Você está na página 1de 3

Alley Oop

Tome cuidado com o que você e os seus filhos leem

Quando o irmão Branham estava olhando para a sua filha, o bebezinho Sharon Rose,
enquanto ela morria de meningite, Satanás veio tentá-lo, dizendo: “Você confiará Nele agora?
Eu pensei que você disse que Ele era um Deus de amor. Do que se trata todo esse choro? Você é
apenas um garoto. Olhe em volta da cidade. Cada moça e cada moço com quem você se
associou pensa que você perdeu a sua mente. Você perdeu. Deus não te ama”.
O irmão Branham disse que Satanás não pôde lhe dizer que Deus não existia, que Deus
não era real, porque ele teve muitas experiências com Ele. Porém o diabo tentou convencê-lo
de que Deus não o amava. Ele disse: “Apenas uma palavra e você poderia ter sua esposa de
volta. Uma palavra e você pode ter esta garotinha”.
Enquanto ele ficava ali de pé olhando para o seu bebê, Satanás continuou a importuná-lo.
Mas então o irmão Branham pensou: “O que? De qualquer forma quem sou eu? Quem sou eu
para questionar Sua majestade? Quem sou eu para questionar o Criador que deu a mim a
minha própria vida aqui na terra? De onde eu consegui esse bebê? Quem o deu para mim? Ele
não é meu de qualquer forma. Ele somente me emprestou por algum tempo”.
Então ele disse: “Satanás, afasta-te de mim!”. Ele estendeu sua mão sobre o bebê e disse:
“Deus te abençoe, querida. Em um minuto papai levará você lá nos braços de sua mamãe. Os
anjos levarão sua pequena alma para longe e eu encontrarei você naquela manhã”. Então ele
disse: “Senhor, Tu a tens dado a mim; Tu a estás tirando; e embora Tu estejas me matando,
como disse Jó, todavia eu Te amo e creio em ti. Se Tu me enviasses ao inferno, eu te amarei de
qualquer modo. Eu não posso fugir disso. Deus, eu não posso Te negar. Eu não posso dizer
que Tu és injusto. Eu ha tempo mereço toda essa punição. Tu ainda és justo e eu ainda Te
amo. Eu ainda assim Te servirei de todo o meu coração, Senhor. Tenho Te implorado pelo
meu bebê; tenho tentado fazer com que Tu a guardasses. Mas no entanto, não a minha
vontade, mas que a Tua vontade seja feita”.
Quando o irmão Branham contou ao irmão Pearry Green esta experiência, ele disse que
Satanás veio parecendo como Alley Oop, então tenha cuidado para o que você e os seus filhos
leem ou olham. Você não sabe o que isso está implantando em suas pequenas mentes.
Aproximadamente dois ou três meses atrás eu estava me levantando no quarto, e eu
ouvi uma voz falando no canto. Eu tentei despertar minha esposa para olhar lá para isto. Lá
estava... antes de amanhecer estava aquela coisa horrorosa de pé ali na cama me acusando,
depois que Ele havia me falado... eu havia visto uma grande mamba correndo; ela é uma
cobra africana. E estava tentando matar as pessoas. E eu... isto foi depois de meu irmão. E eu
gritei: "Oh, Deus, o que posso eu fazer?”.
Ele disse: "A você tem sido dado o poder para ligar". Disse "Seja de uma boa coragem".
Eu falei com ela, e a sua calda subiu aos ares, e girou ao redor, e exatamente como este
punho de jarro aqui, e se sufocou para a morte. Uma fumaça azul voou dela.
Na manhã seguinte quando me acordei, e eu estava ali deitado, e eu disse: "É melhor eu
me levantar e levar as crianças para a escola", e examinei. Lá estava esta coisa de aparência
horrorosa – se parecia com o Alley Oop das revistas em quadrinhos, com enormes chifres
que se projetavam dele. Ele estava... se parecia com uma galinha cacarejando, ou – ou
cantando, como elas saem do celeiro. Eu olhei para isto, e eu disse: "Meda, Meda, querida”, e
ela não se acordou. Eu pensei: "Isso a mataria de susto”, e eu esperei lá só por um minuto, e
de pé, observei.
As pessoas falam sobre demônios e às vezes nem sequer sabem o que eles são. Isso
mesmo. Mas você se depara diariamente com eles, talvez. Mas você se deparará.
Note. Depois de algum tempo ele estava me acusando, disse: “Você não tem nenhum
poder de Deus. Você é apenas um blefe. Você não tem poder nenhum”.
Eu disse: “Satanás, você é uma ofensa para mim. Saia do meu caminho no Nome de
Jesus Cristo”, e ele partiu. Deitei-me um pouco ali na cama e comecei a me levantar. Senti um
sentimento realmente doce vir sobre mim. Eu pensei: "Eu queria saber se o Espírito Santo
agora está por perto”. E em cima no canto... Assim me ajude... Aqui está a minha Bíblia sobre
o meu coração. A mais doce voz que eu jamais ouvi em minha vida disse: “Não temas ir a
qualquer lugar; não temas fazer qualquer coisa. Porque a Presença de Jesus Cristo que nunca
falha está com você aonde quer que você vá”. Isso se resolveu comigo. Deixe eles se
enfurecerem. Eu tenho um Absoluto. Minha âncora segura lá adiante, porque é a Palavra do
Deus vivo. Amém.
Um Absoluto (27/01/1963), Phoenix, Arizona, EUA.

Matéria da revista EXTRA, outubro de 2000:

Alley Oop Entrou Em Nosso Mundo Nos Anos 30.

A criação de V. T. Hamlin, Alley Oop, apareceu primeiro no dia 7 de agosto de 1933, como
uma tira diária e em setembro aos domingos.
Alley Oop morava no Vale da Lua, onde ele era o homem braço direito do Rei Guz. Outros
residentes da Lua incluíam o grande Wizer; a namorada de Oop, Oola;
Foozy, o filósofo, e “Dinny”, o fiel dinossauro de Oop.
Em 1939, a tira venceu as diferenças entre o passado e o presente,
graças à máquina do tempo que transportou Oop e Oola na era moderna.
Durante a Segunda Guerra Mundial, Oop, Rei Guz e Foozy tentaram
entrar no exército, mas eles foram declarados “aliens”. Então da sua própria maneira, eles
combateram as forças de Axis.
Hamlin retirou-se em 1973. As tiras prosseguiram com Dave Graue, que havia sido
assistente de Hamlin desde 1947. Em 1991, Jack Bender começou a desenhar as tiras, enquanto
Graue continuava a escrevê-las.
No seu pico, Alley Oop foi publicado em aproximadamente 800 jornais; houve dois
grandes mini-livros Alley Oop e 14 livros em quadrinhos. Existe até mesmo um hit do rock’n
roll dos anos 60 “Alley Oop”, pelos The Hollywood Argyles.

Tradução: Diógenes Dornelles

E-mail: diogenes.dornelles@yahoo.com.br
diogenes.dornelles@hotmail.com
http://diogenestraducoes.webnode.com.br
Se você deseja esta ou outras mensagens impressas gratuitamente escreva para:
radiounife@hotmail.com
www.doutrinadamensagem.com.br

Você também pode gostar