Você está na página 1de 38

Caderno da

Ana Matos
COMO APRENDER A SE CONHECER

MÓDULO I
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Sobre mim
Olá!

Seja bem-vindo(a) ao e-book que preparei com tanto carinho para você! Antes de prosseguir com os
exercícios deste material que têm como foco o autoconhecimento, quero me apresentar brevemente.

Eu sou a Ana Matos, psicanalista, filósofa e autora do livro O caminho para o inevitável encontro
consigo mesmo (2015), editado pela Pandion. Estudiosa do comportamento humano há mais de 25
anos, dedico-me aos saberes da filosofia, da teoria psicanalítica, da terapia cognitiva, das terapias
holísticas e do existencialismo.

A minha multiformação envolve:

Psicanálise Integrativa pela Sociedade Brasileira de Psicanálise Integrativa;


Filosofia pela Universidade Metodista do Estado de São Paulo;
Psicologia Positiva pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS);
Certificação em Coaching pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC);
Certificação Profissional em Mentoring, Coaching e Advice Humanizado pelo Instituto Holos;
Terapia holística (Reiki, Floral de Bach);
Especialização em Meditação pela Universidade Gama Filho;
Especialização em Educação Cognitiva pela Universidade Gama Filho.

Tenho experiência de 20 anos em atendimentos clínicos e de orientação de carreira. Atuei por 15


anos no mundo corporativo, sendo que os últimos oito anos foram em grandes escolas de negócios
em São Paulo (SP). Entre elas, a FGV – Fundação Getúlio Vargas.

Decidi deixar a promissora carreira corporativa para ser dona da minha própria agenda, trabalhar
com o que amo e poder viver com mais sentido.

Desde 2012, passei a realizar atendimento terapêutico on-line. Trabalho questões de relacionamentos
afetivos, conflitos existenciais, ansiedade, autoconhecimento, perdas, orientação de carreira, entre
outros aspectos que afligem o ser humano.
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

No caminho do autoconhecimento

Queridx Caminhante,

Primeiramente, parabéns pela coragem de encarar uma


viagem neste Universo repleto de surpresas que é você.

Desejo que este caderno possa ajudá-lo(a) nesse encontro


consigo mesmo(a).

Lembre-se de que você é a parte mais importante deste


processo, e a dedicação e o interesse são essenciais para
uma transformação pessoal.

Ao iniciar a busca pelo autoconhecimento, a primeira coisa


que você deve ter em mente é: quem eu sou? O que eu
quero ser? O que vai me realizar na vida? Quais são os
meus sonhos? Qual é o meu projeto de vida? Qual é o
sentido de estar aqui?

Muitas vezes, sabemos quem somos, o que queremos ser e


o que queremos conquistar na vida. Porém, temos
dificuldade de colocar os desejos, as vontades e os
objetivos em prática. Isso porque nos falta organização de
tudo o que está em nossa mente.

O autoconhecimento é imprescindível, ainda mais no mundo


de hoje em que temos a oportunidade de nos construirmos
de forma bem mais livre do que na época de nossos avós e
bisavós.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

No caminho do autoconhecimento, você poderá acessar as respostas


para as seguintes perguntas:

Quem sou eu? Quem sou eu nos meus papéis?


Qual é o meu grau de satisfação com todas as áreas de minha vida?
Quais são os valores mais importantes para mim? O que me faz feliz?
Quais são os meus objetivos de vida? Como eu quero viver a minha
vida?
Quais são os meus talentos e as minhas habilidades, os pontos fortes
e os pontos fracos a serem melhorados? O que me impede de utilizá-
los para alcançar os meus objetivos? Como colocar os meus
objetivos em prática? Isto é, o que fazer para que eles se revertam
em realizações concretas?
O que desejo construir, conquistar e realizar nesta vida? Como fazer
o meu sonho se concretizar? Como criar a minha própria realidade?
Como encontrar soluções para as minhas dificuldades?
Qual é a minha missão de vida? Que profissão/carreira me trará Até você se tornar
satisfação, realização e prosperidade? consciente, o
Que carreira eu quero para mim?
inconsciente irá
Como posso melhorar meus relacionamentos com meu/minha
parceiro(a), com colegas de trabalho, amigos e familiares? dirigir sua vida e
Como posso me tornar mais satisfeito(a) comigo mesmo(a)? você vai chamá-lo
de destino.
Você precisa saber, de forma clara, “quem é” para definir o que deseja e (Carl Gustav Jung)
em que lugar pretende chegar para, assim, fazer um planejamento das
ações futuras. Pergunte-se: O que espero de mim? Onde quero chegar?
Quais comportamentos necessito desenvolver e/ou deixar para trás?

E achar as respostas para essas questões é o objetivo deste e-book, que


reúne vários exercícios utilizados na área do comportamento humano e
do entendimento da mente. Vale mencionar que algumas dessas
atividades foram criadas e adaptadas por mim, a partir da minha
vivência profissional, enquanto outras foram extraídas de obras de
autores renomados.

Atirar para todos os lados não adianta. A melhor coisa é traçar um plano
e esforçar-se para cumpri-lo. Afinal, a maior conquista que podemos ter
na vida é a conquista de nós mesmos.

Estamos juntos!
Ana Matos

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
O que você vai encontrar neste e-book:

Módulo 1: O olhar para si ........................................................................ 05

A autopercepção ..................................................................................... 06

Quem é você? .......................................................................................... 10

Mensagem para continuar seguindo em frente e se reafirmar em sua


essência .................................................................................................. 15

Lista de desejos/objetivos ...................................................................... 16

De volta ao passado ................................................................................ 19

Meditação: Um novo tempo .................................................................... 20

Como você lida com seus sentimentos e emoções? .............................. 21

Mensagem para ler todos os dias ........................................................... 25

Descubra quais são as suas crenças limitantes! .................................... 26

Referências ............................................................................................. 37
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Não é possível ingressarmos no caminho do


autoconhecimento se não olharmos para as
nossas próprias emoções. Com isso em mente,
este primeiro módulo é um convite para
Módulo 1 desenvolvermos esse olhar para dentro de
nós!

Além da proposta de oferecer exercícios


O olhar para si voltados à área do comportamento humano,
você também poderá conferir, nas próximas
páginas, algumas meditações para colocar em
prática no dia a dia. Preparado(a)?

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 05
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

A autopercepção

A primeira atividade deste e-book é um quadro em que


se notam várias características que podem constituir a
personalidade de uma pessoa. Ele servirá como um raio-
x! Você irá preenchê-lo de acordo com os seus atributos.
Por exemplo, “capacidade analítica” é uma característica
sua “forte”, “média” ou “fraca”? E a objetividade? E
assim por diante...

