ser. A questão principal é que a amargura é uma ofensa
contra o Deus Todo-Poderoso. Ela reflete um coração de
ingratidão contra Sua graça e bênção. Revela-nos como
alguém que desistiu de confiar nEle para saber o que preci-
samos, mesmo se o que precisamos é um tempo de dificul-
dade que faz com que nos aproximemos dEle. A amargura
rouba de nós vontade de caminhar com Ele.

<&m PERGUNTAS
Há alguma amargura em seu coração? Se sim, o que está
lhe impedindo de entregá-la a Deus? É você o justo juiz
ou é Ele? Por quanto tempo você vai continuar com esta
amargura?
DIA 245
O amor pensa claramente
Não deis lugar ao diabo.
Efésios 4:27

A maioria dos divórcios não acontece se um se torna


amargo. Quando nosso coração está duro e amargurado, isso
eventualmente será demonstrado em nossas ações. Ainda
pior, nós teremos encontrado uma das maneiras mais óbvias
de Satanás rastejar para dentro da nossa vida. Não passará
muito tempo até que nós comecemos a dizer e fazer coisas
que são muito diferentes de nós... e muito parecidas com ele.
O diabo opera através da confusão. Ele deforma os signi-
ficados. Ele atribui significado às coisas, preenchendo as la-
cunas com hipóteses negativas. Ele pinta cenários lindos da
vida que nós estamos sentindo falta, enquanto suja o retrato
da vida que temos. Ele trabalha para nos convencer que
nosso amor deve receber um retorno maior em investimento
mais do que está ganhando no nosso casamento atual.
O amor sabe melhor. Ele sabe que quando nós limpamos
a amargura da nossa mente, nós atiramos o diabo para fora
no processo. O amor sabe que um coração bom em manter a
casa arrumada é muito mais fácil de manter limpo.

VÁ MAIS FUNDO
Leia Efésios 4:26-32. Quando nós desobedecemos o
mandamento de Deus no versículo 26, nós experimen-
tamos as consequências dos versículos 27 e 29-30. Ao
invés disso, nós devemos realizar os apelos do versículo
3 I ao seguir os passos listados no versículo 32? Você os
seguiu?
DIA 246
O amor olha o loom ae nós
O coração alegre é como o bom remédio,
mas o espírito abatido seca até os ossos.
Provérbios 17^22

O perdão aparece no seu rosto. A liberdade do ódio e ma-


lícia faz bem para todo o corpo. Quando você faz a corajosa
escolha de manter seu coração vazio de qualquer coisa que
o obstruiu com raiva, vingança e direito, você mantém o seu
caminho feliz, pois o amor lhe abençoa fisicamente.
A amargura, por outro lado, tem uma forma de marcar
linhas de expressão em seu rosto antes que a idade as faça
aparecer. Ela escurece o seu olhar e endurece sua expressão
geral. Sorrisos vêm devagar, enquanto a raiva lhe deixa com
uma aparência tensa. Pesquisas comprovam que um coração
ingrato e amargurado pode tornar você mais suscetível a
doenças, capaz de ficar menos resistente.
Se a vontade de Deus é nos santificar completamente
— "espírito, alma e corpo" (I Tessalonicenses 5:23) — fica
claro que Satanás quer usar nossa natureza interconectada
contra nós ao tornar o nosso coração amargurado em algu-
ma coisa que é completamente ruim para nós. Deixe que o
amor trilhe seu caminho e todo o seu corpo lhe agradecerá
por isso.

DESAFIO DA SEMANA
Converse com seu cônjuge esta semana sobre qualquer
questão que você tem com ele ou com alguma outra
pessoa. Se seu cônjuge quiser, ore junto com ele e peça
perdão a Deus. Faça o propósito de entregar cada ques-
tão a Deus, então, peça a Ele para abençoar você e seu
casamento de uma forma nova.
DIA 247
O amor receite perdão
Quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma
coisa contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus,
vos perdoe as vossas ofensas.
Marcos 11:25

A amargura é veneno espiritual. Ela devora a essência da


sua vida com Cristo — o perdão dos pecados através do Seu
sacrifício perfeito. Ao reter o perdão do seu cônjuge, seus
pais ou qualquer pessoa que tenha maltratado você, o fluir
do perdão de Deus é bloqueado para a sua vida. "Porque, se
perdoardes aos homens as suas ofensas", Jesus disse, "vosso
Pai celestial vos perdoará a vós; se, porém, não perdoardes
aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não per-
doará as vossas ofensas" (Mateus 6:14-15) •
Algumas coisas estão na teoria dos grupos, a Bíblia ates-
ta. "Se alguém diz: 'Eu amo a Deus', e odeia a seu irmão,
é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu,
como pode amar a Deus, a quem não viu?" (I João 4:20).
E impossível caminhar em amizade com Deus e ao mesmo
tempo em rancor e falta de perdão, porque isso ataca a sua
vida espiritual. Se você sente como se Deus estivesse longe,
a amargura pode ser a fonte do seu deserto espiritual. Abra
o seu coração para o perdão, e você abrirá a porta para a
intimidade com Deus outra vez.

VÁ MAIS FUNDO
Leia Marcos 11:24-26. Boa oração e amizade estão
ambos conectados com o perdão. Tem alguma coisa que
alguém fez a você que você não perdoou totalmente?
Seus pais? Seu cônjuge?
DIA 248
O amor oferece esfaíiíidade
Porquanto o Senhor ali te dará coração agitado,
e desfalecimento de olhos, e desmaio da alma.
Deuteronômio 28:65

Todo mundo se machuca na vida. A fenda que fez o seu


coração sangrar pela primeira vez pode ter acontecido em
um momento. Talvez ela foi abrindo por um período de dias
ou semanas. Isso foi provavelmente em um curto espaço de
tempo. Mas nas semanas, meses e anos você deve ter per-
dido horas incontáveis de sono para a sua dor e raiva. Você
teve inúmeras conversas consigo mesmo, atrás do volante
ou cortador de grama, elaborando uma defesa dura da sua
posição, praticando falas que você espera usar um dia. Você
decidiu que só pode haver um vencedor — e o perdedor não
vai ser você!
Muita energia é gasta quando nos chateamos com as
pessoas. Isso acaba com as suas emoções e reservas. A vida
continua com todas as suas rotinas e responsabilidades, no
entanto, ficar cozinhando isso em fogo brando vai acabar
progressivamente com seus recursos emocionais.
Mas a lição de casa e estudos extra-necessários para
"vencer" raiva asseguram que todo mundo perde. A derrota
que suas emoções herdam da amargura é sempre pior que a
ofensa original.

DESAFIO DA SEMANA
Converse com seu cônjuge esta semana sobre qualquer
questão que você tem com ele ou com alguma outra
pessoa. Se seu cônjuge quiser, ore junto com ele e peça
perdão a Deus. Faça o propósito de entregar cada ques-
tão a Deus, questão para Ele, então, peça a Deus para
abençoar você e seu casamento de uma forma nova.
DIA 249
O amor perdoa íudo
Assim também lhes fará meu Pai celestial, se cada
um de vocês não perdoar de coração a seu irmão.
Mateus 18:35 NVI

Há níveis de perdão. Algumas pessoas reivindicam que


elas foram perdoadas, mas foi só um exercício superficial.
Elas disseram palavras. Elas passaram pelas emoções. Mas
a raiva delas ainda é facilmente acionada quando pensam
sobre o assunto. Elas podem dizer: "Eu perdoei, mas eu me
recuso a esquecer!" Esta é uma indicação que o perdão delas
foi superficial.
Quando você perdoa realmente alguém do fundo do seu
coração, você não vai necessariamente "esquecer" o que
aconteceu. Você provavelmente continuará a sentir muito
pelo incidente, mas a raiva passará. O ódio passou. Se você
genuinamente arrancou a "raiz da amargura" (Hebreus
12:15), será capaz de dizer que você seguiu em frente e se
sente livre emocionalmente. Você não está mais segurando
isso contra a cabeça deles. Isso é o que o perdão ao nível do
coração parece.
Você pode se perguntar se isso é possível. Mas, com
Deus, todas as coisas são possíveis — até olhar no rosto
de alguém que lhe feriu como ninguém mais seria capaz, e
perdoar "de coração".

<^£9 ORAÇÃO «Syír


"Senhor Jesus, ajuda-nos a perdoar totalmente, como
Tu nos perdoaste totalmente. Não deixe que a amargura
tenha espaço algum em nosso coração, mas, melhor que
um passado limpo para cada um. Dá-nos o desejo de
amar não importando o preço."
DIA 250
O'amor busca a paz
Bem-aventurados os pacificadores, porque
eles serão chamados filhos de Deus
Mateus 5:9

Cônjuges amorosos fazem do seu lar uma fortaleza de


paz. Eles se comprometem com isso. Eles não se confor-
mam com nada inferior. Isto se torna uma marca deles que
seus filhos lembrarão para sempre. Eles põem a paz como
prioridade. Eles sempre provam seu ponto de vista ao falar.
Eles amam estar em paz mais do que amam estarem certos.
Três vezes nas aparições de Jesus para Seus discípulos
seguidos à Ressurreição, Seus cumprimentos, falados como
uma palavra de bênção, foram simples: "Que a Paz esteja
convosco" (João 20:19, 21, 26). Os cumprimentos de Pau-
lo para muitas igrejas em suas cartas do Novo Testamento
foram "A vós graça, e paz da parte de Deus nosso Pai e do
Senhor Jesus Cristo" (Efésios 1:2). A Bíblia declara nosso
Senhor como sendo "o Deus de paz" (Romanos 15:30),
que "derrubou a parede da hostilidade" que separa o povo
para se unir em Seu nome (Efésios 2:14).
Se seu lar já viu discórdia suficiente, prometa hoje que
você deixará a paz de Deus se tornar uma realidade viva em
seu casamento. Escolha ter um estilo de vida pacificador.

T?gis DESAFIO DA SEMANA


Converse com seu cônjuge sobre qualquer problema de
amargura que você tem com ele ou com qualquer outra
pessoa. Se seu cônjuge desejar, ore junto com ele e peça
perdão a Deus. Proponha-se a expor cada problema ao
Senhor, e então peça a Ele para abençoar você e seu
casamento de uma forma fresca.
DIA 251
O amor é mfáomávef
i

Portanto, és inescusável quando julgas, ó homem, quem quer


que sejas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas
a outro; pois tu, que julgas, faces o mesmo.
Romanos 2:1

O tema de hoje é responsabilidade pessoal. Isto é algo


que todos nós concordamos que os outros devem ter, ainda
que lutemos para mantê-la em nós mesmos. Somos muito
rápidos em justificar nossos motivos, muito rápidos para
detectar a crítica, muito rápidos para encontrar falhas — es-
pecialmente em nosso cônjuge.
Mas o amor não passa a culpa tão facilmente ou justifica
os motivos egoístas. O amor não é nem próximo daquilo
que diz respeito à nossa performance para com a necessida-
de dos outros. Quando o amor toma a responsabilidade por
suas ações, ele não prova o quão nobre nós temos sido, mas
sim, admite o quão longe nós temos que ir.
Você está se responsabilizando por essa pessoa que você
escolheu para si como o amor da sua vida? Quão deliberado
você é a respeito da certeza de que as necessidades de seu
cônjuge estão sendo atendidas? Ou você só está preocu-
pado em que seu companheiro (a) atenda as suas? O amor
nos chama para tomar a responsabilidade por nossos (as)
parceiros (as) no casamento, para amá-los (as). Para honrá-
-los(as), para cuidar deles (as). Isto é responsabilidade.

^£3 VÁ MAIS FUNDO e a ^


Leia Gaiatas 5:13-15. A liberdade não é uma permissão
para fazer tudo aquilo que queremos, mas sim, a opor-
tunidade de fazer o que devemos. Foque-se no verso
13. Você usa a sua sabedoria em casa para simplesmente
agradar a você mesmo, ou para servir aos outros em sua
família?
DIA 252

O amor não inventa desculpas


Mais profundamente entra a repreensão no
prudente do que cem açoites no tolo.
Provérbios 17:10

Nós temos a tendência de acreditar que nossas visões


estão corretas, ou pelo menos mais corretas que as do nosso
cônjuge. E nós não acreditamos que ninguém, dadas as nos-
sas próprias circunstâncias, agiria de forma muito diferente
do modo que agimos com eles. Até onde sabemos, estamos
fazendo o nosso melhor, e nosso cônjuge deve somente ser
grato por sermos bons como somos para ele.
Entretanto, o amor não inventa desculpas. O amor
continua trabalhando para fazer a diferença — em nós e em
nosso casamento. Por isso, da próxima vez que você estiver
em uma discussão com seu cônjuge, ao invés de maquinar
respostas, pare e veja se há algo digno de ser ouvido naquilo
que ele está falando. O que deve acontecer em seu relaciona-
mento se ao invés de trocar acusações, você primeiro admitir
seus próprios erros? É desta forma que o amor se mostra
responsável. Ele é desejoso em, primeiramente, admitir e
corrigir suas faltas e erros. Ele permanece focado em recon-
ciliar mais do que retaliar.

-5*2) PERGUNTAS e?Sv?>


Você tem a tendência de inventar desculpas mais do que
tomar a responsabilidade por suas ações? Você acha que
outros não percebem este fato sobre você? O que você
quer que eles vejam em você nesta área?
DIA 253

O amor confessa faíhas


Se confessarmos os nossos pecados, ele éfíel e justo para
nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.
I João 1:9

O amor faz você querer ter um relacionamento correto


tanto com Deus quanto com seu (a) companheiro (a). Uma
vez que estes relacionamentos estão certos, as outras áreas
de sua vida devem entrar nos eixos. O orgulho é muito re-
sistente à responsabilidade, mas a humildade e a honestida-
de ante a Deus e a seu cônjuge é crucial se você quer manter
um coração saudável.
Isto não significa que você está sempre errado (a) e seu
cônjuge, sempre certo. Isto não é uma ordem para que você
se torne um capacho. Mas se há algo que não está certo en-
tre você e Deus ou entre você e seu cônjuge, algo que esteja
separando você ou deformando sua interação, este problema
deve ser sua prioridade.
Você está tomando a responsabilidade pelos seus pró-
prios erros? Responsabilidades? Você disse ou fez coisas
erradas para seu cônjuge? Ou para Deus?
Faça com que sua prioridade seja confessar suas áreas de
pecado. Depois você estará em uma posição melhor para
trabalhar com seu cônjuge.

S55829 DESAFIO DA SEMANA (Sso?


Separe um tempo para orar pelas áreas da sua vida onde
há pecado. Peça o perdão de Deus, e então humilhe-
se o suficiente para confessá-los ao seu cônjuge. Peça
também o perdão dele (a). Não importa o que ele (a) irá
responder, esteja certo de que você está cobrindo sua
responsabilidade com amor.
DIA 254
O amor busca oherdao
Contra ti, contra ti somente pequei, efi^o que ê mal à tua vista,
para que sejas justificado quando/alares, e puro quando julgares
Salmos 51:4

Para poder aproveitar as bênçãos do favor de Deus, você


deve estar limpo diante dEle. Isto não quer dizer que você
nunca tropeçará, mas que você deve confessar isto a Ele e
pedir perdão quando fizer isto. Admita — você quer e precisa
do perdão de Deus.
Você também precisa do perdão do seu cônjuge.
O seu cônjuge disse que você tem errado com ele ou o
ferido de alguma maneira e nunca agiu da forma correta?
Parte de tomar a responsabilidade é admitir quando você
falhou, e pedir perdão. É tempo de se humilhar, corrigir
suas ofensas e reparar o dano. É um ato de amor. Deus não
deseja que problemas não resolvidos existam entre vocês.
Quando você busca o perdão, seu cônjuge deve perdoar
você, mas a sua responsabilidade não está na decisão dele.
Se ele tem errado com você ou se irá lhe perdoar, deixe que
ele lide com isto outra hora.

tzgs VÁ MAIS FUNDO csso?


Leia Mateus 5:23-25. Há algo de errado que você fez
contra o seu cônjuge ou outro membro da família e
nunca consertou? Você considerou como isto afetou o
seu relacionamento com Deus? Que passos você vai dar
esta semana para tomar a responsabilidade e buscar o
perdão?
DIA 255
O amor mantém sua haíavra
Quando a Deus fiares um voto, não tardes em
cumpri-lo; porque não se agrada de tolos.
Eclesiastes 5:4

Muitos problemas que aparecem no casamento vêm das


promessas que fazemos e falhamos em cumprir. Muitas
vezes é a falha de falar sem pensar e depois esquecer o que
prometeu. Outras vezes, nós somos forçados a escolher
a quem vamos agradar — nosso (a) parceiro (a) ou alguém
mais. Nós podemos nos encontrar priorizando o pedido de
um amigo ou colega de trabalho sobre uma promessa que
fizemos para nossa esposa ou marido.
Apesar de se levantarem situações que lhe impeçam de
manter um compromisso, nosso cônjuge deve saber que
pode contar conosco se o que precisam estiver ao nos-
so alcance. A lealdade que sentimos a respeito de manter
nossa palavra para com eles deve ser a mesma (ou maior)
da que a que temos com nosso patrão, nosso pastor ou um
cliente rico. Jesus nos ensinou a deixar que o nosso "sim"
seja "sim" e nosso "não" seja "não" (Mateus 5:37). Ele
nos alertou sobre o perigo de palavras "descuidadas" (Ma-
teus 12:36). Se você espera ganhar a confiança do seu (a)
companheiro (a), comece com a simples prioridade de fazer
aquilo que você disse que faria.

<&m DESAFIO DA SEMANA


Separe um tempo para orar pelas áreas da sua vida onde
há pecado.Peça o perdão de Deus, e então humilhe-se o
suficiente para confessá-los a seu cônjuge. Peça também
o perdão dele (a). Não importa o que ele (a) irá respon-
der, esteja certo de que você está cobrindo sua responsa-
bilidade com amor.
DIA 256
O amor faz o seu trahalno
Procura conhecer o estado das tuas ovelhas;
põe o teu coração sobre os teus rebanhos
Provérbios 27:23

Cônjuges irresponsáveis colocam uma pressão exagera-


da em seu casamento. A falta de iniciativa deles em com-
partilhar o peso esvazia os outros, leva ao ressentimento
e faz o nível de respeito em casa cair. Por esperar sempre
que o outro faça este trabalho, eles se tornam pobres guias
do tesouro que Deus tem dado a eles através de um (a)
companheiro (a).
O casamento foi criado para ser um ambiente de doação
e sacrifício. Nós devemos sempre estar desejosos de colocar
nossos planos de lado para ajudar o outro. Mas quase da
mesma forma que ele nos lembra de "carregar os fardos uns
dos outros", o apóstolo Paulo deixa claro que "cada pessoa
carregará seu próprio fardo" (Gaiatas 6:2,5). Os "fardos"
que nós compartilhamos representam pesos que nenhuma
pessoa pode carregar sem ajuda. Mas "carregar seu próprio
fardo" significa que você tem responsabilidades que terá que
encarar sozinho (a), sem jogar para cima de ninguém.
Somente nós somos responsáveis por aquilo que Deus
nos deu para carregar. Quando cada um de nós é fiel em
fazer a nossa parte, nós somos os mais preparados para ser a
verdadeira ajuda que nosso cônjuge precisa. Você está carre-
gando o seu fardo?

qg«9 ORAÇÃO mmp


"Senhor, perdoa-nos quando colocamos fardos desne-
cessários uns nos outros. Ajuda-nos a carregar nossas
responsabilidades, e a servir uns aos outros sempre que
possível. Em nome de Jesus. Amém."
DIA 257
O amor trabalha pesado
O que trabalha com mão displicente empobrece,
mas a mão dos diligentes enriquece.
Provérbios 10:4

Se seu cônjuge não estava esperando nada de você, quan-


to esforço você investiria em seu casamento? Se ninguém
estivesse perto para ajudar ou estivesse assistindo o que
você faz, como você escolheria preencher o seu tempo?
O amor devia nos inspirar a trabalhar pesado — amor
por Deus, assim como amor pelo seu cônjuge. Mais do que
a necessidade de ter lembretes constantes, mais do que a
necessidade de coerção para sair do sofá, nós devemos ver o
que precisa ser feito, e fazê-lo.
As Escrituras contêm avisos severos para pessoas que
requerem supervisão para realizar seu trabalho melhor,
humilhando-nos a ponto de aprender com a formiga - "ob-
serve-as e seja sábio" (Provérbios 6:6). As formigas tomam
a iniciativa, continuam trabalhando e terminam tudo o que
começaram — tudo sem precisar serem supervisionadas.
Aqueles que têm o hábito de dar desculpas, que nunca cum-
prem uma tarefa desagradável que não puderam adiar, serão
"cheios de cobiça o dia todo" (Provérbios 21:26). O amor
deve lhe manter motivado, pois seu cônjuge precisa de sua
ajuda, e seus filhos, do seu exemplo.

^s& DESAFIO DA SEMANA ?3v?


Separe um tempo para orar pelas áreas da sua vida onde
há pecado. Peça o perdão de Deus, e então humilhe-se o
suficiente para confessá-los a seu cônjuge. Peça também
o perdão dele (a). Não importa o que ele (a) irá respon-
der, esteja certo de que você está cobrindo sua responsa-
bilidade com amor.
DIA 258
O amor tem desejo de confortar
Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos
em tudo naquele que í a cabeça, Cristo.
Efésios4:I5

No casamento, você faz a escolha de ser responsável


não só por si mesmo. Você não somente tem a bênção de
compartilhar a companhia de seu cônjuge, mas também de
trazer as questões, preocupações e bagagens dele para o seu
mundo.
Então, o amor deve ser desejoso para ouvir e ser pa-
ciente. E, em algumas vezes, o amor deve ser corajoso o
suficiente para confrontar os problemas do pecado, com-
portamentos prejudiciais e atitudes pobres — não por uma
irritação, mas por um desejo verdadeiro de ajudar os outros
através disto. Jesus confrontou Seus discípulos de uma
forma amorosa; Ele também nos ordenou, dizendo: "Ora,
se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele
só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão" (Mateus 18:15). Isto
nunca é divertido, mas necessário para ajudar seu relaciona-
mento a caminhar. Você deve orar de antemão pelo coração
e pela resposta de seu côjugue, até mesmo quando você abrir
o seu próprio coração para o cuidado e avaliação deles.
Falar a verdade, mesmo quando é difícil de dizer e ouvir,
pode ser tão perfeitamente coberto de gentileza que seu (a)
parceiro (a) saberá que seu amor por ele (a) é mais forte do
que qualquer coisa que eles estejam lutando contra.

VÁ MAIS FUNDO
Leia Lucas 17:3-4- Se a irritação não é pecado, ela mere-
ce uma discussão, mas não repreensão. Deus nos chama
para repreender em amor uns aos outros quando esta-
mos pecando. Isto deve ser balanceado com o espírito
Ae fíálatas fv T .
DIA 259
O amor parte para a açao
Levanta-te, pois, porque te pertence este negócio,
e nós seremos contigo; esforça-te, e age.
Esdras 10:4

Ter problemas é normal. Até mesmo as pessoas mais


fortes e devotas que você conhece encontram coisas em si
próprias que precisam ser melhoradas. Mas infelizmente, a
forma mais normal de responder a esses problemas é ne-
gar que eles existam ou concluir que eles não podem ser
evitados. Ao invés de lidar com esses problemas de cabeça
erguida, nós muitas vezes decidimos escondê-los debaixo do
tapete.
Como resultado, vemos pessoas pulando de igreja em
igreja, de amigo a amigo e de trabalho em trabalho, fugindo
de seus problemas mais do que os encarando. Mas parte do
crescimento como pessoa — e como casal — é admitir nos-
sa fraqueza, a fim de confessar o pecado, organizar nossa
própria confusão e trabalhar nossa própria resistência para
nos submeter a Deus e Sua Palavra. Quando nós clamamos
a Ele por ajuda e abraçamos nossa responsabilidade, Ele nos
impede de deixar trilhas de destruição que podem acabar
não somente conosco, mas também com o nosso casamento.

PERGUNTAS
Como você está lidando com as responsabilidades que
Deus lhe deu? Você está lidando com elas de forma séria
e com a intensidade e o foco necessários? O que seu
cônjuge diz sobre essas áreas?
DIA 260
O amor caminha na verdade
Mas, se andarmos na luz^ como ele na lu^está, temos comunhão
uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho,
nos purifica de todo o pecado.
I João 1:7

Deus anda na luz e nos convida a fazer o mesmo. A única


coisa mais fácil do que reagir de forma exagerada e ficar
com raiva do outro é perceber um problema que precisa ser
encarado em seu casamento e decidir mantê-lo no escuro
ou agir como se ele não existisse. Seu casamento nunca terá
sucesso a menos que você permita que uma total abertura
exista entre vocês. O amor permite a liberdade de expressão,
e nenhum problema ou preocupação deveria estar fora dos
limites. Você deve ter permissão para falar sobre qualquer
coisa. Sim, alguns assuntos vão sempre requerer uma me-
dida extra de gentileza e sensibilidade. Mas, se o medo da
estupidez ou do desconforto determina o que você pode
discutir, os problemas aumentarão ainda mais. Você terá que
refletir sobre esses problemas sozinho, raramente juntos.
Frustração e suspeita governarão onde a unidade deveria
sentir-se em casa.
O amor e a honestidade podem fazer mais para dissipar
a vergonha, as dores e a irresponsabilidade do que qualquer
outra cura. O verdadeiro relacionamento com o outro so-
mente acontece na luz.

