Você está na página 1de 23

| Planner de estudos para Residência em Nutrição 2

APRESENTAÇÃO

Caro aluno,
Ter se formado em uma faculdade reconhecida e possuir boas experiên-
cias em diferentes estágios não é mais garantia para uma carreira de sucesso.
Hoje, o mercado está muito concorrido em várias áreas da saúde. Isso acontece
pela grande disponibilidade de profissionais com diplomas, porém com pouca
experiência prática.

As residências têm sido uma excelente alternativa para capacitação pro-


fissional e inserção no mercado de trabalho, disponibilizando uma remuneração
mensal, maior que a média do mercado além de possibilitarem intenso domínio
da prática clínica.

Muitos de vocês se questionam se vale a pena fazer Residência. Com a


grande concorrência no mercado de trabalho que se insere anualmente, as Re-
sidências tem sido uma ótima alternativa para primeiro emprego que te permi-
te estudar e se especializar ao mesmo tempo.

Dados do Conselho Federal de Nutrição, mostra que todos os anos, apro-


ximadamente 6 mil novos profissionais da área da Nutrição se cadastram nos
seus respectivos Conselhos Regionais (Gráfico 1), enquanto quase dois mil téc-
nicos em Nutrição estão entrando no mercado de trabalho anualmente.
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 3

Gráfico 1: profissionais da área da Nutrição se cadastram


nos seus respectivos Conselhos Regionais

Neste material, vamos detalhar como é o processo de seleção para se


tornar um residente, quais as atividades e como é o dia a dia deste profissional,
além de quais são os reconhecimentos e diferencias de ter tido a experiência de
uma residência. Abordaremos também sobre as áreas de atuação e suas res-
pectivas concorrências, e como alcançar os melhores resultados na prova e se
tornar um residente de sucesso!

PRONTO PARA COMEÇAR?


| Planner de estudos para Residência em Nutrição 4

O QUE É RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL?

Vamos começar pelo conceito básico. A residência multiprofissional é um


programa de cooperação intersetorial, oferecida normalmente por Hospitais
Universitários (apesar de não se restringir à essa área), com o objetivo de ca-
pacitar estudantes da área de saúde através de atividades práticas, prestando
serviços para um órgão de saúde, priorizando o Sistema Único de Saúde (SUS).

Ela foi criada em 2005 através da promulgação da Lei nº 11.129, orientada


pelos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), a partir das ne-
cessidades e realidades locais e regionais. Elas abrangem, dentro da saúde, as
áreas de Psicologia, Enfermagem, Nutrição, Fisioterapia, Medicina Veterinária,
Odontologia, Medicina, Farmácia, Biomedicina, Ciências Biológicas, Educação Fí-
sica, Serviço Social e Terapia Ocupacional.

A Comissão Nacional de Residência Multiprofissional em Saúde – CNRMS,


coordenada pelo Ministério da Saúde e Ministério da Educação, é o órgão res-
ponsável por gerir as principais ações e atribuições das residências. Isso inclui
avaliar e creditar os programas de Residência Multiprofissional de acordo com
as necessidades sócioepidemológicas da população brasileira, credenciar os
programas e registrar certificados dos programas. Essas medidas garantem
que todas as instituições que oferecem vagas seguirão um mesmo padrão edu-
cacional e qualitativo, apesar das diferentes áreas oferecidas em cada tipo de
residência.
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 5

Em nosso último levantamento analisando todas as vagas disponíveis


para Nutricionistas nos Programas de Residências Multiprofissional do período
de 2018/2019 (Gráfico 2), verificamos que a maior concentração de vagas esta
localizada na região Nordeste, seguida da Sudeste e com menos disponibilidade
de vagas na Região Norte do Brasil.

Gráfico 2: Distribuição das vagas para Nutrição nos Programas de Resi-


dência Multiprofissional por região, no período de 2018/2019.

