Você está na página 1de 12

PSICOLOGIA

SOCIAL AULA 5
Sociedade e a
formação da
consciência

Abertura

Olá!

Em todos os momentos da vida, diante da nossa formação, somos influenciados pelos meios
sociais, então, não podemos afirmar que o homem é um ser isolado.
Somos seres individualizados e, ao mesmo tempo, coletivos, somos influenciados pela
sociedade a partir das relações culturais.
Por isso, estudar o processo de socialização, os agentes socializadores, a cultura e o conceito
de identidade social é de fundamental importância para você compreender os problemas sociais
que ocorrem atualmente na nossa sociedade.

Nesta aula, vamos estudar a influência das Instituições Sociais na formação e desenvolvimento
da consciência e da identidade.

Bons Estudos
CENTRO UNIVERSITÁRIO FAVENI

Referencial Teórico

Não podemos falar sobre os indivíduos sem falarmos em sociedade, ambos estão
intrinsecamente relacionados, pois a sociedade é fruto da relação desses indivíduos e os sujeitos
constroem sua individualidade na convivência em sociedade.

O comportamento humano, diferente de outras espécies que vivem coletivamente, é orientado


pela cultura ao invés do instinto. Tudo que é compartilhado entre os sujeitos, se repete em
determinados grupos, isso é resultado do processo de aprendizagem da cultura.

Na leitura a seguir, veremos o papel das instituições sociais na formação dos indivíduos.
Ao final da unidade, você será capaz de:
• Perceber a relação indissociável entre indivíduo, sociedade e cultura.
• Identificar os agentes socializadores que contribuem para o processo de socialização,
formação da personalidade e preservação social.
• Compreender conceitos de identidade social e consciência de si.

Boa Leitura
CENTRO UNIVERSITÁRIO FAVENI
CENTRO UNIVERSITÁRIO FAVENI
CENTRO UNIVERSITÁRIO FAVENI
CENTRO UNIVERSITÁRIO FAVENI
CENTRO UNIVERSITÁRIO FAVENI
CENTRO UNIVERSITÁRIO FAVENI
CENTRO UNIVERSITÁRIO FAVENI
CENTRO UNIVERSITÁRIO FAVENI

Portfólio

A identidade de um indivíduo é constituída por gênero, sexo, idade, nacionalidade, língua, etc.
Desse modo, o ideal seria se falar em identidades ao invés de identidade.

Esse conjunto de referências forma um ser humano único e é nessa constituição de pluralidades
identitárias que se constitui a identidade social de cada um, que é estabelecida nas práticas
cotidianas.
No que se refere à identidade social, é a noção e o sentimento de pertença a determinados
grupos sociais, sendo um dos seus elementos a identidade cultural. Considerando que a
identidade cultural é um conjunto de relações sociais e patrimônios simbólicos compartilhados
entre gerações que unem determinado grupo ao redor de determinados valores.

Como base nesses conceitos, você deverá realizar a seguinte ATIVIDADE:


Marcelo, 16 anos, é encaminhado pela educadora social para conversar com a assistente social.
Ele estaria mais quieto que o normal e se recusando a participar das diversas atividades
propostas pela educadora social. Ao ser questionado sobre sua atitude, responde que não tem
vontade de fazer as atividades, que é tudo muito chato e sem sentido.
A assistente social pergunta sobre qual atividade ele não vê sentido em participar. Marcelo se
refere que estão falando sobre origem do Município de São Leopoldo, cidade onde mora, e a
participação de cada povo na construção desse município.
Irritado, fala alto e aponta para o braço e questiona a assistente social: "Eu sou negro! E ficam lá
só falando dos alemães. Té parece que os brancos construíram essa cidade." Prossegue falando
que não vê sentido na atividade e quando se fala de história é sempre pra falar dos negros, que
tem ódio de ter nascido preto.

Você, enquanto assistente social, apontaria quais as possibilidades de intervenções a serem


feitas, levando em consideração o fortalecimento dos aspectos da identidade social e
cultural de Marcelo?

Construa um texto de 15 a 20 linhas para responder à questão acima.


CENTRO UNIVERSITÁRIO FAVENI

Pesquisa

AUTOESTUDO

Agora é a sua vez!

Acesse o artigo
"O processo de socialização: indivíduo, sociedade e cultura".
Em seguida faça uma reflexão:
Como as instituições sociais influenciaram na sua formação e no desenvolvimento de sua
identidade?
Lembre-se de que a personalidade é um somatório sincrético, resultante da ação dos
fatores hereditários/genéticos (constituição física, caracteres morfológicos e físico-
químicos) e dos ambientais (interação entre as pessoas e o mundo, que envolve
os hábitos, valores, capacidades, aspirações, etc.), ou seja, diz respeito à “totalidade daquilo
que somos” (PISANI, 1996,p.14).
Então, a nossa personalidade é reconhecida diante do papel que nós representamos, por
meio das nossas ações. E as nossas condutas é produto de socialização.

ACESSE - ARTIGO 01 - 029 - AULA 05

Boa pesquisa.

Você também pode gostar