DESAFIO DA SEMANA ©
Elimine o veneno de expectativas irreais. Pense em áreas
onde seu cônjuge disse que você está esperando demais,
e desculpe-se por ser tão duro (a) com ele (a) a respeito
disso. Prometa a ele (a) que você vai buscar atendê-lo e
assesure-o do seu amor incondicional.
DIA 261
O amor encoraja
Guarda a minha alma, e livra~me; não me
deixes confundido, porquanto confio em ti.
Salmos 25:20

O casamento tem uma forma de alterar a nossa visão.


Nós entramos nele esperando que nosso companheiro (a)
preencha as nossas esperanças e nos faça feliz. Mas esta é
uma ordem impossível para qualquer cônjuge cumprir, não
importa quem ele seja. Expectativas fora da realidade beiram
o desapontamento. E quanto mais altas e mais irracionais
são as nossas expectativas, maiores são as chances de seu
cônjuge falhar com você e causar frustração.
Divórcios são inevitáveis quando as pessoas se recusam
a permitir que seus cônjuges sejam humanos. É necessá-
ria uma transição que aconteça em seu pensamento. Você
deve escolher viver pelo encorajamento mais do que pelas
expectativas. A forma que seu cônjuge se comportou pe-
los últimos anos é a forma que ele ou ela será no futuro e,
provavelmente, pelo resto da sua vida — longe de seu enco-
rajamento amoroso e de uma intervenção de Deus. O amor
sempre coloca foco na responsabilidade pessoal e no melho-
rar a pessoa, mais do que precisar mais do outro.

S33ÉCS VÁ MAIS F U N D O
Leia I Tessalomcenses 5:11, 14-15- Examine o desafio
específico de Paulo para cada tipo de situação. Você é
paciente com todo mundo? Seu cônjuge diz que você é
encorajador(a) e que busca o melhor para ele?
DIA 262

O amor não crítica


Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar
o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?
Mateus 7:5

O seu cônjuge sente-se como se vivesse com um inspe-


tor? Ele está rotineiramente à margem, temeroso de não
atender às suas expectativas? Ele diria que passa a maioria
dos dias experimentando mais da sua desaprovação do que
da sua aceitação? Talvez você respondesse dizendo que o
problema não é seu, mas dele. "Se ele (a) se decepciona em
algumas áreas, por que isto é minha culpa?"
O problema com este tipo de atitude é que poucas
pessoas têm sucesso em um ambiente cheio de comentários
negativos. Quando alguém está constantemente infeliz com
você, é difícil para você não levar este desprazer para o lado
pessoal. A verdade deve ser falada em amor, mas uma nuvem
de crítica é depressiva para qualquer um que viva sobre ela,
especialmente no casamento.
Você não deseja que sua vida de casado seja um lugar
onde você possa experimentar a livre expressão de quem
você é? Você não quer crescer em um ambiente seguro que
lhe encoraje até mesmo quando você cai? Seu cônjuge tam-
bém. E o amor dá a ele este privilégio.

C5S2) DESAFIO DA SEMANA essop


Elimine o veneno das expectativas irreais. Pense em áre-
as onde seu cônjuge disse que você está esperando mui-
to, e peça perdão por ser tão duro (a) com ele (a) sobre
isso. Prometa a ele (a) que você vai buscar entendê-lo e
assegure-o do seu amor incondicional.
DIA 263

O amor edifica
Por isso exortai-vos uns aos outros, e edificai-vos uns aos outros...
Consoleis os de pouco ânimo, sustenteis os fracos,
e sejais pacientes para com todos.
I Tessalonicenses 5:11,14

As pessoas desejam agradar aqueles que mais as exaltam.


Sua relação com seu cônjuge começa com ambos desistindo
de algumas coisas para agradar o outro. Durante os primei-
ros dias de casamento, nós podemos estar mais suscetíveis a
ouvir e fazer mudanças súbitas. Mas à medida que os anos
passam, a desaprovação do nosso cônjuge tende somente a
nos entrincheirar. Ao invés de nos fazer desejar consertar as
coisas, ela nos faz desejar cavar ainda mais fundo.
O amor é muito esperto para isto. Ao invés de colocar
nosso cônjuge em uma posição de rebelião, o amor nos en-
sina a dar espaço para que ele seja quem realmente é. O ca-
samento é uma amizade única desenhada pelo próprio Deus
onde duas pessoas vivem juntas mesmo não sendo perfeitas,
mas lidam com isso somente para encorajar uma a outra.
Comprometa-se diariamente a livrar-se das expectativas
irreais e a se tornar o maior encorajador de seu cônjuge. A
medida que você faz isso, a pessoa que Deus criou para que
o seu cônjuge fosse aparecerá com uma nova confiança e
amor por você.

=3*2) ORAÇÃO ^S3v?


Senhor Jesus, ajuda-nos a encorajar uns aos outros e a
dar suporte a cada um em cada uma das áreas do nosso
trabalho. Ajuda-nos a abençoar facilmente e a facilmen-
te perdoar, como o Senhor nos perdoou. Em Teu nome
oramos. Amém."
DIA 264
O amor encontra o que é hom
Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa
para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.
Efésios 4:29

Uma palavra de encorajamento pode mudar a vida de


uma pessoa para sempre. A Bíblia nos ordena a encorajar
uns aos outros diariamente e edificar-nos (Hebreus 3:13).
Há algumas maneiras essenciais pelas quais você pode maxi-
mizar esta oportunidade em seu casamento.
Adoração pública: Seja em um palco com um microfone
ou em um pequeno cómodo em um jantar, você terá boas
oportunidades de honrar o seu cônjuge. É vital que você
tome vantagens desses momentos para louvar o (a) seu(ua)
parceiro (a) na frente de outras pessoas.
Apreciação privada: Nas conversas diárias com amigos e
familiares, é importante levantar seu cônjuge, sabendo que
ele eventualmente irá ouvir sobre isto.
Admiração pessoal: Seja em um jantar romântico ou
quando sussurrar na cama é bom para seu cônjuge ouvir
você encorajando-o pessoalmente. Compartilhe como Deus
o usa. Agradeça a ele por ser quem é. Diga palavras que eles
querem ouvir: "Eu sou tão grato (a) por ser casado (o) com
você. Eu ainda estou apaixonado (a) por você. Eu sou tão
privilegiado (a) em lhe ter em minha vida."

ss*i9 DESAFIO DA SEMANA (Sm?


Elimine o veneno de expectativas irreais. Pense em áreas
em que seu cônjuge tenha lhe dito que você está espe-
rando muito e desculpe-se por ser tão duro (a) com ele
sobre isso. Prometa a ele (a) que você vai buscar enten-
dê-lo e assegure-o do seu amor incondicional.
DIA 265
O amor é compassivo
E, ocasionalmente descia pelo mesmo caminho
certo sacerdote; e, vendo~o, passou de largo.
Lucas 10:31

Muitas pessoas provocam uma rápida imagem de dureza


e falta de interesse dos oficiais religiosos, na história que
Jesus conta sobre o Bom Samaritano (Lucas 10:30-37).
Passando por um homem que havia sido espancado, e muito
ocupados para parar e ajudar, eles permaneceram como um
símbolo de frieza que é condenado por todo mundo. Todos
sabem que não demonstrar compaixão por um ferido é, em
muitas maneira, uma forma de crueldade.
Então, por que nós falhamos tantas vezes em detectar
quando nosso cônjuge está ferido? Mesmo se notamos, por
que deixamos que, às vezes, ele sofra sozinho? Virar para
o lado e dormir é diferente do que fizeram o sacerdote e o
levita passando pelo outro lado?
A vida traz dor. E a dor faz a nossa responsabilidade ser
essencial. Se seu cônjuge está sofrendo, saiba que seu amor
está sendo testado e sua intimidade futura está em risco.
O silêncio e o evitar não são opções. Você tem que intervir
com um apoio decisivo e com compaixão. Se você fizer isso,
o coração dele será amarrado ao seu mais profundamente do
que antes, e você se tornará um modelo do amor de Cristo.

-5*2) PERGUNTAS
Como você demonstra compaixão por seu cônjuge?
Ele pode dizer que você está ao lado dele quando ele
precisa? Você é uma fonte de compaixão e força? Caso
negativo, por que não?
DIA 266
O amor sente a dor do outro
Revesti-vos, pois, como eleitos âe Deus, santos e amados,
de entranhas de misericórdia, de benignidade,
humildade, mansidão, longanimidade.
Colossenses 3:12

Experimentar compaixão por seu marido ou esposa é


mais do que somente sentir muito por eles. E mais profun-
do que somente pena. O amor fica frágil quando seu cônju-
ge está ferido, ele lhe envolve em um nível mais profundo.
Até o seu corpo sente a dor que seu conjugue sente, espe-
cialmente quando está misturada com seu desejo de aliviar
o sofrimento dele ou pelo menos ser um suporte firme em
meio à provação que ele passa. A palavra original para com-
paixão nas Escrituras carrega literalmente a ideia de sentir
dor em comiseração pelo outro.
Mas a verdadeira compaixão não para na simples preo-
cupação. Ela não é satisfeita simplesmente por ser capaz de
imaginar o que a outra pessoa está passando. A compaixão
trabalha no caminho do coração até que isso se exteriori-
ze em ações de amor, na entrega sacrificial do seu tempo e
atenção. "Tem algo que eu possa fazer por você", "O que eu
posso trazer para você?", "Ajudaria se eu...?". Sim, ajudaria.
E sim, o amor faz isto a todo tempo.

•&S® VÁ MAIS FUNDO


Leia Mateus 20:29-34- Que perguntas Jesus fez aos
dois homens cegos? Como a compaixão dEle O fez res-
ponder às suas necessidades? O que aconteceria se você
começasse a perguntar isso e responder com compaixão?
DIA 267

O amor aprende de Ueus


Porque o Senhor fará justiça ao seu povo, e se compadecerá
de seus servos; quando vir que o poder deles se foi,
e não há preso nem desamparado.

Todos os benefícios que recebemos de Deus podem ser


ligados a Sua compaixão. Se não fosse por Seu amoroso
cuidado, não haveria perdão do pecado, não haveria como
escapar do inferno e não haveria cura para nossas doenças
espirituais e físicas. A única razão pela qual nós temos vida
e esperança é porque Ele foi coroado com "um amor fiel e
compaixão" (Salmos ÍO3:4).
Ele levou Ló, que tinha uma mente fraca, para longe da
destruição em Sodoma por causa de Sua compaixão (Géne-
sis IÇ: 16). Ele ouviu o clamor de Seu povo no Egito e en-
viou Moisés para livrá-lo (Êxodo 3:7)- Depois de assistir a
terrível experiência de Jó, Deus o restaurou por Sua grande
graça e misericórdia (Tiago 5:1I). E agora Ele está "espe-
rando para ter misericórdia de vós; e por isso se levantará,
para se compadecer de vós, porque o Senhor é um Deus de
equidade" (Isaías 30:18). Ele anseia profundamente por
você. Ele ama você com as misericórdias que se renovam a
cada manhã.
Pense no que a compaixão de Deus realizou em você.
Pense no que a sua compaixão poderia significar para seu
cônjuge. O amor aprende com Deus de maneira sábia e de-
sejosa e corajosamente segue os Seus passos.

<&&9 DESAFIO DA SEMANA ea^p


Como forma de demonstrar compaixão, encontre uma
área na vida do seu cônjuge onde exista dor ou sofri-
mento. Peça a Deus para lhe ajudar a encontrar formas
de aliviar a dor do seuíua^ narreiroTa^ e a ministra-
DIA 268
O amor levanta o cansado
E, vendo as multidões, teve grande compaixão delas, porque
andavam cansadas e desgarradas, como ovelhas que não têm pastor.
Mateus 9:36

Como você serve a seu cônjuge quando pode dizer que


ele está realmente cansado? Quais são algumas das coisas
que ele (a) sente e pensa depois de um longo dia cuidando
das crianças? Quais são algumas das tentações que seu côn-
juge enfrenta depois de enfrentar uma exaustiva temporada
de trabalho? O que você vê nos olhos dele (a) quando ele (a)
não está certo (a) de que pode continuar neste ritmo?
Jesus viu pessoas assim — pessoas que eram vazias espi-
ritualmente e fisicamente e tinham relacionamentos vazios.
Ele pôde reconhecer os sinais de uma pessoa se sentindo
esgotada. E embora Ele estivesse cansado do trabalho do
dia, das necessidades das pessoas e dos insultos dos seus
críticos, Ele seguia a multidão cansada. Suas palavras tra-
ziam encorajamento. Seu toque os inspirou a acreditar que
as promessas do Seu amor e eterna presença eram firmes e
verdadeiras.
Não faça vista grossa sobre o cansaço de seu cônjuge ou
tome seus esforços somente como uma obrigação. Não con-
sidere isto parte do que ele assinou no contrato de casamen-
to. Busque maneiras para ajudar a aliviar este fardo.

VÁ MAIS FUNDO
Leia Mateus 9:35-10:1. O que a compaixão de Jesus
(9:36) O levou a fazer (9:37-10:1)? A Sua compaixão
leva você a pensar, planejar e agir de forma a aliviar a
dor dos outros?
DIA 269
O amor cuida dos pomes
Compadtcer-se-ã do pobre e do aflito, e
salvará as almas dos necessitados.
Salmos 72:13

Parte do propósito de Jesus em vir à Terra foi para "pre-


gar as boas-novas para os pobres" (Lucas 4:18). Isto nos
diz que a maior pobreza que uma pessoa pode experimentar
é pobreza espiritual. Jesus conheceu as necessidades espi-
rituais de muitas pessoas e nos ordenou a fazer o mesmo.
Mas tão devastadora quanto a fome e falta física podem ser,
a dor de um coração vazio é algo que pode fazer mais do
que matar o corpo. Isto pode levar para uma eternidade de
desejos que nunca são satisfeitos.
Cristo chamou você para ministrar com relação a carên-
cia espiritual do seu cônjuge — para se importar profunda-
mente com a falta que sente da plenitude das bênçãos de
Deus, ao faltar em fé e confiança. O que faz deste papel um
privilégio é que nós mesmos estamos faltosos em muitas
formas. Então, nossa responsabilidade de cuidar da vida es-
piritual do nosso cônjuge é também um convite para receber
o cuidadoso olhar de atenção dele em nossos olhos. Juntos
podemos encontrar a riqueza de crescermos em um relacio-
namento com Cristo.

c&m DESAFIO DA SEMANA


Como forma de demonstrar compaixão, encontre
qualquer área na vida de seu cônjuge onde existam dor e
sofrimento. Peça a Deus para lhe ajudar a encontrar for-
mas de aliviar a dor do seu(ua) parceiro (a) e a ministra—
-Io em amor.
DIA 270
O amor é ávido em ensinar
Ele começou a ensiná-los em muitas coisas...
Marcos 6:34

Nenhum de vocês é uma pessoa ignorante. Mas há certas


coisas que você não sabe, e é parte da bênção do casamento
ser capaz de aprender uns com os outros.
Você pode ter crescido em um lar cristão, por exemplo,
recebendo a salvação quando era muito mais jovem que seu
cônjuge. De muitas formas, você pode ter tido experiências
que o outro pode não entender tão facilmente, mas o seu
discernimento sobre estas coisas podem ser valiosos para
refinar vocês dois como pessoas.
O problema que frequentemente aparece, porém, é
quando menosprezamos nossa esposa ou marido por não
entender algo que é nossa especialidade. Talvez você possua
um bom senso de direção, mas seu cônjuge não. Talvez você
discirna extremamente bem e não entende porque ele não
consegue entender as pistas que para você são tão óbvias.
Mais do que apontar as imperfeições do outro, crie oportu-
nidades para ajudá-lo a aprender com você — gentilmente,
pacientemente. Faça do seu casamento um exemplo daquilo
que acontece quando duas mentes se juntam.

ss3S9 ORAÇÃO GSsvp


"Deus Pai, exponha qualquer orgulho em nós, para que
possamos confessá-lo e removê-lo do nosso casamento.
Ajuda-nos a abençoar e edificar ura ao outro como uma
parte valiosa deste relacionamento. Ajuda-nos a amar.
Em nome de Jesus. Amém."
DIA 271
O amor faz concessões
Tenho compaixão da multidão, porque há já
três dias que estão comigo, e não tem que comer.
Marcos 8:2

Um de vocês é distraído? O sair de casa geralmente


envolve uma busca frenética pelas chaves do carro, seguida
por outro sentimento de que está esquecendo alguma coisa?
O seu menu muitas vezes se resume a ligar para a pizzana?
Se você tivesse que achar os materiais para embrulhar um
presente, para pendurar um quadro ou para limpar a grelha,
você saberia onde encontrá-los?
A pessoa que é casada com alguém que luta para ser orga-
nizado tem um desafio interessante — um que o diabo pode
claramente explorar para fazer as coisas ficarem piores. Sua
tentação típica é transformar sua frustração em uma desgra-
ça exasperada. Isto é muito fácil de fazer. A prova é difícil
de refutar. Mas assim como Jesus sentiu quando estava ven-
do a multidão sem uma real direção do que fazer, você pode
escolher olhar com compaixão para o seu(ua) parceiro (a)
desencorajado (a). Ele (a) está frustrado (a) também. Uma
palavra doce de paciência e entendimento vinda de você,
pode ajudá-lo (a) muito mais do que uma outra leitura rai-
vosa. Tenha alegria em ajudar seu(ua) parceiro (a).

<&m DESAFIO DA SEMANA ©SVP


Como uma forma de demonstrar compaixão, encontre
qualquer área na vida do seu cônjuge onde haja dor e
sofrimento. Peça a Deus para ajudar você a encontrar
formas de aliviar a dor e ministrá-lo em amor.
DIA 272
O amor fica de íuío foeío fracasso
E, vendo-a, o Senhor moveu-se de íntima
compaixão por ela, e disse-lhe: Não chores.
Lucas 7:13

Ver o seu cônjuge devastado ou inconsolável por causa


de uma perda é algo difícil de assistir. E, às vezes, em nosso
desejo de ajudar, nós agimos com o intuito de resolver o
problema, fazendo o melhor para animá-lo e dizer que nada
é tão ruim. Porém, o amor é melhor servido em momentos
como este quando tomamos nossa esposa ou nosso marido
em nossos braços, falando pouco — às vezes, falando nada —
e somente chorando ao lado deles.
Aqueles que têm como primeira inclinação atrapalhar
ou olhar para o lado claro são geralmente aqueles que não
foram tocados pela perda ou pelo mal. Jesus foi alguém que
entendeu totalmente. Ele sabia o que era ser perseguido,
sentir-se traído, viver a dor e ter algumas razões para desis-
tir. Ele conhecia o sofrimento melhor que todo mundo, e a
primeira reação de Jesus ao ver a viúva em Lucas 7 de luto
por outra perda — a perda de seu único filho — foi simples-
mente expressar o Seu pesar. Ele podia fazer mais — e fez! -
mas começou onde deveria começar... com um coração cheio
de compaixão.

VÁ MAIS FUNDO
Leia toda a declaração da compaixão de Jesus para com
a viúva em Lucas 7:11-17- De acordo com Romanos
12:15, o que nós devemos fazer quando nosso cônjuge
está chorando?
DIA 273
O amor receie ohecador
Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero,
e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos,
mas os pecadores, ao arrependimento.
Mateus 9:13

Cada um de nós nasceu pecador. A única diferença é que


alguns de nós jogamos nossos pecados nas costas de Cristo,
que os leva para onde não podem mais causar danos eternos.
Nós somos livres do poder e da penalidade do pecado.
Nós devemos certamente entender, porém, com o que o
pecado se parece. E quando nosso cônjuge — seja cristão ou
não — está exibindo um comportamento e atitudes pecado-
ras em casa, nós mais do que todo mundo, não podemos
olhar para eles com desdém ou condenação, mas com uma
profunda compaixão pelo que o pecado está fazendo com
eles. Não a nós. A eles.
A razão pela qual os pecadores sentiam-se confortáveis
na presença de Jesus era porque Ele lidava bem com o estilo
de vida deles, mas por Sua principal preocupação era salvá-
-los dos custos da vida imoral que eles levavam. Ore para
que seu companheiro (a) abra o coração para Cristo nova-
mente "para que Ele tenha compaixão" deles (Isaías 55:7)-
E deixe que isso comece com você... com a sua compaixão.

ss*s> PERGUNTAS ms^p


Você é uma pessoa que tem compaixão? Você ora pelo
coração de seu cônjuge? Por que não separar algum
tempo para pedir a Deus para fazer uma obra especial
na vida de seu companheiro (a)?
DIA 274
O amor estende a mão
E Jesus, movido de grande compaixão, estendeu
a mão, e tocou-o, e disse-lhe: Quero, sê limpo.
Marcos 1:41

Para vocês interagirem todos os dias, não é difícil dizer


quando algo está errado na vida de seu cônjuge. Um tom de
voz, uma certa expressão — você reconhece imediatamente
como sendo um sinal de desapontamento, preocupação, ou
depressão. O amor entende que a resposta mais comum para
"Qual é o problema?" é "Nada". Então, ele não para em uma
resposta que não convence. O amor continua perguntando
de forma gentil, e então, estende a mão para ajudar.
Há vezes quando seu(ua) companheiro (a) está querendo
admitir que há algo de errado, mas não está interessado em
falar sobre isto. Não ainda. O amor sabe que esperar por
uma situação mais condutível é muitas vezes a coisa sábia a
se fazer. Mas, mesmo se o humor melhorar e o assunto não
for trazido à tona, não permita que sua aversão ao conflito
não lhe deixe perguntar novamente mais tarde. Tudo que
esteja machucando o outro se torna menos pesado quando
você carrega junto. Esteja certo que sua esposa ou marido
sabe que você considera como uma honra servi-los com a
compaixão necessária.

=s*£S43ESAFIO DA SEMANA <


Qual é uma das maiores necessidades na vida do seu
cônjuge neste momento? E algo que você pode tirar dos
ombros dele como um ato de sacrifício da sua parte?
Seja a necessidade grande ou pequena, proponha-se a
fazer o que puder para encontrá-la.
DIA 275
O amor se sacrifica
Ele deu a sua vida por nós, e nós
devemos dar a vida pelos irmãos.
I João 3:16

O amor faz sacrifícios. Ele, com desejo, vai até a milha


extra, paga o preço mais alto, ou sofre a maior dor se isto
é o necessário para suprir a maior necessidade do outro. O
amor nos mantém tão sintonizados naquilo que o nosso
cônjuge precisa que muitas vezes respondemos sem sermos
perguntados. E quando não reparamos a tempo e ouvimos o
que aconteceu, o amor imediatamente responde ao coração
do problema. Ele já respondeu às perguntas: "Ela merece
isto" ou "Ele é digno disto?"
O compromisso requer sacrifício. O amor é menos pre-
ocupado em ser mal entendido ou em levar vantagem sobre
ele para encontrar as necessidades do outro. O amor nos
inspira a sacrificar o que queremos para dar ao nosso cônju-
ge aquilo que ele necessita.
Foi isto que Jesus fez. "Ele deu Sua vida por nós" para
mostrar-nos que "devemos também entregar nossa vida"
pelos outros. Ele nos ensinou que a melhor evidência para
o amor é achada em ver a necessidade de alguém, e depois,
fazer alguma coisa para saciá-la.

VÁ MAIS FUNDO
Leia I João 3:16-19- O escritor vai do geral (verso
16) para os específicos (versos 17-18). Você hesita em
ajudar os outros necessitados, ou você está indo por um
caminho para demonstrar praticamente o amor àqueles
a sua volta?
DIA 276
O amor refresca
A alma generosa prosperará e aquele
que atende também será atendido.
Provérbios 11:25

A vida é difícil. Mas, geralmente o que entendemos por


isso é que a nossa vida é difícil. Somos os primeiros a sentir
isto quando somos aqueles maltratados ou perturbados.
Nós somos rápidos em nos aborrecer quando nos sentimos
despojados ou desapreciados.
Porém, muitas vezes, só descobrimos que a vida é difícil
para o nosso cônjuge quando ele começa a reclamar dela.
Então, ao invés de verdadeiramente se importar ou correr
para ajudar, pensamos que ele teve uma atitude ruim. Ao
invés de julgar a situação com justiça, nós ficamos surdos
para os problemas dele.
Não quando o amor está trabalhando.
O amor não tem que ser estremecido pelos evidentes
sinais de aflição do (a) seu(ua) companheiro (a). Antes de
preocupações e confusões começarem a enterrá-los, o amor
já entrou em ação. Ele vê que está começando a ficar muito
pesado, e vai ajudar. Isto se deve porque o amor nos chama
para sermos sensíveis, previdentes e protetores de nosso
cônjuge.

