Você está na página 1de 43

Fisiologia Humana

Organização da célula

Professor Ms. Victor Ângelo Santos


Organização da célula

Número: 100 trilhões


Maioria reproduz quando o LEC oferece
condições adequadas
Organização da célula

• Constituintes
• Protoplasma: 5 constituintes da célula
1-Água: 75 a 85%, exceto nas células adiposas
2 -Eletrólitos: substâncias inorgânicas para funções celulares (K+,Mg,
fosfato, sulfato, bicarbonato,Na+, Cl-,Ca++) – transmissão do impulso
3-Proteínas:10 a 20%
- Estruturais: filamentos finos - mm. esquelético (contração), sustentação
(citoesqueleto) e movimento (cílios)
- Globulares: solúveis em H2O - enzimas - velocidade das reações – glicose
em CO2
4-Lipídios: 2%
- Fosfolipídios e colesterol- insolúveis em H2O e constituintes da membrana
ou separam os compartimentos celulares
- Triglicérides – 95% da célula – depósito de gordura
5-Carboidratos: 1%, 3% mm. e 6% fígado - nutrição e energia celular
Organização da célula

▪ Estruturas membranosas (membrana,


organelas citoplasmáticas)

▪ Estruturas filamentosas e tubulares da célula


(actina, miosina, microtúbulos – cílios e
flagelos)
Organização da célula

 Estrutura Física
- Membrana, citoplasma e núcleo
Organização da célula

Membrana
- Revestimento externo da célula (celular) e do núcleo (nuclear)
- Fluído – partes da membrana mudam de posição
- Constituída por proteínas(55%), lipídios (41%) e carboidratos (4%)
- Bicamada lipídica – função seletiva
- Hidrossolúveis: íons, glicose e uréia
- Lipossolúveis: O2, CO2 e álcool
Organização da célula

 Membrana Celular: seletiva

Proteína periférica
Hidrofílica
(Fosfatídica)

Hidrofóbica
(Lipídio)

Proteínas integrais
Organização da célula

 Membrana Celular

Impermeável à
H2O – O2 e
CO2

Permeável à
H2O – glicose,
íons e uréia
Organização da célula
LIC
▪ Membrana celular

Proteínas integrais
- Atravessam toda a membrana
- Sustentação
- Constituem canais: comunicação LIC - LEC (subs.hidrossolúveis)
- Carreiam substâncias: (transporte ativo)

Proteínas periféricas
- Presas às proteínas na face do LIC e têm função de enzimas e
controlam o funcionamento intracelular
Organização da célula

▪ Membrana celular

Glicocálice – carboidratos de membrana

Carboidratos + proteínas integrais =


glicoproteína

Carboidratos + lipídios = glicolipídios


Organização da célula

▪ Membrana celular

Glicocálice – carboidratos de membrana

- Carboidrato preso na proteína integral para o LEC


- Conferem negatividade que repelem íons e substâncias negativas
- Mantém as células unidas através de seus glicocálices
- Funcionam como substâncias receptoras (ex.: receptor da insulina)
Organização da célula
▪ Citoplasma

- Constituído por organelas imersas no citosol (H2O,


proteínas, lipídios, glicose, eletrólitos)
- Ectoplasma: filamentos de actina que sustentam
a membrana

membrana
ectoplasma
citoplasma

núcleo

Hialoplasma ou citosol
Organização da célula

▪ Citoplasma

Organelas
- Retículo Endoplasmático (REL) Liso e Granular (RER)
- Aparelho de Golgi
- Mitocôndrias
- Lisossomas
- Peroxissomas
Organização da célula

▪ Citoplasma
Retículo Endoplasmático Liso e Granular
- Complexo de bolsas e canais membranosos que
interconectam entre si e com a membrana nuclear
- Possui membrana semelhante à membrana plasmática
- Preenchido por matriz endoplasmática
- Transportam as substâncias produzidas pela célula para outros locais
dentro da própria célula
- Tipos:
- Liso: não possui ribossomas
- Granular: possui ribossomas
Organização da célula

▪ Citoplasma
Retículo Endoplasmático Liso e Granular
Organização da célula

▪ Citoplasma
Retículo Endoplasmático Liso e Granular

- Liso - síntese de lipídios (fosfolipídios e colesterol)


- Rugoso ou granular - ribossomos (grãos de proteína – síntese protéica).

