Você está na página 1de 38

Times ágeis

1
1. O que é necessário para times ágeis

sumário
funcionarem à distância? .................................................. 4
1.1. Adaptação...................................................................5
1.2. Transparencia.............................................................6
1.3. Comunicação..............................................................7
1.4. Foco no resultado de valor .....................................8
1.5. Inovação .....................................................................9
1.6. Cadência e disciplina na execução dos ritos .......10
2. Ciclo de construção de valor..............................................11
3. Ferramentas.......................................................................12
4. Ritos ágeis .........................................................................16
4.1. Mission Command....................................................17
4.2. OKR’s..........................................................................18
4.3. Sprint..........................................................................20
4.4. Discovery....................................................................21
4.5. Design sprint...............................................................23
4.6. Planning.....................................................................26
4.7. Check Arquitetural ...................................................27
4.8. Retro...........................................................................29
4.9. Daily............................................................................32
4.10. One on One...................................................................33
5. Fazendo a diferença ..........................................................35

2
No contexto atual, mais do que nunca, o trabalho remoto
não é mais uma escolha, é fundamental. Já lidamos com
times à distância há algum tempo – em situações nas
quais os clientes estão em uma cidade diferente do time,
por exemplo - e alguns aprendizados são sempre úteis.

“Mas o agilismo funciona bem mesmo à


distância?” A resposta é: claro que sim!
Neste material, vamos te auxiliar com tópicos que
não podem ser deixados de lado e mostrar, através
de alguns exemplos da dti, como times ágeis remotos
funcionam na prática.

3
1 Adaptação

O que é 2 Transparência

necessário 3 Comunicação

para times ágeis


4 Foco no resultado de valor

funcionarem
5
à distância?
Inovação

Cadência e disciplina na
6 execução dos ritos

4
1 Adaptação
No mundo ágil, tudo está em constante e criação de estratégias de execução de
mudança, o que não seria diferente para ritos em grupo de forma remota.
ambientes remotos. Para o sucesso
de qualquer projeto, é essencial fazer Além disso, é importante saber quando
adaptações na forma de operar do time, de repriorizar ações tomadas para mitigar
forma a minimizar os impactos da distância. (ou reduzir) os efeitos da distância
física. Ou seja, quando um determinado
Exemplos disso são coisas que, para não experimento ou ferramenta não estiver
deixarem de serem feitas em função da entregando valor, é fundamental saber
distância, sejam feitas de forma diferente. a hora de descartá-lo e buscar novas
Como por exemplo o uso de bots para alternativas e adaptações que possam
compartilharem gestão a vista (uma vez manter a qualidade operacional do time.
que não estamos em um espaço físico),

5
2 Transparência
Na dti, o cliente tem total acesso aos
Squads, já que um dos principais valores
do agilismo é a colaboração contínua com
Outro ponto importante é não esconder
as fragilidades e dificuldades do time. No
momento em que somos transparentes e
o cliente, e isso não deve ser diferente à as mostramos, através de reports diários,
distância. Desde o acompanhamento de por exemplo, o cliente se sente parte
ritos à participação efetiva em dinâmicas desta jornada em busca da melhoria
e processos decisórios, possibilitando durante o processo de evolução.
sempre um canal aberto e transparente.

6
Comunicação

3 Uma boa comunicação é necessária em


qualquer contexto, no entanto, em times
ágeis à distância ela é imprescindível.
Em nossos Squads, o cliente é parte ativa
da comunicação em muitos casos: além
de ser mais uma das boas práticas de
Outra forma de imergir o cliente no
contexto ágil é utilizando meios de
comunicação alternativos. Isso inclui
redes sociais, podcasts e plataformas
como o Teams, Zoom, Discord, entre
outros.
transparência, isso agiliza o processo,
evita conflitos e possíveis “ruídos” na
comunicação.

7
Foco no resultado de valor
É essencial o desenvolvimento de uma atingidos nos Squads/projetos são práticas
cultura de sabatina e evolução muito forte, que já se provaram muito eficazes para
estimulando o desafio de gerar e entregar atingir esse objetivo.