DESAFIO DA SEMANA
Qual é uma das maiores necessidades na vida do seu
cônjuge neste momento? É algo que você pode tirar dos
ombros dele como um ato de sacrifício da sua parte?
Se)a a necessidade grande ou pequena, proponha-se a
fazer o que puder para supri-la.
DIA 277
O amor sufore as necessidades
Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e
destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me.
Mateus 25:3 5

Há necessidades que você deve estar buscando em sua


esposa ou em seu marido. Ao invés de ficar triste porque
ele (a) não está lhe tratando da maneira como deveria, deixe
que o amor volte sua atenção para as necessidades dele (a).
Passe tempo perguntando e observando o que está faltando
para ele (a). Determine o que você pode ser capaz de fazer
para ajudá-lo (a).
Ele está "faminto" - precisando de você sexualmente,
mesmo quando você não sente assim? Ela está "sedenta"
- suplicando tempo e atenção que você dá aos outros? Ele
sente-se como um "estranho" - inseguro em seu trabalho,
precisando que o lar seja um refúgio? Ela está "nua" - fra-
gilizada ou envergonhada, desesperada pela envolvente
cobertura de sua afirmação? Ele está sentindo-se "doente"
- fisicamente cansado e precisando de você para ajudar a
guardá-lo de suas perturbações? Ela sente-se "presa" - teme-
rosa e depressiva, precisando de alguma segurança e inter-
venção?
As palavras "Como posso lhe ajudar?" precisam estar
frescas em seus lábios o tempo todo.

ORAÇÃO
"Senhor Jesus, ajuda-nos a encontrar a necessidade do
outro de uma forma que mostre amor e valorize um ao
outro. Ensina-nos, a termos alegria em nos deleitar em
nosso cônjuge. Em Teu nome oramos, amém."
DIA 278
O amor toma cuidado
O óleo e o perfume alegram o coração; assim
ojazji doçura do amigo pelo conselho cordial.
Provérbios 27:9

Quando seu parceiro (a) está estupefato(a) e sem saída,


o amor chama você para separar o cjue parece necessário em
sua própria vida para ajudar, mesmo se isso for simples-
mente o presente de ouvir. Muitas vezes tudo o que ele (a)
realmente necessita é somente colocar a situação para fora.
Ele (a) precisa ver em você dois olhos atentos que verda-
deiramente se importam com o que isto está custando a
ele (a) e estejam sérios sobre ajudá-lo (a) a achar as respos-
tas. Ele (a) precisa de você para orar com ele (a) sobre o que
fazer, e continuar acompanhando-o (a) para ver como se sai.
As soluções podem ser simples e fáceis, ou podem ser
complexas e requererem energia e grande esforço. De ambas
as formas, você deve fazer o que puder para encontrar as
reais necessidades deste (a) que é parte de quem você é. E
o tipo de atenção e apoio que você amaria saber que esta-
va esperando por você quando tem uma necessidade. Seja
aquele (a) que toma a liderança em tomar o cuidado.

DESAFIO DA SEMANA
Qual é uma das maiores necessidades da vida do seu
cônjuge agora? Há alguma que você possa tirar dos om-
bros dele (a) fazendo um ato de sacrifício de sua parte?
Seja a necessidade grande ou pequena, proponha-se a
fazer o que puder para supri-la.
DIA 279
O amor éhronío ham aaír
E não vos esqueçais da beneficência e comunicação,
porque com tais sacrifícios Deus se agrada.
Hebreus 13:16

Quando você ajuda o seu cônjuge, você também está


ajudando a si mesmo. Esta é a parte do lindo sacrifício pelo
seu parceiro. Jesus fez isto por nós. E Ele concede a graça
para que isso possa ser feito por outros.
Quando a Igreja do Novo Testamento começou a cami-
nhar em amor, a vida em comunidade deles foi marcada por
partilha e sacrifícios. A batida do coração deles era adorar
ao Senhor e servir ao Seu povo. "E todos os que criam
estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas
propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada
um havia necessidade" (Atos 2:44-45). Assim como Paulo
disse a uma dessas igrejas em uma década mais tarde, "me
deixarei gastar pelas vossas almas" (2 Coríntios 12:15).
Vidas que foram levantadas da morte pelo sacrifício de
Jesus devem estar prontas e desejosas de fazer sacrifícios
diários para encontrar a necessidade dos outros. E em ne-
nhum lugar isso pode ser mais evidente e exercitado do que
em nossa própria família, e em nosso casamento.

-&& PERGUNTAS
Com que frequência o seu cônjuge diz que você é
desejoso (a) em fazer sacrifícios por ele? Quando você
faz, é com uma atitude de alegria, ou é, geralmente,
como uma obrigação? Quais são os motivos que ele diz?
DIA 280
Oamorélivreparaservir
Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não
useis então da liberdade-para dar ocasião à carne,
mas servi-vos uns aos outros pelo amor.
Gaiatas 5:13

Jesus explicou que a chave para a grandeza e honra é se


tornar servo de outros. É possível, entretanto, servir de tal
forma que seu cônjuge quase deseje que você não fizesse.
Quando você foca as coisas que você tem feito, e compara
as contribuições inferiores deles com as suas, você perde
todo o ponto em ter um coração de servo. É difícil para eles
sentir o seu amor vivo quando você serve tudo com um lado
de martírio complexo.
A beleza do serviço está em permanecer humilde e ver
isto como um privilégio. Sim, você tem liberdade para assis-
tir televisão, fazer academia ou desempenhar atividades para
você mesmo.
Mas, o amor leva você a se declarar livre de ter que saciar
os seus próprios desejos e vontades. Você agora está livre
para servir seu cônjuge com alegria e gratidão — não porque
você tenha que fazer isso ou porque ele espera isto. Nem
mais reclamações ou disputa, nem quando servir é apreciado
como a "maior" coisa que você pode fazer (Mateus 23:11).

VÁ MAIS FUNDO
Leia Mateus 23:1-12 e note o desdém de Cristo para
com aqueles que servem hipocritamente ou para glória
pessoal. Qual atitude nós devemos manter enquanto
servimos, de acordo com o versículo 12?
DIA 281
O amor permanece motivado
Servindo de boa vontade como ao Senhor,
e não como aos homens.
Efésios 6:7

Não é necessária muita experiência para descobrir que


seu(ua) companheiro (a) nem sempre motivará o seu amor.
De fato, muitas vezes ele (a) vai desmotivá-lo (a). Mais fre-
quentemente do que você gostaria, vai parecer difícil achar a
inspiração para demonstrar o seu amor. Isto é simplesmente
a natureza da vida, até mesmo em casamentos saudáveis.
Embora os humores e as emoções possam criar alvos mo-
tivacionais que podem mudar, um é certo de ficar no mesmo
lugar, o tempo todo. Quando o próprio Deus é sua razão
para amar, sua habilidade de amar é garantida. Isto se deve
por vir dEle — e flui por você.
O amor que é necessário de nós em nosso casamento
não é dependente da doçura e da adequação do (a) seu(ua)
parceiro (a). O amor entre um marido e uma esposa deveria
ter um objetivo principal: honrar o Senhor com devoção e
sinceridade. O fato que abençoa o nosso amado no processo
é simplesmente um benefício maravilhoso e adicional.

•&& DESAFIO DA SEMANA


Ore pelas necessidades de seu cônjuge. Sendo fácil ou
não, diga: "Eu te amo", e expresse seu amor de alguma
forma real. Agradeça a Deus por ter lhe dado o privi-
légio de amar esta pessoa em especial — incondicional-
mente, da forma que Ele ama vocês dois.
DIA 282
O amor tem uma fonte única
E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração,
como ao Senhor, e não aos homens
Colossenses 3:23

Quando você era criança, seus pais estabeleciam regras


para você cumprir. Você tinha que ir para a cama no horário
determinado. Seu quarto deveria ser mantido limpo. Você
tinha que fazer a lição de casa antes de ir brincar. Se você
foi como a maioria das pessoas, você infringiu essas regras
sempre que possível.
Mas se você conheceu a Cristo neste caminho, você
provavelmente foi exposto à ideia - "Vós, filhos, obedecei
em tudo a vossos pais, porque isto é agradável ao Senhor."
(Colossenses 3:20). A obediência não é mais uma batalha
entre você e seus pais. Agora é entre você e Deus.
Saber que Deus é sua fonte e aquele que supre - as suas
necessidades assim como aquelas de seu cônjuge — muda
toda essa razão por interagir com seu(ua) companheiro (a).
Esta pessoa imperfeita não decidirá mais quanto amor você
mostrará. De certa forma, seu Deus todo perfeito usa até
mesmo uma pessoa imperfeita como você para conceder
favor e amor para outro. Desta forma, seu amor não é de-
terminado por quem seu(ua) companheiro (a) é, mas, quem
seu Deus é.

VÁ MAIS FUNDO
Paulo desafiou aqueles que criam a permitir que o rela-
cionamento deles com Cristo se tornasse a motivação
por trás daquilo que eles fazem. Leia Efésios 6:1, 5-9
e preste atenção "no Senhor" ou "assim como Cristo .
Preste atenção na recompensa que Ele menciona no
DIA 283
O amor tem um ohjetívo
j
Vós, mulheres, estai sujeitas a vossos próprios maridos, como convém
no Senhor... Maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo
amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela
Colossenses 3:l8; Efésios 5:25

Tem sido difícil conviver com sua esposa ultimamente?


A lentidão com a qual ela tenta resolver uma discórdia está
enchendo a sua paciência?
Não retenha o seu amor só porque ela pensa de forma
diferente. Ame-a, "assim como ao Senhor".
O seu marido está lhe deixando de lado, aparentemente
remoendo algo que ele não está interessado em comparti-
lhar? Você se sente ferida pela má vontade dele em se abrir?
Não batalhe com uma dose dupla de silêncio e falta de
atenção. Ame-o mesmo assim. Pergunte ao Senhor.
O amor motivado por mero dever nunca vai durar por
muito tempo. Somente o amor que é oferecido como uma
oferta para Deus é capaz de se sustentar quando todas as
outras razões perderam sua habilidade de nos dar energia.
Se você está comprometido em dar ao seu cônjuge o me-
lhor amor que você pode dar, você precisa buscar pela maior
motivação do amor. Um amor que tem Deus como seu foco
primário é o amor que ainda não conhece as alturas que
pode alcançar.

DESAFIO DA SEMANA
Ore pela necessidade do seu cônjuge. Seja fácil para
você ou não, diga: "Eu te amo", e então expresse amor
para ele de uma forma tangível. Agradeça a Deus por ter
lhe dado o privilégio de amar esta pessoa em especial —
incondicionalmente, da forma que Ele ama vocês dois.
DIA 284
O amor traz unidade
Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste,
para que sejam um, assim como nós.
João 17:11

Uma das coisas mais impressionantes a respeito da Bíblia


é a forma que ela está ligada do começo ao fim. Embora
escrita há mais de 1600 anos e por mais de quarenta escri-
tores, Deus é o autor soberano, com uma voz única.
Unidade. Identidade. Estar junto. Estas são as imutáveis
marcas do nosso Deus.
Desde o começo dos tempos, nós vemos Sua unidade na
obra através da Trindade — Pai, Filho e Espírito Santo. Eles
servem um ao outro, amam um ao outro e honrar um ao
outro. Embora diferentes. Eles são Um, indivisíveis.
Sendo este relacionamento tão especial, Ele escolheu nos
deixar experimentar um aspecto disto também. Na única
relação entre marido e esposa, dois indivíduos distintos são
espiritualmente unidos em "uma carne" (Génesis 2:24) • E
"o que Deus juntou o homem não pode separar" (Marcos
10:9). E fácil dividir dois. Difícil é dividir um.

««39 ORAÇÃO
"Deus Pai, mantenha-nos unidos em amor e propósito.
Leva-nos a ser mais próximos no casamento ao passar
de cada ano e guarde o nosso coração para Sua glória e
Seu uso. Em nome de Jesus. Amém."
DIA 285

O amor defende a unidade


Procurando guardar a unidade do Espírito pelo vincule da paz±
Efésios 4:3

O amor entre marido e mulher é tão entrelaçado e com-


pleto, que Deus usa a imagem do casamento para explicar
Seu amor pela Igreja. A Igreja (sua noiva) é mais honrada
quando o Salvador é adorado e celebrado. Cristo (o Noivo)
é mais honrado quando Ele vê "a si mesmo igreja gloriosa,
sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e
irrepreensível" (Efésios 5:27)- Ambos, Cristo e a Igreja,
amam e honram um ao outro. Esta é a beleza da unidade.
O que aconteceria em seu casamento, marido, se você se
entregasse para amar, honrar e servir sua esposa em todas
as coisas? O que aconteceria, esposa, se você fizesse da sua
missão de fazer tudo o possível para respeitar e apoiar seu
marido? O que cada ameaça à sua unidade foi tratada como
um veneno a ser eliminado pelo amor, humildade e pela
atitude não egoísta? O que isto exigiria de você? Como isto
lhe mudaria?
Quanto maior a saúde da sua unidade, mais imune você
será contra a doença da divisão.

*&& DESAFIO DA SEMANA (Ess?


Ore pelas necessidades de seu esposo. Seja fácil para
você ou não, diga: "Eu te amo", e depois expresse amor
para eles de maneira tangível. Agradeça a Deus por dar
a você o privilégio de amar esta pessoa em especial —
incondicionalmente, da forma que Ele ama vocês dois.
DIA 286
O amor promove unidade
E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição.
Colossenses 3:14

A unidade da Trindade é evidenciada pelo poder da


unidade. Ela é inquebrável. Ela é interminável. E, esta é a
mesma realidade espiritual que se disfarça em seu lar e sua
caixa de correio. Embora pintado nas cores de agenda de
trabalho, visitas ao médico e viagens ao mercado, a unidade
é um fio eterno que passa pela experiência diária daquilo
que chamamos de "nosso casamento" e nos dá um propósi-
to a ser defendido por toda vida.
Então, ame a este (a) que é tão parte do seu corpo como
você mesmo. Sirva a esta pessoa cujas necessidades não
podem ser separadas das suas. Honre a este (a) que, quando
colocado (a) no pedestal do seu amor, lhe faz ser levantado
aos olhos de Deus, tudo ao mesmo tempo.
Peça ao Senhor para revelar qualquer coisa em seu pró-
prio coração que esteja ameaçando a unidade com seu côn-
juge. Ore para que Ele faça o mesmo por ele. Se apropriado,
discuta este problema abertamente, buscando a unidade de
Deus.

PERGUNTAS
Quão unidos você e seu cônjuge são em assuntos impor-
tantes? Vocês dois estão desejando fazer o que é melhor
do que o desejo de fazer da sua forma? Se algum proble-
ma não foi trabalhado em seu relacionamento, você está
desejoso (a) de colocá-los em oração?
DIA 287
O amor coopera
E disse Deus: Façamos nós o homem à nossa imagem,
conforme a nossa semelhança.
Génesis 1:26

Uma das qualidades que a Bíblia revela sobre a Trindade


é que eles sempre cooperam entre si. O trabalho da Cria-
ção, por exemplo, foi um esforço de colaboração. Dentro da
unidade da existência, cada um deles — Pai, Filho e Espírito
Santo — estava envolvido em trazer vida, como indicado pe-
los pronomes "Nós" e "Nossa" em Génesis 1:26. O "Espí-
rito de Deus" é visto "se movendo sobre as águas" (Génesis
1:2). Ê declarado que o Pai apontou o Filho como "herdeiro
de tudo, por quem fez também o mundo" (Hebreus 1:2).
Este espírito de cooperação também é designado a existir
no relacionamento especial que você compartilha enquan-
to marido e esposa. Deus tem um chamado para a vida de
vocês juntos, e isso vai requerer que vocês dois trabalhem
juntos para alcançar os seus objetivos através da força dEle.
Comece a pensar desta forma em mais e mais aspectos da
vida de vocês, da oração pela educação dos seus filhos até
seus objetivos financeiros e registro de informações. Junte
seus esforços em todas as formas possíveis, à medida que
busca os propósitos de Deus.

sms VÁ MAIS FUNDO @f&>


Leia João 14:25-3 I. Observe como Jesus, o Espírito
Santo e o Pai Celestial cooperam entre si em uma inte-
ração de amor. Como eles apoiam uns aos outros?
DIA 288
O amor honra cada um
Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim,
e eu em ti; que também eles sejam um em nós.
João 17:21

O relacionamento entre os membros da Trindade é de


perfeita honra e respeito. Eles abençoam uns aos outros.
Eles encontram alegria significante em estar na presença uns
dos outros. Eles desejam e apreciam as expressões de amor e
aceitação que recebem, enquanto dão glória uns aos outros
de uma forma que é profundamente sentida e impetuosa-
mente leal. Eles são um — e totalmente completos.
Este é o modelo que seu casamento deve seguir. Em-
bora seu relacionamento possa ser colorido por elementos
saudáveis de diversão e felicidade, ele deve ser baseado em
um senso genuíno de honra. Elogios devem fluir de seus
lábios. Quando falar sobre seu(ua) parceiro (a) para outros
em público, você deve sempre se referir a ele (a) com termos
de gratidão e admiração. Seus amigos devem ser capazes de
dizer: "Eles se amam verdadeiramente."
Os que estavam presentes no batismo de Jesus tiveram
este sentimento, após ver o Espírito de Deus "descendendo
como uma pomba" e reluzindo em Jesus, assim como o Pai
proclamou: "Este é o meu Filho amado, em quem me com-
prazo" (Mateus 3:16-17). Ame com este tipo de honra.

ccv*2) DESAFIO DA SEMANA


Isole uma área de divisão cm seu casamento. Peça para o
Senhor revelar qualquer coisa que ameace a união com
seu cônjuge. Ore para que Ele faça o mesmo por ele. Se
apropriado, discuta o problema abertamente, buscando a
direção de Deus.
DIA 289
O amor serve e ésulmisso
Eu glorifiquei-te na terra, tendo consumado
a obra que me deste afazer.
João 17:4

A submissão pode ser um assunto complicado no casa-


mento, mas quando o vemos praticado dentro da Trindade,
perdemos parte do nosso sentimento de rebelião contra ele.
A vida de Jesus na Terra dá explicações memoráveis e quase
surpreendentes de como Ele curva Suas vontades às vonta-
des do Pai. Embora Ele seja antes de todas as coisas, e todas
as coisas subsistem por ele (Colossenses 1:17). até mesmo
Jesus — com Sua suprema estatura sobre a criação — submete
Sua vontade dentro da Trindade. Da mesma forma o Espí-
rito, enviado a nós pelo Filho, serve ao realizar o desejado
ministério de Jesus hoje.
Nós devemos aprender com este modelo. Nossos casa-
mentos são criados para refletir este tipo de honra para com
o outro à medida que recuamos dos nossos direitos para
servir ao outro. Obviamente, nenhum de vocês é Deus. Você
não é capaz de confiar completamente, assim como a Trin-
dade pode, que seu(ua) companheiro (a) saiba tudo, veja
tudo, ou é incapaz de errar. Mas honramos a Deus e a uns
aos outros quando estabelecemos nossos objetivos e aspira-
mos seguir o exemplo que Ele nos deu.

•&£5 VÁ MAIS FUNDO


Leia como Jesus orou por Seus seguidores em João
17:20-26. Ele usou a amada dinâmica da Trindade
como base de Sua oração. Quando um marido e espo-
sa buscam honrar a Deus juntos, isto os levará a uma
unidade em amor.
DIA 290
O amor lida bem com o dinheiro
Pois, se nas riquezas injustas não fostes fiéis,
quem vos confiará as verdadeiras?
Lucas 16: II

Incontáveis divórcios são relacionados a problemas fi-


nanceiros. Isto se deve porque o dinheiro é uma faca de dois
gumes. Ele nos capacita a suprir as necessidades da nossa fa-
mília e fazer com que o reino de Deus avance, mas pode nos
ferir profundamente se nós colocarmos nosso coração nele e
o seguirmos. A Escritura diz: "Mas os que querem ser ricos
caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências
loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e
ruína' (I Timóteo 6:9)•
As pessoas gastam suas vidas trabalhando incontáveis
horas para terem dinheiro. Nosso orgulho é alimentado pelo
status que o dinheiro traz, o prazer que ele proporciona e
o poder que ele dá. Mas ele pode facilmente se tornar um
ídolo e uma paixão se nós não tomarmos cuidado. Ele pode
tomar o lugar de Deus e ser visto como nosso "provedor".
Jesus falou com cuidado sobre buscar a Deus em primei-
ro lugar em sua vida e não deixar que o medo, a ambição, ou
preocupações com o dinheiro ditem suas decisões. Tudo o
que possuímos é um presente de Deus (Tiago 1:17)- Ele é
o nosso verdadeiro Provedor. Ao lidar com o dinheiro como
sendo dEle — e não nosso — nós tomamos o primeiro grande
passo para a prosperidade.

DESAFIO DA SEMANA esgv?


Isole uma área de divisão em seu casamento. Peça ao
Senhor para revelar qualquer coisa que esteja ameaçan-
do a unidade com seu cônjuge. Ore para que Ele faça
o mesmo com ele. Se apropriado, discuta o problema
abertamente, buscando pela unidade de Deus.
DIA 291
O amor acredita na oferta
Honra ao Senhor com os teus bens, e com a
primeira parte àe todos os teus ganhos.
Provérbios 3:9

Deus Se revela como Aquele que oferta — de maneira li-


vre e abundante. A oferta de vida de Cristo é uma doação de
sacrifício da melhor e mais profunda maneira. Se queremos
ser como Ele, então, devemos ser pessoas que ofertam. Do
Antigo Testamento (Malaquias 3:10) até o Novo Testa-
mento (Mateus 23:23), o modelo de oferta foi estabelecido
como o dízimo — dez por cento tirado não das sobras, mas
sim como uma oferta da primícia da nossa renda. Não, Deus
não precisa do nosso dinheiro. Mas no dízimo, nós guarda-
mos o nosso coração da ambição enquanto adoramos a Ele,
como Aquele que oferta cem por cento. Esta é uma forma
de exercitar a nossa fé ao mesmo tempo em que abençoa
outros. Mas o dízimo é meramente um começo. A natureza
da graça é ir além.
Para provar o quão doador Ele é, Deus responde à doação
da nossa oferta e fontes com a doação de Sua grande pro-
visão. Ele sabe que nosso coração naturalmente duvida que
possamos fazer mais com menos, então, Ele nos convida a
testá-lO: "depois fazei prova de mim nisto, diz o Senhor
dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não
derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar
suficiente para a recolherdes" (Malaquias 3:10). Tente você
mesmo. Deixe que Ele se prove fiel. Você descobrirá que
não pode superar a Deus no que se refere ao dar.

«VÊCS ORAÇÃO
"Senhor, perdoa-nos por falhar em sermos generosos
com aquilo que Tu tens nos dado. Leva-nos a obedecer
-Te fisicamente nisto, sabendo que isto honra a Ti e
abençoa os outros. Em nome de Jesus. Amém."
DIA 292

O amor evita a dívida


Quem amar o dinheiro jamais dele se fartará; e quem
amar a abundância nunca se fartará da renda
Eclesiastes 5:10

A ambição não tem limites. Ela pode levar a uma dívida


crescente que leva embora a paz e a harmonia do seu casa-
mento. Mesmo se a tensão financeira estiver mais relaciona-
da com a tentativa de sobreviver com pouco dinheiro do que
com a ambição, a renda é a mesma. O débito é um dreno em
sua vida. Ele lhe torna ansioso, lhe escraviza e provoca culpa
e intranquilidade. Ê por isso que o amor nos leva a evitar as
dívidas financeiras. A Bíblia diz: "Pois se não tens com que
pagar, deixarias que te tirassem até a tua cama de debaixo de
ti?" (Provérbios 22:27).
Quando nós gastamos mais do que recebemos, os ele-
mentos básicos de amor do casamento que mantêm nossa
embarcação em movimento são substituídos pelo excesso
de trabalho e pela fadiga. Nós nos tornamos sensíveis e
preocupados. Os casamentos se tornam mais um esforço de
negócios, uma operação de fazer dinheiro, do que o compar-
tilhar do amor e da vida.
Quando você escolhe contrair mais dívidas em sua vida
— mesmo sendo pela impaciência, ambição ou preocupação —
você está multiplicando um estresse em seu tempo, compro-
misso e casamento.

s»*£9 DESAFIO DA SEMANA


Isole uma área de divisão em seu casamento. Peça ao
Senhor para revelar qualquer coisa que esteja ameaçando
a unidade com seu cônjuge. Ore para que o Senhor faça
o mesmo com ele. Se apropriado, discuta este problema
abertamente, buscando unidade em Deus.
DIA 293
O amor decide junto
O que é direito escolhamos para nós; e
conheçamos entre nós o que é bom.
Jó 34:4

Muitos dos argumentos que aparecem a respeito do


dinheiro da tomada de uma decisão sem consultar o outro.
Quando você aparece em casa com uma grande compra,
ou passa por cima da sensação de cuidado do (a) seu(ua)
parceiro (a) a respeito de um investimento ou sobre a
compra de uma casa, você quebra a confiança do seu relacio-
namento. Você se declara mais capaz em fazer essas coisas
sozinho (a) do que com ajuda. E, quando algumas dessas de-
cisões se revelam sem valor — e elas se revelarão — você abre
o seu casamento para a culpa e ressentimento.
Um de vocês parece ser mais adepto do que o outro em
controlar o talão de cheques e organizar um sistema de
folha de pagamento. Mas, mesmo que você tenha optado
em deixar que ele (ou ela) lidere a gerência do seu dinhei-
ro, isto não significa que você não possa permitir as ideias
dos outros ao tomar decisões financeiras. Deus deu a vocês
um ao outro para equilibrar suas forças e fraquezas. Ao se
associar e ouvir os julgamentos dos outros, você fará um
trabalho melhor de manter suas contas em equilíbrio e seu
casamento fora do vermelho.

