Você está na página 1de 13

E.E.E.

M PROF ANTÔNIO GONDIM LINS


Professor : Antônio Dias júnior
Disciplina: Educação física
Aluno : Pedro Alves da Silva Filho
Assunto : trabalho de ginástica e treinamento
funcional em casa.

Ginástica
Ginástica
A ginástica é uma prática esportiva que se divide em dois
tipos, as ginásticas competitivas e as não competitivas.

As competitivas, que entram em competições como as


Olimpíadas, além de trabalhar com a estrutura física,
através de movimentos que exigem força, elasticidade e
agilidade, também exercitam a mente dos praticantes,
pois a sua prática requer concentração e raciocínio.
As não competitivas têm como objetivo não as
competições, mas a saúde, o bem-estar e também a
beleza do corpo.
Eis algumas modalidades de ginástica :

Ginástica de condicionamento Físico:


Realizar atividades físicas, especialmente os exercícios
incorporados na ginástica de condicionamento físico, é de

extrema importância para um organismo saudável e


maior qualidade de vida.

A palavra “condicionamento” – pode se referir a vários


tipos diferentes de exercício. O condicionamento corporal
refere-se a exercícios que aumentam sua força,
velocidade, resistência ou qualquer outro atributo físico.
Exercícios da ginástica de condicionamento físico, quando
realizados com frequência e de maneira adequada,
podem reduzir a gordura, aumentar o tônus muscular e
preparar o corpo para os rigores do esporte.

Princípios básicos da ginástica de


condicionamento físico
Praticamente todos os exercícios que você faz em casa ou
na academia são uma forma de condicionamento físico,
mas você deve projetar exercícios equilibrados para tirar
o máximo proveito de sua rotina. Para isso é importante
entender os princípios por trás de cada tipo de atividade.

Condicionamento Aeróbico
Quando você sai para um mergulho matinal, para correr
ou fazer sua rotina de 30 minutos no elíptico, você está
colocando seu corpo através de condicionamento físico
aeróbico.

O objetivo principal do condicionamento aeróbico é usar


grupos musculares maiores por longos períodos,
aumentando sua resistência no processo. O exercício
aeróbico pode reduzir o peso, aumentar a resistência,
fortalecer o coração e manter as artérias limpas.
Condicionamento anaeróbico
O exercício anaeróbico, que às vezes é chamado de
condicionamento físico metabólico, envolve exercícios
curtos e intensos que usam músculos de contração
rápida. A ginástica de condicionamento físico metabólico
abrange exercícios como burpees, pular corda, e
movimentos de agachamento.

De acordo com algumas pesquisas, quatro minutos de


treinamento intervalado equivalem a trinta minutos na
esteira, quando se compara a capacidade de aumentar a
resistência cardiovascular, e ainda tem o benefício
adicional de aumentar a resistência muscular.

Construindo Músculo e Força


Além do condicionamento aeróbico e metabólico, você
também pode condicionar a força dos seus músculos
fazendo exercícios de resistência com pesos ou apenas
como o peso corporal.

Levantar pesos ou realizar flexões e outros exercícios do


tipo, resulta em certo trauma aos músculos, o que faz
com que eles se reconstruam mais fortes do que antes.
O treinamento de força é uma forma de condicionamento
físico anaeróbico, mas os exercícios típicos de força não
envolvem intervalos rápidos e intensos como os
realizados no treinamento metabólico.

Condicionamento
Cardiorrespiratório
Quando você se exercita regularmente, a necessidade de
energia em seu corpo aumenta. Para que o corpo consiga
produzir energia suficiente, o oxigênio precisa estar
disponível em sua corrente sanguínea em abundância.

Para transportar esse oxigênio, o coração bate mais


rápido e como acontece com qualquer músculo, quanto
mais o coração funciona, mais forte ele se torna, fazendo
com que o bombeamento do sangue seja processo mais
fácil e demande menos esforço do organismo.

Exercícios de condicionamento também ajudam a


fortalecer seus pulmões. Para suprir a corrente sanguínea
com o oxigênio necessário para gerar energia, os pulmões
devem inalar e exalar oxigênio suficiente para sustentá-lo
durante o exercício.
Isso aumenta sua frequência respiratória e ajuda a
aumentar a quantidade de tempo que você consegue se
exerciar sem perder o fôlego.

Não importa em que tipo de exercício você está


pensando, sempre avalie suas metas pessoais de
condicionamento físico, seu nível de condicionamento
atual e quaisquer limitações ou lesões físicas que possam
prejudicá-lo durante essas rotinas.

Uma abordagem para o treinamento é variar o tipo de


condicionamento que você faz no dia a dia, alternando
entre exercícios aeróbicos e anaeróbicos para completar
sua rotina e obter o melhor dos dois mundos.

A ginástica de condicionamento físico deve sempre ser


realizada com o auxílio de profissional capacitado e
preparado.

Ginástica de competição:
É a modalidade de ginástica que visa o alto rendimento,
ao pódio e a alta performance do praticante.

Caracteriza-se como ginástica de competição aquelas em


que existe uma preocupação em ser o número 1 do
esporte, a conquistar medalhas e a chegar a alta
performance do atleta.

Portanto, a ginástica de competição pode ser tanto a


ginástica artística, quanto a rítmica ou de trampolim.

A ginástica rítmica e a artística são bastante conhecidas


porque são modalidades que fazem parte dos Jogos
Olímpicos, sendo que a primeira utiliza aparelhos de
pequeno porte como os arcos. Já a segunda de grande
porte como o cavalo.