4
valor constante ao cliente.
Devido a distância, mais que nunca o
A criação dos OKRs (ferramenta que time deve desenvolver formas de medir e
direciona o time em busca de alcançar os acompanhar a evolução dos OKRs de forma
resultados esperados) e, até mesmo, a a se manter relevante na busca do valor
“cobrança orgânica” para que eles sejam para o negócio.

8
Inovação
A agilidade tem uma premissa de momentos de crise, mas, além disso,
experimentação e feedback constantes: devem entrar para o dia a dia do seu
isso traz mais variabilidade ao trabalho negócio.
do time e o permite de fato inovar em
seus produtos.
E para os times a distância, como
Portanto, se deseja um resultado são realizadas essas dinâmicas
diferente, o primeiro passo é fazer

5
diferente! Design sprint, Lean Inception,
sem o contato presencial?
Discovery e Mission Command são
Cada uma tem as suas especificidades,
algumas formas de trabalhar com
portanto explicaremos mais adiante
inovação e experimentação. Essas
como podem ser realizadas em cada
ferramentas não são somente
caso.
uma ótima forma para administrar

9
Cadência e
disciplina na
execução dos ritos
Checks de execução e arquitetural (ritos Esses ritos proporcionam uma
criados pela dti que explicaremos adiante) comunicação engajada com o cliente
personalizados e checks de homologação e entre os colaboradores internos,
e revisão do código são alguns exemplos permitindo que todos fiquem alinhados
de rotina que garantem um bom padrão sobre o atual status de cada projeto e
de qualidade. gerando feedbacks constantes.

6 10
Ciclo de construção de valor
OKR R
IDEAÇÃO OK
ÃO C
NIÇ NG CON

ES

ON
I
NN S

TES

STR
I
DEF

HIPÓ

PLA

TRU
UÇÃO

ÇÃO

PLANNING
A

DES
ATI

GN

O
P

T HIN KIN
APRE
G
I

AÇÃ
EM

TE

NT
TR E

RE
N DI O M

TES
S ZA DO IMP LE
R E RE
DO VIE
M ENSURAÇÃO W

01 02 03
Imersão Experimentação Quartil
Descoberta MVP Sprint

11
Ferramentas
Ferramentas
Um glossário de ferramentas para guiar sua jornada ao meio remoto

12
Discord InVision
Ferramenta gratuita que permite a comunicação Plataforma de design que permite a criação do fluxo
por voz, texto e vídeo. Funciona tanto via web de trabalho, protótipos interativos, coleta de feedbacks
quando por aplicativo. Permite a criação ilimitada dentre outros. É uma plataforma que também permite a
de sala de conversa. colaboração.

Draw.io Microsoft Teams


Editor de diagramas online.Permite criar fluxogramas, Plataforma de comunicação e colaboração, que combina
UML, diagramas de rede, dentre outros. Auxilia na bate-papo, videoconferência, armazenamento de arquivos
visualização de todo o processo do projeto. e integração de aplicativos.

Funretro Miro
Ferramenta gratuita, simples e intuitiva que auxilia no Ferramenta que permite criação de quadros colaborativos.
processo de criação de boards colaborativos. Funciona na web e por aplicativo. Permite a distribuição de
equipes e o trabalho em conjunto.
Ideaboardz
ferramenta que permite configurar um quadro virtual e Mural.io
convidar colaboradores. Permite ainda criar seções para Espaço de trabalho virtual para colaboração visual. Nele é
coleta de ideias e o uso de auto-adesivos como post-it. possível idear através de post-its e aplicar as dinâmicas do
design sprint tradicional.

13
PlanITpoker Whimsical
Aplicativo de planning poker on-line que ajuda as equipes Espaço de trabalho virtual. Permite a criação de
a estimarem projetos com facilidade. fluxogramas, wireframes, notas adesivas e mapas
mentais.
Raidcall
Ferramenta gratuita que facilita a comunicação entre Zoom
times. Leve, intuitivo não interfere na latência da internet. Plataforma que combina videoconferência, reuniões
online, bate-papo e colaboração móvel.
Sketch
Editor de gráficos vetoriais. Usado principalmente
para design de interface e experiência do usuário.
Ótima ferramenta para criação de protótipo de forma
colaborativa.

Trello
Ferramenta que permite a criação de quadros, listas
e cartões. Ótimo para organizar e priorizar tarefas e
compartilhar com a equipe.

