Você está na página 1de 25

Roteiro de Estudos

PIC 2021 – Edição especial


G2 – CICLO 6 – ENCONTRO 1

Os assuntos abordados neste encontro são:

 Porcentagem
 Juros simples
 Juros composto
 Anuidades.

Para estes assuntos sugerimos os seguintes materiais de apoio à aula.

- Textos:

 Material Teórico do Portal da Matemática - Matemática financeira – Prof.


Maurício Carvalho – 10 ano:
https://portaldaobmep.impa.br/index.php/modulo/ver?modulo=90

1
Lista de Exercícios – PIC 2021 – Edição especial – G2 – Ciclo 6 – Encontro 1
ENUNCIADOS

Revisando porcentagem – veja vídeo do Portal da Obmep:


https://youtu.be/s1KzyrGy7yM .

Exercício 1. Joãozinho andava pela rua quando avistou em uma loja o seguinte anúncio:
Tudo com 50% de desconto”. Admirado e tratando de se beneficiar com a promoção,
Joãozinho entrou na loja e comentou com o vendedor: “Assim, vocês devem ter
prejuízo...” O vendedor explicou que, ainda assim, a margem de lucro da loja é de 20%
sobre o preço de custo (o valor que a loja pagou) de cada mercadoria. Neste caso, qual
era a margem de lucro sobre cada mercadoria antes da promoção?

Exercício 2. Em um aquário existem peixes amarelos e vermelhos: 90% são amarelos e


10% são vermelhos. Uma misteriosa doença matou muitos peixes amarelos, mas
nenhum vermelho. Depois que a doença foi controlada, verificou-se que no aquário 75%
dos peixes vivos eram amarelos. Aproximadamente, que porcentagem dos peixes
amarelos morreram?

Exercício 3. Duas pessoas fizeram um empréstimo de uma mesma quantia por dois
meses, nas seguintes condições:

a) A primeira, a juros compostos de 2% a.m.

b) A segunda, a juros simples de x% a.m.

Sabendo-se que, ao quitar a dívida, as duas pagaram o mesmo valor, qual o valor de x?

Exercício 4. Carlos adquiriu um aparelho de TV em cores pagando uma entrada de R$


200,00 mais uma parcela de R$ 450,00 dois meses após a compra. Sabendo-se que o
preço à vista do aparelho é R$ 600,00:

a) Qual a taxa mensal de juros simples do financiamento?

b) Após quantos meses da compra deveria vencer a parcela de R$ 450,00 para a taxa de
juros simples do financiamento ser de 2,5% ao mês?

Antes de iniciar a resolução do Problema 5, sugerimos que assista o vídeo do Portal da


OBMEP - Juros simples: https://youtu.be/0ThYwTBqVVA .

2
Exercício 5. Pedro tem uma dívida de R$ 1 250,00 e gostaria de quitá-la o mais rápido
possível. A taxa de juros é de 3% ao mês. Suponha que Pedro tenha pago ao final do
primeiro mês R$ 90,00. Determine quanto Pedro pagou realmente da sua dívida e
quanto restou de saldo devedor.

Exercício 6. Em uma loja, um aparelho de TV é vendido com as seguintes condições:

Qual a taxa de juros simples cobrada neste financiamento?

Exercício 7. Um rapaz possui um carro usado e deseja utilizá-lo como parte do


pagamento na compra de um carro novo. Ele sabe que, mesmo assim, terá que financiar
parte do valor da compra. Depois de escolher o modelo desejado, o rapaz faz uma
pesquisa sobre as condições de compra em três lojas diferentes. Em cada uma, é
informado sobre o valor que a loja pagaria por seu carro usado, no caso de a compra ser
feita na própria loja. Nas três lojas são cobrados juros simples sobre o valor a ser
financiado, e a duração do financiamento é de um ano. O rapaz escolherá a loja em que
o total, em reais, a ser desembolsado for menor. O quadro resume o resultado da
pesquisa.

Qual será a quantia, em reais, a ser desembolsada pelo rapaz?

Exercício 8. Para fazer reformas em sua clínica, um médico tomou um empréstimo no


valor C em uma instituição financeira que cobra juros compostos de 2% ao mês. Foi
detectado um erro no projeto e verificou – se que o valor C previsto para executar a
reforma estava errado. Assim, o médico decidiu fazer uma aplicação do valor
emprestado, em uma agência bancária, que rende 8% a juros compostos. Determine
o tempo t para que o montante obtido pela aplicação na agência bancária seja

3
equivalente ao triplo do montante obtido pelo empréstimo realizado na agência
financeira. Se preciso use log2 = 0, 3, log 3 = 0, 48 e log 17 = 1, 23.