PERGUNTAS
Você é um bom ouvinte? O que seu cônjuge diz? Você
estaria desejoso de fazer algumas "regras de unidade"
com seu esposo da próxima vez que tiver uma grande
decisão para tomar?
DIA 294
O amor serve a "Deus, não ao dinheiro
Ninguém pode servir a dois Senhores; porque ou há de odiar
um e amar o outro, ou se dedicará a um e despregará o outro.
Não podeis servir a Deus e a Mamom.
Mateus 6:24

Um dos "desafios de amar" mais significantes é esse: a


escolha de amar e servir a Deus mais do que ao dinheiro.
"Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de
males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspas-
saram a si mesmos com muitas dores" (I Timóteo 6:10).
Na vida, você terá muitas oportunidades de colocar o
"ganhar mais dinheiro" acima do seu casamento, da sua
família e de Deus. Você terá chance de orientar a sua vida
a respeito de como pagar pela próxima grande compra que
você deseja. De qualquer forma, isto tudo se caracteriza
como a prioridade do seu coração. Jesus disse que nós pode-
mos ou servir a Deus ou ao dinheiro, mas não aos dois. En-
tão, não promova o dinheiro a uma posição de gerência. Não
se submeta a ele como se fosse seu patrão. De preferência,
force o seu dinheiro a se submeter a você, a jogar com as
suas regras. Deus promete tomar cuidado daqueles que O
buscam em primeiro lugar. Então, deixe que o dinheiro se
torne uma forma de adoração, não um objeto de adoração.

VÁ MAIS FUNDO &SSP


Leia Mateus 6:10-21. Você usará o dinheiro como unia
ferramente de adoração? Como o alerta no versículo 24
alertará sua vida e suas decisões? A que Senhor você irá
servir?
DIA 295
Amor e casamento
Portanto, deixará o homem pai e mãe, e se
unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne.
Mateus 19:5

Deus tem um plano de como o casamento deve funcio-


nar. Ele consiste em deixar e unir. Ele reconfigura relações
existentes enquanto estabiliza uma nova. Por isso, os casais
que não adotam de coração esta mensagem do "deixar" e
"unir" vão colher as consequências. É quando os problemas
são muito mais difíceis de serem reparados sem machucar
alguém.
"Deixar" significa que você está quebrando um laço
natural. Seus pais desempenham um papel de conselheiros
para serem respeitados mas não podem mais dizer o que
você tem que fazer. O propósito de "deixar" não é abando-
nar todos os contatos com o passado, mas, preferencialmen-
te, preservar a unidade singular capturada pelo casamento.
"Unir" carrega a ideia de pegar alguém ou alguma coisa por
busca, juntando-se a eles como sua nova rocha de refúgio e
segurança.
Deixe. E junte. E deseje andar como um.

m DESAFIO DA SEMANA eDsvp


Há alguma questão de "deixar que você ainda não
tenha conseguido conquistar? Confesse isto para o seu
cônjuge hoje, e resolva fazer isto da forma certa. Siga
com este compromisso com seu cônjuge e com Deus
para fazer do seu casamento prioridade sobre qualquer
outro relacionamento humano.
DIA 296
O amor valoriza a unidade
Assim não são mais dois, mas uma só carne.
Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.
Mateus 19:6

Quando um jovem se casa, um pai pode não estar pronto


para liberá-lo do controle e das expectativas dele. Enquanto
estão em meio a uma dependência doentia ou brigas inter-
nas sobre o ninho vazio, os pais nem sempre abraçam o seu
novo papel e responsabilidade. Em tais casos, o filho cres-
cido — agora casado — tem que praticar a corajosa escolha
do "deixar por si mesmo. Deve ser uma das coisas mais
difíceis que você fará, mas isto honra o plano de Deus, e só
ficará mais difícil se você adiar.
Se você está muito conectado aos seus pais, a identidade
independente de seu casamento não será capaz de florescer.
Você sempre estará hesitante, e novas raízes de ressentimen-
to surgirão em seu relacionamento. Pois, sem "deixar" você
não pode "unir" aquilo que você precisa, e a união do cora-
ção de vocês é necessária para expressar unidade. Unidade é
uma qualidade do casamento para ser guardada a um grande
custo. Somente em unidade você pode se tornar tudo o que
Deus quer que você seja.

qSíG9 ORAÇÃO OSVP


"Deus Pai, se nós temos qualquer problema não resolvi-
do que esteja nos impedindo de experimentar a unidade
que Tu plane) aste para nós, por favor, exponha-os e en-
sina-nos a confiá-los a Ti. Em nome de Jesus. Amém."
DIA 297
O amor vem com um foíano
Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria
mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido.
Efésios 5:3 3

Após a cerimónia do seu casamento, vocês estão livres


para se tornarem tudo o que Deus quer dizer quando Ele os
declara como "uma só carne". Vocês são capazes de alcançar
unidade em sua tomada de decisões, mesmo quando têm
diferentes pontos de vista. Vocês são capazes de alcançar
unidade em suas prioridades, mesmo que tenham diferentes
históricos de vida. Vocês são capazes de alcançar unidade
em suas afeições sexuais um com o outro, mesmo que um
(ou os dois) vivam memórias de impureza em seu passado.
O homem agora é o líder espiritual de seu novo lar, en-
carregado com grande responsabilidade. Ele deve ser amável
e carinhoso com sua esposa assim "como Cristo amou a
Igreja e se deu por ela" (Efésios 5:25). A esposa agora está
em união com ele, chamada para apoiar a liderança dele e
"ver com isso que ela respeita seu marido" (Efésios 5:3 3) •
Quando um casal segue o plano de Deus para o casamento,
eles começam a construir um amor que pode verdadeira-
mente durar por toda a vida.

es*® DESAFIO DA SEMANA (Ssv?


Há alguma questão de "deixar" que você ainda não
tenha conseguido conquistar? Confesse isto para o seu
cônjuge hoje, e resolva fazer isto certo. Siga com este
compromisso com seu cônjuge e com Deus para fazer
do seu casamento prioridade sobre qualquer outro rela-
cionamento humano.
DIA 298
O amor vive fiefo ohíetívo
Para que sejam um, como nós somos um.
João 17:22

Não é incomum para os casais de todos os tipos igno-


rar os planos de Deus para o casamento, pensando que eles
sabem mais do que Ele a respeito de como o relacionamento
deles deve funcionar. Génesis 2:24 pode ter soado legal e
nobre quando envolve o compartilhar dos votos no casa-
mento. Mas o fundamento principal a ser colocado em prá-
tica, este "deixar" e "unir" e se tornar uma só carne, parece
ser muito difícil de se fazer. Embora a vida nos pressione a
ir contra o fluir dos planos de Deus, a realidade é que Ele vê
além e está testando nossa fé enquanto pede que confiemos
nEle.
Se você continuar a manter a paixão de Deus pela uni-
dade em primeiro plano em sua mente e coração, seu rela-
cionamento — ao longo do tempo — começará a refletir o
inevitável plano do "uma só carne" que está impresso no
DNA. Você não tem que ir em busca disso. Já está lá. Mas
você tem que viver isto, ou não há nada mais a esperar do
que desonra e desunião.

<«*© VÁ MAIS FUNDO


Jesus ordenou um modelo para o casamento em Ma-
teus 19:3-6, que vem de Génesis 2:24. Baseado nestas
passagens, responda as seguintes questões: O que é
necessário em um casamento? Do que é necessário abrir
mão? Como é consumado? O casamento é homossexual
ou heterossexual? Ele vem de uma origem homossexual
ou heterossexual? Como a união é descrita?
DIA 299
O amor entende o seu haheí
Tempo de plantar, e tempo de
arrancar o que se plantou.
Eclesiastes 3:2

Quando um homem e uma mulher entram na cerimónia


de casamento, eles ainda estão sobre a autoridade dos pais.
As mães e pais são colocados em um lugar de honra. O
pai da noiva, tradicionalmente, entrega sua filha. Até este
momento, ela esteve sobre a proteção e o cuidado dele. Mas
após a cerimónia, os novos esposo e esposa andam a frente
de qualquer pessoa. Eles andam debaixo da autoridade um
do outro; eles andam debaixo de Deus. No espaço de menos
de uma hora, seus pais mudaram do papel de autoridades
para o papel de conselheiros.
Algumas culturas ensinam o contrário dessa troca de
papéis, esperando que até filhos crescidos, casados, se
submetam à vontade de seus pais. Mesmo nas culturas onde
isto não é o caso na teoria, pode ser algumas vezes o caso na
prática, quando os pais continuam a exercer poder sobre as
decisões do novo casal. Mas este não é o plano estabeleci-
do por Deus. "Portanto deixará o homem o seu pai e a sua
mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne"
(Génesis 2:24). E aqui que o amor é planejado a deixar para
que possa unir.

DESAFIO DA SEMANA SSv?


Há alguma questão de "deixar" que você ainda não
tenha conseguido conquistar? Confesse isto para o seu
cônjuge hoje, e resolva fazer isto de forma certa. Siga
com este compromisso com seu cônjuge e com Deus
para fazer do seu casamento prioridade sobre qualquer
outro relacionamento humano.
DIA 300
O amor se deleita
Nunca mais te chamarão: Desamparada, mm a tua terra
se denominará jamais: Assolada; mas chamaMe-ão:
O meu prazer está nela.
Isaías 62:4

Na relação do seu casamento, você nem sempre se sen-


tirá amando. Ê irreal para o seu coração constantemente se
alegrar com o pensamento de passar cada momento com seu
cônjuge. Ninguém pode manter um desejo ardente de estar
juntos somente nos sentimentos. Mas é também difícil
amar alguém somente pela falta de obrigação.
Por nós mesmos, temos a tendência de sermos reprová-
veis para outra pessoa. Ela vai lhe dar nos nervos. Ele vai lhe
ofender. Mas os nossos dias são muito curtos para desper-
diçarmos fazendo tempestades em copos d'água, A vida é
muito rápida para isto. Pelo contrário, é tempo de dire-
cionar seu coração uma vez mais e se deleitar em seu(ua)
parceiro (a).
Aproveite o seu cônjuge. Pegue na mão dela e busque sua
companhia. Deseje a conversa dele. Lembre-se porque se
apaixonou pela personalidade dele. Aceite esta pessoa — com
suas peculiaridades e tudo — e receba bem ele (ou ela) em
seu coração.

VÁ MAIS FUNDO
Leia Cantares de Salomão 5:2-8 e considere a incons-
tância dos sentimentos deles um pelo outro. Observe
como ela reacende seu desejo por seu(ua) esposo (a).
DIA 301
O amor traz unidade
E a pazjde Deus, para a qual também fostes chamados em
um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos.
Colossenses 3:15

E tempo de deixar o amor mudar seu pensamento. É


tempo de entender que seu cônjuge é tão parte de você
quanto as suas mãos, seus olhos e seu coração. Ele também
precisa ser amado e apreciado. E se sua esposa ou marido
tem problemas causados por dor e frustração, então, você
deve cuidar dele (a) com a mesma medida de amor e ternura
como se fosse uma doença física. Se sua esposa ou marido
está magoado (a) de alguma forma, você deve se vê como
um instrumento que ajuda trazer cura para a vida dele(a).
A luz disso, pense em como você trata o corpo físico de seu
cônjuge. Você o aprecia como o seu próprio? Você o trata
com respeito e ternura? Ou você faz com que eles se sin-
tam tolos e envergonhados? Você faz piadas e menospreza?
Assim como você valoriza seus olhos, mãos e coração, você
deve valorizar seu cônjuge como um presente inestimável.

qt«S9 PERGUNTAS essvp


Você criticou o corpo de seu cônjuge de alguma forma
que o tenha machucado? Caso afirmativo, você pediu
perdão por isso? Quais são algumas das formas que
você pode honrar e apreciar o corpo de seu marido ou
esposa?
DIA 302
O amor contínua a honrar
Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem
05 teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.
Êxodo 20:12

Mesmo que uma mulher e um marido estejam livres de


sua obrigação de obedecer as ordens de seus pais, a Bíblia dá
uma clara instrução de que honrar os pais é um dever que
deve ser cumprido por toda vida. Seja livre e generoso com
suas expressões de agradecimento para com sua mãe e seu
pai. Dê peso aos alertas e conselhos, respeite o julgamento
deles, não ignorando o que eles têm a dizer. Comunique-se
com eles sobre as coisas que estão acontecendo, sabendo
que muitas dessas bênçãos que você desfruta resultam inves-
timentos que eles fizeram em você. A medida que eles vão
ficando mais velhos, comprometa-se em cuidar deles quanto
mais seja possível, mesmo se isso se torne um sacrifício ou
seja inconveniente.
É verdade que alguns pais têm sido (e talvez continuem
sendo) frios, ásperos e grosseiros. E mesmo que você não
possa honrar suas atitudes e ações, sua escolha em viver uma
vida de devoção e exemplo será um testamento de gratidão
para eles, por darem a você a vida. "Um filho sábio traz
alegria para seu pai" (Provérbios 10:1). A maior honra que
alguém pode dar a seus pais é a honra de uma vida bem
vivida.

DESAFIO DA SEMANA
Se possível, convide seus pais (ou um casal mais velho
que sirva a Deus) para saírem com vocês. Use a lista
do "Caçadores do Tesouro" anexada ao Apêndice para
aprender com as experiências de vida deles.
DIA 303
O amor traz (iherdade
Onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade.
2 Coríntios 3:17

Ao lidar com a família do cônjuge, há uma palavra de


diferença entre honrar e obedecer. Honrar significa recom-
pensá-los com seu respeito e preocupação. Mas eles não
estão permitidos a dirigir sua vida ou exigir nada de você.
Seu casamento amarrou o nó e quebrou permanentemente
o cordão umbilical. Eles, também, são chamados por Deus
para mostrar respeito ao deixar você ser a autoridade sobre
sua nova unidade da família.
Se este limite está rompido e violado, o filho crescido
deve ir até sua mãe ou pai — com honra — e insistir em um
respeito por privacidade e a liberdade de tomar decisões sem
ter medo de ofender. Esses amáveis lembretes podem ou
não ser bem recebidos. Mas, sua lealdade a seu cônjuge deve
tomar o procedente sobre o seu desejo de agradar sua mãe e
seu pai.
Se você tem filhos casados, você deve ser o (a)
primeiro (a) a perceber quando eles estão cometendo erros,
ou você pode ter um tempo difícil em relação ao seu genro
ou nora. Mas você deve estar ciente dos limites que eles
têm, mostrando uma amável moderação e confiando em
Deus pelo cuidado e futuro.

-cpss VÁ MAIS FUNDO essv?


Jesus manteve um equilíbrio em Seus ensinamentos em
honrar os pais (Mateus 15:1-6) mesmo não tendo rom-
pido os limites em Sua lealdade com eles (Leia Mateus
10:37; 12:46-50).
DIA 304
O amor estahefece dírdmes
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à
Isaías 43:19

Alguns casais entram em um casamento para repetir o


que eles vivenciaram enquanto cresciam e observavam seus
pais. Outros, cuja educação esteve longe de ser a melhor,
balançam o pêndulo e fazem o mais diferente que podem
dos seus pais. Às vezes, as melhores lições que as crianças
aprendem com os pais é sobre o que não fazer.
A verdade é, mesmo os melhores pais cometem erros ao
constituir sua família. Pode ser que haja muito para ser me-
lhorado em seu pai e sua mãe, e você é sábio para aprender
com os bons exemplos e construir em cima dos exemplos
deles. Mas, seu chamado não é ser um espelho do casamento
deles, não importando o quão amável ele tenha sido. Deus
deu a você os pais que Ele criou para você, mas Ele quer
que você construa sobre o sucesso deles e evite suas falhas.
Você deve quebrar as cadeias de pecados que passaram pelas
gerações e perdoar completamente os seus pais e seguir em
frente em fé. E, o mais importante: você deve submeter sua
vida ao Senhorio de Cristo e à diretriz de Sua Palavra. For-
mule as regras para sua própria família seguindo as regras
dEle. Ele é o nosso modelo e maior ideal.

DESAFIO DA SEMANA © * Í P
Se possível, convide seus pais (ou um casal mais velho
que sirva a Deus) para saírem com vocês. Use a lista
do "Caçadores do Tesouro" anexada ao Apêndice para
aprender com as experiências de vida deles.
DIA 305
O amor conhece as necessidades sexuais
Venerado seja entre todos o matrimonio e o leito sem mácula; porém,
aos que se dão a prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará.
Hebreus 13:4

Os fundamentos bíblicos para o casamento foram origi-


nalmente expressados na criação de Adão e Eva. Ela foi feita
para ser uma "ajudadora idónea para ele" (Génesis 2:18).
A unidade do relacionamento e dos corpos físicos deles era
forte, e foi dito para que eles se tornassem "uma só carne"
(Génesis 2:24). Esta mesma unidade é um carimbo em cada
casamento. Isto é tão sagrado que nós não compartilhamos
estas mesmas experiências com ninguém.
"Fostes comprado por um bom preço," Deus declara em
Sua Palavra (I Coríntios 6:20). Ele põe as afeições dEle em
você e faz de tudo para levar você a desejá-lO, assim como
Ele falou a Israel dizendo: "Portanto, eis que eu a atrairei...
e lhe faiarei ao coração." (Oséias 2:14)- Agora é a sua vez
de ganhar o coração de seu(ua) parceiro (a). Quando fizer,
você aproveitará o puro deleite que flui quando o sexo é
expressado pelas razões corretas. Você tem também a opor-
tunidade de "glorificar a Deus em seu corpo" quando vocês
se juntam (I Coríntios 6:20). Que lindo.

-r*as> ORAÇÃO S^E?


"Senhor, dá-nos o prazer em nossa intimidade que Tu
planejaste para nós. Ajuda-nos a amar sem egoísmos e
ansiar agradar um ao outro de uma forma que agrade a
Ti. Em nome de Jesus. Amém."
DIA 306
O amor abençoa a intimidade
Graça e pa^da parte de Deus nosso Pai,
e do Senhor Jesus Cristo.
I Coríntios 7:3

Algumas pessoas acreditam que a Bíblia não tem nada de


bom para dizer sobre sexo, como se tudo o que Deus qui-
sesse fosse nos dizer quando não fazê-lo e com quem não
fazê-lo. Na realidade, contudo, Deus tem grandes coisas a
dizer a respeito do sexo e da bênção que ele pode ser para
ambos, marido e esposa. Mesmo os limites e as restrições
são maneiras de Deus manter a nossa experiência sexual em
um nível muito mais elevado do que os anunciados na tele-
visão e nos filmes. Ao aproveitar o sexo no lugar adequado,
nós aproveitamos a liberdade de sermos levados para uma
pureza maior, mais do que a vergonha de sentir que somos
levados para longe das bênçãos e dos propósitos dEle.
No casamento cristão, o romance é feito para prosperar
e florescer. Acima de tudo, foi criado por Deus. É parte de
celebrar o que Deus nos deu, se tornando um com nosso (a)
parceiro (a) enquanto simultaneamente buscam pureza e
santidade. Ele tem prazer em nós quando isso acontece.

DESAFIO DA SEMANA
Se possível, convide seus pais (ou um casal mais velho
que sirva a Deus) para saírem com vocês. Use a lista
do "Caçadores do Tesouro" anexada ao Apêndice para
aprender com as experiências de vida deles.
DIA 307

O amor é criado para dar


A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no
o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder
sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher.
I Coríntios 7:4

Dentro dos limites do seu casamento, é biblicamente


saudável edificar necessidades sexuais. O desejo não é uma
razão para culpa ou um motivo para resistir, mas, de prefe-
rência, uma oportunidade para nossa unidade ser aprovei-
tada, preservada e celebrada. Quando esta legítima neces-
sidade permanece desconhecida — quando é tratada com
egoísmo e exigência pelo outro — nosso coração está sujeito
a ser levado para longe do casamento, íntencionando preen-
cher este anseio em algum outro lugar, de outra forma.
Isto é porque, para contrariar esta tendência, Deus
estabeleceu um casamento com a mentalidade do "uma só
carne". O sexo não é para ser usado como um instrumen-
to de barganha. Ele não é algo que Deus permite que nós
retenhamos sem consequência. Embora possa haver certos
abusos com esse sistema divinamente projetado, a essência
do casamento é dar-nos uns para os outros para encontrar
a necessidade dos outros. O sexo é uma oportunidade dada
por Deus para que nós preenchamos este propósito.

•&&) VÁ MAIS FUNDO


Leia I Coríntios 7:1-5- Os desejos de Deus por pureza
e unidade são satisfeitos em um casamento saudável e
com devoção a Deus. O que o versículo 5 diz sobre as
possíveis consequências de não estarem juntos sexual-
mente?
DIA 308
Q amor não priva
Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por
algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração;
e depois ajuntai-vos outra vez^ para que Satanás
não vos tente pela vossa incontinência.
I Coríntios 7:5

Você é a pessoa designada por Deus para atender as


necessidades sexuais de seu cônjuge. Se você permitir que
a distância cresça entre vocês nesta área, você está toman-
do algo que pertence por direito ao seu cônjuge, deixando
que ele (ou ela) lute uma luta interna com a frustração e o
pecado. Se você deixar seu parceiro (a) saber que o sexo não
precisa ser mais do que você quer que ele seja, você rouba
seu cônjuge da honra e da ternura ordenadas na Bíblia e que
deve estar presente em todo relacionamento. Você viola a
unidade de "uma só carne", quando faz do sexo algo que diz
respeito somente a você.
Então, se você está sendo privado ou está privando o
outro, saiba que o plano de Deus para você é chegar a um
consenso com seu cônjuge em relação a isso. O amor está
no caminho para restabelecer uma união de amor entre cada
um de vocês. Todas as coisas que O Desafio de Amar entoa —
paciência, doçura, abnegação, consideração, proteção, honra,
perdão — terão papel na renovação da intimidade sexual de
vocês.

PERGUNTAS
Como você pode demonstrar para seu cônjuge que você
deseja atender as necessidades sexuais com a atitude
correta? Você diria que Deus está se agradando da sua
visão nesta área?
DIA 309
Oamoréfouro
Todas as coisas são puras para os puros, mas nada é puro
para os contaminados e infiéis; antes o seu entendimento
e consciência estão contaminados.
Tito 1:15

Deus criou o sexo como um presente santo e puro para


ser integralmente aproveitado na beleza da intimidade
matrimonial. Ele não é meramente consentido para que seja
compartilhado entre adultos, mas é um presente de casa-
mento de Deus para um marido e uma esposa como uma
celebração contínua da aliança de amor deles.
Em muitos casos, a estupidez fez com que os pais não
retratassem os sentimentos sexuais como uma bênção de
Deus, deixando os filhos entrarem em um casamento ainda
pensando em sexo como uma palavra suja. Se você chegou
a pecar ao experimentar a intimidade sexual antes do casa-
mento, você pode continuar a carregar a falsa percepção de
que o sexo é impuro.
Esta é a forma do diabo: distorcer a honra do plano de
Deus e então nos tentar a buscar o cumprimento dos nossos
desejos de maneiras não santas. Mas se as decepções dele
mancharam a pura imagem do sexo em sua mente, agora é
tempo de confessar os pecados de seu passado, abraçar a
limpa misericórdia de Deus e direcionar o seu pensamento
de acordo com seu cônjuge. Faça isto com uma liberdade
pura e perfeita.