14
ritos ágeis
ritos ágeis
15
Dentro do mindset ágil, um dos principais pilares
é nutrir a autonomia individual do time em
busca de grandes resultados. Isso, fomentando o
desenvolvimento de todos e a busca constante em
gerar valores. Diante disso, medir os resultados
gerados, é uma tarefa necessária para direcionar e

Times ágeis a distância | Ritos ágeis


definir quais serão os próximos passos. É a partir daí
que surgem os ritos, que, mesmo à distância, não
podem ser deixados de lado.

Os ritos são divididos em ciclos como: daily, retro,


planning, checks operacionais dentre outros. Cada
um com sua periodicidade e especificidade que devem
ser respeitados. Ao final de cada ciclo (Sprint), o time
parte para o planejamento do próximo, e assim
sucessivamente.

16
mission
command

Times ágeis a distância | Mission Command


O Mission Command é uma forma de descentralizar o
controle e, assim, capacitar toda a empresa a trabalhar
focado em uma missão e objetivo.

Através dele, é possível criar times que apresentam


autonomia e confiança mútua,que compartilham
conhecimentos, e que aceitam os riscos dentro do
projeto, propiciando um desenvolvimento em conjunto.

A reunião geralmente é feita presencialmente e aborda


uma dinâmica para definir o desafio, objetivos e
indicadores (OKR).

17
OKR’s
Definir OKR’s (Objectives and Key Results) é parte
Os OKR’s possuem duas partes principais:
o objetivo que se quer alcançar e os
resultados chave:
essencial dentro dos ritos, e uma ótima estratégia para
determinar e gerenciar quais objetivos direcionarão o time Objetivos:
em busca de resultados. Geralmente, tem a duração de
Descrições qualitativas do
um trimestre.
que se pretende alcançar.
Estes precisam ser curtos e

Times ágeis a distância | OKR’s


Definidos na reunião do Mission Command, os OKRs são
inspiradores já que eles devem
uma forma de engajar os colaboradores, traçar objetivos
motivar e engajar o time.
mensuráveis ao projeto e ajudar o time a atingir grandes
metas.
Resultados chaves:
Diferente das organizações mais conservadoras, em que
a empresa define metas a serem alcançados por todos, São métricas que medem o
os OKR’s são estruturados pelos times e Squads de progresso do time ao objetivo.
forma descentralizada e colaborativa. O ponto positivo Para cada objetivo, é interessante
disso é poder se adaptar de forma rápida e assertiva a definir um ou dois resultados a
qualquer mudança que ocorre, possibilitando o chamado serem mensurados.
“Sense & Respond”.

18
A reunião do Mission Command e a definição O objetivo sendo criado, o próximo passo é a criação
dos indicadores dos objetivos, os KRs. É fundamental
dos OKR’s são facilmente adaptáveis ao lembrar que esses precisam ser mensurados e,
ambiente remoto. É necessário apenas algumas a partir disso, as ações são planejadas e o ciclo
iniciado.
ferramentas simples, o engajamento do time,
tempo e uma plataforma que permita listar as É válido pensar que se o time for grande é necessário
dividir em grupos menores. Visões diferentes no
ideias de forma estruturada. início do processo são sempre válidas para conseguir
mapear todas possibilidades.

Times ágeis a distância | OKR’s


Indicamos o uso do Fun Retro*, nele, os times
estruturam colunas nas quais serão dispostos a missão, Pensando nisso, plataformas como Discord*, Raidcall*
as dores, os objetivos, as ações e os indicadores. nos permitem uma maior mobilidade para a criação
de grupos em tempo real.Nelas, não há necessidade
A reunião é estruturada nos seguintes passos: de sair da plataforma toda vez que equipe precisar
Definição da missão do time, aqui é importante a trocar de grupo e voltar à discussão em conjunto.
participação de todos;
Pontuação das dores do time referente ao projeto;
Votação para escolha das dores que mais afetam o
time, capazes de virar de o objetivo.

19
Sprint
Na metodologia Scrum, os projetos são
divididos em ciclos: as Sprints.

A Sprint geralmente tem cadência semanal

Times ágeis a distância | Sprint


ou quinzenal, dependendo do escopo
do projeto, porém devem ser mantidas
sempre com a mesma duração.