- Funções: fabricação de proteínas e lipídios celulares, armazenamento e


transporte de substâncias
Organização da célula

▪ Citoplasma
Retículo endoplasmático liso e granular

Liso Rugoso ou granular


Organização da célula
▪ Citoplasma
Aparelho de Golgi

- Semelhante ao retículo liso e intimamente ligado


- Formado por 4 ou 5 camadas sobrepostas
- Localizado de um dos lados no núcleo
- Sintetiza condroitina e ác. hialurônico (secreção mucosa, osso e cartilagem,
fibras colágenas do LEC)
- Recebe as substâncias vesiculadas formadas pelo RE e as transforma em
lisossomas dispersos no citoplasma
- Recomposição da membrana celular que foi gasta durante a fagocitose e
pinocitose (outras vesículas)
Organização da célula

Aparelho de Golgi

Lisossomas Camadas sobrepostas


Organização da célula

▪ Citoplasma
Aparelho de Golgi e Lisossomas

- Função digestória celular


- Vesículas hidrolíticas
- Digestão de estruturas celulares lesadas, microorganismos
(bactérias, vírus), glicogênio, proteína e até da célula
- Regressão tecidual – útero pós-gravídico, pós-amamentação
Organização da célula

▪ Citoplasma
Aparelho de Golgi e Lisossomas
Digestão dos materiais capturados por fagocitose ou pinocitose

- Autofagia: digestão de partes da própria célula (organela velha e lesão


celular)
- Autólise: rompimento da membrana do lisossomo e libera enzimas pelo
citoplasma, destruindo a célula ou estruturas indesejaddas
- Rompimento fisiológico (renovação celular) ou patológico (doença)
Organização da célula

Retículo Endoplasmático e Aparelho de Golgi

Representam organelas intensamente


metabólicas capazes de proteger as
células de invasões por microorganismos,
reconstituir as membranas celulares e
sintetizar substâncias
Organização da célula

▪ Citoplasma
Peroxissomas

- Semelhantes aos lisossomas


- Formados pelo RE
- Vesículas oxidativas
Ex.: álcool oxidado pelo fígado e transformação de gordura em
acetil-CoA.
Organização da célula

▪ Citoplasma
Mitocôndrias ou usinas celulares
- Presentes em todas as áreas do citoplasma
- Extração de energia dos nutrientes
- Auto replicantes
- Quantidade e tamanho variáveis (necessidade celular de energia)
- Formada por 2 membranas:
- externa
- interna: cristas e matriz com enzimas oxidativas – extração de energia
ATP (fora da mitocôndria)
Organização da célula

Mitocôndria
Organização da célula

 Mitocôndria
 Função: Extração de energia dos nutrientes
 As principais substâncias das quais a célula extrai energia são os nutrientes que reagem quimicamente
como oxigênio: carboidratos, gorduras e proteínas.
 Todos os carboidratos são convertidos em glicose, as proteínas são convertidas em aminoácidos e as
gorduras em ácidos graxos. Quase todas as reações oxidativas acontecem nas mitocôndrias, e a energia
liberada é utilizada para formar o ATP ;
 O ATP é formado por uma base nitrogenada (adenina), açúcar pentose (ribose) e três radicais fosfato,
sendo que os dois últimos radicais fosfato são considerados ligações de alta energia. Quando o ATP
libera sua energia, um radical de ácido fosfórico é liberado, formando o ADP . Cada vez que um ATP é
gasto, o ADP e o ácido fosfórico são recombinados em ATP novamente.
Organização da célula
O processo de formação do ATP:
 Ao entrar na célula, a glicose é submetida à glicólise no citoplasma,
originando o ácido pirúvico, uma quantidade pequena de ADP é
transformada em ATP - 95% da formação de ATP ocorre nas
mitocôndrias.
 O ácido pirúvico é convertido em acetil-Co A na matriz
mitocondrial. Ciclo do ácido cítrico/Ciclo de Krebs: série de reações
químicas que ocorrem também na matriz das mitocôndrias;
 Ocorre a clivagem da acetil Co A em átomos de hidrogênio e
dióxido de carbono (excretado). Os á tomos de hidrogênio são
utilizados na conversão do ADP em ATP nas cristas da mitocôndria:
 O evento inicial é a remoção de um elétron do átomo de H;
 O evento final é a combinação dos íons H com os de oxigênio para
a formação de água, com liberação de energia para as grandes
proteínas globulares: ATP - sintetase.
 Essas proteínas usam a energia dos íons H + para converter o ADP
em ATP , que é transportado para fora da mitocôndria.
 Processo geral de formação do ATP: mecanismo quimiosmótico.
Organização da célula