Além das diversas vagas ofertadas anualmente, as especialidades tam-


bém são variadas (Quadro 1), permitindo que você possa ser especialista em
áreas bem especificas como Nutrição em Saúde Mental, ou outras mais genera-
lista como Atenção Básica ou Nutrição Clínica.

ÁREA VAGAS
SAÚDE DA FAMÍLIA E ATENÇÃO BÁSICA 159
SAÚDE DO ADULTO/ SAÚDE DO IDOSO 99
OUTRAS ÁREAS 98
NUTRIÇÃO CLÍNICA 77
SAÚDE COLETIVA 74
ONCOLOGIA 55
URGÊNCIA E EMERGÊNCIA 53
SAÚDE DA MULHER/ SAÚDE DA CRIANÇA 42
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 6

ÁREA VAGAS
TERAPIA INTENSIVA 32
CARDIOLOGIA 31
NEONATOLOGIA 16
ATENÇÃO HOSPITALAR 16
SAÚDE MENTAL 12
INTENSIVISMO 10
GESTÃO 6

Quadro 1: Quantidade de vagas disponíveis e suas respectivas áreas de atuação


nas Residências Multiprofissionais em Nutrição no período de 2018 e 2019.

POR QUE FAZER RESIDÊNCIA?

A decisão de fazer ou não uma residência está diretamente ligada aos


seus objetivos profissionais. Alguns dos seus colegas de profissão vão optar por
fazer cursos de especialização em paralelo a trabalhos em nutrição, seja como
profissional autônomo ou empregado. Outros vão preferir seguir a carreira aca-
dêmica, dedicando-se ao Mestrado e Doutorado.

Fazer residência não é melhor nem pior que as demais opções. São
apenas caminhos diferentes que, consequentemente, proporcionam
desafios e aprendizados distintos em cada uma das escolhas.

A escolha pela residência, além de exigir dedicação exclusiva, é composta


por treinamentos em serviço que, através da vivência prática associada a ativi-
dades teóricas, te proporciona grande aprendizado profissional. Uma vez que o
currículo de nutrição é formado, quase que em sua totalidade, por aulas teóri-
cas, é representativa a carência de experiência prática dos profissionais antes
de assumir seus primeiros empregos.

Você é supervisionado por profissionais habilitados durante todo o seu


processo de residente. Isso faz você trabalhar de forma adequada ao lidar com
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 7

os desafios e dificuldades diárias. Essa experiência promove não apenas o con-


tato entre o mundo do trabalho e o mundo da formação, mas também um pro-
cesso de educação permanente na nutrição. Logo você percebe seu amadure-
cimento profissional e os inúmeros conhecimentos práticos que te tornam um
nutricionista mais maduro, qualificado e reconhecido no mercado de trabalho.

Você recebe o título de especialista da área, reconhecido pelo MEC,


que pode ser utilizado em concursos públicos como pontuação para
a prova de título!

Ao final da residência, você recebe o título de pós-graduado e especialista


da área em que atuar. Só que a grande diferença das convencionais pós-gradu-
ação é que a residência é caracterizada pelo treinamento direto no campo de
trabalho, além de ser regida pelas diretrizes e os princípios do Sistema Único de
Saúde. Outra diferença importante é a carga horária. As residências têm uma
carga horária bastante superior a uma pós-graduação comum, podendo chegar
a 16 vezes mais. Em compensação, além de ser remunerado, você não precisa
pagar pelo programa.

A ROTINA DO RESIDENTE

Por seguirem padrões definidos pelo MEC, os programas de residências


em nutrição possuem carga horária e remuneração fixas e invariáveis, inde-
pendente de qual seja a instituição e especialização que você vá realizar na
residência.

As Residências em Nutrição têm duração de 2 anos, com carga horária de


5.760 horas (60 horas semanais), distribuídas em atividades teóricas e práticas,
das quais 1152 horas (20%) são destinadas às atividades teóricas e 4608 horas
(80%) às atividades práticas. Das 60 horas semanais, o residente cumpre 48
horas de atividades práticas e 12 horas de atividades teóricas, independente de
feriados ou recessos.

