Você está na página 1de 1

RELATÓRIO DA AULA DE FILOSOFIA

ESCOLA MARCOS DE BARROS FREIRE


DOCENTE: HENRIQUE FERREIRA
DISCIPLINA: FILOSOFIA

Discente: Marcos Henrique

Acadêmico do curso de filosofia da Unir Campus de Porto Velho.

Tema: “Alegoria da Caverna – Platão”

Platão foi discípulo de Sócrates, em uns dos livros mais importantes “A Republica” que ao todo
são 10 livros, de variadas obras e uma enorme divisão de temas de política até estética, tem
dialética como sua forma de escrita.

Quanto ao mito da caverna ou alegoria da caverna de Platão, esta no livro VII da Republica,
tem como tema central conhecimento sensível e o conhecimento inteligível.

Segundo Marcos, Platão faz uma analogia, uma representação de uma caverna, como se fosse
a mente do ser humano, então vamos imaginar uma caverna escura aonde existe prisioneiros
que ali estão desde do seu nascimento, compara com uma sala de cinema com a caverna
escura, espectadores como prisioneiros, refletores seriam as fogueiras, o projetor seria aonde
passariam as representações das figuras e dos animais e sons que emitiam os pássaros, que
que havia do mundo externo passava pelo projetor em forma representação de sombras
aonde os prisioneiros ficavam olhando as figuras.

Diante da situação o prisioneiro sai da caverna, ele sai e consegue se libertar e vai em direção
ao mundo externo, através da caminhada ele encontra diversos obstáculos, ate procurar a
saída, ao sair da caverna ele encontra o mundo externo, ele aquela a luz radiante, viu a luz
externa bem forte, não tinha costume com a luz, teve dificuldade de enxergar um pouco além
aos poucos foi se acostumando, em ver a realidade da vida externa e a beleza do externo.

Retornou para a caverna para falar sobre o que ele viu no lado de fora da caverna, mas as
pessoas que estavam la dentro, não acreditavam no que estavam ouvindo.

Significado do mundo da caverna ou alegoria da caverna: do mundo sensível seria os sentidos,


as sensações, conhecimento primário, imaginaríamos como se fosse um conceito amor
platônico quando imagina uma pessoa perfeita sem defeitos alguns sensações de sentidos, é o
mundo inteligível seria o conhecimento mais racional da razão, mais intelectivel, mais exato no
sentido matemático, a caverna representa a ignorância conhecimento superficial, já o mundo
externo e novo, é o mundo das ideias conhecimento mas profundo, é a luz da sol seria a
própria filosofia, o conhecimento supremo o tal mundo inteligível, já o próprio ex-prisioneiros
significa ou representa os filosofo que tenta liberta os prisioneiros da caverna, seria para
conduzir ao conhecimento verdadeiro do mundo externo.

Você também pode gostar