Você está na página 1de 14

FACULDADE PITÁGORAS

PRISCILA GABRIELA EVANGELISTA SANTOS

RELATÓRIO DO
ESTÁGIO GESTÃO EDUCACIONAL E ESPAÇOS NÃO
ESCOLARES

Londrina
2021
PRISCILA GABRIELA EVANGELISTA SANTOS

RELATÓRIO DO
ESTÁGIO GESTÃO EDUCACIONAL E ESPAÇOS NÃO
ESCOLARES

Relatório apresentado à Faculdade Pitágoras,


como requisito parcial para o aproveitamento
da disciplina de Gestão educacional e espaços
não escolares da pedagogia.

Londrina
2021
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO..............................................................................................................6
1 RELATO DAS LEITURAS OBRIGATÓRIAS..........................................................7
2 PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O REGIMENTO ESCOLAR....................8
3 PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A ATUAÇÃO DA EQUIPE DIRETIVA.....9
4 PLANO DE AÇÃO.................................................................................................10
CONSIDERAÇÕES FINAIS........................................................................................11
REFERÊNCIAS...........................................................................................................12
6

INTRODUÇÃO

O estágio curricular obrigatório adaptado em gestão para o curso de


pedagogia tem o intuito de apresentar de maneira conceituada os aspectos que
englobam as leituras obrigatórias voltadas para o papel do pedagogo e suas
diversas atuações que demonstram que o profissional não se limita apenas a uma
sala de aula ou a uma instituição escolar, que a partir de sua especialização e
experiência profissional poderá adentrar em outros campos de atuação no mercado
de trabalho como a pedagogia empresarial, o ensino didático dentro de orfanatos e
alas hospitalares, dentre outros. Em seqüência, haverá uma descrição sobre os
fatores que norteiam o regimento escolar sobre a função do regimento no ambiente
escolar, e os aspectos são contemplados em um regimento escolar, somando com a
atividade que relaciona a atuação da equipe diretiva sobre as atribuições do diretor
(a) de uma instituição escolar e sua atuação no atendimento entre alunos e
professores. Sendo desenvolvido um plano de ação que auxilia o gestor institucional
a implementar estratégias que aproximem a comunidade escolar e moldem soluções
para a evasão escolar. O objetivo do respectivo relatório de estágio é mediar etapas
que condizem com o processo de funcionamento do sistema de gestão escolar e
seus trâmites correlacionados.
7

1 RELATO DAS LEITURAS OBRIGATÓRIAS

Pedagogia em ação: O papel do pedagogo e suas diversas atuações


Adrian Alvarez e Mariana Rigo

O texto contempla uma análise teórica referente ao papel do pedagogo e


suas diversas atuações caracterizadas no ensino formal, informal e não formal,
segundo o autor Libâneo (2010) demonstra que “possibilitam o interesse em
conhecer esses e outros espaços para além da escola, pois também são espaços
educativos”, a pedagogia propriamente dita é a junção da teoria e prática no ensino
e auxílio do saber, inicialmente o ensino da pedagogia era denominado de “estudo
da forma de ensinar” e os atuantes na área eram considerados técnicos da
educação, existindo um entrave direto na delimitação entre licenciatura e
bacharelado com um técnico de 3+1 para definir o profissional que iria para sala de
aula e o profissional que iria lidar com o processo administrativo da função
educacional.
Com a definição de educação formal sendo o meio de ensino tradicional,
pode-se verificar a definição de educação não formal que se difere do ensino comum
pelo meio de avaliação sendo inexistente, já a educação informal é o conhecimento
adquirido pelo indivíduo no processo de experiências vivenciadas. Existem diversas
áreas no mercado de trabalho que o pedagogo poderá atuar tudo dependerá de sua
capacitação, especialização e vontade de seguir uma área específica de atuação,
como nas alas hospitalares o papel do pedagogo é de mediar o ensino através de
uma metodologia motivadora trazendo perspectivas positivas para as crianças que
estão no processo de tratamento, no intuito de aliviar ou reduzir o impacto do
tratamento de saúde em sua recuperação, todo o conteúdo trabalhado é de maneira
flexível. Segundo Fonseca (2011, pág. 36) informa que “o professor que atuar na
classe hospitalar ou no atendimento pedagógico domiciliar deve estar preparado
para lidar com a particularidade de cada criança ou adolescente enfermo e, com
base nisso criar estratégias adequadas às necessidades e possibilidades dos
mesmos.
A atuação do professor extrapola o ambiente escolar. Este trabalho é formal e
Informal, caracterizando assim o campo multidisciplinar de aplicação prática educar.
8