Antes de iniciar a resolução do problema 8, sugerimos que assista o vídeo do Portal da


OBMEP - Juros compostos: https://youtu.be/2g2LCMY_di0 .

Exercício 9. Pensando em montar seu próprio consultório, Natália começou a


economizar desde que entrou no curso de Medicina. Ao passar no vestibular, ela ganhou
R$ 5000, 00 de seus pais e os aplicou à uma taxa de 0, 5% ao mês a juros compostos.
Além disso, fez uma outra aplicação, depositando mensalmente R$ 100, 00 à mesma
taxa de juros compostos. Hoje, passados 5 anos, ou seja, 60 meses, pergunta-se

a) qual o montante do rendimento dos R$ 5000, 00?

b) qual o valor economizado por Natália com suas aplicações mensais?

(Considere 1, 00560 = 1, 35)

Exercício 10. Um capital de R$100. 000,00, será aplicado à uma taxa anual i de juros
compostos, por um período de dois anos.

a) Determine a taxa de juros compostos i, sabendo que no final do primeiro ano foi feito
um resgate de R$ 60.000,00 e no final do segundo ano, foi feito o resgate total do saldo
restante igual a R$55.000,00.

b) Se fosse feito um único resgate ao final de dois anos, com a mesma taxa de juros
compostos, qual seria o valor resgatado?

Exercício 11. Um investimento bancário foi realizado por 4 depósitos do seguinte


modo: o primeiro, de RS 720,00, foi feito no início da transação e em seguida foram
feitos mais 3 depósitos mensais de R$ 330,00, com início um mês após a transação. O
montante será resgatado um mês depois do último depósito. Se a taxa de remuneração
do investimento é de 3,5% ao mês, no regime de juros compostos, calcule o valor do
resgate.

Exercício 12. Uma loja oferece aos seus clientes duas opções de pagamento na compra
de um eletrodoméstico.

Opção A: uma entrada de R$ 200,00 e quatro prestações mensais e sucessivas no valor


de R$ 250,00 cada uma .

Opção B: uma entrada de R$ 400,00 e duas prestações mensais e sucessivas no valor de


R$ 350,00 cada uma.

Sabendo que a taxa efetiva de juros compostos de mercado é de 3% ao mês, qual das
duas propostas é mais favorável para o cliente?

4
Lista de Exercícios – PIC 2021 – Edição especial – G2 – Ciclo 5 – Encontro 1
SOLUÇÕES e COMENTÁRIOS

Exercício 1. (Extraído do Clube de Matemática da OBMEP)

Primeiro vamos considerar um exemplo: Como todos os produtos terão um desconto


de 50% sobre o valor de venda, suponhamos que o preço original de venda de um
produto fosse de R$ 120, 00. Na promoção, essa mercadoria valeria, então, R$ 60, 00.
Se, para esta venda, a margem de lucro da loja é de 20% e o preço de custo desse
produto para a loja é C, temos: 60 = C + 20% · C = 1, 2C. Consequentemente,

C = R$ 50, 00. O lucro original então seria de 120, 00 − 50, 00 = R$ 70, 00. Mas,

70 = 50 + 40%. 50 = 140% . 50 , ou seja, a margem de lucro corresponde a 140% sobre


o valor de custo da mercadoria.

No caso geral, como todos os produtos terão um desconto de 50% sobre o valor de
venda, suponhamos que o preço original de venda de um produto fosse V. Na
1
promoção, essa mercadoria valeria, então, V – 50%V = 2 𝑉 . Se, para esta venda, a
margem de lucro da loja é de 20% e o preço de custo desse produto para a loja é C,
1 1
temos: 2 𝑉 = C + 20% · C = 1, 2C. Consequentemente, C = 2,4 𝑉. O lucro original então
1 1,4
seria de V − 2,4 𝑉 = 2,4 𝑉. Mas,
140
1,4 (1+0,40) ( ) 140 1 1
100
𝑉= 𝑉= 𝑉 = 100 . (2,4)𝑉 = 140% (2,4 𝑉),
2,4 2,4 2,4

ou seja, a margem de lucro corresponde a 140% sobre o valor de custo da mercadoria.