Seu trabalho teórico é desenvolvido através de aulas, apresentações de


trabalhos, discussões de casos clínicos e participações em eventos durante a
semana. Você deve cumprir uma carga horária mínima de 75% desses traba-
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 8

lhos, independente de atestado médico, pois este apenas justifica a ausência.


Já a parte prática refere-se ao trabalho em campo, incluindo plantões, quando
necessário (conforme escala pré-estabelecida).

O residente será aprovado se obtiver nota igual ou superior a 70 dos 100


pontos distribuídos anualmente, em todas as atividades do curso. O processo
de avaliação é realizado pelos preceptores com participação dos tutores (mais
adiante você saberá quem são eles). Essa avaliação ocorre todo mês ou ao final
das atividades de cada campo de prática. Em caso de reprovação o residente
será desligado do programa.

Você tem direito todos os dias à 1 hora de almoço, e não pode fazer “banco
de horas”. Caso você, enquanto residente, fique algumas horas a mais do que o
acordado (60 horas semanais), é indicado tirar para descanso a quantidade de
horas excedidas, de preferência, no mesmo mês. Em situações como essas, é
preciso que o coordenador do programa e o preceptor estejam de acordo com
o ocorrido.

Além de folgar uma vez na semana, você pode tirar 30 dias de férias re-
muneradas por ano, nas quais podem ser consecutivas ou fracionadas em dois
períodos de 15 dias. Normalmente é liberado um cronograma especificando o
período de férias de cada um, para que residentes da mesma especialização não
fiquem ausentes no mesmo período. Após a liberação do calendário de férias e
recessos, você pode solicitar alterações, que poderão ser admitidas ou não pelo
coordenador do programa.

REMUNERAÇÃO

Os residentes do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde re-


cebem uma bolsa auxílio de R$ 3.330,43 no primeiro dia útil de cada mês, se-
gundo cronograma do MEC - bolsa esta que era de R$ 2.976,26 e sofreu aumen-
to em 2016.

BOLSA DE
R$ 3.330,43!!
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 9

Esse valor é padrão para qualquer que seja a profissão do residente. No


caso dos nutricionistas, essa remuneração tem valor superior a muitos outros
setores de atuação da nutrição.

Ao optar por cursar a residência, você precisa estar ciente da impossibi-


lidade de assumir qualquer outro vínculo profissional remunerado no período
vigente da bolsa (2 anos). Apesar disso, por possibilitar a vivência com diversos
profissionais – inclusive de diferentes profissões -, e por realizar intercâmbios
em diversas equipes interdisciplinares, seu leque de contatos estará enorme no
final da residência, aumentando suas oportunidades de emprego.

COMO INGRESSAR EM UMA RESIDÊNCIA DE NUTRIÇÃO?

Para ingressar em uma Residência de Nutrição, você precisa ser aprovado


no processo de seleção realizado por instituições de ensino superior que ofere-
cem essa modalidade de especialização.

A estrutura de cada um desses processos irá variar de acordo com os


editais apresentados pelas instituições. Mas, independentemente disso, o pro-
cesso seletivo começa a partir do momento de inscrição que, além de exigir seu
diploma ou comprovante de graduação em nutrição, caso você não consiga a
isenção, te cobra uma taxa entre R$ 100,00 a R$ 400,00. Os processos seletivos
podem conter

1 PROVA OBJETIVA DE ETAPA ÚNICA

2 AVALIAÇÃO E ANÁLISE CURRICULAR

3 ENTREVISTA

As provas possuem, em média, de 20 a 50 questões objetivas e cerca de


02 a 05 questões discursivas. No edital divulgado especifica o número de ques-
tões e quais serão os assuntos cobrados nos exames. Vale ressaltar, que nem
sempre todos os assuntos citados no edital serão realmente contemplados na
prova. No entanto, você, como candidato precavido, está preparado para abso-
lutamente todos os conteúdos contemplados no edital.
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 10

