Você está na página 1de 29

TERMODINÂMICA

NID

TERMODINÂMICA I

Prof. M.Sc. Rafael Eduardo da Cruz


TERMODINÂMICA

Avaliações finais
da disciplina
TERMODINÂMICA

Parte 1.
Exercício
Para 35% M3
TERMODINÂMICA

Exercício para 35% M3:


1. Escolha um exercício do capítulo 7.
2. Resolva o exercício:
 Explicando o passo-a-passo com
textos;
 Respondendo as questões contidas
aqui no slide seguinte;
 Fazendo um esboço (desenho);
3. Discuta os resultados.
TERMODINÂMICA
TERMODINÂMICA

Parte 2.
Apresentação
Para 65% M3
TERMODINÂMICA

1. Escolha algum equipamento térmico doméstico que seja um


produto comercialmente vendido (apenas exemplos):

Condicionador de Ar

Aquecedor a Gás
TERMODINÂMICA

2. Proponha alguma melhoria nele (META):

Exemplos:
• Aquecer a água mais rápido;
• Aumentar a velocidade de congelamento;
• Homogeneizar a temperatura da superfície do pão durante a cocção;
• Reduzir o consumo de energia elétrica;
• Diminuir a irreversibilidade no processo;
• Melhorar a eficiência da troca térmica;
• Etc.
TERMODINÂMICA

3. Diga quais vão ser as métricas (nome + unidade de medida) que


você vai utilizar para medir se a melhoria deu certo: Exemplos:

NOME UNIDADE no SI
Energia interna

Entalpia

Calor

Trabalho

Volume Específico

Temperatura, pressão, Etc.


TERMODINÂMICA

4. Explique (descreva) como você vai calcular e poder desenvolver a


melhoria necessária no seu produto:
Exemplos:
• Conservação da massa;
• Conservação da energia (1ª lei);
• Segunda lei da termodinâmica;
• Integral do trabalho;
• Tabelas termodinâmicas;
• Modelos de gás perfeito;
• Diagrama de Compressibilidade;
• Etc.
TERMODINÂMICA

Coloque as equações aqui

• Já desenvolvidas e customizadas para o seu caso.


• Forneça os valores das variáveis conhecidas (exercício 3).
• Estime os valores desconhecidos possíveis (exercício 3).
• Calcule (ou estime ou indique como calcular) a meta do
exercício 2.
• Apresentação: 19/nov (12/nov tem orientação).
TERMODINÂMICA
TERMODINÂMICA
TERMODINÂMICA
TERMODINÂMICA

Sugestão de temas para a Engenharia Química:


1. Termodinâmica nos processos de:
a) separação, produção e/ou extração de... (especifique a matéria prima)
2. Termodinâmica na transformação de matérias primas: Cerâmicas, plásticos, etc.
3. Equipamentos para a indústria química: Reatores, trocadores de calor, etc.
4. Termodinâmica para processamento de biomateriais a partir de enzimas ou
bactérias ou leveduras.
5. Termodinâmica industrial para tratamento térmico de efluentes.
6. Termodinâmica necessária para a indústria de alimentos.
7. Termodinâmica necessária para a indústria de farmacêutica.
8. Termodinâmica necessária para a produção de combustíveis.
9. Termodinâmica na geração de energia.
10.Exemplos de matérias primas/produtos: cimento, tintas, cerveja, papel, gás, etc.
TERMODINÂMICA

Sugestão de temas para a Engenharia Mecânica:


1. Termodinâmica nos processos de:
a) Refrigeração industrial para matérias primas,
b) Fabricação industrial de produtos,
c) Transporte e Armazenagem industrial.
2. Equipamentos termodinâmicos industriais:
a) Geradores de vapor (Caldeiras),
b) Máquinas de fluxo (Turbinas, Bombas, etc),
c) Trocadores de Calor,
3. Termodinâmica na geração de energia.
4. Dispositivos e assessórios industriais: Bocais, difusores, estranguladores, etc.
5. Exemplos de matérias primas/produtos: alimentos, peças, fluidos, etc.
TERMODINÂMICA

4 áreas principais de um sistema de vapor


TERMODINÂMICA

4 áreas principais de um sistema de vapor


Sistemas de geração de vapor
• O vapor é gerado em um gerador de vapor.
• Quando a água absorve quantidade suficiente de calor, muda da
fase líquida para a de vapor. A energia para gerar o vapor pode ser
obtida da combustão de combustíveis e da recuperação de calor
residual de processo.
• Após a geração do vapor, o efeito da pressão faz o vapor fluir da
caldeira para o sistema de distribuição.
TERMODINÂMICA

4 áreas principais de um sistema de vapor


Sistemas de geração de vapor
As partes mais importantes de um sistema de geração incluem:
• caldeira,
• sistema de alimentação de combustível,
• sistema injeção de ar de combustão,
• sistema de alimentação de água,
• sistema de tiragem dos gases de exaustão.