*s&3 DESAFIO DA SEMANA eagvp


Se possível, relacione-se sexualmente com o seu marido
ou com a sua esposa hoje. Faça isso de maneira que hon-
re o seu conjugue. Peça a Deus para que esse momento
seja agradável para os dois e para que também seja um
caminho para uma intimidade cada vez maior.
DIA 310
O amor acomoda
Eu sou do meu amado, e ele me tem afeição.
Cantares de Salomão 7:10

Você e seu(ua) parceiro (a) são indubitavelmente condi-


cionados diferentemente quando falamos dos sentimentos
de romance. Geralmente, homens são micro-ondas, rapi-
damente ligados e prontos em questão de segundos. As
mulheres, normalmente, são mais parecidas com aqueles
forninhos elétricos, que cozinham lentamente. Leva tempo
e paciência para funcionarem. Ser estimulado sexualmente
requer planejar e pensar à frente.
Como qualquer presente que vocês dão um para o outro,
é importante saber do que o seu cônjuge gosta — os gostos
e desgostos dele, os gostos e preferências dela. Conversar
particularmente sobre as preferências sexuais de vocês deve-
ria ser parte da diversão do casamento. Algumas das res-
postas que você vai ouvir podem lhe surpreender. A paixão
não é necessariamente representada por lençóis de seda e
velas. Um marido que se oferece para limpar a cozinha e dar
banho nas crianças pode mexer com o desejo de uma mulher
para estar com ele sexualmente. Uma esposa pegando a mão
do marido dela e orando por ele pode fazer ele querê-la em
seus braços. Passe um tempo para aprender o que agrada
seu(ua) parceiro (a) nesta área. Então, aproveite a intimida-
de que Deus planejou somente para vocês dois.

VÁ MAIS FUNDO
Como os princípios de submissão mútua (Efésios 5:21)
e posse mútua (I Coríntios 7:1-3) se transformam em
uma amável acomodação na cama do casamento?
DIA 311
Q amor reconhece o vafor
Não deis aos cães as coisas santas, nem
deiteis aos porcos as vossas pérolas.
Mateus 7:6

O santo casamento é mais do que formular uma licen-


ça de casamento. Ver o seu relacionamento nestes termos
sagrados é uma das coisas que o cobrem em segurança e
honra. Isto muda a forma que você trata ou fala sobre seu
cônjuge e faz com que você evite fazer qualquer coisa que
causaria uma zombaria nesta união santa. Tratar o casamen-
to como algo menos do que santo seria como usar pratos
de porcelana para alimentar seu bichinho de estimação ou
cortar a grama com suas roupas de casamento.
É por isso que o amor nos leva a colocar nosso casamen-
to em um lugar de honra. Nós então louvamos e defende-
mos abertamente nosso (a) parceiro (a) em público, nunca
o (a) criticando ou fazendo piadas com seus costumes.
Nós guardamos a honra dele (a) e o (a) protegemos o mais
humanamente possível de qualquer mal que possa chegar a
ele (a). Nós não usamos uma linguagem vulgar com o nosso
cônjuge ou nos entretemos com formas de mídia que não
são benéficas à relação santa que nós compartilhamos. O
amor busca a santidade e procura preservar sua santidade até
nos dias mais normais.

DESAFIO DA SEMANA
Se possível, relacione-se sexualmente com seu marido
ou esposa. Faça isso de forma que honre aquilo que seu
cônjuge lhe disse sobre o que ele precisa sexualmente.
Peça a Deus para fazer este momento prazeroso para vo-
cês dois e para que também seja um caminho de maior
intimidade.
DIA 312
Oamornãoconstróiarmas
Tal é o meu amado, e tal o meu amigo.
Cantares de Salomão 5:16

Deus ordenou que maridos e esposas atendessem as


necessidades sexuais um do outro (I Coríntios 7:3-5). Isto
não é uma sugestão: é uma ordem. Parte da sua promessa
quando você concordou em se casar foi servir amavelmente
às necessidades de seu(ua) parceiro (a). Você também deu a
ele (a) o seu corpo como posse santa dele (a).
É bem possível que seu cônjuge não sustente a parte dele
neste compromisso. Ele (a) pode não merecer ser trata-
do com ternura e aceitação. Mas, mesmo se o seu desejo
romântico por ele seja agora pouco ou inexistente, ocultar
a afeição só vai aprofundar a divisão entre vocês. Você pode
até descobrir na cama do casamento que esta concessão
pode provocar um renovo em seu amor um pelo outro.
Então, se você está recusando seu corpo para o seu
cônjuge, usando o sexo como uma arma para colocar seu
plano em prática e punir os erros, você está se juntado a ele
em desobediência. Ame a ele (a) como ao Senhor, de acordo
com a palavra dEle e o Seu amor por você. Se algumas táti-
cas são necessárias em seu casamento, que elas sejam aquelas
que Deus usa para curar e restaurar.

<^m ORAÇÃO @igyp


"Senhor, dá-nos a Tua visão do nosso corpo, que a nossa
intimidade é compartilhada em alegria e um amor que
preenche. Junta-nos de coração. Que nós verdadeira-
mente aproveitemos o presente que Tu nos destes. Em
nome de Jesus. Amém."
DIA 313

O amor aprecia as crianças


Mas vós frutificai e multiplicai-vos; povoai
abundantemente a terra, e multiplicai-vos nela.
Génesis 9:7

A Bíblia é uma prova escrita de que Deus valoriza muito


as crianças. As primeiras palavras dEle para os recém-criados
homem e mulher foi "frutificai e multiplicai-vos, e enchei
a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e
sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move
sobre a terra" (Génesis 1:28). As palavras de fechamento do
Antigo Testamento, antecipando a vinda de Cristo, foram
para profetizar que Ele converteria "o coração dos pais aos
filhos, e o coração dos filhos a seus pais" (Malaquias 4:6).
O próprio Jesus obviamente tinha grande consideração com
as crianças, ao contrário de Seus discípulos que as conside-
ravam um incómodo e interrupção da obra de Cristo, que
era mais importante, "Deixe que venham a mim as crianças",
defendeu Jesus. "Não os impeçais; porque dos tais é o reino
de Deus" (Marcos 10:14).
Nosso Senhor está olhando por "uma descendência
devota" (Malaquias 2:15). O Criador da vida planejou o ca-
samento para ser o solo fértil onde Sua família possa nascer,
crescer e viver como um testemunho de Seu poder e justiça.
Amar como Deus é amar as crianças.

<&m DESAFIO DA SEMANA ©so?


Se possível, relacione-se sexualmente com o seu marido
ou com sua esposa hoje. Faça isso de maneira que honre
o seu cônjuge. Peça a Deus para que esse momento seja
agradável para os dois e para que também seja um cami-
nho para uma intimidade cada vez maior.
DIA 314
O amor anseia por crianças
Eis que os filhos são herança do Senhor,
e o fruto do ventre o seu galardão.
Salmos 127:3

As gerações vivem em círculos onde grandes famílias são


valorizadas ou desencorajadas. Algumas culturas colocam
restrições no número de filhos que o casal deve ter. Mas a
Bíblia é sempre o nosso determinante de verdade e sabedo-
ria. Deus declara através da Sua Palavra que as crianças são
um presente e uma bênção das mãos dEle. A maioria de nós
quer todas as bênçãos que sejamos capazes de ter.
Quando Deus fala sobre crianças nas Escrituras, Ele
muitas vezes usa analogias das coisas que nós geralmente
queremos muito ter, o quanto mais pudermos ter. "Como
flechas na mão de um homem poderoso" (Salmos 127-4) —
um guerreiro na batalha deseja somente uma pouca quan-
tidade de munição? Como a "videira frutífera" (Salmos
128:3) — nós preferimos muitos ou poucos frutos? "Uma
herança do Senhor" (Salmos 127:3) — a maioria das pesso-
as espera por uma pequena herança?
Seja por reprodução ou adoção, não deixe que suas deci-
sões sobre as crianças sejam ditadas pelas palavras padrões
mais do que suas próprias opiniões e preferências. Deixe
que a Palavra de Deus seja o seu guia, confiando nEle para
edificar sua família e fazer crescer a próxima geração de
fiéis.

PERGUNTAS
Você perguntou ao Senhor quantos filhos você precisa
ter? Suas razões são bíblicas? Você está desejoso (a) de
confiar nEle nesta área?
DIA 315
O amor é rnefhorhara as crianças
i

Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua
astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos
sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo.
2 Coríntios 11:3

Embora o seu amor e lealdade um com o outro sejam


instruídos pelas Escrituras para ser tão forte como a morte,
eles devem sempre se sujeitar a sua devoção a Cristo. E, da
mesma forma, tão valiosas quanto as crianças são aos olhos
de Deus e Seu povo, seu casamento toma precedente. Os
pais têm o fardo de se sacrificarem por seus filhos. Não
espere por viagens pessoais todo fim de semana. Mas os pais
que habitualmente ignoram suas relações interpessoais por
conta das crianças sofrerão com a indulgência.
Uma das desculpas mais comuns ouvidas para o divór-
cio é que isto será "melhor para as crianças". Mas, o que
é melhor para as crianças do que ver a mãe e o pai delas
demonstrando um amor incondicional um pelo outro,
mantendo o compromisso deles, resolvendo os problemas e
preservando o legado da tolerância. O que é melhor para as
crianças é quando os pais lembram que amar um ao outro é
um presente que eles não dão somente um para o outro, mas
também para as gerações futuras.

«~2> VÁ MAIS FUNDO Cago?


Os pais são ordenados a educar seus filhos (Efésios
6:4) e responder às necessidades deles (I Timóteo
5:7-8), mas crianças de sucesso vêm de pais que ficam
juntos e evitam o divórcio (Malaquias 2:13-15).
DIA 316
O amor comhfeta um ao outro
Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão;
mas um só, como se aquentará?
Eclesiastes 4:11

Deus criou o casamento unindo o homem e a mulher.


Este aspecto de amor de "completar" foi revelado à humani-
dade desde o começo.
Deus originou a raça humana com um macho e uma fê-
mea — dois projetos similares, mas complementares, criados
para funcionar em harmonia. Nosso corpo é feito um para
o outro. Nossas naturezas e temperamentos dão equilíbrio
para o outro, nos capacitando a completar com mais eficiên-
cia as tarefas a fazer. Nossa unidade pode produzir filhos e
nosso trabalho em equipe pode fazer com que eles cresçam
saudáveis e maduros.
Quando um está fraco, o outro está forte. Quando um
precisa edificar, o outro está capacitado para motivá-lo,
encorajá-la. Nós podemos multiplicar a alegria um do outro
e dividir a tristeza um do outro. Embora nossas diferenças
sejam, frequentemente a fonte da falta de entendimento e
conflito entre nós, elas têm sido criadas por Deus e podem
ser bênçãos permanentes se as respeitarmos.

<&& DESAFIO DA SEMANA


Seu cônjuge é essencial para o seu sucesso futuro. Deixe
que ele saiba que você deseja inclui-lo em suas decisões
futuras, e que você precisa da perspectiva e do conselho
deles. Se você ignorou as ideias deles no passado, peça
perdão.
DIA 317
O amor muftipfica a efetivídade
Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai
do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante.
Eclesiastes 4:10

Suas duas mãos não somente coexistem, elas multiplicam


a eficácia uma da outra. Elas cooperam juntas para cumprir
as tarefas que não poderiam ser feitas se elas não traba-
lhassem em harmonia. E para continuar a ter sucesso neste
nível, cada mão deve ser vista como incompleta sem a outra.
A mesma verdade se aplica ao casamento. Um de vocês
deve ser melhor na cozinha, enquanto o outro é melhor la-
vando a louça. Um pode ser mais gentil e capaz de manter a
paz entre os membros da família, enquanto o outro lida com
a disciplina com mais eficácia. Um pode ter um bom negó-
cio, mas precisa do outro para ajudá-lo a ser generoso.
Quando aprendemos a aceitar as únicas distinções em
nosso (a) parceiro (a), nós podemos ultrapassar a crítica e
ajudar e estimar diretamente. Tome vantagem da exclusivi-
dade que faz cada um de nós mais eficaz, e seja grato pelos
benefícios que isto acrescenta em seu casamento.

-ms> VÁ MAIS FUNDO isso?


Leia as incríveis verdades encontradas em Eclesiastes
4:9-12. Você e seu cônjuge reconhecem o valor que o
outro acrescenta a sua vida? Estude esta passagem e bus-
que se tornar um exemplo vivo disto. Deixe que Deus se
torne o terceiro fio do cordão do seu casamento.
D1A318

O amor recebe discernimento


"E, estando ele assentado no tribunal, sua mulher
mandou-lhe dizer: Não entres na questão desse justo."
Mateus 27:19

Pôncio Pilatos, o governador romano que presidiu o jul-


gamento de Jesus, não estava ciente de quem Cristo era. E,
contra seu melhor julgamento, ele permitiu que a multidão
o influenciasse a crucificar Jesus. Porém uma pessoa que era
mais sensível para o que estava realmente acontecendo foi
a própria esposa de Pilatos, que veio a ele em meio a todo
alvoroço e o alertou de que ele estava cometendo um erro.
O pouco caso de Pilatos com a intuição de sua esposa
revela um lado infeliz da natureza do homem. Deus fez as
esposas para completarem seus maridos, e Ele dá a elas um
discernimento que em muitos casos não é compartilhado
com seus esposos. Se este discernimento é ignorado, isto
acontece muitas vezes em detrimento do homem que está
decidindo algo. Sempre estamos em uma melhor posição
para ver todo5 os ângulos de uma situação quando traba-
lhamos juntos, trazendo nossas várias perspectivas e dis-
cernimentos para dar luz ao problema. Quando os maridos
vivem com (suas) esposas de uma forma compreensível (I
Pedro 3:7), eles estão honrando suas noivas e guardando sua
unidade matrimonial.

<&m DESAFIO DA SEMANA


Seu cônjuge é essencial para o seu sucesso futuro. Deixe
que ele saiba que você deseja inclui-lo em suas decisões
futuras, e que você precisa da perspectiva e do conselho
dele (a). Se você ignorou as ideias dele (a) no passado,
peça perdão.
DIA 319
O amor pede por ajuda
Quando não há conselhos os planos se dispersam,
mas havendo muitos conselheiros eles se firmam.
Provérbios 15:22

O sucesso de seu casamento depende do trabalho em


conjunto de vocês dois. Você tem grandes decisões a tomar
sobre finanças? Você está tendo um problema real com um
colega de trabalho? Você está absolutamente convencido de
que suas escolhas educacionais para as crianças estão certas,
não importa o que o seu cônjuge pense?
Não faça as análises por si só. Não negue o direito de
voz do (a) seu(ua) esposo (a) com um problema que afeta
vocês dois. O amor entende que Deus juntou vocês com um
propósito. E embora você possa discordar com as perspec-
tivas de seu(ua) parceiro (a), você deve ainda dar respeito e
consideração à visão dele. Esta honra foi planejada por Deus
para o seu relacionamento e guarda a unidade que Ele de-
seja. O processo de compartilhar e ouvir mantém o mútuo
respeito de vocês e o nível de confiança alto. Juntos vocês
são maiores do que separados. Vocês precisam um do outro.
Vocês se completam.

ORAÇÃO
"Deus Pai, nós precisamos que Tu nos lembre de manter
nosso cônjuge envolvido ein nossa vida. Faça-nos ainda
mais uma equipe. Faça de nós parceiros naquilo que
Tu nos chamaste para fazer. Abençoa-nos, em nome de
Jesus. Amém."
DIA 320
O amor intensifica
E tomou o Senhor Deus o homem, e o pôs no
jardim do Éden para o lavrar e o guardar.
Génesis 2:15

Adão tinha muito trabalho no Jardim. Ele foi comissio-


nado a administrar e plantar a vegetação que Deus tinha
colocado lá. Ele teve a tarefa de nomear e dar identidade
para as criaturas que compartilhavam este espaço vivo ideal.
Uma mulher foi dada para ele amar e liderar, unindo-se com
ela como uma carne e honrando-a com sua esposa.
Os mesmos objetivos e comandos existem para os
homens de hoje. Eles são chamados para corajosamente
liderarem suas famílias em total submissão ao Pai, "do qual
toda a família nos céus e na terra toma o nome" (Efésios
3:15)- Eles são chamados para estabilizar a identidade de
suas esposas e filhos, ajudando-os a andar em confiança de
serem amados. Eles são chamados para florescer o coração
dos membros de sua família, para guardá-los e protegê-los,
para trabalhar e prover para eles, para ensiná-los e treiná-los
em amor fiel e verdadeiro. Temendo a Deus e O amando de
todo coração, um homem pode dizer com confiança "eu e
minha casa, serviremos ao Senhor".

*&m DESAFIO DA SEMANA íSgv?


Seu cônjuge é essencial para o seu sucesso futuro. Deixe
que ele saiba que você deseja inclui-lo em suas decisões
futuras, e que você precisa da perspectiva e do conselho
dele (a). Se você ignorou as ideias dele (a) no passado,
peça perdão.
DIA 321
Oamoréumawênçao
A casa e os bens são herança dos pais; porém
do Senhor vem a esposa prudente.
Provérbios 19:14

Assim como os homens têm papéis ordenados biblica-


mente no casamento, as mulheres também são chamadas
para as obrigações e responsabilidades que são significantes.
A mulher foi criada por Deus para ser uma "ajudadora" ou
"companheira" para o homem (Génesis 2:18). Ela vem ao
lado, para ajudá-lo em seu trabalho e posição, capacitando-o
para ter sucesso ao se doar por ele. Ela é capacitada a servir
com ele como uma amiga, e para ser a única amante que
ministre as suas necessidades. "A mulher virtuosa é a coroa
do seu marido" (Provérbios 12:4).
Como mulher, ela provê as necessidades das crianças e da
família, doando-se para assegurar que eles estejam vestidos,
alimentados e nutridos. "Ela abre sua boca com sabedoria"
para aconselhar com seu discernimento divino e com "uma
instrução de amor em sua língua" (Provérbios 31:26). Além
de uma companhia para o seu marido, ela é também uma
irmã em Cristo e coerdeira da graça de Deus (l Pedro 3:7),
encorajando seu marido a permanecer verdadeiramente em
seu chamado no Senhor. Ele bendiz a Deus ao abençoar os
outros ao seu redor.

<s*ss QUESTÕES
Marido, você honra sua esposa como uma inestimável
ajudadora para sua vida? Se não, você desejaria pedir a
Deus para dar a perspectiva dEle a você?
DIA 322

O amor é respeitoso
Porque também Cristo •padeceu uma vezjpelos pecados, o justo
pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade,
na carne, mas vivificado pelo Espírito
I Pedro 3:16

Todos os homens desejam ser profundamente respeita-


dos. É difícil subestimar o valor do respeito no coração de
um homem, a força que é despertada nele quando sua es-
posa dá a ele honra por quem ele é e o que ele faz. Há uma
razão para Deus resumir as instruções do casamento orde-
nando que a esposa "respeite seu marido" (Efésios 5:3 3).
Isto ressoa em sua virilidade e se torna como adrenalina na
corrente sanguínea dele. Ele pode ver sua confiança começar
a explodir. Não importa o quão envergonhado ou derrotado
ele possa estar, o gentil começa o processo que o anima de
volta para a ação.
Os homens simplesmente tendem a se mover para am-
bientes onde são mais respeitados e apoiados com grande
honra. Isto não é para dizer que a falha ao tratá-lo com
grande respeito é uma desculpa para ele abandonar a casa ou
não ser encontrado nela. Nenhum desses significa que tudo
que ele fez é respeitável ou digno de admiração. Mas há
formas de, com graça, confrontar seu marido e deixá-lo se
sentir amado e encorajado.
Goste você ou não, seu respeito constante é o segredo
para o coração dele.

VÁ MAIS FUNDO
Leia Efésios 5:3 3 e I Pedro 3:1-2. Deus está mostrando
uma chave para o sucesso da esposa. A ordenança para
respeitar permanece independentemente de o marido ser
um cristão ou não.
DIA 323
Ueve-se morrer por amor
Ninguém tem maior amor do que este, de dar
alguém a sua vida pelos seus amigos.
João 15:13

Poucos homens vivem por algo digno de morte. Mas


todo homem tem isto em sua esposa. Alguns desafiam a no-
ção que as esposas possuem respeito para com seus maridos.
Mas o que poderia ser mais desencorajador do que ser orde-
nado por Deus a amar alguém para a morte — literalmente,
considerar dar a sua vida pelo seu cônjuge?
Ê isto que a Palavra de Deus declara. "Vós, maridos,
amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja,
e a si mesmo se entregou por ela" (Efésios 5:25). E embo-
ra defender sua esposa em amor não seja como chegar até
a morte física, ela é digna de sua vida todos os dias — vale
uma decisão contínua e deliberada para morrer para você e
deixar tudo o que é seu para servi-la.
Ela não tem que ser amável em retorno para fazer valer a
sua missão. Nosso amor certamente não foi um pré-requi-
sito para o amor de Deus por nós. Deus a criou com uma
profunda necessidade em seu coração para ser amada e apre-
ciada. E Ele criou você como aquele de quem ela necessita
para receber isto de você. Ame-a primeiro. Ame-a corajosa-
mente. Ame-a sacrificialmente.

DESAFIO DA SEMANA
Ache um exemplo recente e específico de quando seu
cônjuge demonstrou uma característica cristã de forma
notável. Elogie-o verbalmente por isto em algum ponto
esta semana.
DIA 324
Q amor é sábio
Não abandones a sabedoria e ela te guardará;
ama-a, e ela te protegerá.
Provérbios 4:6

Você não faria nada pensado para desonrar intencional-


mente o seu casamento. Mas quando a insensatez reina em
sua casa, o orgulho e a desgraça a seguem de perto. Infeliz-
mente, a insensatez é o subproduto de uma vida vivida sem
sabedoria, a qual vem de Deus, da Sua Palavra, do pensar e
ouvir, e de uma propensa observação.
Poucas coisas são mais satisfatórias de se ter em um
casamento do que a sabedoria, e ela dá frutos muito maiores
em seu investimento. Na verdade, a sabedoria está sempre
conectada com outras nobres qualidades; como humildade e
honra que ajudam muito em sua relação marital.
A tolice, por outro lado, está permanentemente conecta-
da ao orgulho e à vergonha. Ela sempre leva à desarmonia e
desonra. Uma pessoa sábia constrói sua casa, "mas a tola a
destrói com suas próprias mãos" (Provérbios 14:1). Com a
sabedoria você consegue honra, com a tolice, você tem des-
graça. Uma não tem preço e a outra não tem valor. E, aquela
com a qual você gasta o seu tempo buscando, refletirá no
tipo de pessoa que voct realmente será.

^S) VÁ MAIS FUNDO Gass?


Leia Provérbios 11:2; 14:1 e 18:12. Cada um desses
nos encoraja a abraçar um estilo de vida de sabedoria.
A sabedoria é uma aplicação correta do conhecimento,
resultando em boas decisões.
DIA 325
O amor celebra as díreírizes de Ueus
O amor não folga com a injustiça, mas folga com a verdade
I Coríntios 13:6

A partir do momento em que você fecha a sua Bíblia de


manhã, quase tudo o que você encontrar ao longo do dia lhe
atrairá para longe das verdades dela. As opiniões dos seus
colegas de trabalho, as notícias na televisão, os sites que
você acessa na Internet — tudo isso e mais estarão trabalhan-
do para modelar suas percepções do que é verdade e o que é
mais desejável na vida.
Eles dirão muitas coisas. E eles dirão estas coisas em
voz alta e frequente o bastante para que, se você não tomar
cuidado, possa começar a acreditar nelas. Você pode começar
a valorizar o que todo mundo valoriza, pensando da forma
como todo mundo pensa.
Mas o significado de "vida real" muda dramaticamente
quando nós entendemos que a Palavra de Deus é a expressão
mais moderna sobre o que é a vida real. Os ensinamentos
contidos nela não são somente bons pensamentos sobre
aquilo que diz respeito a nós. Eles são princípios que re-
fletem a forma que as coisas realmente são e a forma como
Deus criou a vida e quis que ela fosse. Seus ideais e instru-
ções são somente trilhas para a verdadeira bênção. E quando
vemos pessoas seguindo-os em obediência ao Senhor, isto
deve nos causar alegria.

<&& DESAFIO DA SEMANA &$s>


Ache um exemplo recente e específico de quando seu
cônjuge demonstrou uma característica cristã de forma
notável. Elogie-o verbalmente por isto em algum ponto
esta semana.
DIA 326
O amor é influente
Não tenho maior go^o do que este, o de ouvir
que os meus filhos andam na verdade.
3 João 4

O que o seu marido faz que lhe deixa mais orgulhosa?


É quando ele chega em casa com um trofeu do torneio de
futebol ou quando ele reúne a família em volta da cama para
orarem juntos e lerem a Palavra?
O que mais lhe deixa feliz em sua esposa? E vê-la ten-
tando aplicar uma nova técnica de pintura no quarto das
crianças ou é vê-la perdoar o vizinho cujo cachorro destruiu
algumas de suas flores?
Você é uma das pessoas mais influentes na vida de seu
cônjuge. Você tem usado sua influência para levá-lo a honrar
a Deus ou a desonrá-lO? O amor se alegra mais nas coi-
sas que agradam a Deus. Quando seu(ua) parceiro (a) está
crescendo em caráter cristão, perseverando em fé, buscando
a pureza e abraçando os papéis de dar e servir — se tornar
espiritualmente responsável em seu lar — a Bíblia diz que
nós devemos celebrá-lo (a). A palavra "alegrar" em I Corín-
tios 13:6 carrega a ideia de estimulá-lo, encorajá-lo absolu-
tamente por aquilo que ele está permitindo que Deus faça
na vida dele.