Para isso, reserve meia hora de um dia qualquer. Vá a


um local tranquilo, silencioso e sem interrupções para
que consiga se concentrar e fazer essa autoanálise.

Também é possível utilizar esse quadro para saber como


as pessoas próximas o(a) enxergam. Compartilhe com
elas o quadro com as características e peça para que
preencham de acordo com o que identificam em você.
Em seguida, comparem as respostas!

Com essa dinâmica, será possível compreender se a


forma como você se vê “bate” com a forma como é visto
por alguém.

Além disso, você mostra ser quem realmente é? Será


que as pessoas o(a) enxergam de uma maneira mais
positiva que você mesmo(a)?

Bora iniciar essa descoberta?

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 06
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Quadro de autopercepção

Características Forte Média Fraca Características Forte Média Fraca

Capacidade analítica Alegria


Objetividade Dedicação à família
Emotividade Paciência/calma
Autocontrole Bom Humor
Sociabilidade Prudência no falar
Autoritarismo Adaptabilidade
Autoconfiança Ambição
Agressividade Discrição
Dinamismo Comunicação
Intuição Dedicação ao
relacionamento
Determinação
Confiabilidade
Automotivação
Romantismo
Autoconhecimento

Independência Resolução de conflitos

Imaginação Organização
Otimismo Destemido

Criticidade/Rigidez Egoísmo

Equilíbrio pessoal Realista/fatos

Ponderação Senso do coletivo

Lealdade Economia (controle


dos gastos)
Timidez
Iniciativa
Ansiedade
Empatia
Responsabilidade
Finalização das coisas
Inteligência que começa
Reconhecimento dos
Senso de justiça
erros
Capacidade de
Elegância
observação
Cuidado com a saúde
Exigência física

Educação Cumplicidade

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 07
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Quadro de autopercepção

Características Forte Média Fraca Características Forte Média Fraca

Impulsividade Produtividade
Dedicação ao trabalho Vaidade
Carinhoso Vitimismo
Expansivo Ciúmes
Necessidade de Carência
controle Possessividade
Maturidade Vida sexual
Amor próprio Perfeccionismo
Detalhista Dependência
Autorresponsabilidade emocional

Busca ser melhor Profundidade

Empatia Capacidade de
escuta
Eloquência
Autoestima
Sensibilidade
Autocrítica
Compaixão
Cuidado com a Reclamação (de
saúde mental coisas e de pessoas)
Gestão do tempo Respeito ao próximo

Insegurança Contido
Sem problema de Indecisão
dizer "não"
Estabelecimento de
Necessidade de limites
agradar aos outros,
abrindo mão de você Conhecimento do
próprio corpo
Mente aberta
Dificuldade de falar o
Expressão de que pensa
sentimentos
Humildade
Acolhimento
Gratidão
Concentração Foco
Autoaceitação
Disciplina
Preocupação
Dificuldade de
Autovalorização permanecer no agora
Competição Autossabotagem

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 08
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Quadro de autopercepção

Características Forte Média Fraca Características Forte Média Fraca

Medo Carência/busca de
atenção
Bom senso
Idealização
Julgamento
Sistemático
Saber perder
Flexibilidade Atitude explosiva

Necessidade de regras Dificuldade em se


Sentimento de rejeição relacionar

Individualidade Firmeza nos


posicionamentos
Submissão
Desatenção Respeito por si
Aceitação de críticas
Sentimento de
inferioridade Melancolia
Tristeza

Observação: ainda não terminou!

Depois de preencher o quadro, destaque três características que você considera serem as suas mais
fortes e três pontos que você gostaria de melhorar neste momento.

Pontos fortes

Pontos a melhorar

Comprometa-se com você! Coloque uma meta para melhorar esses pontos.

Uma sugestão: reforce seus pontos fortes (pratique mais no dia a dia!) e trabalhe “um ponto a
melhorar” por mês.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 09
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Quem é você?

Se nunca parou para pensar quem é você, chegou o


momento! Se já se fez essa pergunta e não conseguiu
respondê-la, vamos exercitá-la. E se já se fez essa
pergunta e consegue traçar uma resposta, vamos
reforçar neste próximo exercício a sua descoberta.

Lembre-se: não existe resposta certa ou errada. Procure


não se julgar e, sim, trazer para o papel a sua
autoanálise.

Responda de dez formas diferentes à pergunta


“Quem sou eu?”

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 10
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Agora, vamos refletir como você acha que é visto pelas outras pessoas. Pode ser que já tenha
escutado algo vindo delas. Também pode analisar a forma como elas se relacionam com você para
responder às próximas questões.

A) Como você é visto pelo seu melhor amigo?

b) Como você é visto por uma pessoa mais crítica?

Vamos entrar um pouco mais no seu “eu”. No exercício a seguir, extraído do livro Autoestima – como
está a sua?, de Matthew McKay e Patrick Fanning (2011), você vai anotar quantas palavras ou
qualidades que puder para se descrever nos seguintes aspectos:

1) Aparência física

Inclua descrições de sua altura; peso; aparência do rosto; qualidade da pele; cabelo; estilo pessoal,
além da descrição de áreas específicas do corpo, como pescoço, tronco, cintura e formato das
pernas, por exemplo.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 11
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

2) Relacionamento com as pessoas mais próximas

Inclua descrições de seus pontos fortes e fracos em relacionamentos íntimos e em relação à sua
convivência com os amigos e a família.

3) Personalidade

Descreva traços positivos e negativos de sua personalidade.

4) Desempenho na escola (curso) ou no trabalho

Inclua descrições de como você lida com as tarefas principais da escola (curso) e do trabalho. Por
exemplo, se é organizado(a), pontual, focado(a), desatento(a) etc.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 12
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

5) Desempenho nas tarefas cotidianas – Autocuidado e cuidado com o próximo

As descrições desta parte podem ser feitas pensando em áreas como higiene; saúde; manutenção do
ambiente em que vive; preparo dos alimentos; cuidado com os filhos ou animais de estimação e outras
formas de lidar com os cuidados pessoais ou necessidades familiares.

6) Funcionamento mental

Inclua uma avaliação de como você raciocina e soluciona problemas; sua capacidade de aprendizado
e tomada de decisões; seu conhecimento geral - cultura, áreas de conhecimento específico, sabedoria
adquirida, visão de vida etc. Pode destacar aqui, também, se você identifica crenças limitantes e
padrões repetitivos em si mesmo(a).