Ginástica de conscientização corporal :


As ginásticas de conscientização corporal são práticas
milenares, como o relaxamento, a meditação e a
automassagem, que tiveram origem em países orientais.
Elas foram organizadas e utilizadas na busca pelo
equilíbrio e, consequentemente, seus enfoques
concentram-se principalmente na prevenção de doenças
e na procura cotidiana pelo bem estar.Assim as ginásticas
de conscientização corporal estão mais centradas no
conhecimento do próprio corpo e do seu estado. E as de
condicionamento físico estão mais focadas na repetição
mecânica de exercícios, sem uma proposta de reflexão
sobre o que acontece com o corpo e os sentidos.
Conscientização corporal versus
condicionamento físico
As ginásticas de conscientização corporal começaram a se
destacar no Brasil por volta da década de 1960, com o
movimento da “contracultura”, originado de várias
vertentes da sociedade e de outras culturas. Esse
movimento defendia a luta contra diversos tipos de
discriminação, além de buscar valores que prezavam a
liberdade, a igualdade, o não consumismo e a violência.

Nas práticas corporais, esse movimento interferiu na


concepção e relação com o corpo e na atividade física.
Naquela década, as atenções se voltaram para o Oriente
e para as práticas de introspecção, de contato com a
natureza, de suavidade, de não padronização dos
movimentos, de respeito ás individualidades, entre
outras. Essa busca explica a denominação “ginástica de
conscientização corporal”, pois pressupõe atenção e
tomada de consciência maior do praticante em relação a
seus movimentos e sentidos. São exemplos dessas
atividades a meditação, ioga, o pilates, o tai chi chuan, a
massagem, a automassagem, a antiginástica, entre
outras.As características dessas práticas divergem de
outros tipos de ginástica presentes em nossa cultura,
como as direcionadas ao esporte de competição, á
repetição mecânica de movimentos, à padronização dos
exercícios e ao condicionamento físico, sem a valorização
de outros aspectos, como a introspecção ou a
sensibilidade.
A antiginástica, por exemplo, é um método que foca no
relaxamento da musculatura e na correção dos defeitos
posturais. O termo surgiu como oposição ao conceito de
fitness, ou seja, contra o esforço excessivo que alguns
tipos de ginástica de academia exigem dos praticantes. A
proposta da antiginástica é harmonizar e equilibrar esses
movimentos, bem como o funcionamento do corpo,
principalmente por meio de alongamentos e
relaxamentos.

POR ESTAMOS EM UMA PANDEMIA O


ADEQUADO É FICAR EM CASA ENTRETANTO
ISSO NÃO É MOTIVO PARA NÃO FAZER
EXERCÍCIOS , ENTÃO AÍ VAI UM PEQUENO
PROGRAMA DE TREINAMENTO.
Confira abaixo um treino curinga montado por Pessoa,
que pode ser feito em casa ou em qualquer outro lugar.
“Esse treino deve ser feito cinco dias seguidos, com dois
dias de descanso e deve estar aliado à uma alimentação
saudável e nutritiva para ter resultados significativos”,
explica. Pessoa diz que deve ser feito um minuto de cada
exercício citado abaixo e 30 segundos de intervalo entre
um e outro.

Exercício 1 – Corrida no lugar (aquecimento)


Corrida no lugar com braços na lateral do corpo.
Exercício 2 – Agachamento com salto
levantando uma das mãos
Agachamento com salto com uma das mãos para cima em
cada salto, alternado os braços.

Exercício 3 – Polichinelo com socos


Movimento de polichinelo com os pés, mas os braços
fazem movimento de soco, um de cada vez.

Exercício 4 – Agachamento com “bola”


Simule pegar uma bola pequena que está no chão entre
suas pernas afastando os pés um pouco além da largura
dos ombros. Levante e jogue-a para o teto saltando com
os pés unidos.
Exercício 5 – Afundo com joelhada alta
Em pé, coloque uma das pernas para trás do seu corpo,
aproximando o joelho do chão. Retorne à posição inicial,
completando o movimento com uma joelhada alta com a
mesma perna. Alterne as pernas.

Exercício 6 – Saltos verticais


Salto para cima com extensão de braços no ar.

Exercício 7 – Andar agachado


Fique agachado como se estivesse sentada em um banco.
Nessa posição, dê dois passos para a frente e, em
seguida, retorne.

Exercício 8 – pular corda


Fazer o movimento de pular corda fictício, com braços na
lateral e mini saltos.

Exercício 9 – Ajoelhar e levantar


Ajoelhado, apoie uma perna de cada vez à frente e
levante-se até a posição de agachamento. Volte a ficar de
joelhos.

Exercício 10 – Agachamento com salto 180


graus
Afaste as pernas na largura dos ombros e flexione-as
simulando sentar-se em um banco baixo. Levante com
impulso e gire 180 graus no ar. Aterrisse fazendo um
agachamento.
https://www.bonde.com.br/saude/noticias/aprenda-um-
treino-funcional-de-15-minutos-para-fazer-em-casa-
448570.html
https://educanilopolis.com.br/ead/cursos/educacao-
fisica-9o-ano-ensino-fundamental/aulas/d/
https://brainly.com.br/tarefa/10790164#:~:text=Portanto
%2C a ginástica de competição,pequeno porte como os
arcos.
https://pratiquefitness.com.br/blog/ginastica-de-
condicionamento-fisico/

Você também pode gostar