Você está na página 1de 3

Com o desenvolvimento humano e todo o avanço consideravelmente rápido da nossa

tecnologia, as pessoas foram adquirindo, cada vez mais, um fácil acesso à informações na
internet, e isso trouxe muitos pontos tanto positivos, quanto negativos na sociedade. E, assim,
com esse contexto do aumento de consumo da internet e a maior propagação de informações
por ela, foram criados no século XX, os termos “Sociedade da informação” e “Sociedade do
conhecimento”.

SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO
O sociólogo Manuel Castells aplicou o termo “paradigma” em cima do conceito de
Sociedade da informação afirmando, lógicamente, um padrão; onde suas características eram:
 A informação como matéria-prima
 Alta penetrabilidade
 Lógica de redes
 Flexibilidade
 Convergência de tecnologias

Segundo Pierre Lévy, um dos maiores benefícios desse mundo virtual é a liberdade, pois
através dela, podemos ter enormes possibilidades de conhecimento em diversas áreas, de
diversas fontes.

SOCIEDADE DO CONHECIMENTO
Diferente da sociedade da informação, que foi criada através do rápido alcance de aparelhos
eletrônicos e o desenvolvimento da população com a tecnologia, a sociedade do conhecimento
foi criada a partir das redes sociais. Basicamente, é toda essa comunidade que se interessa a
todo esse conhecimento encontrado nos aparelhos eletrônicos. E debatendo, discutindo e
refletindo, vão ensinando e aprendendo um ao outro sobre diversos campos de aprendizado.

RELAÇÃO ENTRE OS DOIS TÓPICOS


Uma coisa facilmente perciptível, é que os dois assustos se complementam, e para entendê-
los de uma forma mais prática, é melhor compara-los e falar dos dois de uma forma conjunta.
Ter acesso a informação não significa exatamente ter conhecimento, e através disso,
podemos tirar uma interpretação de que justamente por isso, há essa separação de sociedade
da informação e sociedade do conhecimento; porque a forma que a tecnologia se desenvolveu
na sociedade, fez com que uma grande quantidade de pessoas, até mesmo uma minoria de
uma classe mais baixa, tivessem uma exposição muito vaga de todo esse vasto mundo da
internet.
Onde eu quero chegar é que as pessoas não tiveram tanto o interesse de se aprofundar nessa
nova realidade tecnológica, afastando-se do real conhecimento, das reais discussões sobre
assuntos importante que ocorrem na internet, das reais reflexões que inúmeras notícias
publicadas nas mídias nos trazem, criando uma superficial sensação de conhecimento, apenas
por ter o acesso a informação.
E uma prova viva disso, são todos os casos de fake news que correm a solta na internet todos
os dias. Ter acesso a essa falsa informação publicada, não significa ter o real conhecimento, e
na maioria das vezes, as pessoas que são expostas a essas fake news, nem ao menos tentam
pesquisar ou recorrer a fontes confiáveis, reforçando a ideia de que todo esse sentimento de
ter conhecimento é vago e superficial.

CONCLUSÃO
A partir de tudo que foi abordado nesse trabalho, conseguimos entender que com o
surgimento da sociedade da informação, vieram muitos benefícios para a vida da população,
que logicamente, a facilitaram; porém, como tudo, também tem o seu lado ruim. Já a
sociedade do conhecimento, foi criado a partir da sociedade da informação, e resumidamente,
é o espaço onde as pessoas discutem e debatem ideias. Mas sobre o problema apresentado de
falsas informações e o vago real conhecimento sobre quem usa redes sociais em geral,
acredito que a mídia que tem noção disso, deveria incentivar a comunidade a realmente
pesquisar antes de fazer qualquer comentário sobre tal acontecimento polêmico, e ainda mais
antes publicar qualquer artigo falando sobre isso, e também alertar cada vez as pessoas de que
nem tudo na internet é verdade e confiável.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
MUSACCHIO, Cláudio de. Sociedade da Conhecimento x Sociedade do Conhecimento.
Baguete, 26 de julho de 2014. Disponível em: https://www.baguete.com.br/colunas/claudio-
de-musacchio/26/07/2014/sociedade-da-informacao-x-sociedade-do-conhecimento. Acesso
em: 27 de agosto de 2021

BATTESTIN, Vanessa. Sociedade da informação e do conhecimento. Youtube, 21 de outubro


de 2019. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=TUE0YrUFgFI. Acesso em: 27
de agosto de 2021.

Você também pode gostar