Você está na página 1de 26

25 HORAS GESTÃO DO TEMPO

E ORGANIZAÇÃO
DO TRABALHO
Projeto de Intervenção

Ana Castelo Branco


REALIZADO NO ÂMBITO DO MÓDULO 9 DO CURSO DE FPIF NA ENA
Escola de Formação
Certificado de Excelência
ÍNDICE

1. Designação do módulo 2
2. Enquadramento geral do curso 2
3. Objetivos gerais da ação de formação 3
4. Objetivos específicos da ação de formação 3
5. Duração do módulo 4
6. Condições de acesso 4
6.1. Situações gerais (perfil de entrada/público-alvo) 4
6.2. Requisitos mínimos tecnológicos 4
6.3. Número de participantes 4
6.4. Calendário da Ação 5
7. Conteúdos de aprendizagem 6
7.1. Estrutura programática geral 6
7.2. Estrutura programática detalhada 7
8. Metodologias e estratégias 8
9. Recursos didáticos 9
10. Avaliação das aprendizagens 10
10.1. Instrumentos de Avaliação 10
10.2. Avaliação da formação 11
Anexos 12

1
Escola de Formação
Certificado de Excelência

1. Designação do módulo

Gestão do Tempo e Organização do Trabalho

2. Enquadramento geral do curso

Ainda que se sabendo que a vida não é só trabalho, o dia-a-dia vai-nos


demonstrando que este vai invadindo e reduzindo assustadoramente o campo de outras
dimensões da condição humana – a família, o social, o cultural e o psicológico.
Os níveis de pressão com que somos confrontados no exercício das nossas
atividades profissionais são hoje consideravelmente maiores, sendo-nos requerido que
façamos cada vez mais e melhor e, se possível, em menos tempo. Hoje em dia,
procuramos um equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, trabalhamos para
podermos satisfazer os nossos desejos e vontades.
Está provado que as pessoas vivem cada vez mais stressadas e apressadas, sendo
a sua causa o facto de as pessoas não conseguirem organizar adequadamente o seu
tempo, seja qual for a dimensão. Assim como o elevado grau de concorrência perante o
mercado de trabalho, que nos obriga a dedicar mais tempo e esforço ao ambiente
organizacional e ao acumular de funções, à atualização e especialização para conseguir
chegar mais longe e sem cada vez melhor, descuidando as outras dimensões que são
igualmente importantes.
Esta formação pretende desenvolver nos participantes as competências
inerentes a uma gestão eficaz do tempo, quer a nível pessoal, quer a nível profissional.
Proporcionar técnicas e instrumentos de planeamento, organização e controlo do
tempo, para uma otimização do desempenho das funções de cada participante.
Estabelecer metas, objetivos e prazos, a fim de alcançar o desejado, assim como eliminar
distrações e fatores menos importantes que condicionem a organização.

2
Escola de Formação
Certificado de Excelência
3. Objetivos gerais da ação de formação

No final da ação de formação, visa-se que os participantes que concluam o curso


com aproveitamento, consigam:
 Adquirir competências inerentes à gestão eficaz do tempo, quer no nível
pessoal, quer no nível profissional;
 Utilizar técnicas e instrumentos de planeamento, organização e controlo
do tempo, para uma otimização do desempenho das suas funções.

4. Objetivos específicos da ação de formação

 No final da ação de formação, o formando deverá distinguir fatores que


afetam a gestão do tempo, para conseguir caracterizar problemas na gestão de tempo
quer ao nível pessoal, quer ao nível profissional;
 No final da ação de formação, o formando deverá desenvolver
competências de planeamento, de modo a conseguir planificar e gerir a agenda através
dos princípios da gestão de tempo, da definição de metas e objetivos;
 No final da ação de formação, o formando deverá desenvolver
competências de comunicação e assertividade, de modo a conseguir aplicar técnicas de
negociação, quer ao nível pessoal, quer ao nível profissional;
 No final da ação de formação, o formando deverá reconhecer objetivos,
fases, princípios e condições de modo a tornar eficazes as reuniões de trabalho pelo
desenvolvimento de competências e capacidade de gestão eficaz do tempo;
 No final da ação de formação, o formando deverá desenvolver
competências de planeamento e gestão de reuniões, de modo a adquirir melhores
práticas na gestão e condução de reuniões;
 No final da ação de formação, o formando deverá ser capaz de
reconhecer a importância da gestão eficaz do tempo, e aplicar os conhecimentos
adquiridos tanto no nível profissional como pessoal da sua vida.