Após você ser aprovado na prova, a banca examinadora irá avaliar as suas
experiências profissionais e acadêmicas. Neste momento você percebe quão
valiosas são as atividades extras realizadas durante e após a sua graduação.
Mas, para pontuar na avaliação do currículo, é necessário que todas essas ex-
periências estejam devidamente certificadas. Além de mestrado e doutorado,
iniciação científica, monitoria, publicação de trabalho e projetos de extensão são
as atividades que mais pontuam. Por isso, você que almeja ingressar em uma
residência em nutrição, e ainda tem oportunidade de realizar atividades extra-
curriculares, não perca tempo e vá enriquecer o seu currículo!

No momento da entrevista, o seu currículo ainda serve de pauta para as


perguntas. Então, sempre vale a pena revisá-lo e relembrar os seus acertos e
erros, o que você já realizou, já aprendeu e as grandes lições que obteve em
vivencias passadas. Isso é bom para que você possa narrar suas experiências da
melhor maneira possível.

Eles te questionam sobre aptidões e práticas na área, expectativas sobre


a vaga que está sendo pleiteada, bem como sobre ambições pessoais e pers-
pectivas de trabalhos futuros. Vão querer saber também como é o seu compor-
tamento lidando em equipe e com pessoas desconhecidas. Saber como você
reage em ambientes de pressão ou nunca conhecido antes, também será do
interesse deles.

Caso você, anteriormente, não tenha tido muitas ou nenhuma experiência


profissional, não se preocupe! Você pode utilizar de aprendizados e desafios, vi-
venciados na sua vida pessoal, que te agregam e enriquecem como profissional.
Motivação e interesse são pontos bastante observados durante a entrevista.
Então, essa é a hora de você externalizar, sem exagero, o quão a vaga de resi-
dente é importante para você e como isso irá te realizar quanto profissional de
nutrição. Falar com o coração e brilho no olho sempre será a sua melhor opção!

Para que se tenha uma ideia, fizemos uma seleção que rankeia (Gráfico 3) os
assuntos mais recorrentes nos editais de residência de uma forma geral, apesar
de haver uma tendência de certas especializações de cobrarem assuntos que
mais se relacionem com esse programa.

Mas, na maioria dos casos, inclui uma prova escrita objetiva que, em mé-
dia, vai de 20 à 50 questões, e perpassa por conteúdos gerais, como Saúde
Pública e códigos do Sistema Único de Saúde (SUS), e assuntos específicos, que
são aqueles que enfocam o que foi lecionado durante o período universitário
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 11

e provavelmente irá priorizar assuntos que façam parte da especialização que


está sendo ofertada. Essas questões são determinadas pela instituição que pro-
moverá a seleção.

Gráfico 3: Disciplinas mais recorrentes nas provas de seleção para Resi-


dência Multiprofissional em Nutrição do período de 2018/2019.

No final do dia, a quantidade pode até ser importante, mas a taxa de su-
cesso é mais importante do que tudo isso.

Caso a sua banca exija outras disciplinas como português, sugerimos que
inicie os estudos com essa matéria, já que geralmente constitui poucas ques-
tões da prova objetiva e retome a revisão dos assuntos na última semana de
estudo.

Não se esqueça de resolver simulados genéricos com todos os assuntos


na sua última semana de estudos, revisando todos os mapas mentais e fluxo-
gramas feitos ao longo das semanas, para fixar o que foi visto ao longo desse
processo!

CONCORRÊNCIA

Nós sabemos como é importante para você ter noção da concorrência que
faz as vezes de obstáculo à frente da residência dos seus sonhos. Por causa
disso, trouxemos a taxa de concorrência das cinco residências mais cobiçadas.
Vem com a gente!
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 12

1. USP

A Universidade de São Paulo é uma das residências mais cobiçadas. No


edital para o processo seletivo 2017/2018, foram oferecidas 14 vagas nos pro-
gramas de Residência Multiprofissional. A concorrência que se destaca é a do
programa em Nutrição Clínica em Gastroenterologia.

