Você está na página 1de 11

15/10/2020

ADVERTÊNCIA
sobre o uso indevido de conteúdo, de imagem e de voz.

“O material a seguir é uma videoaula apresentada pela professora Deborah Cardoso


da Cruz, como material pedagógico do IFMG, dentro de suas atividades curriculares
ofertadas em ambiente virtual de aprendizagem. Seu uso, cópia e ou divulgação em
parte ou no todo, por quaisquer meios existentes ou que vierem a ser desenvolvidos,
somente poderá ser feito, mediante autorização expressa deste docente e do IFMG.
Caso contrário, estarão sujeitos às penalidades legais vigentes”.

Estruturas de Madeira
Dimensionamento de barras solicitadas à flexão
simples

Profª Deborah Cardoso da Cruz

1
15/10/2020

Flexão Simples
As peças submetidas à flexão simples são solicitadas pelo
momento fletor e pela força cortante atuando em um plano que
contém um dos eixos principais da seção transversal.

OCORRÊNCIAS DE PEÇAS DE MADEIRA FLETIDAS:

• Componentes de estruturas de cobertura.


• Peças integrantes de fôrmas e cimbramentos.
• Componentes estruturais de pontes e viadutos.
• Vigas de piso, entre outros.

Flexão Simples

VERIFICAÇÕES

2
15/10/2020

Flexão Simples

ELU
TENSÕES NORMAIS (σ)

Flexão Simples

ELU
TENSÕES NORMAIS (σ)

3
15/10/2020

Flexão Simples

ELU
TENSÕES TANGENCIAIS (τ):

Flexão Simples
ELU – TENSÕES TANGENCIAIS (τ):

S: é o momento estático da parte da seção


transversal (em relação ao seu centro de
gravidade) situada abaixo (ou acima) da posição
na qual se determina a tensão de cisalhamento.

Para peças de seção transversal retangular, com


largura b e altura h:

4
15/10/2020

Flexão Simples
CARGAS CONCENTRADAS APLICADAS JUNTO AOS APOIOS:

ELU
TENSÕES TANGENCIAIS (τ):

10

Flexão Simples
VIGAS ENTALHADAS:

ELU
TENSÕES TANGENCIAIS (τ):

11

5
15/10/2020

Flexão Simples
VIGAS ENTALHADAS:

ELU
TENSÕES TANGENCIAIS (τ):

12

Flexão Simples

ESTADO LIMITE DE
SERVIÇO OU UTILIZAÇÃO -
ELS

13

6
15/10/2020

Flexão Simples
COMBINAÇÕES DE LONGA DURAÇÃO

ELS
COMBINAÇÕES DE AÇÕES

Nas construções correntes, são considerados apenas os carregamentos usuais, correspondentes às


combinações de longa duração. Em construções em que haja materiais frágeis não estruturais, a verificação
da segurança deve ser feita com as combinações de média ou de curta duração.
14

Flexão Simples

ELS
LIMITES DE DESLOCAMENTO

15

7
15/10/2020

Flexão Simples

ELS
LIMITES DE DESLOCAMENTO

16

Flexão Simples
A Norma Brasileira especifica que devem ser evitadas
vibrações excessivas na estrutura que possam prejudicar o
desempenho dos elementos ou o desconforto dos usuários.
ELS
LIMITES DE VIBRAÇÕES Estipula uma frequência natural de vibração de 8 hertz, para o
caso particular de pisos sobre os quais as pessoas andem
regularmente, como residências e escritórios.

Para construções correntes, admite-se que esta condição


estará satisfeita se a aplicação do carregamento
correspondente à combinação de curta duração não provocar
flecha imediata superior a 15mm.

17

8
15/10/2020

Flexão Simples

ELS
VERIFICAÇÃO FLECHA

Viga biapoiada com carga


distribuída:
𝟓. 𝒒𝒅,𝒖𝒕𝒊 . 𝑳𝟒
𝒖𝒆𝒇 =
𝟑𝟖𝟒. 𝑬𝒄𝟎,𝒆𝒇 . 𝑰

18

Exemplo
Uma viga de 6m de comprimento foi construída em jatobá, conforme o esquema
abaixo. A carga permanente total sobre a viga é de 1053N/m, pequena variabilidade.
A sobrecarga é de 1500N/m. Proceder com os cálculos de verificação para a viga.
Considerar carregamento de longa duração, classe de umidade 2 e peças sem
classificação mecânica.

19

9
15/10/2020

Exemplo

SOLUÇÃO:
1) Propriedades da madeira: 2) Características geométricas da seção:

3) Combinação de ações:

20

Exemplo

SOLUÇÃO:
4) Esforços solicitantes: diagramas de momento 5) Flexão em torno de x – tensões normais:
fletor e força cortante

Para carga distribuída:

21

10
15/10/2020

Exemplo

SOLUÇÃO:
6) Flexão em torno de x – tensões tangenciais: 7) Flecha máxima:

3𝑉𝑑 3 𝑥 10.406,7𝑁)
𝜏𝑑 = = = 43,36𝑁/𝑐𝑚2
2𝑏ℎ 2𝑥12𝑐𝑚𝑥30𝑐𝑚

22

OBRIGADA!

Referências:
PFEIL, Walter; PFEIL, Michele. Estruturas de Madeira: Dimensionamento Segundo as
Normas Brasileiras NBR 7190/97 e Critérios das Normas Norte-Americana NDS e Européia
EUROCODE; Rio de Janeiro: LTC, 2003.
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7190 – Projeto de
estruturas de madeira. São Paulo: ABNT, 1997.
CALIL JR, C,; LAHR, F.A.R.; DIAS, A.A. Dimensionamento de elementos estruturais de
madeira; São Paulo: Manole, 2003.

23

11

Você também pode gostar