Exercício 2. ( OBM 1999 – Fase 1 – N2Q10)

Seja 100p a quantidade de peixes no aquário. Se A e V denotam as quantidades de


peixes amarelos e vermelhos, temos A = 90p e V = 10p. Se após a morte de x peixes
amarelos, temos que 75% dos peixes restantes são amarelos, temos 90p − x = (75 /100)
(100p − x), ou seja, x = 60p. Se morreram 60p dos 90p peixes amarelos, a mortandade
foi de 60p/ 90p = 2/ 3, ou seja, aproximadamente 67%.

Outra solução:

Seja X=A+V a quantidade inicial de peixes no aquário. Então A=0,9X e V=0,1X são as
quantidades de peixes amarelos e vermelhos, respectivamente. Após a morte de alguns
peixes amarelos restam Y peixes no aquário. A quantidade de peixes vermelhos não é
0,1
alterada, assim 0,25Y=0,1X. Logo, concluímos que Y=(0,25) X e daí a quantidade final de
peixes amarelos será

5
0,1
0,75Y=0,75(0,25) X= 0,3X.

Mas A=0,9X, então


0,1
0,75Y=0,75(0,25) X= 0,3X = 0,3(1/0,9)A = (1/3)A.

Logo morreram (2/3)A peixes, ou seja, aproximadamente 67%.

Exercício 3. (Extraído do vestibular da UNEB)

Sendo C o valor que as duas pessoas tomaram de empréstimo, o período n = 2 meses, a


𝑥
primeira teve taxa de juros i1 = 0,02 e a segunda i2 = 100 . Os montantes M1 e M2 são
iguais. Assim

𝑀1 = 𝑀2
𝑥
𝐶+𝐶· · 2 = 𝐶(1,02)2
100
𝑥
𝐶 (1 + · 2) = 𝐶(1,02)2
100
𝑥
1+ = 1,0404
50
𝑥 = 2,02.

Exercício 4.

Observe que valor pago à vista no ato da compra deve ser descontado do valor da
dívida para o cálculo dos juros.

a) A TV custava R$600,00 e como Carlos deu R$200 de entrada, R$400,00 foi financiado.
Após 2 meses a parcela foi de R$450,00. Então usando a definição de juros simples
(fórmula de montante) temos que

450 = 400(1 + 2i) ⇔ i = 1 /16 = 0,0625 = 6,25/100 o que corresponde a 6, 25% .

b) Note que temos M = 450, C = 400 e i = 2, 5%. Portanto, temos que resolver

450 = 400[1 + (2, 5 /100) n] e obtemos n = 5.

Exercício 5.
Pedro devia R$ 1 250,00, ao final do primeiro mês sua dívida já era R$ 1 287,50 (R$
1250,00 da dívida + R$ 37,50 de juros). Dos R$ 90,00 reais desembolsados por Pedro,
R$ 37,50 foram direcionados para o pagamento dos Juros. Ou seja, o dinheiro destinado
à dívida foi R$ 90,00 – R$ 37,50 = R$ 52,50. Chamamos esse valor de R$ 52,50 de

6
amortização. Portanto, a dívida atualizada é o saldo devedor = R$ 1.250,00 – R$ 52,50
= R$ 1.197,50.

Exercício 6. Para descobrir a taxa de juros, primeiro devemos conhecer o valor sobre o
qual será aplicado os juros. Esse valor é o saldo devedor no momento da compra, que é
calculado diminuindo o valor relativo ao pagamento à vista do valor pago:

C = 1750 - 950 = 800

Após um mês, esse valor se converte num montante de R$ 950,00, que é o valor da 2ª
parcela. Usando a fórmula do montante, e observando que o tempo t é igual a 1 mês,
temos:

950
𝑀 = 𝐶(1 + 𝑖𝑡) ⇒ 950 = 800(1 + 𝑖. 1) ⇒ 𝑖 = − 1 ⇒ 𝑖 = 11875 − 1
800
⇒ 𝑖 = 0,1875 = 18,75%.

Assim, a taxa de juros cobrada pela loja para essa opção de pagamento é de 18,75% ao
mês.

Exercício 7. ( Enem 2018 - Caderno Azul – Q145)

Vamos fazer o cálculo dos três montantes para as três lojas.

Loja A
C = 15.000
i = 18 % ao ano
t = 1 ano
M = C ( 1 + i t) = 15000 ( 1 + 0,18.1) = R$ 17.700,00

Loja B
C = 14.000
i = 20 % ao ano
t = 1 ano
M = C ( 1 + i t) = 14000 ( 1 + 0,20.1) = R$ 16.800,00

Loja C
C = 14.500
i = 19 % ao ano
t = 1 ano
M = C ( 1 + i t) = 14500 ( 1 + 0,19.1) = R$ 17.255,00

Portanto o rapaz deverá escolher a loja B para pagar o menor valor, que corresponde
a R$ 16.800,00.