PROGRAMA CONCORRÊNCIA
Residência Multiprofissional em Reabilitação de Pessoas 2,0
com Deficiência Física Incapacitante
Residência Multiprofissional em Atenção Integral à 19,5
Saúde
Residência Multiprofissional em Prevenção e Terapêutica 9,0
Cardiovascular
Residência em Nutrição Clínica em Cardiopneumologia 48,8

Residência em Nutrição Clínica em Gastroenterologia 61,0

2. Hospital Santa Marcelina

O Hospital Santa Marcelina é dedicado quase que exclusivamente a


atender ao Sistema Único de Saúde e considerado referência em se tra-
tando de prestação de serviço de qualidade. No edital de 2017/2018,  fo-
ram ofertadas duas vagas  para residentes da área de nutrição.
 

PROGRAMA CONCORRÊNCIA
Residência Multiprofissional em Urgência e Emergência 18,0

Residência Multiprofissional em Onco-Hematologia 22,0

3. Hospital Sírio Libanês

Reconhecido como referência nacional e internacional no que tange a as-


sistência à saúde de alta complexidade, além da sua estrutura tecnológica, o
Sírio Libanês tem um dos programas de Residência Multiprofissional mais cobi-
çados. O programa é realizado sob a forma de curso de especialização. Na área
de nutrição, foram oferecidas 09 vagas para os programas.
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 13

PROGRAMA CONCORRÊNCIA
Residência Multiprofissional em Cuidado ao Paciente 12,5
Crítico
Residência Multiprofissional em Cuidado ao Paciente 15,5
Oncológico
Residência Multiprofissional em Gestão dos Serviços de 2,5
Saúde
Residência Multiprofissional em Cuidado à Saúde da 20,0
Criança e do Adolescente

4. Hospital de Câncer de Barretos

Administrado pela Fundação Pio XII, o Hospital de Câncer de Barretos ofe-


receu cinco vagas para profissionais formados em nutrição, no edital 2017/2018.
Pediatria Oncológica é o programa mais concorrido para a área.

PROGRAMA CONCORRÊNCIA
Residência Multiprofissional em Atenção ao Câncer 11,6
Residência Multiprofissional em Pediatria Oncológica 14,0
Residência Multiprofissional em UTI Oncológica 9,0

5. Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Os programas de Residência Multiprofissional da universidade acontecem


em instituições vinculadas, como o Hospital Universitário e a Escola Multicam-
pi de Ciências Médicas. A concorrência para aqueles formados em nutrição é
equilibrada, quando a comparação se dá entre programas. Todos os programas
ofereceram duas vagas na seleção 2017/2018.

PROGRAMA CONCORRÊNCIA
Residência Multiprofissional em Atenção à Saúde da 23,5
Criança
Residência Multiprofissional em Terapia Intensiva Adulto 23,5
Residência Multiprofissional em Cardiologia 20,0
Residência Multiprofissional em Terapia Intensiva Neona- 23,5
tal
Residência Multiprofissional em Assistência Materno- 22,0
-infantil
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 14

Residência Multiprofissional em Materno infantil (Currais 12,0


Novos e Caicó)
Residência Multiprofissional em Atenção Básica (Caicó) 12,5
Residência Multiprofissional em Atenção Básica (Currais 23,0
Novos)

DICAS PARA OTIMIZAR OS ESTUDOS!

Dica 1:

A capacidade média de concentração das pessoas vem diminuindo com o


passar do tempo, de 2000 para 2013 a nossa capacidade de manter a atenção
em um único estímulo reduziu cerca de 65%! O mundo a nossa volta é cheio
de estímulos que podem funcionar como distrações. Isso significa que estudar
sem pausas é muito ineficiente e pode fazer com que você não memorize o
conteúdo. Que tal parar por 5 minutos a cada bloco de estudo de 30 minutos?