A história relacionada à formação de educadores foi designada como essa área


inúmeras vezes. A escola em que os professores desenvolverão o trabalho de
gestores e mediadores do conhecimento científico com o objetivo de buscar a
liberação dos sujeitos na sociedade. A pedagogia empresarial mostra que o objetivo
dos educadores é motivar os alunos A equipe contribui para o desenvolvimento da
empresa. Educador O hospital não ajuda apenas o paciente com a cognição, Mas
existe um trabalho que pode ajudá-los a se recuperar, e toda atividade deve
respeitar o estado físico e mental do paciente.
As prisões são outro espaço que valoriza os educadores, pois a educação
visa a readequação do indivíduo e sua reinserção na sociedade. Os educadores
nesses ambientes têm a função de integrar a prática educacional Aprimore com
conceitos históricos e culturais, mídia e tecnologia e qualificações profissional. A
formação de cursos de pedagogia, Em geral, não envolve a possibilidade de várias
ações. Portanto, é necessário realizar pesquisas sobre a configuração curricular dos
cursos de graduação em pedagogia para propor reflexões dos educadores sobre a
multidimensionalidade da profissão. Portanto, em um futuro próximo, também se
coloca o desafio de aprofundar as pesquisas em pedagogia empresarial e hospitalar,
e a capacitação é estimulada. Continue a fornecer materiais de pesquisa para
futuros educadores.
9

2 PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O REGIMENTO ESCOLAR

Conhecer o Regimento Escolar e sua utilidade no âmbito da gestão escolar,


com destaque para a atuação da equipe diretiva (Diretor, Coordenador Pedagógico)

1- Qual a função do regimento no ambiente escolar?


O objetivo de um regimento escolar dentro de uma instituição trata-se de
direcionar os envolvidos tanto a equipe diretiva, pedagógica, alunos e comunidade
escolar sobre o pleno funcionamento da escola, e sua elaboração é realizada pelos
mesmos indivíduos citados acima, para que possa existir a participação democrática
e efetiva nas normas a serem seguidas. O regimento deve contemplar informações
fidedignas ao funcionamento da instituição, descrevendo estrutura, e organização
como um todo, sobre o papel do aluno e professor na organização escolar, para
validar o regimento deverá ser atrelado à legislação que comporta as sanções
educacionais do país, estado e município.
O regimento escolar também é elaborado com a finalidade de propor
discussões e reflexões sobre quais atividades podem ser desenvolvidas com os
diferentes atores escolares, alinhados no objetivo de sensibilizar, conscientizar e
promover a compreensão da importância do regimento escolar, visto que é um
documento normativo e necessário á condição do processo educativo de qualidade
e, conseqüentemente, visa favorecer a convivência e o respeito no ambiente
educativo, bem como o cumprimento de direitos e deveres dos diferentes atores
escolares.
O regimento escolar deve constar o objetivo da instituição e o que se
pretender atender no quesito educação e necessidades de ensino. A gestão de uma
escola deverá ser democrática demonstrando o atendimento e voz para todos os
setores que contribui com seu pleno funcionamento. Todo o processo de formação
de embasamentos pedagógicos de ensino contribui significativamente para a
formulação de conteúdos que servirão de base para a confecção do regimento
escolar.
10

2- Quais aspectos são contemplados em um regimento escolar?


O regimento deve conter informações sobre estruturas, organização e
funcionamento da escola, funcionando como um dos documentos norteados (assim
como o PPP) para que cada um saiba como proceder, em cada situação no dia a dia
escolar. Lembrando que para o documento ter validade é necessário que esteja de
acordo com a legislação e a ordem descrita no país estado e município. O texto
deve ter como base tudo descrito pela secretaria de estado de educação.
O regimento ao ser elaborado deve ater-se aos princípios constitucionais e
legislação geral. Assim, qualquer instituição ou órgão ao elaborar seu regimento não
pode estabelecer normas que não estejam em consciência coma constituição federal
e legislações pertinentes. O regimento escolar pode ser definido como ato
administrativo que regula a organização administrativa, didática e disciplinar dos
estabelecimentos de ensino, obedecendo aos princípios constitucionais e legislação
no âmbito federal e estadual.
A escola busca contextualizar conteúdo das áreas do conhecimento com o
universo de valores e modos de vida dos alunos, com projetos e atividades de
enriquecimento, propondo tarefas e desafios que desenvolvam competências e
iniciem aos alunos a mobilização em prol de seu crescimento pessoal, podendo listar
informações que devem constar no regimento escolares sendo os conselhos
escolares e de classe, grêmios estudantil, associados de pais e mestres o
calendário, organização das matriculas sempre respeitando as orientações da
secretaria municipal de educação, elencar as responsabilidades das famílias,
direitos e deveres dentro do espaço escolar, cancelamento e transferência, as
regras para utilização dos espaços, o sistema de controle de freqüência, as
condições de aprovação e reprovação de alunos e os projetos especiais da
instituição, entre outras informações que trazem parte do cotidiano das instituições
escolares.
11