7
Exercício 8. (Adaptado do vestibular da Unifacs (BA) − 2016)

Lembrando que o valor do empréstimo será também atualizado no tempo t pela taxa de
2% ao mês, então precisamos calcular o período t tal que

C · (1 + 0, 08) t = 3(C · (1 + 0, 02) t )

⟹ (1, 08)t = 3 · (1, 02)t

⟹ t.log (1, 08) = log 3 +log( 1, 02)t

⟹ t.log (1, 08) = t · log (1, 02) +log3

⟹ t.[ log (1, 08) − log( 1, 02)] = log 3


(1,08)
⟹ t · log − = log 3
( 1,02)

(108)
⟹ t · log − = log 3
( 102)

(22 33 )
⟹ t · log ( 2.3.17) = log 3

(2.32 )
⟹ t · log − = log 3
( 17)

⟹ t · [lo2+2log3-lo17) = log 3

⟹t · [0, 3 + 2 · 0, 48 − 1, 23] = 0, 48
0,48
⟹ t = 0,03 ⟹ t = 16 meses.

Exercício 9. (Adaptado do vestibular da USF (SP) − 2016)

a) Podemos calcular o montante M após 60 meses:

M = 5000 · (1 + 0,005) 60, que é aproximadamente igual a 6750 reais.

b) A sequência de montantes gerados por cada depósito de cem reais será

100; 100.(1, 005); 100·(1, 005)2; . . .; 100·(1, 005)59,

que é uma P.G. de 60 termos, cujo primeiro termo é 100 e a razão é q = 1, 005. Sendo
assim, a soma desses termos é:
100(1−1,0560 )
Sn = ≅ 7000 reais.
(1−1,05)

8
Exercício 10.

a) Podemos escrever que o montante M1 ao final de um ano será

M1 = 100 · (1 + i) 1 = 100(1 + i).

Esse valor será descontado de 60 mil e aplicado por mais um ano com a mesma taxa,
resultando em 55 mil, o que pode ser escrito como

[100(1 + i) − 60] · (1 + i) 1 = 55 ⟹ 100(1 + i) 2 − 60(1 + i) = 55 ⟹

20(1 + i) 2 − 12(1 + i) − 11 = 0.

Resolvendo a equação do 20 grau encontrada, teremos

12±√144−4.20.(−11) 12±32
(1 + i) = ⟹ (1 + i) = ,
40 40

e como a taxa é positiva devemos seguir com

1 + i = (12 + 32)/ 40⟹ 1 + i =1,1⟹ i = 0,1.

Portanto a taxa de juros foi de 10%.

b) Por fim, aplicando 100 mil reais a taxa de 10% ao ano, por dois anos, obteremos

M2 = 100 · (1 + 0, 1) 2 = 121 mil reais.

Exercício 11.

720 330 330 330 resgate

________________________________

t=0 1 2 3 4

M1 M2 M3 M4

M1 = 720(1,035) + 330

M2 = [720(1,035) + 330](1,035) + 330

M3 = {[720(1,035) + 330](1,035) + 330}(1,035) + 330

M4 = {{[720(1,035) + 330 ](1,035) + 330}(1,035) + 330}(1,035) = 1.887,15

Outra solução:

9
Podemos calcular os juros compostos em cada um dos depósitos:

720(1,035)4 + 330(1,035)3 + 330(1,035)2 + 330(1,035) = 1.887,15.

Exercício 12. Temos que escolher um mesmo tempo para comparar a opção A e a opção
B. Com a escolha no tempo t = 0 temos:

Opção A:

200 250 250 250 250

________________________________

t=0 1 2 3 4

CA P P P P
250 250 250 250
CA = 200 + + + + = 1.129,27
1+0,03 (1+0,03)2 (1+0,03)3 (1+0,03)4

Opção B:

200 350 350

________________

t=0 1 2

CB P P
350 350
CB = 400 + 1+0,03 + (1+0,03)2 = 1.069,71.

Resposta É a opção B.

