Você está na página 1de 2

Trabalho de Usinagem

Nome: João Victor Santos da Silva


Curso: Engenharia Metalúrgica

Atividade de Pesquisa: Meios lubri refrigerantes

Os meios lubri refrigerantes são os insumos utilizados nos processos de


fabricação, tal como a usinagem, para fornecer a lubrificação e a refrigeração
durante a operação de corte em uma determinada peça, auxiliando também na
formação e transporte do cavaco gerado durante o processo.
O brochamento, que é o processo de usinagem que consiste na utilização de
uma brocha para a remoção de material e a depender da geometria e tamanho
especificado em projeto, pode ser necessária a utilização progressiva de diversas
brochas que aumentam de tamanho, acaba por haver a necessidade de
especificação de lubri refrigerantes que atuem principalmente na remoção do
cavaco do metal que fica preso na brocha e a refrigeração da zona de corte. É
necessário ressaltar que o principal motivo que leva para a seleção de um lubri
refrigerante ideal neste caso é o material a ser uzinado.
Aços com mínimos elementos de liga, são indicados os óleos lubri
refrigerantes a base de mineral integral ativo, que possui a adição de enxofre na sua
composição, também chamado de óleo de corte integral para brochamento severo.
Para aços inoxidáveis e/ou que possuem uma porcentagem maior de
elementos de liga, são recomendados os óleos integrais de extrema pressão
mineral com base em tetracloreto e enxofre.
Ao se trabalhar com os processos em ferro fundido, latões, bronzes e ligas
leves, é recomendado o uso de um óleo de corte solúvel de base mineral ou um
óleo de base mineral inativo, sem enxofre em sua fórmula.
Um fluido de corte que pode ser utilizado como exemplo é o master cutting cr
da empresa Lubmaster. Possui lubrificação com um menor coeficiente de atrito,
proporcionando um melhor acabamento da peça, aumentando a vida útil da
ferramenta e sendo indicado para operações severas de corte, tais como o
brochamento.
Para finalizar, os aditivos de extrema pressão são aditivos para lubrificantes
cujo papel é diminuir o desgaste das peças das engrenagens e outros componentes
que estão expostos a pressões muito elevadas. Eles são adicionados também a
fluidos de corte de metais em usinagem.O mecanismo de ação desses aditivos é
muito parecido com o dos aditivos antidesgaste, com uma substância aditiva
formando um revestimento na superfície das peças. Esta camada protege a
superfície a partir de um ponto de contato direto com outro, diminuindo assim o
desgaste.

Você também pode gostar