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 13
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

5) Desempenho nas tarefas cotidianas – Autocuidado e cuidado com o próximo


7) Sexualidade

Como se vê e se sente quanto ao aspecto sexual? Você se considera satisfeito(a)? Lida bem com esse
aspecto? Tem travas, tabus e preconceitos? Consegue falar sobre esse tema com o parceiro ou a
parceira? Aceita seu próprio corpo? Considera-se bem resolvido(a) nesse aspecto?

Ao terminar, retorne ao início do inventário e coloque um sinal de mais (+) ao lado dos itens que
representam pontos positivos ou nas coisas que você aprecia em si mesmo(a); e preencha com um
sinal de menos (-) os tópicos que você considera fracos ou que gostaria de mudar.

Fonte: Livro Autoestima – como está a sua?, de Matthew McKay e Patrick Fanning. Editora Vida & Consciência, 2011.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 14
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Mensagem para continuar seguindo em frente e se reafirmar

em sua essência

Sempre que sentir necessário, leia as afirmações abaixo. Incorpore-as ao seu dia a dia!

Eu não preciso “pisar” em alguém para me sentir forte.


Eu não preciso armar um plano de vingança porque a pessoa não me quis ou porque me
deixou.
Eu não preciso “ter” sempre a última palavra para não me sentir rebaixada.
Eu não preciso saber de tudo para me sentir inteligente.
Eu não preciso acertar sempre para cumprir com o meu objetivo de perfeição.
Eu não preciso me cobrar enlouquecidamente para cumprir com os meus deveres.
Eu não preciso continuar sendo dura, rígida, com uma disciplina “mão de ferro” só
porque foi assim que meus pais me criaram ou porque foi assim que as coisas deram
“certas” na vida deles.
Eu não preciso fingir que está tudo bem ou dizer que as coisas não me afetam para ser
bem resolvida.
Eu preciso quebrar essa redoma de vidro que construí, estourar essa bolha que “me
protege” e desprender os fios da minha emoção.
Eu preciso me buscar naquele cantinho escuro do meu quarto e abrir as janelas da minha
alma para que a luz da consciência que existe em mim resgate a minha criança ferida,
machucada, assustada.

Lembre-se de que você precisa seguir em frente, em paz com


tudo o que foi e aceitar o que deu pra ser... Ressignificar a
dor e seguir afinando sua razão e emoção numa doce e suave
melodia chamada vida.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 15
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Lista de desejos/objetivos

Bora se conhecer um pouco mais?!

Faça um “X” na frase abaixo que melhor se aplica a você.


Sinta-se livre para modificar ou acrescentar uma frase
que não tenha sido mencionada. Caso apareçam coisas e
situações que você gosta e já realizou, troque a palavra
“eu quero/eu desejo” por “eu gosto de”. Trabalhe com o
coração (emoção) e não com a cabeça (razão).

Eu quero/eu desejo fechar negócios Eu quero/eu desejo treinar pessoas

Eu quero/eu desejo ensinar Eu quero/eu desejo ir a jantares e


festas
Eu quero/eu desejo tocar música
Eu quero/eu desejo ir a eventos de
Eu quero/eu desejo trabalhar com arte
tecnologia
Eu quero/eu desejo conhecer pessoas
Eu quero/eu desejo trabalhar com jogos
de estratégia Eu quero/eu desejo pescar

Eu quero/eu desejo viajar Eu quero/eu desejo aprender outras


línguas (idiomas)
Eu quero/eu desejo compor música
Eu quero/eu desejo fazer vídeos
Eu quero/eu desejo me divertir
Eu quero/eu desejo ensinar crianças
Eu quero/eu desejo trabalhar com
vendas Eu quero/eu desejo realizar
aconselhamento familiar
Eu quero/eu desejo pesquisar sobre
diversos assuntos Eu quero/eu desejo trabalhar sozinho

Eu quero/eu desejo supervisionar Eu quero/eu desejo cantar e/ou


dançar
Eu quero/eu desejo voar
Eu quero/eu desejo fazer restauração
Eu quero/eu desejo trabalhar com (de joias, móveis...)
jardinagem
Eu quero/eu desejo acampar
Eu quero/eu desejo cuidar de pessoas

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 16
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Eu quero/eu desejo trabalhar em grupo Eu quero/eu desejo cuidar de crianças

Eu quero/eu desejo dar consultoria Eu quero/eu desejo desafios


intelectuais
Eu quero/eu desejo conversar
Eu quero/eu desejo cozinhar
Eu quero/eu desejo trabalhar com
dinheiro Eu quero/eu desejo realizar
apresentações
Eu quero/eu desejo resolver problemas
organizacionais Eu quero/eu desejo elaborar
propaganda
Eu quero/eu desejo ser um(a)
negociador(a) Eu quero/eu desejo realizar trabalhos
manuais
Eu quero/eu desejo entrevistar pessoas
Eu quero/eu desejo colocar as coisas
Eu quero/eu desejo trabalhar com política em ordem

Eu quero/eu desejo trabalhar com Eu quero/eu desejo viver em


números ambientes informais

Eu quero/eu desejo trabalhar na área de Eu quero/eu desejo desenhar (moda)


enfermagem
Eu quero/eu desejo ser relações
Eu quero/eu desejo construir “coisas” públicas

Eu quero/eu desejo organizar eventos Eu quero/eu desejo projetar sistemas

Eu quero/eu desejo trabalhar com Eu quero/eu desejo escrever


esportes
Eu quero/eu desejo ter vida pública
Eu quero/eu desejo trabalhar com
negócios internacionais Eu quero/eu desejo conduzir reuniões

Eu quero/eu desejo produzir eventos Eu quero/eu desejo fazer análises

Eu quero/eu desejo juntar pessoas Eu quero/eu desejo resolver


problemas dos outros
Eu quero/eu desejo liderar grupos
Eu quero/eu desejo trabalhar em casa
Eu quero/eu desejo realizar tarefas
rotineiras Eu quero/eu desejo trabalhar
com/aprender sobre mercado
Eu quero/eu desejo ser chefe financeiro e investimentos

Eu quero/eu desejo liberdade para fazer Eu quero/eu desejo brilhar sozinho(a)


as minhas coisas

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 17
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Eu quero/eu desejo correr riscos Eu quero/eu desejo trabalhar com redes


sociais
Eu quero/eu desejo realizar
trabalhos criativos Eu quero/eu desejo executar projetos

Eu quero/eu desejo trabalhar em Eu quero/eu desejo trabalhar em


grandes empresas startups (empresas jovens, com
propostas de desenvolver modelos de
Eu quero/eu desejo aconselhar negócio escalável e lucrativo; visam à
inovação)
Eu quero/eu desejo “trabalhar
duro” para grandes objetivos Eu quero/eu desejo cuidar da parte
administrativa
Eu quero/eu desejo começar algo
do zero Eu quero/eu desejo

Eu quero/eu desejo ser muito Eu quero/eu desejo


conhecido(a)

Dos tópicos assinalados, destaque os dez mais importantes em ordem de preferência:

Pronto! Deste modo é possível descobrir quais são as atividades que você tem mais afinidade e,
consequentemente, vai conseguir avançar no caminho do autoconhecimento!