10
Roteiro de Estudos
PIC 2021 – Edição especial
G2 – CICLO 6 – ENCONTRO 2

Os assuntos abordados neste encontro são:

 Introdução à estatística:

◦ Conceitos fundamentais: população, amostra, coleta de dados, rol, variáveis


discretas;
◦ Medidas de tendência central para dados não agrupados (média, mediana,
média ponderada, moda);
◦ Leitura e interpretação de tabelas e gráficos.
◦ Medidas de Separatrizes e de dispersão.

Para esses assuntos sugerimos os seguintes materiais de apoio à aula.

- Textos:

 MaterialTeórico do Portal da Matemática - Estatística básica 1- Prof. Maurício


Carvalho:
https://portaldaobmep.impa.br/index.php/modulo/ver?modulo=99

 Estatística básica:
https://cdnportaldaobmep.impa.br/portaldaobmep/uploads/material_teorico/
cfcdxhltnhsso.pdf

 Medidas de posição:
https://cdnportaldaobmep.impa.br/portaldaobmep/uploads/material_teorico/
9qz47th3e7ksc.pdf

- Vídeos do Portal da OBMEP:

 Definição: População, amostra, variável – veja vídeo do Portal da Obmep :


https://youtu.be/BK6SehW7P9c

 Definição: ROL, amplitude, classe e frequência, tabela de frequências (relativa


e absoluta: https://youtu.be/GtKxwXkHWe8

11
 Representações gráficas: Gráfico de Barras, Gráfico de Segmentos e Gráfico de
Setores: https://youtu.be/6UKAK3az6AI

 Construção de Gráfico de barras: https://youtu.be/7uo83tyVgYM

 Definição de média, mediana, variância e desvio padrão:


https://youtu.be/fWfjNgrHJ5g
 Média aritmética: https://youtu.be/CzbXuvd-JaI
 Média ponderada: https://youtu.be/2X5FAqqFM_g
 Mediana e moda: https://youtu.be/gDq4Et9vpHc

12
Lista de Exercícios – PIC 2021 – Edição especial – G2 – Ciclo 6 – Encontro 2
ENUNCIADOS

Exercício 1. O gráfico apresenta a taxa de desemprego (em %) para o período de março


de 2008 a abril de 2009, obtida com base nos dados observados nas regiões
metropolitanas de Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto
Alegre.

A mediana dessa taxa de desemprego, no período de março de 2008 a abril de 2009,


foi de

a) 8,1%
b) 8,0%
c) 7,9%
d) 7,7%
e) 7,6%

Exercício 2. A avaliação de rendimento de alunos de um curso universitário baseia-se


na média ponderada das notas obtidas nas disciplinas pelos respectivos números de
créditos, como mostra o quadro:

Quanto melhor a avaliação de um aluno em determinado período letivo, maior sua


prioridade na escolha de disciplinas para o período seguinte.

13
Determinado aluno sabe que se obtiver avaliação “Bom” ou “Excelente” conseguirá
matrícula nas disciplinas que deseja. Ele já realizou as provas de 4 das 5 disciplinas em
que está matriculado, mas ainda não realizou a prova da disciplina I, conforme o quadro.

Para que atinja seu objetivo, a nota mínima que ele deve conseguir na disciplina I é

a) 7,00.
b) 7,38.
c) 7,50.
d) 8,25.
e) 9,00.

Exercício 3. A tabela a seguir mostra a evolução da receita bruta anual nos três últimos
anos de cinco microempresas (ME) que se encontram à venda.

Um investidor deseja comprar duas das empresas listadas na tabela. Para tal, ele
calcula a média da receita bruta anual dos últimos três anos (de 2009 até 2011) e
escolhe as duas empresas de maior média anual.

As empresas que esse investidor decidiu comprar são:

a) Balas W e Pizzaria Y.

b) Chocolates X e Tecelagem Z.

c) Pizzaria Y e Alfinetes V.

d) Pizzaria Y e Chocolates X.

e) Tecelagem Z e Alfinetes V.

14
Exercício 4. Determine a moda, a média e a mediana dos números a seguir:

133, 425, 244, 385, 236, 236, 328, 1000, 299, 325.

Exercício 5. Os dados a seguir são as quantidades de empregados de cinco pequenas


empresas: 6, 5, 8, 5, 6. Determine o valor da variância da quantidade de empregados
dessas cinco empresas.

Exercício 6. Durante o ano de 2020 foi realizado pelo Procon um levantamento de


preços de dois itens da cesta básica nos 6 supermercados de uma pequena cidade. O
resultado está apresentado na tabela abaixo (em R$) para alimentos da mesma marca.

a) Qual é a média, a variância e o desvio padrão dos preços de cada alimento?

b) Qual alimento apresenta os preços mais homogêneos?