3
Escola de Formação
Certificado de Excelência
5. Duração do módulo

A formação terá uma carga horária total de 25 horas, divididas em oito dias de
formação, sendo que as primeiras sete sessões durarão três horas e a última sessão
durará quatro horas.

6. Condições de acesso

6.1. Situações gerais (perfil de entrada/público-alvo)

A ação de formação é dirigida a todos os potenciais interessados em melhorar a


gestão do seu tempo, quer a nível pessoal, quer a nível profissional, com idades entre
os 16 os 65 anos de idade. Os candidatos devem possuir habilitações escolares mínimas
correspondentes ao 3º ciclo do ensino básico (9º Ano).
Com a participação na ação, os formandos obterão um certificado de participação,
com aproveitamento, nos casos em que são alcançados os objetivos definidos e o
formando participe em, pelo menos, 90% da duração da formação, assim como o acesso
ao manual do curso.

6.2. Requisitos mínimos tecnológicos

Para frequentar este curso é necessário um computador com acesso à internet


e um software de navegação na Web, uma vez que a ação funciona na modalidade b-
learning.

6.3. Número de participantes

A formação funcionará com um número mínimo de 8 participantes e máximo de


12.

4
Escola de Formação
Certificado de Excelência
6.4 Calendário da Ação

12 dezembro 2016 Sessão presencial 3 horas


13 dezembro 2016 Sessão presencial 3 horas
14 dezembro 2016 Sessão presencial 3 horas
15 dezembro 2016 Sessão presencial 3 horas
16 dezembro 2016 Sessão presencial 3 horas
19 dezembro 2016 Sessão presencial 3 horas
20 dezembro 2016 Sessão presencial 3 horas
Exercícios e autoestudo Sessões e-learning 4 horas repartidas

5
Escola de Formação
Certificado de Excelência
7. Conteúdos de aprendizagem

A ação de formação contempla conteúdos que visam o desenvolvimento de


competências de auto-organização, nomeadamente a gestão do tempo e organização
do trabalho.

7.1 Estrutura programática geral


Tabela 1 Pres. - sessões presenciais; AE E-L autoestudo e-learning;

ESTRUTURA PROGRAMÁTICA Pres AE E-L Duraçã


GERAL o
Apresentação
Módulo 1
Gestão do Tempo Autoavaliação na gestão do tempo 3 3

Planeamento da gestão do tempo 3 3

Técnicas de gestão de tempo 3 3

Utilização da agenda como recurso 3 3


estratégico

Otimização das novas tecnologias 3 3

Avaliação 2 2
Módulo 2
Organização do Trabalho em equipa 3 3
Trabalho
Plano de ação pessoal 3 3

Avaliação 2 2
Encerramento Certificação da formação
TOTAL 21 24 25

6
Escola de Formação
Certificado de Excelência
7.2 Estrutura programática detalhada

ESTRUTURA PROGRAMÁTICA DETALHADA


Apresentação Acolhimento e integração.
Apresentação da equipa pedagógica, curso e participantes.
Módulo 1 15 horas
Gestão do 1. Autoavaliação na gestão do tempo
Tempo 1.1 Tempo como recurso
1.2 Leis e princípios de gestão de tempo
1.3 Identificação de características pessoais
1.4 Análise de desperdiçadores de tempo
2. Planeamento da gestão do tempo
2.1 Determinar metas e objetivos
2.2 Elaboração de planos detalhados, diários e semanais
2.3 Utilização de check-lists
2.4 Definição e gestão de prioridades
3. Técnicas de gestão de tempo
3.1 Organização do dia de trabalho
3.2 Agrupamento de tarefas
3.3 Controlo das interrupções e dos telefonemas
4. Utilização da agenda como recurso estratégico
5. Otimização das novas tecnologias
COMUNICAÇÃO Comunicação e discussão, em sessão presencial, dos
DE resultados realizados nas sessões E-L e esclarecimento de
RESULTADOS dúvidas.
Módulo 2 6 horas
Organização do 1. Trabalho em equipa
Trabalho 1.1 Organização e condução de reuniões
1.2 Produção de resultados através de reuniões
1.3 Delegação de tarefas à equipa de apoio
2. Plano de ação pessoal
Avaliação final Realização em sessão presencial de atividade de avaliação
final.
COMUNICAÇÃO Comunicação, por e-mail, dos resultados realizados nas
DE sessões E-L, atividade de avaliação final e resultado final.
RESULTADOS
FINAIS
Avaliação 4 horas
Encerramento Certificação da formação