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 18
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

De volta ao passado

Entender de onde viemos nos ajuda muito na compreensão de


quem somos e do que queremos ser. Afinal, “a fruta não cai longe
do pé”. Não podemos ignorar, negar ou ser indiferentes às nossas
origens.

Deste modo, vamos resgatar o nosso passado para entender o


nosso presente e construir o nosso futuro de forma consciente?!

No quadro abaixo, escreva as características positivas e negativas


das suas figuras paternas. Coloque quem são (nomes) e o papel
que elas têm ou tiveram em sua vida.

Figura paterna Figura materna


Nome

Papel que exerce


na sua vida

Características
positivas e
negativas

Agora que você terminou esse exercício, coloque a inicial de seu nome ao lado das características que
você também tem e veja o quanto foi herdado de seu pai e o quanto de sua mãe. Ao fazer isso, reflita
sobre o caminho que você quer continuar seguindo; o que pode fazer diferente e o que deseja manter.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 19
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Meditação: Um novo tempo

Vamos a uma pausa dos exercícios! Concentre-se na meditação a seguir. Ela foi extraída do livro
21 dias para curar a sua vida, de Louise Hay (2019), e tem como objetivo auxiliar no processo de
conexão com o seu interior:

"Veja uma nova porta se abrindo para um tempo de grande cura – uma cura que
nós não entendíamos no passado. Estamos em pleno processo de aprendizado
sobre todas as habilidades incríveis que existem dentro de nós. Estamos
aprendendo a entrar em contato com as partes de nós mesmas que guardam as
respostas e que vão nos guiar por caminhos que nos levarão ao nosso bem
maior.

Veja essa nova porta se abrindo e se imagine entrando por ela para encontrar a
cura de muitas maneiras. Afinal, “cura” tem significados diferentes para pessoas
diferentes. Alguns de nós temos corpos que precisam de cura; alguns de nós
temos corações que precisam de cura; alguns de nós temos mentes que
precisam de cura. Então, estamos abertos e receptivos à cura que é necessária a
cada pessoa. Nós abrimos a porta para o crescimento pessoal, e caminhamos
através dessa porta sabendo que estamos em segurança.

E é assim que deve ser. Respire e sinta cada palavra transbordando no seu
corpo, na sua alma."

Fonte: Livro 21 dias para curar a sua vida, de Louise Hay. Editora Pausa, 2019.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 20
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Como você lida com seus sentimentos e emoções?


Escala de Esquemas Emocionais de Leahy
LEAHY, Robert. Técnicas de Terapia Cognitiva: Manual do terapeuta. Porto Alegre: Artmed, 2006.

Estamos interessados na forma como você lida com seus


sentimentos e emoções – por exemplo, como você lida
com a raiva, a tristeza e a ansiedade. Todos nós reagimos
de modo diferente a esses sentimentos; assim, não há
respostas certas ou erradas para o exercício a seguir. Por
favor, pense em como você encarou os sentimentos no
último mês. A partir disso, leia cada sentença
cuidadosamente e atribua a elas um número, de 1 a 6,
usando a escala abaixo.

Escreva o número referente à sua resposta ao lado de


cada sentença.

ESCALA
1= muito falso
2= moderadamente falso
3= levemente falso
4= levemente verdadeiro
5= moderadamente verdadeiro
6= muito verdadeiro

1. Quando me sinto para baixo, tento pensar em uma maneira diferente de ver as coisas.

2. Quando tenho um sentimento que me incomoda, tento pensar em uma razão pela qual ele
não é importante.

3. Frequentemente, penso que respondo com sentimentos que outras pessoas não teriam.

4. É errado ter determinados sentimentos.

5. Existem coisas a meu respeito que simplesmente não compreendo.

6. Acredito que é importante me permitir chorar para deixar meus sentimentos “saírem”.

7. Se me permitir ter alguns desses sentimentos, temo que perderei o controle.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 21
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

8. Os outros compreendem e aceitam meus sentimentos.

9. Você não pode se permitir ter certos tipos de sentimentos - como aqueles relacionados a
sexo ou à violência.

10. Meus sentimentos não fazem sentido para mim.

11. Se as outras pessoas mudassem, eu me sentiria muito melhor.

12. Acho que tenho sentimentos dos quais não estou de fato consciente.

13. Às vezes, temo que se me permitisse ter um sentimento forte, ele não iria mais embora.

14. Sinto vergonha dos meus sentimentos.

15. Coisas que incomodam outras pessoas não me incomodam.

16. Ninguém se importa realmente com meus sentimentos.

17. É importante que eu seja razoável e prático em vez de sensível e aberto a meus
sentimentos.

18. Não consigo suportar quando tenho sentimentos contraditórios - como gostar e não
gostar da mesma pessoa.

19. Sou muito mais sensível que as outras pessoas.

20. Tento me livrar dos sentimentos desagradáveis imediatamente.

21. Quando me sinto para baixo, tento pensar nas coisas mais importantes da vida - aquilo
que valorizo.

22. Quando me sinto para baixo ou triste, questiono os meus valores.

23. Sinto que posso expressar meus sentimentos abertamente.

24. Frequentemente, digo a mim mesmo: “O que há de errado comigo?”

25. Vejo-me como uma pessoa superficial.

26. Quero que as pessoas acreditem que sou diferente do jeito que me sinto de verdade.

27. Fico preocupado que não serei capaz de controlar meus sentimentos.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 22
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

28. Você precisa se policiar contra determinados sentimentos.

29. Sentimentos fortes duram apenas um curto período de tempo.

30. Você não pode depender dos sentimentos para saber o que é bom para você.

31. Eu não deveria ter alguns dos sentimentos que tenho.

32. Frequentemente me sinto anestesiado emocionalmente, como se não tivesse sentimentos.

33. Penso que meus sentimentos são estranhos ou esquisitos.

34. Outras pessoas provocam em mim sentimentos desagradáveis.

35. Quando tenho sentimentos conflitantes em relação a alguém, fico perturbado ou


confuso.