<&gs ORAÇÃO ©
"Senhor, dá-nos olhos para ver o valor do cônjuge com
quem o Senhor me abençoou e voz para encorajá-lo
a ver a Ti e fazer a Tua vontade com paixão. Em Teu
nome. Amém."
DIA 327

O amor exorta um ao outro


Sempre devemos, irmãos, dar graças a Deus por vós, como
ê justo, porque a vossa fé cresce muitíssimo e o amor de cada
um de vós aumenta de uns para com os outros.
2 Tessalonicenses 1:3

O apóstolo Paulo, que ajudou a estabelecer e ministrar


muitas das igrejas do primeiro século, escreveu em suas
cartas o grande prazer que ele tinha em ouvir relatos da
fidelidade e do crescimento do povo em Jesus. Ele disse "De
maneira que nós mesmos nos gloriamos de vós nas igrejas
de Deus por causa da vossa paciência e fé, e em todas as
vossas perseguições e aflições que suportais" (2 Tessaloni-
censes 1:4)-
Isto deve ser o que nos impulsiona quando vemos isto
acontecer com nosso (a) parceiro (a). Mais do que quan-
do nós economizamos dinheiro no mercado, mais do que
quando eles alcançam sucesso no trabalho. Quando nós
testemunhamos nosso cônjuge exibindo atributos que vêm
de Deus, isto deve causar em nós uma alegria crescente no
nosso coração que vai além de qualquer outro sucesso. E
nosso encorajamento verbal deve ser como o vento em suas
velas, empurrando-os progressivamente para se tornar mais
como Cristo. Faça um uso frequente de sua habilidade de
abençoar sua esposa ou marido à medida que você note-o (a)
honrando ao Senhor e sendo uma bênção para sua família e
para outros.

" ^ 5 DESAFIO DA SEMANA eass?


Ache um exemplo recente e específico quando seu
cônjuge demonstrou uma característica cristã de forma
notável. Elogie-o verbalmente por isto em algum ponto
esta semana.
DIA 328
O amor se afeara no crescimento
Quanto a vossa obediência, í ela conhecida de todos.
Comprazo-me, pois, em vós; e quero que sejais sábios
no bem, mas simples no mal.
Romanos 16:19

"Quando nos focamos na Palavra de Deus, nós vemos


a vida de forma diferente. O valor das decisões começa a
importar mais para nós e o padrão de santidade se torna
um forte desejo". No final das contas, a perseguição pelas
diretrizes de Deus, pureza e fidelidade é o único caminho
para achar alegria e preenchimento. Ser "sábio" a respeito da
santidade enquanto ser "inocente" sobre o pecado é a forma
de ganhar aos olhos de Deus. E o que mais poderíamos nós
querer de nossa esposa ou marido do que eles serem um
exemplo do melhor que a vida tem para oferecer, não impor-
ta o que a palavra diga o que deva valer para nós?
A vida dará a você e a sua esposa muitas oportunidades
de responder ao sucesso e às dificuldades. Então, alegre-se
em qualquer sucesso que seu cônjuge conquiste. Mas guarde
as suas maiores congratulações para aquelas situações que
ele esteja honrando a Deus com sua adoração e obediência
até mesmo em tempos difíceis, quando a maturidade deles
em Cristo é mais claramente exibida.

QUESTÕES
Você tem notado o crescimento espiritual de seu côn-
juge? Como você os encorajou a ir mais fundo com o
Senhor em seus estudos pessoais? Se você não tem, você
estaria desejoso (a) de começar agora?
DIA 329
O amor ora hor mudança
Porque, de onde sabes, ó mulher, se salvarás teu marido?
ou, de onde sabes, ó marido, se salvarás tua mulher?
I Coríntios 7:16

E se seu cônjuge não fosse um cristão? Como você pode


encorajar um comportamento cristão se ele não acredita em
Deus ou se recusa a se submeter a Ele? Por todo o mun-
do, não é raro para uma pessoa expressar a crença em Jesus
como Filho de Deus e estar sozinho em sua nova fé. Este
foi um problema real nos dias de Paulo, assim como poderia
ser possivelmente nos nossos. Ele disse para os cônjuges
que criam para permanecerem com seus (uas) parceiros (as)
incrédulos (as), orando por eles (as) e sendo um exemplo
vivo de reverência a Deus para eles (I Coríntios 7:10-16).
Sim, isto pode provocar o ridículo em alguns casamen-
tos. Mas quando Cristo toma o coração de um homem, o
estilo de toda uma vida muda e a transformação espiritual
que Ele traz é um poderoso testemunho que é difícil de
refutar. A Escritura exorta as esposas a quietamente usarem
sua submissão, pureza e comportamento respeitoso para
ganhar seus maridos (I Pedro 3:1-2). As vezes, parece que
você só está tornando mais difícil para o seu cônjuge ver Je-
sus em você. Mas continue em oração, com respeito e amor.
Deus ainda não terminou a obra nele. Ele colocou uma tes-
temunha bem ao lado dele (a), na cama. Seja encorajado (a)!

Leia I Coríntios 7:12-16. Ore para que Deus faça de


você uma forte testemunha e que garanta a seu cônjuge
um arrependimento onde quer que o pecado ou a des-
crença esteja ocorrendo. (2 Timóteo 2:24-26).
DIA 330
O amor fídera com as diretrizes de Ueus
Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula,
nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.
Efésios 5:27

O propósito de Cristo em amar o Seu povo, a Igreja, não


é para que nos sintamos bem, nem para simplesmente nos
dar presentes para que possamos desfrutar enquanto esta-
mos aqui. Seu amor pela Igreja tem um alvo - "para a san-
tificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra"
(Efésios 5:26). Nós satisfazemos Seus propósitos — nós
recebemos o melhor do amor dEle — especialmente quando
isto resulta em uma vida que se parece mais com a dEle.
O grande propósito do seu amor deve ocorrer não quan-
do seu cônjuge está impressionado com você, nem quando
você pode dar a ele alguma coisa que o agrade profunda-
mente, mas, preferencialmente, quando você está levando-o
a ser mais parecido com Cristo. Ao ajudá-lo a lidar com seus
medos, confessar seus pecados, descobrir seu valor e ser
inspirado pela esperança dos céus, vocês dois vão crescer em
graça e em vastidão do que Deus tem feito por você. Você se
tornará "perfeito, à medida da estatura completa de Cristo"
(Efésios 4:1 3). O seu amor cooperará com o plano de Deus
para seu (a) parceiro (a) por toda a eternidade. Que alegria
poderia ser maior que essa?

DESAFIO DA SEMANA ©y»


Encontre um conselheiro de casais cristão que será ho-
nesto e amoroso com você. Se você sentir que este con-
selho é necessário, tome o primeiro passo para marcar
uma reunião. Peça a Deus para direcionar suas decisões.
DIA 331
Qamorhmtacontas
Da soberba só provém a contenda, mas com os
que se aconselham se acha a sabedoria.
Provérbios 13:10

As poderosas sequoias elevam-se a uma altura de até cem


metros no ar e podem resistir à pressões ambientais in-
tensas. Os relâmpagos podem atacá-las, ventos violentos
podem soprar e os incêndios das florestas podem se alastrar
ao redor delas. Mas a sequoia resiste, permanecendo firme e
tornando-se cada vez mais firme a cada provação.
Um dos segredos da força dessas árvores gigantes está
abaixo da superfície. Ao contrário de muitas árvores, ela se
estende e interliga suas raízes com as sequoias ao seu redor.
Ela se torna mais fortalecida e resistente pela força das
outras.
O segredo da sequoia é também a chave para manter um
casamento forte e saudável. O casal que enfrenta os pro-
blemas sozinho está mais sujeito a se separar durante os
tempos difíceis. Todavia, aqueles que interligam suas vidas
em uma rede de outros casamentos fortificados, aumen-
tam radicalmente as chances de sobreviver às tempestades
violentas. É fundamental que o marido e a esposa tenham
conselhos divinos, amizades saudáveis e conselheiros ex-
perientes. Esta decisão pode fazer muita diferença em suas
vidas e na longevidade de seu casamento.

<&& VÁ MAIS FUNDO


Leia Provérbios 13:20 e 27:17- O que estes versos ensi-
nam que acontecerá com você se tiver amigos sábios ao
seu redor? Que casal forte, de Deus, você pode convidar
para jantar em breve?
DIA 332
O amor ouve o conselho
O caminho do insensato ê reto aos seus próprios olhos,
mas o que dá ouvidos ao conselho é sábio.
Provérbios 12:15

Todos precisam de um conselho sábio durante a vida.


Pessoas sábias constantemente buscam isto e, de forma
grata, também o recebem. Os tolos nunca pedem por isto
e ainda ignoram quando isto é dado para eles, não enten-
dendo que o tempo gasto em ouvir e esperar pode salvá-los
de muitos meses e anos mais tarde. Ter conselhos sábios é
como ter um mapa detalhado da estrada e um guia particu-
lar enquanto você viaja em uma jornada longa e desafiadora.
Isto pode ser a diferença entre o sucesso e a fracasso do
casamento.
Por que gastar anos de sua vida aprendendo lições dolo-
rosas quando você poderia descobrir aquelas mesmas verda-
des durante algumas poucas horas de aconselhamento sábio?
Por que não cruzar as pontes que os outros já construíram?
A sabedoria é mais valiosa que o ouro. Não recebê-la é como
deixar que moedas muito caras passem por entre os seus
dedos. E vital que você convide casais fortalecidos para
compartilharem a sabedoria que eles adquiriram com seus
sucessos e falhas.

DESAFIO DA SEMANA
Encontre um conselheiro de casais cristão que será ho-
nesto e amoroso com você. Se você sentir que este con-
selho é necessário, tome o primeiro passo para marcar
uma reunião. Peça a Deus para direcionar suas decisões.
DIA 333
O amor busca a reconciliação
Concilia-te depressa com o teu adversário,
enquanto estás no caminho com ele
Mateus 5:25

A vida e o casamento provarão ser um solo fértil para o


conflito de vez em quando. Mas, o amor busca consertar ra-
pidamente qualquer dano da sua parte, perdoando a ofensa
do outro antes que ela evolua para uma barreira considerável
entre vocês. Enquanto o problema é uma coisa pequena en-
tre vocês ou talvez algo muito mais severo, o amor promete
se mover rapidamente em direção à reconciliação.
A Bíblia é, na verdade, a mais moderna história real de
uma parte ofendida procurando o ofensor. Embora o pecado
do homem cometido contra Deus seja enorme e a solução
mais fácil fosse nos separar dEle, Ele escolheu por Cristo
Jesus buscar a reconciliação conosco. Nós fomos deixados
sem defesa, mas Ele escolhe a cruz para morrer para que Seu
amor por nós resultasse em um relacionamento renovado.
Que direito nós temos, visto isso, de ficar de mal um com o
outro?

ORAÇÃO
"Pai Celeste, revele a mim qualquer pessoa com quem
eu preciso me reconciliar. Dá-me coragem e humildade
para tomar os primeiros passos para trazer o perdão e a
cura. Em nome de Jesus. Amém."
DIA 334
O amor entende a influência
De maneira que cada um de nós dará
conta de si mesmo a Deus.
Romanos 14:12

Você deve guardar-se contra os que lhe influenciam de


maneira errada. Todo mundo tem uma opinião, mas você
deve ser cuidadoso ao ouvir os conselhos de pessoas que
não têm um bom casamento ou que não dão valor à vontade
e aos propósitos de Deus. Seja cuidadoso com aqueles que
estão mais preocupados em parecerem espertos ou serem
aceitos por você mais do que estão em falar a verdade com
humildade e franqueza.
Se seu casamento está sendo ameaçado ou se já está
quase caminhando para o divórcio, então você precisa parar
tudo e buscar conselhos sólidos o mais rápido possível.
Chame um pastor, um conselheiro que acredita na Bíblia ou
um ministro de casamento hoje. Por mais estranho que pos-
sa ser, no começo, abrir sua vida para um desconhecido, seu
casamento é digno de cada segundo gasto e de cada sacri-
fício que você fará por ele. Até mesmo se o seu casamento
é uma fábula de conto de fadas, você não precisa menos de
conselheiros abertos e honestos — pessoas que podem colo-
car vento em suas velas e fazer seu casamento ainda melhor.
As influências podem levar o seu casamento do medíocre
para o incrível.

DESAFIO DA SEMANA
Encontre um conselheiro de casais cristão que será ho-
nesto e amoroso com você. Se você sentir que este con-
selho é necessário, tome o primeiro passo para marcar
uma reunião. Peça a Deus para direcionar suas decisões.
DIA 335
O amor busca outros cristãos
Não deixando a nossa congregação,
como ê costume de alguns.
Hebreus 10:25

O amor só pode crescer quando ele está contido em


nós. Nós não fomos planejados para sermos pequenas ilhas
de famílias, buscando a Deus por nós mesmos, mas nunca
juntando corações com outros que compartilham da nossa
fé em Cristo. Nosso relacionamento com Ele nos une em
relacionamentos com os nossos irmãos e irmãs espirituais —
pessoas como nós que correram para Ele em seu vazio e O
abraçaram como Senhor.
Então o amor leva-nos à Igreja. Mas nem toda igreja é
necessariamente um lugar saudável para estar. O tipo de
igreja que você precisa fazer parte é uma igreja que crê na
Bíblia em todas as coisas e a proclama com fé em sua pre-
gação. Procure por um lugar onde possa crescer espiritual-
mente, mas não sem andar nas verdades bíblicas. Você deve
sentir-se livre para adorar lá, servir aos outros e usar seus
dons no ministério. Seus filhos devem se sentir amados e
confortáveis com as pessoas e com o cuidado delas. Quando
você é um com o povo de Deus, em um lugar onde a presen-
ça de Deus abunda, seu amor é capaz de crescer ainda mais.

<&& VÁ MAIS FUNDO @*s»


Leia Atos 2:37-47 para ver o que deve acontecer em
uma igreja saudável. Um compromisso com a Palavra de
Deus, oração e serviço devem resultar em uma irmanda-
de amorosa e que dá frutos.
DIA 336
O amor se envoíve
E, perseverando unânimes todos os dias no templo,
e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria
e singeleza de coração.
Atos 2:46

Se a Igreja não fosse mais que um prédio e um boletim


de adoração, ela poderia ser somente um destino para o
domingo de manhã. Mas a Igreja é, na verdade, pessoas. E
pessoas não são bens somente de domingo; nós somos um
organismo vivo, que ama, designado para edificar uns aos
outros através de uma interação próxima.
Para crescer em amor e desenvolvimento em Cristo, a
Igreja não pode ser um lugar onde você meramente compa-
rece. Se você não se envolver, você não será capaz de obede-
cer ao "uns aos outros" da Escritura — servir uns aos outros,
encorajar uns aos outros, orar uns pelos outros, carregar os
fardos uns dos outros, incentivar boas obras uns nos outros,
e conhecer as necessidades uns dos outros.
A Igreja saudável descrita em Atos 2 foi marcada pela
interação diária dos cristãos na correria da vida diária. Eles
compartilhavam a vida juntos, incluindo seus lares e posses,
assim como compartilhavam seus sofrimentos e alegrias.
Seu casamento precisa deste tipo de dinâmica com os outros
cristãos. Não fique preso no último banco da igreja, envol-
va-se na obra de Deus e na vida do povo de Deus.

PERGUNTAS
Você está envolvido (a) com as necessidades da sua igre-
ja? Você sente que você está usando os dons que Deus
lhe deu para a glória dEle? Caso contrário, você deseja-
ria começar agora?
DIA 337
O amor é honesto
Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes.
I Tessalonicenses 4:13

Você provavelmente aprendeu que não há igrejas perfei-


tas. Sim, há muitas grandes igrejas cujos líderes orientam
seus ministérios em princípios bíblicos sólidos, mas toda
igreja tem sua parte de hipócritas e seus defeitos. As únicas
coisas perfeitas no cristianismo são Cristo e Sua Palavra.
Tudo mais está sujeito a ser tentado pelo pecado e pela im-
pureza, até mesmo aqueles que acham prazer em apontar os
defeitos da igreja são pessoas imperfeitas. Onde há pessoas,
há pecadores — dentro ou fora da igreja.
Os seguidores de Cristo receberam Seu perdão e pro-
messas de vida eterna, mas Deus tem muito trabalho a fazer
no coração deles. Alguns ainda fofocam, outros ainda são
egoístas e gananciosos, até mesmo o pastor cometerá erros.
E por isto que precisamos de Deus e uns dos outros ainda
mais, sabendo que nossa fraqueza deveria nos deixar mais
próximos para ajudar uns aos outros ao invés de nos separar
para cair ainda mais.
Evite a combustão da igreja, entrando nela com seus
olhos bem abertos. Coloque total e plena confiança em
Cristo e em Seu Espírito. Quando você deixa Deus ser
Deus, você deixa que as pessoas sejam pessoas.

ims- DESAFIO DA SEMANA GSyjp


Comprometa-se a ler a Bíblia todos os dias — não so-
mente ler como este ou outro livro devocional, mas de
verdade, abrir as Escrituras e deixar que Deus fale com
você através delas.
DIA 338
O amor é firmado na rocha
Meus irmãos, que aproveita se alguém disser que tem fé,
e não tiver as obras? Porventura a fé pode salvá-lo?
Tiago 2:14

Jesus falou a respeito das pessoas que constróem a vida


na areia — na sua própria lógica, nos seus melhores palpites,
no pensamento mais recente. Quando as tempestades da
vida começam a soprar (e sempre soprarão), as fundações de
areia resultarão apenas em desastre total. A casa pode pare-
cer firme e agradável por um momento, mas está só esperan-
do que uma tragédia aconteça. Elas não podem sustentar o
peso dos desafios da vida e não podem suportar a si mesmas
quando as traves e vigas que foram escolhidas para a mora-
dias provarem-se instáveis e insuficientes.
Mas Jesus disse: "Todo aquele, pois, que ouve estas mi-
nhas palavras e as põe em prática, será comparado a um ho-
mem prudente, que edificou a casa sobre a rocha. E desceu a
chuva, correram as torrentes, sopraram os ventos e bateram
com ímpeto contra aquela casa; contudo não caiu, porque
estava fundada sobre a rocha" (Mateus 7:24-25). Quando a
sua casa é fundada na rocha da imutável Palavra de Deus, ela
não é assolada pela destruição.
É por isso que Deus tem o plano certo para todas as coi-
sas e Ele revela estes planos em Sua Palavra. Eles estão bem
lá para que qualquer um os leia e aplique.

ORAÇÃO
"Deus Pai, edifique nosso casamento na Rocha do Teu
filho Jesus. Dá-nos fé e perseverança, e a força para
seguir a Tua Palavra. Em nome de Jesus nós oramos.
Amém."
DIA 339
O amor é a hafavra de Ueus
Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de
que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido
2 Timóteo 3:14

Aqueles que praticam um padrão de leitura consistente


da Bíblia logo descobrem que ela é "mais desejável do que o
ouro, do que muito ouro puro; é mais doce do que o mel, do
que as gotas do favo" (Salmos 19:10). A cada dia, o Senhor
deseja falar com você e seu cônjuge através das Escrituras de
formas que ajudam vocês a verem a sua vida em um contexto
ligado à eternidade.
Ê muito importante ser parte de uma igreja onde a
Palavra é fielmente ensinada e pregada. Não somente você
aprenderá mais, mas também se juntará a outros que estão
na mesma jornada que você, querendo ser alimentado pelas
verdades das Escrituras.
Diferente da maioria dos livros, que são projetados para
serem lidos e digeridos, a Bíblia é um livro vivo. Ela vive
porque, ao contrário dos escritos antigos de outras religiões,
seu Autor ainda está vivo. E ela vive porque se tornou parte
de quem você é, de como você pensa e do que você faz.

*&%& DESAFIO DA SEMANA


Comprometa-se a ler a Bíblia todos os dias — não so-
mente ler como este ou outro livro devocional, mas de
verdade, abrir as Escrituras e deixar que Deus fale com
você através delas.
DIA 340
O amor levou ^esus à cruz
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo,
sendo obediente até a morte, e morte de cruz±
Filipenses 2:8

Não é incomum, mesmo para as pessoas que casaram há


muito tempo, ter uma dúvida ocasional e passageira sobre o
amor de sua esposa ou marido por elas. As lembranças po-
dem falhar ou uma palavra dura pode ser dita, e uma pessoa
pode permitir que eles imaginem se são realmente aquilo
que seu cônjuge sempre quis.
Mas, os que acreditam em Jesus nunca têm dúvidas sobre
o amor do seu Salvador. Se tivermos, precisamos somen-
te lembrar do que Ele fez por nós. Se ele quisesse escapar
do insulto de ser ridicularizado por soldados violentos ou
de ter seus olhos vendados para ser pego de surpresa por
golpes, Ele poderia ter parado isso com a autoridade divi-
na. "Você não acha", Ele disse, "que eu não posso chamar o
Meu Pai, e Ele colocará mais do que doze legiões de anjos?"
(Mateus 26:53). Ainda assim Ele aceitou a vontade doloro-
sa de Seu pai. Ele pagou o mais alto sacrifício para atender
sua maior necessidade. Ele ama tanto você, e a cruz nunca
nos deixa esquecer disso.

VÁ MAIS FUNDO
Leia Mateus 27:27-3 I, onde o autor descreve de forma
viva a prova que Jesus passou no caminho para sua
crucificação. Não passe correndo por esta parte. Leia
devagar, deixando que a cena ganhe vida para você. Esta
dor foi real, a humilhação foi real. Foi por isto que o
Salvador passou... por você. Que grande amor!
DIA 341
OamortraUnaemiodasasáreas
As palavras do Senhor são palavras puras, como prata
refinada em fornalha de barro, purificada sete vezes.
Salmos 12:6

Se o ato de ler a Bíblia regularmente é algo novo para


você, você se surpreenderá com a rapidez com a qual você
começará a pensar diferente e mais eternamente à medida
que começar a digerir Sua verdade dia após dia. E, se você
tem seriedade em estabelecer estratégias para sua vida,
baseadas na forma como Deus faz as coisas, Ele lhe guiará
na conexão daquilo que você lê, com a sua vida. Esta é uma
jornada esclarecedora, com novas descobertas a serem feitas
a todo o momento.
Deus tem um plano para a maneira como você lida com
seu dinheiro. Ele tem um plano para a forma que você educa
seus filhos, Ele sabe como você deve tratar o seu corpo e
como você deve passar o seu tempo. Ele tem um plano para
a forma de você lidar com os conflitos e um plano para o
sucesso do seu casamento. Nas Escrituras, pode ter con-
selhos sobre a maioria dos problemas que encontra na vida
e ser iluminado (a) por Sua perfeita sabedoria. Apesar de
tudo, Deus planejou a vida. Só mesmo o seu Criador para
saber do que exatamente você precisa...

•^& DESAFIO DA SEMANA m^p


Comprometa-se a ler a Bíblia todos os dias — não so-
mente ler como este ou outro livro devocional, mas de
verdade, abrir as Escrituras e deixar que Deus fale com
você através delas.
DIA 342
O amor se rende a Ueus
O caminho de Deus é perfeito; a palavra do Senhor é provada;
í um escudo para todos os que nele confiam.
Salmos 18:30

Todos os aspectos da sua vida que você submete aos


princípios de Deus crescerão mais fortes e mais duradouros
com o tempo. Mas, qualquer parte que você retenha dEle,
escolhendo, pelo contrário, conduzi-la com sua própria
mão, será enfraquecida e eventualmente falhará quando as
tempestades da vida lhe atingirem. Ela pode, de fato, ser a
única área que precipita a queda da sua casa e do seu casa-
mento. Mas como a maioria dos pesares, não deveria ter
acontecido.
Casais sábios constróem sua casa na rocha que é a Palavra
de Deus. Eles têm visto o que a areia pode fazer, eles sabem
como é quando os pés ficam vacilantes e o chão se vai.
Eles se lembram da incerteza da sua própria lógica. É por
esta razão que você precisa decidir construir sua vida e seu
casamento na rocha sólida que é a Bíblia, e então, você pode
planejar um futuro mais forte — não importa quão fortes
sejam as tempestades.

s5*23 PERGUNTAS eagv?


