Você está na página 1de 2

SEMIOLOGIA 1

Semiologia Kathlyn Póvoa


EXAME FISICO obstétrico
• Regularidade do ciclo
DR. ADEMIR RODERO → Obstétricos

DUM (Primeiro dia da última menstruação): Naegele ISDA


Sintomas associados a queixa principal
DUM: 02/02/2019
Soma 07 dias e 09 meses. EXAME FÍSICO GERAL
Deve dar 280 dias Geral:
DPP: 09/11/2019 Estado geral:
Quando o US do 1º trimestre da uma diferença maior → Eupneica,
que 7 dias, vale a data do US. Quando dá uma → Corada,
diferença menor que 7 dias, vale a DPP de Naegele. → Hidratada
A primeira coisa a se fazer no pré natal é conferir a US • Parâmetros gerais:
do 1º trimestre com a Naegele. → PA: perguntar qual a média de PA que a
paciente tem normalmente, para ter um
parâmetro de hipertensão.
BASES DO DIAGNOSTICO CLINICO → IMC: fundamental começar de 20 a 25.
→ Edema
Específico/Obstétrico:
IDENTIFICAÇÃO:
Oportunidade de contato e de maior relação médico x • Manobra palpatória (Leopold-Zweifel)
paciente; É feita primeiramente, para dar uma base nos outros
→ Nome parâmetros.
→ Idade: 18 a 30 anos é a idade ideal para  Posição
engravidar.  Situação
→ Raça  Insinuação
→ Estado civil
 Apresentação
→ Escolaridade
• Altura uterina;
→ Profissão
→ Naturalidade • Batimentos cardíaco fetal (Bcf);
• Movimentos fetais;
 Se ausculta nos quadrantes inferiores, o feto
ANAMNESE: provavelmente está cefálico.
→ QD:  Se ausculta nos quadrantes superiores, o feto
→ HMA: está provavelmente pélvico.
→ Idade gestacional (DUM e US 1ºtri); Paridade;  Se ausculta próximo a cicatriz umbilical, feto
→ Principais sintomas e sinais, desde a última transverso.
consulta; • Toque s/n; geralmente não é feito na UBS, e sim
→ Todas ocorrências dependem e levam em conta a no hospital que possui uma maior estrutura.
idade gestacional;
→ Medicamentos em uso
→ Exames anexados HIPÓTESES DIAGNOSTICAS
• Estado nutricional da mãe (tabela IMC x IdGes)
• Crescimento fetal (tabela AU x IG)
ANTECENDENTES
• Outros diagnósticos: ITU, HTA, Diabetes
→ Pessoais
Gestacional;
• Doenças gestacionais nas ultimas
gestações
• Gemelares CONDUTA
• Doenças infecciosas • Sulfato Ferroso + Ácido fólico
• Doenças crônicas • Orientações gerais – trabalho de parto?
• Cirurgias realizadas Repouso? DLE?
→ Familiares • Exames solicitados
→ Menstruais
Kathlyn Póvoa
SEMIOLOGIA 2

• Retorno – 30 (até 28), 15 (28-36) ou 7 dias (36-


41). Tudo dependendo da gravidade do caso.
Duas coisas muito importantes na Obstetrícia:
IDADE GESTACIONAL
GRAVIDADE DO CASO
TRABALHO DE PARTO = 1 ou 2 contrações de 40 a
60 segundos, por 10 minutos;

SINAIS DE PRESEUNSAO NA GRAVIDEZ


 Atraso menstrual
 Manifestações clinicas: náuseas, vomito,
tonturas, salivação excessiva, mudança de
apetite, aumento da frequência urinaria e
sonolência
 Modificações anatômicas: aumento de volume da
mama, hipersensibilidade nos mamilos,
tubérculos de Montgomery, colostro, coloração
violácea vulvar, cianose vaginal e cervical,
aumento do volume abdominal.

SINAIS DA PROBABILIDADE DE GRAVIDEZ


 Amolecimento da cérvice uterina: aumento do
volume posterior
 Paredes vaginais aumentadas
 Positividade da fração beta HCG.

SINAIS DE CERTEZA DE GRAVIDEZ


 Batimentos cardíacos fetais ( 6 a 7 semanas
na US; 10 a 12 semanas doppler; 20 semanas
estetoscópio).
 Percepção dos movimentos fetais
 Ultrassonografia: saco gestacional
 Via transvaginal: de 4-5 semanas;
 Atividade cardíaca: mais de 6 semanas;

Kathlyn Póvoa

Você também pode gostar