36. Quando tenho algum sentimento que me incomoda, tento encontrar outra coisa para
pensar ou fazer.

37. Quando me sinto para baixo, fico sozinho e penso muito sobre como me sinto mal.

38. Gosto de ter absoluta certeza quanto à maneira como me sinto em relação a outra
pessoa.

39. Todo mundo tem sentimentos como os meus.

40. Aceito meus sentimentos.

41. Acho que tenho os mesmos sentimentos que outras pessoas têm.

42. Aspiro a valores mais elevados.

43. Penso que meus sentimentos agora não têm nada a ver com o modo como fui criado.

44. Tenho a preocupação de que, se tiver certos sentimentos, posso ficar louco.

45. Meus sentimentos parecem vir do nada.

46. Penso que é importante ser racional e lógico em quase tudo.

47. Gosto de ter absoluta certeza sobre o modo como me sinto em relação a mim mesmo.

48. Eu foco muito em meus sentimentos ou em minhas sensações físicas.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 23
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

49. Não quero que ninguém saiba de alguns dos meus sentimentos.

50. Não quero admitir que tenho certos sentimentos, mas sei que os tenho.

Agora que chegou ao fim, coloque a data em que você realizou esse exercício e, daqui a um mês,
refaça a atividade para analisar como estão os seus sentimentos.

Para dar sequência, faça a leitura da meditação abaixo. Sente-se ou deite-se. Fique numa posição
confortável e respire com tranquilidade (inspire contando até cinco, segure contando até três e expire
contando até sete). Repita essa respiração até o fim da meditação...

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 24
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Mensagem para ler todos os dias

Que eu encontre dentro de mim a coragem de ser o que eu quiser ser.


E se eu não souber quem eu sou, se eu estiver confuso(a) ou em conflito, que eu tenha
coragem de buscar ajuda profissional para me auxiliar no processo de me olhar “olho
no olho”.
Que eu tenha coragem de me bancar, de pagar pra ver, de voar sob este mar de
possibilidades infinitas que é a vida.
Que eu tenha coragem de ser aquilo que faça mais sentido pra mim e deixe partir o que
não me serve mais.
Que eu tenha coragem de pausar, de relaxar, de me entregar para o fluxo da minha
energia que está conectada com o todo.
Que eu tenha coragem de apostar em mim, mesmo com medo de errar.
Que eu tenha coragem de me amar com todas as minhas perfeitas imperfeições.
Que eu tenha coragem de me tratar bem e sentir na minha pele como é ser bem-
amada(o) por mim mesmo(a).
Que eu tenha coragem de deixar pra lá tudo aquilo que fez eu me distanciar do que eu
acredito ser a minha essência e a minha maneira “singular” de viver a vida.
Que eu tenha coragem de dizer SIM para o meu novo mundo e nascer de novo mais
pertencente a mim mesmo(a).

Que eu tenha coragem. Sabe por quê?


Porque o mundo me espera!

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 25
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Descubra quais são as suas crenças limitantes!

Vamos dar continuidade nesse caminho do


autoconhecimento e buscar entender quais são as suas
Crenças Limitantes. Aqui, trabalharemos dez crenças.

Os dez padrões mentais são tão corriqueiros que você


provavelmente já se viu, em algum momento, sob a sua
influência negativa, mesmo que ainda não tenha se dado
conta disso. O reconhecimento é o primeiro passo para
colocar essas reações problemáticas sob controle.

Seguindo, então, com o nosso caderno de exercícios,


abaixo temos mais um questionário. Esse questionário,
extraído do livro As 10 bobagens mais comuns que as
pessoas inteligentes cometem e técnicas eficazes para
evitá-las, de Arthur Freeman e Rose DeWolf (2006), é
dividido em dez blocos de cinco questões. Por meio dele,
será apurado, em certa medida, o funcionamento e a
influência de crenças limitantes em sua vida, em sua
rotina e nas escolhas do dia a dia. Será possível observar
se, de alguma maneira, elas podem estar o(a) impedindo
de chegar aonde deseja.

Capriche na sinceridade!

Classifique a sua reação às 50 afirmações a seguir numa escala de 0 a 4, em que 0 representa a


menor pertinência à sua vida e 4, a maior. Marque com um “X” um dos quadrinhos depois de cada
frase.

Considere o seguinte significado para cada um dos valores:

0 – Essa afirmação não se aplica em nenhum momento da minha vida.


1 – Houve algumas raras ocasiões em que me senti assim.
2 – Às vezes eu me sinto assim.
3 – Com frequência me sinto assim.
4 – Essa afirmação se aplica a mim na maior parte das vezes.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 26
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Nº Questão 0 1 2 3 4

1 Minha reação é exagerada mesmo diante dos menores problemas

2 Os outros me recriminam por transformar ratos em rinocerontes

3 Agito-me com muita facilidade

4 Nem adianta tentar, porque sei que nada vai adiantar

5 Sei de antemão que as coisas vão dar errado

Nº Questão 0 1 2 3 4

6 Eu sei o que os outros estão pensando

7 Quem está próximo de nós deve saber aquilo que queremos

8 Dá para saber o que os outros estão pensando pela linguagem


corporal

9 Quando as pessoas passam muito tempo juntas, seus pensamentos


entram em sintonia

10 Fiquei chateado com o que achei que uma determinada pessoa


estava pensando, mas depois descobri que me enganei

Nº Questão 0 1 2 3 4

11 É minha responsabilidade garantir a felicidade daqueles que amo

12 Quando alguma coisa dá errado, sempre acho que foi por minha culpa

13 Acho que sou mais criticado que os outros

14 Dá para saber quando os outros estão nos atacando; eles não


precisam ser específicos nem mencionar o nosso nome

15 Sinto que fui responsabilizado injustamente por coisas que estavam


além do meu controle

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 27
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Nº Questão 0 1 2 3 4

16 Acabo me metendo em apuros por excesso de autoconfiança

17 Minha autoconfiança parece afetar as pessoas

18 Acho que, quando se é bem-sucedido em determinada área, pode-se


lograr êxito idêntico em qualquer outra

19 Outras pessoas são responsáveis pelos meus fracassos

20 Uma vez atingido o sucesso, a pessoa pode relaxar porque o embalo


vai mantê-la naquele patamar

Nº Questão 0 1 2 3 4

21 As pessoas têm um dom para me cutucar justamente nas áreas em


que sou mais sensível a críticas

22 Tenho um sexto sentido para críticas. Sempre sei quando as pessoas


na verdade estão falando de mim.