3 PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A ATUAÇÃO DA EQUIPE DIRETIVA

Conhecer a Atuação da Equipe Diretiva

1- Descreva quais são as principais atribuições do (a) diretor da escola.


O diretor escolar tem como função administrar os recursos financeiros da
instituição escolar, para a manutenção do ambiente de ensino, coordenar projetos
como o PPP e transversais, inserir a rotina da escola a comunidade de convivência
e auxiliar os profissionais de educação para o processo de capacitação continuada.
Entre as funções desempenhadas pelo diretor da escola, estão o
acompanhante do planejamento dos professores, as atividades realizadas por eles;
planejar e realizar as atividades semanais de formação continuada, sempre com a
intenção de alcançar minimizar as dificuldades no desempenho da docência;
acompanhar o rendimento dos alunos, suas dificuldades e potencializando-as.
O atendimento do diretor aos alunos da instituição geralmente ocorre através
de mediações para resolução de conflitos em sala de aula, de opiniões sobre o
professor em sala de aula, diagnóstico sobre alguma atividade na escola que não
está sendo executada de maneira correta como na limpeza dos refeitórios ou na
higienização de banheiros, algum caso ocorrido de bullying na instituição ou na
adesão de algum material faltante em sala de aula, já se tratando da comunicação
entre diretor e profissional da educação acomete através de conteúdos voltados
para a adesão de materiais faltantes para a execução de planos de aula, na
notificação para reuniões escolares e debates pedagógicos, na elaboração de
projetos institucionais sobre transversalidade, na atualização de ferramentas
pedagógicas de ensino, dentre outros. Segundo Perrenoud (2000) demonstra que “o
diretor deve formar e renovar sempre a sua equipe pedagógica, enfrentando e
analisando em conjunto situações complexas, como as práticas e problemas
profissionais, bem como administrar as crises e os conflitos interpessoais.

2- Descreva a atuação desse profissional quanto ao atendimento aos alunos e


aos docentes.
O diretor desempenha um papel importante no dia a dia da escola. Nas suas
atribuições, podemos destacar o trabalho quotidiano dos departamentos
administrativo e financeiro, trabalho que é propício ao desenvolvimento do ensino, à
12

coordenação dos professores e até à interação entre a família e a escola. Seu papel
é equivalente ao de um líder, que pode influenciar a todos de forma positiva ou
negativa. Acompanha o diagnóstico dos alunos, promove e presta melhores serviços
aos alunos e descreve as dificuldades e os avanços no processo de aprendizagem.
Supervisiona os planos e planos de aula do professor, participa de reuniões
administrativas, recomenda e supervisiona o desempenho dos projetos, auxilia na
coordenação e supervisiona a realização das atividades.
Os professores estão na vanguarda do processo de ensino, para que possam
desempenhar as suas funções com segurança, sendo importante que tenham o
apoio do responsável da instituição. Quando a gestão trabalha com os professores,
as chances de sucesso para a escola e os alunos aumentam. Entre as muitas
tarefas do diretor da escola está a gestão dos professores. Incentivar os professores
a continuarem seus estudos e oferecer cursos para os alunos é a forma de construir
um bom relacionamento com eles. O trabalho da gestão deve ser baseado em
práticas que inspirem confiança nos funcionários.
Para promover o desenvolvimento do planejamento escolar dinâmico, deve
haver uma relação estreita entre a orientação e a coordenação pedagógica. Sem
isso, é provável que a estrada encontre obstáculos. Manter uma boa comunicação
com os alunos e responsáveis é essencial para um bom relacionamento e
participação na escola. Não há dúvida de que quanto maior o grau de participação
entre escola e família, melhor será o desempenho dos alunos. A educação é um
processo misto, incluindo todas as práticas em casa e na escola. O bom
desempenho de um aluno na escola não se deve apenas às atividades escolares.
Assim como a construção de cidadãos não se faz apenas por meio da convivência
familiar.
13