Quanta ênfase você dá em edificar o seu casamento na
Palavra de Deus? O seu casamento reflete uma fundação
saudável? Seu cônjuge concorda com a sua avaliação?
DIA 343
O amor é visto nas "Escrituras
A lei do Senhor ê perfeita, e refrigera a alma
Salmos 19:7

Em nenhum outro lugar o amor é mais evidente do que


na Palavra de Deus. E aí o lugar onde Ele se revela a nós
como o amado da nossa almas, Aquele que foi a extensões
incompreensíveis para alcançar o homem pecador.
Trate a Palavra dEle como uma lâmpada que você segura
diante de você, como uma luz para os seus caminhos (Sal-
mos 119:105), cujas verdades são capazes de libertar você
do pecado e do pesar à medida que Jesus trabalha em você
(João 8:32). Toda palavra é pura (Provérbios 30:5) e durará
para sempre, "permanece no céu" (Salmos 119:89). Isto é
muito eficaz para nós, "para ensinar, para repreender, para
corrigir, para instruir em justiça" (2 Timóteo 3:16).
Sua Palavra é absolutamente verdadeira, sem mistura de
erro, "prometida antes do tempo começar" (Tito 1:2). Ela
é verdade sobre Deus, é verdade sobre os homens, verdade
sobre o pecado e verdade sobre a salvação. Que nossos olhos
e ouvidos sejam ser abertos para receber essa verdade, seu
coração aberto para aceitar isto pela fé e sua mente aberta
para ser renovada em esperança. Leia a Bíblia. Conheça-a.
Compartilhe-a. Viva-a. "A tua palavra é a verdade desde o
princípio" (Salmos II9:l6O).

^ £ 9 VÁ MAIS FUNDO «SSVSP


Você abraça as Escrituras como a confiável e inspirada
Palavra de Deus? Leia I Tessalonicenses 2:13-14 para
ver como devemos enxergá-la. Depois estude 2 Timóteo
3:16-17 para ver o que a Palavra de Deus nos equipa
para fazer.
DIA 344
O amor leva a obediência
E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes,
enganando-vos com falsos discursos.
Tiago 1:22

A Bíblia é um livro incrível, mas pode ser considerada


devastadora se você não está familiarizado com ela. Muitas
pessoas ainda querem saber como ouvir algo de Deus. Elas
querem saber o que Ele diz em todos os tipos de problemas
pertinentes às suas vidas. Sempre haverá situações que vão
requerer um coração maduro e devoto para certificar a dire-
ção de Deus. Mas, a Escritura é prontamente rica com Sua
verdade e diretriz revelada e está bem aqui para que você
possa descobrir. Ela tem alertas para prestarmos atenção, te-
souros para serem encontrados e conhecimento sobre Deus
para ser revelado.
Mas a revelação é somente o começo, porque a Bíblia é
também um livro vivo. A Palavra de Deus fica mais viva em
nós à medida que a colocamos em prática, deixando que
Cristo viva em Sua justiça através de nós. Os perigos em
potencial ou tesouros dentro do nosso casamento são presos
com a fidelidade com que você se voltar para a Palavra dEle
em dias e noites de uma vida santa e abnegada. Não seja
aquele que lê e esquece o que aprendeu por não aplicar. Te-
nha certeza de que seus pés estão tão abertos para a Palavra
como os seus olhos.

^sm) DESAFIO DA SEMANA @«v?


Pergunte ao seu cônjuge se vocês podem começar a
orar juntos. Use este tempo para se comprometer com
suas preocupações, desacordos e necessidades diante do
Senhor. Não se esqueça de agradecer a Ele pela provisão
e Delas bênçãos.
DIA 345
O amor feva ahaíavra de <Deus para o coração
Escondi a tua palavra no meu coração,
para eu não pecar contra ti.
Salmos 119:11

Tão poderoso quanto ler as Escrituras, o impacto delas


se multiplica quando o Espírito Santo as traz rapidamente à
memória em um momento de tentação ou de decisão. A prá-
tica de memorizar versículos bíblicos os mantém armazena-
dos para ocasiões oportunas. Você será surpreendido com a
rapidez com que a verdade deles circulará pelo seu sistema, e
como Deus irá honrar os seus esforços com um sentimento
de proximidade da Sua presença.
É dito que meditar na Palavra faz você ser como "árvore
plantada em ribeiros de águas" (Salmos 1:3). A medida que
sua mente "mastiga" as Escrituras, seu espírito é continu-
amente alimentado pela refrescante verdade de Deus. Sua
força se mostra por toda sua vida, fazendo com que você
seja frutífero em toda boa obra. Esta é uma promessa de
crescimento espiritual e prosperidade.
Se você não tem certeza de por onde começar, aqui estão
sete versículos primordiais que podem transformar o seu
casamento: Efésios 4:32; João 15:9; Filipenses 2:3-4; Gê-
nesis 2:24; Tiago 1:19; Efésios 5:3 3; I Coríntios 13:4-7-
Convide estes versículos para o seu coração e deixe que eles
renovem a sua mente.

<sms VÁ MAIS FUNDO ®*í?


Leia Josué 1:8-9. O que é necessário para trazer sucesso
em tudo o que fazemos? A verdadeira meditação não
está clara em nossa mente, mas empenhe sua mente
em um profundo e cuidadoso processo de memorizar a
Palavra de Deus.
DIA 346
Oamorconcordaemoração
Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra
acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será jeito por
meu Pai, que está nos céus.
Mateus 18:19

Orar pelo seu cônjuge leva o seu coração a cuidar mais


profundamente dele. Porém, o que é mais importante, Deus
é agradado quando vê vocês dois se humilhando e buscando
juntos a face dEle. As bênçãos dEle caem sobre nós quando
concordamos em oração.
A Palavra que Jesus usou na realidade sobre "concordar"
em oração tem a ideia de uma sinfonia harmoniosa. Duas
notas diferentes, quando tocadas juntas, podem criar um
agradável som harmónico. Tocada uma de cada vez, você
pode imediatamente identificar a diferença. Mas coloque-
-as juntas em concordância, e você terá um som cheio, mais
completo do que aquele que elas esteja separadas.
Concordar em oração — mesmo no meio da discordância
em meio a alguma situação que você pode estar passando —
coloca vocês dois de volta ao verdadeiro centro. Coloca você
em um solo comum, face a face ante ao Senhor. Quando
um marido e uma esposa concordam em unidade, ela manda
uma oração harmoniosa para o céu que é agradável aos ouvi-
dos do Senhor. Aquelas são orações que Deus toma nota.

DESAFIO DA SEMANA
Peça ao seu cônjuge para que vocês possam começar a
orar juntos. Use este tempo para colocar suas preocupa-
ções, desacordos e necessidades perante ao Senhor. Não
se esqueça de agradecê-lO por Sua provisão e bênçãos.
DIA 347
O amor encoraja a oração
Agora, pois, ó meu Deus, estejam os teus olhos abertos,
e os teus ouvidos atentos a oração deste lugar.
2 Crónicas 6:40

Se alguém disse para você que ao mudar uma coisa em


seu casamento, você poderia garantir com quase cem por
cento de certeza que sua vida juntos seria significativamente
melhorada — você deveria ao menos querer saber o que seria
isto. E, para muitos casais devotos, esta "uma coisa" é a
prática de orar junto.
Para alguém que tende a desvalorizar os assuntos espiri-
tuais, isto pode soar ridículo. E, se dito que a oração com-
partilhada é um ingrediente chave na longevidade matri-
monial e leva à uma sensação elevada de intimidade sexual,
eles pensariam que você tinha chegado muito longe. Mas,
na verdade, a unidade que cresce entre um homem e uma
mulher que oram regularmente juntos forma uma intensa
e poderosa conexão. A abertura que eles expõem um para o
outro ao compartilhar e a unidade que eles sentem à medida
que permanecem juntos perante o Senhor, os leva juntos a
caminhos mais profundos e significantes. Dentro do san-
tuário do seu casamento, é tempo para descobrir como orar
junto pode operar maravilhas em todos os níveis de seu rela-
cionamento.

CÍVTS9 ORAÇÃO
"Senhor, dá-nos uma aflição para orarmos um pelo ou-
tro. Convença-nos quando nos afastamos de Te buscar.
Lembra-nos que a fé opera, e a descrença não. Leva-nos,
Senhor. Em nome de Jesus. Amém."
DIA 348
O amor é parceiro em oração
Álegrai-vos na esperança, sede pacientes
na tribulação, perseverai na oração
Romanos 12:12

Quando vocês se juntaram como mando e esposa, Deus


deu a vocês um presente de casamento — um parceiro de ora-
ção para toda a vida. Quando você precisa de sabedoria em
certa decisão, você e seu parceiro podem buscar Deus juntos
para obterem uma resposta. Quando você está lutando
contra os seus próprios medos e inseguranças, seu parcei-
ro de oração pode interceder em seu favor. Quando você e
seu cônjuge não podem deixar para trás certa discussão ou
ponto de vista, você pode separar um tempo e fazer com seu
parceiro uma oração de emergência. Este deve ser um reflexo
automático quando vocês não sabem mais o que fazer.
É difícil ficar por muito tempo com raiva de alguém por
quem você ora. Não é difícil voltar atrás quando você está
ouvindo seu parceiro pedir a Deus por misericórdia em meio
à sua crise de ira. Em oração, duas pessoas lembram que
Deus os fez um. E, no apoio de Sua presença unificadora, a
desarmonia se mistura com a beleza.

DESAFIO DA SEMANA
Peça ao seu cônjuge para que vocês possam começar a
orar juntos. Use este tempo para colocar suas preocupa-
ções, desacordos e necessidades perante o Senhor. Não
se esqueça de agradecê-lO por Sua provisão e bênçãos.
DIA 349
O amor ora hor unidade
Eu te invoquei, ó Deus, pois me queres ouvir; inclina para
mini os teus ouvidos, e escuta as minhas palavras.
Salmos 17:6

A Igreja pode, às vezes, ser um lugar onde acontecem


conflitos. A desarmonia que pode irromper em vários
problemas pode descarrilhar a igreja de sua missão e inter-
romper o fluir da adoração e da unidade. Ocasionalmente,
líderes levantados por Deus verão o que está acontecendo,
acabarão com as discussões e chamarão o povo de Deus para
orar. Ao invés de continuar com a discórdia e permitir mais
sentimentos de dor, eles vão buscar a unidade ao voltarem
seus corações para Deus e apelarem para a ajuda dEle.
A mesma coisa acontece em nosso lar quando há uma in-
tervenção em oração, até mesmo em pontos altos de discor-
dância. Isto cessa o sangramento. Isto aquieta as vozes altas.
Isto lhe paralisa à medida que você entende na presença de
quem você está.
A oração é um privilégio para ser aproveitado em uma
base consistente e diária. Mesmo que sejam curtas e objeti-
vas, suas orações se tornarão um compromisso, e você pode
programar o seu dia ao redor dela, mantendo Deus no meio
de tudo.

<&&B PERGUNTAS íSSvp


Por que não fazer de Deus o centro de suas prioridades
e objetivos na sua vida? Por que não levar suas deci-
sões até Ele enquanto vocês oram juntos por direção e
discernimento?
DIA 350
O amor orna ham Ueus
O Senhor está longe dos ímpios, mas a
oração dos justos escutará.
Provérbios 15:29

Ê verdade que orar junto como casal pode, no início, ser


estranho e desconfortável. Algo tão poderoso como isso irá
lhe surpreender com seu peso e responsabilidade quando
tentar fazê-lo verdadeiramente. Mas, tenha em mente que
Deus quer e convida você para conversar com Ele. Na ver-
dade, Ele crescerá em você à medida que você levar a sério a
oração e deixar para trás aqueles tempos quando não sabia o
que falar. Quanto mais você fizer isto, mais isto se tornará
uma parte natural do tempo em conjunto de vocês. Suas
orações de gratidão, adoração e petição não somente leva-
rão você até o trono de Deus, mas lhe levarão para perto do
seu(ua) parceiro (a).
Você olhará para esta linha em comum que passa por
cada faceta de sua vida das segundas—feiras normais até as
grandes decisões, e será tão grato por esta "uma coisa" que
mudou tudo. Esta é uma área onde é imperativo que você
concorde em concordar.

•=&& VÁ MAIS FUNDO


Leia Mateus 18:19-20. Uma unidade humilde e orações
respondidas juntam o nosso coração à medida que nos
alegramos com as provisões de Deus em nossa vida. O
Espírito de Deus também está presente quando nos
juntamos em nome dEle. A presença dEle traz liberdade
e o fruto do Espírito em nossa vida. Que benefícios isto
teria em seu casamento?
DIA 351

O amor ora sem cessar


Perseverai em oração, velando nela
com ação de graças
Colossenses 4:2

Muitas pessoas oram de acordo com os seus padrões de


humor e suas condições. Igreja. Refeições. Hora de dormir.
Salas de espera. Mas exceto por muitos apelos gerais para a
ajuda de Deus, nós tipicamente respondemos aos desafios
da vida e às crises com preocupação, discussão, com o medo
do silêncio ou desespero. Nós relevamos a oportunidade de
abraçar o privilégio que Deus tem nos dado para trazer cada
necessidade e preocupação para Ele em uma oração imedia-
ta... juntos.
Como marido e mulher, as orações deveriam ser seu
refúgio instantâneo à primeira insinuação de indecisão ou
dúvida. Qualquer crise deve levar vocês para imediatamente
orarem juntos antes de entrar em pânico. Quando você ou-
vir a respeito de um desastre nacional, uma emergência com
alguém da família ou um amigo diagnosticado com câncer,
deem-se as mãos e corram para o trono da graça. Até mesmo
na descoberta de boas notícias, uma oração unificada de gra-
tidão irá desertar qualquer tentação para tomar crédito pelas
bênçãos de Deus. Comece agora, até mesmo em situações
que não são particularmente terríveis e perigosas — em casa,
no carro, no telefone — e a oração se tornará sua resposta
inicial em todo o tempo, para tudo.

^& DESAFIO DA SEMANA


Pergunte a si mesmo o que o (a) seu (ua) companheiro (a)
iria querer se fosse viável. Comprometa-se a orar e
comece a fazer um plano para alcançar alguns (se não
todos) os desejos dele (a), em qualquer nível que você
possa.
DIA 352
O amor tida com os hroíkmastf/1junto
1
E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a
todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.
Tiago 1:5

Vocês nem sempre concordam em tudo a respeito de uma


decisão que tem que ser tomada. Suas posições de discor-
dância podem até levar vocês a se atacarem mais entre vocês
do que o próprio problema. Porém, sábios casais sabem que
o inimigo real não é o outro. O inimigo real é Satanás e a
divisão que ele está tentando trazer entre você e seu cônjuge.
A Bíblia nos ensina a usar a oração e a Palavra como as
nossas ferramentas principais para discernir a direção de
Deus em todos os problemas, sabendo que Sua ovelha "re-
conhece Sua voz" (João 10:4). Nós, às vezes, determinamos
a vontade dEle pela presença da paz que sentimos (Colos-
senses 3:15), por uma porta de oportunidade que se abre
em uma ocasião (2 Coríntios 2:12), por uma consciência
unificada de que uma das soluções dá pistas da sabedoria de
Deus.
Isto não é uma fórmula. O Espírito quer que confiemos
nEle, não em nossos procedimentos. Mas, quando nós nos
reunimos para lidar com nossos problemas, tiramos o foco
de nós e colocamos naquilo que Deus deseja de cada um
de nós. Faça do orar juntos uma regra permanente em seu
casamento antes de toda grande decisão.

=s«9 VÁ MAIS FUNDO @SQ?


Leia Jeremias 3 3:3- Esta passagem resume o quanto
Deus guia as nossas decisões à medida que O buscamos
em oração. Jesus orou todas as noites antes de escolher
Seus discípulos (Lucas 6:12-13)- Por que você não faz
r» mpsmn'
DIA 353
O amor impressiona
Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do
Egito; abre bem a tua boca, e te encherei.
Salmos 8:10

O que seu cônjuge amaria de verdade? O senso comum


nos diz que nós não podemos dar à nossa esposa ou ao
nosso marido tudo o que ele (a) deseja. Nossos orçamentos
e finanças nos dizem que nós provavelmente não podemos
arcar de forma alguma com isto. E, mesmo se nós pudésse-
mos, não seria bom para nós. Ou para ele (a).
Mas, talvez você tenha deixado o seu "não" se tornar
uma resposta muito rápida. Talvez você deixe esta ausência
negativa se tornar muito justificada e automática. E se, ao
invés de abandonar este pensamento, você fizesse o melhor
para honrá-lo? O que aconteceria se aquilo que ele (a) diz
que você nunca faria por ele (a) se tornasse a próxima coisa
que você fizesse?
Um amor como este não está mais disponível no cardá-
pio depois de tantos anos de casamento? Não seria insin-
cero ceder ao desejo do seu cônjuge se o seu coração não
estivesse nisto? Bem, que tal colocar seu coração nisto. Que
tal adotar um novo nível de amor que na verdade quer pre-
encher cada sonho e desejo que você possivelmente tenha.
Certamente este é um motivo para se orar seriamente.

<o*2> DESAFIO DA SEMANA (Ess?


Pergunte a si mesmo o que o (a) seu (ua) companheiro (a)
iria querer se fosse viável. Comprometa-se a orar, e
comece a fazer um plano para alcançar algumas (se não
todos) os desejos dele (a), em qualquer nível que você
possa.
DIA 354
O amor é ydravaaante
Para que os seus corações sejam consolados, e estejam unidos
em amor, e enriquecidos da -plenitude da inteligência
Colossenses 2:2

O amor precisa ser extravagante, colocar tudo para fora.


Ele, às vezes, precisa colocar de lado as imposições e aben-
çoar somente pelo simples desejo de fazê-lo.
O amor de Deus não supre as necessidades que uma vez
lhe pareciam fora de questionamento? Você estava vivendo
debaixo de um peso de pecado e pesar. Mas Ele olhou para
você com amor e lhe quis de volta. E por ter se arrependido
e se voltado para Ele, Ele lhe amou e perdoou. Não foi en-
quanto você se comportava como um anjo que Deus esco-
lheu derramar o amor dEle em você. "Mas Deus prova o seu
amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo
nós ainda pecadores!" (Romanos 5:8).
Ele é o nosso modelo. Ele é Aquele cujo amor é projeta-
do para imitarmos. "Onde o pecado abundou, superabun-
dou a graça" (Romanos 5:20). Embora você não fosse o
melhor candidato para o amor dEle, Ele lhe deu amor de
qualquer forma. Ele pagou o preço. Você pagaria?

m ORAÇÃO e
"Jesus, o Senhor nos ajudaria a mostrar amor uns pelos
outros de formas extravagantes? Que nós abençoemos
um ao outro em criatividade e consideração. Dá-nos um
coração para amar. Em Teu nome nós oramos. Amém.
DIA 355
Qamoréqeneroso
Porque Deus ama ao que dá com alegria.
2 Coríntios 9:7

Nem tudo que seu cônjuge quer tem um preço alto. Nem
tudo o que ele ou ela deseja pode ser comprado com dinhei-
ro. Sua esposa pode realmente querer mais do seu tempo.
Ela pode querer mais da sua atenção. Ela pode realmente
querer ser tratada como uma dama, saber que seu marido
acha que ela é o seu maior tesouro. Ela pode realmente
querer ver em seus olhos um amor que escolhe estar lá não
importa o que aconteça.
Seu marido pode realmente querer o seu respeito. Ele
pode querer que você o reconheça como o cabeça da casa
na frente das crianças. Ele pode realmente querer que você
ponha os seus braços ao redor do pescoço dele por nenhuma
razão aparente, ser surpreendido por um longo beijo ou um
bilhete de amor quando não há um aniversário ou data espe-
cial para justificá-lo. Ele talvez precise saber que você ainda
pensa que ele é forte e bonito.
O que seria algo que seu cônjuge realmente amaria? E
tempo de começar a viver para responder a esta questão.

=s*2) DESAFIO DA SEMANA (Esv?


Pergunte a si mesmo o que o (a) seu (ua) companheiro (a)
iria querer se fosse viável. Comprometa-se a orar, e
comece a fazer um plano para alcançar algumas (se não
todos) os desejos dele (a), em qualquer nível que você
possa.
DIA 356
O amor encontra oportunidades
Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e
transbordante, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma
medida com que medirdes também vos medirão de novo.
Lucas 6:38

Os sonhos e desejos vêm em todas as formas e tama-


nhos, mas o amor observa cuidadosamente cada uma dessas
formas e tamanhos. O amor convida você a ouvir o que seu
cônjuge está dizendo e desejando. O amor convida você a
lembrar das coisas que são únicas em seu relacionamento,
os prazeres e alegrias que trazem o sorriso à face um do
outro. O amor encoraja você a dar quando é muito mais
conveniente esperar. E o amor convida você a ter devaneios
tão regulares com essas oportunidades que os desejos de seu
cônjuge se tornarão os seus também.
Nós desafiamos você a pensar em termos de inundar o
seu cônjuge com amor, a surpreendê-lo com sua bondade.
Esse pode ou não ser um sacrifício financeiro, mas neces-
sita refletir um coração que está disposto a se expressar de
maneira extravagante.

•s*m PERGUNTAS es*í?


O que você poderia fazer para impressionar seu marido?
Como você poderia ser uma bênção para ele e fazer com
que ele se sinta amado e valorizado com suas ações? Por
que não colocar esses pensamentos em prática?
DIA 357
O amor nunca faffia
O amor nunca falha.
I Coríntios 13:8

De todas as coisas que o amor desafia você a fazer, esta


é mais suprema. Embora ameaçado, ele continua buscando,
embora desafiado, continua prosseguindo, embora maltrata-
do e rejeitado, se recusa a desistir. O amor nunca falha.
Muitas vezes, quando um casamento está em crise, o
cônjuge que está tentando fazer as coisas funcionarem irá
ao outro, declarando que não importa o que aconteceu no
passado, ele ou ela está comprometido com este casamento.
Mas não querendo ouvir isto ainda, o outro cônjuge per-
manece em sua posição. Ele ainda quer largar tudo. O (A)
parceiro (a) que arriscou seu coração não pode lidar com a
rejeição. Então, eles devolvem com esta frase: "Tudo bem.
Se é isto que você quer!"
Mas, se o amor é realmente amor, ele não se arma quando
não é recebido da forma que espera. Se é possível dizer para
o amor parar de amar, então, não é realmente amor. O amor
que vem de Deus é infinito e não pode ser parado. Se o alvo
da afeição não escolhe recebê-la, o amor continua dando
mesmo assim.

<&m) VÁ MAIS FUNDO


Leia I Coríntios 13:4-8. A razão pela qual o amor
nunca falha (verso 8) é porque ele suporta tudo, crê em
tudo, espera em tudo e resiste a tudo (verso 7), sem
levar em consideração o que há por trás, imediatamente
próximo, ou vindo à frente, o amor pode aguentar. Ele
vem de Deus para nós e é quem Deus é através e nós.
DIA 358
OamoréamadoemCrido
Jesus Cristo í o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente.
Hebreus 13:8

Os discípulos de Jesus não eram nada imprevisíveis. De-


pois da refeição final deles na Páscoa, quando Jesus os disse
que todos eles O abandonariam antes que o dia clareasse,
Pedro declarou: "Ainda que todos se escandalizem em ti, eu
nunca me escandalizarei... Ainda que me seja mister morrer
contigo, não te negarei." (Mateus 26:3 3, 35)- Todos os
outros discípulos fizeram exatamente a mesma promessa.
Porém, mais tarde àquela noite, o círculo íntimo de
seguidores de Jesus — Pedro, Tiago e João — dormiriam
em meio à agonia de Cristo no jardim. No caminho para a
crucificação de Jesus, Pedro O negaria três vezes no pátio.
Mas, no exato momento, a Bíblia diz que Jesus virou-se e
olhou para ele (Lucas 22:61). Seus homens falharam com
Ele — novamente — algumas horas depois da promessa que
fizeram; e ainda assim, Ele nunca deixou de amá-los, porque
Ele e Seu amor são "o mesmo ontem, hoje e para sempre"
(Hebreus 13:8).
O amor nunca falha. E Ele é o modelo para você.

e® DESAFIO DA SEMANA
Gaste tempo em oração, depois escreva uma carta de
compromisso e coloque o nome do seu cônjuge. Inclua
porque você está se comprometendo com seu casa-
mento até a morte, e que você se propôs a amá-lo não
importa o que aconteça. Coloque em um lugar onde ele
possa achar.
DIA 359
O amor não muda
Passará o céu e a terra, mas as minhas
palavras não hão de passar.
Lucas 21:3 3

Dós nove "frutos do Espírito" listados em Gaiatas 5, o


primeiro deles é o amor. E, por o imutável Espírito Santo
ser a Fonte, o amor criado por Ele também não muda. Ele
é baseado na vontade de Deus, no chamado de Deus e na
Palavra de Deus — todas as coisas imutáveis. A Bíblia declara
que eles são "irrevogáveis" (Romanos 11:29).
Ao longo desta jornada devocional, você tem sido
desafiado (a) a ser paciente, a não ser egoísta, a se sacrificar
pelas necessidades do (a) seu(ua) parceiro (a). Estas não são
somente ideias adoráveis, existentes separadamente. Cada
qualidade do amor descrita neste livro é baseada no amor de
Deus, capturado e expressado na Palavra de Deus. A imutá-
vel Palavra de Deus. Nenhum desafio ou circunstância pode
ocorrer para que possa colocar uma data de término nEle ou
em Seu amor. Então, seu amor — o qual flui do coração dEle
e através do seu — resiste às mesmas características imutá-
veis.