7
Escola de Formação
Certificado de Excelência

8. Metodologias e estratégias

A ação de formação tem como objetivo trabalhar o domínio cognitivo (saber-


saber) e o domínio comportamental (saber-fazer), uma vez que procura dotar de
conhecimentos e competências e alterar comportamentos na área da gestão de tempo
e organização do trabalho. Para o presente plano de formação, serão utilizados os
seguintes métodos:

Método Expositivo: centrado nos conteúdos, traduz-se na transmissão oral pelo


formador de informação e conhecimentos ou conteúdos. A estrutura, a sequência dos
conhecimentos e o tipo de conteúdos são definidos pelo formador.

Método Ativo: designa um conjunto de métodos orientados para estimular a


participação dos formandos e partilha de experiências. Este método baseia-se na
atividade, na liberdade e na autoeducação. O formando constrói a resposta adaptada à
situação. O formador responsabiliza-se pela orientação, animação e pela elaboração dos
materiais pedagógicos necessários. A situação pedagógica é centrada nas atividades dos
formandos, a relação é estabelecida com base nas interações entre o formador e o
grupo.

Método Interrogativo: consiste num processo de interações verbais, dirigidas


pelo formador, normalmente de tipo pergunta-resposta. O objetivo é a descoberta pelo
formador dos conceitos ou conhecimentos a memorizar. A interrogação tanto pode ser
utilizada na aprendizagem de saber-fazer como na de conceitos. Aplica-se ao conteúdo
de uma exposição ou demonstração. Assumem um papel particular no método
interrogativo a competência na elaboração de perguntas, os processos de raciocínio
indutivo e ainda o modo como se organiza a aprendizagem por descoberta.

A par dos métodos utilizar-se-ão as técnicas da exposição, mediante a


apresentação dos temas propostos; a técnica do interrogatório, com a emissão de um
conjunto de questões, no sentido de fazer progredir a aquisição de conhecimentos,

8
Escola de Formação
Certificado de Excelência
permitindo, desta forma, conhecer o formando, diagnosticar dificuldades, interesses,
valores, entre outros e verificar as aprendizagens; recorreremos também ao diálogo,
enquanto técnica que permite levar o formando à reflexão, e utilizar o conhecimento
que vai obter com essa reflexão, mas sempre dirigido pelo formador; e, também, a
técnica da descoberta, em que os formandos são colocados perante uma determinada
situação problemática e, para a qual terão de encontrar uma solução.

9. Recursos didáticos

A formação decorrerá em sala devidamente equipada, com capacidade e


condições adequadas à dimensão do grupo.
Será entregue um kit de documentação por formando, que incluí: material de
apoio diverso (bloco/folhas para apontamentos, cronograma, conteúdos
programáticos). Na plataforma de aprendizagem – MOODLE- encontrarão disponível o
manual, o regulamento interno da ação de formação a desenvolver para que possam
imprimir ou consultar informaticamente, assim como exercícios que irão sendo
propostos no decorrer da formação.
Com vista a estimular e facilitar a aprendizagem do formando recorre-se à
utilização de computador portátil, videoprojector e tela de projeção.

9
Escola de Formação
Certificado de Excelência
10. Avaliação das aprendizagens

A qualificação, atestada por um diploma no final do curso, depende da


assiduidade da frequência – a ação formativa implica, pela sua própria natureza, a
presença dos formandos – e do nível de desempenho dos formandos ao longo do curso,
num processo de avaliação contínua em diferentes momentos, sendo que, ao longo de
cada módulo ficará disponível na plataforma as avaliações que devem realizar e
submeter.

