Você está na página 1de 10

Nós da equipe SN preparamos esse material em PDF para que você possa se

aprofundar ainda mais no conteúdo da série. Mas lembrando: Ele não substitui
a experiência inigualável e carregada de transformação que é assistir aos
episódios! Não perca a oportunidade de assistir a maior e mais bem produzida
Websérie de sedução e inteligência social do Brasil – Por tempo limitado.

Isso por que estamos cagando pra o que outros caras vão pensar de nós!

E por não ligar demonstramos a nossa essência e nos expressamos com


vontade muito mais fácil.

O nosso real problema social aparece quando conversamos com mulheres,


porque com elas nos importamos com a opinião.

Cada aluno conversou com uma mulher por 5 minutos, e esse foi o resultado:

Conversa gostosa! Eu acho mais fácil quando a pessoa já está sentada na


minha frente.

Ficou bem calmo, não aparentou estar nervoso nem com pressa. Estava
relaxado, leve e confortável. Teve momentos de silêncio mas lidou bem com isso,
não ficou nervoso nem desconfortável.

Jogou a intenção de forma sutil: “Brava? Com esse sorriso lindo.”

1
Manteve o Frame quando falou: “Tomei na Jabiraca”, mesmo ela sem entender
nada! Passou confiança e convicção.

Se apegou ao resultado final (criar uma conexão) e esqueceu de perguntar o


nome dela e de se apresentar. Não perguntou de onde ela era no começo, só no
meio da conversa.

A conversa ficou sem rumo. O ideal é que você faça perguntas abertas para
direcionar a pessoa para o objetivo final – no caso, criar uma conexão.

Esse tipo de erro acontece quando estamos presos demais na nossa mente
pensando no que a pessoa pode estar pensando de nós:

“Eu preciso falar algo interessante para me mostrar interessante.” E acaba


atropelando o começo.

Se diminuiu quando disse com o que trabalhava: “Eu faço um marketingzinho.”

Não use diminutivo!! Toda vez que você usa, você se diminui. Mesmo sendo um
puta vendedor, falando com dominutivo você se rebaixa. Mostra ser menos.

Não é sobre como os outros vêem você, é sobre como você se vê.

A Gabi conseguiu usar melhor os ganchos de assunto. A conversa saturava em


um assunto e ela que usava os ganchos pra mudar e continuar a conversa pra
ela não morrer.

Mas é você que deve fazer isso! Lidere e guie a interação.

Mostrou ser muito extrovertido e comunicativo, mas pra ela se mostrou com
energia baixa, tentando não fazer merda e pisando em ovos.

Foda-se se ela não gostar! Sempre se expresse do seu jeito.

2
“Não lembro o nome dele. Foi um rapaz muito legal mas eu não lembro o nome.
Foi uma troca, ele falou e eu também. Mas poderia ter assuntos mais
interessantes.”

Achei interessante, fiquei um pouco nervoso no primeiro minuto mas depois foi
tranquilo. Ela é uma pessoa extremamente agradável, gosta de conversar e vi
que ela me ajudou bastante na conversa por ser muito simpática. Adorei a
conversa!

Se apresentou, cumprimentou, falou seu nome, perguntou o dela! Como tem


que ser quando se conhece uma pessoa nova.

Por ter um nome diferente e saber disso, brincou de uma forma muito boa!
“Conhece outro Savio? Aposto que não.”

Reforçando de forma positiva o seu nome e fazendo com que ela não esqueça
de você.

Fez bastante perguntas sobre ela, o que foi bem legal. O foco é sempre a outra
pessoa! E foi o que fez.

Quem controla o Frame é quem escuta, não quem fala!

Gostei quando pediu detalhes sobre a viagem dela! Se mostrou interessado e


fez com que ela pensasse sobre e buscasse informações, emoções e
lembranças boas.

Soube usar os ganchos de assunto muito bem, foi um atrás do outro.

Gostei quando criou contexto para tocar nela: “Não to nervoso não, ta? Ta muito
frio! É que eu vim da Bahia... toca na minha mão.”

3
Senti sim um pouco de nervosismo. Isso mostra um pouco da questão de estar
confortável ou não com uma mulher.

Faltou direção na conversa! Se o objetivo é criar conexão, a conversa precisa


ter uma direção para que a conexão se crie.
Repetição de assunto: Quando o assunto engaja, o ideal é o mais rápido
possível puxar um gancho de assunto e falar de outra coisa, para evitar repetição
e deixar a conversa mais agradável. Faltou isso.

Faltou jogar intenção pelo menos uma vez.

“Conversei com o Savio. Ele é extrovertido, só estava nervoso. Ele não tinha
intencionalidade no que ele falava, senti uma conversa de assunto jogado fora.
Fiquei esperando mais intenção.”

“Fiquei bem nervoso. Normalmente eu consigo desenrolar bem quando já tenho


um contexto. Mas cair na conversa daquele jeito do nada me deixou meio
perdido.”

Sem medo de falar das suas inseguranças e medos. O primeiro passo para
evolução é aceitar a verdade! Mas tudo tem dose... Muita insegurança exposta
também mostra onde qualquer pessoa pode te ferir.

Gostei de como fluiu a conversa depois que começou a perguntar sobre ela!

Gostei como fez os ganchos quando conversaram sobre cachorro. Quando


disse que também curte, quando viu que ela gostava e conversou mais sobre
isso.

4
Não perguntou o nome dela e nem falou o seu nome. Ficou perdido na hora do
que fazer.

Isso acontece quando você não sabe a ordem dos fatores e fica preso demais
na sua mente.

Focou demais no processo – na estrutura teórica da conversa – e não conseguiu


se entregar, deixando uma conversa robótica e não natural.