(Fonte: Microsoft attention spans, Spring 2015)

Dica 2:

Você tem tido dificuldade para focar? Um estudo realizado pela Microsoft
identificou os principais inimigos da sua concentração! As mídias sócias lideram
esse ranking, seguidos pelo consumo de mídias (séries de tv, por exemplo), uso
de tecnologias (simultaneamente aos estudos) e uso de múltiplas telas. Na hora
de estudar, nada de usar o celular! Mantenha-o fora do seu alcance quando es-
tiver vendo as nossas aulas!

Outra dica! Use apenas uma guia no navegador! Isso ajudar a manter o
foco! Bons estudos!

(Fonte: Microsoft attention spans, Spring 2015)

Dica 3:

Todo mundo sabe que uma boa noite de sono contribui para a saúde e
reduz sintomas de estresse, mas nem todo mundo sabe que dormir mal afeta
o seu desempenho em provas! Recomenda-se 8h de sono todas as noites, e não
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 15

só na noite antes do dia da prova. É durante o sono que o cérebro processa a


informação que você aprendeu durante o dia e transforma os fatos aprendidos
em memória de longo prazo. Isso significa que é muito mais provável que você
se recorde dos assuntos estudados se dormir bem todas as noites. Então, nada
de virar noites estudando! Bons estudos e bom sonhos!

(Fonte: https://www.oxford-royale.co.uk/arti-
cles/memory-tricks-exam-success.html)

Dica 4:

Você tem uma boa memória fotográfica? Ou aprende muito bem com estí-
mulos visuais? Se sim, uma boa forma de memorizar informações importantes
é associá-las a imagens! Organize as suas anotações de forma visual, como
em nuvens de palavras ou diagramas conceituais. Dessa forma, quando você
precisar se lembrar de um detalhe sobre um assunto, é só pensar na imagem
e na localização da informação. Que tal resumir aquele assunto difícil de uma
maneira visual?

(Fonte: https://www.oxford-royale.co.uk/arti-
cles/memory-tricks-exam-success.html)

Quatro passos básicos para construir seu Plano de Estudos

Para construir seu Plano de Estudo, a primeira coisa que precisa fazer é o
download das planilhas que iremos utilizar:

CLIQUE AQUI
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 16

Em seguida, você precisa seguir 4 passos abaixo e fazer exatamente o que


eu proponho no detalhamento de cada um deles na próxima página:

1- Construa uma tabela com seus Horários de estudo;


2- Esquematize seu Edital;
3- Monte seu Ciclo de estudo;
4- Planeje suas Revisões;

Levando em consideração que não estamos analisando um edital espe-


cífico eu preciso que você fique muito atento aos passos que vou discutir com
você para que no final deste ebook você tenha seu PLANO DE ESTUDO PARA
CONCURSO montado e esquematizado.

Conseguir isso vai depender totalmente do seu comprometimento e dedi-


cação durante a leitura.

PASSO 1 - Construa uma tabela com seus Horários de estudo;

Essa tabela vai te ajudar a, além de organizar a sua vida de estudos, tam-
bém diminuir sua ansiedade, já que você terá todos os seus horários pré-defini-
dos e calculados. Nessa tabela, você terá liberdade para organizar seus horários
de estudo de acordo com a sua rotina.

O primeiro passo é preencher todas as suas atividades paralelas ao estu-


do que não podem ser negligenciadas (utilize a legenda proposta), por exemplo:
trabalho, academia, lazer, etc.

Em seguida, marque de verde os horários que você terá disponíveis para


dedicar aos estudos (é só copiar e colar a legenda).

Essa é uma parte crucial para que o planejamento tenha sucesso.

Do que você está disposto a abrir mão para garantir sua vaga?

Marque cada horário fazendo um compromisso consigo mesmo de cum-


pri-lo religiosamente.

Ao final, contabilize as horas que dedicará aos estudos cada dia e preen-
cha-as na parte inferior da tabela.
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 17

OS: Se você tiver pouco tempo para estudar, o ideal é que distribua esse
tempo durante os dias da semana e não acumule em um só dia. Por exemplo: Se
você pretende estudar 7h por semana. O ideal é que você distribua essas 7h ao
longo dos dias, algo como 1h por dia é melhor que estudar as 7h em um só dia.