10.1 Instrumentos de Avaliação

Avaliação inicial Avaliação do nível de conhecimentos


A avaliação efetuada assenta nos seguintes critérios:
- Domínio dos assuntos/capacidades de resolução dos
problemas;
Avaliação contínua - Transferência da aprendizagem para novas situações;
- Realização das atividades de aferição de
conhecimentos (fichas de trabalho, exercícios, análise
de casos, etc.)
- Participação;
- Nível de responsabilidade demonstrado;
- Comportamento relacional;
A avaliação final é aferida em função dos resultados da
aprendizagem, que se traduzem com base nos critérios
Avaliação Final acima referenciados:
- Questionário de avaliação da satisfação do formando
da Acão de formação;
- Questionário do formador de avaliação dos
formandos.
Encerramento Certificação da formação.

A avaliação consistirá em diversos exercícios que irão ser disponibilizados na


plataforma e outros que serão propostos em sala de aula, para que seja possível realizar
a validação da aprendizagem.

10
Escola de Formação
Certificado de Excelência
 Atividades de avaliação formativa à distância
No inicio e no decorrer dos módulos, os formandos serão notificados, via e-mail, de
atividades que terão de realizar na plataforma Moodle, assim como da data limite para
tal. Estas atividades serão de diagnóstico ou avaliação, mas todas elas serão de
realização obrigatória terão ponderação no cálculo da avaliação final.

 Atividades de avaliação formativa presencial


Estas atividades traduzem-se em exercícios propostos no decorrer das sessões
presenciais, sob a forma de questões colocadas pelo formador e pela realização de
exercícios em grupo. Também estas avaliações terão ponderação e serão contabilizadas
para o cálculo da avaliação final.

 Cálculo da avaliação final


Na avaliação devemos ter em conta que esta funciona como um instrumento de
diagnóstico, regulação e certificação do nível de conhecimentos que os formandos
retiram e adquirem com os conteúdos abordados ao longo da ação de formação.
A avaliação tem como meta a resolução de problemas específicos, importando,
nesta situação, causar mudança e resolver problemas específicos na vida pessoal e
profissional dos formandos, dotando-os de conhecimentos e instrumentos para tal.
A avaliação sumativa da ação de formação faz-se orientada para a certificação,
isto é, comunica-se o resultado alcançado, clarificando o nível de ajustamento das ações
e do desempenho ao perfil final desejado.

Escala de avaliação
Escala qualitativa
Escala quantitativa Muito insuficiente Insuficiente Suficiente Bom Muito bom
Numérica (0 a 5) 1 2 3 4 5

10.2 Avaliação da formação


Nos anexos poderá ser consultado o questionário de avaliação global da
formação, a ser realizado pelos formandos.

11
Escola de Formação
Certificado de Excelência

ANEXOS

12
Escola de Formação
Certificado de Excelência
PLATAFORMA MOODLE
MÓDULO 1 - Questionário autodiagnóstico – “VOCÊ E O TEMPO”

Bom dia turma,

Antes de nos encontrarmos para a nossa primeira sessão, deverão realizar o questionário que
encontram na plataforma, de modo a todos terem consciência de como estão em relação à vossa
organização do tempo.

Sejam o mais honestos possível e encontrar-nos-emos na primeira sessão, no dia 12 às 19h00, na sala X
da nossa escola.

- Atentem que devem responder ao questionário até ao dia 11 às 20h00.

Bom trabalho

13
Escola de Formação
Certificado de Excelência
MÓDULO 1 - Questionário autodiagnóstico – “VOCÊ E O TEMPO”

O questionário é composto por 15 questões diagnóstico que deverá ser realizado antes da primeira
sessão, de modo a podermos aferir o nível de gestão de tempo de cada formando. Na primeira
sessão serão discutidos os resultados.

COMO VAI A GESTÃO DO SEU TEMPO?


Responda, por favor, ao seguinte questionário:
QUESTÕES FREQUENTEMENTE ÀS VEZES RARAMENTE
1 Costuma tratar de um assunto de cada vez?

2 Inicia e termina habitualmente os projetos dentro do


prazo?
3 As pessoas sabem qual é o melhor horário para o
procurar?
4 Faz, a cada dia, alguma coisa que o deixe mais
próximo dos seus objetivos a longo prazo?
5 Quando é interrompido, consegue retomar o seu
trabalho sem perder o ímpeto?
6 Lida de forma eficaz com interlocutores demorados?

7 Concentra-se na prevenção dos problemas em vez de


na sua solução, após estes acontecerem?
8 Planeia as suas tarefas de forma a cumprir, com
alguma folga (sem pressão), os prazos estabelecidos?
9 É pontual no trabalho, nas reuniões e em outros
eventos?