23 Comentários negativos de terceiros podem me magoar muito,


chegam a me deixar deprimido

24 Eu ouço os comentários negativos e repudio os elogios

25 Para mim, todos os comentários têm o mesmo valor

Nº Questão 0 1 2 3 4

26 Fico incomodado quando deixo alguma coisa por terminar

27 Ser considerado “mediano” e “mais um na multidão” é um insulto

28 Prefiro não entregar o trabalho a entregar algo que fique abaixo do


padrão que estabeleci para mim mesmo

29 É importante para mim que os outros me vejam como alguém que


nunca se desvia de padrões impecáveis

30 Basta um pequeno engano para arruinar o meu dia - ou mesmo a


minha vida inteira

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 28
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Nº Questão 0 1 2 3 4

31 Comparado aos outros, sou um fracasso

32 Sou extremamente competitivo

33 Tomar conhecimento do sucesso alheio me incomoda

34 Não estar onde eu devia estar agora acaba comigo

35 Acho que, para ser bem-sucedido, é preciso comparar-se aos outros

Nº Questão 0 1 2 3 4

36 O mundo é um lugar muito perigoso

37 É preciso ter cuidado com o que se diz e o que se faz para não
arranjar problemas

38 Não gosto de correr riscos

39 Já perdi algumas oportunidades por não querer correr determinados


riscos

40 Evito fazer coisas se acho que poderei ser magoado ou rejeitado

Nº Questão 0 1 2 3 4

41 Sinto-me culpado por algo que deveria ter feito no passado

42 Acredito na importância de se viver de acordo com as regras

43 Quando olho para trás, vejo mais fracassos que êxitos

44 Sofro pressão para fazer o que é certo

45 Sinto-me esmagado por tudo o que preciso fazer

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 29
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Nº Questão 0 1 2 3 4

46 As opiniões dos outros não me interessam

47 As pessoas reclamam que eu não lhes dou ouvidos

48 Fico na defensiva quando os outros me pedem para fazer alguma


coisa (ou mandam)

49 Para mim, ou as coisas são feitas do meu jeito ou não serão feitas de
jeito nenhum

50 Tenho uma tendência à procrastinação. Adio até mesmo coisas


importantes

Você está indo muito bem! A decisão de seguir o caminho que leva ao autoconhecimento é uma das
escolhas mais sábias e que requer grande coragem de nossa parte.

Bom, chegamos ao momento de avaliar as suas respostas. Observe os padrões dos “Xs” que você
marcou. Se você tiver marcado apenas entre os números 0 ou 1, é porque não tem maiores
problemas com essas crenças – e não deve ter grandes dificuldades para lidar com desafios na sua
vida.

Entretanto, se você assinalou nas escalas de número 2 a 4, em pelo menos três das cinco questões de
cada bloco, isso indica que há crenças que podem ser trabalhadas.

Se você encontrar um grupo de “Xs” entre os valores 2 a 4:

Nas questões 1-5: foque na crença de Catastrofismo;


Nas questões 6-10: foque na crença Telepatia;
Nas questões 11-15: foque na crença Mania de Perseguição;
Nas questões 16-20: foque na crença Acreditar em tudo o que seu assessor de imprensa diz;
Nas questões 21-25: foque na crença Levar as críticas muito a sério (ou inventá-las);
Nas questões 26-30: foque na crença Perfeccionismo;
Nas questões 31-35: foque na crença Mania de comparação;
Nas questões 36-40: foque na crença Pensamento condicional “E se...?”
Nas questões 41-45: foque na crença Deve-ser-assim
Nas questões 46-50: foque na crença O vício “sim, mas...”

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 30
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Entre as questões 1 e 5, se você assinalou a escala de dois a quatro pelo menos três vezes,
a crença limitante é a do Catastrofismo:

Sem considerar outros resultados possíveis, você pensa que seu


futuro não terá esperança e que será repleto de catástrofes. Por
exemplo, apesar do fato de uma pessoa ser bem-sucedida ao fazer
algumas coisas sozinha e de ter vários amigos que a apoiam, ela
pode pensar: “Eu nunca consigo fazer nada certo sozinha e, por
causa disso, eu provavelmente vou morrer sozinha, sem esperança e
sem um lar, morando nas ruas”. Existem pessoas que chegam a todo
tipo de conclusão catastrófica sem pensar duas vezes, sem clareza e
sem se ater aos fatos – o que pode gerar paralisação em seus atos.

Sugestão de Estratégia de Superação da Crença Limitante: tente


considerar todas as possibilidades; pergunte a si mesmo: “Estou
dando o meu melhor? Posso pensar diferente ou estou fadado a
pensar assim? O que pode me acontecer se eu focar na solução?
Quais são as possibilidades que eu não estou considerando? A
minha situação pode melhorar de alguma maneira? O que de
melhor pode acontecer?” Coloque no papel todos esses
pensamentos e já poderá ter um panorama real do que está
vivenciando.

Entre as questões 6 e 10, se você assinalou a escala de dois a quatro pelo menos três
vezes, a crença limitante é a da Telepatia:
Você imagina saber o que as outras pessoas estão pensando ou
sentindo e também acredita que elas devam saber o que você pensa e
sente. Por exemplo, uma pessoa pode pensar “Meu chefe não parece feliz
hoje; aposto que ele está pensando sobre o erro que eu cometi semana
passada no meu relatório”, apesar do fato de o chefe poder estar infeliz
devido a uma outra pessoa ou evento completamente não relacionado
ao funcionário. Uma das nossas ilusões mais ternamente acalentadas é a
de que sabemos o que se passa na cabeça alheia – e que os outros
também deveriam saber o que se passa na nossa. “Não preciso nem
dizer, ele sabe” é uma crença recorrente – e, frequentemente, causa
decepções quando percebemos que o outro não só sabe como nem
sequer imagina que a gente acha que ele devia saber.

Sugestão de Estratégia de Superação da Crença Limitante: pergunte a


si mesmo(a): “Eu posso mesmo saber o que as outras pessoas estão
pensando sem que elas me contem? Será que estou querendo manter
um controle sobre algo? Eu me considero manipulador? Será que estou
sendo arrogante, prepotente, quando tenho convicção do que o outro
pensa? Como eu lido quando sou questionado sobre a minha
prepotência? Como eu me sinto não estando no controle?” Uma dica
para trabalhar essa crença é: evite suposições; em contrapartida,
pergunte, questione.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 31
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Entre as questões 11 e 15, se você assinalou a escala de dois a quatro pelo menos três
vezes, a crença limitante é a da Mania de Perseguição:

Você leva tudo para o lado pessoal. Costuma assumir a


responsabilidade pelo mau humor alheio e até mesmo pelo mau
tempo. Consequentemente, tende a se sentir irritado ou culpado a
maior parte do tempo.

