Você está na página 1de 6

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ

CURSO DE GRAFUAÇÃO EM PEDAGOGIA

AGNALDO PEREIRA DA SILVA


202110070631
PCC DIDÁTICA

SÃO PAULO
2021
Introdução
Num contexto atual entenderemos o conceito de Didática que, por sua
vez não é um assunto isolado, nesta reflexão está associado à Educação, ou
não, à nossa educação. Para se saber qual o melhor “método” para usar esta
didática, ou seja, o “que fazer” ou ensinar, pretendemos conhecer também uma
estrutura social e política que orienta essas ações. Pesquisas anteriores nos
revelaram que existem orientações que norteiam as esferas educacionais
federais, estaduais, municipais e sub-regionais.
Desenvolvimento
Permita nos desvendar um pouco de didática pelo olhar do aluno. E Se
essa palavra quer dizer ensinar alguns autores defendem que sempre
colocaremos nosso lado humano nas ações de cuidar, instruir, ensinar. Por
exemplo, num ano tranquilo de aula na parte da manhã, estamos no 3º ano do
ensino fundamental I. Recordamos que, em alguns dias nossa professora
usava uma régua de 50cm para acalmar os ânimos de nossos colegas. Nos
veio a questão. Essa professora foi bem orientada para sua função?
Provavelmente sim. Mas para nós alunos seria apenas algum dia ruim que a
ela teve. E assim sucedeu por vários anos nossa de formação básica. Mas
observemos que a (o) educador (a) tinha um “currículo” para seguir, ou seja um
roteiro planejados para suas ações, mas ao se tratar do lado humano eu
concordo com o escritor que diz: "Precisamos resolver nossos monstros
secretos, nossas feridas clandestinas, nossa insanidade oculta." (Michel
Foucault). Isso faz parte do currículo oculto com rituais e práticas, as relações
sociais, o jeito de organizar o espaço e o tempo na escola, o modo de distribuir
os alunos por grupamentos e turmas e mensagens subjetivas nas falas dos
professores e livros didáticos. Como
Conclusão
Referência
CANDAU, Vera Maria. A didática em questão. – 33 ed. – Petrópolis; RJ: Vozes,
2012. Disponível em < <https://pedagogiafadba.files.wordpress.com/2013/08/a-
didc3a1tica-em-questc3a3o.pdf> Acesso em 27/10/2021.
DELORS, Jacques. Educação: tesouro a descobrir. São Paulo: Cortez; Brasília:
MEC/UNESCO, 2001.
HAIDT, Regina Célia Cazaux. Curso de Didática Geral. São Paulo: Ática, 2011.
JAEGER, Werner. Paideia. São Paulo: Martins Fontes, 2001.
LIBÂNEO, José Carlos. Democratização da Escola Pública: a pedagogia
crítico-social dos conteúdos. 21ª ed. São Paulo: Loyola, 2006.
OLIVEIRA, Maria Rita Neto Sales. DE ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso
(Orgs.). Alternativa no ensino de didática. Campinas, SP: Papirus, 1997, p. 71 –
95.

ANEXOS

Você também pode gostar