Ficou parado, travada, pensando no que falar e disse: “Eu posso continuar
conversando com você sobre o que a gente tava falando lá dentro?”

Pediu permissão... “Eu posso? Você deixa? Por favor, porque tá bem
desconfortável aqui.”

Não pergunte se pode, faça. Mostre atitude, confiança, convicção. Faltou


Frame.

A mulher não quer gastar energia sendo líder, ela espera que você seja o líder.
Se você pergunta se pode você joga pra ela a decisão. Ela passa a liderar.

Jogando a responsabilidade da conversa pra ela e fazendo ela pensar: “É, eu


vou ter que fazer tudo aqui.”

Só falou de si mesmo. Soltou tudo sobre si e não perguntou nada sobre ela. E
fez um pouco pior: Só falou coisa negativa.

Insegurança, medo, insegurança, medo... Posição de “me cuide.”

Deixou claro pelas afirmações negativas sobre si que não se vê como


merecedor, como disse antes que tinha esse problema.

Vocês precisam enxergar tudo o que vocês fazem de uma forma MUITO FODA!

Vocês são do caralho! É sobre percepção. É sobre como você se enxerga e joga
isso pro mundo.

5
É um reflexo. A pessoa vai te ver da mesma forma que você se vê!

Quando entra na conversa você é um cara que engaja, que flui e cativa as
pessoas! Mas se alguém joga um estímulo negativo você quebra.

Deu branco! Isso acontece quando se está preso demais na mente, – pouco
presente – e esquece de fluir na conversa e deixar rolar de forma natural.

Lembre-se: Uma mulher desconhecida levantaria e iria embora.

“Conversei com o Jonas. Logo de primeira ele começou a falar só dele, não fez
nenhuma pergunta sobre mim.

Não sabia o que falar, ficou olhando pro lado como quem busca assunto e
nitidamente estava muito nervoso.

Ele fluiu muito bem com a conversa quando começou a perguntar de mim, mas
antes disso não.”

Eu perguntei sobre ela mas senti falta de interesse. Então falei mais de mim do
que dela. Mas sei que essa falta de interesse pode ser pela minha falta de
expressão.

Eu esperava muito menos. De todos é o mais fechado, o mais tímido, o mais


introvertido com a energia mais baixa.

Porém foi muito melhor do que eu imaginava! Imaginei que a conversa morreria,
mas não foi o que aconteceu.

Perguntou o nome dela como se estivesse conhecendo uma pessoa nova!

6
Por mais que tenha muita coisa interna travada, é ciente disso! Sabe que
atrapalha e sabe que incomoda. E isso é incrível!! Muita gente morre e não
sabe...

Enxerga valor em si! Sabe quem é e sabe no que é bom. Está disposto a mudar
e a se entregar.

Não disse o seu nome. Quando estamos conhecendo uma pessoa nova
precisamos ter a proatividade de se apresentar: “Prazer, eu sou o Gabriel.”

Poucas expressões e poucas demonstrações de empatia. Isso está muito ligada


com a nossa capacidade de fazer amigos e criar laços e conexões.

As pessoas se sentem desconfotáveis e não conseguem se conectar com uma


pessoa que não demonstra emoções, expressões, reações, sentimentos!

Isso passa a mensagem de que ela não está sendo compreendida.

As pessoas não tem obrigação nenhuma de conversar com um cara assim. Uma
pessoas desconhecida não gostaria de você e viraria as costas e iria embora.

“Esqueci o nome dele. Ele conseguiu conversar, imaginei que ele não
conseguiria. Mas ele me controu mais dos problemas dele do que me envolveu
em alguma conversa que eu realmente quisesse conversar.”

“Na minha mente eu não fiquei nervoso. Se o meu corpo expressou alguma coisa
é porque tava muito frio.

Percebi muito gancho de assuntos que ela gosta mas não soube usar ele muito
bem. Tentei mudar de gancho em gancho mas não encaixou muito bem.”

7
Perguntou o nome dela com presença – tanto que ela falou duas vezes – e se
apresentou.

Esqueceu de você e focou nela, o que é muito interessante. Não é sobre você,
é a outra pessoa. Mas poderia ter marcado mais presença.

Adorei a quebra de padrão! Não começou no padrão de sempre, começou


perguntando quantos piercing ela tem.

Soube usar muito bem os ganchos. Foi de piercing pra tattoo, da tattoo
perguntou quantas quer fazer e foi...

Fez perguntas abertas que fez ela pensar. Perguntou sobre viagem, sobre a
tattoo. Não fez perguntas de sim ou não.

Cativa muito bem! É agradável, é “fofo” – assim como ela disse.

A palavra fofo é a palavra que ela usou para dizer que ficou confortável! É o jeito
dela de demonstrar.

Disse o seu nome, mas disse sem presença nenhuma.

Não aprofundou tanto quanto poderia em cada gancho. Pulou de gancho em


gancho muito rápido.

Uma a duas perguntas em cada gancho de assunto seria o suficiente para


aprofundar mais a conversa e direceionar mais para a conexão!

Menosprezou o próprio trabalho... Disse que é vendedor mas disse baixo, quase
como se quisesse esconder com o que trabalha.

“É o Lucas? Eu não lembro mais o nome dele. Não teve ponto negativo, ele foi
muito fofo! Ele perguntou bastante coisa sobre mim, o que foi bem legal. E

8
quando eu falei com o que eu trabalhava ele não julgou, ficou surpreso mas não
julgou.”
_______________________________________________________________

Tá preparado para assinar o contrato e começar uma nova fase da sua vida?

Então fique ligado no grupo do WhatsApp para não perder os outros episódios
e namoral, tá um melhor do que o outro! Pela ordem futuro Jogador Caro,