10 Sabe delegar bem?

11 Prepara diariamente uma lista com as coisas a fazer?

12 costuma realizar todas as coisas que prevê na sua


“lista de coisas a fazer”?
13 Atualiza, por escrito, os seus objetivos profissionais
e pessoais?
14 A sua mesa de trabalho está limpa e organizada?

15 Pode encontrar facilmente o que procura nos seus


arquivos?
Subtotal _______X4 ______X2 _______X0
TOTAL

14
Escola de Formação
Certificado de Excelência
Correção e interpretação dos resultados

 Multiplique por 4 o somatório das respostas que assinalou na coluna “FREQUENTEMENTE” e por
2 as posicionadas na coluna “ÁS VEZES”.
 Não atribua pontos às respostas “RARAMENTE”.

Se obteve uma pontuação final entre:

 49-60 – Administra bem o seu tempo.


 37-48 – Administra bem parte do seu tempo. No entanto, precisa de ser mais consistente nas
estratégias para poupar tempo. Deve utilizar novas técnicas!
 25-36 – É com muita frequência uma vítima do tempo. Aplique imediatamente as técnicas que
aprenderá aqui.
 13-24 – Está perto de perder o controlo. Provavelmente, é muito desorganizado para aproveitar
os bons momentos. Um plano de administração do tempo voltado para prioridades é necessário
já!
 0-12 – Está sobrecarregado, disperso, frustrado e provavelmente sob muito stress. Coloque em
prática as técnicas deste manual.

15
Escola de Formação
Certificado de Excelência
EXERCÍCIO EM SALA DE AULA
MÓDULO 1 – Reflexão sobre os impedimentos para uma gestão do tempo eficaz

Apesar de ser muito importante saber gerir o tempo, muitos são os impedimentos para uma gestão de
tempo eficaz.

Levar os formandos a fazerem uma pequena reflexão, pedindo para enumerarem:

1. A que causas atribui as perdas de tempo?


a. _______________________________________________
b. _______________________________________________
c. _______________________________________________

2. O que costuma fazer para que isso não aconteça?


a. _______________________________________________
b. _______________________________________________
c. _______________________________________________

Pretende-se que os formandos façam uma reflexão individual, entregando-a ao formador e


posteriormente seja discutido em sala de aula.

16
Escola de Formação
Certificado de Excelência
PLATAFORMA MOODLE
MÓDULO 1 – Distinguir e identificar objetivos

Bom dia turma,

Antes de nos encontrarmos para a nossa sessão, deverão realizar o exercício que se encontra na
plataforma, onde se pretende que distingam os objetivos que se encontram entre as opções.

Sejam o mais honestos possível e encontrar-nos-emos na próxima sessão, no dia 13/12/2016, às 19h00.

- Atentem que devem responder ao questionário até ao dia 13 às 17h00.

Bom trabalho

17
Escola de Formação
Certificado de Excelência
MÓDULO 1 – identificação de objetivos

Propomos-lhe, em seguida, a realização de um pequeno exercício onde pode começar a pôr em


prática os seus conhecimentos no que diz respeito à identificação de objetivos.

Distinguir e identificar objetivos, assinale no circulo antes daquele que considera objetivo:

○ Faça diariamente 20 cartas.

○ Aprecie bailado.

○ Sinta-se feliz porque ele/ela lhe fez uma surpresa.

○ Cante uma canção.

○ Desenvolva a camaradagem para se conseguir um bom clima de trabalho.

○ Cite um exemplo de solidariedade.

○ Desenvolva o potencial da criança.

○ Dedique-se à sua equipa.

○ Defenda a democracia.

○ Escreva um relatório.

○ Seja um/a bom/boa cidadão/cidadã.

○ Identifique os objetivos desta lista.

Há 5 objetivos, conseguiu identifica-los?

Correção e interpretação dos resultados


É objetivo Faça diariamente 20 cartas.
Não é objetivo Aprecie bailado.
Não é objetivo Sinta-se feliz porque ele/ela lhe fez uma surpresa.
É objetivo Cante uma canção.
Não é objetivo Desenvolva a camaradagem para se conseguir um bom clima de trabalho.
É objetivo Cite um exemplo de solidariedade.
Não é objetivo Desenvolva o potencial da criança.
Não é objetivo Dedique-se à sua equipa.
Não é objetivo Defenda a democracia.
É objetivo Escreva um relatório.
Não é objetivo Seja um/a bom/boa cidadão/cidadã.
É objetivo Identifique os objetivos desta lista.

