Você está na página 1de 5

DDS , o quê é?

Significado de DDS

O DDS – Dialogo Diário de Segurança, tem por finalidade instigar no colaborador a


conscientização envolvendo suas atividades cotidianas referentes à sua segurança,
meio ambiente, saúde e qualidade.

Decerto este tempo é reservado para discussões e instruções básicas de assuntos


relacionados à prevenção de acidentes associados à saúde e segurança.

Além disso a ferramenta de DDS teve sua origem na década de 90 e teve sua ampliação
para muitas outras ferramentas, tais como:

DDHSMA – Diálogo Diário de Higiene Segurança e Meio Ambiente;

DDHS – Diálogo Diário de Higiene e Segurança;

DHSMQ – Diálogo Diário de Higiene, Segurança, Meio Ambiente e Qualidade, entre


muitos outros.

A sigla DDS é muito conhecida no ambiente laboral e tem o significado de Diálogo


Diário de Segurança nesse artigo tratamos dessa poderosa ferramenta.

Objetivo do DDS

O objetivo do DDS nada mais é do que alertar aos trabalhadores sobre os


procedimentos de segurança do trabalho.

Inegavelmente o DDS também abrange temas sobre saúde, meio ambiente, qualidade e
higiene ocupacional.

Como diz sua definição, o DDS é uma ferramenta muito poderosa quando se diz
respeito à prevenção de acidentes do trabalho. Esta medida é fundamental e vem
ganhando cada vez mais espaço, inclusive entre os técnicos de segurança de trabalho,
justamente por posicionar aos trabalhadores a conscientização da importância de se ter
a segurança aplicada em suas atividades.

Como é realizado o DDS e qual o tempo de duração?

O diálogo é realizado antes de iniciar as atividades e tem duração de até 20 minutos


dependendo da importância da prosa. O DDS pode ser diário, como ratifica a sigla,
mas nada impede que você encontre uma periodicidade mais apropriada para todos.

Várias empresas, além do DDS ser realizado diariamente, também fazem um geral
durante o mês com a participação das diversas áreas e turmas.
Quem deve ministrar o DDS?

Normalmente este diálogo é feito por um profissional de segurança do trabalho. Ele


também pode ser realizado por alguém que detenha conhecimento em determinado
assunto. O importante é que todos absorvam e apliquem o que foi passado durante a
reunião.

O DDS precisa ser documentado?

Sim e é de extrema importância.

A recomendação é que tudo relacionado à segurança do trabalho seja evidenciado em


documentação. Essa prática permite mostrar que os procedimentos básicos estão sendo
aplicados, então registre o diálogo, anotando cada tema apresentado durante os
encontros, faça uma lista de presença contendo data, duração, local e número de
participantes.

As vantagens deste procedimento

Atua diretamente na prevenção de acidentes do trabalho e doenças ocupacionais;

Melhora a produtividade e o ambiente de trabalho;

Contribui para o engajamento e comprometimento de todos;

Aumenta a satisfação e a segurança dos colaboradores;

Redução de custo com assistência médica;

Redução de acidentes no trabalho;

Aumento do comprometimento dos trabalhadores;

Aumento do nível de satisfação e segurança dos colaboradores.

Erros comuns que acontecem no diálogo

Despreparo para ministrar o diálogo;

Temas não objetivos e de difícil compreensão;

Não documentar os temas e nem registrar assinaturas dos funcionários;

Colaborador assinar uma lista de tema que ainda nem foi ministrado;

Ademais não criar um calendário de encontros e não divulgar os assuntos para que
todos fiquem bem informados.
O Diálogo Diário de Segurança precisa ser feito em equipe e contar com a maior
participação de todos, sendo assim os trabalhadores começarão suas atividades
alinhados com a segurança do trabalho.

Mantenha o Foco

Pense em uma pessoa assistindo a um filme. O que lhe prende a atenção? O fio
condutor da história.