Sugestão de Estratégia de Superação da Crença Limitante: a


melhor forma é tentar equilibrar as responsabilidades; pergunte a
si mesmo(a): “Eu sou mesmo 100% responsável por isso? Se não,
com quem eu devo dividir a responsabilidade? Quem mais é, pelo
menos, parcialmente responsável? Será que isso tem a ver comigo?
Será que a pessoa não está estressada com outras coisas?” Ou
pergunte-se: “Quem é que está dizendo isso? Essa pessoa tem
alguma importância para mim?” Para trabalhar essa superação,
uma dica é fazer o seguinte questionamento: “Como seria o mundo
sem a minha presença?”

Entre as questões 16 e 20, se você assinalou a escala de dois a quatro pelo menos três
vezes, a crença limitante é a de Acreditar em tudo o que seu assessor de imprensa diz:

Esse é um equívoco frequente das celebridades, mas até mesmo as


pessoas que não têm nenhum assessor de imprensa para glorificá-las na
mídia cai nessa esparrela. O problema envolve, entre outras coisas,
acreditar que o êxito em determinada área implica automaticamente
sucesso em todas as demais, sem necessidade do mesmo esforço que
levou ao primeiro.

Também podemos nos mostrar insensíveis às necessidades e aos


desejos dos outros e simplesmente partir do princípio de que os outros
querem aquilo que queremos. Por exemplo: “Você só está dizendo que
não quer ir para cama comigo da boca para fora. Eu sei que, na verdade,
é isso que você quer, sim.” Esse tipo de raciocínio leva à ruptura de
parcerias profissionais, de relacionamentos amorosos e à violação da lei.

Há duas categorias de pessoas mais propensas à arte do otimismo


incorrigível: aquelas que acreditam ser fabulosas só porque alguém –
geralmente da família – vive lhe dizendo isso; e aquelas que atingiram
legitimamente um patamar elevado em determinado momento da vida e
pretendem usar isso como fundamento para tudo o que vierem a fazer.
Por exemplo: “Se o papai sempre me falou que eu sou ótima, é porque eu
sou ótima mesmo.” Ou “Para que dar ouvidos aos outros? Este mundo só
tem imbecis com exceção de mim, claro.” Ou “Posso fazer tudo, ter tudo,
enganar todo mundo, e nunca vão me pegar.”

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 32
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Trata-se de um pensamento positivo totalmente desfigurado. Quando as pessoas se consideram acima


das leis que se aplicam aos seres humanos de maneira geral, costumamos dizer que elas sofrem de um
excesso de ego.

Sugestão de Estratégia de Superação da Crença Limitante: a verdadeira atitude vencedora é o


Realismo: “Será que o fato de eu não conhecer nenhum aspecto negativo significa que não exista
nenhum mesmo?” ou “Será que eu não estou me deixando enganar?” ou “Será que eu não estou
supervalorizando algo em mim sem ao menos analisar se isso cabe neste momento? Será que eu
estou apegado ao que um dia deu certo ou a uma fama que já passou?” Tente identificar o que você
está mascarando com o seu excesso de autoconfiança, de ego. O que você está negando? Qual é o
seu medo? Qual é a sua fragilidade?

Dica: A hipervalorização de seu ego não vai fazer você se tornar melhor e mais qualificado que o
outro.

Entre as questões 21 e 25, se você assinalou a escala de dois a quatro pelo menos três
vezes, a crença limitante é a de Levar as críticas muito a sério (ou inventá-las):

Esse erro é o oposto de se acreditar no assessor de imprensa.


Contudo, pode ser igualmente problemático aceitar sem questionar
toda e qualquer crítica, vinda de quem quer que seja, a respeito do
que for (ou, pior, presumir que está sendo criticado), sem se dar ao
trabalho de averiguar se o crítico em questão é qualificado para
colocar-se nessa posição ou se a crítica efetivamente existe.

Sugestão de Estratégia de Superação da Crença Limitante: pense


antes de responder, pois o imediatismo pode levá-lo(a) ao impulso,
gerando sentimentos extremistas de raiva ou de passividade. Ou
seja, ou se torna reativo ou se aceita tudo o que falam.
Primeiramente, pergunte se as suas decisões são tomadas, de modo
geral, na linha do oito ou oitenta. Se sim, cuidado. Agora é o
momento de refletir e modificar as atitudes. Portanto, lembre-se: há
sempre setenta e duas possibilidades entre os extremos.

Entre as questões 26 e 30, se você assinalou a escala de dois a quatro pelo menos três
vezes, a crença limitante é a do Perfeccionismo:

Trata-se do desejo de ser perfeito e de ser reconhecido em tudo o que faz. O que pode estar por trás
dessa crença é o medo de não ser aceito, de ser rejeitado. Quais os padrões foram estabelecidos para
você e para o outro? Como você lida com o fracasso e com o erro? E com a rejeição?

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 33
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Essa preocupação em querer tudo perfeito pode parecer muito


admirável, e ninguém poderia negar a propriedade de estabelecermos
padrões elevados para nós mesmos. Entretanto, o perfeccionismo vira
uma idiotice quando os padrões assim definidos são tão altos que se
tornam inalcançáveis para qualquer um, bem como quando o desejo de
ser 100% perfeito leva a 0% de realização.

Alguns efeitos do perfeccionismo são:

Procrastinação;
Paralisação;
Autoestima baixa;
Autoimagem distorcida;
Autocrítica exagerada;
Rigidez mental;
Obsessão pelo padrão.

Sugestão de Estratégia de Superação da Crença Limitante: descreva


como você se sentiu quando foi rejeitado, quando se sentiu
envergonhado, quando errou.

Dica: Tente flexibilizar o seu dia a dia. Procure ser menos rigoroso.
Considere as 72 possibilidades existentes entre 8 e 80.