Além das Sprints, outras atividades devem


ser realizadas para manter a excelência
do projeto, como retros, e Daily’s.

20
Discovery
O Discovery é a primeira fase do ciclo de
vida de um produto. Nesse momento,
devemos entender quem são os usuários,

Times ágeis a distância | Discovery


quais dores devem ser resolvidas e
desenhar, colaborativamente, uma
hipótese de solução. A fase contempla
atividades de imersão, pesquisas e
workshops, como o Design Sprint.

Para conduzir um Discovery


remotamente, são necessários outras
ferramentas de suporte que substituam
os tradicionais post-its, confira a seguir.

21
Videoconferência Co-criação
Utilizar uma plataforma que possa ser Definir uma plataforma online para
facilmente acessada por todos para realizar as atividades de cocriação e
realizar as reuniões. documentar todo o processo. Deve ser
possível compartilhar o material com
Brainstorming todos os participantes, permitindo a
interação dentro da plataforma.
Para fomentar os brainstormings, pode
ser realizado através do Fun Retro*
Testes

Times ágeis a distância | Discovery


Boards Quando é necessário validação de testes e
Para boards colaborativos o Miro*. coleta de feedbacks, temos o InVision*.

Fluxos Protótipos
Nesse processo precisamos também de Para construção dos protótipos em
ferramentas que dão suporte a criação alta definição e criação de wireframes,
de fluxos, mapas mentais nesse ponto pode-se utilizar o Sketch*.
usamos o Whimsical*.

22
Design sprint Decidir:
Escolher qual caminho o projeto vai
tomar, filtrar as melhores soluções.
O Design Sprint, diferente dos outros ritos, é
realizado sob demanda. Esse processo visa mapear
e solucionar um problema ou desafio existente no

Times ágeis a distância | Design Sprint


projeto. Apresenta cinco etapas, que são:

Criar o protótipo:
entender: Fase de colocar realmente a mão na
massa e construir o protótipo que
Levantar, entender, mapear e construir
será testado na fase final.
hipóteses e elaborar ideias.

Desenhar: Testar:
Fazer esboços com as ideias levantadas no Coletar resultados do protótipo,
processo anterior, em busca de mesclar compreender o funcionamento dele,
ideias e refina-las. recolher feedbacks, validar a ideia.

23
É também nesta etapa é mensurada a viabilidade
da aplicação real da solução, entendendo se ela
atende ou não ao problema levantado no início do
processo.

O Design Sprint é um dos processos


mais desafiadores de serem realizados

Times ágeis a distância | Design Sprint


remotamente, pois todo o desenvolvimento
depende totalmente da interação do
cliente e do time que irá desenvolver a
ideia. Como reagir diante disso?
Os times da dti procuraram a melhor forma
de adaptar a dinâmica dessa metodologia. As
atividades a serem desenvolvidas, assim como as
etapas, são distribuídas em cronogramas, para que
o tempo seja aliado ao projeto.

24
Os processos que costumam ser realizados Para alcançar o objetivo de forma mais assertiva no
presencialmente, até mesmo para clientes de ambiente virtual, algumas adaptações são necessárias,
outros estados e cidades, continuam por meio de como trabalhar com times menores e com etapas de
plataformas virtuais. imersões reduzidas. Dessa forma, é natural que os
processos demorem um pouco mais para serem
Plataformas que combinam bate-papo com concluídos.
videoconferência são essenciais nessa etapa, como

Times ágeis a distância | Design Sprint


o Microsoft Teams*.

Uso de plataformas que auxiliam na montagem


de um board visual e podem ser utilizados em
dinâmicas, como Mural.io*.

Uma das facilidades da reunião presencial é a forte


conexão entre as pessoas em busca de um resultado
para o projeto. Aqui o time, cliente e colaboradores
precisam estar imersos durante todo o processo, com
bastante disciplina e empenho.

25
Planning
As Plannings são reuniões que têm
como objetivo planejar, organizar e
priorizar tarefas dentro de uma Sprint.

Times ágeis a distância | Planning


Para serem realizadas remotamente,
além da videoconferência, é
interessante utilizar alguma
ferramenta que facilite o processo.