Exercício 7. Analise a tabela de distribuição de frequência abaixo:

TABELA: Anos de serviço na PM, militares do 185º BPM, dezembro de 2017:

Sabe-se que f é a frequência absoluta, fac é a frequência absoluta acumulada, fr% é a


frequência relativa (percentual) e frac% é a frequência relativa (percentual) acumulada.
Considerando as informações da tabela, é CORRETO afirmar que os valores de A, B, C,
D, são respectivamente:
A. ( ) 41; 89; 30,50; 90,50.
B. ( ) 48; 89; 30,50; 25,00.
C. ( ) 41; 61; 25,00; 90,50.
D. ( ) 48; 79; 44,50; 90,50.

Definições:
 Frequência absoluta: É a quantidade de vezes que um mesmo valor de variável
apareceu em um conjunto de dados.
 Frequência absoluta acumulada: É soma das frequências de todos os valores da
variável, menores ou iguais ao valor considerado.

15
 Frequência relativa: A frequência relativa de um dado é a porcentagem que
aquele dado representa em relação a todos os dados coletados. Para calcular a
frequência relativa, precisamos encontrar a frequência absoluta, que é o número
de vezes que um dado apareceu, e dividi-la pelo total de dados obtidos.

 Frequência relativa acumulada: É o coeficiente entre a frequência absoluta


acumulada e o total de dados coletados.

Exercício 8. Dado o conjunto de valores: 7, 13, 16, 12, 15, 6, 4, 5 e 9, calcule os quartis
Q1, Q2 e Q3. um o conjunto fornecido de dados.

Para esse exercício use a definição de quartis: Quartis são os valores que dividem o
conjunto fornecido de dados em quatro partes iguais. Uma vez ordenado o conjunto de
dados, o segundo quartil (Q2 - também conhecido como mediana) é o valor que fica a
meio dos valores dos elementos do conjunto de dados, isto é, o valor que divide o
conjunto de dados em duas partes iguais (metades). Depois o primeiro quartil (Q1) será
o valor que fica a meio da primeira metade do conjunto de dados e o terceiro quartil
(Q3) será, analogamente, o valor que fica a meio da segunda metade do conjunto de
dados.

Exercício 9. O gráfico mostra o resultado do balanço financeiro mensal de uma empresa


ao longo de um ano.

Em quantos meses o resultado do balanço financeiro da empresa ficou abaixo da média


mensal nesse ano?

a) 6 b) 7 c) 8 d) 9 e) 10

16
Exercício 10. Um professor de matemática costuma verificar a aprendizagem de seus
alunos considerando a mediana das notas obtidas pela turma. Considere que a turma
de 2014 obteve as seguintes notas no 2° bimestre:

Qual é a mediana das notas? Considerando que a média escolar é 7,0, a mediana está
acima ou abaixo dessa média?

Exercício 11. O gráfico a seguir representa as taxas de mortalidade, em %, do número


de pacientes atendidos em um hospital de 2000 à 2007.

a) Determine a taxa média de mortalidade.

b) Calcule a taxa mediana de mortalidade.

c) Determine a taxa modal de mortalidade.

Exercício 12. Uma professora decidiu fazer uma pesquisa com alunos da escola na qual
trabalhava. Sendo professora de Português, ela entrevistou 40 alunos e perguntou a
eles quantos livros tinham lido no último ano. Os números a seguir são as respostas dos
alunos:

17
Com os dados acima, preencha as colunas da tabela abaixo com a distribuição simples(i),
a frequência absoluta(fi), a frequência relativa(fr), a frequência absoluta acumulada(Fa)
e a frequência relativa acumulada(Fr).
i fi fr Fa Fr

total

18
Lista de Exercícios – PIC 2021 – Edição especial – G2 – Ciclo 5 – Encontro 2
SOLUÇÕES e COMENTÁRIOS

Exercício 1. ( Enem 2017 – caderno cinza – Q178)

Dado um conjunto de dados discretos, o valor central corresponde à mediana desse


conjunto. Dessa forma, é importante que esses valores sejam colocados em ordem, seja
crescente ou decrescente. Se houver uma quantidade ímpar de valores numéricos, a
mediana será o valor central do conjunto numérico. Se a quantidade de valores for um
número par, devemos fazer uma média aritmética dos dois números centrais, e esse
resultado será o valor da mediana.

