Você está na página 1de 31

CAP 1 - GENERALIDADES

DESCRIÇÃO GERAL

VERSÕES:

As aeronaves Robinson R22 são oferecidas nas seguintes versões:

R22 STANDARD:

Números de Série: 0002 a 0199, exceto o 0175, equipadas com motores


Lycoming 0-320-A2B ou O-320-A2C, oferecendo 150 HP de potência, utiliza
gasolina de Aviação (AVGAS) 80/87 grade mínima. Peso Bruto de 1300 libras.
DESCRIÇÃO GERAL

R22 HP:

Números de Série: 0200 a 0255, 0257 a 300, 303 a 349, 352 a 356 e 0175,
equipadas com motores Lycoming O-320-B2C, oferecendo 160 HP de potência,
utiliza gasolina de Aviação (AVGAS) 100LL ou 91/96 grade mínima. Peso Bruto de
1300 libras.

R22 ALPHA:

Números de Série: 0256, 0301,0350,0351, e 0357 a 0500, equipadas com


motores Lycoming O-320-B2C, oferecendo 160 HP de potência. Cone de cauda
mais alto que seus antecessores. Peso Bruto de 1370 libras. Tanque de
combustível auxiliar opcional para as séries 0457 em diante.
DESCRIÇÃO GERAL

R22 BETA:

Números de Série: 0501 a 2570, equipadas com motores Lycoming O-320-B2C,


oferecendo 160 HP de potência. Peso Bruto de 1370 libras. Painel de
instrumentos “7 Furos”. Alarme de baixa rpm. Partida pode ser reativada acima de
69% de rpm do rotor, isto permite reacendimento do motor em voo.

R22 BETA II:

Números de Série: 2571 em diante, equipadas com motores Lycoming O-360-J2A,


oferecendo 124 HP de potência máxima contínua. Aquecimento do carburador.
Peso Bruto de 1370 libras. Tanque de combustível auxiliar. Alarme de baixa rpm
do motor.
DIMENSÕES EXTERNAS

As medidas são apresentadas em Polegadas (In) e Milímetros (mm)

Versões: STANDARD e HP
DIMENSÕES EXTERNAS

Versões: STANDARD e HP
DIMENSÕES EXTERNAS

Versões: STANDARD e HP
DIMENSÕES EXTERNAS

Versões: ALPHA, BETA e BETA II


DIMENSÕES EXTERNAS

Versões: ALPHA, BETA e BETA II


DIMENSÕES EXTERNAS

Versões: ALPHA, BETA e BETA II


DESCRIÇÃO GERAL

VERSÕES:

As aeronaves Robinson R44 são oferecidas nas seguintes versões:

R44 ASTRO:

Números de Série: 0002 a 0760, exceto o 0003, equipadas com motores


Lycoming 0-540-F1B5, oferecendo 225 HP de potência máxima contínua. Peso
Bruto de 2400 libras. Controles manuais como padrão, mas com opção de
controles hidráulicos para cíclico e coletivo. Sistema elétrico padrão 14 V, com
opcinal de 28 V.
DESCRIÇÃO GERAL

R44 CLIPER:

Trem de pouso com flutuadores fixos ou infláveis. Controles manuais como


padrão, mas com opção de controles hidráulicos para cíclico e coletivo.

R44 RAVEN/CLIPER I/RAVEN I:

Números de Série: 0761 em diante. Controles hidráulicos para cíclico e coletivo


como padrão. Pedais do piloto ajustáveis.
DESCRIÇÃO GERAL

R44 II/RAVEN II:

Números de Série de 5 dígitos: 1001 em diante, equipadas com motores


Lycoming 0-540-AE1A5 com sistema de injeção de combustível, oferecendo 205
HP de potência máxima contínua. Peso Bruto de 2500 libras. Controles manuais
como padrão, mas com opção de controles hidráulicos para cíclico e coletivo.
Sistema elétrico padrão de 28 V.