4 PLANO DE AÇÃO

DESCRIÇÃO DA EVASÃO ESCOLAR


SITUAÇÃO
PROBLEMA:
PROPOSTA DE No intuito de reduzir os casos de evasão escolar, é
SOLUÇÃO: necessário desenvolver um projeto de inclusão
democrática, que será desenvolvido em um período de 15
dias pela instituição escolar, com a participação da equipe
diretiva, comunidade, equipe pedagógica e alunos
matriculados, no intuito de aproximar-se da realidade
vivenciada pelo próximo, visando o aluno que por algum
motivo específico não está podendo freqüentar
regularmente a instituição escolar de direito, com isso, será
formulada uma reunião participativa entre todos os
envolvidos, com apresentação de estratégias inclusivas
como na flexibilização de atividades escolares até a
normalização das freqüências, com notificações
estratégicas para os alunos faltantes solicitando o seu
retorno a comunidade escolar, atividades simples que irão
fazer total diferença no retorno dos alunos a escola.
OBJETIVOS DO  Mediar estratégias pedagógicas para o retorno do
PLANO DE AÇÃO: aluno a sala de aula;
 Desenvolver ações de motivação pedagógica ao
discente;
 Auxiliar as necessidades dos discentes sobre a
dificuldade de permanência no ambiente escolar;
ABORDAGEM De acordo com Arroyo (1997) informa que “na
TEÓRICA maioria das causas da evasão escolar, a escola tem a
METODOLÓGICA: responsabilidade de apontar a dinâmica disfuncional da
família, e o professor e o aluno não têm responsabilidade
para aprender, tornando-se um jogo de empurra, ou seja,
deverá haver o processo de comunicabilidade entre as
partes no intuito de reduzir os casos de evasão escolar,
procurando soluções cabíveis para que exista uma boa
14

dinâmica comportamental.
“[...] a grande maioria da população de
nossas escolas apresenta todos os tipos de
problemas relacionados à desnutrição, fome,
carência cultural e afetiva, falta de condições
materiais e psicológicas para o estudo em
casa, necessidade de trabalhar para ajudar
no orçamento doméstico, bem como uma
série de outros problemas, advindos do
estado de injustiça social vigente e que
comprometem o desenvolvimento do aluno na
aprendizagem.” (PARO, 1996, p. 143).

Segundo Paro (1996), saber compreender as


necessidades individuais de cada aluno facilitará no
processo de redução da evasão escolar, pois muitos
acabem desistindo da convivência escolar por
necessidades econômicas, sociais e familiares.
RECURSOS: Microfone, panfletos, retroprojetor.
CONSIDERAÇÕES O respectivo plano de ação irá contribuir significativamente
FINAIS: com a busca de metodologias de realocação de alunos no
ambiente escolar, reduzindo as causas de evasão
institucional.
15

CONSIDERAÇÕES FINAIS

A partir da seqüência de atividades propostas na promoção do entendimento


sobre o funcionamento do regimento escolar, na identificação do papel do pedagogo
e os seus campos de atuação em leituras obrigatórias, na análise sobre as funções
de um diretor escolar e o funcionamento do atendimento aos professores e alunos,
na confecção do plano de ação voltado a evasão escolar sob proposta institucional
de reduzir o alarde de alunos ausentes, pode-se compreender como a
funcionalidade da gestão escolar é além dos parâmetros imagináveis, demonstra
como os conjuntos participativo entre equipe pedagógica, diretiva e comunitária
auxiliam na progressão de ensino nos ambientes escolares. Por fim, o trabalho
caracterizou uma imensa fonte de conhecimento pedagógico a respeito do
funcionamento de uma instituição escolar gerando aprendizados exemplares para a
carreira acadêmica e profissional do futuro pedagogo.
16

REFERÊNCIAS

ALVAREZ, Adrian; RIGO Mariana. Pedagogia em ação. Cascavel-PR 2018;

ROBACHER, Patrícia Everidiana. O Regimento Escolar e as relações sociais


dentro da Escola. Curitiba-PR. 2014;

GRAZIELE, Carine Luz Cabral. Evasão escolar: o que a escola tem a ver com
isso. Santa Catarina. 2015;

REGINA, Cláudia Ribeiro Almeida; Ermínia Luciana Vieira Teixeira. O papel do


diretor de escola pública e a gestão participativa. São Paulo. 2014;

SILVA, Roberta; CÔRREA, Alessandra Farago. Pedagogia hospitalar: a atuação


do pedagogo em espaços não-formais de educação. São Paulo 2014.

Você também pode gostar