Um exemplo hipotético de uma tabela preenchida fica mais ou menos assim:

PASSO 2 - ESQUEMATIZE SEU EDITAL

Essa tabela contém todos os tópicos do seu edital. Através dela você terá
total controle do que já estudou e do que não estudou ainda, do que já revisou
e do que ainda falta revisar, e ainda poderá ver se já atingiu a meta de questões
para aquele tópico ou não.

Nessa tabela você irá detalhar todos os tópicos do seu edital (TODOS MES-
MO, UM A UM, NA MESMA ORDEM APARECE NO EDITAL).

Você pode seguir o exemplo das matérias que já disponibilizei na tabela.


Caso o seu edital tenha conteúdos diferentes, você deve apagar os que coloquei
lá ou acrescentar os que faltam.

Sugiro fortemente que você siga a ordem dos tópicos dessa tabela para
que seu estudo fique mais organizado. Todas as vezes que você iniciar uma dis-
ciplina, comece do primeiro tópico ordenadamente até chegar no último.
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 18

É MUITO IMPORTANTE que depois de cada sessão de estudo ou revisão


você volte a essa tabela e marque em quais tópicos conseguiu avançar, mar-
cando “concluído” nos tópicos já estudados por completo e “pendente” nos que
começou a estudar e ainda não concluiu.

Na tabela que disponibilizei como exemplo, ficou mais ou menos assim:

PASSO 3- CONSTRUA SEU CICLO DE ESTUDO

Os ciclos de estudos têm demonstrado melhores resultados quando se


trata de produtividade do que quando se trata de estudar uma disciplina por dia.

Um ciclo de estudos é diferente de uma tabela de estudos, isso porque na


tabela você definiria o que iria estudar em cada horário a cada dia. Por exemplo,
“segunda de manhã – estudar português; segunda à tarde – estudar farmaco-
logia”.

Imagine se na segunda de manhã você tiver que levar sua mãe ao médico.
Isso significa que você pulará português e estudará apenas farmacologia nesse
dia, prejudicando assim o planejamento em longo prazo. Porém, no ciclo isso
não acontece.

Sempre que você chegar à última disciplina, você voltará à primeira, fun-
cionando exatamente como um ciclo. Dessa forma, não importa o dia, o que
importa é qual será a próxima matéria a ser estudada.
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 19

COMO AS MATÉRIAS SERÃO DISTRIBUÍDAS NO CICLO?

Depois de esquematizar seu edital você tem todas as disciplinas que pre-
cisará estudar.

Conhecendo-as, cabe agora definir quantas horas dedicar a cada uma. Isso
depende de muitas variáveis como peso da matéria no edital, o grau de conhe-
cimento pessoal sobre cada disciplina etc.

Como eu não posso medir o seu grau de conhecimento, usei como parâ-
metro primordial a recorrência dessas disciplinas nas provas de concursos com
base na análise que eu fiz no início desse ebook.

Fazendo uma proporcionalidade do tempo com a cobrança das disciplinas:


Se uma disciplina tem maior recorrência e outra tem uma menor recorrência, a
que tem maior peso, deve ter dobro do tempo da que tem menor.

Logo, se o tempo definido para TÉCNICA DIETÉTICA for 1h, que é uma ma-
téria com baixa recorrência, DIETOTERAPIA que tem maior cobrança serão 2h, e
assim sucessivamente.

Uma sugestão da quantidade de horas definida para cada disciplina está na


Planilha CICLO DE ESTUDO. Mas isso não quer dizer que você não possa acres-
centar mais tempo a uma ou diminuir o tempo de outra. Sinta-se à vontade
para adaptar o ciclo às suas necessidades. Apenas aconselho que você siga a or-
dem das disciplinas que defini para que você tenha um melhor controle do ciclo.