18
Escola de Formação
Certificado de Excelência
PLATAFORMA MOODLE
MÓDULO 1 – Definição de objetivos

Bom dia turma,

Antes de nos encontrarmos para a nossa sessão, deverão realizar o exercício que encontram na
plataforma, de modo a poderem verificar as aprendizagens da ultima sessão, acerca da definição dos
objetivos.

Sejam o mais honestos possível e encontrar-nos-emos na primeira sessão, no dia 14 às 19h00, na sala X
da nossa escola.

- Atentem que devem responder ao exercício até ao dia 14 às 17h00.

Bom trabalho

19
Escola de Formação
Certificado de Excelência
MÓDULO 1 – definição de objetivos

Propomos-lhe, em seguida, a realização de um pequeno exercício onde pode começar a pôr em


prática os seus conhecimentos no que diz respeito à definição de objetivo.

Exercício prático

Não se esqueça!

Para uma correta definição de objetivos é fundamental que:

 Se explicite claramente o que se quer realizar (e não apenas os meios para o atingir);
 Se meçam e observem os resultados a conseguir;
 Se fixe o prazo (realização prevista em tal data);
 Se identifique um responsável;
 Se verifique se estão reunidas as condições de base (tipo de investimento a realizar,
consequências a evitar).

Exercício “Definir corretamente os objetivos”


LISTA DE VERIFICAÇÃO
RESPOSTAS COM SIM/NÃO Elencaram-se condições
O resultado a alcançar é
Definiu-se o objetivo (o
quê) e não apenas a

Fixou-se um prazo?
mensurável? E

Designou-se o
responsável?
qualificável?
medida?

Formulação inicial Exemplo de definição correta


base?

1. Quero garantir o
aprovisionamento
permanente da
montagem.
2. Até 31 de Janeiro, a
produção média diária
deverá aumentar no
mínimo 10% com um
investimento máximo
de 5000 €
3. A partir do próximo
mês quero reservar
mais tempo para
reuniões com o sector
de vendas
4. Quero rentabilizar
tempo na arrumação
diária das ferramentas

20
Escola de Formação
Certificado de Excelência
Correção e interpretação dos resultados
A divulgação e interpretação dos resultados far-se-á em sala de aula.

Exercício “Definir corretamente os objetivos”


LISTA DE VERIFICAÇÃO
RESPOSTAS COM SIM/NÃO

Elencaram-se condições
O resultado a alcançar é
Definiu-se o objetivo (o
quê) e não apenas a

Fixou-se um prazo?
mensurável? E

Designou-se o
responsável?
qualificável?
medida?
Formulação inicial Exemplo de definição correta

base?
A partir de 1 de outubro, quero
1. Quero garantir o garantir em média
aprovisionamento Sim mensalmente, mais duas
Não Não Não Não
permanente da (eu) dezenas de embalagens no
montagem. sector X e sem pessoal
suplementar.
2. Até 31 de Janeiro, a
produção média diária
deverá aumentar no A formulação inicial está
Sim Sim Sim Sim Sim
mínimo 10% com um correta.
investimento máximo
de 5000 €
A partir de 1 de janeiro, vou
3. A partir do próximo fazer reuniões com o sector de
mês quero reservar
Sim vendas pelo menos 2 vezes por
mais tempo para Sim Não Sim Não
reuniões com o sector
(eu) semana, às 17:30h, envolvendo
de vendas todos os vendedores da
empresa.
A partir de 30 de setembro
dedicarei à classificação e
4. Quero rentabilizar organização do material 25
tempo na arrumação Sim Não Não Sim Não minutos, no máximo,
diária das ferramentas recorrendo para tal à
colaboração do encarregado de
armazém.
*Adaptação do exercício “Definir corretamente os objetivos”, extraídos de Técnicas Individuais
de Trabalho, ED Monitor, Martin Ochsner.

21
Escola de Formação
Certificado de Excelência

EXERCÍCIO EM SALA DE AULA


MÓDULO 1 – Reflexão sobre o estabelecer de prioridades

Realize agora um exercício, onde trabalhará o estabelecer prioridades:

Imagine que lhe é fornecido um frasco e lhe é pedido que coloque um conjunto de pedras
grandes, pedras médias, uma porção de areia e água de modo a que tudo caiba lá dentro.