Quanto mais interativo e dinâmico,


melhor! Uma sugestão de plataforma
é a PlanITpoker*.

26
check

Times ágeis a distância | Check Arquitetural


Arquitetural
Esse rito, criado na dti orientado pelos pilares de
inspeção e adaptação, consiste em verificações
periódicas do projeto em busca de uma solução sob ótica
técnica. Geralmente, ela é conduzida por alguém fora
do time, e posteriormente aprovada pelo cliente quando
necessário.

Assim, como outros ritos, esse check não apresenta uma


receita fechada e atende muito ao escopo do projeto.
Normalmente, é executada quinzenalmente.

27
Os times da dti iniciam a execução deste rito Algumas questões levantadas e discutidas:
através do preenchimento de um check-list,
a fim de validar a necessidade de realizar a • A Big Picture do sistema existe e está
reunião de check arquitetural por completo atualizada?
ou não. Esse processo é feito por uma
O time tem boa compreensão dos requisitos
planilha simples do Excel, compartilhada

Times ágeis a distância | Check Arquitetural


funcionais da Sprint?
com todos do time.
• O time tem boa compreensão dos requisitos
Nesse processo, um gabarito já estipulado não funcionais da Sprint?
anteriormente é sempre revisado e, caso • Houve grandes alterações no modelo de dados
haja divergência dele para as respostas do do sistema?
check list, a reunião é realizada.
• Foram criadas novas aplicações no sistema?
Mesmo nos times remotos, a reunião é • Houve alterações nas integrações das
executada no mesmo formato e avaliação. aplicações do sistema?
Porém, como apoio, algumas ferramentas • Será necessária a integração com sistemas ou
são utilizadas para melhorar o plataformas desconhecidas?
entendimento do processo e detalhamento
do projeto, como por exemplo o Draw.io* • É necessária a utilização de algum
para criar e editar diagramos online. componente ou tecnologia não dominados
pelo time?

28
Retro
É uma reunião que acontece quinzenalmente dentro do
time, seja Squad ou tribo. É o momento no qual o time se
dedica a avaliar como foi a última Sprint e criar um plano
de ação para o próximo. Seu principal objetivo é a melhoria
contínua do processo.

Times ágeis a distância | Retro


Não há uma receita certa para a execução da retro, mas
no seu formato mais básico é composta por 3 fases:

O time descreve os pontos positivos que foram notados


durante a Sprint.
Parte o time levanta os pontos a serem melhorados.
No último momento, diante de todos os pontos
apresentados o time começa a traçar planos de ação
para a próxima Sprint, focados sempre em um plano
de melhoria contínua.

29
No cenário remoto existem Alguns times da dti fazem uso de uma ferramenta de
gestão bastante comum para pontuar os pontos positivos
muitas ferramentas que podem e os pontos a serem melhorados: o Trello*. A plataforma
auxiliar nesse processo. É possibilita que todo o time acesse as questões que são
levantadas e que, posteriormente, serão discutidas em
fundamental que o rito se uma videoconferência. Com auxílio do Miro*, destaca-se
assemelhe ao tradicional feito os pontos levantados pelo time e planejam o plano de
ação para próxima Sprint. Essa ferramenta também nos
presencialmente, para isso, uma

Times ágeis a distância | Retro


permite interação total do time em tempo real, além do
sugestão é todos manterem a acesso a qualquer momento.

câmera ligada durante todo o São inúmeras as possibilidades de se aplicar o rito à


processo. distância. Algumas outras ferramentas que podem
ser utilizadas nesse processo, como o Fun Retro* ou o
Ideaboardz* na criação de quadro para discussão, post-its
dentre outros.

30
Dinâmicas 2 Verdades 1 Mentira
Uma pessoa de cada vez, conta uma história sobre sua
vida incluindo 2 verdades e 1 mentira. O desafio é tentar
A retro é um bom momento para adivinhar qual é a mentira.
integrar o time além de fazer a
retrospectivada Sprint. Criar boas “Where’s Wally?”
relações é fundamental para o Uma pessoa da reunião compartilha a tela e todas as
convívio de todos, e recorrer a pessoas da videoconferência tentam encontrar “O Wally?”.

