Você está na página 1de 5

UNIVERSIDADE UNIGRANRIO

RELATORIO DE AULA PRÁTICA – PIEZÔMETRO


Professor:

Duque de Caxias – RJ
Introdução
Ao longo do escoamento em uma tubulação, é possível inserir tubos de menor
diâmetro nas laterais da tubulação de modo que estejam direcionados para
cima e possam medir a pressão de escoamento através da coluna de líquido
que se forma. Estes tubos que medem a pressão de escoamento são
chamados de piezômetros. Quanto maior a altura do nível de líquido, maior a
pressão do escoamento.
Quando piezômetros são inseridos à montante e à jusante de um dispositivo
qualquer, seja este um joelho, uma curva ou uma válvula, estes podem medir a
queda de pressão que este dispositivo impele ao escoamento. Este dado é
importante quando o objetivo é determinar a perda de carga local da válvula ou
qualquer outro dispositivo. A perda de carga local do dispositivo está associada
a queda de pressão pela equação de Bernoulli.

Objetivo
Determinar a queda de pressão de diferentes dispositivos hidráulicos através
das diferenças de pressão nos piezômetros. A diferença de pressão pode ser
obtida pela equação:
𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ
Medindo-se:
ℎ = régua [𝑚] (altura manométrica)
𝑇 = 𝑡𝑒𝑟𝑚ô𝑚𝑒𝑡𝑟𝑜 [º𝐶] (temperatura da água)
𝜌 =−−−−−−−−−−− 𝑘𝑔 𝑚3 (densidade da água, obtida do manual do engenheiro
químico, na temperatura medida - vide referência).
Densidade da água = 997Kg/m3
𝑔 = 9,8 𝑚 𝑠 2 (aceleração da gravidade)
A vazão neste vertedor pode ser obtida pela equação: 𝑄 = 1,4 ⋅ 𝐻 5/2
Onde H é a altura da base (no ângulo) do vertedor até o nível de líquido.

Equipamento
O equipamento utilizado nesta prática possui vários piezômetros ao longo da
tubulação superior que contém uma válvula. Esta válvula pode ser retirada e
substituída por outro dispositivo ou válvula de outro tipo. A partida desta planta
é feita através da escorva da bomba principal utilizando uma bomba afogada
(bomba abaixo do nível de líquido). A escorva consiste no acionamento prévio
da bomba afogada para auxiliar a bomba principal na sucção do fluido do
tanque de alimentação. A sucção é induzida por uma redução de Venturi no
recalque da bomba afogada. Após a bomba principal ter “sugado” fluido para a
sua zona de recalque, a bomba afogada pode ser desligada.

Materiais Utilizados
Piezômetro, Bomba centrífuga, Fita métrica, Béquer 500ml, Tanque e
Cronômetro.

Reagentes
Água e Corante azul

Procedimentos
1. Conecte o primeiro dispositivo entre os piezômetros;
2. Inicie o processo através da escorva;
3. Meça a pressão piezométrica imediatamente à montante e à jusante do
dispositivo para três vazões diferentes (medidas pelo vertedor);
4. Repita o procedimento para outro dispositivo.

Dados obtidos ao mensurar a pressão estática da água:


1 - Com a válvula:
Tubo 1 – 66cm - 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,66 = 6.448,57kg/m3
Tubo 2 – 68cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,68 = 6.644kg/m3
Tubo 3 – 67cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,67 = 6.546,3kg/m3
Tubo 4 – 67cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,67 = 6.546,3kg/m3
Tubo 5 – 66cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,66 = 6.448,57kg/m3
Tubo 6 – 64cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,64 = 6.253,18kg/m3
Tubo 7 – 65cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,65 = 6.350,89kg/m3
Tubo 8 – 66cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,66 = 6.448,57kg/m3
Tubo 9 – 65cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,65 = 6.350,89kg/m3
Tubo 10 – 65cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,65 = 6.350,89kg/m3
Tubo 11 – 64cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,64 = 6.253,18kg/m3
Tubo 12 – 63cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,63 = 6.155,48kg/m3
Tubo 13 – 62cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,62 = 6.057,77kg/m3
Tubo 14 – 63cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,63 = 6.155,48kg/m3
Tubo 15 – 63cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,63 = 6.155,48kg/m3
Tubo 16 – 63cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,63 = 6.155,48kg/m3
Tubo 17 – 62cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,62 = 6.057,77kg/m3
Tubo 18 – 61cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,61 = 5.960,06kg/m3
Tubo 19 – 61cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,61 = 5.960,06kg/m3
Tubo 20 – 60cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,60 = 5.862,36kg/m3

2 - Com o tubo reto:


Tubo 1 – 60cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,60 = 5.862,36kg/m3
Tubo 2 – 62cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,62 = 6.057,77kg/m3
Tubo 3 – 62cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,62 = 6.057,77kg/m3
Tubo 4 – 61cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,61 = 5.960,06kg/m3
Tubo 5 – 60cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,60 = 5.862,36kg/m3
Tubo 6 – 59cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,59 = 5.764,65kg/m3
Tubo 7 – 60cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,60 = 5.862,36kg/m3
Tubo 8 – 60cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,60 = 5.862,36kg/m3
Tubo 9 – 59cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,59 = 5.764,65kg/m3
Tubo 10 – 59cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,59 = 5.764,65kg/m3
Tubo 11 – 58cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,58 = 5.666,95kg/m3
Tubo 12 – 58cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,58 = 5.666,95kg/m3
Tubo 13 – 59cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,59 = 5.764,65kg/m3
Tubo 14 – 58cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,58 = 5.666,95kg/m3
Tubo 15 – 58cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,58 = 5.666,95kg/m3
Tubo 16 – 57cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,57 = 5.569,24kg/m3
Tubo 17 – 57cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,57 = 5.569,24kg/m3
Tubo 18 – 56cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,56 = 5.471,54kg/m3
Tubo 19 – 56cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,56 = 5.471,54kg/m3
Tubo 20 – 55cm – 𝛥𝑃 = 𝜌𝑔ℎ = 997 x 9,8 x 0,55 = 5.373,83kg/m3
Tempo de enchimento do Becker:
Com a válvula = 4 segundos
Com o tubo reto = 5 segundos

Gráfico de vazões contra diferenças de pressão nos dispositivos

Conclusão
O sistema de piezômetro é útil para fornecer a diferença de pressões nos
fluídos e indicando a altura nas colunas d´água. Sistema de simples operação.
Mas não é recomendado para sistemas de alta pressão. Podemos notar que a
perda de carga está associada a obstruções do fluído ao passar na coluna, por
conta disso temos resultados diferentes no tubo reto e na válvula.

Referências bibliográficas:
LEAL, R; SANTOS, S. M. Medidores de Pressão – Piezômetro e Tubo em U.
Rio de Janeiro. UFRJ, 2010.
https://www.mapsolution.com.br/post/voc%C3%AA-sabe-o-que-%C3%A9-um-
piez%C3%B4metro
https://damascopenna.com.br/piezometros/

Você também pode gostar