▪ Núcleo – centro controlador da célula

- Regula atividades do citoplasma


- Reprodução celular
- Envolvido por uma bicamada lipídica, sendo que a externa
e o espaço entre elas são contíguas com o RE
Organização da célula

▪ Membrana nuclear e retículo


endoplasmático

- DNA do núcleo síntese de RNA RNA+nucléolo e RNA


no citoplasma+proteínas = ribossomos (RER)
Organização da célula

▪ Locomoção celular
Tipos de movimento: muscular, amebóide e ciliar
- Amebóide: mov. da membrana em relação ao seu substrato (pseudópodo)

Ex.: glóbulo branco, macrófago, fibroblastos

Pseudópodo fixado em
outra parte do tecido
Organização da célula

▪ Locomoção celular
▪ Pseudópodo

Formação de membrana na face anterior do pseudópodo e reabsorção das


partes
média e posterior fixação do pseudópodo nos tecidos vizinhos através de
proteínas receptoras que se alinham no interior da vesícula exocítica e fixam a
membrana celular no tecido vizinho protusão da face anterior da
membrana e
desfixação de receptores da face posterior que formam novas vesículas
endocíticas

Endocitose Direção do movimento Exocitose


Organização da célula

▪ Pseudópodo
Organização da célula

▪ Movimento Celular e Quimiotaxia

- Substância quimiotáxica que estimula o movimento


da célula em sua direção (quimiotaxia positiva)

- Quimiotaxia negativa: direção contrária da célula


em relação à substância quimiotáxica
Organização da célula

▪ Sistemas funcionais da célula

Ingestão celular ou endocitose

- Pinocitose: proteínas e moléculas pequenas com


LEC
Ocorre continuamente na membrana das células
- Fagocitose: grandes partículas sólidas (bactéria)
Organização da célula

▪ Pinocitose – moléculas e proteínas

Molécula receptores protéicos na face


externa da
membrana e clatrina na face interna + actina
+ miosina
fixação ao receptor formação das
vesículas
Organização da célula

▪ Pinocitose – moléculas e proteínas


Organização da célula
Pinocitose Destruição da partícula

Receptores de
membrana

Modificação na conformação
da membrana - ATP Englobamento da
partícula
Organização da célula

Receptores de membrana
Fagocitose

Evaginação da
membrana

Circundução da
partícula

Destruição da
partícula
Organização da célula

▪ Estruturas filamentosas e tubulares da célula


- Filamentosde actina do ectoplasma e das
células musculares
- Centríolos e microtúbulos (cílios e flagelos)
Organização da célula
Cílios, flagelos e movimentos

- Apêndices que lembram pêlos, encontrados na superfície de muitos tipos


celulares e associados com o movimento de células

- Têm forma cilíndrica e diâmetro igual em toda sua extensão

- Os flagelos são geralmente únicos e bem longos. Ex.: espematozóides.

- Cílios como flagelos são feixes de microtúbulos dispostos em nove pares


ao redor de um par de microtúbulos simples
Organização da célula

Cílios e flagelos
Organização da célula
Boa noite!!!!

Você também pode gostar