R44 CLIPER II:

Baseados no Raven II, com trem de pouso com flutuadores fixos ou infláveis.
DIMENSÕES EXTERNAS

As medidas são apresentadas em Polegadas (In) e Milímetros (mm)

Versões: R44 e R44II


DIMENSÕES EXTERNAS
Versões: R44 e R44II
DIMENSÕES EXTERNAS

Versões: R44 e R44II


SUSPENSÃO DA AERONAVE

CUIDADO

Quando suspendendo a aeronave, use macacos com travamento


mecânico ou hidráulico. A não observação deste procedimento pode
colocar em risco a operação

CUIDADO

Nunca suspenda a aeronave em condições de vento, de preferência


sempre faça isso dentro de um hangar
SUSPENSÃO DA AERONAVE

CUIDADO

Execute a tarefa de suspensão da aeronave em local limpo, com


superfície dura, livre de água, graxa, solventes ou resíduos que
possam causar deslizamento da aeronave ou de pessoal, durante a
realização da tarefa.

CUIDADO

Nunca atue os macacos estando debaixo da aeronave. Permaneça


fora do alcance dos esquis quando o helicóptero estiver sendo
suspendido ou baixado.
SUSPENSÃO DA AERONAVE

SUSPENSÃO POR MACACOS

Existem dois métodos que podem ser usados quando suspendendo e apoiando a
aeronave sobre macacos:

• O primeiro método que utiliza um contorno colocado debaixo da aeronave e


abaixo deste contorno se instala os macacos;

• E, o segundo método que utiliza macacos colocados diretamente sob o tubo


transversal traseiro do esqui.
SUSPENSÃO DA AERONAVE

1) Coloque uma peça que cubra o contorno


inferior da fuselagem sob a parede de fogo
vertical, instale os macacos sob esta peça de
contorno, em suas extremidades. O contorno
deve possuir na sua parte superior, que fará
contato com a fuselagem, uma camada de
espuma ou algo semelhante. Instale um
apoio no cone de cauda.

CUIDADO

O contorno deve ser colocado exatamente


sob a parede de fogo vertical, para suportar o
peso da aeronave
SUSPENSÃO DA AERONAVE
SUSPENSÃO DA AERONAVE

2) Coloque os macacos sob o tubo transversal traseiro do esqui e instale o apoio de


cauda. Um em cada extremidade interna dos cotovelos de fixação do tubo a
fuselagem. Pode ser necessário instalar outros 2 macacos nos elos de instalação
das rodas de manuseio da aeronave no solo.
SUSPENSÃO DA AERONAVE

IÇAMENTO DA AERONAVE PELO ROTOR PRINCIPAL

CUIDADO

Nunca suspenda a aeronave em condições de vento, de preferência sempre


faça isso dentro de um hangar

CUIDADO

Execute a tarefa de suspensão da aeronave em local limpo, com superfície


dura, livre de água, graxa, solventes ou resíduos que possam causar
deslizamento da aeronave ou de pessoal, durante a realização da tarefa.
SUSPENSÃO DA AERONAVE

IÇAMENTO DA AERONAVE PELO ROTOR PRINCIPAL

Utilizando ferramenta específica


SUSPENSÃO DA AERONAVE

IÇAMENTO DA AERONAVE PELO ROTOR PRINCIPAL

Utilizando corda de nylon


NIVELAMENTO DA AERONAVE

Remova o painel horizontal debaixo dos assentos e remova a tampa que cobre a
base do cíclico. Coloque o nível de bolha para nivelamento longitudinal usando o
detalhe A. Coloque o nível de bolha para nivelamento lateral usando o detalhe B.
Para ajustar o nivelamento, suba ou baixe os macacos correspondentes.
MANUSEIO NO SOLO

NOTA
As rodas de manuseio no solo são instaladas na parte externa dos tubos
transversais do esqui. As rodas são intercambiáveis entre si. Quando as
rodas estão instaladas e na posição travadas o tubo direito do esqui se
desloca para frente e o da esquerda para trás.

CUIDADO

As mãos têm tendência a escapar do punho quando subindo ou baixando o


helicóptero. Segure firmemente o punho com ambas as mãos durante a
operação
MANUSEIO NO SOLO
CUIDADO

Não esqueça de remover as rodas de manuseio no solo antes do primeiro


voo da aeronave.
MANUSEIO NO SOLO
MANUSEIO NO SOLO
FIM DO CAPÍTULO 01

Você também pode gostar