De nada adianta um enredo cheio de efeitos especiais, artistas estrelados e trilha sonora
vibrante se a narrativa se perde, e o que acontece com esse espectador? Ele fica bravo?
Não, ele simplesmente para de prestar atenção.

Levemos esse exemplo para o DDS. De nada adianta fazer uma lista gigantesca de
assuntos a serem abordados e não abordar nenhum com profundidade. Tudo que o
palestrante vai conseguir é, em comparação ao filme, oferecer uma narrativa
desencontrada e pessoas desatentas. Mantenha o foco, pense em começo, meio e fim
para a conversa e procure trabalhar um tema de cada vez.

Diálogo não é Monólogo

Muitos DDS falham por utilizar todo o tempo para o Técnico em Segurança (TS) falar e
apenas alguns míseros minutos para o debate.

O debate é o mais importante, então reserve um bom tempo para ouvir os


trabalhadores, se eles estiverem tímidos, faça perguntas a eles. Todavia, se
participarem, certamente estarão mais dispostos a colaborar. Isso pode levar o Técnico
de Segurança a descobrir riscos nos quais não havia pensado.

Inegavelmente esse debate, de tão rico, pode até mesmo gerar novos temas para outros
DDS no futuro.

Além disso, vindo de quem mais interessa a você: sua audiência.


DSS

Os diálogos semanais são as conversas temáticas e dirigidas que focam a proteção dos
servidores. Durante aproximadamente dez minutos por semana todos interagem numa
conversa de aprendizagem e aprimoramento numa construção de troca de
conhecimento. As conversas devem ser realizadas preferencialmente na segunda feira
no período matutino, antes do início das atividades, onde os temas são aleatórios mas
condizentes com a realidade do setor.

A aplicação do DSS deve ser feita preferencialmente pelo coordenador do setor


(podendo ter o apoio da equipe do SSH) mas, tratando-se de um diálogo, todos
presentes podem participar, relatando suas vivências, dificuldades, tirarem suas
dúvidas e assim ajudarem a construir novas metodologias seguras de trabalho. Os
debates salientam a necessidade de reconhecerem os riscos e as consequências, assim
como as devidas prevenções.

Temas variados sobre os diálogos:

Modelo de Registro de DSS:

DSS01- O que é a Segurança do Trabalho?

DSS02– Reflexão sobre segurança no trabalho!

DSS03– Qual a importância do DSS para o Trabalho?

DSS04– Quase acidentes são sinais de alerta!

DSS05– Acidentes podem ocorrer em qualquer lugar!

DSS06– Todos nós devemos preocupar com a prevenção de acidentes!

DSS07– Preparação de áreas seguras de trabalho.

DSS08– Arrumação, ordenação e limpeza são bons hábitos.

DSS09– Segurança em laboratório.

DSS10– A saúde.

DSS11– Como podemos prevenir incêndios?

DSS12– Primeiros socorros em caso de estado de choque.

DSS13– Primeiros socorros para os olhos.

DSS14- Proteção das mãos


DSS15- Proteção para os olhos

DSS16- Proteção respiratória

DSS17- Cuidados com a coluna vertebral

DSS18– Cuidados com a pele

DSS19– Efeitos do ruído na saúde humana

DSS20– Equipamentos de Proteção Individual

DSS21– Exposição à substâncias potencialmente prejudiciais à saúde.

DSS22– Pequenos ferimentos

DSS23- Manuseio de cargas com segurança

DSS24- Fisiologia do choque elétrico

DSS25- Ar comprimido

DSS26- Práticas de segurança no uso de escada de madeira

DSS27- Práticas de segurança no uso de escada tipo doméstica

DSS28- Segurança na aplicação de agrotóxicos.

DSS29- Dicas sobre ferramentas

DSS30- Segurança em atividades com máquinas operatrizes.

DSS31- Porque inspecionar ferramentas e equipamentos

DSS32- Regras de segurança para ferramentas elétricas

DSS33- EPI: de quem é a responsabilidade?

Você também pode gostar