O ciclo montado fica assim:


| Planner de estudos para Residência em Nutrição 20

PASSO 4- PROGRAME SUAS REVISÕES

Inicialmente, faremos da seguinte forma: antes de iniciar um novo conte-


údo, você sempre revisará o que estudou no dia anterior.

TODAS AS VEZES que você se sentar para estudar, A PRIMEIRA coisa que
você deve fazer é REVISAR as matérias que estudou no dia anterior no ciclo de
estudo. Essa será a sua primeira revisão da matéria.

Por exemplo: se hoje no seu ciclo você estudou farmacologia, farmacotéc-


nica e legislação, amanhã, antes de dar continuidade ao ciclo, você deverá revi-
sar essas disciplinas estudadas no dia anterior. É bem simples! Use uma média
de 10 minutos ou menos para revisar cada uma.

Nessa primeira revisão você lerá seu mapa mental ou seu resumo, e vai
tentar repetir em voz alta o que você escreveu lá, sempre tentando fazer uma
revisão que seja o mais ativa possível, não realizando apenas uma leitura pas-
siva, mas tentando de fato memorizar aquilo que você pôs no seu resumo ou
mapa mental.

PROGRAMANDO AS REVISÕES

Eu criei esse fluxo automático baseado na curva do esquecimento que diz que:

Para recuperar tudo que você aprendeu em suas sessões de estudo, a fre-
quência das revisões deve ser a seguinte:

- 1° revisão: 24h

Observe que a primeira revisão deve ser feita nas primeiras 24 horas após
a sessão de estudo; período em que ocorre a maior parte do esquecimento. Essa
revisão será suficiente para fixar em sua memória toda a informação adquirida
na primeira sessão de estudo.

- 2° revisão: Uma semana depois (7 dias)

Para cada hora de estudo, você precisará de apenas 5 minutos para “reati-
var” o mesmo conteúdo, elevando a curva para 100% mais uma vez.

- 3° revisão: Ao final de 30 dias, você precisará de apenas entre 2 ou 4


minutos para obter novamente os 100% da curva de aprendizagem.
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 21

- Outras revisões: A cada 30 dias.

Conforme você for avançando nas revisões, você vai marcando “ok” na
tabela como concluído.

Quando a data da revisão estiver próxima, a célula ficará em vermelho


claro. Isso significa que você precisa ficar atento àquela data!

CONCLUSÃO

Esse PLANO DE ESTUDO que você tem nas mãos, é fruto da necessidade de
desmitificar o Planejamento para Residência e torná-lo mais factível e acessível.

Hoje em dia vemos muitos candidatos estudando ao acaso e se questio-


nando porque os resultados que esperam não vem. Este PLANO DE ESTUDO foi
pensado milimetricamente para diminuir essa dificuldade e dar a você o contro-
le total da sua aprovação.

PRÓXIMO PASSO IDEAL

Nesse E-book eu mostrei exatamente a fórmula para que você seja capaz
de montar o seu próprio plano de estudo e fechar o edital do seu concurso.

Não só isso. Eu te dei todas as ferramentas para que você tenha o controle
total da sua preparação.

Porém, eu sei que ainda existe uma lacuna. Não adianta você ter o melhor
plano de estudo se não tem um material direcionado.

No Brasil, ainda não existe nenhum curso com aulas e materiais específi-
cos para Residências em Nutrição.

Por muito tempo eu pensei em construir um curso com esse formato,


para ajudar pessoas como você que estão determinados e acreditam que o con-
curso pode fazer diferença na sua carreira profissional a alcançar sua vaga. E,
agora, chegou o dia!!
| Planner de estudos para Residência em Nutrição 22

O “Curso preparatório para Residências em Nutrição 2020” abrange as


principais disciplinas cobradas nas provas de Residência para Nutricionista de
todo o Brasil, com videoaulas, material complementar e questões comentadas,
totalmente direcionados para esse objetivo.

Se você se interessa em ter acesso a um curso assim, clica no botão abai-


xo para saber mais.

CLIQUE AQUI
www.sanarsaude.com

Você também pode gostar