Times ágeis a distância | Retro


dinâmicas é uma ótima ideia para Quem o encontrar mais vezes ganha alguma premiação
aproximar as pessoas. Conheça definida no início da dinâmica.
algumas sugestões:
Objeto
Cada pessoa escolhe um objeto que o represente e na
videoconferência explica o motivo da escolha.

31
Daily
A Reunião diária é um rito de no máximo 15 minutos, em Dinâmica “check-in e check-out”
que o time se dedica, diariamente, a avaliar o trabalho
realizado no dia, e planejar o próximo dia de trabalho. A dinâmica nos permite aproximar do time, entender
como está o ambiente de trabalho e poder agir
A Daily pode ser conduzida respondendo três diante de possíveis problemas. É importante lembrar
perguntas: “o que fiz desde da última reunião”, “quais que com o time distante, promover o bom convívio e a

Times ágeis a distância | Daily


impedimentos possuo?”, “o que planejo fazer até a integração é fundamental.
próxima reunião?”.
O chek-in e check-out podem ser feitos com
Ela é realizada através de videoconferências em times indicação de um filme que representa a pessoa
remotos, e reforçamos o uso da câmera como recurso naquele dia, escolha de uma música de como
essencial à reunião. Nesse momento, o ideal é respeitar ela está se sentindo no momento, de uma cor e
o tempo máximo e dar voz a todos no time. até mesmo definir o dia com um sentimento. O
divertido é que com a escolha da música, por
Outro recurso que pode acrescentar à daily remota, é exemplo, é possível criar uma playlist personalizada
criar pequenos hábitos para entender como cada pessoa do time, ou então, indicar bons filmes para as
do time está naquele dia, como o check-in e check-out. pessoas se conhecerem melhor.

32
One on One
A One on One é uma reunião de check-in entre o líder e
um membro do time. São conversas curtas com o objetivo
de aproximar líder e liderado, e mostrar o que está indo
bem e o que precisa de maior atenção. Apesar de ser um

Times ágeis a distância | One on One


procedimento simples, as One on One tem o potencial de
melhorar a relação do time com o líder. Nesse momento,
geralmente as pessoas se sentem mais confortáveis em
contribuir com ideias, se sentem estimuladas a engajar
mais no trabalho ou, até mesmo, se mostram dispostas
a resolver impedimentos individuais que refletem no
desenvolvimento profissional.

Além disso, é um ótimo momento para o líder manter


as pessoas alinhadas na estratégia do time, entender a
importância do papel que desempenham, fazer com que
a sessões de feedbacks sejam mais tranquilas e fáceis e
fortalecer a relação do time.

33
A reunião é o espaço ideal para o colaborador tirar suas
Através de uma videoconferência, dúvidas, compreender a trajetória que está realizando e
é possível manter as relações de ter um momento seguro para falar sobre o trabalho.
pé mesmo à distância. Assim como

Times ágeis a distância | One on One


Sugerimos que as reuniões apresentem uma cadência
nas outras dinâmicas remotas, o mensal. Não existem regras para uma boa One on One,
mas alguns assuntos podem ser levados em conta,
recurso visual é imprescindível como: o que tem ido bem, recordar de assuntos que
para estreitar os laços entre foram conversados anteriormente ou simplesmente
conversar sobre assuntos gerais.A One on One é um
os participantes e tornar mais importante momento para o líder entender o que está
humanizada a reunião. acontecendo com o liderado não só profissionalmente,
mas, também no âmbito pessoal.

34
fazendo a
Facilitado pela tecnologia, o trabalho remoto
se tornou uma realidade possível nos mais
diferentes contextos.

diferença
A possibilidade de realizar atividades à
distância construiu um novo panorama nas
relações de trabalho e na estrutura das tarefas.

O importante aqui é saber driblar as barreiras


que nos limitam e usar a criatividade para
manter as relações e os processos no meio
virtual e, diante disso, o time continue a
prosperar.

Adaptar-se exige dedicação e colaboração de


todas as pessoas envolvidas no processo. É
preciso manter um time integrado, colaborativo
e engajado, mesmo à distância.

35
Preparado
para fazer a
diferença?
36
A dti está pronta
para te ajudar
nesta jornada!
37
@dtidigital

dti digital
www.dtidigital.com.br

Você também pode gostar