Você está na página 1de 2

PÓS-GRADUAÇÃO DE DIREITO DO TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO

MÓDULO: NOVAS FRONTEIRAS DO PROCESSO DO TRABALHO

1. Material para discussão pós-aula

Tema

Atuação Judicial e Extrajudicial do Ministério Público do Trabalho


(MPT).

Questão

Martin Garrix após anos prestando serviços diretamente na


instituição bancária, Banco do Brasil, muito embora contratado
pela empresa Captação de Clientes S.A, remunerado por ela, e
sob sua direção, decide apresentar reclamação trabalhista
requerendo vínculo empregatício diretamente com o Banco do
Brasil, empresa de economia mista.

Seus pedidos formam julgados totalmente procedentes e o


Ministério Público pretende recorrer da decisão, no entanto, Martin
questiona sua legitimidade.

Diante do exposto, o ministério Público tem legitimidade para


recorrer da decisão que declarou vínculo empregatício com o
Banco do Brasil?

GABARITO

Vale lembrar o que determina a Orientação Jurisprudencial 237 da


SDI-I do TST:

237. MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO.


LEGITIMIDADE PARA RECORRER. SOCIEDADE DE
ECONOMIA MISTA. EMPRESA PÚBLICA (incorporada a
Orientação Jurisprudencial nº 338 da SBDI-I) - Res.
210/2016, DEJT divulgado em 30.06.2016 e 01 e
04.07.2016

I - O Ministério Público do Trabalho não tem legitimidade
para recorrer na defesa de interesse patrimonial privado,
ainda que de empresas públicas e sociedades de economia
mista.
II – Há legitimidade do Ministério Público do Trabalho para
recorrer de decisão que declara a existência de vínculo
empregatício com sociedade de economia mista ou empresa
pública, após a Constituição Federal de 1988,
sem a prévia aprovação em concurso público, pois é matéria
de ordem pública.

Dessa forma, o Ministério apresenta legitimidade para recorrer da


decisão que reconheceu vínculo empregatício entre Martin e o Banco
do Brasil, sociedade de economia mista.

Você também pode gostar