Observando o gráfico, identificamos que existem 14 valores relativos à taxa de


desemprego. Como 14 é um número par, a mediana será igual a média aritmética entre
o 7º valor e o 8º valor.

Desta forma, podemos colocar os valors em ordem crescente até chegar a essas
posições, conforme apresentado abaixo:

6,8; 7,5; 7,6; 7,6; 7,7; 7,9; 7,9; 8,1.

Calculando a média entre o 7,9 e o 8,1, temos:

7,9 + 8,1
𝑚𝑒𝑑𝑖𝑎𝑛𝑎 = = 8.
2
Alternativa: b) 8,0%

Exercício 2. ( Enem 2017 – Caderno cinza – Q145)

Para calcular a média ponderada, vamos multiplicar cada nota pelo seu respectivo
número de créditos, depois somar todos os valores encontrados e dividir pelo número
total de créditos.

Através da primeira tabela, identificamos que o aluno deverá atingir pelo menos a média
igual a 7 para obter a avaliação "bom". Portanto, a média ponderada deverá ser maior
ou igual a esse valor.

Chamando a nota que falta de x, para obter a nota mínima necessária, vamos resolver
a seguinte equação:

12𝑥 + 8.4 + 6.8 + 5.8 + (7,5). 10


=7
42
12x+32+48+40+75=294

12x=99
99
𝑥= = 8,25.
12

19
Alternativa: d) 8,25

Exercício 3. Basta calcular a média da receita bruta de cada empresa e escolher as


duas maiores.

Alfinetes V:

200 + 220 + 240 660


= = 210.
3 3

Balas W:

200 + 230 + 200 630


= = 210.
3 3

Chocolates X:

250 + 210 + 215 675


= = 225.
3 3

Pizzaria Y:

230 + 230 + 230 690


= = 230.
3 3

Tecelagem Z:

160 + 210 + 245 615


= = 205.
3 3

160 + 210 + 245 = 615 = 205


3 3

Portanto a resposta será a alternativa b: Pizzaria Y e Chocolates X.

Exercício 4. A moda é o dado que aparece com maior frequência. Observe que todos
os números aparecem apenas uma vez na lista, exceto 236, que aparece duas vezes.
Assim, a moda é 236.

Observação: Se todos os dados aparecem uma única vez, dizemos que a amostra é
amodal.

20
A média aritmética de um conjunto de dados é obtida somando todos os dados e
dividindo o resultado encontrado pelo número de dados desse conjunto.

Média = 133 + 425 + 244 + 385 + 236 + 236 + 328 + 1000 + 299 + 325
10

3611
𝑚é𝑑𝑖𝑎 = = 361,1.
10

A mediana é o número central de uma lista em ordem crescente. Caso a lista tenha um
número par de elementos, é a média entre os dois números centrais.

133, 236, 236, 244, 299, 325, 328, 385, 425, 1000

299 + 325 624


𝑀𝑒𝑑𝑖𝑎𝑛𝑎 = = = 312.
2 2

Assim, a moda, a média e a mediana são respectivamente: 236, 361,1 e 312.

Exercício 5. (FGV)

O primeiro passo será calcular a média aritmética:


6 + 5 + 8 + 5 + 6 30
𝑀= = = 6.
5 5
Sabendo o valor da média, podemos calcular o valor da variância:

∑𝑛𝑖=1(𝑥𝑖 − 𝑀)2
𝑉𝑎𝑟𝑖â𝑛𝑐𝑖𝑎 =
𝑛
(6 − 6)2 + (5 − 6)2 + (8 − 6)2 + (5 − 6)2 + (6 − 6)2
=
5
(0)2 + (−1)2 + (2)2 + (−1)2 + (0)2 0 + 1 + 4 + 1 + 0 6
= = =
5 5 5
= 1,2.
Exercício 6.

Arroz:

Média aritmética:

6,9 + 8,9 + 7,78 + 8,83 + 6,48 + 9,04 47,93


𝑀= = = 7,99.
6 6

Variância:

21
V = [(6,90 - 7,99)2 + (8,90 - 7,99)2 + (7,78 - 7,99)2 + (8,83 - 7,99)2 + (6,48 - 7,99)2 + (9,04 -
7,99)2] / 6

V = [(-1,09)2 + (0,91)2 + (-0,21)2 + (0,84)2 + (-1,51)2 + (1,05)2]/ 6

V = [1,1881 + 0,8281 + 0,0441 + 0,7056 + 2,2801 + 1,1025]/ 6

V = 6,1485 / 6

V = 1,025.