Estes sistemas estão relacionados, visto que problemas ou alterações


em um geralmente afetam o desempenho dos outros.
TERMODINÂMICA

4 áreas principais de um sistema de vapor


Sistemas de distribuição de vapor
• A distribuição transporta o vapor da caldeira aos pontos de uso
final, entregando quantidades suficientes de vapor nas pressões e
temperaturas adequadas às aplicações de uso final.
• Para isso, muitos sistemas de distribuição têm diversas linhas de
transmissão, que operam em diferentes pressões. Estas linhas são
separadas por vários tipos de válvulas de isolação, válvulas
reguladoras de pressão e, às vezes, turbinas de contrapressão
para redução da pressão, com maior eficiência energética.
TERMODINÂMICA

4 áreas principais de um sistema de vapor


Sistemas de distribuição de vapor
• O desempenho eficiente do sistema de distribuição requer um
correto balanceamento da pressão do vapor nas linhas, com
regulagem eficaz da pressão, boa drenagem de condensado,
perfeita estanqueidade e adequada isolação térmica.
TERMODINÂMICA

4 áreas principais de um sistema de vapor


Sistemas de uso final de vapor
Há diferentes aplicações de uso final para o vapor, incluindo:
• processos de aquecimento,
• processos de cozimento,
• movimentação mecânica,
• produção de reações químicas,
• limpeza,
• esterilização,
• etc.
TERMODINÂMICA

4 áreas principais de um sistema de vapor


Sistemas de uso final de vapor

Os equipamentos mais comuns


de sistema de uso final de
vapor são:

• trocadores de calor,
• turbinas,
• torres de fracionamento,
• tanques de reação química.
TERMODINÂMICA

4 áreas principais de um sistema de vapor


Sistemas de uso final de vapor

• Em um trocador de calor, o vapor transfere seu calor latente a um


líquido de processo.
• O vapor é mantido no trocador de calor por um purgador de
vapor até que se condense. Neste ponto, o purgador deixa passar
o condensado para a linha de drenagem de condensado, ou
sistema do retorno de condensado.
• Em uma turbina, o vapor transforma sua energia térmica em
trabalho mecânico, para acionar máquinas rotativas, tais como:
bombas, compressores, ou geradores elétricos.
• Em torres de fracionamento, o vapor facilita a separação de vários
componentes de um líquido processo.
TERMODINÂMICA

4 áreas principais de um sistema de vapor


Sistema de retorno de condensado
• O sistema de retorno de condensado envia o condensado de volta
à caldeira.
• O condensado é retornado inicialmente ao tanque coletor ou
tanque de condensado.
• Do tanque coletor, o condensado é bombeado para o desaerador,
o qual retira oxigênio e gases não-condensáveis.
• Água de alimentação e os produtos químicos de tratamento
podem ser adicionados no tanque ou no desaerador.
• As bombas de alimentação da caldeira aumentam a pressão desta
água, a pressões superiores à da caldeira, injetando-a no interior
da caldeira, para completar o ciclo.
TERMODINÂMICA

Por que COGERAÇÃO?


Por mais eficiente que seja um gerador termelétrico, a maior parte
da energia contida no combustível usado para seu acionamento é
transformada em calor e perdida para o meio-ambiente.
Trata-se de uma limitação física que independe do tipo de
combustível (diesel, gás natural, carvão, etc.) ou do motor (a
explosão, turbina a gás ou a vapor etc.). Por esta razão, no máximo
40% da energia do combustível do diesel usado em um gerador
podem ser transformados em energia elétrica.
TERMODINÂMICA

Por que COGERAÇÃO?


TERMODINÂMICA

Por que COGERAÇÃO?


Como muitas indústrias e prédios comerciais necessitam de calor
(vapor ou água quente), foi desenvolvida uma tecnologia
denominada cogeração, em que o calor produzido na geração
elétrica é usado no processo produtivo sob a forma de vapor.

A vantagem desta solução é que o consumidor economiza o


combustível que necessitaria para produzir o calor do processo. A
eficiência energética é, desta forma, bem mais elevada, por tornar
útil até 85% da energia do combustível.
TERMODINÂMICA

Por que COGERAÇÃO?

Você também pode gostar