Entre as questões 31 e 35, se você assinalou a escala de dois a quatro pelo menos três
vezes, a crença limitante é a da Mania de Comparação:

A comparação começa em casa. Geralmente, nós nos comparamos


com aqueles que têm ou são mais do que nós. Embora a
comparação seja uma medida referencial, ela é injusta. Isso porque
nunca haverá um parâmetro, de fato, equivalente que reproduza
respostas satisfatórias para os resultados que queremos obter.
Essa visão comparativa, que utilizamos para avaliar o nosso
comportamento, é reducionista. Ao compararmos parcialmente a
nossa vida com a de alguém, estamos projetando, criando,
imaginando que a “grama do vizinho é mais verde que a nossa”.

Comparar e contrapor constituem maneiras respeitáveis de analisar


as diferenças. Mas é muito contraproducente focar toda a nossa
atenção em comparações negativas com os outros. Também é
nocivo aceitar cegamente qualquer comparação negativa que façam
de nós em relação a terceiros – o que tende a ser desanimador e,
em geral, é impreciso.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 34
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Sugestão de Estratégia de Superação da Crença Limitante/Dica: seja mais gentil, amoroso e flexível
com você mesmo(a). Não se abandone. Evite as comparações. Procure exercitar a análise crítica
baseada nos fatos que você conheça. Termine o dia praticando a Gratidão. Liste tudo de bom que
aconteceu no seu dia. Reconheça seus pontos fortes, suas conquistas e realizações.

Entre as questões 36 e 40, se você assinalou a escala de dois a quatro pelo menos três
vezes, a crença limitante é a do Pensamento condicional “E se...?”:

Preocupações, negativismo e insegurança são três palavras-chave que


descrevem essa crença. O medo do fracasso é maior do que os
possíveis ganhos do sucesso. O que você ganha ficando onde está?
Trata-se da preocupação relacionada a um acontecimento que não
existe ou é altamente improvável, como se já não bastassem as nossas
preocupações concretas, relacionadas a ameaças à saúde e à felicidade
– e, com relação a estas, inquietar-se a ponto de diminuir a capacidade
de lidar com elas em vez de ampliar seus recursos.

Sugestão de Estratégia de Superação da Crença Limitante: arrisque-


se mais! Ouse pensar que pode dar certo. Permita-se! Transforme as
perguntas negativas em positivas. Por exemplo: substitua “e se ele
me rejeitar?” por “e se ele gostar de mim?” Outra dica é recorrer às
meditações e às técnicas de relaxamento.

Entre as questões 41 e 45, se você assinalou a escala de dois a quatro pelo menos três
vezes, a crença limitante é a de Deve-ser-assim (Ditar as leis: “deveria” e “tem que”):

Você tem uma ideia particular e fixa sobre como as coisas


“deveriam ser”. Por causa disso, você fica triste ou com raiva
quando as suas expectativas não são atingidas. Por exemplo, uma
pessoa pode pensar “Eu deveria me esforçar mais, porque eu nunca
deveria cometer erros; se eu cometer um erro, isso significa que eu
sou um fracassado”, apesar do fato de que todas as pessoas
cometem erros cotidianamente e de que nada é perfeito.

O “Deve-ser-assim” vira um dedo na cara, que diz “não se atreva a


desviar um milímetro que seja ou vai se arrepender; vai se sentir
culpado ou com vergonha”. Quem costuma usar o “devia” constrói
celas para si mesmo; fica tão obcecado pelo que devia fazer, ou pelo
que devia ter feito, que não consegue pensar no que poderia fazer
agora ou naquilo que poderia vir a fazer no futuro.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 35
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Sugestão de Estratégia de Superação da Crença Limitante: tente ser flexível; pergunte a si mesmo
(a): “Como eu posso ser mais flexível comigo e com os outros?”. Reflita: “Em sua opinião, o que os
outros andam fazendo de errado?”

Dica: Liste tudo o que você faz por obrigação no seu dia, e reveja os itens buscando substituir o
“tenho que” por “eu gostaria”, “eu desejaria”, “eu quero”.

Entre as questões 46 e 50, se você assinalou a escala de dois a quatro pelo menos três
vezes, a crença limitante é a do vício “sim, mas....”:

O viciado em “sim, mas...” consegue encontrar algo de negativo que


sobrepõe a todo e qualquer aspecto positivo. Ou, então, ele elabora
racionalizações improváveis para justificar uma óbvia negativa – e, com
isso, vira um estorvo para si mesmo e para os demais. A pessoa que
possui essa crença está focada nos aspectos negativos a fim de anular
qualquer ponto positivo.

Sugestão de Estratégia de Superação da Crença Limitante: antes de


você verbalizar qualquer aspecto negativo, enumere os aspectos
positivos. Crie o hábito de externar algo positivo, mesmo que venham
aspectos negativos internamente em seus pensamentos. O “mas”
está vinculado a uma ideia de dificuldade do sujeito em avançar,
progredir.

Dica: substitua o “sim, mas” por “sim, e”. Por exemplo, não diga:
“Sim, eu gostaria de fazer isso, mas eis que pelos quais não posso.”
Substitua por: “Sim, eu gostaria de fazer isso, e eis alguns dos
desafios que terei de superar a fim de conseguir.”

Fonte: Livro As 10 bobagens mais comuns que as pessoas inteligentes cometem e técnicas eficazes para evitá-las, de Arthur
Freeman e Rose DeWolf. Editora Guarda-Chuva, 2006.

Maravilha! Chegamos ao fim do primeiro módulo do caminho do autoconhecimento. Parabéns por você
estar aqui! Espero que os exercícios e as ferramentas tenham o(a) ajudado a se conhecer ou a se
descobrir um pouco mais.

Lembre-se de que este caderno não substitui a terapia. Ele é uma ferramenta a mais; um instrumento
complementar para você se conhecer.

Até o próximo módulo!

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 36
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching
Caderno da Ana Matos: Como aprender a se conhecer - Módulo 1

Referências

FREEMAN, Arthur; DEWOLF, Rose. As 10 bobagens mais comuns que as pessoas inteligentes
cometem e técnicas eficazes para evitá-las. Rio de Janeiro: Guarda-Chuva, 2006.

HAY, Louise. 21 dias para curar a sua vida. São Paulo: Editora Pausa, 2019.

LEAHY, Robert L. Técnicas de Terapia Cognitiva: Manual do terapeuta. Porto Alegre: Artmed, 2006.

MCKAY, Matthew; FANNING, Patrick. Autoestima – como está a sua? São Paulo: Editora Vida &
Consciência, 2011.

http://www.anamatos.com.br/
Desperte sua Vida – Expanda sua mente, sua alma e seu coração 37
Proibida a reprodução deste material. Uso exclusivo de Ana Matos Terapia e Coaching

Você também pode gostar