Desvio padrão: 𝐷𝑃 = √1,025 = 1,012.

Feijão:

Média aritmética

8,20 + 7,90 + 9,05 + 8,40 + 7,59 + 10,99 52,13


𝑀= = = 8,69.
6 6

Variância:

V = [(8,20 - 8,69)2 + (7,90 - 8,69)2 + (9,05 - 8,69)2 + (8,40 - 8,69)2 + (7,59 - 8,69)2 + (10,99 -
8,69)2 ]/ 6

V = [(-0,49)2 + (0,79)2 + (0,36)2 + (-0,29)2 + (-1,1)2 + (2,3)2 ] / 6

V = [0,2401 + 0,6241 + 0,1296 + 0,0841 + 1,21 + 5,29] / 6

V = 7,5779 / 6

V = 1,26.

Desvio padrão: 𝐷𝑃 = √1,26 = 1,12.

Respostas corretas:

Arroz: M = 7,99; V = 1,025; DP = 1,012


Feijão: M = 8,69; V = 1,26; DP = 1,12

b) Qual alimento apresenta os preços mais homogêneos?

Resposta correta: O arroz, pois tem o menor desvio padrão.

Exercício 7. (PM-MG)

Na coluna 2, que apresenta a frequência absoluta f, podemos verificar que a


frequência absoluta total é igual a 200. Temos:
A + 48 + 61 + 31 + 19 = 200
A + 159 = 200
A = 200 – 159
A = 41.

22
Podemos calcular o valor de B usando a soma das frequências absolutas das duas
primeiras classes:
B = 41 + 48 = 89.

C é o percentual da terceira classe:


61 / 200 = 0,305 =30,5/100 o que significa 30,5%.

D é o percentual acumulado nas 4 primeiras classes, ou seja, basta subtrair de 100% o


percentual da última classe: 100% – 9,5% = 90,5%. Portanto é a alternativa A.

Exercício 8.

Colocando os valores na ordem crescente, temos:

4, 5, 6, 7, 9, 12, 13, 15, 16.

Logo,

Q2 = 9 é a mediana de todos os elementos da série.

Q1 =(5+6)/2 = 5,5: mediana da primeira metade dos elementos da série.

Q3 = (13+15)/2 = 14 é a mediana da segunda metade do conjunto.

Exercício 9. (Enem digital 2020 – Q178)

Seja a média mensal dada por 𝑥 =


−0,6 + 0,2 + 0,8 + 0,4 + (−0,2) + (−0,3) + (−0,1) + (−0,4) + (−0.1) + 0,9 + 1,1 + 2,6
=
12
4,3
= ≅ 0,36 .
12
Dessa forma, temos que durante sete meses o balanço financeiro ficou abaixo da média.
São eles: janeiro, fevereiro, maio, junho, julho, agosto e setembro. Alternativa: b) 7.

23
Exercício 10. Para verificar a mediana das notas, é fundamental ordená-las. Para isso,
vamos organizá-las em ordem crescente:

1,9 2,5 3,4 4,9 5,7 5,8 6,7 6,7 6,9 7,5 7,6 7,9 8,1 8,3 8,3 8,6 8,9 9,1 9,2 10

Ordenando as notas, podemos observar que os valores centrais dessa sequência


são 7,5 e 7,6, portanto, a mediana será dada pela média aritmética desses valores:

M = 7,5 + 7,6
2

M = 15,1
2

M = 7,55.

A mediana das notas obtidas pela turma é de 7,55. Essa nota está acima da média
escolar 7,0.

Exercício 11.

a) Seja 𝑥 a taxa média de mortalidade. Temos que


∑𝑛𝑖=1 𝑥𝑖 6.4 + 7.9 + 7.2 + 6.4 + 6.4 + 7.6 + 8.3 + 8.1
𝑥̅ = = = 7,3 .
𝑛 8
Portanto, a taxa média de mortalidade é de 7,3%.

b) Organização de dados em ordem crescente: 6.4; 6.4; 6.4; 7.2; 7.6; 7.9; 8.1; 8.3 .
Como temos um número par de elementos, a mediana M é a média dos termos
centrais, então
7,6 + 6,4
𝑀= = 7,4.
2
Logo, a taxa mediana de mortalidade é de 7,4%.

c) A taxa modal de mortalidade é de 6,4%, pois esse o valor que mais se repete.

24
Exercício 12.

25

Você também pode gostar