Você está na página 1de 4

ESCOLA BÁSICA nº 2 DE ANADIA

3º CICLO DO ENSINO BÁSICO – 9º ANO


ANO LECTIVO DE 2009 / 2010
Duração da prova: 45 minutos
CRITÉRIOS DE ELABORAÇÃO E DE CLASSIFICAÇÃO DO EXAME DE EQUIVALÊNCIA
À FREQUÊNCIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA – CÓDIGO 26

Conteúdo da Prova
A prova incide sobre os conteúdos seleccionados do programa em vigor e constantes na
respectiva matriz.

Modalidade da Prova
Prova prática, constituída por um problema relacionado com os conteúdos que constam da
matriz.
A classificação é expressa em percentagem de 0% a 100%, sendo reconvertida para a escala de 1
(um) a 5 (cinco).

Duração da Prova
45 Minutos.

Estrutura da Prova
Constituída por 2 grupos. As cotações a atribuir a cada grupo de questões constam da matriz.

Perfil da Prova
A prova é constituída pela resolução de exercícios critério.

Critérios de correcção
Os critérios de correcção da prova têm como referência as competências e as aprendizagens
definidas no currículo nacional para o 3º ciclo do ensino básico de Educação Física em vigor.
Será atribuída a cotação completa sempre que a execução prática esteja de acordo com o
conteúdo exigido e que revele:
Grupo I – Modalidade colectiva;
Grupo II – Modalidade individual
Material a utilizar:
Material específico da disciplina de Educação Física.

Página 1 de 4
Matriz do Exame de Equivalência à Frequência 3.º Ciclo Ensino Básico
Disciplina: Educação Física - 026
Duração da Prova: 45 minutos Modalidade: Prova prática
Ano lectivo 2009/2010

COMPETÊNCIAS DE CICLO A AVALIAR


 Alcançar o objectivo dos Jogos Desportivos Colectivos, realizando com oportunidade e correcção as acções técnico-tácticas elementares em todas as funções,
aplicando as regras não só como jogador, mas também como árbitro.
 Compor, realizar e analisar, da Ginástica as destrezas elementares, em esquema individual, aplicando os critérios de correcção técnica, expressão e combinação, e
apreciando os esquemas de acordo com esses critérios.
 Realizar e analisar, do Atletismo, o salto em altura, cumprindo correctamente as exigências elementares, técnicas e do regulamento, não só como praticante, mas
também como juiz.

TEM COTAÇÃO
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS APRENDIZAGENS ESTRUTURA
AS (%)
 Conduz, com os pés, num percurso de ida e volta, uma bola em
Futsal.Andebol.basquetebol

zig-zag por entre um conjunto de oito marcadores colocados no


solo e separados por um metro de distância. Utiliza, com
alternância, a parte interna do pé e contorna o marcador com o pé
 Condução de bola exterior ao mesmo.
A Prova é
 Passe  Efectua um passe, fazendo a bola passar por entre dois marcadores 50 realizada em forma
 Remate colocados a cinco metros de distância e separados por cinquenta de circuito
centímetros. Dispõe de quatro passes.
 Remata à baliza a dez metros de distância fazendo a bola entrar na
metade superior da mesma. Dispõe de quatro remates.
 Jogo reduzido
 Realiza dez auto passes com as mãos correctamente colocadas e
realiza todos os passes com bola acima da cabeça.
 Realiza dez manchetes com os braços em extensão e coloca a bola
Volei-bol

 Auto passe
a uma altura superior à sua. A Prova é
 Manchete 50 realizada em forma
 Realiza seis serviços, colocando a bola em cada uma das quatro
 Serviço de circuito
zonas que dividem o campo adversário. Dispõe de seis tentativas
para atingir as quatro zonas.
 Jogo reduzido

Página 2 de 4
TEM
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS APRENDIZAGENS
AS
 Transpõe uma fasquia colocada a uma altura superior à altura,
medida com o aluno na posição de pé, do seu umbigo ao solo,
Salto em Altura utilizando a técnica Fosbury Flop.
 Executa a corrida de balanço de forma ritmada e em trajectória
 Fosbury Flop
curvilínea.
 Realiza a chamada com o pé exterior à fasquia.
 Transpõe a Fasquia em posição dorsal.
 Realiza a queda com o primeiro apoio da região dorsal sobre o
colchão.
 Realiza uma sequência Gímnica com ritmo e ligação entre os v
elementos executados segundo os critérios mínimos de correcç
técnica.
 Realiza o Rolamento à Frente Engrupado terminando de pé, co
pés paralelos e sem recurso aos membros superiores para efec
 Sequência
a subida para a posição final.
Ginástica no Solo

 Rolamento à frente Engrupado


 Realiza o Rolamento à Retaguarda, terminando com os membr
 Rolamento atrás de pernas
inferiores afastados e em extensão completa.
afastadas
 Realiza a posição de Avião com membros superiores e inferiore
 Avião
em completa extensão e mantém a posição por um período de
 Ponte
tempo superior a cinco segundos.
 Pino de braço
 Realiza a posição de Ponte com extensão completa dos membr
superiores e mantém essa posição por um período de tempo
superior a cinco segundos.
 Realiza a passagem pela posição de Apoio Facial Invertido com
extensão completa de membros inferiores e superiores.
MATERIAL A UTILIZAR
 O aluno deve apresentar-se equipado, como se de uma aula de Educação Física se tratasse, respeitando o Regulamento I
 Bolas l, Marcadores, Balizas, Rede e Postes de Voleibol.
 Fasquia, Postes, Colchões de Queda e Colchões de Ginástica.

CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO
 Apresenta-se devidamente equipado.
 Realiza com correcção a activação geral inicial.
 Executa com correcção as acções propostas.
 Sabe como se executa correctamente a técnica proposta.
 Responde correctamente às perguntas colocadas pelos professores.

CONSIDERAÇÕES GERAIS
 O aluno opta por uma modalidade individual (Ginástica no Solo ou Atletismo), e uma modalidade colectiva.
 O cálculo da nota final é o somatório das cotações atingidas em cada exercício.