-&& VA MAIS FUNDO


Leia Colossenses 3:12-14 em voz alta hoje. Apesar de
muitas coisas boas fluírem da nossa vida, qual é a mais
perfeita ligação que junta todas as coisas e nos mantêm
juntos em unidade?
DIA 360
O amor é comprometido
Seca-se a erva, e cai a flor, porém a palavra
de nosso Deus subsiste eternamente.
Isaías 40:8

Ao longo desta jornada você tem sido desafiado (a) a


edificar o seu casamento na Palavra de Deus. Isto é porque
quando tudo mais falha, a verdade de Deus ainda permane-
cerá.
Então hoje, o seu desafio é colocar o seu infalível amor
nas palavras mais poderosas e pessoais que você puder,
escrevê-las e compartilhá-las com seu(ua) parceiro (a). Esta
é a sua chance de declarar que não importa que imperfeições
existam — em você e em seu cônjuge — o seu amor ainda é
maior. Não importa o que ele (a) tenha feito ou quantas
vezes fez, você escolhe amá-lo (a) da mesma forma. Embora
você tenha ficado distante em fortalecer o seu tratamento
com eles ao longo dos anos, seus dias de ser inconstante no
amor ficaram para trás. Você está comunicando uma total
aceitação deste único homem ou mulher como um presente
especial de Deus para você, e sua promessa de amá-lo (a) até
a morte. Você está dizendo: "Mesmo que você não goste do
que está lendo — mesmo que você não goste de mim — eu
escolho amar você da mesma forma. Para sempre."
Porque o amor nunca falha.

DESAFIO DA SEMANA
Gaste tempo em oração, depois escreva uma carta de
compromisso e coloque o nome do seu cônjuge. Inclua
porque você está se comprometendo com seu casamento
até a morte, e que você se propôs a amá-lo não importa
o que aconteça. Coloque em um lugar onde ele possa
achar.
DIA 361
O amor é uma aliança
Porque aonde quer que tu fores irei eu, e onde quer que pousares, ali
pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus í o meu Deus
Rute 1:16

A medida que você vê o seu casamento a partir deste


ponto, nós desafiamos você a considerá-lo como uma alian-
ça ao invés de um contrato. Estas palavras e conceitos soam
similares em significado mas na realidade são muito dife-
rentes. Um contrato é geralmente um acordo por escrito ba-
seado na desconfiança, estabelecendo as condições e conse-
quências a serem aplicadas no caso da quebra do mesmo.
Uma aliança, por outro lado, é um compromisso verbal
baseado na confiança total, assegurando alguém que sua
promessa é incondicional e boa para toda a vida. E uma
declaração de amor para alguém falada diante de Deus.
Um contrato é para um serviço próprio e vem com
responsabilidade limitada. Estabelece um tempo para certas
questões serem cumpridas e alcançadas. Um contrato pode
ser quebrado com consentimento mútuo. Mas, uma aliança
é inquebrável. Uma aliança é para benefício de outros e vem
com responsabilidades ilimitadas. Também não tem data de
término ou períodos de "não-valia". É uma promessa a ser
cumprida até a morte e reflete a natureza do amor.

SS3E9 ORAÇÃO CESVP


"Senhor, sela o nosso coração com um amor interminá-
vel um pelo outro. Dá-nos um desejo de fazer do nosso
casamento um tesouro onde Tu sejas agradado. Obriga-
do por esta bênção eterna. Em nome de Jesus. Amém."
DIA 362
O amor é uma promessa
Cristo é o mediador da nova aliança, aquela que os
chamados recebem a herança eterna prometida.
Hebreus 9:15

A Bíblia contém muitas alianças como parte da história


do povo de Deus. Ele fez uma aliança com Noé, prometen-
do nunca mais destruir toda a carne com um dilúvio mun-
dial (Génesis 9:12-17)- Ele fez uma aliança com Abraão,
prometendo que uma nação inteira de descendentes viria de
sua linhagem (Génesis 17:1-8). Ele fez uma aliança com
Moisés, declarando que o povo de Israel seria possessão
eterna de Deus (Êxodo 19:3-6). Ele fez uma aliança com
Davi, prometendo que um governador sentaria em seu trono
para sempre (2 Samuel 7:8-16). E, mais recentemente, Ele
fez uma "nova aliança" pelo sangue de Cristo, estabelecendo
um legado infinito e imutável de pecados perdoados e vida
eterna para aqueles que acreditam nEle.
E, então, há o casamento — a aliança mais forte na Terra
feita entre duas pessoas, o privilégio de um homem e uma
mulher de estabelecer um amor que é incondicional e dura
por toda a vida.

DESAFIO DA SEMANA
Gaste tempo em oração, depois escreva uma carta de
compromisso e nomeie ao seu cônjuge. Inclua porque
você está se comprometendo com seu casamento até a
morte, e que você se propôs a amá-lo não importa o que
aconteça. Coloque em um lugar onde ele possa achar.
DIA 363
O amor é forte
Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre
o teu braço, porque o amor e forte como a morte.
Cantares de Salomão 8:6

As alianças geralmente vêm com um sinal de ajuda para


que sejam mantidas e lembradas. No casamento, seu anel
representa seus votos de aliança. Elas foram promessas
premeditadas, faladas publicamente e testemunhadas por
outros. Sua aliança foi ligada legalmente por um oficial,
ligada fisicamente pela consumação e, mais importante,
ligada espiritualmente por Deus (Marcos 10:2-9).
Manter esta aliança não é algo que você pode fazer so-
mente em sua própria força. Há uma boa razão porque Deus
foi Aquele que iniciou alianças com Seu povo. Somente Ele
é capaz de preencher as demandas de Suas próprias promes-
sas. Mas o Espírito de Deus está dentro de você pela virtude
da sua fé em Seu Filho e a graça concedida a você na salva-
ção. Isto significa que você pode exercer o seu papel como
mantenedor da aliança, independente do que se levante para
lhe desafiar. Você pode tudo naquele que lhe fortalece (Fili-
penses 4:1 3). Você pode viver uma vida de amor.

<&m VÁ MAIS FUNDO <&m?


Leia I Pedro 4:7-11 em voz alta hoje. Pense em seu ca-
samento à medida que você medita nesta passagem. Dei-
xe que ela lhe desafie poderosamente a ser caloroso (a)
em seu amor, hospitalidade e serviço um com o outro.
Acima de tudo, que o seu casamento seja um testemu-
nho vivo de incrível amor de Deus, a quem pertence a
glória e o domínio para sempre e sempre. Amém.
DIA 364
O amor nunca desiste
Tendo amado os seus, que estavam no
mundo, amou-os até o fim.
João 13:1

Se seu cônjuge não está em posição de receber o seu


amor agora, o ato de manter a aliança pode ser mais de-
sencorajador com o passar dos dias. Mas, o casamento não
é um contrato com cláusulas para se escapar da aliança e
expressões de egoísmo. O casamento é uma aliança intencio-
nada a acabar com todas as válvulas de escape ou retrocesso.
Não há volta. Não há isenção. Não há nada no mundo que
possa separar o que Deus juntou. O seu amor é firmado em
uma aliança. E a sua aliança é firmada no caráter imutável de
Deus, que mantém as alianças que faz.
O profeta Malaquias escreveu que o motivo de Deus
manter suas promessas é que Ele odeia o divórcio e quando
o marido trai a sua esposa, quebrando a aliança que fizeram
(Malaquias 2:16). Ver o casamento como um contrato é
como dizer para seu cônjuge "Eu tomo você para mim, e
nós veremos se funciona." Mas, entender isto como uma
aliança muda este discurso para: "Eu me dou para você e me
comprometo com este casamento para toda a vida."

<&m PERGUNTAS
Você se comprometeu com seu casamento para toda a
vida? Você poderia lembrar o seu cônjuge sobre a aliança
vitalícia de vocês? Por que não renovar estes votos de
uma forma criativa?
DIA 365
O amor honra a Ueus
Porque a tua benignidade é melhor do
que a vida, os meus lábios te louvarão.
Salmos 63:3

Por um propósito espiritual, Deus criou o casamento


para ser uma aliança. Todo casamento é chamado para ser
um símbolo terreno da aliança celestial de Deus com Sua
Igreja. Ele deve revelar ao mundo a glória e a beleza do amor
incondicional de Deus por nós. Jesus disse: "Assim como o
Pai me amou, eu também amo vocês. Permaneçam em meu
amor" (João 15:9). Deixe que as palavras dEle lhe inspi-
rem a ser um canal do amor de Deus para o seu cônjuge.
No final das contas isto glorifica a Deus, para renovar sua
aliança de amor em toda sinceridade e rendição. O amor é
muito santo, um tesouro para se entregar pela vida de outra
pessoa e uma ligação muito poderosa para ser quebrada sem
consequências drásticas. Apresse-se em amar novamente esta
pessoa que o Senhor deu para você cuidar, estimar e hon-
rar. Sua vida juntos está diante de você. Desafie agarrá-la e
nunca mais soltar.

« ¥ 3 DESAFIO DA SEMANA
Escreva o renovo dos seus votos e coloque-os em sua
casa. Talvez, se apropriado, você pode fazer isso formal-
mente, diante de um pastor. Faça disto um testemunho
vivo para valorizar o casamento aos olhos de Deus e a
maior honra de ser um com seu(ua) parceiro (a).
APÊNDICE I

As Trancas e as Chaves
da Oração "Eficaz
A oração de um justo é -poderosa e eficaz^ - Tiago 5:16.

AS TRANCAS : DEZ COISAS


QUE BLOQUEIAM A ORAÇÃO

1. Orar sem conhecer a Deus por meio de Jesus


João 14:6 - Respondeu-lhe Jesus: "Eu sou o caminho,
e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por
mim."

2. Orar com o coração que não expressa arrependimento


Salmos 66:i8-iç) — "Se eu acalentasse o pecado no co-
ração, o Senhor não me ouviria; mas Deus me ouviu,
deu atenção à oração que lhe dirigi."

3. Orar para aparecer


Mateus 6:3 - "E, quando orardes, não sejais como os
hipócritas; pois gostam de orar em pé nas sinago-
gas, e nas esquinas das ruas, para serem vistos pelos
homens. Em verdade vos digo que já receberam a sua
recompensa."

4. Orar com palavras repetitivas e vazias


Mateus 6:j-8 - "E, orando, não useis de vãs repetições,
como os gentios; porque pensam que pelo seu muito
falar serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois, a eles;
porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de
vós lho pedirdes."
5. Orações não feitas
Tiago /f.-.z - "Nada tendes, porque não pedis."

6. Orar com coração ambicioso


Tiago 4.3 - "Pedis e não recebeis, porque pedis mal,
para o gastardes em vossos deleites."

7. Orar enquanto maltrata seu cônjuge


1 Pedro j : 7 - "Igualmente vós, maridos, vivei com elas
com entendimento, dando honra à mulher ... e como
sendo elas herdeiras convosco da graça da vida, para
que não sejam impedidas as vossas orações."

8. Orar enquanto ignora o pobre


Provérbios 21:13 ' "Quem tapa o seu ouvido ao clamor
do pobre, também clamará e não será ouvido."

9. Orar com amargura no coração por alguém


Marcos 11:23-26 - "Quando estiverdes orando, perdoai,
se tendes alguma coisa contra alguém, para que tam-
bém vosso Pai que está no céu, vos perdoe as vossas
ofensas."

10. Orar sem fé no coração


Tiago 1:6-8 - "Peça-a, porém, com fé, não duvidando;
pois aquele que duvida é semelhante à onda do mar,
que é sublevada e agitada pelo vento. Não pense tal
homem que receberá do Senhor alguma coisa, homem
vacilante que é, e inconstante em todos os seus cami-
nhos."
/ / As
A s CHAVES:
( DEZ COISAS
QUE TORNAM A ORAÇÃO EFICAZ
ÇW QUE Tc
1. Orar pedindo, buscando e batendo
Mateus j: y-8, n - "Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e acha-
reis; batei e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede, rece-
be; e quem busca, acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á.
Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas a
vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos
céus, dará boas coisas aos que lhas pedirem?"

2. Orar com fé
Marcos iv.Z/\. - "Por isso vos digo que tudo o que pedir-
des em oração, crede que o recebereis, e tê-lo-eis."

3. Orar em secreto
Mateus 6:6 - "Mas tu, quando orares, entra no teu
quarto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está em
secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensa-
ra.

4. Orar segundo a vontade de Deus


1 João 3:14. - "E esta é a confiança que temos nele, que
se pedirmos alguma coisa segundo a Sua vontade, Ele
nos ouve."

5. Orar em nome de Jesus


João i^-.iyiq. - "E tudo quanto pedirdes em meu nome,
eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se
me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu a farei."
6. Orar em concordância com outros crentes
Mateus 18:19-20 - "Ainda vos digo mais: Se dois de
vós na terra concordarem acerca de qualquer coisa que
pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos
céus. Pois onde se acham dois ou três reunidos em
meu nome, aí estou eu no meio deles."

7. Orar enquanto jejua


Atos 14:23 - "E, havendo-lhes feito eleger anciãos em
cada igreja e orado com jejuns, os encomendaram ao
Senhor em quem haviam crido."

8. Orar com uma vida em obediência


I João 3:21-22 - "Amados, se o coração não nos
condena, temos confiança para com Deus; e qualquer
coisa que lhe pedirmos, dele a receberemos, porque
guardamos os seus mandamentos e fazemos o que é
agradável à sua vista."

9. Orar firme em Deus e em Sua Palavra


João 15:7 - "Se vós permanecerdes em mim, e as
minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que
quiserdes, e vos será feito."

10. Orar enquanto deleita-se no Senhor


Salmos 37:4 - "Deleita-te também no Senhor, e ele te
concederá o que deseja o teu coração."

UM RESUMO DAS TRANCAS E


DAS CHAVES DA ORAÇÃO

1. Você precisa ter um relacionamento justo com Deus.


2. Você precisa ter um relacionamento justo com outras pessoas.
3- Seu coração precisa ser justo.
APÊNDICE II

A IPafavradefleiAsem Ts/línfia Vida


Permita que essa declaração o aproxime
corretamente da Palavra de Deus.

•» A Bíblia é a Palavra de Deus.


S* Ela é santa, infalível, verdadeira e completamente leal.
(Provérbios30:3-6, João ij:iy, Salmos 119:89)
S* Ela é capaz de me ensinar, repreender, corrigir e instruir
em justiça. (2 Timóteo 3:16)
S* Ela me torna apto e plenamente preparado para toda boa
obra. (2 Timóteo j:ij)
S* Ela é lâmpada para os meus pés e luz para o meu cami-
nho (Salmos 119:103)
S* Ela me torna mais sábio que os meus inimigos.
(Salmos 119:9^-100)
S* Ela me traz estabilidade durante as tempestades da mi-
nha vida. (Mateus 7:24-27)
S* Se eu crer em sua verdade, serei liberto. (João 8:32)
S* Se eu a esconder em meu coração, serei protegido em
tempos de tentação. (Salmos 199:11)
S* Se eu permanecer firme na Palavra, serei verdadeiramente
um discípulo de Jesus. (João 8:31)
S* Se eu meditar em suas palavras, serei bem-sucedido.
(Josué 1:8)
S* Se eu guardá-la, serei recompensado e o meu amor aper-
feiçoado. (Salmos 19:J'U, 1 João 23)
:* Ela é a viva, eficaz e penetrante Palavra de Deus.
(Hebreus 4:12)
S* Ela é a Espada do Espírito. (Efésios 6:iy)
í* Ela é mais doce que o mel e mais desejável que o ouro.
(Salmos ig-.io)
S* Ela é indescritível e para sempre firmada no céu.
(z Coríntios iy.J-8, Salmos 119:89)
S* Ela é a verdade absoluta sem mistura e sem erro.
(João ty-.iy, Títo uz)
S* Ela contém verdades absolutas sobre Deus.
(Romanos3:4, Romanos i6:Zj,27; Colossenses 1)
S* Ela contém verdades absolutas sobre os homens.
(Jeremias 17:9, Salmos 8:4-6)
S* Ela contém verdades absolutas a respeito do pecado.
(Romanos J:2j_)
S* Ela contém verdades absolutas sobre a salvação.
(J4ÍOS 4:12, Romanos 10:9)
S* Ela contém verdades absolutas sobre o céu e o inferno.
(Apocalipse zi:8; Salmos 119:1

Senhor, abra os meus olhos para que eu veja a verdade e os meus ouvi-
dos para ouvirem a verdade. Abra meu coração para recebê-la pela fé.
Renova a minha mente para guardar a esperança.
Entrego a minha vontade para que eu possa viver a
Tua Palavra em amor.
Lembra-me que sou responsável quando a ouço.
Ajuda-me a querer obedecer o que o Senhor dizjitravés da Palavra.
Transforma a minha vida para que eu venha conhecer a Tua Palavra.
Aflija meu coração para que eu compartilhe a Tua Palavra.
Fala agora Senhor.
Dá-me paixão para conhecer e seguir a Tua vontade. Nada mais.
Nada menos. Apenas isso.

Copyright © 2.008 / by Michael Catt, Stephen Kendrick, and Alex Kendrick


APÊNDICE III

ZO Perguntas para o seu Cônjuge


Seja em um encontro ou durante uma conversa particular, tente utili-
zar as perguntas abaixo para aprender mais sobre o coração
do seu cônjuge. Deixe que os tópicos levantem perguntas adicionais
que você queira explorar, mas mantenha o foco e o humor
positivos. Ouça mais que fale.

PERGUNTAS PESSOAIS

S» Quais são os maiores sonhos e esperanças do seu cônjuge?


S* O que você mais gosta em sua vida agora?
S* O que você menos gosta em sua vida agora?
S* Como seria o emprego dos seus sonhos?
S* Quais são as coisas que você sempre quis fazer mas ainda
não teve oportunidade?
S* Quais as três coisas que você deseja fazer antes de termi-
nar o ano?
S* Com quem você se sente mais "seguro(a)" de estar? Por
quê?
S* Se você pudesse almoçar com qualquer pessoa desse
mundo, quem seria essa pessoa e por quê?
Quando foi a última vez que você se sentiu muito alegre?
Se você tivesse que dar um milhão de dólares para al-
guém, a quem você daria?

CONJUGAL
S* Quais são as três coisas que eu faço que você mais gosta?
S* Quais são as três coisas que eu faço que deixa você
enlouquecido (a) ?
S* Que coisa eu fiz no passado que fez você se sentir
amado (a) ?
S* O que eu fiz que fez você se sentir desvalorizado (a) ?
Diga três coisas em que eu possa melhorar.
Das coisas abaixo, qual faria você se sentir mais amada?

Receber massagens e caricias no seu corpo por uma hora.


Sentarmos e conversarmos por uma hora sobre seu
assunto favorito.
Ter ajuda com a casa durante uma tarde. Receber um
presente bem legal.
Ouvir palavras encorajadoras que expressam o quan-
to você é apreciada.

S* Quais as coisas que aconteceram no passado que você


gostaria que fossem apagadas como se nunca tivessem
acontecido?
S» Qual é a outra grande decisão que Deus quer que tome-
mos como um casal?
S» Como você gostaria que fosse a sua vida daqui a cinco
anos?
S* Que palavras você gostaria de ouvir de mim com maisfre-
quência?

Ofereça encorajamento e um ouvido para ouvir. Recuse


permitir que isso se torne um argumento ou uma opor-
tunidade para você criticar. Deixe que este seja um tempo
para seu cônjuge se expressar.
APÊNDICE IV

Caçadores do Tesouro
QUHSTÕES PARA O SEU ENCONTRO

Deus vai usar os seus pais e casais fortes e mais velhos para ajudar
você a ter sucesso na vida e em sua família. As decisões sábias
que eles tiveram ajudarão você a aprender o que fazer. Os erros
que eles cometeram ajudarão você a aprender o que evitar. Entreviste
seus pais/mentores usando a seguinte lista de perguntas. Escreva
o que eles vão compartilhar. Este não é um tempo de críticas e
discussões, mas de ouvir e demonstrar valor com o que cada pessoa
compartilha de seu coração.

S* Quais foram alguns dos hábitos e decisões que realmente


ajudaram o seu casamento?
S* Quais foram as formas mais significativas pelas quais o
seu cônjuge expressou amor por você no passado?
S* Em sua opinião, quais são as principais coisas que ajuda-
rão nosso casamento a ser fortalecido?
S* Em sua opinião, quais são os principais erros cometidos
por casais que machucam o casamento?
S* Quais são as coisas que as esposas desejam que os seus
maridos entendessem mais sobre as mulheres?
5* Quais são algumas das coisas que os maridos desejam
que suas esposas entendessem melhor sobre os homens?
.* Compartilhe as suas dicas mais relevantes sobre como
nós podemos ter as seguintes coisas:
• Resolução para sérios conflitos
• Sábio gerenciamento de dinheiro
• Bom romance
• Nossa própria família, honrando vocês como pais

S* Há algo que você queira compartilhar conosco mas não


teve uma boa oportunidade, e queira compartilhar agora?
S* Algum de vocês tem qualquer amargura ou uma situação
de raiva não resolvida com qualquer um de nós? (Caso
afirmativo, faça a restituição e peça perdão).
S* Você se comprometerá a orar por nós, nos dar apoio, e
nos aconselhar no futuro? Agradeça a eles!
APÊNDICE V

Como ter um devocíonaf


Um tempo diário de devocional í parte de uma caminhada pessoal e
íntima entre Deus e você. A medida que uma pessoa cresce em Cristo,
ela ganhará uma consciência maior da contínua presença de Deus.
Eles vão se tomar acostumados a louvar a Ele, agradecer a Ele, ou
orar pela ajuda dElepor um momento (1 Tessalonicenses j:i6~i8).
Isto se trata de uma relação de amor, não de uma religião ritualística.
Além disso, é vital estar a sós com Deus em algum momento a
cada dia e passar um tempo somente com Ele. No caos de Sua grande
popularidade, Jesus nos deu isto como modelo efoi consistente em
guardar um momento íntimo com Seu Pai Celestial (Marcos v.yi-
27; Lucas j:l6; 6:iz). Assim devemosfa^er.

O QUE É UM DEVOCIONAL?

Um devocional é um tempo onde você liga a sua mente


e o seu coração com a mente e o coração de Deus. Ê como
uma noiva fugindo com seu marido — dois amantes passan-
do tempo conhecendo um ao outro. É como um menino
rastejando em direção ao colo de seu carinhoso pai, encon-
trando segurança, conforto e encorajamento. Também é
como um soldado se prostrando diante de Seu rei, e pedin-
do Sua sabedoria e provisão para que ele realize as tarefas
do dia. Embora o diabo e o próprio inferno constantemente
tentem prevenir você de fazer essas coisas, seu tempo diário
com o Deus deve ser priorizado e guardado.
COMO ISTO FUNCIONA?
Embora não haja uma fórmula pronta, muitas pessoas
desenvolveram um sistema efetivo que envolve os simples
passos a seguir:

1. Fique sozinho com uma Bíblia, uma caneta e um papel.


2. Peça a Deus para falar com você através da Sua Palavra.
3. Leia as Escrituras por alguns minutos. (Use um guia
devocional ou livro, se desejado).
4. Anote o que Deus está falando com você, assim como
qualquer ponto em que isto pode ser aplicado.
5- Ore por alguns minutos aplicando o que você apren-
deu e derramando o seu coração.
6. Vá, aplique e viva a Palavra dEle em obediência.

Durante o seu momento na oração de fechamento ( # 5 ) ,


é bom manter algumas coisas em mente. O modelo da
oração do Senhor (Mateus 6:9-1 3) não é um mantra a ser
repetido, mas um guia a ser seguido. Jesus não disse que
isto é o que deveria ser orado, mas como ser orado. Nisto,
você aprende que suas orações devem ser íntimas, reverentes,
cheias de adoração, humildes e com entrega.
A medida que você ora, derrame o seu coração e busque a
Deus para tudo que você precise. Em arrependimento, con-
fesse qualquer pecado que você tenha cometido e busque o
Seu perdão misericordioso. Receba pela fé o Seu amor para
que você possa amá-lO de volta. Clame desesperadamente
por sabedoria, força e direção para grandes e pequenas deci-
sões que se apresentem a você. Agradeça-O pelas coisas boas
que Ele fez para você e louve-O por quão maravilhoso Ele
é. Ao longo do dia, viva com a expectativa de melhorar suas
próprias atitudes e pensamentos à medida que O vê traba-
lhando poderosamente ao seu redor e amando você para a
glória dEle!

Você também pode gostar