Porque que ordem deve introduzir cada um destes elementos, de forma a atingir o objetivo proposto?

Em 1º lugar:
Em 2º lugar:
Em 3º lugar:
Em 4º lugar:

Após a resposta dos formandos será referida qual a solução e será aberto um espaço para uma pequena
discussão.

Solução

1º - Pedras Grandes

2º - Pedras Médias

3º - Areia

4º - Água

22
Escola de Formação
Certificado de Excelência

INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM


Atividade 1

“delegar é transmitir por delegação; enviar alguém como delegado; encarregar, incumbir,
investir… (in dicionário da língua portuguesa – Porto Editora)

Propomos-lhe a realização de um exercício em que numa situação de trabalho à sua escolha,


tenha que delegar tarefas e fazer a gestão de tempo e organização de trabalho dos
colaboradores que pretende abranger.

Dispõe de 0h30 para a realização desta atividade

Atividade 2

Propomos-lhe que planeie uma reunião em que terá que apresentar a introdução de uma nova
técnica de arquivo e que terá que convencer os seus superiores a implementa-la na empresa.

Dispõe de 0h30 para a realização desta atividade

Os resultados da atividade de avaliação da aprendizagem será comunicado por e-mail nos dias
seguintes ao final da ação de formação.

23
Escola de Formação
Certificado de Excelência

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DA FORMAÇÃO

Entidade formadora: Certificado de Excelência

Ação de formação: Gestão do Tempo e Organização do Trabalho

Data inicio 12 dezembro 2016

Data fim 21 de dezembro de 2016

O presente questionário, tem por objetivo recolher a sua opinião sobre a ação de formação que hoje
termina. Todas as informações aqui prestadas serão tratadas de forma confidencial e servirão apenas
para uso interno da nossa entidade.

Agradecemos, desde já a colaboração sincera, pois as respostas aqui prestadas serão de extrema
importância para a melhoria e continuidade do processo formativo.

O questionário baseia-se numa escala de 1 a 5 em que 1 = Mau; 2 = Insuficiente; 3 = Suficiente;


4 = Bom; 5 = Muito bom. Caso surja qualquer situação não aplicável, é favor de colocar zero:

Assinale com X o quadrado que melhor exprime a sua opinião.

No que concerne à acção de formação que avaliação faz:


1. Dos objectivos/conteúdos programáticos 0 1 2 3 4 5
1.1 Definição dos objectivos programáticos de acção/curso
1.2 Adequação do conteúdo aos objectivos da acção/curso
1.3 Utilidade prática dos temas
1.4 Adequação da carga horária da acção /curso
2. Do funcionamento da acção de formação
2.1 Motivação
2.2 Trabalhos, exercícios e actividades
2.3 Relacionamento entre participantes durante as sessões
2.4 Instalações (disposição da sala, iluminação, ventilação, acústica…)
2.5 Utilização dos meios audiovisuais (computador, videoprojector…)
2.6 Qualidade da documentação e textos de apoio disponibilizados
2.7 O apoio do formador, quando solicitado, foi oportuno
2.8 A qualidade de apoio do formador foi satisfeita
3 Sobre o desempenho do formador
3.1 Capacidade para apresentar os objectivos e conteúdos
3.2 Capacidade para estimular a aprendizagem
3.3 Capacidade para explicar/resolver questões
3.4 Capacidade para motivar os alunos
3.5 Capacidade para estimular a inter-relação entre formandos
3.6 Pontualidade/assiduidade do formador

24
Escola de Formação
Certificado de Excelência
Sugestões/Criticas

I. Considera que a Formação do módulo correspondeu às suas expectativas?


__________________________________________________________
Porquê?___________________________________________________

II. Indique os aspetos mais positivos da formação e os aspetos a melhorar?


__________________________________________________________

III. A plataforma e-learning que serviu de base de apoio aos exercícios e questões à
distância foi fácil utilização?
__________________________________________________________

IV. Se tiver alguma sugestão a partilhar, queria por favor citá-la.


__________________________________________________________

Data: __________ Nome do formando (facultativo): ______________________

Obrigado pelo tempo que despendeu a preencher este formulário e pela colaboração
prestada!

25

Você também pode gostar